Tirando uma coisinha ou outra, muito bom!!!

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Um jogo até certo ponto difícil de ser comentado.

O Flamengo, com uma escalação, em tese, defensiva – com três volantes – foi melhor do que com um time, em tese, menos defensivo, porém, não tão bem arrumado.

Até o segundo gol, o domínio do Flamengo era absolutamente flagrante, com muito mais posse de bola e com algumas oportunidades criadas.

Guerrero, que foi guerreiro, poderia ter fechado a tampa do caixão, perdendo o gol mais feito do jogo, na mais linda entre todas as jogadas. Depois disso, correria, desarrumação e o gol único do Botafogo.

Goleiro bem. Nas laterais, Trauco melhor que Pará. Zaga, firme. No meio, quem ficou devendo foi Rômulo. No mais, todos bem. No ataque, só deu Guerrero.

E, que venha o Fluminense.

1 Comentário

  1. Muito feliz pelo resultado. A derrota seria péssima pro ambiente, etc. Mas quando deu 2×0 já veio aquele dejavu antigoooo, tipo 1997 Flamengo x Gremio. Quando o Zé mexeu tirando o Gabriel ( empresario dele é parente de alguem, só pode, por mais esforçado que ele seja ) e colocando Rene, me veio a lembrança do 3×3 do ano passado, mas em seguida ele meteu o Berrio e me deu animo que ele está realmente evoluindo e lendo esse blog. kk. Guerrero podia ter feito o hat- trick ( feito pessoal ) e matado o jogo, mas errou gol feito que em jogo mata mata ou decisivo pode fazer falta. Qdo o Fogo fez 2×1 só lamentava esse gol perdido e imaginava o 2×2. Sabemos que baseado na historia, o 2×0 é cruel pra nós. Muralha realmente nao saiu nem na foto e penalti nao é seu forte. Pq Diabos Julio Cesar nao veio pro Flamengo ? Vide Prass , Sao Marcos, Ceni. Goleiro joga ate os 50…. Felipe Melo nem vou comentar. Finalizando, muito boa a vitoria contra um time consistente e a final vai ter caral de final. colado na tv e esse titulo tem que vir. o Flu tb nao ta fraco, enfim, será muito legal. Melhor ainda com a nossa vitoria. AHh, Vaz meteu uma cruzadinha la que quase era mais contra ataque com gol do adversário. Trauco bela contratação e deve jogar la na frente. Nao eh o primeiro lateral que vira meia devido talento e sem perfil de marcação. Sei que quando o Mengao perde, a gente mete o pau no Zé, mas ele sempre sereno e inteligente nas entrevistas e largando a teimosia, prova que nao tem como demiti-lo. Colocar quem lá? Mesmo que perdemos o carioca, afinal é Fla-Flu, ele deve continuar pro Brasileiro. Repito, se parar de teimosia e sem fechar a casa quando ta 1×0 ou 2×0. Temos que ter a cultura de atropelar, assim ficamos livres de erros de Vaz e arbitragem SRN

    Reply
  2. Eu nao gostei. Acho que este time nao joga facil. Contribuem para isso a dificuldade na saida de bola, a pouca projecao dos laterais e a pouca criatividade do meio campo, tudo alicerçado pelas parcas opcoes no banco(as boas nao tem conficao de jogo). A bola chega sempre mastigada no Guerrero!
    Vendo o FluminenC jogar, prevejo muitas dificuldades com nossa defesa lenta e nosso meio campo quadradao. Claramente, diferentemente dos rivais, o ZR nao aposta na base, preferindo nulidades como Gabriel, Mancuello, Berrio, Damiao e afins.Mais do que nunca a mistica da camisa tem que valer.

