O REI ESTÁ NU!!!

rei-nuO meu competente amigo Diogo Dantas, repórter com super faro da notícia, confirma que Vanderlei Luxemburgo foi demitido.
O que eu acho? O REI ESTÁ NU!!!
A blindagem foi para o espaço…
Em síntese, mesmo reconhecendo alguns equívocos pontuais de Vanderlei, não há como não considerar uma enorme covardia querer imputar a ele a responsabilidade pelo momento delicado que vive o futebol do Flamengo.
E o Conselho Gestor, composto por “extraordinários especialistas” em futebol, sobreviverá? Quem irá julgar?
Amigos, a partir de hoje, O REI ESTÁ NU!!!

1 Comentário

  1. Sr. Kleber e amigos. Realmente a chapa azul esta perdida, com ou sem conselho gestor. deveriam tomar conta do clube e terceirizar o departamento de futebol. Entendem de relatórios e como poupar, agora de futebol tem muito que aprender. Será que o Rodrigo Caetano foi ouvido ou apenas comunicado ? A nação quer uma resposta imediata, algumas palavras, o técnico é demitido e ninguém vem a TV, site do clube, para dar uma satisfação.
    E agora, quem virá ? Quem aguenta a pressão de ser técnico do flamengo ? Os da nova geração recuam, os antigos estão parados no tempo. Difícil missão para o conselho gestor…
    uma vez flamengo, sempre flamengo..

    Reply
  2. Bem!
    Com Jaime de Almeida na janela, o que podemos esperar e rezar, é que o raio caia no mesmo lugar novamente!!!
    Entre beijos e abraços, tanto São Paulo ou Palmeiras estão de braços abertos para receber o Profexô…
    A pergunta que cabe, é se a volta de Jaime ao clube, foi coincidência ou sacanagem premeditada?
    Da forma que saiu, absolutamente desrespeitado, nem Alan Kardec acreditaria no acaso.
    Como o Conselho Gestor a todo vapor, e sem o técnico-corneta no clube, pra nós que estamos nos afogando, jacaré é tronco!
    Levei fé pelo Brasileiro que fez, esmoreci diante da derrota frente ao Galo na Copa do Brasil, me rasguei com a escalação contra o Avaí…
    Como rubro-negro que é, quero tudo de bom para ele.
    Mas como técnico, já deu o que tinha que dar.

    Reply
  3. Caros amigos, a realidade é que prometeram ao Luxemburgo reforços quando da renovação de seu contrato. Não fizeram, não cumpriram o que havia sido acordado. Ok, o Cirino pode ser considerado um bom reforço, mas convenhamos o time do Flamengo é medíocre. Colocar a culpa de tudo no técnico é covardia.
    Agora falam de Cristovão. Com todo respeito qual o título que este senhor já conquistou ?
    Diretoria, o Flamengo não é banco, não é o BNDES. O Flamengo é um clube de futebol.
    Saudações

    Reply
  4. Boa noite. Por mim entra o Cristóvão. Prefiro o FLA sem um treinador de grife, destes da prateleira de cima. O que os medalhões fariam com este elenco ganhando 700 mil o Cristóvão faria ganhando menos da metade e falando um terço das besteiras. Acho mesmo que com um técnico que ainda precisa mostrar serviço e trazendo 2 ou 3 jogadores de bom nível, o time pode sim brigar por Libertadores. Título? Olha, tá todo mundo quebrado no futebol brasileiro. Nós estamos muito melhor que nossos principais rivais, sendo que os dois times com maiores chances – Inter e Cruzeiro – estão focados em Libertadores. Pode ser um daqueles campeonatos em que o FLA entra desmerecido, desacreditado e abocanha na raça, na chegada, como 2009. Basta arrumar o comando, trazermos jogadores com precisão cirúrgica, ganharmos 3 jogos seguidos, colocarmos 50 mil no Maracanã e aí os adversários começarão a tremer, como SEMPRE!!!

    Reply
  5. Prezados rubro-negros,
    A saída de Luxemburgo, já deveria ter ocorrido, quando o mesmo informou que iria ouvir a proposta do São Paulo. a partir desse momento, ele que já não conseguia dar padrão de jogo ao time, desde Janeiro, se perdeu inteiramente. Foram cinco e nada de o time apresentar um padrão de jogo. O time é ruim, mas quem pediu as contratações de Para e Bressan, em troca da divida de R$13.000.000,00 do Grêmio? Insistir com o zagueiro Marcelo o lateral esquerdo Pico, Caceres, Gabriel, Arthur Maia, jogadores que não tem condições de jogar em times da primeira divisão, é para irritar a torcida. Contratem o Guto Ferreira da Ponte Preta. Apesar de jovem, a sua equipe tem um padrão de jogo e a Ponte não passa pelos vexame iguais ao do Flamengo. e outra sem essa de grife de técnico.

