Muita calma nessa hora

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Quando a derrota machuca, é mais do que comum para qualquer torcedor procurar um culpado, meio que tentando encontrar o seu Judas para nele extravasar sua decepção.

Por isso mesmo vou entender qualquer tipo de comentário que virá a seguir, mas convido os meus queridos amigos para uma reflexão não raivosa, mesmo entendendo ser solicitação difícil de ser entendida – e atendida – neste momento de sofrimento.

O jogo pode ser resumido da seguinte forma: sonolência do time no primeiro tempo e, dia de Muralha furada…

Na primeira etapa, deve ter acontecido hoje, o que aconteceu no jogo em que perdemos para o América do México. Acho que o jogo de ida, com a vitória conquistada, relaxou o time. Faltou pegada…

E, em um dia, ou melhor, em uma noite, que falta pegada, ainda por cima o goleiro falha, convenhamos que é namorar demais como azar.

Veio o segundo tempo e, não faltou luta, mas faltou gás… A parte física foi fator decisivo para que o segundo gol não tivesse saído.

Acho que hoje houve um erro estratégico na escalação de Pará, que não poderá jogar domingo por ter levado o terceiro cartão amarelo. Seria uma bela oportunidade para dar ritmo de jogo a quem vai jogar contra o São Paulo.

De resto, muito difícil criticar sem conhecimento de causa. Em tese, Mancuello deveria ter começado o jogo, mas isto é tão claro que imagino ter havido um bom motivo para Zé Ricardo não ter tomado tal decisão.

Guerrero, completamente fora de ritmo da música tocada durante toda a partida…

Enfim, não adianta mais falar sobre o jogo. O que interessa agora é pensar no Campeonato Brasileiro e manter o ânimo da tropa lá em cima.

No fundo, pelo que tenho observado nos últimos jogos, o aspecto físico é preocupante. Tomara que eu esteja equivocado…

Bola pra frente!

1 Comentário

  1. Nosso querido Zé não aprendeu contra o Figueira.
    HOJE, aprendeu da forma mais drástica. Não é apenas a bola que pune. É também o descaso.
    Que sirva de lição…

    Reply
    • Nem acho que foi descaso. Acho que ele errou nos jogadores que confiou.

      Alan Patrick por exemplo é um jogador que não funciona bem jogando os 90 minutos. Se todos nós sabemos disso, claro que o Zé também sabe. Então porque raios não colocou o Mancu no lugar do Cuellar, se a estratégia era jogar no contra ataque?

      Se o Rodinei é muito melhor que Chiquinho, e precisa de ritmo de jogo, pq raios o Pará não jogou na esquerda ontem e o Rodnei na direita?

      Quanto ao Cirino e ao Cuellar, só decepções.

      Reply
      • Amigo Anderson!
        Ter um elenco bom, não significa dizer que os “reservas” estão no mesmo nível dos titulares.
        Como sempre (assim como contra o Figueirense), acharam que a partir do resultado no Chile, a onça tava morta e o mato é nosso…
        Acontece que os caras acreditavam!
        Jogamos com 5 titulares (Muralha, Pará, Vaz, MA e Guerrero), e 6 reservas.
        Assim como fizemos em SC e, tomamos de 4…
        Aquilo pra mim foi uma lição que os dirigentes não entenderam.
        Muito diferente de sair Fred e entrar Lucas Pratto…
        Fizeram a opção errada no sul e voltaram a errar em Cariacica.
        Alguém por lá tem que entender que, Patrick Vagalume, Chiquinho, Cirino, Cuellar e Juan, estão longe do nível técnico dos titulares.
        Chegamos ao mês de outubro muito bem no Brasileiro mas, não podemos desconsiderar os atropelamentos do Carioca, Liga, Copa do Brasil e, por fim, Sul-Americana.
        Em se tratando de Flamengo, mesmo considerando as viagens desgastantes, estamos devendo…
        Não podemos sair de competições, perdendo pra Fortaleza (CB), Atlético PR (Liga) e o poderoso Palestino, após ter tomado uma escovada de 4 do Figueira…
        Futebol não se ganha quando quer. Até porque, do outro lado existem 11 caras que pensam de forma diferente.
        Voltamos ao MODO BRASILEIRO! Espero que isso não respingue no jogo contra os Bambis…

        Reply
        • excelente análise. Um Chiquinho, Cirino ou Cuellar entrarem no lugar de 01 titular é uma coisa, agora de uma vez só arrebenta com qualquer time. Peço aos amigos que reparem o posicionamento do Cuellar quando o time é atacado, ele está sempre perdido

          Reply
          • Amigo Marcelo
            Esse Bay Bay Brasil, por absoluta falta de planejamento, derrubou o que seria nosso 2016 feliz. Ainda temos chances no Brasileiro, fato esse, que não acontece desde 2009 naquela arrancada espírita, onde, casualmente, o Palmeiras também era favorito disparado na pontuação.
            Com jogos fim de semana e no meio, morando dentro de aviões, fica muito difícil avaliar quem está bem ou mal.
            Fora o bichado Éderson e, Sheik pela idade, tivemos poucos problemas no nosso DM.
            Sem dúvida alguma, nosso maior desfalque este ano foi a falta do Maracanã.
            Mas concordo plenamente com o amigo! Jogadores como Cirino, Chiquinho, Gabriel, Juan, Cuellar, não são reservas imediatos em relação ao nível dos nossos titulares.

        • De fato não temos reservas à altura dos nossos titulares. Mas acho que para 2017 estaremos um passinho na frente dos demais, se de fato, disputarmos a Libertadores.

          Reply
    • Caríssimo Egon, o Zé demorou demais para mexer taticamente no time.
      Acreditou que eles viriam passear no Brasil. Não sei até que ponto a comissão técnica queria que o Flamengo disputasse as duas competições, mas a julgar pelo jogo de ontem, queriam parar por alí mesmo. Ontem o Flamengo não jogou, o Flamengo entrou em campo, só isso. Carioqueta, Primeira Ligueta, e Copeta do Brasil e agora Sulameriqueta. Tudo pelas teta. Vai aprender quando amigão???

      Reply
      • VÃO… APRENDER QUANDO???? KKKKKKK
        CONCORDO E MUITO, AMIGO HELDER.
        “Não sei até que ponto a comissão técnica queria que o Flamengo disputasse as duas competições”
        MAIS OU MENOS POR AÍ!

        Reply
    • Libertadores é preocupante ! È impressonante como flamengo não sabe jogar estetipo de competição ! èimpressionante a soberba com que entramos nestes jogos e somos eliminados pra nós mesmos …

      Reply
  2. Prezados,
    Eliminação vergonhosa, time totalmente sem foco e compromisso no primeiro tempo. Vi o espírito de 2015 ali…
    Pelo menos serviu para mostrar que este M.Cirino é um dos piores jogadores que já vestiram a camisa do Fla.
    Guerrero é ruim, não vale bem 40% do que ganha.
    A.Patrick é jogador de segundo tempo.
    Chiquinho é tudo, menos jogador de futebol.
    Dá para entender o M.Araujo titular, o Cuellar é bem comum.

    Reply
  3. Eliminação é sempre dolorosa, mas KL resumiu no final de seu comentário: a parte física preocupa. Sendo assim, há males que vem para o bem… nosso time terá mais fôlego no Brasileirão e vamos torcer para o Palmeiras e Galo irem avançando na Copa do Brasil!! Chegaremos mais inteiros na reta final do Campeonato que todos desejamos!!!

