Quando há talento e a cabeça é boa, o resto é resto…

( Fernando Maia/AGÊNCIA O GLOBO)

Em primeiro lugar, agradecer aos queridos companheiros deste espetacular GLOBOESPORTE.COM, que rolaram a bola para um mundo de gente, bola esta levantada aqui no blog, em que o tema central foi o aproveitamento imediato de Vinícius Junior entre os profissionais do Flamengo.

Ontem, citei a opinião de Telê que, em síntese, ignora a idade, desde que haja, primeiro, talento além da conta e, claro, que a cabeça seja boa.

O exemplo que mencionei ontem foi o de Júlio César. Hoje, até por uma questão de justiça e, até mesmo para demonstrar coerência nas minhas opiniões, atitudes e decisões, cito mais um caso e, de coração, na esperança de que as cabeças pensantes do futebol do Flamengo se entusiasmem com estas lembranças e puxem Vinicius Jr definitivamente para a categoria profissional.

O exemplo de hoje vai entrar em campo amanhã, vestindo a camisa número oito da Seleção Brasileira.

Não faz muito tempo, era hábito nos campeonatos estaduais as preliminares serem o mesmo jogo, só que pela categoria de juniores e, como vice-presidente de futebol, adquiri o hábito de ir sistematicamente mais cedo a todos os estádios para ver nossa garotada jogando a preliminar. Lembro, como se fosse hoje, de um domingo em Friburgo. O que mais me impressionou, de tudo que vi nos dois jogos, foi o número 10 do Flamengo, do time de juniores.

A partir daquele dia mais ainda me interessei em acompanhar os jogos da meninada e, a cada dia, mais forte ficava em mim a certeza de que Renato Augusto daria um grande jogador.

Como acredito na eficácia do relacionamento humano, procurei me aprofundar na relação e, encontrei um menino de ouro, bom de bola, de cabeça e de alma.

Em 2006, Deus sabe como, pois vivíamos num mar de dificuldades, nos classificamos para a final da Copa do Brasil e, contra o Vasco.

Houve uma interrupção entre a semifinal e a final. A Copa do Mundo nos deu tempo de armar o time com um novo treinador. Ney Franco fora contratado e, sua primeira missão era uma excursão ao nordeste. Na sala do professor Isaias Tinoco, perguntei ao Ney, ainda pouco familiarizado com o elenco, quantos e quais jogadores ele levaria. Ele me disse que pensava em viajar com 20 jogadores e me mostrou a relação. Com toda delicadeza do mundo, sugeri que ele levasse os 20 e mais um. Um menino.

Ney concordou, e lá se foi o menino Renato Augusto para a tal excursão, de onde voltou titular. Foi campeão da Copa do Brasil, e amanhã, onze anos depois, entra em campo com a amarelinha…

Como Júlio César, Renato Augusto também sempre foi diferenciado, muito acima da média. Exceção, pelo talento…

O filme, em vermelho e preto está de novo no telão, e hoje, o protagonista, o ator principal, tem só 16 aninhos, mas futebol de gente grande e, cabecinha boa.

VINÍCIUS JR, JÁ!!!!

1 Comentário

  1. Bom dia, salvo engano o contrato dele na China termina no final deste ano ou no meio do ano que vem, que ele é rubro negro ninguém duvida, será que não valeria a pena já começar a trabalhar na possibilidade de um retorno do Renato ainda em grande forma para o seu time de coração? Claro que sim!

    Imagina um time com Renato augusto, Diego, Vizeu e VINICIUS JR…..

    SRN

    Reply
  2. Kleber,
    E um fator que deve ser observado é que aparentemente o Julio Cesar entrou em uma “pressão” para substituir o denominado “chama gol”, enquanto o Renato Augusto teve que assumir a meiúca, após mudança de treinador em parada para a Copa em que, sejamos francos, o time não era essas maravilhas todas.

