Quarta-feira dos deuses do futebol

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Que quarta-feira foi essa?

Confesso que, pra começar, foi o dia de maior superação na história do futebol. O que fez o Barcelona, jamais havia visto em nenhum gibi do futebol. Entrar precisando fazer 4 a 0, e assim mesmo tendo que decidir nos pênaltis era missão quase impossível. Quase…

O futebol é o mais apaixonante esporte do mundo, exatamente pelo fato de ninguém ter a garantia de nada, por maior que seja a vantagem ou a suposta superioridade. O futebol é mágico…

Dos 42 aos 50 minutos do segundo tempo, precisando, o Barça fez três gols, sendo o da classificação, no último minuto. Neymar, decisivo. Vitória épica!!! 6 a 1 improvável, mas o futebol permite isso, principalmente quando há talento. Que vitória do Barça!!! Que loucura!!!

Na sequência, no Maraca, só deu Mengão. Estreia na Libertadores para ninguém colocar defeito. Primeiro tempo morno. Segundo, alucinante. E, 4 a 0 foi pouco…

Festa linda, proporcionada por esta incomparável torcida.

A zaga, perfeita. Este Rafael Vaz, que alguns criticam, show… Laterais participativos. Meio de campo confuso no primeiro tempo e solto no segundo. Diego, Éverton e Arão, ditando o jogo. Berrío, uma alegria. “Fio Maravilha” colombiano… E, Guerrero, dando uma mão de obra descomunal para a defesa argentina. Até Gabriel brilhou…

Repito o que já disse mil vezes aqui: o Flamengo tem elenco para brigar por qualquer título no nosso continente. Além disso, tem a mais louca e apaixonada torcida do mundo.

Que quarta-feira…. Para quem ama o futebol, que sonho…

Difícil vai ser dormir. Também, depois de tudo, de tanta emoção, dormir pra que?

1 Comentário

  1. Que bela vitória no segundo tempo! A entrada de Berrío foi fundamental por abrir a defesa adversária . O time deixou de embolar pelo meio, levando Diego a comandar a goleada. Essa deve ser a equipe para a partida contra a Católica.

    Reply
  2. Kleber:

    No segundo tempo, o gol logo no início mudou tudo. Mas o que mudou a cara da partida foi a entrada de Berrío, ainda no primeiro tempo, nenhuma dúvida. Simples: Mancuello é banco. Aliás, esse jogador já teve todas as chances possíveis.
    Escrevi que seriam três gols, no mínimo. Só não imaginei_ quem imaginaria?_ que o Gabriel fosse entrar bem, hoje ( bem entendido, hoje). Quanto ao Vaz, a quem defendo desde o primeiro jogo no Flamengo, é jogador importantíssimo. Muitos ” analistas” esquecem que, quando NÃO há um MEIO-CAMPO marcador, pegador, brigador, roubador de bola, tudo arrebenta na zaga. E, com o treinador IMPEDINDO que os zagueiros se lancem irresponsavelmente, tudo fica mais fácil.
    Por fim, Diego. Sinceramente, ainda está muito, muitíssimo AQUÉM do que pode render. Ao contrário do que já escutei, NÃO foi ele o jogador mais importante em campo: o jogador vital, no jogo de hoje, pela injeção de ânimo que deu à equipe, foi BERRÍO.
    Saudações,
    Carlos Cazé.

    PS: Parece que foi ontem. Flamengo x Cobreloa, Maracanã, 1981. No intervalo do jogo, o repórter entrevista Pelé. Ele diz, simplesmente: ” A única diferença entre mim e o Zico é a cor “. Nunca me esquecerei disso. E, hoje, no intervalo do jogo, o entrevistado foi o Galinho. Pena que ele não pode retribuir tal distinção a nenhum jogador em campo, não é verdade?