    Reply
  4. Engraçado que no post anterior houve que fizesse pouco caso da competição,até achando que era melhor ser eliminado e focar no Brasileiro,duvido que tenha algum Flamenguista que vai dormir feliz ou tranquilo hj.
    Na minha opinião até campeonato de sinuca que estivermos disputando temos que ganha e vou torcer para tal feito.
    Durmo com o gosto amargo da eliminação mais ciente da qualidade do time e da mesma opinião do dono do Blog…tivemos numa noite infeliz. …mais bola pra frente que o cheiro do HEPTA tá forte.

    Reply
  5. Calma sim….!!! mas entraram em campo achando que já estavam classificados, uma falta de vontade que saltava aos olhos, tb acreditaram que o time do Palestino era uma espécie de Bambala FC e não era, longe de ser um bom time, os caras tb não são tão ruins assim. Depois dos 2 x 0 resolveram acordar pra vida, no segundo tempo o time melhorou na vontade, mas tecnicamente continuou bem ruim. O grande Cuellar é uma farsa, o Muralha falhou lamentavelmente no segundo gol Nino, o time não compactou e esteve longe do time organizado do pós ZR. O Pará no segundo tempo, foi o nosso melhor jogador, o Alan Patrick só aguenta 45 minutos, a “marvada” não deixa ele jogar o tempo todo. Mancu, Sheik, Vizeu pouco ou nada acrescentaram, o Guerrero mais uma vez ficou devendo. Esses caras não aprendem, não se ganha jogo de véspera…

    Reply
  6. Se ha um culpado e a direcao que nao mostrou ao grupo de jogadores o quao importante e essa competicao. Isso resultou na apatia e falta de compromisso.
    O ZR tb errou pq escalou meio time titular. Claro q eles iam se poupar! Se o time esta cansado, pq nao ir 100% reserva? Ele tinha q estar motivando estes reservas para esse jogo ja algum tempo. Faltou gestao de grupo!
    O que sobra na Europa, falta aqui. Eles nao sabem rodar o elenco.
    Agora e descansar e ganhar do SP. Depois usar a semana para recuperar a parte fisica e arrancar.
    Para o ano que vem, eu mandaria embora PV, Juan, Marcio Araujo, Cuellar, Scheik, Cirino, Gabriel, Chiquinho, todos com producao ridicula a temporada toda, ou seja, tem muito trabalho a ser feito! Espero que facam.

    Reply
    • Discordo totalmente. A direção precisava ir aos reservas motivá-los? Pelo amor de Deus né. Os caras sabem muito bem onde estão e deste grupo não tem nenhum menino.

      Quando foi 100% reserva sobraram críticas.

      E também não sabemos se o Zé e os diretores não tentaram “motivar” o grupo.

      Sempre tem uma desculpa esfarrapada pra derrota. Se perdeu é porque o outro time foi melhor, como já tinha sido no Chile.

      Chega de arranjar bodes expiatórios.

      Reply
      • Por ai, Henrique…
        Estamos bem e jogando bem! Em 8 jogos, sem casa, 7 vitórias e 1 empate contra o líder, no campo deles…
        Claro que a eliminação (como outras) não foi bom.
        Pode ser um caso típico dos males que vem pra bem. Substituímos a receita que ganharíamos, pelo foco total no hepta.
        Segue o enterro!!!!!

        Reply
    • Juro que não entendo a bronca que alguns jornalistas (que nunca jogaram bola) e parte da torcida possuem do MA… Assista a um jogo no estádio e verá quão importante ele é para o Fla… Principalmente na parte defensiva ao marcar e se posicionar muito bem, além da raça que só o torcedor de má vontade não enxerga… Mas também na parte ofensiva, ao sempre se posicionar para receber a bola e distribuir o jogo (alguns dirão que é só passe pro lado, como se Busquets e Casemiro dessem 50 assistências por temporada) que é a função dele… quem tem que driblar e deixar o centroavante na cara do gol são os jogadores de frente…
      Não me lembro de cobrarmos o mesmo do Maldonado e do Willians (que errava bem mais que o Márcio) em 2009 ou do Leandro Ávila e do Rocha, em 2001, só para ilustrar.
      Óbvio que ele não é o Andrade e também não é intocável, mas dizer que ele é ruim… Acho inclusive que se o Fla puder se reforçar para a Libertadores 2017 melhor será (ainda mais porque o Cuellar em relação a marcação é café-com-leite, todo mundo passa dele).

      Reply
      • Nem eu, caro João!!!
        SE… MA tivesse custado o preço do Cuellar (R$8 milhões), a história seria outra e, a expectativa idem…
        Como veio doado pelo Palmeiras, existe muita resistência.
        Fui um dos maiores críticos ao Caramujo. Mas que HOJE está bem, é inegável…
        Conseguimos “entender” jogadores limitados mas com garra, como Willians (Corinthians) e Paulinho (Ipatinga).

        Reply
  7. Concordo com o Kleber. Entramos sem foco e pegada, que deveria existir mesmo no caso de jogarmos na espera para agirmos no contra ataque. Eu escutei o Roger Flores falar que no lance do segundo gol deleS o Muralha escorregou na hora da explosão para a defesa. Enfim, bola para frente. O time é qualificado e com foco só no BR, vamos melhorar ainda mais, inclusive na parte física. Saudações Flamenguistas.
    Mario Paranhos

    Reply
  8. Como torcedor é claro que não gostei de ser eliminado,em casa, por um time de terceiro escalão do Chile. Com um olhar mais seco,houve um ponto positivo, pois o time corta viagens,e foca em um único objetivo.

    No ponto negativo, fica o abatimento dos jogadores,que,espero que não atrapalhe no Brasileiro,oq acho difícil pois o jogo do Morumbi já é no domingo.

    Agora, se estou surpreso pelo resultado? NÃO.

    Pois o time vem apresentando os mesmos erros faz tempo, com sobrecarga no meio campo devido aos pontas zagueiros, prejudicando a produção ofensiva, oq justifica termos um ataque pior que a chapecoense, tendo elenco caro,tanto que depois foi colocar Mancuello,acreditem,reserva do time misto,p ajudar Patrick e o rendimento foi outro.Ze,vai morrer abraçado com os pontas,ja está previsível.Oq melhorou foi a defesa, pq piorar oq era impossivel.Repito, deficiências típicas do trabalho de um técnico promissor,mas, ainda sem repertório, que monta sua defesa e vai levando com chuveiros na área, pois a diferença para um técnico de ponta é a produção ofensiva, coisa que tite foi capaz no Corinthians,e, Cuca é no Palmeiras. A produção ofensiva define o jogo,sem dificuldades,como o Palmeiras e galo fazem contra times,sobretudo lá de baixo.

    A maior prova é:Qual jogo foi vencido com tranquilidade pelo Fla neste brasileiro? Nem contra o AméricaMG foi,como disse, esse time n resolve,se fecha com pontas, e empurra com a barriga e chuveiros uma suada vitória e com mt sorte.Essa é que é a verdade. Pelo elenco que tem,era p ser bem mais tranquilo.

    Quanto aos amigos do blog que me contestam por eu criticar a produção do time, pois só vêem o resultado final, eu olho a perspectiva para rendimentos futuros,a produção em campo,e, pra isso é preciso mostrar futebol eficiente e de qualidade, pois jogando mal como nos últimos jogos, não demonstra segurança para obter resultados. Por isso NÃO estou surpreso. O brasileiro,ao contrário da copa do Br,é justíssimo, pois quem ganha é o melhor,e, até agora não é o nosso Fla.

