Quem promete…cumpre!!!

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

No POST anterior, para quem não leu, disse que me recuso a comentar qualquer jogo de futebol quando não haja normalidade. É o caso da grama sintética, com os donos da casa – ainda por cima – fazendo chover no “gramado” momentos antes da partida começar…

Com tudo isso, não fosse a falha do nosso goleiro no primeiro gol do Atlético, o resultado poderia ter sido outro.

Claro que falta ao Flamengo o jogador decisivo. Hoje, com toda adversidade, se Diego estivesse em campo, seria uma barbada.

Além de não ser justo criticar o time pela situação inusitada do gramado, é importante dizer que o placar foi absolutamente injusto. O predomínio do Flamengo, principalmente no segundo tempo, foi absurdo. Além de dominar o adversário, três gols inacreditavelmente perdidos. Dois com Damião e, o pior, com Gabriel.

Embora tenha a opinião de que Vinícius Jr. seja o único talento entre os garotos do Flamengo, não há como não registrar que Matheus Sávio entrou muito bem no jogo.

Guerrero, foi guerreiro, armador, ponta e centroavante. Jogou muito bem. Faltou alguém com ele no ataque.

Aliás, não dá para dizer que alguém tenha jogado mal. Como ponto negativo, apenas a falha do nosso goleiro no primeiro gol. De resto, dentro das limitações naturais do que estamos observando no futebol brasileiro, não dá para reclamar.

Hoje, infelizmente, São Judas estava de folga…

1 Comentário

  1. Queria saber o que o Gabriel faz de produtivo? O que o Márcio Araújo faz que o Cuellar não faça e o que Vaz tem que não consegue pular

    Reply
  2. Hj tirando os gools perdidos não dá p/reclamar de nada, durmo com a sensação q este time com poucos acertos q faltam vai nos dar muita alegria este ano, está amadurecendo, parabéns Mengao!

    Reply
    • Amigo Sergio! Estamos aprimorando o fundamento como perder gols absurdos…
      Agora, conseguem perder 2 num único lance…
      Damião cabeceia no travessão, na volta, Guerrero “atrasa” também de cabeça, para o goleiro…
      Essa suruba toda, DENTRO da pequena área…
      Segunda derrota do ano, em jogos que fomos infinitamente melhores.
      O que acontece, é fácil detectar.
      Não existe no elenco, nenhum jogador com dom em finalização.
      Diego é o menos ruim neste fundamento.
      Além é claro, de não contar no ataque, com NENHUM jogador matador. A referência… o cara do último toque. Um “Fred”…

      Reply
      • Amigo Egon, acho que aquela sua ideia citada ano passado de engessar as pernas dos caras na hora de treinar deveria ser revitalizada.

        Agora, meu amigo, com Gabriel de enfeite e Rômulo travado, ficaria difícil mesmo com as pernas alinhadas. Os dois estão matando o time. Por que nosso treinador insiste com essas duas peças que estão notoriamente sobrecarregando o time?

        Reply
      • É amigo Egon, falou e disse. E ficam crucificando o Zé Ricardo. Sem limão é impossível fazer limonada! O cara vem tirando leite de pedra desde o ano passado.
        Um abraço,

        Reply
        • continuo achando que o Zé deve continuar, mas a questao é porque ele nao coloca o VIZEU no lugar do Damiao? Logo o Zé que veio da base. O ultimo gol de cabeça do Vizeu parecia um míssil. Outra imperdoavel e já bem destrinchada pela nossa torcida apaixonada e extremamente criativa é o Gabriel. Ele nao tem porte, cara, físico, talento, etc pra ser jogador do Mengao e muito menos titular. Consigo imaginar Felipe Melo ou Pet dando bronca no Gabriel no gramado. kkk

          Reply
  3. Gabriel foi inoperante. Não consegue dá sequência a nenhuma jogada. E ainda perdeu um gol feito. Ele é escalado por que recompõe o sistema de marcação, mas só por isso. Precisamos de algo mais dele.

    Reply
    • Pessoal, sinceramente porque essa insistência em Gabriel. Não tem um jogador da base que teve as chances que ele teve, ta indo pro quinto ano no clube, se não tiver um jogador da base melhor que Gabriel, pode fechar aquilo lá. O cara não finaliza, não da uma assistência, fazer gol então. E outra um cara novo, rápido, leve, não dribla, não faz uma jogada de linha de fundo, é muito fraco, e quem escala e quem contrata também tem culpa, e o nosso discurso que o time jogou bem e tal, daqui a pouco somos eliminados, mas jogamos bem, e assim vai, próximo jogo ta lá o Gabriel novamente, antes que me esqueça, coitados do cuellar e do Ronaldo, no banco pro possante Romulo. E lá vamos nós….

      Reply
      • é isso aí. Não da para se conformar com 100% de derrotas fora de casa na Libertadores..se jogando bem não ganha, imagina quando jogar mal??
        Nem estou negando que o Fla dominou o jogo obviamente, mas tem que ter “fome” para matar o jogo..além de caras decisivos. Gabriel não dá, aliás, nunca deu! o Custo/beneficio dele pro time é muito baixo, ele marca, recompõe e tal – mas no ataque é fraquissimo.

        Reply
  4. Prezado presidente, o gramado não influenciou em nada. Até o treinador, que tanto crítico aqui, foi bem. Time muito bem armado, bem posicionado, jogando coletivamente bem. Principalmente no segundo tempo, quando trauco centralizou um pouco e Arão abriu mais e jogou quase como um atacante. O grande problema é a fragilidade técnica de alguns jogadores. Muralha, provado a muito tempo, é um goleiro muito fraco, Gabriel, Damião e junto aos três o Rômulo, não dá pra pensar em qualquer conquista com esses jogadores. Mas pra mim o grande culpado: Rodrigo Caetano. É inadmissível disputar uma libertadores, investindo tanto com um plantel tão limitado. O banco do Flamengo hoje era algo tenebroso: Thiago, Donati, mancuello, Cuellar, Damião, Rudnei e Matheus Sávio, todos sabíamos que quem entrasse não mudaria nada. Não se pode disputar uma libertadores com um plantel tão restrito e fraco. E não adianta citar Conca, pois contrataram sabendo que não jogaria. Infelizmente é lamentar, perder tantas chances, por incompetência de quem monta um plantel. Volto a frisar o prejuízo que Rodrigo Caetano, Gabriel e Damião tem causado ao Flamengo é imensurável. E a torcida tem todo o direito de cobrar a saída desses profissionais de baixa qualidade do Flamengo. Presidente Bandeira, acorda. Precisamos urgentemente de ajustes. E nesses ajustes, um goleiro. Fábio está na reserva no cruzeiro..Pedindo uma proposta interessante, vai lá bandeira, goleiro ganha jogo e infelizmente perde jogo também.Está difícil de dormir hoje.

    Reply
    • Olha a quantidade de lesões, o erro do Rodrigo foi não ter dispensado o Gabriel, que hoje não jogou nada, do resto o time faltou sorte. Até pq sem Conca, Diego, Ederson, Everton e Berrio fica difícil ter muitas opções no banco.