    O Vinicius Jr. tem a oportunidade de entrar em um time e um elenco pronto, NO QUAL JÁ TEMOS UM JOGADOR DE NOME QUE ASSUME A RESPONSABILIDADE (O DIEGO) – o que Renato Augusto não tinha, que obteve boa colocação no Brasileiro e no qual a torcida está apoiando e, principalmente, com ÓTIMA estrutura… Juntando TALENTO + TIME FORMADO + EXEMPLO DIEGO + ÓTIMA ESTRUTURA = Moleque arrebentando.

    VINICIUS JR., JÁ!

    Reply
  3. Querido Kleber! Desta vez vou divergir do amigo e, o momento do Vinicius Jr. pode ser muito oportuno…
    Concordo com todas as virtudes do nosso Renato Augusto. Mas sempre foi meu Calcanhar de Aquiles…
    Sempre foi uma promessa como muitos que apareceram na Gávea. Mas na verdade, não aconteceu jogando no Flamengo nem na Alemanha.
    Todos, incluindo eu, víamos naquela garoto da base uma autêntica realidade. Nem promessa era mais!!!!
    Quando subiu como meia, não consegui segurar a camisa naquela posição e, pela rapidez, acabou jogando de segundo atacante, posição que se destacou com atuações medianas.
    Em 2008 foi negociado com Bayer Leverkusen onde jogou por 4 anos. Nem mesmo lá foi destaque…
    Tenho nos meus conceitos algumas peculiaridades que não abro mão. Um meia-atacante que joga com a 10, de frente para o gol, não pode atuar 101 partidas e fazer apenas 11 gols…
    Finalização SEMPRE foi seu fraco! Quando meteu aquele gol contra o Botafogo de fora da área, na decisão de 2007 (2×2), estava no Maracanã e quase apostei com um amigo que o gol não tinha sido dele…
    Nem acreditei!!! Não é a cara dele.
    HOJE, já aos 29 anos, se transformou num jogador muito maduro jogando uma bola absurda, principalmente no Corinthians em 2015, quando compôs com Jadson e Elias um meio campo pra lá de Top.
    Nunca foi o jogador dos meus sonhos. Muito embora, o divisor de águas das promessas da nossa base, passe por ele.
    Neste momento, para avaliar minha opinião, recorro a Wikipédia.
    No Flamengo, em 95 jogos fez 11 gols, no Bayer em 101 fez 11, No Corinthians em 127 fez 15 e, no Beijing Guoan, até o momento, jogou 23 vezes e fez 4 gols…
    Hoje, fez das ASSISTÊNCIAS seu fundamento mais precioso.
    Mas, pela posição que ocupa, é outro que deveria usar Botinhas Ortopédicas do Dr. Scholl’s.
    Convenhamos! Em 367 jogos, marcar apenas 42 gols (considerando penaltis batidos), não é uma marca satisfatória para quem joga na posição dele.
    Hoje merece todo nosso respeito e admiração pelo bolão que está batendo. Mas no nosso Flamengo, não passou de uma promessa frustrada.
    Por essas e outras, temos que ter muito cuidado com o diferenciado Vinicius Jr.
    Pelo que representa o Santos em comparação a nós, Neymar subiu com muito menos cobranças.
    Já Adryan (que também se destacou em todas as bases), bastou errar um passe contra o Atlético PR e dar o gol aos paranaenses, quê, não só derrubou o Mano como perdemos de 4×3.
    NUNCA mais a torcida engoliu sua escalação…
    A “joia”, com 16 anos, é um autêntico ponto de interrogação. Como muitos exemplos que tivemos, não podemos ignorar as diversas armadilhas que a Cidade do Rio de janeiro nos apresenta.
    Se souber desviar das inúmeras cascas de banana, com certeza confirmará o talento nato que tem nos apresentado.
    Como dizia a vovó: “devagar com o andor porque o santo é de barro”…

    Reply
    • Irretocável! Estou contigo e não abro. Acho sim, que deveria ir aos poucos se ambientando no time de cima, mesmo porque, não poderá jogar no carioca e também nessa fase da Libertadores.