    Não espero eliminação para criticar,sempre elucidei isso aqui,mesmo nos momentos bons. Portanto,que esse vexame sirva de aprendizado para os jogadores,comissao técnica e nós, que tiveram um tom de soberba até,ao meu ver no jogo.Resultado:

    Chapecoense(ataque melhor q o Fla) elimina o tradicional idependiente da Argentina.
    Coritiba se classifica na casa do rival.
    E Fla eliminado p o Palestino.

    Reply
    • O brasileiro premia o melhor time pois não é possível contar com a sorte, ou só de vitórias suadas durante 38 rodadas.

      Engraçado que tem gente que acha certo deixar pontas zagueiros e Diego sozinho na criação e acha ele ousado jogando com 1 meia e 1 centro avante,e, perdendo põe um Mancuello ou Patrick p ajudar Diego e o time flui mais leve.

      Pra quem acha que não é possível ter ataque eficiente e ter uma boa defesa,o maior exemplo é o Palmeiras de Cuca, joga com 3 meias e 1 centro avante,logo, tem o melhor ataque,e, tbm a melhor defesa do campeonato, isso é treino de jogadas ensaidas como vemos, é tabela, é triangulação,e, se necessário,altissima eficiência em bola parada treinada, isso é eficiência, não ousadia.

      Reply
        • A formação em números pouco significa, pois seus volantes, Moisés e tchê tchê, são ótimos na saída de bola, são treinados a se movimentarem constantemente,e ao contrário do Zé que usa pontas mais como zagueiros do que armadores, o Cuca conta com pontas do calibre de Roger Guedes e Dudu,lider de assistências no campeonato,isso é que é utilidade que resulta em produção ofensiva,sao meias atacantes, e ainda mantem a melhor defesa.Isso é trabalho bem feito.Falo isso faz tempo,inclusive nos momentos de vitórias, muitas com a sorte.

          Reply
  9. Kleber, discordo de você em dois pontos:

    1º) Sou um ferrenho crítico do Guerrero. Não acho que ele foi mal no jogo, muito pelo contrário, conseguiu, aliais, vem melhorando a cada partida, matar a bola e prosseguir nas jogadas, coisa que ele não fazia.

    2º) Num primeiro momento achei que o Muralha havia falhado. Mas, após o comentário do Roger e também na repetição do lance, o nosso paredão escorregou, fazendo com que chegasse um pouco atrasado na bola.

    No mais, concordo com tudo que você escreveu.

    Um abraço,

    Luiz Carlos

    Reply
  10. Espero que os amigos que tanto endeusam Zé Ricardo,jogadores como Cirino,Gabriel e CIA, que acham tudo uma maravilha,cheiros e mais cheiros,elogiam a direção como se tivesse planejado a entrada de Zé no comando, não saiam criticando Deus e o mundo agora,pq fechar os olhos para as sofríveis atuações recentes e endeusar resultados é fácil, o difícil é apontar erros nas vitórias.

    Para mim nem tudo ao céu nem ao inferno,existem virtudes e defeitos, o ideal é reconhecer e corrigir esses defeitos no time,na gestão etc…

    Eu como torcedor não só apoio,mas critico, visando sempre a melhora do meu time, mesmo quando um resultado muitas vezes obtidos na bacia das almas, com atuações sofríveis,e com pitadas de sorte acontecem.

    Reply
  11. Notas:

    Alex Muralha [GOL] – 4,5
    Pará [LAD] – 6,0
    Juan [ZAG] – 5,0
    Rafael Vaz [ZAG] – 5,0
    Chiquinho [LAE] – 4,0
    Márcio Araújo [VOL] – 4,5
    Cuéllar [VOL] – 5,0
    (Mancuello [MEI] – 7,0)
    Alan Patrick [MEI] – 7,0
    Fernandinho [ATA] – 6,0
    Marcelo Cirino [ATA] – 4,0
    (Emerson Sheik [ATA] – 5,0)
    Guerrero [ATA] – 5,5
    (Felipe Vizeu [ATA]) – 4,0
    Zé Ricardo – 3,5

    Reply
  12. O principal culpado desta eliminação e a Diretoria pq o time está visivelmente extremamente cansado de tantas viagens e o pior , tem jogado praticamente sem treino pq mal chegou ao rj e ja tem viagem de novo ! O Flamengo ja deve ter dado uma volta ao mundo de tanto viajar e não tem quem aguente isso … Cirino e Chiquinho esta claro que não tem bola pra jogar no flamengo !
    O flamengo se não for campeao brasileiro, este ano vai ser um ano pra jogar fora na história do clube com tantas humilhações, com eliminações em : TaÇa Asa branca, falido campeonato carioca, primeira liga, copa do brasil pro Fortaleza(isso mesmo), eliminação pro Palestino(um mês de salário do guerrero paga todos os jogadores deles e ainda sobra muita grana) e fora as seguidas derrotas pro vascaído ! Diretoria : precisamos de um estadio no RJ, U-R-G-E-N-T-E !!!!!!!!!!!!
    Flamengo na Libertadores? Preocupante …. ô time pra colecionar vexames !
    Flamengo : Hepta e obrigação em…

    Reply
  13. Nobre Presidente, a atuação do Flamengo, principalmente no primeiro tempo, foi indigna com sua história, com sua tradição e indigna com seus milhões de torcedores. Subestimaram o adversário! Estavam cansados ? Quem ? O Cirino?(Como insistir tanto com esse “jogador”?) O Juan ? O Chiquinho ? O Cuellar? NÃO! SIMPLESMENTE NÃO JOGARAM NADA ! Faltou de vontade? a comprometimento. E o nosso SUB ESTAGIÁRIO ? Além de escalar errado, de entrar com o Cirino em campo, de não motivar e mostrar ao time a importância de uma competição internacional, levou um banho, um verdadeiro nó tático! Que fique claro mais uma vez: A EQUIPE PRINCIPAL DO FLAMENGO NÃO É LUGAR DE APRENDIZ! No mínimo Zé sub, a Libertadoras, já que o título mais fácil, você nos ceifou! Honestamente, o Zé me deixa sem esperança! Não demora e o cheirinho vai embora ! Que venha o São Paulo ? Sim ! Afinal de contas, o sub tem um dos melhores elencos do Brasil.

    Reply
  14. Fla jogou achando que seria fácil,deu no que deu,no post anterior falei que colocaria todos reservas e nem viajaria com algum titular.Bola pra frente não vamos morrer por causa dessa Sul Americana,mais o que mais preocupa são os dois jogos que o Fla fez nessa semana.Nao estamos jogando nada e contar todo dia com a sorte não dá ,o ZR tem que treinar outro esquema,pois não sei se os times já enxergaram como o Fla joga ou a parte física tá pesando demais ,o problema são essas viagens ,que dificulta ,espero que esteja errado mais está parecendo que essa questão de não ter casa está cobrando nessa reta final.Arao não jogou contra o Palestino na semana passada e estava se arrastando contra o Cruzeiro.Agora é foco no brasileiro e passar por cima do desgaste físico .

    Reply
  15. Sinceramente, apesar do time misto creio que os jogadores não estavam com a mínima vontade de conseguir essa classificação . Seriam intermináveis viagens até o final do ano e eles de certa forma “boicotaram” a competição.

    Reply
  16. Jogo terrível. Praticamente ninguém se salvou. Fernandinho, talvez. Guerrero travado. Teve chance para salvar o Fla.
    A maior lição: esse elenco não é tudo o que imaginamos. Nas vezes em que foi usado o misto, decepção total. Na zaga, como Rever faz falta… Diogo, idem, no meio.
    Será um jogo perigoso contra o SP.

