Desapontamento recíproco

(Foto: Staff Images)

(Foto: Staff Images)

As manchetes dão conta de que se perder para o Fluminense, Vanderlei corre o risco de ser demitido. Boas fontes me garantem que o desapontamento é recíproco, onde o treinador condena, e com razão, o mecanismo do futebol, onde nada é aprovado sem o carimbo do tal Conselho Gestor que, via de regra, trava, emperra, todas as possibilidades de contratação, como a de Robinho, antes de assinar com o Santos.

Curioso, é que o Flamengo paga um belo salário para um especialista, que é Rodrigo Caetano, que não tem nenhum poder.

Quem decide, é o Conselho Gestor, conselho este, composto pelos seguintes especialistas em futebol: Eduardo Bandeira de Mello, Alexandre Wrobel, Alexandre Póvoa (vice presidente de esportes amadores, onde dá show) e Wallim Vasconcellos.

Explicado?

Comente.