      Reply
  4. Prezado Egon, a quem tenho; mesmo nao conhecendo pessoalmente; uma profunda admiração e respeito, mas permita discordar pela primeira vez.
    Renato Augusto é um grande jogar, um meia muito completo, pois além de chegar bem a frente, sempre ajudou muito na marcação. Um meia moderno, não era um meia atacante como o próprio Diego que também faz poucos gols. Mas era um dos jogadores mais completos que o Flamengo já produziu no quesito tático e técnico (é claro que depois da era Zico). E também foi bem na Alemanha, apesar de jogar em uma equipe inferior, pois na Alemanha com excessao ao Bayer de Munique, todas equipes são medianas. O neymar subiu com muita expectativa sim no Santos, era visto como um Robinho melhorado e realmente mostrou ser muito melhor. E quase foi queimado por Vanderley Luxemburgo, que o deixou na reserva do Jean, ex Flamengo no próprio Santos em 2009. Sendo definitivamente aproveitado pelo treinador que ao meu ver melhor sabe trabalhar com jogadores promovidos da base( Dorival Junior). Adrian infelizmente nunca em partida alguma conseguiu ser um bom jogador, assim como todos campeões da copinha 2011. O único que foi mediano, ainda foi o Negueba (de médio para fraco). Erramos com aquela geração. Com relação ao garoto Vinicius Jr. não existe momento mais propicio para lança-lo, pois o time nao precisará totalmente dele, pois é de longe fora o time de 2009, o melhor e mais organizado que tivemos. E o clube, nunca esteve tão organizado como agora. Então não haverá pressao por resultados imediatos. E se realmente ele for o que aparenta, seria um ganho imensuravel para o Flamengo.
    Mas, temos um problema: Quem deveria peitar essa empreitada: Rodrigo Caetano (está longe de ter uma visão como um dirigente realmente flamenguista – no caso o da época nosso presidente Kleber Leite). Esse seu maior defeito: Não é Flamenguista, não sente como um flamenguista sente, não ve como um flamenguista ve.
    É apenas um executivo no cargo, apegado apenas aos números, não tendo a sensibilidade rubro negra. Trabalha apenas com seus conhecidos (Romulo, Conca, dentre outros). Se fosse um flamenguista nato, viria Felipe Melo, viria outros jogadores e Vizeu nao seria reserva de Leandro Damião.
    Como nosso presidente diz: Falta sensibilidade, falta sentimento e emoção ao responsável pela pasta e quando falta a emoção, a razão as vezes perde o sentido.

    Reply
    • Meu amigo Liliano! Como esse jogador com tantas virtudes, só foi convocado uma única vez para jogar um amistoso (2011) contra a França e, só voltou a ser convocado (com MUITOS méritos) em 2016???
      Um dos meias mais completos que vi jogando no Flamengo, mesmo não ocupando a posição do Renato, foi Elias. Este sim, um jogador espetacular…
      Fique certíssimo que minha admiração pelo amigo, é pra lá de mútua. Mas nessa divergimos.
      Enorme abraço no irmão

      Reply
  5. Querido Egon,
    O tempo passa, a memória é curta, daí a confusão. Renato Augusto, nos juniores do Flamengo,era o camisa 10. Ney Franco,na citada excursão ao nordeste mudou a posição dele para segundo homem de meio campo, inclusive,tendo estreado nesta nova função contra o Vasco, na decisão da Copa do Brasil, quando ganhamos os dois jogos.
    No time alemão, jogava pela faixa direita de campo e, lembro que reclamava muito disto, pois queria se mexer e não podia. Mesmo assim realizou ótimas temporadas pelo Bayer Leverkusen, sendo a ultima ruim, em função da contusão.Acho até covardia a análise do aproveitamento dele no Corinthians. Pergunte a qualquer corinthiano se quer ele de volta…A China, é a China e, na
    seleção, acho também desnecessário ir além, pois comentaríamos o
    óbvio.
    Em síntese, Renato Augusto foi o nosso ultimo muitíssimo bom jogador produzido pela base. Vinícius Jr, não tenho nenhuma dúvida, vai herdar este bastão.
    Realmente, o andor, que é especial, é de barro. Só que, é bom curti-lo enquanto está por aqui.O andor é de barro, mas tem cheiro de ouro.
    Vinícius JR, já!
    Beijo no seu coração.