    Reply
  17. Caro Kleber e amigos!
    Vida que segue. Ficamos tristes e desapontados e sempre querendo colocar: e “se” fosse daquele jeito? Isso é o futebol. Foi o dia em que pecamos no primeiro tempo e que eles também tiveram sorte. Acredito que o maior problema foi o excesso de confiança, haja vista, no Chile, o adversário não ter apresentado o mesmo futebol de ontem. Pecamos não pela soberba e sim, por talvez não acreditar numa reação adversária. O que me preocupa não foi perder ontem e sim esperar que isso não traga nenhum abalo para o próximo sábado contra o São Paulo. Mais do que perder, também reconheço o esforço coletivo de idas e vindas, viagens para lá e para cá, exaustões e entrega, como foi no jogo contra o Cruzeiro. Que essa história de ontem nos fortaleça rumo ao hepta. É o que nos resta para o ano. Somos 40 milhões de brasileiros aguardando.
    SRN, na alegria e na tristeza.

    Reply
  18. Kleber e amigos, bom dia.

    Ontem o pecado maior do Zé Ricardo foi a incoerência. Confiou em jogadores que já provaram ser incapazes de tal merecimento.

    1 – Alan Patrick – Está mais do que provado que Alan Patrick é jogador de segundo tempo. É nessa condição, com o seu preparo físico medíocre, o que por sinal eu não consigo entender como um jogador chega a esse ponto no mês de setembro, que ele consegue dar sua contribuição. Terminou o jogo sendo carregado de táxi em campo.

    2 – Se o Pará está suspenso para o Brasileiro, e o Rodinei precisa de ritmo de jogo, porque raios o Chiquinho foi escalado? Chiquinho foi talvez a pior herança deixada por Luxemburgo. Chiquinho não marca, não apoia, não cruza… Dificil de acreditar que seja jogador profissional.

    3 – Cuellar vem sendo uma decepção. Toda vez que se precisa dele em situação extrema, é decepção na certa. No jogo de ontem por diversas vezes se escondeu do jogo na saída de bola.

    4 – Marcelo Cirino não é jogador de time grande. Isso explica porque Gabriel que é outra praga consegue ser titular. Nem a velocidade que era a sua melhor arma, ele consegue usar a seu favor.

    Vou citar aqui duas situações que me chamaram a atenção negativamente.

    Ontem talvez tenha sido o pior jogo do Vaz, e consequentemente o pior jogo de Muralha,.

    Muralha por ter aceito duas bolas que ao meu ver, seriam defensáveis. Principalmente o segundo gol.

    Vaz, baixou nele ontem, um espírito pra lá de maluco de Davi Luiz. Tentou lançar e criou contra ataques ao adversário. Tentou driblar, e quase entregou a panela por diversas vezes. tentou passar e errou quase tudo. Com o 2×0 contra no jogo de ontem deu vários chutões mostrando que a bola estava queimando nos seus pés.

    Outra situação e agora positiva é que Fernandinho, se mostrou digno. Errou muito, mas jamais se entregou. E no Flamengo a entrega e dedicação é obrigação. Se tivéssemos 11 Fernandinhos em campo ontem, hoje estaríamos batendo palmas apesar da eliminação.

    Continuo achando que o Brasileiro é o nosso foco maior. Mas perder um jogo nessas condições, sempre mexe conosco.

    Diego, Arão e M Araújo, fazem com que a faixa central do campo,seja um ponto forte quando jogam juntos. Quando isso não acontece, sofremos muito.

    Abç#SRN

    Reply
    • Concordo em gênero, número e grau Anderson!

      Diria também que a posição que o Fla mais tem jogador (uns 8), que são os pontas, é também a posição que o Fla mais carece e é fundamental reforçar em 2017… mas reforçar com Grandes jogadores, aqueles que cheguem para serem indiscutíveis… como aconteceu com Arão, Réver, Muralha e Diego por exemplo… temos no plantel hoje jogadores que não deveriam nunca vestir a camisa do Mengão!

      Reply
  19. Definitivamente o Flamengo não pode jogar com vantagem a seu favor.
    Outra vergonhosa eliminação. Perdemos para um time, que aqui no Brasil seria tipo série C, absolutamente por falta de iniciativa do jogo. Que primeiro tempo deprimente. Em contrapartida, que exemplo deu o modesto Palestino de como se vende uma derrota certa. Correu, lutou, brigou até o fim, e foi premiado pelo nosso descaso mostrado no primeiro tempo.
    Não é só o Muralha que desmoronou, o Juan parece que definitivamente assumiu sua aposentadoria e já deu entrada no INSS para recebê-la. Atuação deprimente. Rafael Vaz ficou sobrecarregado. Era notório que se precisava mexer no time, mas o Zé Ricardo não move um dedo antes do final do primeiro tempo, e ainda demora mais uns 10 a 15 min do segundo tempo para mexer.
    Mas como alguns aqui colocaram, não adianta jogar pedras. Acabou a polêmica. Agora é só Brasileirão. Que essa letargia de ontem não esteja no próximo jogo, pois fatalmente nos ferirá com outra derrota.

    Reply
  20. Mas se o time era todo reserva, como que eles estavam cansados? não consigo entender isso.Porem,o foco agora é o brasileiro,allan patrik é jogador de segundo tempo mesmo,isso já está comprovado

    Reply
  21. Torcer eu torci como todo rubro-negro, se bem que tenho que admitir, “não muito”! Sobre o jogo e os jogadores eu não tenho nada a comentar, nada que valha a pena. Aliás comentar o que sobre esse “Cariocão Sul Americano”.
    Desejar ser eliminado ninguém deseja, mas admito que desejei um pouco sim. Assim, pelo inevitável, estou até comemorando essa “meticulosa” eliminação, se fosse programada, não seria mais perfeita de como foi. Penso que somente um time incontestável tecnicamente pode levantar dois ou três campeonatos em uma só temporada. Penso que este não seja o caso nem do Flamengo, e nem do Palmeiras, Santos, Atlético etc. Ou vcs acham que os palmeirenses estão ávidos por serem campeões da Copa do Brasil? Acho que não…Assim, bola pra frente e rumo ao hepta! Perdeu na hora certa e nada a reclamar.

    Reply
  22. Alex Muralha [GOL] – 3,5 -Falhou feio principalmente no segundo gol
    Pará [LAD] – 7,0 – Guerreiro ao extremo.
    Juan [ZAG] – 5,0
    Rafael Vaz [ZAG] – 4,0 – Baixou nele o espírito de Davi Luiz
    Chiquinho [LAE] – 2,0 – Não serve absolutamente pra nada
    Márcio Araújo [VOL] – 6,5 – Sozinho no desarme.
    Cuéllar [VOL] – 2,0 – Decepção é a palavra
    (Mancuello [MEI] – 5,0) Tentou e pouco fez
    Alan Patrick [MEI] – 2,0 – Péssimo no físico. Decepcionou
    Fernandinho [ATA] – 8,0 – Junto com Pará, foram os que de fato honraram a camisa.
    Marcelo Cirino [ATA] – 2,0 – Por mim, fora do Flamengo.
    (Emerson Sheik [ATA] – 4,0)
    Guerrero [ATA] – 4,5 – Quando a bola não chega, não dá pra fazer milagres.
    (Felipe Vizeu [ATA]) – 4,0
    Zé Ricardo – 2,5 – Optou pela estratégia errada, com os jogadores errados. Errou tudo ontem. Espero que assim como o Figueirense, sirva de lição para uma nova arrancada no Brasileirão.