    Reply
    • “Quanto ao Vaz, a quem defendo desde o primeiro jogo no Flamengo, é jogador importantíssimo.”
      CONCORDO COM CADA VÍRGULA, amigo Cazé!
      Chegou do Vasco, onde era banco, cheio de desconfiança da torcida. Até minha!
      Não mais que de repente, coloca o ídolo Juan no banco e assume a titularidade.
      NÓS, estamos carecas de criticar zagueiros zagueiros. Aquelas coisas, que tem como fundamento mais importante, o bico para onde o nariz aponta.
      Zagueiros que não podiam ver Mauro Galvão jogando e, batiam palmas pra Júnior Baiano.
      Vaz, até pelo tamanho, é um zagueiro lento mas, que raramente perde uma bola pelo alto.
      Sabe sair jogando como poucos, além de ter a habilidade de lançar uma bola, 40 metros de distância… no pé!
      Evidente, que fica meio vendido no mano a mano. Papel esse, que um bom volante de marcação resolveria facilmente.
      Quanto ao futebol que joga, é uma gratíssima surpresa.
      Vou mais longe! Pelas características, que é marca registrada dos armadores, jogaria com maior tranquilidade como 2º volante.
      Mascherano, quando no Corinthians, era esculhambado. No Barcelona, é endeusado. Tanto como volante, mas também como zagueiro.

      Concordo contigo mais uma vez…

      Reply
  3. Kleber me empolguei sim com o Barça, time dos sonhos, aliás clube do sonhos, se tivesse nossa torcida seria completo, mas como amo o Mengao eu agradeço ao Barça, mas quero falar do mais querido. Não me empolguei, time tem q melhorar muito, não é pessimismo, mas pegamos galinha morta, prefiro esperar mais um pouco o empolgar, de qualquer forma valeu pela 4a feira dod gols, o futebol agradece!

    Reply
  4. Chegando em casa, depois de assistir ao show da torcida no maraca, linda festa.

    Time tem qualidade, mas o sistema defensivo do Flamengo pelo lado esquerdo preocupa, Romulo não tem velocidade, nem o habilidoso Trauco, está uma avenida, só não ver quem não quer.

    Os Destaques já foram ditos, contudo se faz obrigatória uma honrosa menção ao Pará, muito seguro na defesa e se lançou ao ataque com muita inteligência.

    Ponto alto da noite a torcida ovacionando Márcio Araújo, a quem não goste, mas ele e o cara para fechar a avenida Miguel trauco e deixar o habilidoso lateral peruano mais a vontade para criar.

    Grande abraço!

    SRN

    Reply
  5. Bem! Após maratona etílica, vou com a roupa que estou, tentar entender o que aconteceu em campo hoje. Confesso que estou temeroso pelo destino de Neymar, Messi & Cia…
    Foi o 4×0 mais barato que vi nos últimos anos. Papo de 8 no barato! Uma exibição absolutamente satisfatória.
    Mais ainda, pelo reconhecimento do nosso TÉCNICO, do que ele não quer. O que quer, fica pra depois…
    Ou seja! Não repetir as crateras deixadas na nossa defesa no jogo passado.
    Vamos as notinhas!!!
    MURALHA – A impressão que tenho, é que existe um segredinho não revelado. Causa uma imensa sensação que vai falhar feio a qualquer momento. Como o ônus da acusação é meu, fico na sensação – 5
    PARÁ – Tem sido de uma regularidade absurda! Por ser nossa válvula de escape (assim como sempre foi Léo Moura) em nenhum momento nos deixa na mão. Palmas para o Zé, que criou o novo New Pará – 7
    RÉVER – Derrapou contra o Flor, jogou muito contra o San Lorenzo. É o cara da nossa defesa – 9
    VAZ – Ótimos lançamentos, mas muitas vezes lança sem necessidade. Talvez, por achar que é um pouco mais do que realmente é. Perfeito na cobertura a Trauco – 8
    TRAUCO – Alguém com saudades do Jorge? – 9
    RÔMULO – Até eu, escalei logo após o lateral, demonstrando a posição que ele ocupa… mas não ocupa…
    Arão na Fox após o jogo: “eu e Rômulo nos revezamos atacando”…
    Já que existe um baita preconceito contra meu Iniesta Araújo, temos que contratar um volante que NÃO ataque… – 7
    ARÃO – Fez uma partidaça! Matou a pau ajudando Diego no corte & costura. Jogador da mais alta importância para o conjunto – 9
    DIEGO – O nome do jogo! Embora, tenha sido mais vertical no segundo tempo. É o maestro do time. O cara que os adversários respeitam – 9,5
    MANCUELLO – Duas situações! Deu azar por ter se contundido, e nós, demos sorte do Berrío o substituir… fraquíssimo – 3
    ÉVERTON – Anda deixando nosso lateral na mão. Já não é o “auxiliar” que era do Jorge. Perdeu um gol absurdo, que poderia ter mudado a história do time no primeiro tempo – 5
    GUERRERO – Pense numa coisa horrível! Multiplique por 10! Foi isso que vi ontem em campo!!! Uma recaída digna de Negreiros – 1
    ZÉ MITO RICARDO – Dois erros imperdoáveis! Insistir com Mancuello e, manter um volante que não marca ninguém, porque detesta proteger a zaga.
    Como Berrío pode ficar fora desse time, sendo ele o fogaréu que precisamos????
    Contudo, aprendeu a lição contra o Flor e fechou o time com sabedoria. Todos marcam e cercam – 9