    Reply
  6. Amigo Kleber.
    Como temos liberdade de colar o que NOS INTERESSA, esta matéria do Rodrigo Mattos traduz na íntegra tudo que está acontecendo com esta gestão.
    Como tenho absoluta certeza que o assessor de imprensa do clube deve ser um ex aposentado do BNDES, ou, do Banco Central, vamos fazendo nosso papel tentando tirar nossa vaca do brejo…
    Não tenho esperanças que leiam. Mas deveriam!!!

    http://rodrigomattos.blogosfera.uol.com.br/2015/05/25/bem-sucedido-nas-financas-fla-tem-gestao-ineficiente-no-futebol/

    Reply
  7. Grande presidente.
    Que tal uma pesquisa entre nós, sobre a escolha do futuro técnico?
    EU… tentaria JORGE SAMPAOLI.
    Argentino que dirige a seleção do Chile.
    Nosso “time” iria ocupar todos os espaços do campo. Assim como fez a La U em 2012.

    Por sinal, o ótimo meia GUSTAVO LORENZETTI está dando bobeira.
    “O desejo do jogador é deixar o Chile. E enxerga como ótima oportunidade em sua carreira uma transferência ao Brasil”.

    Reply
  8. Vaia com Dios. Eliminação inadmissível contra o galo pela copa do Brasil. Perda de um dos cariocas mais fácil do século, reconhecido até pelos adversários antes de começar. Nove pontos perdidos nesse início de brasileiro. Flamengo era pra ser líder absoluto. Não ganhar dos reservas do São Paulo, empatar jogando mediocremente contra o Sport em pleno maracanã, e para piorar perder para o “poderoso” Avaí não jogando nada, é demais para qualquer rubro-negro. Respeitamos Luxemburgo pelo seu passado, mas, definitivamente, seu presente é lastimável. Suas indicações para o departamento de futebol mostram bem sua competência. Tallyson, Arthur Maia, Almir e etc, todos “titulares” absolutos. Recuperar esses 8 pontos perdidos num campeonato durissimo como o Brasileirão não será tarefa fácil. O que nos vem a mente é que depois que o São Paulo o procurou, seu ego inflou. Aí o velho Luxa voltou. Não acho legal mudar de treinador durante a competição, mas algo tinha de ser feito. Nós temos gente boa no time mas que não conseguem jogar. Paulinho, Everton, Canteros e Cirino são bons jogadores, mas não conseguem produzir um futebol a altura de suas qualidades. Isso se faz nos treinamentos. Luxa não conseguiu fazer esses jogadores serem protagonistas constantes. Teve até duas pré temporadas para isso e nada. Até parece que estou justificando minha concordância com a demissão do Luxa, mas na verdade estou mostrando minha insatisfação com seu trabalho até aqui. Mas um dado curioso me chama a atenção: os dois últimos títulos de expressão que ganhamos, brasileiro 2009 e copa do Brasil 2013 não foram com treinadores com passado vitorioso. Foram técnicos sem expressão nacional. Será que o Flamengo só dá certo com técnicos assim?

    Reply
  9. O futebol do Flamengo é uma bomba relógio ,ainda mais administrada dessa maneira.Como tenho um enorme orgulho de ser rubro-negro acho que o Luxemburgo ao dar corda pro São Paulo nos desrespeitou, ali o elo que ainda existia se perdeu. O nosso ex- técnico SEMPRE comete o mesmo erro, é incrivel como a sua vaidade , sua vontade de falar, falar , falar ….o prejudica. Sejamos sinceros os BLUES deram a chance do Luxemburgo se reinventar.
    Do outro lado da moeda, as falhas e a falta de planejamento são ainda mais graves, o tal do Wrobel, parece tudo ,menos um homem do futebol.O tal do conselho gestor como também não é do ramo atua de forma inexperiente, parece-me ainda que não vivem o dia a dia do departamento de futebol, que tomam decisões bem de longe ,sem o tato necessário.
    Porém essa decisão de demitir o Luxemburgo no meu ponto de vista foi acertada ,pode ser um bom começo, acho que o ambiente vai melhorar mas o mais importante ainda tem que ser feito que é colocar uma pessoa acima do técnico ajudando e cobrando o dia a dia do nosso futebol.

