Marketing político

Hoje pela manhã, vendo o “Bom Dia Brasil”, mais uma vez me deparei com o que considero um grave erro na condução de uma campanha política. A Rede Globo, através do seu departamento de jornalismo, está durante 30 minutos entrevistando no “Bom dia Brasil” os candidatos à presidência da república, a exemplo do que já foi feito no “Jornal Nacional”, quando todos os CANDIDATOS foram ao estúdio da Globo, menos a CANDIDATA DILMA ROUSSEFF que, ao meu ver, equivocadamente fazendo valer a sua condição atual de presidenta, recebeu os companheiros da Globo em Brasília.

Foto: Eraldo Peres

Foto: Eraldo Peres

Hoje, muitas pessoas comentaram comigo este fato, e no fundo, fica a sensação clara de que o tratamento desigual, imposto por quem cuida da campanha da candidata Dilma, acaba sendo um tremendo gol contra, pois a igualdade é a base do processo democrático. Nem quero falar da postura, pois para quem viu a entrevista de hoje ficou uma sensação clara de que ali não estava uma candidata e sim, uma presidenta disposta a fazer valer sua autoridade, o que em diversas oportunidades fez com que os entrevistadores ficassem meio sem jeito, não sabendo como reagir. Quem viu, deve ter notado que quem conduziu a entrevista foi a presidenta, que falou o que quis, independente do que lhe era perguntado.

“Marketeiramente” falando, um desastre.

1 Comentário

  1. Kleber,
    Eu não votarei na Dilma, porém, como você falou em democracia, então, precisamos escutar sua opinião sobre as entrevistas dos demais candidatos.

    Reply
  2. Kleber, se puder cria para o torcedor perguntas a serem respondidas em forma de comentários, como um quiz. Exemplo:
    Quem deve entrar na vaga de Eduardo da Silva?
    Essa interatividade seria muito boa!

    Reply

Comente.