    Reply
  6. Pessoal, lendo acima os comentários do Kleber, do Egon e do Liliano a gente fica até com receio de comentar tamanha a genialidade e riqueza de informações em seus comentários.

    Vou ficar quietinho aqui, só apreciando. Acrescentar mais o quê?

    Mas numa coisa, pelo jeito, todos concordamos: VINICIUS JR, JÁ!!!

    Reply
  7. No Flamengo o menino nunca está pronto para jogar, quase sempre buscamos soluções duvidosas para não darmos espaço aos talentos da base. Aqui mesmo no blog, defendiam a contratação do Damião sob a justificativa de que o Vizeu ainda não podia ser reserva do Guerrero. Uma insanidade!
    O Vinícius Júnior é um caso de exceção, deve subir já (ontem), entretanto acredito que o nosso departamento de futebol dirá que esse ano ele deve jogar mais no sub 20 para ganhar experiência e maturidade. Espero estar errado, pois o menino deve subir imediatamente, inclusive entrando em TODAS as partidas da Primeira Liga! Torço para que o Zé tenha essa visão de que ele já pode ser útil ainda esse ano, experiência se ganha jogando entre os adultos!

    Reply
  8. Bem! Sempre respeitando opinião do meu GURU e do amigo Liliano, fui pesquisar a fundo a carreira do Renato Augusto, a quem chamava na época de Renato ANGÚSTIA…
    Tamanha decepção pelo que tinha visto (base) e o que estava vendo.
    Como disse acima, e por acaso a estatística demonstra, que Renato só foi o CARA quando no Corinthians.
    De 2006 até meados de 2008 quando foi pra Alemanha, jogava pela esquerda assim como faz Éverton, compondo o meio de campo SEM obrigação de ajudar o lateral. O nome do meio, e também muito injustiçado, era Renato Abreu.
    Quando disse que adoraria ver o Renato Augusto de hoje, me refiro ao meia que jogou no Corinthians e ganhou: Bola de Ouro: 2015, Bola de Prata: 2015, Prêmio Craque do Brasileirão: 2015 (melhor meia e melhor jogador do campeonato) e Troféu Armando Nogueira: 2015…
    De 2006 a 2008, nem nas seleções do Campeonato Carioca figurou.
    Como na época bebia pouco, fui conferir o que tinha visto!
    Evidentemente, sei que virei vidraça nesta polêmica. Como gosto não se discute… lamenta-se, vou embalar meu mau gosto. kkkkkk
    Em 2005, nosso KL contratou Abreu. Em consequência, nos salvou do rebaixamento quando os matemáticos cravavam 99% de chances para visitar o submundo.
    Esse sim foi o nosso grande jogador de 2005 a 2007.
    Como tudo é opinião, e estamos aqui pra isso, questionei até Adriano. Sempre argumentei, que se não tivesse o corpo que tem e o chutaço de canhota, seria um jogador limitado e comum.
    Também fui criticado…
    Não estou naquele time que compara Maradona a Pelé. Mas com certeza tenho meus preferidos. Como por exemplo, o afilhado do nosso chefe: Roger Flores.
    Esse, na minha opinião, jogou muito mais que Renato Augusto.
    Mais uma vez, respeito SEMPRE a opinião dos nossos amigos.
    Mas queria que Renato jogasse de 2006 a 2008, 1/3 do que jogou no Corinthians.
    Estaria tranquilamente e convicto, no time dos meus amigos…
    Beijos RELUTANTES nos meus irmãos. kkkkkkkkkkk

    Reply
  9. Nesta sínteses de de análises geniais, em se tratando de Renato Augusto, fico com a versão do nosso Heeman rubro-negro, Egon Prates, saudações!!!
    Nosso querido e amado Klebão, acredito eu, o citou os caos do Renato Augusto de do Júlio César como exemplo de como um garoto da base sobe, e o timming para que isso ocorra, brrrraaaaavoooo! Vinícius Jr já!!! SRN.