    Reply
      • Meu amigo Rick!
        Pela Libertadores que Berrío fez, juntamente com Guerra e Borja, presumia-se que ele chegaria pra ser titular. Acontece que o modelito 4-5-1 do Zé, de certa forma deu certo. Acredito até, que se não tivéssemos derrapado contra o Inter (2×1), nossas chances seriam enormes. Aquilo foi um brochante da melhor qualidade.
        Tínhamos para a posição, 3 atacantes (Cirino, Sheik e Fernandinho) que equivaliam seis por meia dúzia.
        Berrío chegou, justamente como uma proposta para alterar o esquema para 4-4-2…
        Como a adaptação tá complicada (assim como Borja e Guerra no Palmeiras), Zé tem optado pelo esquema que deu certo no Brasileiro do ano passado.
        Pessoalmente preferia o Marinho. Mas a conquista da Libertadores pelo Nacional da Colômbia, pesou na escolha.
        Como Marinho jogou o Brasileiro no Shakhtar Donetsk da Ucrânia… nosso Centro de Burrice não viu… kkkkkkkkkkkkkkkkk

        Reply
        • Acho que ninguém aqui pensou diferente, amigo Egon. Mas as nuances do futebol são coisas dificeis de se explicar. Como o Henrique bem colocou acima, o Palmeiras, candidato quase unanime para ganhar o Paulista, deu adeus ao campeonato com toda aquele milionário time.

          Reply
        • Exato, meu comentario não é quanto pode ser util ou quanto a esquema, centro de inteligencia!! Mas a torcida queimando jogador que nem oportunidade de verdade teve ainda, é muita corneta pra pouco bom senso!!

          Reply
  3. Kléber.Amanhã provavelmente alguns dirão novamente, que não temos técnico.Jogamos contra um time fechado e conseguimos igualar as ações no meio campo.Mudamos o modelo defensivo com 3 cabecas de área e continuamos com o domínio do jogo.Enfim ele soube usar o elenco que tinha nas mãos.

    Reply
    • Mario Fernando, é isso aí! Soube, como sempre, usar o elenco (mediano) que dispõe. É bom treinador, muito promissor e que também é muito importante, tem o elenco nas mãos.
      Um abraço.

      Reply
  4. Eu sabia, o botafogo só sabe jogar de um jeito, fechado na defesa e rápidez no contra-ataque. Como o Zé Ricardo povoou o meio de campo, ficaram sem jogada. A mesma coisa o Fluminense, joga do mesmo jeito. Temos time para ganhar deles. Espero que consigamos. Parabéns Zé Ricardo e todo o time. SRN!!!

    Reply
  5. Caro Kleber e amigos!
    Foi um bom jogo, com domínio absoluto do Flamengo. Quando você com muita propriedade comenta, “tirando uma coisinha ou outra”, é fácil de identificar. Os poucos ataques do Botafogo foi concebido a partir da saída da nossa bola, e hoje, talvez tenha sido o dia que mais vi Márcio Araújo errar bolas de transição consideradas simples. Da mesma forma o Rômulo. Não vive seu melhor momento, mas, igualmente ao Márcio, foram combativos. No primeiro tempo o Arão também cometeu seus erros. Completando, o gol do Botafogo somente teria condições de acontecer se fosse originado por um grande erro nosso. E assim foi. Numa decisão, não se comete erros dessa forma. Com infantilidades assim, se chama o adversário ao jogo, faz ele crescer e buscar gás aonde parece não existir.
    Temos duas partidas e precisamos estudar bem o time do Fluminense que vive boa fase e certamente é hoje o adversário mais difícil de se enfrentar no Rio. Apesar de boa campanha na libertadores, o próprio Botafogo é muito esforçado, porém, sem jogadores que o qualifiquem como um adversário acima da média. Acredito que pelos investimentos, pelo elenco e pela grande expectativa criada, perder o carioca será uma forma de desacreditar a equipe. O carioca é muito importante.
    Pelo que tenho visto, muito provavelmente o Guerrero ajudará a ganhar esse campeonato. Está muito bem, sem dúvidas, vivendo sua melhor fase no Flamengo.
    SRN a todos

    Reply
  6. Quando se tem um filme com ótimos atores e você sabe que o filme será bom em contrapartida com uma novela com a mesmice de sempre, qual sua escolha? Não há nenhuma dúvida quanto ao que os amigos escolheriam.