      Reply
      • Ederson o histórico dele fala por si só. Então não é nenhuma novidade ele estar machucado, era altamente provável que o Fla ao trazer esse jogador não tivesse ele em condições de jogo na maior parte do tempo. O Conca veio machucado, já se sabia que era de Julho pra frente. o Berrio agrediu um adversario pq quis. Everton com limitações fisicas tem muito tempo..
        azar mesmo só a contusão do Diego.

        Reply
    • Liliano, concordo com tudo que você escreveu. Quero reafirmar aqui o que venho falando há muito tempo, ou seja, não temos um elenco qualificado. Não temos atacantes incisivos.
      Como bem você falou, o ZR olha para o banco e quem ele vê? Ninguém capaz de mudar alguma coisa.
      Ah! O Matheus Sávio deveria ter entrado de saída! Ele realmente entrou bem no jogo, nesse jogo, pois, nos anteriores não jogou absolutamente nada. E posso afirmar, só entrou porque não tínhamos outras opções no banco. Torço para que ele a partir desse jogo venha a ser aquele jogador que pintou como uma grande promessa.
      Ah! O Donatti deveria ter sido titular! Esse argentino é outra invenção do Rodrigo Caetano. É lento e não tem impulsão.
      Ah! Como pode o Márcio Araújo barrar o Cuellar! Esse também é mais uma invenção do “grande” RC. Temos no elenco um menino chamado Roaanaldo que é muito mais jogador do que ele.
      O Márcio Araújo, errou 3 passes no 1º tempo. Jogou muito, aliais, como vem jogando.
      As péssimas contratações não se resumem a esses 3 que você citou. Foram várias na gestão do Bandeira, que tirando o futebol, é brilhante.
      Finalizando, o Zé Ricardo, que muitos condenam aqui, na minha opinião vem fazendo milagre com esse elenco.
      Um abraço.

      Reply
    • Bom dia, Liliano e amigos!
      Irrepreensível seu comentário. Todos estes jogadores que você citou, não têm a menor condição de vestir a camisa do Flamengo. Precisamos de um goleiro, de um zagueiro e também de um outro meia de criação, pra ontem. Se Bandeira (que é um gênio em finanças) não fosse tão devagar e entendesse minimamente de futebol, já teria demitido esse babaca desse Rodrigo Caetano há muito tempo.

      Reply
    • Meu amigo Liliano!
      Até quarta-feira que vem, vai ser difícil dormir…
      Para as inúmeras chances de gols perdidos, sugiro ao nosso Departamento de Marketing um acordo. Arrumam um patrocínio de botas ortopédicas pra nossas meias e, a empresa, fornece as mesmas pro nosso ataque…

      Reply
    • mandou bem hein, Fabio é aquele com milhoes de jogos com a camisa do Cruzeiro? Só falta um incentivo pro cara, tipo Rever. Contrate-o já.

      Reply
  5. Perfeito Kléber, achei o Flamengo muito bem taticamente, jogou com 3 volantes, mais não abdicou de agredir o adversário. Infelizmente tivemos a falha do Muralha e o próprio Vaz que não conseguiu acompanhar o Thiago Heleno. Não sou um entusiasta do Matheus Sávio, mais hj ele entrou muito bem. Hoje era um daqueles dias que a sorte não esteve aí nosso lado..

    Reply
  6. Presidente, não vi anormalidade, nem culpa de gramado no frango que Muralha levou. Não vi anormalidade no gol ridículo perdido por Gabriel, como o Zé ainda insiste com ele ? E se o resultado foi injusto, então a grama sintética em nada interferiu. Para finalizar, futebol tem que colocar a bola na rede. Essa é a brincadeira, não adianta só dominar.

    Reply
    • Sds. rubro-negras à todos !
      Concordo com nosso companheiro William, necessitamos urgente de um goleiro !!! com uma folga em caixa, precisamos contratar outro goleiro. Uma vez um outro companheiro até disse aqui, “o muralha não transmite a menor confiança, uma sensação que vai errar a qualquer momento”.
      Outro detalhe, novamente levamos um gol de cabeça na libertadores … e pior, o jogador adversário cabeceou quase da linha da pequena área !!!!!!

      Reply
    • Não tinha ninguém para jogar pela esquerda, ZR puxo o Peteleco da direita para a esquerda para ver se desentortava o time que só caia pela direita, foi boa a mexida do ZR. SRN.

      Reply
  7. Muralha, Gabriel….sem comentários.Agora gostaria que alguém me explicasse se foram gastos 3 milhões com este lateral Renê.
    Finalizando : jogamos bem novamente, um alento para quarta que vem. Lembrando que jogamos sem o Everton.
    E por favor meu caro ZR bota o Ederson pelo menos no banco.

    Reply
    • Verdade,Ederson,que nada tem de espetacular,mas mesmo assim joga com uma perna melhor que Gabriel,esse tem que voltar para a Bahia se deliciar de belos acarajés.

      Reply
  8. Caro presidente,
    Escrevo de dentro do avião e rumo a uma breve visita de negócios ao nosso querido Brasil e também, como não poderia deixar de ser, carimbar presença no Maraca no domingo. Assisti todo o jogo de hoje aqui do aeroporto e cada vez mais me convenço de que falta ao time do Flamengo (mais especificamente ao nosso técnico promissor) algo fundamental para se ganhar um torneio como o da Libertadores: entender a importância de se jogar com INTENSIDADE.
    Hoje uma vez mais, tivemos o domínio de grande parte do jogo, mas que não se traduziu no placar. Alguns dirão que foi incompetência dos finalizadores, o que não deixa de ser verdade; porém uma equipe que deseja ser séria candidata ao título, precisa produzir ainda mais, criar mais oportunidades para que, compensando algumas oportunidades perdidas, possa marcar os gols necessários para que, ao final, saia vitoriosa, e de forma incontestável. E a isso chamamos INTENSIDADE. Da maneira que foi, qualquer que fosse o time vencedor, não se pode dizer que teria sido injusto. Infelizmente, foi o Atlético, assim como foi a Católica, em jogo de características bem semelhantes.
    INTENSIDADE é o que nos falta, e que parece não faltar ao “conturbado” Palmeiras, nosso adversário direto na briga pelo tiltulo (e que já nos superou ano passado exatamente por carecermos de INTENSIDADE nos jogos finais e decisivos do Brasileirão do ano passado).
    Considero a derrota na noite de hoje menos alarmante do que a perspectiva de assistirmos o time naufragar quando começarmos os jogos eliminatórios, onde teremos necessariamente que apresentar a tal da INTENSIDADE vital para encararmos nossos adversários dentro e fora de casa.
    SRN

    Reply
  9. O gramado ñ é o principal motivo da derrota do Fla ou vitória do CAP,o motivo é a incapacidade decisiva carioca contra um baita de um estádio e um time limitado,mas organizado.Bom lembrar que lá com ou sem grama sintética o CAP mantém seu aproveitamento em 80%,então isso está longe de poder ser uma desculpa,ainda mais tendo o Ninho para treinar na grama sintética.

