Retrocesso

Gramado sintético da Arena da Baixada (Foto: Agência Estado)

Leio que há em pleno curso, manobra por parte dos clubes, visando duas viradas de mesa no regulamento aprovado para o Campeonato Brasileiro.

O primeiro item: permitir que os clubes possam mandar os seus jogos fora dos seus estados.

Já disse e repito que, isto é a porta aberta para privilegiar o poder econômico. Quem estiver com dinheiro em caixa vai sair por aí comprando todos os jogos como visitante, passando para um “campo neutro”.

Pode ser que alguém argumente que pode haver um caso em que ninguém seja prejudicado. Respondo de pronto que é difícil, mas neste caso, poderia se abrir uma brecha, exigindo unanimidade para a mudança de mando. Aí, nenhum problema…

Item dois: a liberação de gramados sintéticos. Um absurdo!

No campeonato passado, com um time apenas mediano, o Atlético Paranaense foi o clube de melhor aproveitamento jogando em casa. Motivo? Joga no único gramado sintético e, nestas condições, o jogo é outro.

Tomara que a direção de competições da CBF seja firme e, liquide este retrocesso.

1 Comentário

  1. Kleber e amigos,
    Quanto ao mando de campo ser vendido, seria interessante a primeira proposta de não haver venda de mando nas 10 ultimas rodadas, visando diminuir este problema.
    Quanto ao gramado da Arena da Baixada, eles sendo favorecidos ou não, eles têm o selo da FIFA, que lhes dão o direito de jogar naquele gramado, que não é um gramado sintético comum, como o que jogamos, mas, um especial, muito semelhante ao natural. Gostaria de lembrar que conta eles, ano passado não ganhamos por bobeira de nossa time, nada tem a ver com o grama, foi incompetência nossa com um jogador a menos. Os caras gastaram uma grana, investimentos altos, para simplesmente dizer que não podem utilizar. Visto que antes da reforma o gramado natural era horrível e com muitos problemas para que ficasse em condições. Hoje temos um excelente CT, que se faça um campo com gramado sintético, lembrando que tb há um time no mexico que joga no gramado sintetico.
    Abs
    SRN

    Reply

Comente.