O estranho caso Benecy

    Benecy Queiroz (Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)Benecy Queiroz (Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)

Hoje, leio na página 16 do Diário Lance, a seguinte manchete: “SUPERVISOR CORRE RISCO DE SER BANIDO”. A matéria, que vale apena ser lida, (leia aqui) nos remete a uma profunda reflexão.

A minha, por exemplo, após ler e reler a matéria, é de me beliscar indagando em que mundo vivemos. O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) acatou denúncia da procuradoria pelo fato de Benecy ter declarado, em entrevista à Rede Minas, que já “comprou” um árbitro. Benecy, que está há 40 anos no Cruzeiro, corre o risco de uma multa de 100 mil reais, suspensão entre 360 e 720 dias, e até banimento do futebol.

O que me espanta é que, ao invés de tentar se aprofundar no tema, procurando saber mais e, quem sabe daí pegar o fio da meada, Procuradoria e Superior Tribunal, se preocupam apenas em punir, sem ter a mínima curiosidade em querer saber mais.

Também é bom não esquecer que, uma pessoa com 40 anos de vivência no departamento de futebol de um único clube, “viajou” pelos mais variados momentos do futebol, em que, lá atrás, folclore ou não, há inúmeras histórias sobre este assunto complicado que é a arbitragem no futebol.

E, aqui pra nós, havia dirigente que se vangloriava de ter ganho até campeonato, em função de ter “armado” o esquema do apito. Se houve uma evolução no futebol, esta foi uma delas. Hoje, o nível é outro e, diria sem medo de errar que, quando os equívocos acontecem numa arbitragem, se deve exclusivamente ao fato do ser humano ser falível. A maioria esmagadora de quem apita futebol no Brasil tem a dignidade como algo inegociável.

1 Comentário

  1. “O que me espanta é que, ao invés de tentar se aprofundar no tema, procurando saber mais e, quem sabe daí pegar o fio da meada, Procuradoria e Superior Tribunal, se preocupam apenas em punir, sem ter a mínima curiosidade em querer saber mais.”

    Além de assinado… gol da Alemanha!!!

    O grande problema é que o STJD não tem interesse em se aprofundar em nada. Só, em aparecer…

    Reply
  2. Acho que realmente não cabe ao STJD fazer esse serviço de detetive. Só que na esfera civil e criminal, temos a polícia que investiga e prende os criminosos e a Procuradoria, que processa e julga quem os comete.
    No futebol parece não haver nenhum tipo de órgão como uma ‘polícia esportiva’, que investigue o que há de suspeito. No Brasil, pelo menos, é necessário o ministério público se manifestar no interesse de averiguar ou a criação de uma CPI, mas ambos só pra casos de destaque na mídia. E mesmo assim, com as mãos amarradas, já que não há como emitir mandados de busca e apreensão nas entidades. Ao solicitar documentos, as entidades podem simplesmente argumentar que são sigilosos e fim. E nas CPIs, ou você fala o que quer ou fica calado. Por isso o FBI tem tido tanto sucesso, devido a legislação americana dar esses direitos aos seus agentes. Claro que nem tudo são flores, visto que ao investigarem o Kléber, nem acesso aos autos (saber do que está sendo acusado) ele teve direito inicialmente. Mas já imaginaram uma auditoria pública sobre todos os documentos da FFERJ e da CBF?

    Reply
    • Embora amparados pela rubrica de ESCÂNDALO, acho que o Conselho do Cruzeiro agiu com mais rapidez que o do São Paulo…
      Segundo Leco, o que acontece em Vegas morre em Vegas…
      Carlos Miguel Aidar, AINDA não foi julgado pelos papas do clube paulista.
      Ao que tudo indica, e sendo destaque, não houve um único sócio que tomou qualquer atitude, convocando o MP.

      Amigo Dani! Na vida tudo é passageiro, menos o motorista e o cobrador…

      “Lula. ‘Não tem uma viva alma mais honesta do que eu’
      Depois dessa, nem 50 anos de análise vão me convencer que sempre fui honesto…

      Reply
  3. Excelente post, caro Kleber.
    O STJD está cada vez mais contrariando a razão de sua existência como órgão superior do desporto no Brasil.
    A figura do Promotor está sendo banalizada pelas figuras que se apresentam no STJD.
    É bom lembrar que o órgão também é sujeito de representação. Qualquer pessoa pode e deve representar contra atos que atentam contra, entre outras coisas, a moralidade administrativa.
    Está passando da hora de alguém com bom entendimento jurídico fazer uma representação contra esses desmandos do STJD.