    Reply
  23. Meus amigos do blog, essa será uma das raras ocasiões que discordarei do nosso querido KL : a sorte amigos nem sempre estará do nosso lado. Domingo tivemos uma imensa sorte ao ganhar um jogo que não merecíamos.
    Pq nosso time ganha a maioria dos jogos nos últimos 15 minutos ? Simples, é quando nosso professor resolve colocar duas ou até tres cabeças que pensam no jogo. aí podemos ter a explicação do time estar no bagaço, além das viagens.
    Amigos, a bola pune : manter Márcio Araújo, queimar o Cuellar na ponta direita, insistir com Cirino, Gabriel.
    Que sirva de lição, não temos time para uma Libertadores.

    Reply
    • Grande amigo Octavio!
      Ontem experimentamos o gosto amargo do inusitado.
      O ventinho está soprando pro nosso lado neste brasileiro. Qualquer cone que Super Zé coloca em campo, resolve o jogo…
      Ontem, “ELA” ficou em casa!
      O cara bate uma falta, ela bate na trave, ao invés de resvalar pra fora, resvala pro meio da área com o centroavante entrando de frente, sem marcação. 1×0…
      O chileno chuta do meio da rua, Muralha derrapa e, ela entra no canto. 2×0.
      Podemos ATÉ ter time para Libertadores! Mas não temos AINDA, elenco para Libertadores…
      Minhas opções: Goleiro reserva pro Muralha (Caíque do Vitória), lateral reserva pro Jorge (Carlinhos do São Paulo), volante de marcação pra revezar com MA (Otávio do Atlético PR ou Rafael Carioca do Galo) e, um segundo atacante (Keno do Santa Cruz)…

      Reply
  24. Sinceramente, hoje o Flamengo “Andarilho” não tem time para disputar duas competições “sem sua casa, o MARACA”, acredito que a Diretoria optou pelo BR16, além de garantir um vaga na Libertadores levamos mais um caneco pra casa. Pensando no lado financeiro, se fosse campeão teria em caixa +/- 12MM ao longo de todo o campeonato contra 17MM do BR16, enfim, agora é focar no BR16.

    Reply
  25. Kleber,
    Tem muita gente tentando justificar a vexatória eliminação da Sul-Americana com o argumento de que agora poderá se dedicar ao Brasileirão. Não esqueçamos que o Flamengo, neste ano, coleciona eliminações inexplicáveis.
    Para o Vasco, no Carioca; para o Atlético PR na Primeira Liga; para o Fortaleza na Copa do Brasil e, agora, contra o Palestino.
    Para compensar tudo isso só mesmo o título brasileiro. Mas que estamos num momento delicado, não restam dúvidas que sim!

    Reply
  26. Notas:
    – Alex Muralha – 4,0 – Gosto dele, mas falhou.
    – Pará – 8,0 – Dou nota alta pois vem se entregando em todos os jogos.
    – Juan – 6,0.
    – Rafael Vaz – 5,0 – Ontem estava péssimo nos lançamentos.
    – Chiquinho – 1,5 – Ele joga futebol?
    – Márcio Araújo – 6,0 – Titular por falta de opções (contratação para 2017!!!).
    – Cuéllar – 4,0 – Sempre pedi oportunidades, mas aparenta estar desmotivado…
    – Mancuello – 5,5 – Deveria ter começado o jogo.
    – Alan Patrick – 1,5 – Errou tudo. Jogador para compor elenco. Que não gastem 10 milhões para contratá-lo no que vem.
    – Fernandinho – 8,0 – Achei o melhor do time, único que entrou com vontade.
    – Marcelo Cirino – 0,5 – Pior contratação da história, jogador sem qualquer tipo de técnica, um velocista que não sabe correr com a bola nos pés, não sabe pensar o jogo, finaliza e cruza mal (19 milhões rasgados).
    – Emerson Sheik – 5,0
    – Guerrero – 1,5 – O Fernandinho chegou por três vezes na linha de fundo, e em todas o Guerrero estava atrasado e atrás de todos os zagueiros do Palestino. O que não é novidade, faz isso em todos os jogos… Deveriam dar um vídeo com os gols do Romário para o Tuta Peruano aprender que para fazer o gol tem que antecipar e “se apresentar” para a bola. Não atoa NUNCA foi artilheiro por onde passou.
    – Felipe Vizeu – 6,0 – seis por ser jovem.
    – Zé Ricardo – 2,5 – Ainda não percebeu que Chiquinho e Cirino são horrorosos e que A.Patrick só joga nos últimos 30 minutos do segundo tempo…

    Reply
  27. CHEIRINHO DE VEXAME !!!

    Isso mesmo, infelizmente estamos correndo o risco de jogarmos mais um ano fora, um ano para se esquecer, um ano de grandes VEXAMES !!!

    1 – Não ir a final do fraquíssimo Carioquinha, tendo que assistir a uma final entre dois times de 2a divisão;
    2 – Estar a mais de ano e vários jogos sem ganhar do bacalhau;
    3 – Ser desclassificado da final da 1a liga, na semifinal pelo fraco é inexperiente time do Atlético PR;
    4 – Ter a pior participação na Copa do Brasil, sendo eliminado nas oitavas pelo Fortaleza, que disputa a série C;
    5 – Ser eliminado em “casa” na Sul-americana, quando só precisava de um empate, contra o fraquíssimo Palestino, atualmente em 13o lugar no campeonato chileno.

    Kleber, como ter calma nessa hora ???
    Só nos falta sairmos do G4 no Brasileirão, hoje estamos em 2o lugar, há 10 pontos do 5o lugar, faltando apenas 11 rodadas, ESSE SERIA O VEXAME MAIOR, PARA FECHAR UM ANO SÓ DE DECEPÇÕES !!!

    Sobre o jogo de ontem, algumas conclusões:
    1 – O “grande Zé” mais uma vez errou. Escalou mal: Porquê não dar ritmo ao Rodinei? Porquê colocar o Cuéllar como 2o volante mais avançado? Porquê escalar o Chiquinho? Porquê deixar o Mancuello no banco? Porquê iniciar com o Cirino? Porquê não mexer no intervalo???
    Enfim, mais uma vez jogamos mal, se tivéssemos nos classificado seria, como sempre, com muito SOFRIMENTOS, tudo isso em função da TEIMOSIA DO ZÉ de só escalar o time com dois jogadores de lado e como quase sempre, perdermos o meio de campo.
    2 – Onde está o CEP ??? Para que serve o CEP??? Cadê o GPS ???
    Domingo o time, mesmo jogando com jogadores que haviam sido poupados no último jogo, se arrastou em campo. Ontem, mais uma vez, com jogadores que não jogam habitualmente, se arrastaram em campo.
    3 – Pelo menos serviu para confirmar que eu e muitos já sabiam, o jogo de ontem serviu para termos a certeza de que alguns jogadores têm que ser desligados no final do ano, a saber:
    Juan – Já está aposentado
    Emerson – Já está aposentado
    Chiquinho – É ridículo
    Cirino – Jogador de time pequeno
    E sobre o Alan Patrick, só DE GRAÇA, jogador sem fibra, sem raça, sem a cara do Flamengo, onde não basta ser bom de bola, tem que dar o sangue, coisa que ele não tem.
    4 – Porquê tanta soberba??? O que faz esse time, que nunca ganhou nada, entrar em campo com tanta soberba, com tanto salto alto, se achando o “Barcelona” ??? Isso é falta de comando, de foco, de responsabilidade, isso é OBA OBA… Lembram do América do México ???
    Ainda nesse sentido, o Rafael Vaz do mesmo jeito que subiu de produção por estar agora jogando no Flamengo, pode rapidamente voltar a ser um zagueiro nível 2a divisão, basta ele achar que joga mais do que efetivamente joga, que já não é lá muita coisa, como se sentiu no jogo de ontem.