    Reply
    • Pô! Como esqueci o ANJO GABRIEL!!!!
      Entrou e arrebentou! Sofreu o penalti que Negreiros de Cubatão desperdiçou e, fez um golaço – 9

      Reply
      • Nao sei se foi pior o 1 do Guerrero ou lembrar que esqueceu do Gabriel e nao lembrar do Berrío!! Chamar Gabriel de Anjo da até ansia!! É por partidas como a de hoje que ta no Flamengo a 5 anos!!! Ano que vem ele faz outra e renova a esperanca de que um dia vai vingar em meia duzia de rubro negros!!

        Reply
        • Rick
          Guerrero esta com habeas corpus com a torcida, pelo menos por enquanto, foi esforçado, esta aprendendo o que é vestir a camisa rubro negra.
          Gabriel, há se ele fosse sempre assim!

          Reply
        • “Como Berrío pode ficar fora desse time, sendo ele o fogaréu que precisamos????”
          Pronto, meu caro RicK… kkkkkkk
          No Brasileiro de 2012, jogando pelo Bahia e sendo revelação do campeonato Brasileiro, deu a ele esse aval inesgotável. Como está vindo do banco, também espero que Zé não se empolgue…
          SE… alguém visse a atuação do Luiz Antonio na final da Copa do Brasil contra o Atlético PR, com certeza estaria contratado e jogando ao lado de Neymar, Messi e Suárez.
          Um dia é um dia, outro dia é outro dia…

          Reply
    • Egon, “CONTRATAR UM VOLANTE QUE NÃO ATAQUE”, essa foi a melhor tirada!
      Se com o Caramujo jogávamos com apenas 1 volante, com Rômulo jogamos sem nenhum.
      Lá pelo fim do primeiro tempo eu perguntei a dois amigos de bar, “Vcs ouviram falar no nome do Rômulo no 1o. tempo?”, a resposta foi unânime…NÃO!
      Essa ai já no campo da implicância mesmo, outra pergunta: “Vcs acham que o Rômulo tem cara de jogador rubro-negro?”, ou resposta unânime, NÃO!

      Reply
      • Amigo Nino!
        No m2 que Rômulo atua, só falta colocar uma placa “HOMENS TRABALHANDO”…
        É um buraco digno de Light, Prefeitura do Rio… ou, minha conta bancária…
        Ele pode até ter cara, mas não tem coração pra correr atrás de atacantes…
        Um carrapato light!!!
        Nem vou falar mais no meu querido Iniesta Araújo. Vão xingar minha mãe!
        Mas, que precisamos de um rottweiler protegendo nossos zagueiros, não tenho menor dúvida…

        Reply
      • Faaaaaaaaaaaala amigo Jordan!
        Não dei nota, mais não deixei de exaltar a grande importância quando entrou.
        “Como Berrío pode ficar fora desse time, sendo ele o fogaréu que precisamos????”
        O que significa dizer, que leva 8 pela boa atuação de ontem.
        Precisa usar mais sua velocidade, dando um tapa vertical! Um torque de Golf GTI 2.0…
        Abraço grande, meu irmão.

        Reply
  6. Concordo com o que foi dito quanto VAZ, gosto dele na zaga com Rever, mas faz lançamentos, muitas vezes desnecessários. E MURALHA poderia participar mais com a dupla jogando com os pés.

