Desabafos perigosos

Emerson Sheik e Rodrigo Caetano.

Emerson Sheik e Rodrigo Caetano.

Esta quarta-feira, promete. Não só pelo jogo contra o Avaí, na Arena das Dunas, programado para às 21h, como também pelos julgamentos de Sheik, Rodrigo Caetano e Wallace. O zagueiro será julgado por jogo violento. Os outros dois, Sheik e Rodrigo Caetano, por ofensas morais, já que, os árbitros que se sentiram ofendidos, carregaram nas respectivas súmulas.

Vamos lá: Rodrigo Caetano, se dirigiu ao arbitro para dizer que a má arbitragem não havia sido por culpa dele, e sim, por culpa de quem o havia escalado. Nenhum palavrão, nenhuma ofensa. Evitar o contato, impossível, na medida em que os profissionais dos clubes ocupam no estádio os mesmos lugares dos árbitros. Entram e saem do campo pelo mesmo lugar. No Maracanã antigo, este diálogo jamais teria ocorrido, pois os árbitros tinham entrada e saída de campo que não cruzava com ninguém. Entravam e saiam pelo túnel único, que ficava na parte frontal às cabines de rádio. Os túneis dos clubes, ficavam abaixo delas. Portanto, o primeiro item, diz respeito à oportunidade. Ora, como alguém que sente o seu time prejudicado pela arbitragem e cruza com o árbitro, sem que tenha contribuído para este encontro, fica calado? Por acaso, estamos falando de seres humanos ou de marcianos? Com todo respeito ao árbitro que se sentiu ofendido, e aos auditores que vão julgar o episódio, o que há de excesso neste diálogo? O que há de desrespeitoso neste desabafo? Acho até que, dadas as circunstâncias, Rodrigo Caetano deveria merecer uma homenagem do tribunal, pela sua elegância, em momento de sofrimento e profundo sentimento de injustiça, já que, o referido árbitro, interferiu no resultado do jogo deixando de marcar dois pênaltis. Por favor, senhores auditores, não contribuam para que o futebol fique mais chato do que já está. O jogador é punido por ir comemorar um momento único, sublime, do futebol, que é o gol, com os seus torcedores. Aí, tome cartão amarelo. Ridículo…

E a lei da mordaça? Como o cidadão pode deixar de ter o sagrado direito de se expressar, se contente não está com determinada situação? Que democracia é essa?

Agora, mais esta. Um diretor de um clube passa a não ter o direito de, educadamente, comunicar a quem de direito, a quem deu causa, à sua insatisfação. Ridículo…

O lance do Emerson, um pouco diferente. Embora, tenha realmente dito no intervalo que, “o juiz é uma merda”, acabou, pela contundência, pela agressividade verbal, chocando algumas pessoas que assistiam ao jogo pela TV. Poderia ter evitado. Talvez, pudesse ter dito: “o juiz é muito fraco”. Provavelmente, ninguém ficaria chocado, embora, tudo seja a mesma coisa em linguagens diferentes. A popular e a comedida. Nestes casos, até para não prejudicar o clube, melhor a comedida.

1 Comentário

  1. O problema é que Sheik é SEMPRE reincidente.
    Já pegou pesado quando no Botafogo, desta vez foi muito pior.
    Entendo perfeitamente a cabeça de um jogador após 180 minutos levando porrada e, o de preto mandando seguir.
    Levou um cartão amarelo por reclamar de uma falta desleal do zagueiro do Vasco, e, pra variar, o juiz inverteu tudo.
    É nessas horas que deveríamos ter um bom supervisor.
    Sheik nem chegaria perto de um microfone….

