Família Gre-Nal

Simplesmente oportuna e genial a iniciativa de Grêmio, Internacional e Federação Gaúcha, criando um espaço especial nos estádios para que Gremistas e Colorados assistam aos jogos juntos. São atitudes como esta, mensagens como esta, que podem dar fim, ou ao menos minimizar, a violência nos estádios. As cenas e fotos dos torcedores de Grêmio e Inter chegando juntos e, muitas das vezes até abraçados, são comoventes. Importante registrar que depois que esta medida foi implantada, não foi registrado nenhum tipo de incidente, por menor que tenha sido, dentro ou fora do estádio. Idem com relação à depredação do estádio rival, onde neste último Gre-Nal, não houve nenhum arranhão na arena do Grêmio provocado pela torcida do Inter. Aprendi na vida, que copiar o que dá certo, é saudável, não é vergonha e, sim, demonstração não só de inteligência, como, e principalmente, de sensibilidade.

Tomara que as diretorias dos clubes do Rio e da Federação se inspirem e se animem a seguir este exemplo pra lá de espetacular. No plano psicológico, arrisco afirmar que a mudança de comportamento dos trogloditas pode ser explicada pelo exemplo, ao vivo e a cores. Recebem eles uma mensagem sutil que obriga a que eles se questionem. Afinal, ficaram numa sinuca de bico e, pela primeira vez, talvez tenham entendido que agiam como marginais. De perto, viram que é possível caminharem juntos paixão, amor, respeito e educação.

1 Comentário

  1. Kléber, isso já acontece no Rio há muitos anos!
    As partes centrais dos anéis superiores e inferiores são ocupadas por torcida mista desde sempre para mim (tenho 26 anos de idade).
    Abraços e SRN

    Reply

Comente.