    Para finalizar, esse jogo de sábado contra o São Paulo, virou jogo de vida ou morte. Se perder, o HEPTA já era, e pior, pode decretar a entrada numa espiral descendente e aí, vamos penar pelo G4…

    SRN

    Reply
  28. Amigos, esse trauma da eliminação teria que vir uma hora ou outra…Pelo simples fato do time, do elenco não levar essa competição no mesmo nível que esta levando o Brasileirão…Pode ser até inconsciente, mas o fato é que o empenho na diminuição de espaços, na marcação, na criação e ataque são outros! Vejam só, os eliminados na 8as de final da Copa do Brasil é que são os indicados da CBF para a competição! Neste nível é de se pensar que tais times estejam no meio da tabela, sem aspiração alguma ao título ou ao G4 do Brasileirão…Fato concreto é que a Sul Americana não cabia na realidade atual, factível do clube. ZR tencionou um planejamento que contemplasse boas atuações na Sul Americana, não aconteceu. Sejamos francos, Sul Americana é o mesmo problema de motivação que o Vasco esta tendo na 2a divisão do Brasileirão, ou seja, empurrando com a barriga, oscilando…No nosso caso então, sem estádio, beirava a irresponsabilidade….Em minha opinião esse jogo de ontem deveria ter sido disputado em Moça Bonita e com o time totalmente reserva, inclusive dirido pelo Jaime.

    Reply
  29. Amigos do Blog,

    Vou escrever em tópicos o que achei do jogo de ontem ;

    1 – Não acredito que a diretoria não tenha demonstrado ao grupo a importância do jogo e da competição.
    2 – Tenho certeza que a imensa maioria antes do jogo começar aprovou a escalação feita pelo treinador inclusive eu. Sou contra vc mudar um time inteiro e sempre a favor de mesclar como foi feito ontem, é obvio que todos podem discordar de um ou outro que poderia ser poupado ou escalado.
    O que eu sou contra na escalação é de que gabriel e Chiquinho não podem ser titulares do Flamengo e de que o Juan e o Emerson Sheik sao jogadores para equipes Master, sao ex- jogadores, falo isso com respeito ao passado dos 2
    3 – Acho que o time entrou de salto alto,devido a facilidade do jogo de ida.
    4 – É preocupante o desgaste físico do grupo.
    5 – A derrota é sempre ruim, não existe isso de que foi boa , pois agora ficamos concentrados somente no Brasileiro, temos ou tínhamos elenco para estar concentrados nas duas competições.
    6 – A nossa realidade não é aquela do jogo de ontem.
    7 – Acima de tudo Rubronegro

    Reply
  30. Esqueci das notas, vamos a elas:

    Muralha – 5.0 (falhou feio no 2o gol)
    Pará – 5.0 (mais uma vez mal, gol de novo em cima dele)
    Juan – 4.0 (deve jogar no master)
    Vaz – 4.0 (se achar que joga mas do que efetivamente joga, volta para segundona)
    Chiquinho – 0.0 (não merece comentário)
    Massaraujo – 4.5 (não consegue dar uma passe para frente)
    Cuéllar – 4.5 (mal escalado, é 1o volante mas o “grande Ze” insiste em colocá-lo mais avançado, não sei com que objetivo, será que é para justificar a presença do Massaraujo????? Vai terminar queimando uma contratação de 8 milhões)
    Alan – 5.5 (não parece ser um atleta profissional, até porque não aguenta um jogo inteiro)
    Cirino – 4.0 (não tem condição é competência para joga no Flamengo)
    Guerrero – 5.5 (mais uma vez, sacrificado pelo esquema tático do “grande Zé”)
    Fernandinho – 6.5 (foi o “melhor”, pelo menos tentou jogar, se expôs…)
    Mancuello – 5.0 (sem saber onde se posicionar…)
    Vizeu – 4.0 (entrou em campo?)
    Emerson – 4.5 (outro para o time de master)

    SRN

    Reply
  31. No Flamengo as coisas são sempre mais complicadas! Quando está ganhando, é o melhor time do mundo e “não tem essa de priorizar competição, tem que ganhar tudo o que disputa”. Aí, perde uma partida e pronto: o time não presta, técnico não presta, time sem vergonha, e é obrigação ganhar o próximo jogo e o outro campeonato.
    Só digo uma coisa: muita calma nessa hora! Se Deus quiser venceremos os bambis em São Paulo, mas já to vendo gente querer criar crise na Gávea caso uma derrota ocorra (vira essa boca pra lá!). Faltam 11 rodadas e se o Fla lutar até o fim do campeonato pelo título, já estarei orgulhoso do meu time!!! (Eu disse “lutar” e não “ganhar”, porque se ganhar fosse obrigação, qual seria a graça do futebol??). Frisando: lógico que quero muito o Hepta e estou muito confiante!!! Abraço a todos!!!

    Reply
  32. Só mais um detalhe. Pergunte ao diretor de finanças ou ao presidente Bandeira se o maior interesse na Sul-Americana era a vaga na Libertadores… além de melhorar a grife fora do País, a premiação é interessante na competição. Dinheiro foi pelo ralo.

    As notas:
    Muralha – 4,5
    Pará- 4,5
    Juan- 4,0
    Vaz- 4,5
    Chiquinho- 3,0
    Márcio Araújo- 4,5
    Cuellar- 3,5
    Patrick- 6,0
    Mancuello- 5,5
    Cirino- 3,5
    Guerrero- 4,5
    Vizeu- 4,0
    Sheik- 5,0
    Fernandinho- 6,5
    Zé Ricardo- 4,5

    Reply
      • Nino,
        Tuta Peruano…
        Sempre leio comentários de que “a bola não chegou”, mas o que vejo é o peruano sempre mal colocado, não sabe se desvencilhar dos marcadores… Não atoa fez uma carreira de jogador reserva e de poucos gols na Europa, sem mercado acabou parando no Corinthians, onde também fez poucos gols.
        Tem como principal conquista ser o maior goleador da seleção peruana…

        Na minha opinião, não passa de um jogador comum, que se ganhasse 200 mil por mês já poderia estar satisfeito.

        Reply
  33. Notas…..Muralha 3, Pará 8 , Juan 4,5 , Vaz 4,5 e Chiquinho 4 , M.Araújo 6 , Cuellar 1 pela presença física, Alan Patrick 3 , Cirino 1 , Guerrero 3, Fernandinho 6, Mancu 3 , Sheik 3 e Vizeu 3 ZR ontem 4

    Reply
  34. Alan Patrick é jogador de 2 tempo, quando o meio campo adversário está exaurido.Zé Ricardo precisa adotar um esquema alternativo (4-4-2 tradicional), onde o condicionamento físico não seja tão fundamental para o bom rendimento. Não dá para jogar o tempo todo naquela correria desenfreada…

    Reply
  35. Pessoal , até o Juca Kfouri escreveu há pouco no blog dele que o Flamengo perdeu ” sem querer querendo”.
    O primeiro tempo ontem foi patético, do tipo se der pra ganhar ou empatar sem correr é o que os jogadores querem.
    Estou convicto que foi uma derrota quase proposital.
    Palmeiras perdeu e terá de suar sangue pra eliminar o Grêmio.