    No mesmo instante que passava o jogo do nosso Mengão, estava passando Real Madrid x Barcelona. O que assistir, o filme ou a novela? Até tentei, mas não tem jeito. Quando o filme é bom, não tem novela que dê jeito. Um jogaço de bola no Santiago Bernabeu com uma vitória mágica do Barcelona. Em contrapartida, um jogo sem muitas novidades, um futebol nada empolgante, um adversário que com todo respeito não tem como fazer frente ao Flamengo. O Flamengo vem perdendo para ele mesmo. Já era para termos um time jogando com um padrão tático bem definido e claro. Mas cada jogo é uma história. Não aguento mais essa amarração que o Zé Ricardo faz e o time não me empolga. Ví o jogo do Fluminense para ver o que de diferente o Abel tem feito naquele time. É de dar inveja. Como ele soube fazer aquela molecada jogar um futebol pra frente e envolvente. Como o time do Fluminense sabe aproveitar bem sua base. Aliás, Fluminense e Botafogo nos dão banho de goleada em aproveitamento da base. E olha que somos o clube que mais gasta com formação na base. Inacreditável.

    Agora vamos ao que interessa. Agora é pra valer. Agora o Zé vai ter que mostrar a que veio. Está na hora de ele mostrar que sabe, sim, fazer o time jogar bem no estadual aquele bom futebol que vem jogando na libertadores. Agora vai ou racha.

    A propósito, o filme foi ótimo, a novela deixo por conta dos amigos do blog. Lerei todos com prazer.

    Reply
    • Melhor seria V.Sa ter ido ao Teatro!!! Futebol, as vezes é também espetáculo, mas em 99,99% do tempo, em nosso caso, é Amor, Raça e Paixão!! Entendeu do sofá???

      Reply
      • Cada usa seu tempo conforme acha mais apropriado. Não deixei de ser torcedor do Flamengo por não assistir essa partida. Vivemos de opções. A mesmice de sempre é algo que qualquer um de nós tende a evitar. Se V.Sa. gosta dela, seja feliz assim. SRN

        Reply
  7. Gabriel como atacante, é um belo lateral.

    Vaz, entendeu o recado.

    Rômulo, sem o tempo de bola.

    Zé Ricardo, volto a dizer: começou a pensar mais no meio campo, ao invés do ataque, e o time evoluiu mais (Católica, Atl PR e Botafogo),

    Bandeira, por favor, deixa o assunto dos “amigos da Ferj” pra depois do fim do campeonato.

    Reply
    • “ZR começou a pensar mais no meio campo”: Pergunta, e qdo ele deixou de pensar só no meio campo? Outra pergunta: Quando ele começou a pensar no ataque? Vc acha que Guerrero isolado é ataque? Ou que Gabriel e Éverton são atacantes? Em suma, ZR não gosta de atacantes, gosta mesmo é de meio de campo, por isso ele joga com 5 (MA, Arão, Diego, Éverton, Gabriel). SRN.

      Reply
        • Vc só pode estar se referindo a uma certa formação atípica do ano passado, Fernandinho e Cirino. Mesmo com estes dois atacantes, suas funções além de atacar eram servirem de contenções pelos lados dos campos, os famosos assistentes de laterais. SRN.

          Reply
      • Meu grande amigo Nino!
        Foi justamente com este meio, que chegamos em 3º lugar no Brasileiro com os mesmos 71 pontos que o Santos (2º)…
        Com essa quantidade de “meias”, fomos o 4º ataque mais positivo e, a 3ª defesa menos vazada.
        A única coisa que mudou do ano passado pra cá, foram as saídas do Sheik e Fernandinho e, a contratação do Berrío.
        Ou seja! Trocamos dois atacantes por um…
        Lembro ao amigo, que Tite foi campeão da Libertadores em 2012, TAMBÉM com 4 jogadores no meio, e Jorge Henrique fazendo o mesmo papel do Everton.
        Ralf (Márcio Araújo) Paulinho (Arão) Danilo (Diego) Jorge Henrique (Everton) e Alex ajudando no meio, Apenas Sheik na frente, depois substituído pelo Liédson.