    Reply
      • Como já disse em outros comentarios e volto a repetir gosto do Futebol do Sheik, mas ele está tendo liberdade de mais no Flamengo dentro e fora de campo está se sentindo maior que o clube, menos Sheik bem Sheik, na minha opinião ainda tem que melhorar muito em campo para falar o que anda falando, hoje é o jogador mais fominha e que mais erra chutes em campo alias se acha um grande chutador porque chuta de qualquer lugar do campo o que mostra displicência, e não falar que ele é coração corre um monte da carrinho briga está nas jogadas isso qualquer um com um bom preparo faz, eu espero mais dele aliás espero muito mais de muita gente do NOSSO Flamengo.

        Reply
      • Grande Nino.
        De certa forma concordo! Embora muito engraçadinho, se entrega o jogo inteiro.
        Mas por incrível que pareça, não vejo mais que 5 times melhores que o nosso.
        Colocaria, por elenco: Corinthians, Atlético Mineiro, Fluminense, Internacional e Palmeiras.
        Acho que estamos no bolo! Uma vitória contra o Avaí, e domingo contra o Fluminense, pode pegar fogo nas nossas pretensões.
        Nosso ataque, caso entre em campo, é um dos melhores do Brasileiro.
        Nossos problemas “começam” dos volantes pra trás.
        Tirando Jorge e Samir (sem escorregões) o resto é tudo japonês…
        Pra levar 29 gols em 21 rodadas, tem que ser MUITO ruim…
        Só o Vasco nos barra…

        Reply
  2. Concordo integralmente com seu texto.
    Agora é óbvio que procuram ele para dar as entrevistas porque o cara é transparente e polêmico.
    Sugiro que a diretoria estabeleça algum revezamento na saída de campo para que também outros jogadores assumam e exerçam as suas opiniões.
    O cara de cabeça quente num jogo tenso e ainda colocam o microfone para falar,tem que relevar….

    Reply
    • Pois é, amigo Mario.
      Se fosse repórter, após uma escovada contra o Vasco, seria o único jogador que iria entrevistar.
      Está faltando claramente um supervisor dentro e fora do campo.
      Aquele que tem obrigação de filtrar e colocar panos quentes.
      Um Domingos Bosco da vida!
      Só falta agora o jurídico do Flamengo naufragar…
      Dudu AGREDIU o juiz e não ficou um único jogo de fora. Com efeito suspensivo eterno, joga TODOS os jogos…
      Só falta ser suspenso nas férias…

      Reply
  3. Um grande problema, pra mim, é ter um peso e duas medidas. O Dudu (Palmeiras) agrediu um árbitro na final do campeonato paulista e continua jogando tranquilamente.

    Reply
    • Palmas para o jurídico do Palmeiras…
      Mário Bittercourt é outra figurinha que consegue “coisas mirabolantes”…
      A ponto do Fluminense jogar 5 jogos diretos no Rio.
      Colocou as finanças de lado, tá feia a coisa, amigo Daniel.

      Reply
  4. Tá certo que o Sheik exagerou, mas dá saudades dos tempos em que os jogadores dizem mais o que pensam, da época em tinhamos Romário no Flamengo, Renato Gaúcho no Vasco, Túlio no Botafogo, e por ai vai… O futebol era mais divertido, muitas provocações sadias. Hj o politicamente correto/STJD estão deixando as entrevistas muito chatas.

    Reply
  5. O Flamengo já provou que pode jogar, e bem, sem o Guerrero, sem o Éderson (desde que o Alan Patrick jogue), mas sem o Sheik na frente, eu acho que complica muito! O mesmo valeria, para o Éverton. Muinha opinião, se o advogado do Flamengo tiver sucesso, Sheik pegue uns três jogos.

    Reply
    • Em tempo, esse Caique não é centro avante, se fosse um “brocador” por exemplo, teria dado um carrinho e feito o gol no último domingo! Ele é atacante, assim como Cirino e Paulinho..

      Reply
    • Acho que pega 2 jogos, por ter pedido desculpas em público, para o árbitro de Goiás.
      Nem mesmo foi citado na súmula do juiz.
      Mas a reincidência pesa!
      O grande problema, é que o Paulo Schmitt só consegue Ibope desta forma.
      Tremendo bobalhão complexado!
      Nunca vi denunciar clube pequeno…
      E olha que a Série B é uma verdadeira briga de foice.