    Reply
  4. Prezado Kleber,
    O que me espanta é o Procurador ignorar o fato de que a confissão não é meio de prova absoluto, no caso a declaração do Benecy sobre fato contra si próprio dependente de uma confrontação com diversos outros tipos probatórios. Que Relator/Auditor do STJD vai fundamentar uma condenação de algo que não se sabe dizer em que tipo jogo ocorreu, que dia, mês ou ano, quem foi o “comprado”??? Bastaria ao Benecy dizer que a “compra” do árbitro foi em um jogo festivo após o churrasco da turma que tudo cai por terra. Abraço!

    Reply
    • Há diversas situações que podem colocar por terra as declarações do Sr. Benecy, inclusive esta que citaste. Chega a ser piada o STJD cometer essa gafe.

      Reply
  5. “A maioria esmagadora de quem apita futebol no Brasil tem a dignidade como algo inegociável.”
    Presidente, nesse carioca podre dessa dupla infernal, tenho muitas dúvidas dessa sua afirmação!!!
    Só pra não deixar passar, o Pedro Geromel do Grêmio teve o nome falado antes do Henrique e parece q tem contrato com o Colônia até o meio do ano. Creio q ele é melhor q o Henrique e não precisa de adaptação como os argentino!!! Acho q vale a pena tentar!!!

    Reply
  6. Mudando de assunto, o Bonde dos cachaceiros(Para, Cirino, Everton e Patrick) aliados aos medíocres Rodinei e Arão e os veteraníssimos e lentos Juan e Wallace, fizeram o 1º vexame da temporada !! Somado a um técnico ultrapassado e antigos jogadores sem raça: Guerrero, Marcio Araujo…..ou seja nada mudou ! 2016 será de vexames como foi 2015…Diretores omissos acordem !! renovação do elenco já ou serie B 2017….

    Reply
  7. FORA DA CURVA…
    Ceará 3 x 3 Flamengo.

    VELHAS LARANJAS PODRES ESTRAGANDO O CESTO NOVO DO MURICY…
    Pode contratar Neymar, Messi, Robben… enquanto Wallace entrar em campo, vamos capinar sentado pra vencer alguma coisa.
    Sem sacanagem! Esta draga deve ter o melhor empresário do universo.

    BARCA PRA ONTEM
    Paulo Victor
    Pará
    Wallace
    Marcio Araújo

    Reply
  8. Mudando um pouco de assunto…quem pôde assistir ao jogo de ontem ratificou algumas certezas.

    DO LADO NEGATIVO

    1 – Ainda que não tenha falhado clamorosamente P.V começa o ano do mesmo jeito que terminou. Não passa segurança alguma. No momento não é uma peça que se pode esperar mais do que ja anda fazendo. Uma pena!
    2 – Rodinei, eu esperava mais dele, visto tantos elogios feito pelo Muricy. Muito atrapalhado. Acelerava qdo nao era necessário, e segurava jogo qdo não devia.
    3 – A ZAGA – Ao menos pra mim, ficou claro que Walace e Juan, não podem jogar juntos. Deixaram uma zaga lenta demais e sem combate. No primeiro gol, falharam no mesmo lance. Juan correu p nao chegar e o Walace levou um come feio do atracante.
    4 – Alguem….Alguem por favor coloca uma camisa do Corinthians no M. Araújo. Os chineses levam sem dó. Errou tudo o q tentou. E deixou principalmente a saída de bola lentíssima. Definitivamente não pode ser ele a fazer essa função.
    5 – MEIO-CAMPO – Muito por conta da saída de bola lenta, Arão e Éverton pouco fizeram. Só correria.

    OS ESTAGNADOS.

    6 – Guerrero – é visível a fome que ele esta de fazer um gol. E isso o tem atrapalhado demais. Boa parte disso culpa das bolas quadradas que chegam a ele. Mas ontem me deu uma visão que ainda está muito abaixo da forma física.

    7 – Gabriel – Nunca sei o q esperar desse menino. Continua rigorosamente a mesma coisa. Se corre não pensa. Se pensa não corre.

    POSITIVO

    8 – Sheik é sempre o Sheik. Mesmo estando abaixo fisicamente, dele se pode esperar sempre a garra e a disposição de frente. E qdo a técnica do time nao esta apurada, isso sempre conta muito.

    9 – Cirino – Acho que o Muricy começou a dar o primeiro passo para recuperar o Cirino. Ta longe de ser o que ja foi, mas ontem deu algumas boas esperanças para sonhar com uma boa temporada.

    10 – Mancu – Como disse o narrador do Esporte Interativo, o Manco mostrou o cartão de visitas e disse a que veio. Precisa se condicionar muito ainda. Mas em 45 minutos fez chover enfiadas de bolas precisas para os atacantes. Esse gringo tem tudo p dar muitas alegrias. Visão de jogo excelente.