    Reply
  36. Concordo que nao podemos achar que esta tudo errado, porem importante tambem identificar algumas coisas. por exemplo

    Alan Patrick nao rende bem desde o inicio (Isso e notorio desde o inicio da carreira dele)
    Cuellar nao rede jogando como segundo volante
    E para o proximo ano precisamos de um lateral esquerdo que realemente ameace o Jorge.

    Reply
    • AP não é jogador de time grande, definitivamente! É da farinha do mesmo saco do Valter ex-gordinho por exemplo…Para jogar quando quer, só em time médio ou pequeno, em time grande não funciona!

      Reply
      • O departamento médico do Flamengo deveria fazer exames de sangue e fezes no AP. Deve estar com algum parasita, verme, anêmico, carência vitamínica ou algo que o valha!

        Reply
  37. Agora o foco é único no Brasileiro.

    Infelizmente com eliminações precoces na Copa do Brasil e Sul-Americana, o Flamengo deixou de arrecadar bastante dinheiro com passagens de fase e rendas.

    Reply
    • Pelo que parece, caro Henrique, isso não anda preocupando muito nossa diretoria. Nem esforços estão fazendo para preencher a nossa camisa. O Basquete perdeu a Sky e nada de novo patrocinador. As costas e os ombros de nossa camisa já estão órfãos faz tempo de um patrocínio.

      Reply
  38. Alan Patrick não vai ficar pra próxima temporada, o clube dele na Ucrânia só aceita transferência e por um valor absurdo .
    Para ter chances de ganhar a Libertadores o time vai precisar
    * Renovar com o Réver
    * Recuperar o Donatti
    * Contratar um reserva pro Jorge, caso o mesmo fique.
    * Contratar um primeiro volante BOM
    * Contratar um ponta de qualidade ( poderia ser o Éderson caso o mesmo ficasse livre das intermináveis lesões.
    * Contratar um Centroavante GOLEADOR pra ser titular mantendo o Vizeu na reserva .

    * Vender ou liberar Juan, Chiquinho, Márcio Araújo, Cirino, Gabriel, Émerson, Damião e Paolo Guerrero

    Reply
  39. Caro Kleber e amigos, claro que estamos todos chateados com esse vexame , e pior , preocupados com o estado físico e emocional do nosso time . Mas se olharmos pra frente, veremos que até dezembro temos apena 11 jogos , poxa, isso é muito bom , teremos condições de dedicar ao máximo pela luta desse tão sonhado HEPTA, e outra , inconscientemente nosso time já estava começando a andar de salto alto sim e essa eliminação vai colocar todo mundo com a sola dos pés no chão novamente.
    Agora é virar a pagina, esquecer de querer ganhar dinheiro com o Cirino , colocar o Juan no asilo , o Chiquinho no Olaria e respirar o resto do ano estes 11 jogos!!! SRN e vamo que vamo !!!

    Reply
  40. Réver – Valorizou-se, ou melhor, recuperou o seu valor de mercado, que é alto. Acho que ainda teremos o Juan com 4o. zagueiro.
    Danatti – A 3a. zaga tem dono por enquanto, Váz, mas não sabemos como ele jogará sem o Réver ao lado? Donatti não precisa ser recuperado, precisa é de ritmo de jogo.
    Jorge – É provável que necessitem contratar dois laterais esquerdos. Assim que o Jorge for convocado para a seleção ele adquire novo status no mercado europeu.
    1o. volante bom – Já não temos um 1o. volante bom? Cuellar….na base tem um outro garoto ai…
    Éderson – Pode esquecer, e o pior é que ele tem contrato longo, além disso ele não é ponta, nem meia, meia atacante?
    Centro avante goleador – Ai sim, a principal deficiência do time.
    Vc concorda, que apesar de toda grife, de todo nome, do alto salário, do contrato milionário, do assédio do exterior, Guerrero não é um centro avante do mesmo nível de um Prato, um Fred por exemplo!

    Reply
  41. Nessa hora e normal procurarmos culpados. A verdade é que o Flamengo perderá pra ele mesmo, enquanto não tiver E-S-T-Á-D-I-O.

    A parte física já deu sinais desgate nos titulares. E felizmente, sem lesões, graças aos investimentos no CEP. Era normal poupar jogadores, mas alguns reservas não rendem quando existe GRANDES modificações no time principal.

    Mas parece que a confiança do técnico no elenco e tão grande, que ele não havia aprendido a lição contra o Figueirense.

    Muralha, precisa melhorar a performance, pois não demonstrou nada de excepcional para ser escolhido pra seleção e ser titular do Flamengo. E a cada vez que a mulher dele posta uma foto parece que o emocional do cara se abala emocionalmente.

    Reply
  42. Kleber e amigos,
    Que coisa triste a derrota para um time tão inferior ao nosso.
    Não deu nem para torcer,os jogadores estavam em ritmo tão lento e sem vontade que não havia como a torcida incendiar o jogo.
    Acho que o Rodinei deveria ter jogado e o Pará improvisado na lateral esquerda, com esse Chiquinho não dá.
    Ninguém se salvou na partida de ontem,pode considerar nota 3,5 para todos os que jogaram, inclusive para o Zé Ricardo.
    Abraços a todos,
    Marcus Vinicius

    Reply
  43. Este Alan Patrick não joga, não marca e não corre além de extremamente lento, reparem como ele simplesmente fica trotando em campo se sentindo um garanhão.

    Reply
    • As pessoas estavam só esperando uma oportunidade para zoar do cheirinho hehe. Como podem zoar o Cheirinho de Hepta (que deixa claro que se é Hepta é do Brasileiro), se fomo eliminados da Sul Americana, que nunca vencemos hehe

      Reply
  44. Comentário sensato com os “pés no chão”, extraído da coluna do Fernando Calazans de hoje, no o Globo:

    Eliminação normal
    Terá sido mesmo surpreendente a eliminação do Flamengo pelo Palestino, do Chile, na Copa Sul-Americana, como li e ouvi em diversos comentários? Bem, a julgar pela diferença entre os dois clubes, sim, pode ter sido uma surpresa desagradável. Mas, considerando os resultados do Flamengo em competições internacionais neste século, parece absolutamente normal. Tem sido pífia a participação do clube nestes torneios.

    Mais decepcionante ainda para um clube, o mesmo Flamengo, que já conquistara um título de campeão mundial, em 1981,
    batendo o Liverpool, da lnglaterra. 0 que tam­pouco era surpreendente, naquela época, para um time com Zico, Raul, Leandro, Mozer, Junior, Andrade, Adilio…
    Neste século, o Flamengo não se impõe nem na América do Sul. É uma pena essa limitação, essa situação de inferioridade, para um clube de tanto prestigio e grandeza, aqui dentro, no futebol do Brasil. Esta foi a quinta participação do Flamengo na Copa Sul-Americana, sem jamais ter passado das oitavas de final.
    Agora, a realidade é outra, mas ainda há muitas pessoas, até na crítica, que enxergam prodígios neste time do Flamengo. Cabe uma ressalva: enxergam prodígios não só no Flamengo, mas também em outros times do Campeonato Brasileiro em curso. E enaltecem e exaltam o campeonato “pelo equilíbrio, pela emoção, pelos vários candidatos ao título e outras coisas mais”. Será que precisam de mais um 7 a 1 para cair na realidade? Ou de mais uma eliminação precoce na Copa América?
    No Flamengo, em particular, basta ler com critério a escalação que foi a campo para o jogo de quarta-feira (Palestino 2 a l, aqui mesmo no Brasil ), para compreender o resultado, ainda que inesperado. A derrota polia ser imprevista, sim, mas, uma vez concretizada, é perfeitamente compreensível. Perfeitamente explicável, através da escalação -não digo a escalação feita pelo técnico, particularmente, mas a escalação permitida pelo elenco do clube.