      Reply
  6. Caro Kleber! Concordo com a opinião do Daniel no caso do Dudu! Não foi uma ofensa que deturpe a imagem de alguém! Hoje se fala até nas novelas da Globo, quando muito não se exemplos mais perversos! Na defesa precisa se mostrar também o comportamento do Juiz na partida! O futebol brasileiro esta transformando alguns árbitros ou todos eles em Deuses! Estão aos poucos robotizando o futebol, talvez na sua pior safra de talentos e ainda de credibilidade! Se futebol fosse tão moralista assim, torcida não xingava e talvez o juiz de Palmeiras x Flamengo marcaria dois pênaltis a nosso favor! O Sheik ainda é a parte boa do futebol que fala! A GRAÇA DO FUTEBOL é o jogador! Juiz é apenas a parte barata do espetáculo! O Brasil precisa ter MORAL em outros campos! O povo certamente ira ficar feliz! Saudaçoes e futebol sem Sheik é retrocesso econômico! Ele enche os estádios! O resto pouco importa!

    Reply
    • Data venha Canindé, o que o Sheik fez esta totalmente fora da curva, existem poucos precedentes deste tipo de comportamento, jogador dando chiliquinho fora de campo, “essas tesouradas da alma feminina do Emerson”, só o Fred tem se comparado! Deveria tomar uma multa, mas ai desandaria a maionese, melhor abafar, elege-lo como vítima do juiz, politicamente melhor..

      Reply
    • Grande Francisco.
      Ele deveria ter trocado o merda, por fraquinho…
      Dentro do contexto, acho que ofendeu sim.
      Sabendo que existem 3.000 câmeras, 4.000 repórteres, 10 emissoras passando o jogo, e um STJD que detesta o Flamengo… deu mole!
      Ele fora de si, se ninguém chegar nele, mesmo assim ainda procura um microfone.
      Babou, meu caro!
      Fora da curva – Estou escrevendo e vendo o Programa do Neto (Donos da Bola).
      Esse cara é um afronta a TV aberta. Como é babaca…
      O cara consegue assassinar nossa língua a cada interpretação…
      Aquela empregada do YouTube, é membro da Academia Brasileira de Letras…

      https://www.youtube.com/watch?v=moJMKN4CyFw

      Reply
  7. I-NA-CRE-DI-TÁ-VEL!!!!!!!!!

    Às vésperas de seu segundo jogo consecutivo no Nordeste, o técnico Oswaldo de Oliveira não fez mistério. Abriu treino à imprensa na Arena das Dunas e deixou claro que time levará a campo para enfrentar o Avaí neste mesmo estádio, nesta quarta-feira, às 21h (de Brasília). O Fla jogará com Paulo Victor; Ayrton, WALLACE, Samir e Armero; Márcio Araújo, Canteros e Alan Patrick; Everton, Emerson Sheik e Kayke.

    Juro que não sei o que acontece! Não entendo este amor incondicional a esta draga.
    Tanto Marcelo quanto Cesar Martins, são muito melhores e mais seguros.
    Esta P**** que joga de boca aberta, só consegue ser titular no Flamengo.
    No Corinthians, ficou no banco pro ancião Chicão, por 5 anos…
    Pará suspenso e Jorge convocado, foram bem substituídos.
    Aliás, é que temos…

    Reply
  8. Meu Caro Egon! O Santo Protetor do Wallace é muito forte! Desejo que ele faça grande partida, mas, acho que o Cezar Martins com sequência pode se tornar grande nome! Acredito que esta sendo escalado pela liderança, pena, que os adversários pouco se importam! Voce tem razão em relação ao Sheik e recuo no que falei antes! Poderia ser uma palavra politicamente correta e com a lição que se pretendia passar! SRN

    Reply

Comente.