    EVERTON, precisa auxiliar mais na marcação pois tanto ele quanto TRAUCO avançam muito e a zaga fica exposta.

    Gosto do time com BERRIO, porém com a próximidade da entrada de CONCA, o MANCUELLO será mantido para esquentar a vaga que é dele.

    GABRIEL, tenho minhas reservas. Gosto dele atuando APENAS pelas pontas, e não no meio, mas ontem soube usar sua velocidade contra um time desgastado fisicamente.

    E como não falar dele? Brasileiro adora cabeça de área tradicional, enquanto na Europa, volantes modernos. Nem mesmo com suas estatísticas – indenfensaveis – M.ARAUJO, foi ou é cogitado pra seleção brasileira ou contratação para um pais Europeu ou Asiático, enquanto RÔMULO já vestiu a amarelinha.

    É impossível não admitir que ZE RICARDO ainda comete falhas, mas podemos ver que o time corresponde os seus pedidos com aplicação tática, vide o segundo tempo, e isso vale muito mais que qualquer Muricy e Luxemburgo juntos. Precisamos treinar mais triangulação e compactação.

    Sds RNs

    Reply
  7. Caro Kleber e amigos!
    Foi um segundo tempo de muito bom futebol, mas, comparando a leitura de jogo do sempre brilhante Carlos Egon, minha unica dúvida no time principal ainda é o Rômulo. Não que ele não jogue bola, pelo contrário, sabemos que tem potencial, porém, o momento dele é ainda delicado, principalmente, em cobertura pouco pensadas, passes erradas e dificuldades de dá passos em campo com mais leveza. As pernas dele ainda estão presas, o que se caracteriza como falta de ritmo e ausência de preparo. Quem poderia ser o seu substituto? O Márcio tão criticado? É uma questão para o Zé Ricardo resolver. Ainda assim, acredito que o mesmo irá insistir com o Rômulo. O outro caso, no entanto menos grave, chama-se MANCUELLO. Ainda nos deve, apesar das poucas melhoras ao longo deste ano. Acredito que ainda não está na função certa e isso precisa ser visto. A ideia de guardar o lugar para o Conca não me convence. Que guarde o lugar alguém mais preparado no momento.
    Seguindo o jogo e entrando no segundo tempo, não tenho dúvidas em afirmar: 4 X 0 foi realmente muito pouco. Mais 15 minutos de partida e faríamos mais alguns. Foi um segundo jogo para nos encher de brios, nos fazer acreditar que é possível, passar por cima do jogo passado e criar um espirito de campeão, coisa, que vem faltando ao Flamengo nos últimos anos. O Flamengo precisa voltar a máxima de que simplesmente sua camisa em campo já faz o chão tremer.
    Finalizando, o como de costume aqui no blog e novamente concordando com o Egon, tenho e terei sempre dúvidas quanto ao Muralha. Acho-o baixo, inseguro e vez por chegando atrasado em bolas. Para a libertadores entendo que um GRANDE GOLEIRO é fundamental. Vamos ver no que vai dá. O momento agora é de alegria. Futebol é isso Kleber. Se não somos o Barcelona ainda, nos contentamos em ser A MAIOR TORCIDA DO MUNDO. Igual ao Flamengo, somente o sub 20, sub 17, sub 15 e os recém nascidos.
    SRN a todos com muita alegria e leveza. Uma quarta-feira realmente muito clara.

    Reply
    • “A ideia de guardar o lugar para o Conca não me convence”…
      Como SEMPRE, concordo plenamente com MEU amigo!
      Mas a escalação do Mancuello me convence menos ainda.
      Berrío, chamado maldosamente de “Cirino com ABS e vidros”, além de ter participado ativamente da conquista da Libertadores juntamente com Borja e Guerra, é um atacante muito interessante (ui!!!)…
      Empatamos contra o Fluminense justamente pela boa atuação do Wellington Silva.
      É NECESSÁRIO um atacante que esteja pronto para puxar o contra-ataque. Normalmente pelos lados do campo.
      Isso, não só preocupa o lateral, como sua cobertura. Avançar e deixar uma avenida, é justamente o caminho que Berrío precisa.
      Portanto, meu amigo Canindé (minha arara favorita), nada mais verdadeiro que sentar Mancuello no banco e, dar a camisa ao colombiano.
      Quando Conca estiver apto, pensamos no problema…
      Grande abraço, irmão

      Reply
  8. Engraçado caro Kleber….