        Quanto a nossa “inoperância” ofensiva, nada melhor que matar a cobra…

        MELHORES ATAQUES DE 2017
        Fluminense – 23J, 51G, 2,22M
        Flamengo – 20J, 43G, 2,15M (menos 3 jogos que o Fluminense)
        Atlético-MG – 18J, 37G, 2,05M
        São Paulo – 22J, 43G, 1,95M
        Cruzerio – 22J, 42G, 1,91M
        Palmeiras – 18J, 34G, 1,89M
        Inter – 23J, 40G, 1,74M
        Grêmio – 20J, 32G, 1,60M
        Santos – 17J, 27G, 1,59M
        Botafogo – 20J, 31G, 1,55M
        Vasco – 18J, 21G, 1,17M
        Corinthians – 22J, 25G, 1,14M

        Reply
  8. Dentro das circunstâncias o Flamengo fez a sua obrigação que era ganhar.
    Sou crítico ao trabalho de Zé Ricardo, mas hoje ele tinha que fechar o meio e não dar o contra-ataque ao botafogo, tenho que elogiá-lo, jogou para ganhar isso que importa nesse momento. Quanto ao Rômulo acho que vai evoluir é muito mais jogador do que Márcio Araújo, esse sim deveria dar lugar ao Ronaldo. Temo no Flamengo apenas o fato do treinador escalar como titulares Pará, Rafael Vaz, Márcio Araújo e Gabriel, jogadores de nível muito franco que não são titulares em nenhum time grande de São Paulo, Minas e Rio Grande do Sul, mas no Flamengo de Zé Ricardo são eles e mais sete!

    Reply
    • Kkkk e a corneta ja chegou no Pará de novo!!!!
      Vamos lá, pro lugar do Rafael Vaz voce iria com Juan ou Leo Duarte, ja que o Donatti nao poderia por problemas fisicos??

      Reply
      • kkkkkkkkk…. Graaaaaaande Rick!
        JUAN – Embora o mais técnico de todos, as pernas já não acompanham a cabeça.
        Numa situação com 3 zagueiros, em que o 1º combate seja dele, pode até ser.
        Mas HOJE, pra correr numa cobertura contra um Wellington Silva, por exemplo, só vai chegar na 2ª feira…
        Quanto ao LÉO DUARTE, temos algumas opções: um cone, uma vassoura ou uma escada…
        Esse carinha, mesmo zagueiro, não sai 1 metro do chão…
        Enfim, Vaz foi MUITO BEM escalado, além de ter ido bem.

        Reply
  9. Não consigo entender alguns aqui nesse blog que insistem em dizer que o Flamengo não tem padrão de jogo.
    Como disse acima o Mario Fernando:
    “Enfim ele soube usar o elenco que tinha nas mãos.” É isso aí. Não tem muitas opções para mudar alguma coisa.
    Gostaria que alguém dissesse aqui, qual seria o time e o sistema ideal com esse elenco. Criticar (cornetar) o Zé sem apresentar sugestões é complicado.
    Para o brasileiro precisamos de contratações pontuais.

    Reply
    • Após ver o VT desse jogo, caro Luiz, deu para notar que a proposta do Botafogo era a mesma do Vasco, jogar no contra-atraque. Nem é preciso lembrar que o Botafogo tinha que ganhar o jogo. Começo cada vez mais a entender o Zé Ricardo, e vejo nele um estudioso para cada jogo. O que muitas vezes julgamos falta de padrão de jogo, são mudanças pontuais feitas pelo nosso treinador para aquela partida específica. Com a saída do Diego achei até oportuna sua escalação, já que o empate nos serviria, mas como bem disse nosso presidente acima, o time saiu-se melhor que o esperado. Jogamos bem. A unica coisa estranha no jogo foi aquele penalti infantil feito pelo Rever no final da partida, mas nada que comprometesse a vitória.

      Reply
  10. Duvidei muito que este esquema de jogo com 3 volantes espelhando o Botafogo desse certo, mas deu! Parabéns ao ZR, seu instinto de sobrevivência no cargo é notável!
    Gostei muito do time o jogo inteiro, a exceção daquela postura de recurar no fim do jogo!
    – Rafael Vaz passou uma visível insegurança, ia bem até o fim do jogo qdo entregou duas vezes a bola nos pés do adversário, mas nada grave.
    – Guerrero, esta aproveitando com unhas e dentes a boa fase.
    SRN.