    Antes de tudo quero saber oq falta para os dirigentes do Fla,que foram apresentados à bola faz pouco tempo,para tirar Gabriel?O que levou ao Zé a aprovar a renovação dessa lesma que vai completar 5 ANOS,CINCO,no Flamengo,já teve tempo suficiente para se afirmar,o que esperar disso? Um pífio rendimento,chutes fracos e lances bisonhos como seu gol perdido.O que esperar de Damião?Nada!Com as chances perdidas ele comprova ainda mais que seu futebol acabou,o que justificou sua contratação? O que passou na cabeça da cúpula e do Zé de aprovar sua renovação até o final do ano? Onde estava Vizeu?Onde?É claramente mais útil que Damião.

    Fora isso,nada de novidade,Guerrero isolado,brigador,tentando se movimentar para criar algo,foi o camisa 10,8,7…O Fla,como sempre,em diversos momentos “domina” as ações de jogo,toca,toca,mas no terço final não decide,não cria,não triangula e termina em velhos chuveirinhos facilmente tirados pelo rival.Só aconteceu diferente quando Guerrero,dominando mais uma tijolada lançada,deu magnífico passe para Gabriel e daí em diante não prefiro comentar a ação de Gabriel.Gerrero que apesar do gol perdido,deixando ainda mais claro que ñ é matador,mas um excelente atacante que precisa de companhia,foi o melhor em campo,enquanto continuar isolado e tendo a cia desses pontas inúteis,nada adianta.

    O Atlético em termos de futebol,assim como o Fla,foi longe de ser brilhante,o que ñ tirou o caráter de grande disputa em campo,mas podemos pegar excelentes exemplos com eles,um deles é o estádio “levantado” por um time sem expressão,um LEGÍTIMO estádio de FUTEBOL,em que 30000 fazem um eco maior que 70000 no desfigurado Maracanã,que ñ é um estádio de futebol e sim de espetáculos de Copa,sem divisórias,torcedores 14 metros longe de campo e cheio de camarotes vazios.Na Baixada,são apenas 6 metros de distância da torcida para o campo,eu já fui lá com alguns amigos curitibanos,é uma verdadeira panela de pressão,algo impressionante,com uma parte sem cadeiras,uma maravilha.Espero que os dirigentes percebam isso e vejam que jamais poderão fazer as modificações para tornar o Maracanã um estádio indigesto ao rival,é um bem público e com outros 3 grandes que chiam muito. Por agora,sim,vai o Maracanã,pro futuro,estádio próprio!

    Resultado justo,afinal o que esperar de Gabriel,Damião e um time,que fora as criações de Guerrero oriundas das tijoladas,de resto só “chuveiradas”.Como diz o amigo Egon,time que não tem capacidade de colocar bola pra dentro merece perder,foi isso.Além de seu estádio,o Cap deixa outros exemplos como alguns bons valores como Tiago Heleno e Paulo André.

    obs: Existem algumas máximas de Libertadores,uma delas é ter um excelente goleiro,se não fica difícil,isso não temos,Gatito estava aí,veio uma muralha furada.Quando veremos um penal defendido?

    Reply
  10. 1o. ponto: Não dá para colocar a culpa da derrota no gramado.
    2o. ponto: Alguns jogadores do elenco deixam de fato muito, muito a desejar, entre eles o Sr. Muralha, Rômulo, Renê, Pará, Gabriel.
    3o. ponto: ZR pode ser boa pessoa, profissional dedicado, até o acho bom técnico, porém não é técnico para o Flamengo, não chegaremos ao título com ele, isso me parece certo. Tomando um gol aos 20m do 1o. tempo, continuou engessado até os 25m do segundo tempo?
    4o. ponto: Enquanto isso o Palmeiras, tomando de 2 x 0 do Penharõl, virou o placar! Alguém imagina ou já viu o time do ZR fazendo isso?
    SRN.

    Reply
    • Daniel, gosto muito das posições de rapaz, porém, tudo ele falou não é nenhuma novidade. Basta entender um pouco de futebol para saber que não temos um elenco digno do nosso Clube.
      Eu e muitos que aqui escrevem, já falamos a respeito. Porém, ficam com aquele mantra de que não temos um treinador a altura do Flamengo.
      Na minha modestíssima opinião, o Zé Ricardo vem fazendo milagre desde o ano passado.
      Precisamos urgente de contratações pontuais, principalmente, no ataque (que não temos) e no gol. Para que isso dê certo, a primeira providência é a demissão de Sr. chamado Rodrigo Caetano, colocando alguém que entenda minimamente de futebol no seu lugar.
      Um abraço,

      Reply
  11. “Muralha” (Mureta para os íntimos)
    Enquanto isso no Engenhão Gatito Fernandes pega outro pênalti.
    Ai me vieram algumas perguntas:
    – Seremos campeões com um goleiro que só pega bolas possíveis?
    – Seremos campeões sem um grande técnico?
    – Seremos campeões com jogadores burocráticos, que não arriscam dribles (chego a sentir falta do AP)?
    – Seremos campeões com jogadores deficiente nas finalizações?
    SRN.

    Reply
    • Voce entoou o coro ano passado para que Muralha fosse titular pelos “milagres” operados quando estava em campo, ao contrário do PV. kkkk
      Entoou o coro que AP não servia, e agora sente falta… Preciso falar quem está sendo incoerente?

      Reply
  12. Outro excelente jornalista e rubro negro fez a lista,da qual só discordo do item 2,pois não acho o elenco fraco,tem boas peças,claro,tem alguns “cânceres” que eram para sair faz tempo,mas ñ acho as peças piores que os do Botafogo,Grêmio,Vasco,Corinthians,o próprio CAP… Os diferentes são apenas o Palmeiras e AtléticoMG.Aqui vai:

    9 VERDADES E UMA MENTIRA SOBRE O FLA

    1 – O desfalque de Diego é desastroso, praticamente fatal, para as pretensões do Flamengo na Libertadores (ou em qualquer outro campeonato).

    2 – Ao contrário do que pensa e propala a turma do oba-oba (da imprensa, inclusive), o elenco rubro-negro é fraco.

    3 – Jogar com três volantes e mais um lateral improvisado no meio-campo é, provavelmente, a escalação mais covarde da história do Flamengo em todos os tempos.

    4 – O time do Atlético Paranaense é limitadíssimo. Se o Fla tivesse atuado com um mínimo de coragem, poderia até ter vencido.

    5 – Guerrero é, disparado, o melhor jogador do Fla, depois de Diego. Deu pena dele, hoje.

    6 – Diego e Guerrero são, na verdade, os únicos do atual elenco à altura da gloriosa história do Mais Querido.

    7 – O futebol do Gabriel, trocado por titica, ainda tem troco. É inexplicável o fascínio do treinador por ele.

    8 – Muralha é um desastre nas bolas altas sobre a área – e não pega um pênalti sequer. O primeiro gol que levou hoje foi um frangaço homérico. Urge a contratação de um goleiro. Paulo Victor também não seria solução.

    9 – Apesar de tudo, a classificação para a próxima fase ainda é possível, Mas é obrigatório vencer a Universidad Católica, no Rio. E sem Diego, não será fácil.

    10 – Zé Ricardo é um grande treinador…

    Está difícil descobrir qual é a mentira?

