A falta que faz o talento

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Mesmo com desfalques, acho que ninguém pode afirmar que o time do Flamengo não seja arrumado. A posse de bola é o primeiro passo para definir a superioridade de um time sobre o outro. Há também outros fatores, mas o que vale mesmo é o resultado do jogo e, aí é que o bicho pega…

Ontem, vimos um jogo em que um time teve quase que o tempo todo com a bola nos pés e, o resultado foi um empate em 1 a 1. Injusto? Não. Até porque, justiça em futebol é algo relativo. O que vale mesmo, o que funciona, é bola na rede.

Acho que todos vão concordar que não houve uma proporção que se esperava de posse de bola/ chances criadas. O time do Flamengo ficou com a bola quase que o tempo todo e poucas vezes criou situações de gol. A explicação é simples. Falta na zona pensante, no meio de campo, ao menos um jogador criativo. Aquele da jogada inesperada que, com o drible ou o passe perfeito, desmonte o sistema defensivo do adversário.

A esperança é que o argentino Mancuello seja este jogador. Se não for, vamos ter um time bem arrumado, com boa posse de bola e, apesar disso, não vamos ganhar o suficiente para levantar canecos. Principalmente os mais pesados, como o do Campeonato Brasileiro e o da Copa do Brasil.

Que Mancuello seja o cara…

1 Comentário

  1. Espero mais nada de ninguém, empate ridículo na estreia. E sem desdenhas ao estadual, fora o Mancu, o time estava completo. O único ponto positivo que observei foi a qualidade do Arão. De resto, uma pobreza só…
    E tudo bem que tenha feito o gol de fora da área, mas o Guerrero não é pra ficar buscando jogo assim, a bola tem que chegar até ele perto do gol.

    Reply
  2. Realmente uma estréia para esquecer. Estádio ridículo escolhido para “nossa casa”. Um verdadeiro pardieiro. O time com os problemas já conhecidos: goleiro que não sabe sair do gol, laterais pra lá de acanhados, Wallace uma teta pelo alto e um meio campo, à exceção do Arão, sem qualquer criatvidade. O time não é agudo, joga para os lados. Que Cuellar e Mancu vinguem, do contrário vamos sofrer. SRN

    Reply
  3. Realmente uma noite para esquecer. Salvo a bela atuação de Arão.

    Eu gostaria muito da opinião de um fisiologista. Pq o time ontem me pareceu pesado demais. Me pareceu sentir muito a questão física. É normal no quarto jogo sentir isso?

    Conversando com um amigo ele me disse que com um m~es de preparação, se sente as “mazelas” da pré temporada.

    Dores, pernas pesadas, incomodo muscular, microfissuras….etc..etc…etc..

    Certo mesmo é que o time ontem parecia estar cada um com um piano nas costas.

    Reply
      • Meu queridíssimo Roberto.
        Realmente não entendo o carma sobre as costas do Kleber!
        Não vou nem questionar o assunto Consórcio Plaza, porque já li e reli a matéria.
        SE o dinheiro foi adiantado em nome do Shopping, este foi usado integralmente com a contratação do Edmundo.
        Juro… que vi o animal com o Manto…
        SE foi doado, este assunto já deveria estar encerrado faz tempo.
        O que me causa surpresa, é que o que era mínimo, se transformou no máximo.
        Um papo de R$5,2 milhões se transformou em mais de R$65 milhões, com correção.
        A pergunta é fácil! Após a gestão do Kleber, o que fizeram Edmundo Santos Silva, Gilberto Cardoso, Hélio Ferraz, Márcio Braga, Delair Dumbrosck, Patricia Amorim… para que isso não chegasse ao absurdo ($) que se encontra hoje?
        Por que o carma!
        Edmundo Santos Silva, desapareceu com quase 80 milhões de dólares da ISL e, teve que pagar na justiça, pouco mais que R$18,7 milhões. E o resto?
        Ninguém, em tempo algum, endividou tanto o Flamengo quanto Patrícia Amorim.
        Nossa dívida simplesmente dobrou!
        Poucos falam deles…

        Reply
        • Caro Egon, são os incontáveis esqueletos que ainda existem no armário da Gávea, de vez em quando sai um…este de proporções gigantescas, uma autêntica cripta faraônica!

          Ancelmo Gois: ‘Flamengo quer resolver de uma vez por todas imbróglio com Consórcio Plaza’
          Por Coluna do Flamengo – 31/01/2016 5890 35
          COMPARTILHAR Facebook Twitter

          Ai, meu bolso

          A diretoria do Flamengo está disposta a resolver de uma vez por todas uma novela que se arrasta desde 1996 e já levou o clube a ser condenado a pagar R$ 65 milhões ao Consórcio Plaza, que iria construir um shopping na Gávea, lembra?

          Será assim…

          Vai propor um acordo, no qual pagaria R$ 30 milhões. O Fla, inclusive, já tem R$ 20 milhões reservados para isso. O tal acordo será submetido ao conselho do clube.