    Na noite de domingo o pobre Rafael Vaz foi massacrado por todos, e eu o pergunto: Qual foi a grande evolução do zagueiro? Não tomou gol?

    Então de fato somo todos críticos de resultado?

    Rever fez uma partida perfeita. Vaz, Trauco, Romulo e Arão apresentaram o mesmo futebol fraco de domingo.

    A diferença é que Domingo Abel Braga tinha em mão um time que Aguirre não tem. Domingo era um clássico regional onde duas equipes se equiparam e muito. Domingo o Fluminense teve pernas…. pelo menos até levar o gol de Guerrero, já o San Lorenzo ontem morreu no segundo tempo.

    O 4×0 de ontem poderia ser 8×0. Mas poderia ter sido um 2×1 para o San Lorenzo.

    Time esse que estava a 78 dias sem um jogo oficial.

    CONCLUSÃO…………..

    Nem precisamos caçar as bruxas quando de um empate num clássico regional, nem precisamos achar que somos o Barcelona.

    #Simples_assim.

    Reply
    • Olha Anderson, eu não ví anda demais na atuação do Vaz ontem não. Aliás vi aquele Vaz voluntarioso, lançando bola, indo para o ataque, O QUE É ALTAMENTE PREOCUPANTE!

      Reply
    • Graaaande Anderson!
      Aguirre tinha sim, um atacante no mesmo nível do Wellington Silva (Botta). Acontece que Zé Mito Ricardo aprendeu a lição e encostou Éverton ao lado do Trauco.
      Sem milho… sem pipoca…

      CONCORDO MUITO COM ESTA FRASE. EM CAIXA ALTA…
      “Nem precisamos caçar as bruxas quando de um empate num clássico regional, nem precisamos achar que somos o Barcelona.”

      Quanto o amigo se refere ao Barcelona, tenho minhas dúvidas… kkkkkk

      Reply
  9. Bom dia, e que dia bom!!!
    Primeiro, sobre o Barça, somente impressionante.
    Ao que interessa:
    Que jogo o nosso, que torcida. Que orgulho de ser Flamengo.
    Poderia fazer uma ressalva ou outra sobre um ou outro jogador, mas não farei isso.
    Prefiro me deleitar pela grande estreia e torcer mais ainda que esse momento seja longilíneo e duradouro.
    Que nosso time e nossa torcida continue fazendo essa festa linda no maracanã, afinal, o maraca é nosso!!!!!
    Obrigado Flamengo

    Reply
  10. O primeiro tempo foi ruim, o time totalmente espaçado – o que foi observado pelo Júnior na transmissão do jogo. O San Lorenzo, caso não estivesse nitidamente fora de forma, poderia ter aproveitado estes fatos. Mas o jogo mudou completamente após a contusão do Mancuello, trouxe o que este Flamengo/2017 precisa, de um jogador que incendeie a bodega da partida…

    Vamos as notas:

    MURALHA – Pouco exigido. (5)
    PARÁ – A entrada de um jogador veloz pela “ponta” direita o ajudou muito, conseguiu ser o NewPará, seguro na defesa e útil no ataque. (7.5)
    RÉVER – Foi o verdadeiro LÍDER em campo, distribuiu esporro para todos os lados, principalmente no Rafael Vaz. Como gosto de ver isso em campo! Muito seguro atento (9)
    VAZ – No início do jogo parecia estar bem assustado, levou várias broncas do Réver. Acordou após dar um carrinho na lateral que inflamou a torcida. Após isso parece ter tirado um peso das costas – (7)
    TRAUCO – Como dito pelo Egon: “Alguém com saudades do Jorge?”. Ele é muito técnico, mas certamente precisa de alguém para ajudar na recomposição, pois acho que o time não pode abrir mão da qualidade ofensiva dele – (8.5)
    RÔMULO – Não sei se era assim na época do Vasco e das convocações para a seleção, mas me dá uma agonia tremenda ver a lentidão deste jogador na recomposição. Dizem que estava há muito tempo parado, espero que possa melhorar pois não gosto do M.Araújo – (6,5)
    ARÃO – Ao contrário do Egon, não achei uma partidaça do Arão. Primeiro tempo bastante apagado, depois evoluiu com o time. Mas, certamente, é importante para a engrenagem dar certo – (7.5)
    DIEGO – O que mais me agrada no Diego é a capacidade de receber a bola e fazer o giro, bem como de chamar a atenção marcação… Sempre ouvi isso, que o craque é importante para duas coisas: 1) Decidir o jogo; 2) Chamar a atenção da marcação adversária, abrindo espaços para os coadjuvantes. Ontem o Diego fez isso, pois em TODAS as bolas ele segurava dois marcadores argentinos. E ainda fez um GOL DE FALTA, acho que nenhuma outra torcida no mundo gosta tanto de ver gols de falta como a Nação Rubro-Negra – concordam? (9)
    MANCUELLO – Não tem como avaliar, embora não me agrade na função que vem exercendo…
    ÉVERTON – Não pode perder gol daquela forma em Libertadores, no mais, fez uma partida média – 6
    GUERRERO – Nunca mais o deixem bater penal, nem mesmo em goleadas! Ele se abate demais quando erra, saiu tão desnorteado que nem foi lá no meio campo para saldar a torcida. Uma partida fraca para quem GANHA 900 MIL REAIS por mês. (5)

    BERRÍO – Usain Bolt colombiano e futebolista que joga no Flamengo. Quem o compara com o M.Cirino está louco, pois NUNCA vi um ESPÍRITO de GARRA no brasileiro, o que notoriamente o Berrío tem. Colocou fogo no jogo, e é tão veloz que naturalmente anula a função ofensiva do lateral esquerdo do time adversário. Já observei, também, que melhorou bastante na recomposição da defesa. Que maldade o juiz ter marcado aquela falta (que não existiu!) após a corrida do Berrío – (8.5)

    ZÉ RICARDO – Conseguiu corrigir o time no segundo tempo – (7)

    Apenas como observação, que tristeza ver o gramado do NewMaracanã naquele estado deplorável. Atrapalhou muito o nosso time, a bola não parava um minuto.

    Reply
    • Beleza, meu amigo Diego!
      Uma ou outra variação de notas, é absolutamente natural!
      Até porque, não vemos os 100 minutos sem levantar. Gelo e dose ainda não andam pelas próprias perninhas… kkkkkk
      Grande abraço, irmão.

      Reply
    • Diego, concordo com as suas ponderações em relação ao Rômulo e MAraujo, e aproveitando a deixa, apenas para dizer que, quando eu os comparo, não faço apenas em relação a A ou B, mais na seguinte lógica:

      um time que não saiba jogar compactado do goleiro até o atacante, sempre precisaremos de MAraujos, Charles Guerreiros, Willians, Jonas,…

      Um time que saiba jogar compactado, poderemos jogar com Andrades, Elias, Paulinhos, Mancuellos/Rômulos-Arão,…

      E viva Mengão, o esquadrão, alegria da nação!

      Reply
  11. Kleber, se uma virada como essa do Barcelona tivesse acontecido com um time aqui no Brasil com a ajuda do apito e faltas cavadas à sul americana a imprensa esportiva brasileira hoje estaria “metendo o pau “. Quanto ao nosso Flamengo ontem foi outra história. Uma vitória com 3 golaço, uma vitória incontestável. Contudo acho que o Zé Ricardo erra em insistir com Marcello e Rómulo e ao corrigir o Vaz com essa mania de querer armar o time e às vezes se portar como atacante. Em fim,foi mais uma dessas inesquecíveis noites rubro negras.

    Reply
  12. Presidente, o jogo, a festa, mostra claramente que ninguem ode gerir o maracanã sem o Flamengo. Mais importante do que o jogo ou o resultado, foi o que o clube fez pelo estadio. É hora de pressão na ALE RJ, para que decida-se pelo bem do estadio. Mude-se as normas e entreguem o estadio para o Flamengo e o Fluminense.