    Reply
    • Pois é Nino!
      Quando jogamos bafo bafo e temos Gabriel, Damião e Cirino como NOSSAS figurinhas, evidentemente queremos trocar os 3 tranqueiras por quem tem Vinicius Jr. mesmo com 16 anos.
      O problema repousa justamente na TOLERÂNCIA DA NAÇÃO…
      A impressão que tenho, é que estou com os dias contados e quero aproveitar os dias, comendo galinha ao molho pardo no café da manhã, almoço e janta…
      Claro que deve ser lançado imediatamente! Mas ainda finco pé na mesma vala.
      Jogador da base DEVE fazer uma “pré temporada” no fraquíssimo Carioca.
      Tecnicamente, a “joia”, mesmo em foto, é muuuuuuito melhor do que os mencionados.
      Acontece que já vimos esse filme por inúmeras vezes. Já vaiamos de Adriano a Renato Augusto, passando por Reinaldo e até mesmo Tita.
      Como faz tempo que o Flamengo não faz mais craque em casa, temos hoje uma promessa mais real que Renato, Samir e Jorge.
      Vou recorrer! kkkkkkkkkkk

      Reply
        • Né isso não, meu amigo Nino!
          Seguinte! Ter razão é sempre perigoso. Podemos nos tornar o avalista da maldita ansiedade…
          Como gosto é gosto, não exite prato mais perfeito que galinha ao molho pardo…
          Ou tu tava pensando que eu iria jantar Cirino, Éderson ou Damião!!!!
          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          Reply
      • Amigo Egon,
        Talvez o Vinícius Jr. tenha um fator que todos os outros não tinham, de subir em um atípico momento de “calmaria” no Flamengo… Não subirá, como outros foram vítimas, com a esperança de ser o salvador da pátria e o respiro técnico da equipes que lutavam contra o rebaixamento, com estrutura físicas bastante deficientes.

        Pelo contrário, sobe para compor o lado esquerdo (ele joga por ali, terá que sair o razoável e regular Everton!?!?!?), tendo alguns bons nomes com experiência para servir de escudo (Réver, Diego e até mesmo o Tuta Peruano).

        Tem a favor, ainda, a sede da imprensa por novos queridinhos que elevem a audiência do futebol brasileiro – já que Neymar e Gabriel Jesus já foram embora – o que explica a quantidade de matérias de um jovem de apenas 16 anos de idade…

        Por fim, só espero que o Flamengo não faça a besteira que está circulando na mídia, que é aceitar a proposta do Barcelona de trocar o Vinicius Jr. pelo Messi e mais 100 milhões de Euros! Kkkk

        Reply
        • Irmão Diego!
          “Talvez o Vinícius Jr. tenha um fator que todos os outros não tinham, de subir em um atípico momento de “calmaria” no Flamengo…”
          Mais uma dessas, meu convence! Argumento pra lá de válido… pontual mesmo.
          Abraço.

          Reply
  10. Bom Dia.Realmente tem que colocar para jogar,ontem no E.Max Zico,Rivelino e Leão tiveram a mesma opinião sobre o garoto de,que tem que colocar para jogar.
    Realmente é um jogador habilidoso que não tem medo de entradas mais fortes e é um menino abusado com a bola no pé.
    Um comentarista da Fox no AUP passou uma informação sobre o VJ jogando contra o Vasco,sendo esta obtida por quem estava no banco do mesmo.
    O técnico do Vasco percebendo que o garoto estava dificil de ser contido pediu para o lateral para chegar mais duro e também provoca-lo.Ouvindo o que o técnico dizia se aproximou do Banco e disse”Olha é melhor vc colocar dois para me marcar porque num só dá”
    Quanto ao Renato Augusto,realmente é um bom jogador mas não me lembro dele sendo destaque no Bayer Leverkusen e no Flamengo oscilava muito e quem achou um espaço no campo foi o Tite aonde ele produziu melhor.
    PS.Para aqueles que gostam do futebol vcs já viram o Alan que é do Palmeiras este menino joga uma barbaridade.Tanto o VJ e o Alan já estavam participando do Brasileiro sub 20 do ano passado.

