Levir Culpi

622_7b11a27f-502b-36bf-bb82-e0603df117ef

(Foto: Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro)

Não dá para não registrar aqui a atitude do ex-treinador do Fluminense, Levir Culpi, que se ofereceu, gratuitamente, para dirigir o time da Chapecoense até o meio do ano que vem.

Nunca tive o prazer de trabalhar – ou mesmo de conviver – com Levir, mas sempre tive a certeza de ser ele um ser humano especial, como demonstra agora com este tipo de atitude.

Pelo que li, o pessoal da Chapecoense adorou a ideia, porém, deseja ter um treinador até o final do ano. Estou torcendo para que as duas coisas ocorram e, para isto, basta recorrer à matemática, com Levir assinando um contrato até o fim do ano, recebendo mensalmente metade do valor que normalmente receberia.

A digna e linda atitude seria mantida, e a Chapecoense teria o seu treinador – e muito bom treinador – até o final do ano.

Curiosidade

622_0b3fd85a-e962-36c8-b9f7-b7f9a032e6e8Quando comecei a escrever sobre o atacante Marinho, tive a necessidade de conferir o número de gols marcados pelo atacante no atual campeonato brasileiro.

Peguei o Lance e verifiquei que Marinho havia consignado 11 gols, porém, um fato me chamou a atenção.  O Vitória, mesmo ainda brigando para não ser rebaixado, é o quarto melhor ataque do campeonato, com 50 gols marcados. Acima dele, somente, Atlético Mineiro (61 gols), Palmeiras (60), Santos (58) e Flamengo (52).

O problema do Vitória é a defesa. O ataque, o quarto melhor do campeonato, marcou 50 gols, só que a defesa levou 51, havendo, pois, o déficit de 1 gol. Com uma defesa um pouquinho melhor, o time baiano poderia, ao invés de brigar para não cair, estar tentando vaga para a Libertadores. E, ainda há quem não dê importância à cozinha…

Sonho de consumo

Complementando nosso post sobre o elenco atual publicado ontem (ler aqui), vamos falar dos reforços.

Um total de 690 amigos participaram de nossa pesquisa, cada um sugerindo em média cinco nomes, isso gerou um total de quase 3.500 sugestões. Claro que muitos nomes em comum foram indicados, mas diversos jogadores foram lembrados de forma isolada, ou citados muito poucas vezes para serem aqui mencionados.

Seguem abaixo os jogadores mais desejados.


image. O jogador mais citado foi Vitinho, lembrado por 200 amigos, ou seja, esteve presente em 29% das indicações.

 

 

 


felipe-mello-flamengo-640x400. Felipe Mello foi pedido em 171 oportunidades (24,8% dos participantes o querem no Rubro-Negro).

 

 

 


650x375_marinho_1626613. Marinho foi o terceiro mais lembrado, sendo citado 96 vezes (13,9%).

 

 

 


0002050050993_img. Éverton Ribeiro aparece em quarto nos desejos para 2017, sendo lembrado por 69 amigos (10%).

 

 

 


robinho-rafael-ribeiro-cbf. Para terminar o “top five“, temos o veterano Robinho, com 61 votos (8,8%).

 

 

 

 

Abaixo, a lista dos 25 mais mencionados, com seus respectivos “percentuais de lembrança” ao lado.


lista-indicacoes3

Retomando a vida

Nesta retomada de vida, após tanto sofrimento, parabenizar o bom senso da Confederação Sul-Americana que proclamou, a pedido do Atlético Nacional de Medellín, a Chapecoense campeã da Copa Sul-Americana.

Claro que, o destaque maior, absoluto mesmo, para o clube colombiano, pela extrema sensibilidade, pelo altruísmo e pelo exemplo para o mundo. Esta foi a mais digna e comovente atitude de uma instituição que vi no futebol. De uma só vez, o Atlético Nacional abriu mão da glória e ignorou o vil metal. Que atitude!!!

Ontem, estive no velório do doce Victorino Chermont. Quanta tristeza…

E, como levantei aqui esta lebre, o governo boliviano vai ter que explicar como aquele avião foi liberado para o voo da morte.

Ainda não conversei sobre o tema das indenizações com o Dr. Carlos Eugênio Lopes, diretor jurídico da CBF, mas ouvindo outros advogados, não há como o governo da Bolívia escapar desta, até porque, de alguma forma este assassinato coletivo deve servir de exemplo para que este tipo de sofrimento, causado por irresponsabilidade e avareza, nunca mais ocorra.


