SONO PESADO

(Foto: Staff Images)

(Foto: Staff Images)

Acabou o jogo. Como se esperava, ante enorme fragilidade da Venezuela, vencemos por 3 a 1 e, poderia ter sido de 4, 5, ou 6 a 1.

Tipo do jogo onde é difícil se concluir alguma coisa, ou mesmo ficar muito animado com a vitória, até porque, se não ganharmos da Venezuela, em casa, vamos ganhar de quem?

Em termos práticos, a importância dos três pontos, num início de eliminatória, em que a atual vice-campeã do mundo – sem Messi, é verdade – dos seis pontos possíveis, conseguiu apenas um.

Em contrapartida, o Uruguai, sem Luizito Soares e Cavani, seus dois maiores astros, conseguiu duas vitórias, e lidera, ao lado do Equador, com seis pontos, e do Chile, que venceu há pouco o Peru, fora de casa, por 4 a 3.

Claro que muita coisa ainda irá acontecer. Há tempo para tudo. Para o melhor e, para o pior.

Por que o título, SONO PESADO?

Explico. Achei a barração de Jefferson injusta, inoportuna e perigosa. Injusta, pelo fato de Jefferson ter sido rifado após falha discutível no jogo contra o Chile, embora possuidor de um saldo pra lá de positivo, desde que se tornou titular da seleção. A barração foi inoportuna, na medida em que o adversário era a frágil Venezuela.

Mesmo que Dunga tivesse perdido a confiança no seu goleiro titular, tirá-lo neste momento, seria, como foi, jogá-lo às feras, num jogo sem o menor risco. A forma como Jefferson foi barrado, pelo que conheço no futebol, deve ter deixado os jogadores desconfiados, com relação ao comportamento do treinador. O fato foi perigoso, em termos futuros. Para Dunga…

Vou dormir com o sentimento de que algo injusto ocorreu. Sono, certamente, pesado…

A injustiça, seja qual for, me faz mal a alma.

1 Comentário

  1. Kleber, amigo,

    Achei uma grande sacanagem brincadeira com o Jefferson, admito que assisti ao jogo puto de mau humor.

    Contra a Venezuela é fácil estrear um goleiro em eliminatórias, queria ver a atuação do Alisson, ou o Grohe, ou o Vitor, contra o Chile. Duvido que o resultado fosse muito diferente…

    Recordo que o principal programa esportivo do último domingo fez uma enquete perguntando se Jefferson falhara no primeiro gol do Chile, 76% dos que responderam absolveram o goleiro. O Dunga não. Gostaria de entender o porque.

    Triste e preocupante.

    PS: Escalar o Alisson contra a Vanezuela, como dito acima, é fácil, quero ver quem entra contra a Argentina. Ele já deu uma bela abalada na confiança do Jefferson hoje… E confiança, como você sempre diz, é tudo…

    Reply
    • Amigo Robert.
      Este babaca do Dunga, além de grosseiro e incompetente, ainda é rancoroso.
      Thiago Silva é um dos maiores zagueiros do futebol atualmente.
      Uma falha num penalti na Copa América, limou o cara da seleção.
      Jefferson é um grande goleiro. Raramente falha.

      Reply
      • Não à toa, o Jefferson foi escolhido o melhor goleiro do último Brasileirão, grande Egon, mesmo com o Botafogo rebaixado.

        Não engulo o Dunga, nem com muito chimarrão…

        Forte abraço, amigo!

        Reply
        • Grande amigo Robert.
          Nasci vendo o concurso de misses pelo SBT.
          Antes da emissora patrocinar, parece que o evento acontecia no Municipal.
          Em 10 finalistas, a gaúcha sempre levava…
          Assim acontece com os técnicos da Seleção Brasileira!!!!
          Descobriram que num Estado em que só existem 2 clubes, pode nos proporcionar os 4 últimos técnicos.
          O que não entendo, é o que ELES fizeram pra tal merecimento, já que o futebol gaúcho não vence um Brasileiro desde 1996 com o Grêmio…
          O Mundial do Inter, assim como a Libertadores, o técnico era o CARIOCA Abel Braga…
          Ontem, com a barração do Jefferson, entendi como um grande ato de bairrismo, já quê, tanto Taffarel quanto Dunga foram personagens marcantes na história do Internacional.
          A seleção está no mesmo nível de quem comanda a CBF.
          Um preso e, o outro não pode pegar o jornal na porta de casa.
          Enquanto isso, outro gaúcho monta um time em 1 ano e, hoje passeia pelo Brasileiro jogando o melhor futebol do país.
          Com certeza não deve ser simpático as regras da austera e cega CBF…

          Reply
  2. Concordo com o KL e todos os comentários acima. Acho uma sacanagem com o Jefferson, ainda que eu particularmente ache que ele falhou no gol do Chile.