    Reply
  13. Kleber,

    MAIS UMA DERROTA PARA CONTA DO “GRANDE ZÉ” !!!

    Não me venham com aquela historinha de que jogamos bem, controlamos o jogo, tivemos mais oportunidades, ou seja a mesma conversinha da derrota para a Universidad Católica, a única verdade é a seguinte SOMOS O ÚNICO TIME DOS OITO BRASILEIROS QUE JÁ PERDEU 2 JOGOS NA LIBERTADORES !!

    ALGUMAS PERGUNTAS PARA O GRANDE ZÉ:

    Rafael Vaz – Porque voltar com esse péssimo jogador???
    No 1o gol do Atlético, além da falha do FRACO Muralha, não podemos deixar de citar que quem sobe com o Thiago Heleno foi esse horroroso Rafael Vaz. Além de vários passes errados, esse péssimo zagueiro deixa todo o sistema defensivo inseguro, porque a qualquer momento ele pode por tudo a perder…

    Gabriel – Porque jogar o jogo inteiro ???
    Inacreditável, consegue ficar os 90 minutos em campo e não produzir nada, simplesmente nada de útil e ainda perde um gol, completamente livre, na marca do pênalti, quando o jogo ainda estava 1 a 0.

    Mancuello – Porque e para que entrar aos 40 do 2o tempo ???
    O que esperava o “grande Zé” colocando o Mancuello no lugar do Márcio Araújo, só poderia dar uma coisa e deu, acabou com o sistema defensivo, o que culminou com a saída do 2o gol deles. Porque não colocar o Mancuello no lugar do péssimo Gabriel e mais, essa substituição deveria ter sido feita muito antes e não aos 40 do 2o tempo.

    Leandro Damião – Porque esse poste e não o Felipe Vizeu ???
    Entrou e perdeu 2 gols totalmente livre, no 2o inclusive sem goleiro, com certeza o Vizeu aproveitaria pelo menos um desses lances, todo jogo que entra o Damião não joga bem, quando entra o Vizeu joga bem, como explicar “grande Zé” ?

    Vamos também deixar claro que esse time do Atlético é muito fraco, sem criatividade, lento, frágil no miolo de zaga e nem assim, conseguimos vencer…

    Ainda estamos totalmente dentro para a classificação, bastando para isso uma vitória na próxima 4a feira, no Maraca, contra o Universidad Católica, e vitória ou empate do Atlético, jogando em casa, contra o San Lorenzo.
    OU SEJA NÃO ESTÁ DIFÍCIL A CLASSIFICAÇÃO, O QUE ESTÁ DIFÍCIL É JOGAR SEM TÉCNICO !!!

    SRN

    Reply
    • Amigo Eliel!
      No conceito de muitos, jogar com 3 volantes é um esquema covarde.
      Na minha opinião, isso é uma aberração causada pela síndrome da implicância…
      Como diz o Datena, “me ajuda aí”.
      Quantos gols o Paulinho fez pela seleção e, pelo Corinthians? Quem fez nosso gol ontem?
      Como um time acovardado consegue 18 finalizaçoes e, seu adversario apenas 10?
      Como nós, covardes, perdemos 5 gols na pequena área e eles nenhum?
      ME AJUDA AÍ, amigo…

      Reply
        • realmente, sempre achei esse endeusamento a treinadores uma falacia, pois quem coloca a bola na rede é jogador. E o Zé leva muita culpa por varios e varios gols perdidos pelos jogadores, inclusive pelo Guerrero ate dias atrás. Porém , acho que mais pega é a insistência dele com Gabriel e Vaz.

          Reply
  14. Mais uma vez temos uma chuva de comentários falando que o time jogou bem…
    Jogou bem contra o Universidade Católica, e perdeu. Jogou bem contra o Atlético e perdeu, vai jogar bem contra o Fluminense e vai perder, e por aí vai.
    Chega de jogar bem, o que trás títulos são vitórias, sejam por 1 a 0 ou meio a 0. Cansado desse futebol lenga lenga que não leva a lugar algum.
    Acorda diretoria! Está na hora de mudar de treinador ou jogar a libertadores fora. A escolha é de vocês.

    Reply
    • Trocar por quem?? Já viu alguem trocar treinador em Maio e ser campeão da Libertadores??
      Agora quer a lista dos rebaixados que trocaram treinador em Maio??

      Reply
  15. Caro Kleber,
    Felizmente não levamos olé do gramado, mas novamente creio que estamos entrando no circulo virtuoso do nosso treinador. Novamente ele vem optando por jogadores que já conhecemos suas virtudes e seus “defeitos”. Como o caso do Gabriel, um jogador que colabora na defesa, participa na criação com dribles no ataque, poucos, mas um dos únicos que tenta. Mas a finalização fraquíssima. No lance que o mesmo perdeu a oportunidade de fazer o Gol, fosse outro jogador, creio que a história poderia ser diferente. Sem deixar de mencionar, que a entrada de Mancuello aos 40 e poucos, só atrapalhou um time que estava estruturado no 4-4-2.
    Novamente estamos entrando nessa mania utilizada no fim do campeonato em escalar jogadores que não são decisivos. Quem é decisivo nesse elenco? Felipe Vizeu, sempre que é solicitado faz seus gols.

    Reply
  16. Por favor tragam o Julio Cesar pra Gávea está lá em Portugal dando sopa ,ele sem um braço é mais goleiro que esse Muralha.Infelismente não seremos campeões,como falaram alguns comentários aí com isso que nós temos realmente não dá .Gabriel e Damião ?Nao é possível que o Viseu não seja melhor que essa ingua desse Damião ,mais o Ze não levanto Vizeu nem mais pro banco.

    Reply
  17. Dominamos o jogo mas fomos incompetentes na finalização. Precisamos de um goleiro confiável. Trauco não foi bem, talvez sua pior partida desde que chegou. Arão e Guerreiro foram os melhores ontem. Diego e Everton fazem muita falta, sem eles perdemos muito poder de fogo no ataque. Zé Ricardo acertou no esquema e nas substituições que melhoraram o desempenho do time. Dependemos de nós mesmos, mas temos que ganhar na próxima semana. Eu iria de time mixto no Domingo. SRN!

    Reply
  18. Insisto que o Romulo e disparado o mais inútil no meio campo ou no time do flamengo, Gabriel foi horroroso e de fato muuuito fraco, MAIS NÃO SE OMITE, faz uma cagada atras da outra mais não faz o que esse Romulo faz, o cara se esconde e nem vejo tanta qualidade em seu passe, muito mias se saíssemos com o Mancuello na verdadeira posição dele ontem no lugar desse inútil.

    Por falta de opções eu lanço aqui o meu apelo desesperado #voltaPV

    SRN

    Reply
  19. Não há o que reclamar do treinador. Mas o jogo reforça uma velha constatação: Gabriel é esforçado, mas não reúne qualidades para ser titular do atual time do Flamengo.
    Outra conclusão: Ewerton é de vidro. Faz parte do time dos chinelinhos.
    O Renê ainda não tem condições de ser titular. Erra passes demais. Melhor deixar Trauco lá.
    Agora é torcer pelo Atlético e ganhar dá Universidade Católica aqui.