    11 – Chiquinho – Vou dar o ALERTA AQUI. Se o Chiquinho marcar dois dedinhos melhor que o Jorge, será titular. Foi muito mais agudo que o Jorge. Gostei muito do que vi.

    CONCLUSÃO – O ataque parece mesmo que vai ser Sheik, Cirino e Guerrero. Municiados por Mancu. Resta saber quem o Muricy vai escalar para essa saída de bola ( primeiro volante ) até o Cuellas entrar no time. Mediante as 2 broncas homéricas que o Jonas levou, seguida da substituição por A. Patrick, tenho a impressão que o caixão dele com o Muricy já está encomendado.

    Eu mudaria o esquema tático . Passaria para um 4-2-3-1

    Muralha
    Rodinei,Juan,Walace e Jorge
    M.Araújo e Arão
    Cirino Mancu e Sheik
    Guerrero

    Tentaria compor melhor com o Arão um pouco mais preso, até que o time esteja encorpado.

    Nesse caso específico time encorpado depende muito das duas peças contratadas estarem bem fisicamente ( Mancu e Cuellas ) e o novo zagueiro que pode chegar.

    Com essa espinha dorsal arrumada.condicionada e azeitada, o ogo flui bem. E nesse caso eu vejo o Flamengo fazendo uma boa temporada.

    Outro ponto. Visto que a FFERJGulosa parece estar dando uma recuada, pode ser muito bom para o Muricy usar a Primeira Liga para dar ritmo de jogo a esse time. É evidente que esse time vai precisar rodar muito. Pode ser esse o caminho no primeiro semestre.

    ABÇ#SRN

    Reply
  9. Bom dia kleber, sei que o comentário não é apropriado poque foge totalmente da matéria postada. No entanto quero uma opinião sua, Wallace capitão e titular não dá né ? Depois do jogo contra o Ceará vemos que ele não tem condições de ser titular do flamengo, vou mais longe no meu time não seria nem banco. E você kleber oque nos tem para falar disso?

    Reply
  10. Qual a função do STJD?
    Entendo que o STJD não deveria julgar casos de natureza singular e de baixa relevância. Este órgão deveria ser uma instância de Julgamento Superior e julgar os grandes casos de repercussão nacional.Dar a palavra final sobre temas polêmicos, e de direito dentro do futebol. Lembro que a função dos Tribunais de Justiça é dirimir conflitos e dizer o direito. Hoje vejo este órgão como um apêndice dentro do futebol, só é acionado e só julga depois do fato consumado, e pior, as vezes depois do campeonato encerrado. Cito como exemplo de inércia do STJD na solução de conflitos, o debate sobre a criação e funcionamento da 1ª liga já em 2016. Este debate parece a “casa da mãe joana” onde todos tem razão e fazem o que querem, sem pensar no contexto maior. Afinal que diz o direito nestes casos? Quem determina se as ligas podem ser regionais, nacionais ou estaduais e os critérios de classificação? Será que eles assistir calados a um novo campeonato de 1987?
    Nunca haverá consenso entre as partes, portanto é necessário um órgão que resolva estes conflitos, principalmente no nascedouro e determine o que é legal ou não dentro do futebol. Sofremos desde 1987 e não aprendemos. A inércia do STJD na solução de conflitos custa muita caro para CBF, FERJ, CLUBES, torcedores e para televisão, que é que pagas a conta, e deveria solicitar uma análise do o STJD para resguardar os seus direitos.
    Creio que os clubes participantes da 1ª liga deveriam ingressar, urgentemente, como uma ação de análise de legalidade sobre a criação o o funcionamento da liga já em 2016 no STJD para ratificar ou não o campeonato que será disputado já em 2016, para rebater os argumentos da CBF e da FERJ. Não sou advogado, mas vejo muitos erros de ambas as partes na condução deste caso. o STJD deveria estabelecer ou esclarecer as competências dos clubes, CBF e Federações. Nunca entendi, por que a FERJ tem que autorizar o Flamengo a disputar uma competição de caráter regional? Esta atribuição deveria ser da CBF que foge desta responsabilidade para não perder apoio político. Se a lei Pelé autoriza a criação e o funcionamento das ligas, independente de autorização da CBF e da FERJ e se a FERJ faz tudo para obstruir a competição, baseando-se em artigos do estatuto da CBF e da FIFA
    , algum tribunal deveria “bater o martelo” e dizer que a Lei revoga os artigos e regulamentos contrários a sua publicação.
    O que vcs acham? Será que estou viajando? Ou será que a função do STJD é de mera julgadora de 2ª instância de casos de indisciplina? Caberia uma punição para o presidente da FERJ por estar indo contra a lei Pelé e contra o direito dos clubes?

    Reply

Comente.