          Fonte: Blog Ancelmo Gois

          Reply
          • Caro Nino, parece que você pegou o bonde andando, pois, certamente nosso amigo Márcio, lá em cima, que veio pela primeira vez ao blog citando a questão do Consórcio Plaza, veio exatamente por causa dessa nota do Ancelmo Góis, já que o dia da publicação da nota coincide com o dia da publicação do comentário.

            Entendo que esta seja a razão do Roberto Toledo postar a explicação, mais do que clara, que nosso presidente deu sobre o caso, onde, por meio de provas claras, ele explica que o ônus coube ao Edmundo Santos Silva, que, aparentemente, chegou ao um “acordo” com o grupo Multiplan para não processá-los, deixando assim a dívida rolar “ad eternum”.

            Pela explicação de nosso presidente, fica claro que o grande responsável por isso foi o grupo Multiplan, mancomunado com o ESS, que, ao invés de processar os donos do Barrashopping, como deveria, acabou sendo processado sem nada fazer. Os presidentes que vieram depois fizeram o mesmo. Ao invés de tentarem resolver a questão como deveriam, foram empurrando com a barriga até chegar aonde chegou.

            A única coisa que podemos fazer, nós simples mortais, é nunca mais comprar nada no Barrashopping, e espalhar a verdade sobre esse caso, que mais do que explicado está, com provas claras, aqui no blog.

            Forte abraço e SRN

  4. Kléber e amigos! Acho que foi o jogo da preguiça! Faltou agitação! O Arão foi o ponto forte e o Cirino está dando sinais de recuperação, mas, precisa ser mais ousado! Entendo que a entrada do Jajá matou o time! Tentar segurar o placar de 1 x 0 foi o grande erro! Estamos no começo e acho que não cabe críticas ainda! Confio no Muricy! Montamos um bom time, porém, dentro da nova realidade brasileira, ou seja, que tem uma seleção para levar 7 gols num jogo! O Brasil mudou….para pior! Depois do Neymar, sabe-se lá quando teremos um novo craque diferenciado! Quando percebo que Tite está virando Deus e tenta ser um filósofo, imagino que o nosso futebol moleque e irresponsável não volta mais! Não temos ninguém mais para chamar de entortador (Julio Cézar), de gênio (Zico) e de outros tantos adjetivos! Dentro dessa nova pobreza que inclui a CBF, vamos vibrando com os gols, times duvidosos e treinadores passageiros! Craques? Me digam um camisa 9 pelo menos bom! SRN

    Reply
  5. Todos reclamaram do gramado. Depois de jogar num tapete como o Mineirão é de lascar mesmo jogar naquele pardiero, como disse o colega Yvan.
    Outro ponto preocupante: Muricy elogiou Wallace.

    Reply
  6. Até quando vamos ter que aturar o Wallace?
    Torcida e imprensa precisam pressionar para q o Muricy tire esse moço do time.. (Nem q seja para preservar a imagem dele – “inventem essa desculpa” -).
    Do caramujo, acho que foi o último jogo dele como titular..
    SRN!!!

    Reply
  7. Com todo respeito, a história do Consórcio Plaza estava explicada até o momento em que o Flamengo se vê obrigado a fazer um acordo na base de R$ 30 milhões. Considero uma verdadeira calamidade!

    Reply
  8. às vezes acho que os profissionais de futebol acham os torcedores todos burros e incapazes de entender futebol. Será que somos tão ignorantes assim que reclamamos do Wallace sem razão? Sò a comissão técnica consegue ver fatos bons nesse jogador. se posiciona mal, lento, fraco no combate direto, orienta mal os companheiros… Acredito que deva ser um bom profissional, se esforce nos treinos, não chegue atrasado, mas isso não basta pra representar uma nação. Precisamos de profissionalismo sim, mas somente se vier acompanhado de técnica e talento, coisas que o Wallace já provou não ter.
    Minha única teoria é que o Muricy continua escalando-o como forma de pressionar a diretoria a contratar logo outro zagueiro. Mais um ano com ele não dá!

    Reply
    • Meu caro, escalar quem? César Martins? Os outros nós nem ouvimos falar. Elogiou pra caramba o zagueiro campeão da copinha, mas quem joga? Wallace. Não duvido que mesmo contratando um zagueiro melhor não seja ele, Wallace, o escolhido para jogar ao lado. Enquanto não nos livrarmos dos perebas do ano passado, não vamos evoluir consistentemente.

      Reply
      • Hélder, eu prefiro um jogador que eu tenho dúvida se pode ser bom ou não do que outro que eu tenho certeza que é ruim. Baseado nisso, eu testaria o Antônio Carlos e o Léo Duarte. Wallace eu já tenho certeza que não vai ter uma boa sequência de partidas boas. No máximo, podemos ter uma sequência sem tomar gol e mesmo assim não veria isso como mérito dele.