    Reply
  20. Bom dia!
    Noooosssa eu não vi o jogo ontem, pois estava voando, mas pelos comentários acimas, finalmente goleamos o patético pr? O ZR é gênio e o RC é 100% responsavel? E ZR que escala e dá o ok para as contratações?? E o Banana de Melo que tem a caneta?? SRN

    Reply
  21. Não era uma noite Flamenguista.No basquete uma sucessão de êrros,(a bola não caía),defesa vulnerável.Derrota !
    No futebol,gols perdidos,o Muralha,(cêrca-viva),falhou mais uma vez.Guerrero,que jogou bem,desperdiçou um chance de ouro logo no inicio da partida,o que poderia modificar totalmente a história do jôgo.No lance do primeiro gol do Atletico,o peruano que estava de costas,bola dominada,perdeu para o lateral adversário,que avançou e sofreu falta,uma vez cobrada e o”cêrca-viva”,mal colocado e sem altura suficiente para estes lances..Gol !!! -Mas vamos em frente,”Flamengo tua glòria é lutar” !!!

    Reply
    • Obrigado meu xará!!!!!
      Você viu o mesmo que eu.
      Por mais que sejam ídolos, também pisam na bola e comprometem.
      “No lance do primeiro gol do Atletico,o peruano que estava de costas,bola dominada,perdeu para o lateral adversário.”
      Lembra quem fez a falta infantil no bico da área contra a Católica, que resultou no gol deles?
      Sei que faz parte! O que não faz parte, é perder a quantidade de gols que perdem.
      A bola pune, meu amigo…

      Reply
  22. Comentei antes que o gramado era para os dois times e foi, nada influenciou no resultado.
    Kléber Leite, o gol foi falha primeiro de Rafael Vaz que não sobe em nenhuma bola e é mais alto do que Tiago Heleno e insisto que não tem a menor condição de vestir a camisa de time grande, se voltar pro Vasco vai ser reserva!
    A realidade é que o Flamengo se nivela com esses times de segunda e terceira linha do futebol nacional quando se coloca em campo jogadores medianos a ruins, tinham 05 cinco jogadores no nosso time que nunca foram e nem serão nada no futebol brasileiro: Pará, Márcio Araújo, Rafael Vaz, Gabriel e Renê. NÃO SE PODE ESCALAR NUM MESMO TIME TANTOS JOGADORES RUINS, aí você vai se nivelar. Sou crítico do treinador, desde o brasileiro, a diretoria de futebol do Flamengo “brinca” de criar um novo Guardiola e não vai ser, não revela ninguém, não vende ninguém. Pelo investimento e elenco que o Flamengo tem não pode perder 2 jogos de 4 numa chave de times tão fracos. Até o treinador aprender vamos perdendo e sendo ridicularizados, incompetência pura do futebol do Flamengo, não confundir com a parte administrativa, que é nota 10.

    Reply
        • Sim, o Rica é fera, entende muito, vive isso a muito tempo, consegue ter certa imparcialidade que falta ao torcedor de apaixonado, que lê 10 opiniões sobre o Flamengo, aceita aquela que lhe convém, rejeita toda opinião contra, rejeita ler ou ouvir qualquer coisa boa a respeito de outros clubes e ainda assim se acha o Guardiola, se cada técnico que lá estivesse desse voz e ouvidos aos 40 milhões, seria bem dificil. Deixa o cara trabalhar, se perder a Libertadores de novo, normal, só 1 ganha, entramos como favoritos, a classificação depende de uma vitória em casa e um resultado normal entre os demais do grupo. Jogou muito bem, de novo. O time de ontem contando com Diego, Conca, Berrio, Ederson, Donatti e Everton. São 6 possíveis titulares que por motivos diversos não estavam em campo. Mas os cornetas, acham bonito cornetar, amanhã demite o Zé, o Vaz, o Marcio Araújo, e o técnico que entrou é burro, o Zagueiro que entrou é lento ou baixo, jogaram Ronaldo na fogueira e segue o som incansável das cornetas.

          Reply
          • É isso aí. Acham que a opinião de comentaristas esportivos é lei. Nosso grande Apolinho, que eu tenho uma grande admiração, nada conseguiu quando foi treinador. Também não tinha um time bom nas mãos. Torcedor, na sua grande maioria é assim mesmo, mais emoção do que razão.

  23. Caro Kleber e amigos, inegavelmente o Flamengo foi superior. Mas falha, insistentemente, no quesito mais importante do futebol: aproveitar as chances criadas e transforma-las em gols.

    Diferentemente do que se falou no post anterior, o gramado em nada interferiu no jogo, tanto que o Flamengo foi superior a maior parte do tempo. O que realmente dificultou uma vitória foram os inexpressivos Gabriel e Rômulo. Jogamos todo o jogo de ontem com dois a menos. Aí fica difícil.

    Concordo que se o “Furalha” não tomasse aquele gol totalmente defensável, o jogo poderia ter tido outro resultado. Mas no futebol como em qualquer outro esporte, são os detalhes que tiram ou consolidam a vitória.

    Quando nosso treinador, sei lá se no desespero, tirou o Rômulo (acertadamente) e o Márcio Araújo (equivocadamente) indo para o tudo ou nada, consolidou o ‘NADA’. Abriu totalmente a defesa e é tanto verdade que no segundo gol do Atlético tinham 3 jogadores deles contra dois nosso dentro da área.

    Nem vou lástimar o gol perdido pelo Gabriel, pois é chover no molhado. Como a maioria aqui, é muito estranho a insistência do treinador por esse rapaz. Não joga absolutamente nada. Quando o Guerrero lhe deu aquele passe de calcanhar, o “jumento” (desculpem-me) ao invés de cortar para dentro para encurtar a distância para o gol, corta para a lateral dando todo o tempo possível para a defesa do Atlético chegar e matar a linda jogada criada pelo Guerrero. Aliás, deu dó do Guerrero ontem, jogou sozinho.

    Concordo que a ausência de jogadores mais contundentes como Diego e Everton poderiam nos ter dado uma vitória até mais tranquila. Mas isso vai acontecer outras vezes e precisamos saber lidar com situações como essa. Estranho foi não termos o Ederson, que dizem já estar recuperado, nem sequer no banco de reservas. O que pude observar é que definitivamente qualquer jogador pode ser substituído menos o Márcio Araújo. Ele chega em todas. Quando saiu nossa defesa virou um buraco, uma avenida.

    Agora, que idiotice foi aquela do Muralha que tomou um frango, não saber pegar penalti, agora querer se arriscar na área para cabecear? O Zé Ricardo concordou com aquilo? Eles treinam isso? É vale tudo?

    Acho que a classificação é perfeitamente possível como o Lédio Carmona bem colocou ontem. Basta vencermos o próximo (que será em casa) e o Atlético também vencer seu jogo que liquidamos a fatura. Essa derrota pode nos custar, sim, o primeiro lugar do grupo. Mas tudo ainda pode mudar.

    Agora fico aqui imaginando, e se fosse o Berrío a receber aquela bola que o Guerrero tocou de calcanhar para o Gabriel, qual teria sido o desfecho? No mínimo ele teria ficado cara a cara com o goleiro.