    Reply
  10. Já foi tarde. Ficou em pré temporada quase 20% do tempo e não conseguiu dar uma cara ao time. Futebol deve ser empresa na gestão fos recursos e mutável a qualquer momento na relação tecnico jogadores. O jogador não consegue entender o que ele quer, pois nem nas entrevistas ele conseguia explicar, logo, fez vem a diretoria RM demiti-lo. O tempo passou e a arrogância do ptofexo não o permitia evoluir. Ficou para trad como tantos outros um di ficaram, Jair Pereira, Sérgio Cosme, Joel, Picerni etc. Vaza luxa.

    Reply
  11. Presidente, porque nunca ninguém fala em Andrade? Será que ele não é capaz de dirigir o maior do mundo? Ele foi campeão brasileiro em 2009, não é possível que não saiba nada! Outro também que me agradaria seria o Renato Gaúcho, ele tem personalidade e conhece muito bem o manto sagrado. Não vejo que aquele gol de barriga seja algo que o desmereça de treinar nosso FLA. Também gosto do Cristóvão, acho que tem perfil estudioso e mais atualizado que os da antiga geração. Enfim, acho que é a hora de apostar em técnicos de menos grife, pois os “melhores” estão desatualizados do atual futebol. Qual sua opinião?

    Reply
  12. Não acho que o Comitê Gestor seja em si um caos! Tudo vai depender do que fizer este ano, se acertar, em minha opinião vai ser um avanço na política de tomada de decisões no Flamengo. Os assuntos sempre foram resolvidos entre vices, presidente e comissão técnica, mas nem sempre funcionou tbm (…).

    Reply
    • Amigo Nino.
      Concordo plenamente contigo, quando diz que os assuntos de FUTEBOL muitas vezes também não funcionava entre vices, presidente e comissão.
      Ou seja! Homens que lidavam com futebol e por motivos sombrios também fracassaram.
      Mas o percentual pra dar certo é avassalador, perante um Conselho Gestor, em que NINGUÉM é do mundo do futebol.
      Zico, de terno e gravata, também naufragou como diretor de futebol.
      Seria um argumento que fortalece, “uma coisa é uma coisa outra coisa é outra coisa”.
      Na sua passagem, foi limado por Patrícia, Cap. Léo & Cia…
      Temos hoje, um gestor de futebol, que não participa das decisões do futebol! Por que?
      Porque enquanto Wallim Vasconcelos tiver voz no Flamengo, nem 40 Alexandres Mattos vão resolver. Ele JAMAIS terá a caneta…
      Rodrigo trabalhou no Vasco, e mais da metade do clube campeão carioca, foi contratado por ele.
      Com este Conselho Indigesto, em que ninguém sabe a diferença entre uma jaca e uma bola, mais fácil contratar o gerente do Bradesco / Praça Mauá, que tirar Carlos Alberto do ostracismo.
      Duvido, que um convite ao Godinho, Kleber, Serpa Pinto… fosse negado por eles num momento tão caótico e amador.
      Wallimedeus, foi impugnado para presidente. A dívida dos Azuis por derrubar a moça, deu a ele a cadeira de vice de futebol.
      Após uma crise, deixou a cadeira (Patrimônio), e arrumou a cadeira do Wrobel.
      Quê, por sua vez, assumiu a pasta do futebol.
      Enfim! Montam um Conselho Gestor para tratar do futebol, onde jamais tiveram qualquer experiência no assunto, e pra sacramentar a prepotência, ainda isolam o único profissional que entende de futebol…
      Reitero! Enquanto Wallimedeus continuar zanzando pelos corredores da Gávea, o Flamengo vai continuar saneando as dívidas, e continuar sofrendo em campo.
      Como nosso carro-chefe é futebol, está tudo absolutamente errado.
      Pessoas certas no lugar errado…

      Reply
    • Caríssimo, sou contra a teologia do caos! Se Wallin é a eminência parda, Amém! Vamos cobra-los ao final da gestão, porque foram eleitos democraticamente. Concordo com você, o Flamengo não é banco para dar lucro, e sim títulos!

      Reply

Comente.