Agora, o Flamengo…

Com participação recorde no blog, os rubro-negros do Brasil inteiro, de forma absolutamente democrática, opinaram sobre o elenco do Flamengo. Quem deve ficar, quem é inquestionável, quem fica para compor o elenco, quem deve ser emprestado e, quem deve pegar a barca…

A partir de agora, o resultado nos mínimos detalhes. Vejam e, comentem…


muralha


pv


thiago


joao-lopes


vaz


rever


juan


donattti


leo-duarte


rodinei


para


jorge


chiquinho


marcio-araujo


arao


cuellar


ronaldo


everton


alan-patrick


ederson


mancuello


lucas-paqueta


adryan


diego


cirino


gabriel


sheick


guerrero


thiago-santos


vizeu


fernandinho


damiao




ze-ricado

Bolão do Blog Rubro-Negro – Resultados da 37ª rodada

Com 51 pontos, acertando três placares exatos (3 x 12 = 36) e três resultados (3 x 5 = 15) , Renan Chaves atingiu a maior pontuação da penúltima rodada de nosso bolão (suas apostas podem ser vistas aqui). Em segundo lugar tivemos um empate tríplice entre Bruno Tenório, Mauro Campante e Sandro Andrade. Os três fizeram 46 pontos, errando apenas um resultado a menos que o vencedor.

Renan, pedimos que nos envie, o quanto antes, seus dados, como o tamanho de sua camisa – se P, M, G ou GG -, bem como o número e o nome que serão impressos nas costas, além de telefone e endereço. Pode enviar essas informações pelo formulário de contato do Blog, ou mesmo por comentário, que os dados serão anotados e o mesmo não será publicado.

O primeiro colocado no geral, com 340 pontos, é Roberto Drummond, seguido de Cristhiano Bueno Batista (338) e Fabio Silva (334). A disputa continua bastante acirrada e só será decidida na última rodada.

A classificação geral pode ser vista aqui. Qualquer discordância nos resultados, favor comentar neste post, que faremos a revisão.

Reciclar é preciso

lamia-e1480467233659Esta tragédia, aos poucos vai mostrando novos e necessários caminhos para os que por aqui ficaram.

1 – Não adianta ter havido uma convenção mundial de aviação comercial, se os procedimentos considerados vitais para a segurança de quem viaja não fizerem parte dos itens necessários para um avião levantar voo.

No caso específico do avião boliviano, havia, como determina as normas da aviação, um plano de voo que foi apresentado à autoridade local. Só que, o importante não é a atitude em entregar um plano de voo, e sim, o conteúdo. Como alguém pode aprovar um plano de voo em que a distância a ser percorrida tem o combustível na conta do chá? Pois é. Se ali, a responsável pela liberação se negasse a carimbar aquele documento, nada teria acontecido.

Felizmente, aqui no Brasil isto é levado muito a sério. Esta senhora que carimbou aquele passaporte para a morte, é tão culpada quanto o piloto criminoso.

2 – Nada radical funciona. Hoje, os dirigentes do Boca Juniors anunciaram que nunca mais o clube se utilizará de um voo charter. Atitude de momento, movida pela emoção.

A partir de agora, será parte importante na vida dos profissionais que cuidam das viagens dos clubes passar a ter noção mais aprofundada das regras da aviação. Além de discutir preço, passar obrigatoriamente a conferir: rota, condições do avião contratado e, ter direito a tomar conhecimento do plano de voo.

Enfim, depois do que aconteceu, confiar, desconfiando, sempre!

Para refletir

(Foto: EPA)

(Foto: EPA)

O mundo inteiro – comovido pela estúpida tragédia – chorou, e várias homenagens foram prestadas, onde o escudo da Chapecoense passou a ser o símbolo único em todos os tributos.  Aquele escudo simbolizava cada uma das alminhas que nos deixaram de forma tão cruel.

O clube, numa visão pragmática, foi o que menos sofreu, até porque, apesar da dor, a vida vai seguir, outras equipes serão montadas e muitos campeonatos conquistados. Não vou chegar ao ponto de um amigo que, hiper pragmático, afirma que a Chapecoense em um dia teve uma mídia mundial que levaria três séculos para conseguir em condições normais.

O meu tema é outro. Li e ouvi no noticiário que muita gente está se dispondo a ajudar o clube, através de doações e, que a quantidade de sócios torcedores quintuplicou.

Acho que todos nós devemos estar atentos aos familiares daqueles que partiram. Ao contrário do que aqui li em um dos comentários, é um enorme engano se imaginar que aqueles jogadores e jornalistas tinham uma vida farta e boa. Nada disso. Lutavam pelo dia a dia, claro que na esperança de um futuro melhor. Luxo, zero! Boa vida, zero!

E, em muitos casos, acho até que na maioria, a dependência familiar de quem foi vítima desta tragédia, era total. E como ficarão estas famílias?

Vocês acham que uma empresa que só tem um avião, que coloca em risco 77 vidas, com o intuito de economizar, deve ter providenciado um seguro digno para os passageiros, em caso de acidente? DUVIDO!!!

Portanto, acho que é a essas famílias que devemos ajudar, pois muito em breve, os problemas vão começar a aparecer.

Em tempo: não sou advogado, mas pela convivência com muitos deles – e por acreditar que o direito é uma questão de bom senso – acho que cabe uma ação coletiva contra o governo da Bolívia e, ou, por quem responde pelo tráfego aéreo do país, pois aquele plano de voo jamais poderia ter sido aprovado.

Vou levar este tema ao diretor jurídico da CBF, Dr. Carlos Eugênio Lopes e, depois comento aqui no blog.

Vamos começar a pensar em ajudar as vítimas desta tragédia?