    Reply
  11. “Pop Bola” (Rádio Globo)
    Apesar do regulamento do Carioção não prever qualquer vantagem nas duas partidas da final, na prática o Fluminense “leva vantagem na cobrança de pênaltis”, Muralha não pega pênaltis, nem aparece na foto, aproveitamento de 5%, fato! SRN.

    Reply
    • Verdade, vem na contra-mão histórica de ótimos pegadores de penalidades que tivemos… até o Felipe (mão de pau) e melhor que o muralha nesse quesito.

      SRN

      Reply
    • Só para os Srs. terem uma ideia:
      A cada 20 cobranças o Muralha defenderia uma com seus 5% de aproveitamento.
      – Gatito Fernandes, aproveitamento de 38%
      – Bruno, aproveitamento de 55% (Até seu último jogo pelo Flamengo obviamente).
      SRN.

      Reply
  12. Chegou realmemente a hora de ver em qual nivel o Zé Ricardo está.
    Nos 2 primeiros jogos tivemos muita dificuldade contra o Fluminense. ( 1 contra titulares e outro contra os reservas).
    É hora de mostrar a que veio.
    Abel até agora mostrou que estudou e entendeu a forma como jogamos.
    A hora do troco é agora.
    Entender e anular a principal força do Fluminense.
    Final merecida entre os 2 melhores times do campeonato.
    Hora da torcida ser o nosso camisa 10 que tanto nos fará falta.
    Bora Mengão, bora Zé.
    Quarta jogo importantissimo que pode encaminhar muito bem nossa classificação e jogar com muita moral a final.
    Boa semana a todos e SRN!!!!

    Reply
  13. Não era muito favorável aos 3 volantes, mas novamente deu certo. A alteração tática do Zé Ricardo na 2ª etapa (Arão na direita avançado e Gabriel no meio) deu muito certo.

    Nota 10 para o Guerrero. Chamou a responsabilidade de prender a zaga adversária, voltou várias vezes para ajudar na armação e ainda fez 2. Gostei muito do Everton que comprova que o time é um com ele e outro sem. Rafael Vaz sério joga muito, mas quando pensa que é o Rivelino complica.

    Enfim, um bom teste para o jogo de quarta-feira.

    Reply
    • Amigo Marcos! O que é Rômulo???
      Aquilo não joga absolutamente nada…
      Mais uma vez contratamos um jogador que FOI, e não, o que É…
      Sua temporada no Vasco, assim como Cadu no Grêmio, enganou mais uma vez nossos dirigentes. É o tipo do negócio que o barato sai caro…

      Reply
      • Até quando, meu amigo, vamos viver de tentativa e erro. Temos uma central de inteligência que monitora o mercado mas não temos seres inteligentes que saibam interpretar o que a máquina diz? Será isso?

        Reply
        • Meu amigo Helder!
          Até o dia que descobrirem que o que não serve para os outros, TAMBÉM não deveria servir pra nós.
          Nosso CENTRO DE BURRICE está sentado nas oportunidades. Não, bons jogadores no mercado.
          Estão entre os encostados ou, com 6 meses para o final do contrato.
          Se estão encostados o clube não quer. Se faltam 6 meses para o final do contrato e o clube não se interessou em renovar, estão disponíveis…
          É nesta linha (com raras exceções), que o pessoal trabalha.
          Escrevo aqui sobre o goleiro do Madureira, faz tempo.
          Como Madureira é longe!!!
          Vou te contar uma boa.
          A Costa Rica, na Copa, tinha um meia espetacular chamado Bolaños. Sem contrato, começou a negociar com o Flamengo.
          Os caras não quiseram pagar nem passagens nem aluguel para o cara jogar no Flamengo…
          “O UOL Esporte apurou que a transação não foi concretizada por conta de o Rubro-negro negar o pagamento do aluguel de um apartamento para o jogador no Rio de Janeiro. A diretoria também se recusou a custear as passagens aéreas de Bolaños e familiares até a cidade do Rio de Janeiro.”

          TÁ BOM, OU QUER MAIS, AMIGO???