    Reply
  13. Os argentinos arriaram os pneus no 2o. tempo, gostei do placar, mas sinceramente não gostei do time! Eu sei foram 4 gols!!!
    Achei que o time perdeu a triangulação de bola que tinha no ataque, recorrendo a chutões da defesa e a lançamentos com bolas altas na área.
    Na defesa existe um buraco, uma avenida no meio, de forma que até os zagueiros estão jogando mais adiantados por conta do posicionamento dos volantes (volantes?).
    Na lateral outra avenida, em que pese o Trauco ser ofensivamente excelente, defensivamente é muito fraco, e a bomba começa a estourar na conta da zaga.
    A melhoria boa que eu vi foi de fato o Barrio.
    Como não estou aqui para jogar arroz de festa, é isso que penso!
    SRN

    Reply
  14. Bom dia amigos!
    Grande jogo, ops, grande segundo tempo, muita gente reclamando do primeiro, gosto de frisar que não conhecíamos o adversário, não sabíamos como iria jogar, passou 30 min ZR deu um jeito e fomos pro jogo. Diego jogou muito no segundo tempo, como Arao e os demais, porém, uma peça me chama atenção. A regularidade do Pará é fantástica, a muito tempo não vejo uma partida nota 5 do rapaz sempre bem… vamos as notas.
    Muralha – Precisamos de outro goleiro, talvez o fato de não ter uma sombra o fez cair de rendimento. 5
    Pará – Uma regularidade que impressiona, tanto no ataque quanto na defesa. 7,5
    Réver – Nosso sheriff, sempre seguro dando o tom da defesa, assim como Diego esta para nossas jogas ofensivas Réver esta para as defensivas. 8
    Vaz – No dia que ele parar, colocar a bola no chão e dar esses passes longos uma vez ou outra vai crescer muito, defensivamente foi bem – 7
    Trauco – Ah o menino Trauco… veio de Graça e nos rendeu uma grana pela venda do Jorge, acertamos com um bom lateral. Um bom jogo dele, pela primeira vez o vi acertando carrinhos, três pra ser exato, e jogou bem defensivamente também, só tomou uma nas costas. Bonito gol. 7,5
    Rómulo – Falta vontade e noção do que está fazendo, muitas vezes perdido em campo, primeiro passo é entender que é primeiro volante e ajuda na saída de bola. Parar de errar passes será muito bom. Fez bem a jogada ensaiada do terceiro gol. 6,5
    Arāo – Boa partida um dos poucos lúcidos no primeiro tempo, no segundo manteve o nível. 7,5
    Diego – Nada a declarar. 9
    Mancuello – joga manco (sem trocadilho), no meio campo a faixa direita não é seu lugar, um terceiro homem de meio campo seria o ideal. 4
    Berrio – Um tanque, que cara louco, gosto muito, brigador, parte pra cima, sempre leva perigo, bom jogo do Jamal Rubro negro – 7
    Everton – O de sempre, brigador, corredor, errando finalização. 6,5
    Gabriel – Entrou muito bem, sofreu Penalty, Fez gol, gol não, golaço. Espero que volte a ser o jogador da copa BR 2014 – 7,5
    Guerrero – Um pouco abaixo das últimas partidas, brigou, lutou, segurou a defesa dos caras, é nítido que está começando a entender o que é jogar pelo Fla – 6,5
    Zé MITO – Não vejo um técnico que atue no Brasil melhor que ele. Tem o grupo na mão, sabe o que está fazendo, soube armar um time contra um adversário que ninguém conhecia, por isso os primeiros 30 min abaixo do normal, depois ajeitou e o time andou. 9

    Reply
  15. Kleber,
    Não quero ser chato, até porque hoje é dia de comemoração…
    Uma estréia na Libertadores vencendo por 4 X 0, é para muita comemoração!!!

    Ainda assim, apenas para não dizerem que só falo nas derrotas, continuo achando que temos um técnico fraco, que ontem foi salvo pela contusão do Mancuello (já está mais do que provado que ele não pode continuar jogando pela direita, é de dar pena…) e ainda, que o Vaz é fraco, o Rômulo é muito lento e o time como um todo, é pouco criativo, sem variações táticas e com sério problema de recomposição, principalmente por dentro do campo.

    Sobre o jogo de ontem gostaria de destacar 2 pontos, um referente ao campo bola e outro sobre a gestão do nosso Mengão.