    Se bem que a escalação escolhida pelo treinador também suscita dúvidas. Mesmo considerando a in­sensatez do calendário do futebol brasileiro, é inevi­tável a discussão da conveniência, ou não, de man­dar a campo o chamado time misto, para poupar ti­- tulares. Mais discutível ainda diante de um elenco que não tem a qualidade imaginada, sonhada, idea­lizada, no âmbito do nosso futebol. Como tampouco tem os elencos de Palmeiras, Atletico-MG, Santos, Fluminense, Grêmio etc… nem mesmo o futuro campeão brasileiro, qualquer que seja ele.
    0 elenco do Flamengo tem Rafael Vaz, Chiqui­nho, Marcio Araujo, Cirino, Fernandinho, Everton, Gabriel, Leandro Damião e outros jogadores na melhor das hipóteses medianos, mesmo receben­do elogios em sua maioria exagerados. 0 mesmo acontece com o técnico Zé Ricardo, que ainda precisa de muito chão para atingir o patamar que estão dedicando a ele. Zé Ricardo deu mais motivaição ao time, mais empenho coletivo, concordo, mas por enquanto parece um treinador mais chegado ao futebol de correria, velocidade, do que ao futebol pensado, raciocinado, com mais discernirnento e visão do campo. Por enquanto.
    Como escrevi outro dia em relação ao Botafogo, o Flamengo, para ser Flamengo, precisa de mais am­bição, qualidade -mesmo que venha a conquistar o título deste campeonato, que não é o espetáculo imaginado por tanta gente.

    Reply
  45. Nossa sede em querer ver o Flamengo sendo Flamengo nos leva as vezes a sermos desajustados em nossos comentários. Exigimos por saber do nosso potencial. O maior clube do Brasil sem que pensar grande sempre. Vejam o Barcelona, só a título de exemplo, pelo amor de Deus, todos os campeonatos que disputa é para vencer.

    Sei que estamos no caminho certo, que essa nova direção implantou um filosofia de credibilidade que não poderá ser quebrada jamais. Não toleraremos mais dirigentes sem comprometimento no comando do clube.

    Volte Flamengo, volte a ser o meu dengo.

    Reply
  46. Kléber, bom dia! ao amigos que, como eu, são apaixonados pelo Maior do Mundo, bom dia!

    Bom acompanho este blog a muito tempo e é a primeira vez que me pronuncio, gosto muito mais de ser ouvinte. Devido a repercussão do assunto, acredito que este post nem chegue a ser lido, mas vamos lá mesmo assim.

    Esperei esse tempo para que eu pudesse deixar, pelo menos um pouco, o sentimento de lado e tentasse usar um pouco mais da razão. Analisei, vi e revi o jogo e dessa vez acredito que o que pesou foi a falta de experiência do Zé, entendam, não digo que a culpa foi dele, mas sim que faltou tato para lidar com a situação.

    Ter um elenco grande e qualificado é condição sine qua non para atuarmos em duas frentes de forma intensa, como estávamos fazendo e por isso não critico a escalação de um time misto. Em condições normais de temperatura e pressão, o time misto do Flamengo é infinitamente melhor que o time do Palestino. Só que o futebol amigo, ah! o futebol, RARAMENTE este é disputado em condições normais de temperatura e pressão!

    Não levar os titulares pra viagem, pelo menos ao meu ver, é o ponto a ser observado. Se o jogo, fosse novamente no Chile, talvez entendesse a dispensa dos nossos titulares, mas com o jogo em Cariacica, AQUI DO LADO?!
    O futebol, não é apenas mais um esporte (na verdade, pra mim nenhum é), O futebol é técnica, é tática e estratégia sim, mas também é coração, é vontade, força, mexe com o brio das pessoas. Não só perdemos a possibilidade de contar com nossos melhores jogadores no caso de uma “alteração na temperatura e pressão normais” como mandamos uma mensagem pra eles: “Ganharemos de vocês como e do jeito que quisermos”. Fico daqui imaginando a preleção deles, demos a faca e o queijo na mão do adversário, e ai amigo, ai a história mostra o que acontece, o Palestino só engrossa uma lista que conta também com: Confiança, Santo André, Fortaleza……

    Como disse anteriormente, a falta de experiencia do Zé, fez com que ele cometesse este “deslize”. Outro ponto a ser pelo menos comentado é, COMO DEMORA A MEXER NO TIME nosso técnico, parece ficar esperando um milagre acontecer antes de tomar a decisão, as vezes parece não confiar no próprio instinto. Quando confiou, acertou ao tirar o Diego no jogo contra o Palmeiras (pelo menos fez algo que o Cuca não esperava e desmontou a estratégia adversária). Não vou nem entrar aqui falar do desempenho baixo do time, isso tá claro.

    Ao contrário do que muitos estão dizendo, a sulamericana tem sim que ser respeitada, é um campeonato internacional, é experiência enfim, deveria ter sido jogada com mais seriedade. Que isso nos sirva de exemplo para a liberta do ano que vem.

    #VamosFlamengo
    #SempreFla
    #NaAlegriaENaTristeza
    #SRN

    Reply
  47. Havia falado em outro post sobre a grana que o Flamengo perdeu com a eliminação na Sul-Americana. O Extra publicou na edição de hoje o valor da premiação, caso conquistasse o título: 4,9 milhões de dólares (cerca de 15,7 milhões de reais). Uma bela grana!
    Aumenta a responsabilidade de Zé Ricardo… escalar misto?

    Reply
  48. Prezados,
    Depois observem o jogador artilheiro da série B, Felipe Garcia (Brasil de Pelotas). Jogador forte, meia/atacante goleador, com 25 anos de idade e com 1,85 de altura.
    Já pretendido pelo Grêmio, mas penso que vale a pena a observação e aposta, para compor o elenco em 2017.

    Reply
  49. CARO Paulo Edson Santos, também não foi o tal Fernando Calazans quem inventou a roda outra vez, qualquer garotinho de 11 anos, que começa a acompanhar o futebol agora, sabe das imensas limitações do futebol hoje jogado no Brasil, alias há muito tempo, porém com a constante sangria dos nossos melhores jogadores para o exterior, isso deverá continuar . É o que temos, acho melhor o comentarista se mudar pra Europa, lá irá ver melhores jogos e melhores times. Mas a derrota do Flamengo, está longe dessa lenga lenga do comentarista. Subestimaram o Palestino no duro.

    Reply
    • Meu caro Flavio! O tal Fernando Calazans jura que um dia vai ver sair pela boca do túnel, Raul, Leandro, Mozer, Adílio, Zico, Andrade, Júnior etc…
      TODOS sabem que é rubro-negro, como todos sabem que Juca é corintiano, Mauro Cezar é rubro-negro, Marcio Guedes é botafoguense… e, Trajano é América…
      Sempre negou em todas as mesas redondas da ESPN. Sempre disse que não torcia por clube nenhum.
      Prefiro ler o Tostão no seu Blog, que Fernando vez ou outra.
      Azedo e muito chato este carinha…

      Reply

Comente.