          Reply
  14. Em hipótese alguma eu deixaria de assistir a um jogo do meu Flamengo pra assistir a qualquer um outro. A mim pouco importa se Real Madri, Barcelona ou Seleção Brasileira. A minha emoção, o meu passionalismo no futebol mora,de corpo e alma, no Flamengo.Está na poesia do nosso hino:”…uma vez flamengo, sempre Flamengo. eu não sou desportista, eu sou é Flamengo: tem flamengo,estou dentro; não tem Flamengo,estou fora.

    Reply
  15. Como sequencia de trabalho o resultado não foi bom, reafirmo que o Flamengo deveria se preocupar apenas com a Libertadores e abandonar esse fracasso de campeonato carioca. Teremos agora uma maratona difícil de jogos decisivos. Já estamos sem Diego e hoje , parece que perdemos o Everton…
    Quanto ao jogo, o Flamengo fez prevalecer e impôs seu favoritismo técnico, contra um time cansado e com 4 desfalques. Porém,alguns jogadores, como Pará , Gabriel, Rômulo e R.Vazco continuam com uma produção bem limitada. O esquema de tres volantes funcionou hoje e deverá funcionar na quarta feira, porque o empate esta conosco, mas contra o FlorminenC vamos precisar de mais força na frente, mais movimentação e mais disposição pra ganhar o titulo.
    Só pra ressaltar o fracasso de publico nas semi finais carioca….mostra o pouco interesse nessa bagunça da FFERJ.
    Uma pergunta deixarei no ar… Na ultima quinta feira, Sassa cobrou o pênalti da mesma forma que cobrou hoje…Onde será que estava o Muralha que não assistiu? Será que também estava com o marajá do R.Caetano,num churrasco com prostitutas??
    Futebol vencedor também é feito de detalhes….

    Reply
  16. Como ia esquecendo… não entendi o porquê do técnico não ter escalado nenhum zagueiro no banco de reservas. Algo nos bastidores, talvez possa explicar. No mais, Zé Ricardo, passou muito perto de colocar à prova, novamente o seu trabalho. Porém, passamos para a final.

    Reply
      • Não vi o jogo, talvez, algo justificasse a escalação, como algum jogador, que saiba cumprir aquela função, que não na minha opinião, nessa escalação do Flamengo não observei.

        Reply
    • Meu amigo Robson!
      Pode ser, que de tanto ser criticado (injustamente), Zé esteja tentando formatar seu HD.
      Realmente não tínhamos zagueiros no banco.
      Será que ele estaria tentando mudar a posição do Poste Damião, já que vamos ter que aturar esta draga até dezembro???? kkkkkkkkk

      Reply
      • kkkkk Muito boa!!

        Ninguem, absolutamente ninguem, no flamengo sabe melhor tirar gols do que o Damião!!!

        E como premio renova-se seu contrato, é brinadeira!

        SRN

        Reply
        • Amigos Helder e Rafa!!!
          Como estamos falando de um Departamento de Futebol composto de uma equipe recém promovida do INSTITUTO BENJAMIN CONSTANT, não se espantem se pagarem o preço do cara à Doyen Sports no final do ano.

          Reply
          • hahahahahhahaah

            Se isso acontecer é caixão e vela preta pro centro de “inteligencia” (adormecida).

            Até hoje não consigo acreditar que deixamos o Kayke sair por causa de um reajuste salarial ínfimo e em troca trouxemos o cone recebendo o triplo, vai ser inteligente assim la ……longe.

            SRN

  17. Domínio absoluto do Flamengo até os 2 x 0. O placar poderia ter sido maior. Até que o Guerrero perdeu gol feito na jogada melhor trabalhada até então. A partir daí foi uma sucessão de passes errados e entregamos o domínio do jogo para o Botafogo, que perdeu gol fácil com Sassá, com o goleiro já batido, e o pênalti infantil do Rever. Mas, a vantagem já era grande e o Botafogo não chegou a assustar. Observação final. Não consigo entender, nem admitir, a titularidade do medíocre Gabriel. De outro lado, precisamos encontrar quem saiba bater pênalti. Num futebol equilibrado, como o nosso, em que qualquer detalhe pode determinar uma vitória, não se pode confiar uma cobrança de pênalti a quem fecha os olhos e se livra da responsabilidade com uma porrada, caso do Guerrero. Os goleiros costumam estudar os batedores e, na próxima, se não tentarem advinhar o canto, a chance de defender será muito grande, é só ficar parado no meio do gol. Não estaria faltando treino e inteligência? Não acompanho o dia a dia, mas, pela forma como bate na bola, sou capaz de apostar que o Trauco seria mais indicado para esta função. Basta definir e treinar. SRN

