Renato Augusto

Muito bom, principalmente o segundo tempo, de Corinthians X Fluminense. Renato Augusto, que entrou nessa etapa, mudou completamente o ritmo do Corinthians e do jogo. Armou, desarmou, deu a cadência que faltava ao Corinthians, além de jogadas maravilhosas, sendo que numa delas aconteceu o gol do seu time.

69263_ori_renato_augustoTenho por Renato Augusto um carinho especial,  esta amizade começou em 2005 quando ele era o camisa 10 do nosso time de juniores e, como sempre gostei de acompanhar a base, via nele um potencial incrível. Quando Ney Franco assumiu em 2006, houve uma paralização de quase dois meses em função da Copa do Mundo. O time para decidir a Copa do Brasil com o Vasco começou a ser montado em uma excursão pelo Nordeste. Perguntei a Ney Franco quantos jogadores ele levaria e, me respondeu que levaria 21. Humildemente pedi que, além dos 21, levasse mais um, pois havia um menino nos juniores que poderia, pelo seu talento e personalidade, dar uma resposta positiva muito rapidamente. Ney, que estava chegando e não conhecia ninguém das divisões de base, topou. O jogador era Renato Augusto, que voltou titular absoluto da excursão e ajudou muito nos títulos conquistados.

Baita jogador!!!

1 Comentário

  1. Grande Kleber,
    Desta vez, vamos concordar até a página 5…
    Honestamente, não vejo isso tudo no Renato Augusto.
    Teve inúmeras chances nos profissionais, e sempre uma promessa.
    Como meia, jogou na Alemanha durante 3 anos, e fez 4 gols na Bundesliga.
    Um cara que joga com a 10, de frente pro gol, não pode ter o pé tão torto como ele.
    Em 272 jogos, fez apenas 27 gols. O que convenhamos, é muito pouco para a posição de meia-atacante…
    Como 2º atacante, pela velocidade, ainda vai bem.
    Quando saiu do Flamengo, as corujas, morcegos e quero-queros, residentes no Maracanã, agradeceram…
    O pessoal do IBAMA, não aguentava mais tantas denuncias…
    Claro, que no atual time do Flamengo, escolhe camisa.
    Mas a carreira dele, demonstra claramente as deficiências que tem.
    Fora a base, nunca foi convocado por nenhum técnico, para a seleção brasileira.
    E mesmo na base, quando foi substituído por Willian, no mundial 2007 da sub-20, nunca mais voltou.
    Portanto, grande amigo, nunca tive nenhuma expectativa com o jogador.
    O 2º gol que fez contra o Botafogo, numa final de Carioca (2×2), foi realmente um milagre…
    Abs

    Reply

Comente.