ALÔ RUBINHO!!!

Foto: Staff Images

Foto: Staff Images

Estava no telefone com o brilhante advogado Michel Assef Filho, na tentativa de entender melhor esta absurda punição ao técnico Vanderlei Luxemburgo, quando no blog e no Twitter, respectivamente, os companheiros Aurélio Mattos e Andre Tavares me cobravam uma posição a respeito deste tema. Quando desliguei o telefone, após apurar nos mínimos detalhes o tempero desta briga, concluí que muita gente está imaginando algo que não corresponde à realidade. Na boca do povo está que existe a “lei da mordaça” na Federação, isto é, ninguém tem o direito de criticar ou, se ousar, estará sujeito a uma punição. Isto não é verdade, embora tenha havido sim uma tentativa de, no regulamento do campeonato, estar embutida esta barbaridade que agride o processo democrático. Não está no regulamento em função desta iniciativa ter sido revogada pelo judiciário. Portanto, ninguém pelo fato de criticar, pode ser punido. A queixa do advogado do Flamengo, pra lá de pertinente, é no sentido de que Vanderlei foi punido por “soprar” a violência, embora, quem puniu não tenha provas quanto a isso. O que Vanderlei disse, e é público e notório, é que a imprensa poderia dar “porrada” na Federação, isto é, poderia criticar a Federação. Jamais, em tempo algum, Vanderlei fez apologia à violência.

Na minha opinião este caso é muito parecido com o que falei aqui sobre o comportamento dos árbitros de futebol que, na briga entre Flamengo e Federação, mesmo sem ninguém da Federação pedir nada a nenhum árbitro, na hora da dúvida, ferro no inimigo da Federação que, em última análise é quem escala e paga os árbitros de futebol. Neste caso, basta substituir a palavra “árbitros” pela palavra “auditores”. Dá para entender?

Duvido que o presidente da Federação, que estava em viagem com a Seleção, tenha interferido neste assunto. A decisão ridícula ficou por conta da subserviência…

Michelzinho me dizia que vai tentar o efeito suspensivo no mesmo TJD e, está mais do que na cara de que não vai conseguir nada. O último recurso será uma medida cautelar no STJD.

Daqui, faço um apelo ao presidente da Federação, no sentido de que trabalhe para que este efeito suspensivo seja concedido, pois seria uma forma de se consertar esta absurda e mesquinha decisão.

 

1 Comentário

  1. Grande amigo Kleber!
    Nem Alan Kardec acreditava no acaso…
    Estamos jogando um Carioca, com 10.000 “interferências”.
    Quando EU RICO assumiu, disse claro e em bom tom, que o Vasco voltaria a ser respeitado.
    Desde 2003 sem levantar um Carioca, resgatou o filhote do Caixa D’Água, sentou na cadeira principal da Ferj, assiste os jogos do vice, na sua sala particular acompanhado do Rubinho (outro que não deu certo), e… já temos o regulamento do Carioca de 2016, by EU RICO…
    Acompanhei o julgamento, e pelo que o Michel falou, não houve nem denúncia para tal.
    Agora, “coincidentemente”, vão sentar o arpão no presidente do Fluminense.
    A perseguição é óbvia!
    Seu apelo é nobre e compreensível. Mas não vai rolar!
    Após perder 2 “decisões” para o Flamengo, SE Rubinho entender e atender seu apelo, o casamento entre eles vai pro saco…
    Friburguense x Vasco, e Botafogo x Madureira são jogos de altíssimo risco.
    Risco, para não permitir que os dois pequenos, ao menos empatem…

    Reply
  2. Esse campeonato esta mesmo caindo no descredito, principalmente pela “relaçao” entre o Eurico e o tal do Rubinho. Isso e o q todos dizem!!!
    Eu particularmente acho q o Luxemburgo foi infeliz ,nao era momento pra “soltar o verbo” , obvio q tambem discordo da postura da federaçao,mas nosso tecnico pecou pelo medo,arrumou uma possivel desculpa desnecessaria.O Flamengo esta muito acima dos outros times do Rio em todos os sentidos ,tem a obrigaçao de ganhar esse campeonato passando por cima de todo esse pacote, q se olharmos bem e um dos unicos temperos da competiçao. Agora a puniçao sim e o mico esportivo do ano!!ALOOOOOOOO RUBINHO

    Reply
  3. Bela lembrança, Asseff!!!
    Se bem, que João Goulart era muito melhor e menos danoso que esta corja da FERJ & Cia…
    No dia da mentira, a única verdade, é que vamos ter que parir um rinoceronte pra levar este caneco.

    Reply

Comente.