Mudanças

Sempre atento, o Diário Lance quer saber de mim sobre os fatos novos no Flamengo e, em especial, no futebol. Bem, para quem não sabe:

  • FUTEBOL (vice-presidência): Assumiu Alexandre Wrobel.
  • PATRIMÔNIO (vice-presidência): Assumiu Wallim Vasconcelos.
  • REMO (vice-presidência): Assumiu Gerson Biscotto.
  • RELAÇÕES EXTERNAS (vice-presidência): Reassumiu Michel Assef.

O que eu acho? Para começar, todos são rubro-negros de verdade. Não há um que esteja ali para fazer graça.

Michel Assef

Michel Assef

Nas relações externas reassume meu querido amigo Michel Assef, um dos cinco mais apaixonados rubro-negros com quem tive o prazer e a honra de conviver. Ivan Drummond foi outro. Fico devendo três nomes. Com o seu vasto relacionamento e prestígio no mundo do futebol, melhor escolha impossível.

 

Gerson Biscotto

Gerson Biscotto

No Remo, com que alegria vejo o nome de Gerson Biscotto, de tantos e tantos serviços prestados ao Flamengo. Figura humana incrível, talento puro no trato com as pessoas, gentil, leal e firme. Uma das mais doces figuras que encontrei no Flamengo. Onde quer que esteja vai somar. Sorte do remo.

 

Wallim Vasconcellos

Wallim Vasconcellos

No Patrimônio, Wallim Vasconcellos, com quem não tive o prazer de conviver no Flamengo, embora tenha lutado pela sua candidatura à presidência. Digo isto pelo fato de todos os nossos amigos comuns se derreterem quando o assunto é Wallim Vasconcellos. Todos homenageiam permanentemente o grande rubro negro, uma figura humana adorável e disposta a se entregar de corpo e alma à sua paixão que é o Flamengo. Algumas pessoas, incluindo aí o próprio Wallim, talvez tenham feito um julgamento equivocado sobre mim.  Uma coisa é a minha opinião pontual. A outra, completamente diferente, é o meu conceito sobre a pessoa. Aliás, clube de futebol tem uma peculiaridade. Embora você entre para fazer amigos, acaba tendo inimigos. A maioria sem saber o motivo do desamor. Ciúme da cadeira é o mais comum.

 

Alexandre Wrobel

Alexandre Wrobel

No futebol, Alexandre Wrobel. Tem experiência? Não! Tem potencial? Muito! Alexandre Wrobel é até agora uma unanimidade no Flamengo. Por onde passou angariou uma legião de admiradores, em função da sua postura, competência e, como diriam os franceses, pelo “saber fazer”. Agora é diferente. Pelo simples fato de sentar na cadeira de vice-presidente de futebol, algumas dúzias de pessoas que lá gostariam de estar já olham para o nosso amigo de forma atravessada. Esta é a postura dos frustrados que querem porque querem, embora tenham a certeza de que nunca chegarão lá. Daí a inveja que se transforma em ódio. Já sabendo que pelo fato de ter assumido o futebol deixou de ser unanimidade, Wrobel tem que começar por uma máxima que no mundo da bola é definitiva. Pato novo não dá mergulho fundo. Pelo que tenho ouvido a respeito dele, sensibilidade e humildade caminham juntas 24 horas por dia na sua cabeça e na sua alma. Aí, não tem erro…

E, aqui pra nós. Muito melhor do que renovar por renovar, é renovar em quem se confie. E este é o caso. Toda sorte do mundo a todos.

1 Comentário

  1. Bem!
    Alexandre Wrobel foi unanimidade, até pela Chapa Azul na gestão caótica da Patrícia.
    Realmente é um nome híbrido.
    Como Wallim ainda resiste, e agora no lugar do Wrobel, temo pelo cargo do “pato novo”…
    Nada mudará, a não ser o título, se sentar naquela cadeira e não tiver autonomia.
    Não pode ser figura decorativa!
    Sabemos que o mercado ficou muito restrito. Que caminhamos para o meio do Brasileiro.
    Mas, ainda existem algumas boas opções na segundona.
    Como não podemos contar com Ximenes, espero que Wrobel amenize um pouco a tal política de pés no chão, e contrate com sabedoria.
    Só assim, teremos um DEDO BOM nesta gestão…
    Se o cara foi “aceito” pela nova gestão, após o naufrágio total da anterior, com certeza deve ter méritos.
    Uma cara nova que não é de futebol, mas pode ser bom para o Departamento de Futebol.
    Se adotar o trinômio, bola/idade/preço, e tiver o dom da criatividade, nosso carro-chefe voltará a bombar…
    Oremos pois!!!

    Reply

Comente.