Resposta

Pra começar, uma breve resposta ao companheiro Bruno Tenório, que afirmou ser mais fácil atirar do que ser alvo, pois em 95, no meu mandato, Luxemburgo foi substituído por Edinho e, ainda no meu mandato, o Apolinho foi contratado. E, hoje, afirmo que o Flamengo não foi feito para iniciantes.

Bruno, amigo, você está coberto de razão. Realmente é infinitamente mais fácil e cômodo ser a atiradeira do que o passarinho. Jamais omiti aqui os equívocos que hoje concluo que cometi. Recentemente, falei para o pessoal do futebol, e aqui registrei que esta estratégia cigana, fazendo o time jogar duas vezes por semana fora do Rio de Janeiro era um grande erro.

E mais: concluí dizendo para eles não cometerem o mesmo equívoco que havia eu cometido. O problema é que as pessoas que lá estão não tem a preocupação em ouvir. Imaginam elas terem um conhecimento de causa que não têm. É aquele tal negócio: o problema maior de quem não sabe, não é ignorar, e sim, imaginar que sabe. Quem ignora e disso é sabedor, tem tudo para dar certo.

Infelizmente, não é o caso do nosso pessoal…

1 Comentário

  1. Caro Kleber,
    Boa tarde!
    É exatamente essa humildade que você teve em reconhecer erros normais a qualquer ser humano,que falta a essa diretoria. Diretoria essa,que na reeleição prometeu corrigir as falhas do primeiro mandato e focar no futebol,colocando o mesmo nas mãos de gente do ramo(definitivamente não é o que estamos vendo).
    *Me antecipo a pedir desculpas aos companheiros do blog,em caso de exageros. Só importante nós lembrarmos,que se o Flamengo não é a maior paixão da maioria aqui,com certeza é uma das maiores.
    Por isso acabamos sendo passionais em alguns casos.E consequentemente ocorrem discordâncias.
    Espero que apesar de todos os erros que vem sendo cometidos,consigamos achar o rumo no caminho das glórias,que afinal, é o nosso principal combustível.
    SRN

    Reply
  2. Caro Kléber! Ser humilde não tira pedaço e certamente deixa sua alma leve! Esclarecido e ponto! De toda forma, na época, vibrei muito com o Apolinho! Uma homenagem e uma aposta ao mesmo tempo! Viva o Apolinho e o Bruno Tenório! E Flamengo também

    Reply
  3. Parabéns pela resposta Mestre Kleber e Bruno Tenório pela sua ressalva.
    O diálogo é o melhor caminho aqui e dentro do diretoria azul.
    Saber ouvir é para poucos…

    Reply
  4. Kleber, eu ouvi vc dizer uma coisa a 20 anos atrás e nunca mais me esqueci. Vc disse : ¨certo é o que dá certo ¨ , e concordo plenamente com essa frase, na sua época vc montou um grande time. porém não foi tão vitorioso como deveria ser pelo time montado.
    Hoje tem muito haver com essa diretoria, que contratou bons jogadores na visão da imprensa e dos torcedores. Mas os caras quando vestem essa camisa não conseguem jogar o futebol apresentado em outras equipes. I aí entra o que fez eu lembrar da sua frase, e entender um pouco a diretoria atual. Vc contrata ,os jogadores chegam aqui a camisa pesa, fica complicado vc colocar a culpa no presidente. E volto a ressaltar, vc fez um timaço, mas não deu certo, certo que eu digo ganhou poucos títulos.Acho q o futebol como na vida a sorte tem que andar juntos.

    Um abraço SRN

    Reply

Comente.