    CAMPO BOLA
    Acho que o Zé Ricardo tem um grande e importante dever de casa:

    TRAUCO > Mais uma vez ficou evidente que todos os nossos adversários irão jogar em cima dele, pelo simples fato de que defensivamente ele é frágil.
    Logo, cabe ao ZÉ dispensar uma atenção especial para desenvolvê-lo defensivamente, orientando principalmente sobre posicionamento, vale o investimento uma vez que é um jogador que apresenta bom potencial de criação e boa técnica, que o destacam no momento ofensivo;

    BERRIO > O ZÉ precisa desenvolver um trabalho específico de conclusões, esse jogador precisa ser mais contundente, mais artilheiro, mais definidor, precisa ter vontade de marcar gols e não só ficar procurando alguém para dar o passe, no popular tem que ser mais “fominha de gol”.
    É um diamante bruto, tem velocidade, tem sentido coletivo, tem boa leitura de jogo, repito só precisa ser mais definidor.

    GESTÃO DO MENGÃO
    Sobre esse item gostaria de deixar registrado o grande vencedor do jogo de ontem: EDUARDO BANDEIRA DE MELLO
    O que se viu ontem no Maracanã é fruto de uma decisão de quem está totalmente imbuído de levar nosso Mengão ao lugar que sempre mereceu, além de toda festa que o EBM proporcionou a Nação, fica ainda uma demonstração do quanto o atual Flamengo é competente fora de campo, do quanto está preparado para assumir o Maracanã, só resta que os governantes tenham um pingo de bom senso e sensibilidade para constatarem essa realidade: O MARACA É NOSSO !!!

    PARABÉNS E MUITO OBRIGADO AO MELHOR PRESIDENTE DE CLUBES DE FUTEBOL DO BRASIL, SR. EDUARDO BANDEIRA DE MELLO.

    SRN

    Reply
  16. O Daniel G não vai comentar nessa postagem?
    Se o Flamengo fosse o Barcelona e tivesse se classificado vencendo igual o Barça, ainda assim iam encontrar desculpas.
    Quase goleamos por 1 x 0.
    Feliz demais com o Mengão…
    SRN!

    Reply
    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Boooooooa Carlotão!!!!
      Nosso amigo Paulo Edson, morador do apartamento acima do seu, foi cirúrgico ao extremo…

      GESTÃO DO MENGÃO
      “Sobre esse item gostaria de deixar registrado o grande vencedor do jogo de ontem: EDUARDO BANDEIRA DE MELLO”…

      Das 5.000 bolas chutadas por esse cara, que tem ar de bobinho, 4.999 entraram… e, 1 bateu na trave…
      Em menos de 1 mês, deslocou 150 funcionários que trabalhavam na Ilha e, RESGATOU nosso Maracanã para uma festa colossal…
      Perfeito, Paulo!

      Reply
  17. Libertadores é no Maracanã….nossa verdadeira casa ….do tamanho do Flamengo….espetáculo de público além de um espetáculo de arrecadação para aqueles que preferem $$$ do que sucesso desportivo…Uma Vez Flamengo Sempre Flamengo

    Reply
  18. Assino embaixo o que disse o Marco Aurélio. Flamengo = Maracanã.

    Quanto ao jogo, time entrou nervoso no 1º tempo com Diego e Mancuello errando todas as bolas. A entrada do Berrío deu nova cara, porque nunca vi um cara correr tanto. Além disso, sobrou vontade, força física, espírito de Libertadores. Aliás, se o futebol faltou no começo, sobrou raça e vontade. Rever um monstro.

    No 2º tempo com Diego acordado, aí não teve pra ninguém.

    Fiquei bem feliz, mas é preciso calma, pois quarta que vem temos a La U no Chile e lá é pedreira.

    Reply
  19. Tudo muito bom,agora, após esta vitória dentro e fora de campo.Mas há muito coisa a melhorar.:

    Muralha,não sabe sair do gol.
    Trauco,marca mal.
    Romulo,fora de forma.Lento,sem velocidade.
    Diego,deve conduzir menos a bola.Preferivel lançar.(Com Berrio em campo,já tem uma opção.
    Falta um volante de contenção.Que roube a bola e passe adiante com precisão,para evitar o conta-ataque do adversario.
    Saudações rubronegras!!!!!!!!!!!!

    Reply

Comente.