Olimpíadas e polêmica

(Foto: Jim Young / Reuters)

(Foto: Jim Young / Reuters)

Pra começar, um carinhoso abraço para um dos companheiros e amigos deste blog, Luís Rodolfo, claro que rubro-negro, aniversariando hoje.

Dia de emoção no basquete, com uma vitória épica da nossa seleção. A forte Espanha tentou, mas talento e garra da seleção brasileira escreveram uma linda página deste nosso momento olímpico.

Ontem, as meninas do vôlei deram show. Vitória sobre a Argentina que, diga-se de passagem, evoluiu muito no vôlei feminino.

(Foto: Celso Junior / Getty Images)

(Foto: Celso Junior / Getty Images)

Fiquei muito preocupado lendo a entrevista de Rogério Micale, treinador do selecionado olímpico. Diz ele estar preocupado com o futuro de Neymar na seleção, caso a cobrança continue forte em cima do nosso principal jogador.

Por favor… este é um dos preços a se pagar pela fama e pela idolatria. O povão vai cobrar de quem? Do massagista, quem sabe do roupeiro?

E, por favor de novo, Neymar, embora jovem – tem 24 anos – sabe o que é lidar com a paixão popular.

O que nosso treinador deveria estar preocupado é em cortar ao máximo a individualidade, pregando o espírito coletivo na seleção e, entender de uma vez por todas que o jogo é decidido no meio campo.

Tomara que amanhã o espírito seja coletivo e que, tenhamos um meio de campo consistente. O resto, é papo furado.

1 Comentário

  1. Kléber, primeiramente queria parabenizar a você e ao Robert pelo blog. Acho que é o único veículo em que se pode discutir e trocar idéias tão apaixonadamente e com respeito ao mesmo tempo. Confesso que não vejo outro blog, site ou o que for, em que se possa divergir de opinião sem que haja troca de ofensas e etc.

    Sobre o Micale, a cada entrevista dele, o vejo cada vez mais despreparado. Ele é muito diferente do nosso Zé Ricardo. Os jogadores não compraram seu esquema, discordam da maneira como ele conduz o grupo e dizer que o Neymar não pode ser vaiado senão ele pára de jogar no Brasil… Sem comentários.

    Romário, Ronaldo, Rivaldo, Kaká e Ronaldinho Gaúcho, todos foram eleitos melhores do mundo pela Fifa, já foram vaiados e nunca ficaram com esse mimimi. Menos infantilidade e mais atitude e futebol, por favor.

    Reply
  2. É bom lembrar que o Cristiano Felício é da base do basquete do Flamengo. Hoje está na NBA e é o pivozão do Brasil. Vale um marketing com ele hein. Se já fizeram com o Dream Team, poderiam fazer igual com Felício e Marquinhos, hoje o salvador da pátria e atual jogador do Flamengo.

    Sinceramente, não vejo mais necessidade de futebol masculino nas Olimpíadas.

    Reply
  3. Ele avisou que iria pra BALADA SIM. KKKK

    O que tem me emocionado é a MULHERADA do JUDô, muita garra superação e respeito PRóPRIO , com os torcedores e com as adversárias ( companheiras de sonho).

    Quanto ao futebol, ñ tenho nem PERDIDO meu tempo assistindo o MASCULINO. Nas Olimpiadas eu DOU AUDIENCIASpros esportes onde os atlétas comem “Pão com raiva”, como diz o Luxa, e as vezes com lágrimas e a em alguns casos até FOME. Esses ATLETAS ñ estão nas Olimpiadas pensando nas baladas, eles estão aí tentando transformar as LáGRIMAS e a ARDUA LUTA em MEDALHAS. Para esses ATLETAS VERDADEIRAMENTE OLIMPICOS a minha REVERENCIA e AUDIENCIA.

    Quanto aos outros, ” BOA BALADA” e tchau.

    Reply
  4. Caro Kléber e amigos! O futebol desandou no Brasil. Somos o espelho invisível do futuro. Ao se tentar justificar alguma coisa sobre o Neymar, não temos como não voltar ao passado e lembrar de ídolos e homens, tais quais, Zico, Sócrates, Falcão, Romário, Careca, Bebeto e uma infinidade de foras de série em que sempre se imperava o futebol coletivo e ainda, a certeza de que uma seleção brasileira não era apenas um. O Neymar foi colocado numa posição de berço esplêndido, e talvez falte tão somente adaptar o Hino Nacional colocando uma frase com o nome dele. Precisamos mudar esse quadro urgentemente. A própria imprensa transformou Neymar numa referência mágica do futebol brasileiro e convenhamos, ele, somente ele, será capaz de mudar suas atitudes, isso, com sentimentos de nobreza dentro de campo, afinal, ele sabe jogar futebol. O que ele precisa entender, que não é a oitava maravilha do mundo e nem a vacina da dengue. O Brasil ainda pode ser campeão, mas, talvez tenhamos hoje uma nova geração do quase, exceto, a ida de jogadores para a Europa. Tomara querido Kléber, que o atual técnico do Brasil, que com muita sinceridade, nem o conhecia, bem como, não sei de onde saiu, consiga pregar o coletivo num cenário em que Neymar é REI e talvez achando pouco, que se denomine quase um Papa. Vamos torcendo, porém e certamente, vendo a individualidade ser o espelho visível que somente o Neymar consegue enxergar. Pobre futebol! Antes, ouvindo a Radio Globo, escutava comentários de especialistas, de pessoas idôneas e profissionais acima da arte comum. Passado os anos, assistimos torcedores travestidos de irresponsáveis comentaristas, debatendo seus clubes. Da gosto de ler seu blog e ver aqui boas leituras vindo de você e de todos, e ainda, ter o sabor exponencial de ler os comentários de um magnífico Carlos Egon. Vamos ver no que dá esse nosso pobre futebol brasileiro de Neymar! Coletivo precisa voltar a ser moda. SRN

    Reply
  5. A arte de PIORAR aquilo que já estava PESSIMO.

    ” O Neymar tem apenas 24 anos e a Marta tem 31 …. ”
    Essa foi a pérola do técnico da sel brasileira.

    Desse jeito o TADEU vai escalá-lo para técnico do INACREDITAVEL FUTEBOL CLUBE. KKK, kk e k KK

    Eu pergunto ; QUANTOS ANOS TEM OS JOGADORES DAS OUTRAS SELEçOES OLIMPICAS ? 30 ? 40 ?

    A única defesa para o Neyma é JOGAR BEM. Tá difícil jogar bem e vencer ? Ou só dá no SUPER BARçA ?

    PIOROU MUITO. Agora, provavelmente o Neymar será VAIADO até se jogar bem.

    Alguém aí por favor AVISE o técnico que as SELEçOES OLIMPICAS dos outros países TAMéM são de JOVENS.

    MARTHA, MARTHA, MARTHA ….

    Reply
  6. A GRANDEZA DE TITI .

    Hoje ver a aguçada percepção de Tite, ao se UNIR e SOMAR conceitos, e indiretamente com sua atitude DEMONSTRAR ao técnico da sel brasileira OLIMPICA que ele ñ está só, demostra um espirito de EQUIPE e LIDERANçA NATO. Lider ñ é apenas aquele que cobra, o GRANDE lider muitas vezes é aquele que AUXILIA a LUDERANçA de outro ( parceiro).

    É isso, para fazer parte ñ tem que estar no cargo NECESSáRIAMENTE.

    Eu acredito !!!! Talvez essa seja a palavra mais usada por TITE.

    Reply

Comente.