        Reply
        • Isso que me impressiona, amigo, esses outros zagueiros eles nem testados são no time titular. Contrataram pra quê? Essa insistência com as mesmas pessoas, vai mudar o quê? Será que somos gênios ou esses caras é que são burros demais para enxergarem o óbvio? Até o Muricy insistir com Wallace está muito estranho. Todo mundo já percebeu que é só jogar a bola nas costas do Wallace que é correr pro Abraço. Ele é esforçado, nada mais. Mas ruindade não se cura com esforço. Precisamos urgentemente de dois zagueiros e não de um. Juan, apesar de ser melhor que Wallace já está com 37 anos. Se pegar um time com atacantes ligeiros, pode dar meio campo de vantagem que ainda assim os caras ganham na corrida. Colocá lo ali para ser um poste não adianta. Os Paulista vão mandar no futebol desse jeito. Palmeiras montou um time forte. Essa bagaca dessa FERJ joga contra seus filiados. É muita burrice. O futebol do Rio está cada vez mais fragilizado. Antes era São Paulo e Rio que mandavam, agora, Minas e o Sul já incomodam bastante. E para piorar o Rio é o que menos investe e se adequa as novas realidades.

          Reply
    • O tempo não é conivente com quem se acomoda, amigo. Ano passado, coisa bem recente, foi desse jeito. O time não evoluia e o tempo foi passando, passando, fomos eliminados no carioca, na copa do brasil e terminamos em 12o. lugar no brasileirão. Até o Corinthians, todo desmontado, está melhor que nós. Palmeiras vem forte. Atlético manteve a base. Cruzeiro vem se reforçando. Inter e Grêmio vem chegando. “Quem espera sempre alcança”, esse ditado não serve no futebol. O certo seria, quem espera sempre se atrasa.
      O que nos preocupa, creio que a todos, foi especialmente a forma do time jogar. Sonolento. Preguiçoso. Tudo bem que é a primeira rodada, mas de rodada em rodada dois tropeços podem selar sua classificação. E para piorar, o inteligente encarregado no Flamengo de buscar um estádio para o time jogar, escolhe a dedo o pior de todos que poderia haver.
      É muita incompetência junta numa diretoria só.
      Palmeiras e Corinthians estão só enchendo a camisa de bons patrocinadores e a nossa só ficando limpa.
      Se até o Estadão vem aqui bisbilhotar, quem sabe os “gênios” que comandam nosso futebol também não venham ver o que o torcedor pensa do time nesse momento.

      Reply
  9. Caros colegas, na boa pra mim os resultados desse campeonato ai não servem de nada. Não faço a mínima questão de comemorar o título do “FERJÃO”. O único jogo que não podemos perder é para os vices, o resto pra mim só serve de laboratório. E pra quem reclamou da não contratação do Henrique, olha só o que ele fez na estréia. Atualmente faltam bons zagueiros no futebol mundial.

    Reply
  10. O resultado do jogo não chega a me assustar. Visto que o Fla teve controle do jogo, cansou no segundo tempo visto que fez viagem por 2 Estados diferentes no Nordeste, não tínhamos meia de criação, e inúmeros outros motivos. O problema é a insistência em casos perdidos. Passamos o ano inteiro aturando Wallace em 2015 e esse ano ele não foi nem dispensado e nem pra reserva. O mesmo pro Márcio Araújo. Vão esperar ele errar um passe decisivo, cometer uma falta boba na entrada na área ou um pênalti imbecil? Tropeçar no carioca, com equipe em formação, é normal. estranho é ver novas oportunidades sendo dadas àqueles que sempre se mostraram incapazes.

    Reply
  11. Amigos, apos 04 sem internet , finalmente consegui voltar ao mundo virtual.Enquanto isso o futebol do Flamengo voltou a 2015. Depois de um lampejo no 2º tempo do jogo contra o Galo/MG, voltamos a fazer vexame , na estreia do Euricão/16. Embora esse campeonato seja deveras medíocre,e a sua estreia confirmou isso com jogos fracos, estádios obsoletos, públicos reduzidos, gramados de várzea e jogadores ruins; penso que o Flamengo deve sempre entrar para ganhar, mas a atual diretoria não entende assim. Enquanto, o bonde dos cachaceiros e dos come e dorme( Marcio Araujo, Wallace,Canteiros e Cesar Martins) não saírem , só teremos vexames ! E claro , principalmente, insisto na saída imediata do semeador dessas barangas : Rodrigo Caetano. E , desde já lanço o lema : “Se o Rodrigo Caetano não sair, o Flamengo vai cair” ! Futebol profissional precisa de liderança e cobrança. O que se viu contra o fraco Boavista, mais uma vez, foi um time desinteressado , limitado taticamente e tecnicamente. Até quando ? Se quer usar o Estadual pra laboratório , ótimo ! Mas , com esses bondes , só um grande milagre , pra salvar o rebaixamento no brasileirão.

    Reply

Comente.