    Por um lado, a imprensa fez uma enorme pressão ao Dunga exigindo mudança no time. Quando ele o faz, e por consequência acaba respingando no Jefferson há uma indignação total.

    Na minha opinião há outros goleiros em melhor fase que o Jefferson. E se assim como eu, Dunga achou que o Jefferson falhou, então tem mesmo que optar por outro goleiro. A hora para a mudança era justamente esse jogo contra a Venezuela, pelos mesmo motivos citados pelos amigos acima. JOGO MAIS FÁCIL!

    Pelo outro lado da mesma moeda, gostei muito da aplicação tática. Liberando o Elias, vez ou outra, tínhamos um quinteto ofensivo.

    Elias;
    Oscar,Willian e Douglas Costa;
    Ricardo Oliveira.

    Com apoio dos laterias, o time ficou bem ofensivo.Mas eu ainda acho que precisa melhorar muito na saída de bola e na recomposição.

    Mas se o treinador resolve fazer mudanças com a escola de samba no meio da avenida, é claro que vez o outro o samba vai atravessar.

    Dunga é isso ! Confuso, controverso, indefinido, indireto, sem conduta racional.

    Todas as expectativas para uma análise do Dunga, também vai passar muito por isso.

    Mas acho que uma porrada feia da Argentina, Dunga cai feio !

    Reply
  3. Vi só o 1º tempo preferi dormir do que ver um time bater em “GALINHA MORTA”. Mais senti a mesma sensação que ele quis arrumar um culpado,e infelizmente este técnico lhe falta personalidade.
    Aquele gol de cabeça foi a queima roupa e a bola vem sem direção ao encontro dele, ele teria que ser um atleta com acuidade(precisão)visual de um super dotado.
    Porque não culpou os zagueiros que não anteciparam ao cruzamento, até porque são zagueiros ditos como de alto nível.
    Pegou muito mal……

    Reply
  4. Concordo plenamente, logo que saiu a confirmação da equipe para o jogo, senti que tinha cheiro de gordura no ar.
    Achei que jogariamos com Ricardo Oliveira, Renato Augusto e Lucas Lima!
    Aguardamos os próximos jogos…e graças a Deus, MENGO na TV hoje.
    Hoje sim é dia de torcer, afinal sofremos e nos alegramos mais com o que?
    Time ou Seleção?
    Qual sua opinião Kleber?
    Abraço

    Reply
  5. Gente, discussão interessante! Mas o Dunga gosta mesmo é do Geferson, lateral do Inter que ele convocou para a seleção, atendendo ao “clamor” geral da nação, rsrsrsrsrs. O Jeferson, goleiro, que se f….

    Reply
    • Mauro.
      Tem que abrir os olhinhos porque as seleções da América do Sul melhoraram muito.
      Vejo muito equilíbrio e uma possível NOVA decepção.
      Depois de cair de 7 em pleno Mineirão, ficar fora da Copa é um pulo…
      Ainda existe bobo no futebol. E hoje… somos nós…

      Reply
  6. Isso mesmo, Carlos Egon. Hoje quase todos jogam na Europa e o futebol nivelou por aqui. E o técnico, que definitivamente, não é o melhor do Brasil, desandando a fazer gauchadas.
    É duro!

    Reply
    • Eurico Miranda e Roberto de Andrade criticam criação da Liga Sul-Minas-Rio

      Convidados da reunião na na CPI do Futebol, presidentes de Vasco e Corinthians reclamam de possível torneio: “Ilegal e imoral”, diz mandatário do clube carioca

      Ilegal e imoral, é o povo pagar o Itaquerão, ou renda de jogo sumir….
      Euriquinho! Você vai contar as baratas nas arquibancadas, no Carioqueta….

      Reply

Comente.