    Reply
    • Mario Fernando,
      E no Flamengo, também gostei do Lincoln (que joga com o Vinicuis Jr. desde os 13 anos de idade, ganhando tudo base!). Será um bom atacante, pois também é habilidoso.

      Reply
  11. Kleber, um pouco importante neste tópico é o espaço dado aos meninos. Hoje em dia não tem mais preliminar para a garotada. Os jogos são realizados em dias, estádios bem longe dos profissionais. Ninguém os vê, jogador não sente aquele calor da torcida e nem se ambienta com o clube. Aí quando vai para os profissionais, não consegue reeditar as atuações até por falta de costume.

    Reply
    • Querido Henrique!
      Na época da arquibancada de cimento, geraldinos, cachorro-quente da Geneal e Matte Leão, chegava ao Maracanã às 13:00 para ver os aspirantes.
      Depois, acabaram com este campeonato e os meninos passaram a ser pano de fundo.
      Hoje nem sabemos onde jogam. Inteira razão!!!

      Reply
  12. Onde assino, MARIO?
    “Para aqueles que gostam do futebol vcs já viram o Alan que é do Palmeiras este menino joga uma barbaridade.Tanto o VJ e o Alan já estavam participando do Brasileiro sub 20 do ano passado”
    Pena que seja mais anão que o Zangado dos 7 anões…
    Realmente joga muuuuuito!

    Reply
  13. Egon, genio, por essas e por outras várias que li escritas por você que lhe tenho tamanha admiração, com ou sem divergências. Gênio das palavras. Um grande abraço.

    Reply
  14. “Em primeiro lugar, agradecer aos queridos companheiros deste espetacular GLOBOESPORTE.COM, que rolaram a bola para um mundo de gente, bola esta levantada aqui no blog, em que o tema central foi o aproveitamento imediato de Vinícius Junior entre os profissionais do Flamengo.”

    Um desavisado ou, até mesmo um lesado (isso pra não dizer burro), que abrir a página e ler apenas os comentários, jura que Vinicius Jr. propõe a escalação do Kléber, já!!!!
    Como os caras distorcem o tema principal e, na carona, ofendem quem deu uma simples opinião…
    Nem mesmo Edmundo dos Santos Silva, que foi julgado e condenado, passa por um carma tão escroto quanto Kleber Leite…
    Gostaria de saber onde estava esse povo, quando o presidente trouxe Romário, Zé Roberto, Edmundo, Branco, Bebeto, Adriano, Renato Abreu, Leo Moura etc… ou, quando levou para o Flamengo o patrocínio da Petrobrás… fato inédito até então.

    Reply
    • Meu caro tb li os comentários e fiquei refletindo sobre isso, penso eu, que uma boa parte da mídia(oposição, oportunistas e antis) o elegeu para cristo e resolveram simplificar a monstruosa dívida do clube e o colocaram de bode expiatório, essa parte da mídia repete como mantra que o Sr Kleber Leite é responsável direto pelo passivo do clube e muitos torcedores mais novos não vivenciaram suas idéias e sua visão grandiosa do Flamengo.
      Inclusive essa diretoria já fez até um mea culpa em relação a demonização de sua figura.
      São novos tempos e existe uma política egoísta e interesseira por trás de tudo praticamente.
      O presidente já cansou de explicar aqui neste blog com bastante clareza e respondeu a todos esses ataques sofridos, mas a imparcialidade é algo raro no Brasil atual.
      Erros são cometidos e servem de aprendizado, como diz o mesmo: “melhor errar por ação do que omissão”.

      ” Errar é humano. Culpar outra pessoa é política.”
      Hubert H. Humphrey.

      Reply
      • Meu amigo Fernando!
        Sem dúvida alguma, a frase do Hubert H. Humphrey é pra lá de correta.
        Mas nada mais sábio que o dito popular!!!!
        “ERRAR É HUMANO… MAS COLOCAR A CULPA NOS OUTROS TAMBÉM É!”
        Grande abraço

        Reply
  15. Já são 16:00 e acredito que o martelo sobre o Maracanã que o nosso gurú KL mencionou seja a notícia do jogo contra o Alético PR pela libertadores…Esta confirmado no estádio. SRN.