    Quando o Zé Ricardo sacou o Márcio Araújo e manteve o Gabriel em campo, sinceramente, deu vontade de desligar a TV e ir dormir. Outra coisa, com o time perdendo, por que motivo o Zé demorou tanto a fazer as substituições? Mesmo que errando, na minha opinião, ao tirar o MA, até que melhorou o ataque, mas tardiamente. Para mim, ele buscava nitidamente o empate. Não seria um resultado ruim, obviamente, mas o tiro saiu pela culatra se foi essa sua intenção.

    Diferentemente do que pensam alguns colegas aqui, eu acho que temos um bom elenco, mas nosso maestro está confuso quanto a forma que fazer esse time jogar. Ontem foi meio que no abafa o final da partida. Poderíamos ter feito o gol de empate ou tomarmos o segundo. Tomamos o segundo e fizemos aquele que poderia ser o gol do empate SE o Furalha não tivesse tomado aquele gol bobo.

    Fui dormir com a sensação de termos perdido mais um jogo que poderíamos ter ganhado.

    Reply
  24. Treinador armou um time que criou muito,foi pouco ameacado,teve maior posse de bola,trocou 400 passes com 90% de acertos,fez 10 faltas,os atacantes todos tiveram a bola do jogo.
    Agora me diz qual a culpa do treinador? Se temos que reclamar de algo tem que ser da falta de pontaria de nosso time.
    Do resto nada a criticar.concordo que somos torcedores e na maioria das vezes analisamos resultado mais se pararmos e analisarmos desempenho a história é outra e veremos que em todos os jogos na liberta jogamos bem,incluindo as derrotas no Chile e ontem.
    Estamos a uma vitória da Classificação e vejo o time no caminho certo.

    Reply
    • Graaaaande Vili…
      Além de assinar o que escreveu, vou um pouco mais longe.
      Só existe uma forma de criticar o trabalho do Zé! É dar a 9 pra ele, ou, pra minha avó com artrose e bengala. Duvido que ambos percam a quantidade de gols fáceis que perdem.
      Não me refiro a lances na grande área. É dentro da pequena…

      Reply
  25. O time que sonha em ser campeão da Libertadores não pode ter em seu elenco:

    MURALHA – GOLEIRO FRACO, PASSA UMA INSEGURANÇA TREMENDA.
    DAMIÃO – JOGADOR FRAQUÍSSIMO, CANELUDO, NÃO POSSUI UMA QUALIDADE.
    GABRIEL – SEM ALMA, MEDROSO, HORRÍVEL, JOGADOR DE TIME PEQUENO.
    BERRIO – UM LOUCO MARATONISTA, FRACO TECNICAMENTE, SO SABE CORRER.
    RAFAL VAZ – NÃO CONSEGUE PULAR UMA GILETE DEITADA

    Reply
  26. Caro Kleber,
    Após os 15 minutos iniciais, acredito que o gramado não tenha tido influencia no jogo.
    Desde o ano passado escrevo aqui dizendo, nosso elenco é homogêneo, mas é fraco, e o nosso time titular é limitado.
    Precisamos trocar um bando, melhor dizendo dispensar, doar ou dar uns 5 ou 6 para que eles não tenham possibilidades de serem escalados,por uns 2 bons jogadores, que tenham personalidade e sejam corajosos, basta isso par ser um sério candidato a qualquer titulo, os times estão nivelados e o do Atlético é muito fraco
    Nosso goleiro é inconfiável,Pará ou Rodnei 6 por meia dúzia, e sou justo o Pará está jogando menos mal do que eu imaginava, Trauco e Renê, o peruano foi a nossa única boa contratação, o Renê é igual a um monte que tem por aí.
    Na zaga todos reclamam do Vaz, mas quem caiu de jogo foi o Rever que sempre foi elogiado por mim, o Donatti se machuca sempre nos treinos e o Juan é ex – jogador.
    No meio, Marcio Araujo, Cuellar, Ronaldo é tudo igual, Romulo está totalmente fora de forma, se o joelho deixar ainda poderá ser útil, Arão gosto dele mais a frente como ontem.
    No ataque, Gabriel é brincadeira, inventaram que ele é importante taticamente….Guerrero junto com o Diego são os 2 grandes jogadores do nosso time.
    Nosso treinador, acho que é uma aposta para o futuro, hj não o acho a altura do Flamengo para uma libertadores, e sou justo, ontem ele mexeu bem o Damião e o Sávio entraram bem, aliás o Matheus Sávio jogou direitinho pela 1ªvez, mas ao colocar o Mancuello devia ter tirado o inútil Gabriel, ele tirou o Marcio Araujo desprotegeu a defesa e recuou o Arão que estava muito bem lá na frente.
    Eu contra o Flu eu escalaria alguns por falta de opção obviamente, Muralha, Pará , Rever, Vaz e Trauco, Marcio Araujo, Romulo ,Arão e Everton,na frente Berrio ou Damião e Guerrero

    Reply
  27. A grama sintética atrapalha ? Sim ! Mas o Flamengo não perdeu por causa dela. Começou a perder quando montou um departamento de futebol recheado de marajás, que gastam milhões com barangas tipo Damião , Gabriel, Pará, Muralha , Berrio , Cirino, Renê, Rômulo, R.Vazco e Donatti; continuou perdendo quando não usou o Carioquinha para laboratório e testar mais os jovens e esquemas táticos alternativos; perdeu quando domingo passado ,contra um botafogo cansado de viagens com 04 desfalques, escalamos titulares e perdeu mais um jogador lesionado, o Everton. Perdeu quando caro e tão badalado setor de “desinteligência” rubro negro não enxergou bons e mais baratos jogadores sobrando no mercado , como Willian Bigode (Palmeiras), Guilherme(botafogo) e Cazares e Elias(Atletico mg), quando não quis Abel Braga….
    Enfim, não perdemos para grama sintética ou para o esforçado porem limitado time do CAP, mas sim perdemos para nossa própria incompetência e amadorismo…
    Quanto ao jogo em si, salvaram se Guerrero, Arão e MAraujo, o resto foi piada !…não sei como Juan não joga nessa zaga !
    Apesar de tantas bobagens extra campo, se o Flamengo e o CAP ganharem seus próximos jogos , estaremos classificados para outra fase e salvaremos o ano… Porque para ser campeão da Libertadores , precisaremos de um grande milagre de São Judas….
    Fora R.Caetano !!

    Reply
  28. “O go”
    – Uma infeliz e fatal perda de bola infantil do Guerrero na ponta esquerda.
    – Uma falta providencial do Trauco
    – A disputa de bola entre o Vaz e o atacante do Atlético PR foi normal, o jogador estava marcado, o jogador deu um balão para o alto e o goleiro aceitou.
    – Muralha inexplicavelmente acompanha a linha da bola, fechando excessivamente o 2o. pau e deixando o 1o. pau totalmente aberto. Falhou ao se posicionar mal, falhou ao interceptar a bola pelo alto e enfim falhou ao tentar dar um tapa na bola na descendente. Sua falha afetou o time.
    SRN.

    Reply
  29. O Flamengo agora precisa de 4 pontos em 2 jogos para se classificar. Um em casa contra o Universidade Católica e outro fora contra o San Lorezo. SRN.

