Magia

(Foto: Ivo Gonzales / Agência o Globo)

(Foto: Ivo Gonzales / Agência o Globo)

Como se programado fosse, encontrei em Angra, terra do nosso irmão deste blog, Carlos Egon, um amigo de 30 anos de vida. Hugo Aquino, com a fidalguia que lhe caracteriza, faz com que a sua casa seja dos seus amigos.

Papo vai, papo vem, aparecem Maria Inês e Ana Carolina, respectivamente, mulher e filha do nosso querido Hugo. O melhor de tudo ficou por conta da história contada por Ana Carolina. Tinha ela sete anos e, próximo ao seu aniversário, seu pai se aproxima e, em atitude de pai apaixonado, pergunta: “filhinha, querida, o que você quer de presente no seu aniversário?” O tricolor Hugo jamais poderia imaginar o que estaria por vir. Ana Carolina, próxima ao seu oitavo aninho, talvez em sua primeira decisão importante de vida e, com certeza, num encontro com ela mesma, demonstrando independência, caráter, personalidade e sabedoria, mandou na lata: “Pai, o que eu quero de presente é que você me deixe ser Flamengo!!!”

O resumo da ópera é que a família Aquino, que cresceu, e como cresceu, virou uma família rubro-negra. Conto isto para colocar com clareza uma tese que defendo há muito tempo. O amor pelo Flamengo é único. Diferente. Completamente diferente. Por favor, não me perguntem o motivo, pois não tenho resposta. O que sei, ou que constato, é que o Flamengo é uma magia inexplicável. O vento que venta lá, não é o mesmo que venta cá.

Traduzindo: Geração rubro-negra seguirá sempre rubro-negra. As outras sempre serão atingidas por esta magia. E, de forma óbvia, e inteligente, capitularão…

Por isso, o Flamengo é o que é. Magia. Adorável magia. Impossível viver sem ela.

1 Comentário

  1. Sr. Kleber , venho acompanhando seus comentários e compartilho a maioria das vezes com suas opiniões, e estou ansioso por suas colocações sobre a atual postura da nossa diretoria no mercado , confesso que esperava uma atitude parecida com o que aconteceu no Palmeiras no último ano, e me encontro decepcionado.Agradeço SRN.

    Reply
  2. Po, Grande Kleber! Estou do lado…
    Esse lugar ou é o Frade ou Portogalo… ambos perto da minha casa. Mombaça…
    Embora este canal lembre muito as casas no Portobello.
    Não tem erro, é um dos três…

    Reply
  3. Belo cenário Kleber, aproveite!!! Nosso Flamengo esta encontrando dificuldades no mercado… enfim meu otimismo está começando a declinar , sempre esbarramos nas mesmas dificuldades, haja economia.Essa política “pão duro com duplicata” pelo jeito vai nos dar frutos em 2025!!! Haja paciência!!!!

    Reply
  4. Amigo,Carkos Egon,
    Frade!!! Você é do ramo…
    O mais importante você não falou. A magia…
    Adoraria ler, você descrevendo a “magia rubro- negra…
    Amanhã, deixo a sua linda Angra dos Reis. Coisa de Deus…
    Fortíssimo abraço.

    Reply
    • Amigo Kleber.
      MINHA magia rubro-negra, aconteceu justamente “contra” meu pai…
      O cara não era muito chegado ao futebol. Mas quando perguntavam qual o time, era meio que vascaíno (ninguém merece!!!).
      O negócio dele era Caça Submarina. Inclusive, fomos campeões (na mesma equipe) por mais de 5 anos em campeonatos estaduais. Sempre pelo ICAR (Iate Clube de Angra dos Reis).
      Em 1963 pedi para que me levasse a decisão contra o Fluminense. Evidentemente, ouvi um sonoro não!
      Recorri então a mamãe rubro-negra, que escalou nosso amigo de família Toninho Clemente (Cavalo) para atender meu pedido.
      Maracanã lotadíssimo, e lá estava eu no ombro do Toninho.
      Jamais tinha visto um espetáculo daqueles! Uma multidão assustadora e eletrizante.
      Já entendia tudo de Flamengo. Lia todas as matérias do Globo, Correio da Manhã e Última Hora…
      Quase desabei da cabeça do Toninho, quando Escurinho chutou do bico da pequena área e Marcial nem largou. (Baliza a direita das cabines).
      Como o empate nos dava o campeonato, assim aconteceu.
      Fim de jogo, lá fomos nós para o Ponto Elegante na Praça do Lido, ao encontro do papi…
      De camisa, calção, tênis e faixa… o cara nem me olhava… kkkkk
      Magia inesquecível e, começo de tudo, se deu ainda no berço, quando o chofer do meu avô pendurou na minha chupeta uma flâmula do Flamengo…
      E olha que o cara era paraibano…
      Aliás, como dono de cartório que era, João Egon Prates era muito conhecido do Marcio Braga.
      Quanto a filha (Luciana) não teve opção!
      Coloquei sobre a cama 3 camisas do Flamengo e mandei escolher o time…
      Caso não acontecesse, ficaria sem almoço…. kkkkkk
      Nesse ponto, não sou democrata como seu amigo Hugo Aquino…
      Zero de chance de ter um filho que não fosse rubro-nego.
      Hoje, promotora em São Paulo, é mais fanática que eu…

      Reply
  5. Enquanto a bola não rola, lemos todos os dias que o Flamengo não contratou nem um único jogador de peso até agora. Os que eles acham serem assim, como o tal Mancuello, acham caro. Será que estão achando que vão conseguir algum jogador inquestionável em liquidação? Até agora só rapadura. Ou abre os cofres ou vamos de apostas novamente. Basta! Estão tentando o Henrique, plano A, e se não conseguirem, o plano B é Breno do São Paulo. Acho dificil ele sair de lá, mas nesse caso específico, o plano B é melhor que o plano A. Breno é muito mais jogador que o Henrique. Em forma ajeita nossa zaga rapidinho. E olha que é bom de cabeceio lá na frente.
    E vocês, caros amigos, o que estão achando das negociações até agora?

