Flamengo atento

Foto: Ivo Gonzalez (O Globo)

Foto: Ivo Gonzalez (O Globo)

Para que a imensa nação rubro-negra fique tranquila com relação à pesquisa divulgada hoje, que dá conta de que a torcida do Flamengo nos últimos quatro anos diminuiu mais do que a metade de toda a torcida do Fluminense, o que é uma aberração, divulgo aqui os e-mails trocados entre mim e o presidente Eduardo Bandeira de Mello.

Muito mais do que apenas trabalhando, a diretoria do Flamengo está atuando tecnicamente para contestar com absoluta autoridade e correção os números divulgados.

 

De: Kleber Leite
Enviada em: terça-feira, 26 de agosto de 2014 17:56
Para: Eduardo Bandeira de Mello
Assunto: IBOPE

Estimado Presidente,

Acabo de ser procurado pelo diário Lance para comentar uma pesquisa do IBOPE que será publicada amanhã. Nesta pesquisa de popularidade, o Flamengo que em 2010 tinha 17,2%, caiu para 16,2%, nesta realizada em 2014. Para se ter uma ideia do absurdo, em quatro anos a torcida do Flamengo diminuiu o equivalente à metade da torcida do Fluminense que, nesta pesquisa chegou aos 2%. Já registrei esta aberração no meu Blog e sugiro que o amigo procure os meios necessários para provar que houve equívoco na manipulação dos números e, que se não reparados, podem causar enorme prejuízo ao Flamengo.

Forte abraço,

Kleber Leite

 

De: Eduardo Bandeira de Mello
Enviada em: terça-feira, 26 de agosto de 2014 19:57
Para: Kleber Leite
Assunto: Re: IBOPE

Caro Presidente Kleber,

Não tomei conhecimento dos detalhes da pesquisa. Vamos estudar isso a fundo, mas tenho certeza que não reflete a realidade, nem é compatível com todas as outras pesquisas existentes sobre tamanho de torcidas no Brasil.

Abraço e saudações rubro-negras,

Eduardo

 

De: Kleber Leite
Enviada em: quarta-feira, 27 de agosto de 2014 13:06
Para: Eduardo Bandeira de Mello
Assunto: Re: RES: IBOPE

Estimado presidente,

Com surpresa li um depoimento no Diário Lance atribuído ao nosso vice-presidente geral, Walter D’agostino, não só admitindo a pesquisa como verdadeira, como também justificando, ao afirmar: ´É difícil detectar exatamente o motivo da queda, que talvez represente parte da torcida desiludida com o time”.

Como aprendi ao longo do tempo de que a versão do fato acaba sendo mais importante do que o próprio fato, talvez seja hora de uma nota oficial, delicada que seja, tornando pública a nossa certeza de que a pesquisa divulgada não retrata com fidelidade a posição real da torcida do Flamengo neste ranking.

Cair 1 ponto em quatro anos, num período pós conquista de um Campeonato Brasileiro (2009) e, títulos conquistados como a Copa do Brasil e Estadual, além de ter repatriado um ídolo nacional como Ronaldinho Gaúcho, é simplesmente impossível!!!

O meu depoimento contestando a pesquisa não foi publicado e, até entendo, pois seria uma ducha de água fria na matéria preparada com custo e carinho pelo jornal.  Só que, a médio e longo prazo, o prejuízo para o Flamengo pode ser enorme. Em síntese, meu querido presidente, é hora do Flamengo se posicionar demonstrando que duvida do resultado da pesquisa, solicitando até se for o caso, judicialmente, uma revisão da mesma. E, que os verdadeiros rubro-negros entendam que o interesse da instituição está acima de qualquer oportunismo político.

Forte abraço,

Kleber Leite

 

De: Eduardo
Enviada em: quarta-feira, 27 de agosto de 2014 13:16
Para: Kleber Leite
Assunto: Re: Re: RES: IBOPE

Caro Presidente Kleber

Estamos trabalhando nisso e estudando os detalhes da pesquisa para podermos emitir uma opinião fundamentada. Já adianto que existem detalhes da pesquisa altamente favoráveis a nós.

Abraço

Eduardo

1 Comentário

  1. Impossível acontecer isso em 4 anos, ainda mais com títulos conquistados. O Brasil é Flamengo, é quem é Flamengo não muda, será que esse 1% morreu???

    Reply
  2. Uma idéia Kleber, solicitar pro governo colocar no CENSO essa pergunta… Qual time você torce?, quantos da família torcem pra este time e Quantos torcem pra outros times/Qual?.

    Também outra alternativa, solicitar pra a consultoria pluri fazer uma pesquisa nacional por estados pegando uma margem de pessoas alta das 10 principais cidades dos estados e fazer um levantamento por estado com isso teria a média nacional.

    Exemplo, aqui em SC temos 22%+ de flamenguistas conforme a pesquisa regional de SC de 2010, somente em blumenau-SC 3a principal cidade do estado temos 31%+ de flamenguistas e aqui temos muitos emigrantes de outros estados. Nas cidades pequenas flamengo passa dos 50% de torcedores do clube, pois muitos acompanharam a época do zico e repassaram a paixão para os filhos.

    Nas pesquisas recentes mostram que temos só 6% em SC, o que não condiz pois fizeram as pesquisa somente em Florianópolis que tem muito mais emigrantes de outros estados.

    Temos certeza que já estamos ou ultrapassamos a marca de 40 milhões de torcedores, os estados do sul as pessoas são mais reservadas temos muitos flamenguistas “incubados” que aparecem só em título nacionais ou quando time esta ganhando aparecem comemorando em suas casa sem fazer muito alarde e inclusive os que não acompanham tanto o time nas redes sociais ou jornais somente querem saber se ganhou ou perdeu raramento, são assim os torcedores no sul e temos muitos torcedores que não acompanham o que acontece no time/clube por serem reservados.

    Reply
  3. Kleber boa noite
    Existem uma conja aqui em sao paulo que anda trabalhando dia e noite para arrumar um jeito de provar que a torcida do corinthias e maior do a do flamengo.Porue todo ibope e jornal de sp proque naof az um ai do rio esse ibope
    ingraçado isso em…
    O que me irrita que nossos presidente assiti tudo calado.precisa protesta.
    chega dessa palhaçada pooo
    Silvano

    Reply
  4. Prezado,
    Não é a primeira vez que o IBPE, se presta a essas coisas de SP. Há mais de 10 anos atrás, o mesmo IBPE informou no Fantastico, o SCCP, tinha ultrapassado o Mnegão em 1%. Uma semana depois voltou atrás e em nova pesquisa deu empate pela margem de erro. Não é a primeira vez que esse instituo se presta a essas coisa.
    Saudações rubro-negras.

    Reply

Comente.