    Reply
      • Rick, a classificação certa é com 4 pontos, com 3 pontos depende de combinações de resultados, entendeu ou quer que eu desenhe para vc? rsss SRN.

        Reply
        • Nino, se Flamengo e Atlético-PR vencerem seus próximos jogos, que serão em casa, a tampa do caixão estará fechada, amigo. Classificação assegurada. Mesmo que percam os jogos seguintes, fora de casa, não poderão mais ser alcançados. A última rodada, supondo vitória dos brasileiros no próximo confronto, seria tão somente para definir que ficaria em primeiro lugar no grupo. Quem se desse melhor jogando fora, ficaria com o primeiro lugar.

          GRUPO 4
          PG J V E D GP GC SG %
          1° Atlético-PR 7 4 2 1 1 6 5 1 58
          2° Flamengo 6 4 2 0 2 7 4 3 50
          3° U. Católica 5 4 1 2 1 5 5 0 42
          4° San Lorenzo 4 4 1 1 2 3 7 -4 33

          03/05 – CAP x SLO
          FLA x UCA

          17/05 – UCA x CAP
          SLO x FLA

          Espero que o desenho saia alinhado na hora de transmitir. kkkk

          Reply
        • kkkkkkkkkkkkkk
          Ahhhhhhh Ninão!!! Se vencer a próxima, nem o Prof. Pasquale nos tira a vaga.
          A questão, é se será 1º ou 2º do grupo…

          Reply
        • Mas aí voce tá falando de um SE bem grande, que não deixa de fora o erro matemático acima, Se o Flamengo não ganhar no próximo em casa, se o Atletico perder em casa no próximo…

          Reply
          • Chiiiiiiii Nino!!!!
            Nesse caso, a conjunção SE, como sempre, é nossa expectativa.
            O tema é outro! Vitória contra a Católica = vaga…
            Não nos alcançam mais…
            “a classificação certa é com 4 pontos, com 3 pontos depende de combinações de resultados”…
            Neca de pitibirima, amigo.

  30. Prezados,
    Inacreditável que ainda tenhamos que ver este Gabriel Peteleco no elenco do Flamengo… Que jogador ridículo, inoperante, inofensivo! Ontem, caso tivesse qualquer outro no lugar deste pereba, não teríamos jogado com menos um por todo o jogo. Em 5 anos de Flamengo, tirando um ou dois bons jogos em 2014, este sujeito NADA fez de útil! Teve o contrato renovado por ser “bom de grupo”. É IMPOSSÍVEL que o Vinícius Jr., ainda que jovem e inexperiente, seja pior do que esta ameba!

    O Muralha, como previsto pela maioria, demonstra suas grandes falhas técnicas e compromete em jogos importantes.

    Quanto ao R.Vaz, embora o considere ruim, acho que foi uma falha bastante comum e já cometida por diversos outros zagueiros. Além disso, o zagueirão do Atl.Pr subiu com olhos fechados, a bola bateu “errado” na cabeça e foi pro fundo do gol. Kkkkk

    Que partida do Guerrero! A melhor contratação do ano foi a chegada do atacante que joga na Seleção Peruana, pois o que estava no Flamengo nos últimos 2 anos era alguma cópia falsificada no estilo “Tuta Peruano”.

    Se o Diego estivesse em campo, ou até mesmo o Ederson no lugar do Gabriel, certamente venceríamos.

    Não sie vocês, mas gosto do Trauco ali no meio campo, ele tem um bom passe.

    Reply
  31. Querido Kleber,

    Gosto muito de ler seus comentários , mas infelizmente o Flamengo sempre em momento decisivos falha !!!
    Sinto o Muralha inseguro, o Guerrero que jogou muito bem mas na hora decisiva perde gols inacreditáveis assim como Damião e a cabeça dura do Zé Ricardo que insiste no horroroso Gabriel . Sinceramente jogando no Flamengo há alguns anos esse Gabriel é sempre a eterna promessa . Gostaria de saber o que ele foi fazer Curitiba . Pelo amor de Deus , Gabriel não joga nem na minha pelada.
    Enfim, jogamos bem mas como sempre na hora de botar a bola pra dentro falhamos, e vc sabe mas do ninGuam que esses erros em Libertadores pode nos custar muito caro !!! Imagina se isso é na fasé de mata – mata ???!!!
    Bem, que São Judas Tadeu nos ajude !!
    Um abraço e SRN

    Reply
  32. Assim como na derrota para a Católica, o Flamengo foi superior. Ontem dominou 80% do jogo, mas um time que quer ser campeão não pode perder tantos gols feitos.

    Kleber, nem chego a dizer que se o Diego jogasse ganharíamos. Se o Everton estivesse em campo, o Flamengo não perderia.

    A destacar a boa entrada do Matheus Sávio.

    De pontos negativos, a falha absurda do Muralha (Rodrigo Caetano, pega o telefone, liga pro Cruzeiro e sonda o Fábio para a fase mata-mata) e a preferência do Zé pelo Damião ao invés do Vizeu.

    Agora é time reserva no domingo e casa cheia na quarta-feira, pois o importante é a Libertadores.

    Reply
  33. Prezados Amigos,
    Essa é mais derrota vai pra conta do departamento de futebol que é especialista em:
    – Contratação de jogadores para ficar na reserva ganhando um bom salário – Rodinei, Donatti, Cuellar e Mancuello (sem falar no Éderson);
    – Renovar o contrato de jogadores questionáveis – M.Araújo, Gabriel e Damião (sem falar do ex-jogador em atividade Juan).
    – Cometeu o mesmo erro de 2014 ao não contratar um treinador de qualidade e experiente para a disputa da Libertadores.
    E da nossa comissão técnica que:
    -Não pediu um goleiro para pelo menos fazer uma sombra para o Muralha, que além de ser um goleiro limitado tecnicamente é fraco nos pênaltis.
    -Não dá oportunidades aos jovens valores da base (Ronaldo, Paquetá e Vizeu).
    – Não tem uma jogada ensaiada de bola parada para incomodar os adversários (a que fizeram ontem no escanteio foi bizarra deixando quem estava na área em impedimento).
    – Improvisa lateral na função de armador em detrimento dos jogadores da posição que temos no elenco.
    SRN

    Reply
  34. Eu não quero mais o Flamengo dominando jogo… Quero vitórias e com Gabriel, Rômulo, Vaz e esse estagiário como treinador, não vamos ganhar nada por mais um ano.
    O Flamengo está uma Vergonha! Vergonha!

    Reply
  35. Meus caros amigos, façam um breve exercício : o Galo campeão da Libertadores, o Corinthians campeão da Libertadores. Revejam as escalações e verifiquem se existem jogadores como Muralha, Pará , Vaz, Renê, MA, Gabriel e Damião. Simples não ?
    Mais , treinadores : Tite e Cuca.
    Precisa dizer mais, ou ainda acreditamos no Papai Noel ?
    E acompanhando meu caro Rada, esse elenco é fraco, muito fraco, especialmente no tema custo / benefício.
    Orações para São Judas !!!!!!