    Reply
    • Kleber, a previsão mais certa sobre esse assunto são protelações, adiamentos e indefinições, mas estamos na expectativa que um dia isso vá ter fim, que seja amanhã! SRN.

      Reply
  16. Caro Kleber e amigos!
    O que foi dito acima pelos nobres amigos em suas falas, apenas me serve de reflexão para admirar a arte da leitura. Tentar escrever mais alguma coisa, seria leiloar o improviso e talvez nunca chegar a um conteúdo que possa se aproximar de tantos bons dizeres. Apenas quero celebrar a alegria de poder ler tantas poesias e que nestes bons debates chama-se Vinícius Jr. Vale a pena participar do blog.
    A comparação do Kleber com Júlio Cezar foi muito boa, assim como do nosso não menos ídolo Renato Augusto. De toda sorte de opinião, tem uma coisa na vida que prezo muito: “A CONFIANÇA”. Esse menino travestido de gigante e ao mesmo tempo, que joga futebol como tivesse num circo fazendo malabares, deve, por muitos e muitos argumentos subir ao profissional e começar a jogar de imediato. O risco? apenas o de se queimar (como costumam falar). Com apenas 16 anos ele terá pelo menos mais 20 anos para se recuperar. O Pelé começou com 17 anos e o Neymar com a mesma idade.
    Uma pergunta: faltará maturidade ao Vinicius Jr para começar ou a diretoria do Flamengo para arriscar? A quem faltará confiança?
    Acredito que o Vinicius Jr passa neste momento a ser um apelo e não mais uma promessa. O futebol precisa ter essas delicias do improviso e muitas vezes de doses “irresponsáveis” para encher nossos estádios de alegria e esperança.
    O Vinicius Jr será um dos melhores “erros” que o Flamengo poderá cometer colocando-o para jogar, ou seja, o erro para bem!
    SRN

    Reply
  17. Amigos , o nível hoje está acima da média , fantástico !!! Como divergências expostas entre amigos abrem nosso horizonte , hoje só vou agradecer o privilégio de estar entre vocês !!!

    Reply
    • Pedrão. Nem fala isso!
      Vou correndo ver a distância de Angra dos Reis para cidade da Fama… kkkkkkk
      Pelo que li é no sul de Minas. Minha ex era de Pouso Alegre. Apenas 120,2 km de distância…
      Se eu soubesse estaria casado até hoje… kkkkkkk
      Devia ter te conhecido antes!!!!

      Reply
  18. Kléber Leite, o que você fez ao pedir ao Ney Franco que colocasse um jovem jogador na viagem foi algo que cobro muito dos dirigentes. É preciso os dirigentes se imporem, pois treinadores colocam jogadores de futebol fraco em campo, enquanto a base possui muitos jogadores promissores e melhores. O Flamengo tem uma geração de bons jogadores e alguns excepcionais como há muitos anos não tínhamos, mas é preciso o treinador ter coragem e colocá-los nos jogos da Libertadores e brasileiro. Que não lembra do Marquinhos do Corinthians que não foi aproveitado, foi vendido e hoje é seleção brasileira. Não acredito que um time que tem jogadores do nível de Márcio Araújo, Pará, Rafael Vaz e Gabriel como titulares possa ser campeão conquistando um título de expressão! A história do Flamengo é títulos com a categoria de base!

    Reply
  19. Parabéns, Carlos Egon.
    Vc transcreveu exatamente o que eu sempre achei do Renato Augusto! Já debati muito esse assunto em casa e com amigos. Foi perfeito, também, ao falar do Renato Abreu e do Elias!

    Reply
    • Meu amigo Jone!
      Estamos “provando” o quanto é legítima a divergência.
      Muito legal opiniões diversas, olhos diversos, conceitos diversos… e, respeito único entre nós…
      Acho que estamos dando exemplo civilizado ao mundo dos barraqueiros.
      Grande abraço, meu amigo.

      Reply

Comente.