    Reply
    • Enquanto a bola não rola, querido Helder, vamos passeando pelas notícias dos sites e, cada vez ficando mais p**** com as contratações dos outros e nenhuma nossa…
      Quero acreditar que tudo esteja sendo armado para o dia 6, quando começa nossa pré-temporada. Não acredito que Muricy vá topar começar o ano, sem os contratados.
      Perder Henrique para o Fluminense, foi um favor que nosso “pai” nos fez.
      Aquilo é uma draga da pior qualidade.
      Estamos namorando agora um incendiário e mantivemos nossos 4 cachaceiros.
      No momento, um idoso (Juan), uma promessa (Rodinei), uma aposta (Arão) e um pivô de basquete (Antonio Carlos)…
      TODOS, absolutamente TODOS, a custo 0800…
      Ou seja! Os tais R$20 milhões ainda estão intactos.
      Falam em Diaz, Muralha, Breno e Mancuello. Ainda acho muito pouco para armar um bom time.
      Ainda prefiro Réver a Breno.
      Contudo, não vejo neste bonde desejado, nenhum jogador que possa ser O CARA do time. O fora de série…
      Aguardemos os próximos capítulos de “o preço não está compatível com nossa realidade” ou, “não entraremos em leilão”…
      Só não pode querer nos convencer, que o mercado está complicado!
      Só nós! E os outros???

      Reply
      • E vamos ter de aguentar esse modelo por mais treis anos, pelo menos. Eles são muito devagar. Parece aquelas pessoas que vão no fim da feira para pegar as promoções e acabam ficando só com o resto, o que ninguém quis. É meu caro amigo, definitivamente, essa diretoria pode ficar marcada como a mais incompetente de todos os tempos do Flamengo se não mudarem radicalmente sua forma de agir. Veja o Palmeira, os caras contratam de caminhão da noite para o dia. Levar um balão do flor, não é para qualquer um. Está certo que o Henrique não é de encher os olhos, mas mostra o quanto os caras são lentos em agir. Onde está o planejamento? Já não se sabia desde o começo do ano dessa deficiência crônica de nossa defesa? Já não se sabia da necessidade de um homem de criação? Qual a razão de começarem a pensar na solução só no final do ano? Esse tal mapeamento que tanto falam, deve estar desligado da tomada, só pode ser. Como você, espero que até 6 de janeiro sejamos surpreendidos, mas de forma positiva, porque pelo andar da carruagem tá mais para abóbora do que para outra coisa.

        Reply
        • Obviamente que refiro-me a incompetência na área do futebol, pois nas finanças já mostraram que entendem bem do assunto. Mas não adianta ter dinheiro na poupança e ficar andando de fusca.

          Reply
  6. Poxa Kleber, nem me chamou? Será que eles deixam eu entrar com a minha combi e armar uma barraquinha nesse gramado? Se deixarem, te chamo para comer um churrasquinho de azinha de frango com linguiça.
    Saudações rubro negras….

    Reply
  7. Belo post Sr. Kléber.
    A frase final mostra o que é ser rubro negro.
    Belas palavras grande Egon.
    Em 2016 temos que fazer o nosso encontro no aniversário do blog.
    Contém comigo.
    Abs

    Reply
  8. Pior do não contratar é renovar com Márcio Araújo e Pará…Infelizmente estão conseguindo me fazer perder a magia de torcer para o Flamengo. 02 anos e nao viram que com Márcio Araújo nao se vai a lugar nenhum. E o chiquinho vem ai. Em 98 tivemos um pacote: Zé Roberto, Rodrigo Fabri, Cleison, Palhinha e Romario. Todos seriam top dos tops hj. Quem era o presidente e responsável pelas contratações?? Pelo q vejo nos falta homens de qualidade como o presidente de 98, com tino para negócios…quanto pagamento de conta para absolutamente nada. 2015 foi sem dúvidas o time mais vergonhoso, sem alma, sem identificação que já tivemos em toda nossa história. E quem dirige parece que nao percebeu isso.

    Reply
    • Caro Brandão, há que se ter mais calma e confiança nos jogadores que lá estão, e principalmente no técnico!
      Ví alguns bons momentos do Pará esse ano, do Márcio Araújo nemos raros bons momentos…Mas o fato é que o mercado esta para isso mesmo, fazer que jogadores medianos entre em boa fase. A concorrência não vem mais só da Europa, tem a China agora.
      E o Zé Roberto, faça-se justiça, passou de chinelinho 2009 inteiro, entrou na fase final e fez gols importantíssimos no título de 2009.

      Reply
    • Amigo Liliano!
      Muito pior que PROCURAR Márcio Araújo e Pará para renovar, é descobrir que ELES são Imprescindíveis pro elenco.
      Fora isso, um vultuoso aumento de salários.
      Breka… que eu vou saltar!!!

      Reply

Comente.