    Reply
  36. Na minha humillíssima opnião, precisamos de um treinador com o tamanho suficiente para apresentar ao Sr Banana de Melo, uma barca tripulada por: Muralha, Pará, Rodinei, Vaz, Renê, Juan, MA, Gabriel Peteleco, Ederson, Damião e Mortoello. Que Deus nos ajude!!

    Reply
  37. Sou contra colocar time reserva! Vamos acabar não ganhando nada! Estamos nos acostumando a perder, a ficar sem títulos. Porém… as finanças andam muito bem…
    QUERO DE VOLTA O FLAMENGO DOS PRESIDENTES CAMPEÕES!!!

    Reply
  38. Rubro negros,
    Segue abaixo, mais um texto irretocavel do Mauro César Pereira.
    (Vale a leitura e uma boa reflexão)

    “O Palmeiras perdia por 2 a 0. Não finalizou uma vez sequer no primeiro tempo. Saiu de campo com uma virada histórica na cancha do Peñarol, 3 a 2.

    Já o Botafogo, com 10 homens, virou pra cima do Sport, venceu por 2 a 1. E com o goleiro defendendo um pênalti, algo difícil de imaginar pelo lado do Flamengo ultimamente.

    Rubro-negros do Rio de Janeiro que dominavam o jogo. Levaram o primeiro gol em (nova) falha de seu arqueiro. Voltaram a controlar na maior parte do segundo tempo, finalizaram mais, e perderam: Atlético 2 a 1.

    Os botafoguenses deixaram as quatro linhas exultantes. Pela virada inusitada jogando em desvantagem e vendo o adversário chegar muito perto do segundo gol. Uma reação enorme num cenário em que empatar já seria bom negócio.

    Para sair de campo e chegar ao vestiário, os palmeirenses tiveram de encarar a fúria dos carboneros. Na porrada! E Felipe Melo, ameaçado, não deu tapa, mas soco mesmo numa cara uruguaia. Que opção tinha, apanhar?

    Isso tudo enquanto flamenguistas deixavam o campo normalmente. E novamente derrotados ao saírem do Rio em peleja da Libertadores. Nas entrevistas, conformismo e frases feitas, clichês.

    Fernando Prass enfrentava a covardia de adversários, que o cercaram para agredi-lo. Enquanto isso, Muralha, de banho tomado, discursava conformadamente sobre a vitória do Atlético Paranaense. Colocou em dúvida até sua clamorosa falha no primeiro gol.

    No Rio de Janeiro, Guilherme fazia os gols decisivos do Botafogo. Em Curitiba, Gabriel ‘matava’ ótimo contra-ataque criado pelo toque de calcanhar de Guerrero e, de maneira constrangedora, perdia oportunidade clara na pequena área.

    Em Montevideu, Willian Bigode saía do banco para virar o placar. No Paraná, Leandro Damião deixou a companhia dos suplentes para desperdiçar ótimas chances. Ao lado dele, sempre Gabriel, que inexplicavelmente ficou em campo os 90 minutos.

    O Palmeiras e o Botafogo perderam mais jogos do que o Flamengo em 2017. Mas quando o time da Gávea tem um revés, estranhamente parece mais acostumado com a derrota.

    Não, estrutura e organização dentro e fora das quatro linhas não bastam para formar um grande time. É preciso gana, obsessão por vitórias, fome de gols, ser implacável com os rivais, além de detestar a derrota. Características que, hoje, nem todos os brasileiros da Copa Libertadores têm.”

    SRN

    Reply
    • Sinceramente, não concordo em nada que esse rapaz escreveu. O time (?) tem garra, vontade e união. Só não tem é um elenco que dê alternativas para o treinador e alguém na Diretoria que saiba contratar.
      Esse mesmo Willian Bigode, que estava dando sopa, o Palmeiras foi lá e pegou. O menino do Santa Cruz, chamado Keno, que estava também dando sopa, o Palmeiras contratou. E por aí vai.
      Aí, contratam Berrio, Donatti, Mancuello, Cuellar.
      Fazer o quê?

      Reply
    • O áspero e sempre brilhante Mauro Cezar se perde ao traçar comparações de folhetim dos acontecimentos de ontem. Não obstante é bom constatar que não caberia outro tom para o grau de insatisfação perplexidade com a incapacidade de reação deste time do ZR. Coisa de folhetim ridículo mesmo, é de merecer. A torcida desse ao ridículo com estes fatos comparativos. SRN.

      Reply
  39. A (o) Muralha RUIU…….
    Para que trouxeram o César de volta se nem no banco fica?
    Tragam o Paulo Vitor de volta URGENTE!!!
    Alô EGON, abraço MDB!!

    Reply
    • Graaaaaaande Carloto!!!!
      Esse espigão chamado César queimou minha língua.
      Seguinte! NÃO temos goleiro top no elenco.
      Se sou Bandeirinha de Mello, pago a rescisão do Martin Silva ou Jefferson e resolvo o problema. Estamos diante do mesmo imbróglio do ano passado.
      Sai Muralha, entra Thiago com 20 anos…
      Ou seja! Famoso 6 por meia dúzia…
      Beijo no coração, meu parceiro.

      Reply
        • Meu amigo Rafa!
          Confesso que acendi um pacote de velas quando PVesgo partiu.
          Acho que está no mesmo nível do Muralha. O que não resolve nossos problemas.
          Já que um bom time começa pelo goleiro, temos que dar força ao clichê.
          Temos que ter um goleiro Top. Não podemos depender de atuações irregulares.
          SRN irmão

          Reply
  40. Caro Kleber e amigos!
    Até levar o primeiro gol o Flamengo já havia se acertado em campo e certamente caminhava para fazer o primeiro gol (isso se a pontaria ajudasse). Daí, e conforme sempre falo aqui neste precioso espaço, o nosso Muralha que não é goleiro confiável, resolve colaborar. Lógico, teve seus bons momentos em outra equipe em 2015. Nada mais que isso. O Marcelo Lomba está muito a frente do mesmo. No segundo tempo prevaleceu a máxima de que quem não faz leva. E mais uma vez na libertadores perdemos gols e a partida fora de casa. Uma lástima.
    Ficam as certezas: a grama em nada atrapalhou, o Atlético do Paraná é de extrema pobreza de elenco e nós, vejam bem, temos enorme dificuldades para encontrar a trave no tamanho certo. Ou seja, nas duas partidas fora de casa, imagino que a ansiedade e a falta absoluta de técnica para acertar o gol, nos fizeram voltar para casa com mais uma derrota.
    De toda sorte, foi realmente uma derrota injusta. No mais, precisamos treinar finalizações e não lamentar. Basta uma vitória e seguiremos adiante daqui a uma semana.
    SRN

    Reply
  41. O que o Mauro Cesar Pereira quis dizer é notório no atual Flamengo : a passividade, isto é, conformismo, ou seja, ganhar ou perder tem o mesmo valor….Essa passividade é caraterística principal do E.Banana de Mello, faltam aos atuais dirigentes rubro negros a chamada alma rubro negra, espirito flamenguista e sangue vermelho e preto….
    Se conformam com certidões negativas de débitos…isso contagia o elenco!

    Reply

Comente.