Tudo errado

Imagem: Ricardo Nogueira/Folhapress

Imagem: Ricardo Nogueira/Folhapress

Após os episódios violentos deste final de semana em São Paulo, quando torcedores do Palmeiras tiveram enfrentamento com a polícia, e os do Corinthians entre eles mesmos, surgiu novamente a ideia de se adotar a torcida única toda vez que houver um clássico no futebol brasileiro. Isto me parece o caso de uma pessoa, com um determinado tipo de doença, que vai ao médico e este, antes de esgotar todas as possibilidades de tratamento, parte para o radicalismo recomendando a intervenção cirúrgica. Será que esgotamos todas as possibilidades no sentido de preservar uma das coisas mais lindas do futebol, que é o exercício democrático de torcer em um estádio? Isto sem falar na beleza do espetáculo, na cultura, no confronto dos cânticos, e até no desenvolvimento do jogo que, convenhamos, com uma só torcida é um, na normalidade das duas, outro completamente diferente. E muito mais emocionante.

Sei que a missão não é tão simples, mas ao mesmo tempo fica uma sensação clara de que, até agora, não houve um movimento nacional, firme e competente, para dar solução ao problema. Na realidade, o tema já foi até discutido demais. Muito papo e pouca ação. A hora é essa para evitar a medida drástica de se limitar a uma única torcida cada grande clássico do futebol brasileiro. É preciso agir, e agir o mais rápido possível.

Que os que comandam o futebol brasileiro não tenham medo de errar, pois o pior pecado é o da omissão. Se o que for implantado precisar de correção, que se corrija. Não se pode acertar tudo sempre. O importante é tentar. Que tal começar a agir? O futebol vai agradecer.

Claro que este é apenas o meu ponto de vista. Muitas vezes fico feliz em rolar a bola, isto é, provocar a discussão. Gostaria muito que cada um pudesse aqui dizer o que pensa a respeito deste tema polêmico. A pergunta é simples. Para evitar a violência nos estádios e nas suas imediações, a torcida única é a solução?

1 Comentário

  1. Evidente que NÃO….no Brasil vivemos de paliativos, isso quando não se recorre a repreensão como solução pra tudo. Fica evidente que o tecido social degradou, a educação agoniza, não tivemos uma política agrária, que inchou as grandes cidades. As injustiças sociais se proliferam em todos os cantos, um tráfico de drogas patrocinados pela própria sociedade hipócrita. A rivalidade extrema sempre existiu, mas hoje chegou a contornos irracionais, se mata, esfola sem maiores cerimônias. O acontecido na Bolívia com a estupida morte de um menino, já não dá mais comoção, nem notícia sensacionalista.Vamos esquecer o lucro a qualquer preço, o dinheiro acima de tudo, deixar de ver o ser humano como um simples consumidor e fazer uma sociedade justa e humana…

    Reply
  2. Caro Kleber essa questão da violência passa por algumas situações: as torcidas organizadas mais hostis e violentas são geralmente as financiadas e apadrinhadas pelos próprios dirigentes, vide a Gaviões da Fiel ; o planejamento e a distribuição das torcidas é muito mal feito na maioria das vezes, eu mesmo já presenciei no Morumbi a Independente e a Gaviões de ” parede e meia” e o resultado foi trágico ; e por último a questão da Impunidade!!!!! é preciso urgente mudar as leis e condenar esses marginais , com tantas imagens como pode esses idiotas ficarem soltos ????SRN

    Reply
  3. E a base de tudo está descrita acima no texto perfeito do Fernando Lemos, a banalização da violencia chegou ao limite , a sociedade está se destruindo e o convívio no futebol também é um reflexo disso , as pessoas se violentam sem ao menos ter um ” peso na consciência”!!

    Reply
  4. Amigo kleber,
    Muito mais que a falta de educação e falta do que fazer, jogo com apenas uma única torcida, é a falência total da Segurança Pública.
    Quando um imbecil acirra os ânimos de uma torcida, em que para ele, um simples jogo é uma “final de campeonato”, o resultado é o que estamos vendo.
    A “iniciativa” parte principalmente dos dirigentes dos clubes.
    Ao invés de promover o espetáculo, promovem a inimizade.

    Reply
  5. É CARNAVAL ? ADVINHA ? Tem as ORGANIZADAS do futebol também.

    As organizadas também estão tomando o DEScontrole do CARNAVAL em SP.
    É brincadeira ? Não !! É baderna mesmo e incompetência, e a CULPA não é dos políticos não é NOSSA.
    A culpa é MINHA, é SUA é NOSSA. Nós fazemos a sociedade em que vivemos, nós FAZEMOS o Brasil, SOMOS os VILOES de nosso próprio CAOS.

    Existe um proverbio que diz: Cada povo tem os governantes que merece.

    Cabe à NÓS percebermos o que FAZEMOS para SERMOS ASSIM.

    Reply
  6. O CONTROLE está em nossas MÃOS.

    Recentemente tomava CAFÉ-DA-MANHÃ assistindo um programa MATINAL (não era programa CRIMINAL não) e tive que mudar de canal pois não suportei AMANHECER o DIA ouvindo noticias MARGINAIS ( a MÍDIA diz que são notícias policiais ? ).

    Cresci assistindo o SHOW DA XUXA e vendo as pessoas CRITICAREM HeMan, pois diziam “… que absurdo que DESENHO VIOLENTO… ” . Hoje vejo essa mesma SOCIEDADE sintonizar as 8:00h da manhã programas CRIMINAI, pseudo prog. policiais.

    Que SORTE tiveram as CRIANçAS das geraçoes passadas que assistiam PLUTO, MICKEY ……. e Cia de manhã na tv.

    Tristes são as crianças atuais, ACORDAM assistindo as notícias CRIMINAIS.

    O que esperar ? ? ?

    Reply

Comente.