    Reply
    • Yvan, observações oportunas. Vale lembrar que a Ponte Preta só se classificou com certa facilidade porque matou o jogo de ida na sua casa. Em nenhum momento se acomodou e buscou ampliar o placar o jogo todo. O Flamengo está dando mole nesse sentido. Continuamos perdendo gols inacreditáveis. Isso em algum momento vai fazer falta. Como vc bem disse, em campeonatos equilibrados como o Brasileirão isso pode nos custar novamente a briga pelo título.

      Reply
  18. Boa Paulo Cesar Fernandes, faço das suas palavras, as minhas.
    Qto ao jogo, querido KL, achei o primeiro tempo amarrado, apesar de termos sido melhor e criado algumas chances.
    Na segunda etapa, qdo o ZR trouxe o Gabriel para o meio, melhoramos bem e dominamos completamente o adversário. Se o Guerrero tivesse feito o terceiro gol, a vitória teria sido mais justa.
    Guerrero, mais uma vez, fez a diferença, calando aqueles que o chamam de Tuta Peruano, Poste e etc…
    Da mesma forma q “alguns” falam q agora vamos medir a capacidade do nosso técnico, rebato dizendo q, TAMBÉM, o time do Flu vai ser testado de verdade pela primeira vez. Agora é decisão, e em decisao, sou mais FLAMENGO.
    SRN!

    Reply
    • Amigo Carloto! Nossa “draga” Zé Ricardo continua invicto e, com uma temporada invejável…
      O Botafogo simplesmente não jogou! O Muralha só apareceu na TV (mas não na foto) quando o penalti foi batido. Não fez uma única defesa no jogo inteiro. Só bateu tiros de meta…
      Nosso Guerrero fez um de bola rolando e, um de penalti. Por sinal, no meio do gol. Perdeu 2 na cara do goleiro e culpou o gramado.
      Everton, com o goleio sentado, preferiu passar para o Gabriel impedido…
      Evidentemente, essa enxurrada de gols perdidos (nosso melhor fundamento), vai pra conta do Zé Ricardo…
      Vencemos o Botafogo completo e dominamos o jogo inteiro. O mesmo time que tem sido a sensação da Libertadores.
      Enquanto isso, lá em São Paulo, o melhor elenco do mundo foi desclassificado pela Ponte e, o Galo foi depenado pelo Libertad.
      Faz tempo que o Flamengo não faz uma temporada tão positiva. Isso, também vai pra conta do Zé Ricardo…
      Lembro que jogamos sem nosso craque, e nosso time, com cara de defensivo, não teve nada de defensivo.
      Quem faz 2 e perde 3 na cara do goleiro e, não deixa o adversário jogar, não só deu um nó no Jair, como fez uma belíssima partida.
      CULPA DO ZÉ…

      Reply
        • kkkkkkkkkkkkkkk
          Fora o Tite, Zé está num nível até superior frente aos outros.
          Índice de aproveitamento de 62,4% em 2016, e 72,7% até o momento.
          Mesmo não tendo nem um ano nos profissionais, tá mandando muito bem.
          Desde que assumiu, são 62 jogos e apenas 10 derrotas.
          “irresponsavelmente otimista”… é bom hem!!! kkkkkkkkkkkkk

          Reply
          • Egon, vamos ficar com as estatísticas de 2016, elas são bem mais amplas, heterogêneas e completas:
            62,4% significa que a cada 5 jogos com 15 pontos em disputa o time alcançou 9,48 pontos, ou sejam, 3 vitórias e duas derrotas, ou 2 vitórias + 3 empates (acho que essa última espelha mais o desempenho do time nas últimas rodadas, onde faltou o algo a mais para a vitória, o gol). Em minha opinião 62,4% de aproveitamento é bem o conceito do trabalho do ZR, não é ruim, não é regular, mas sim de bom com viés para B+. Porém é justamente ai que esta a questão, não deveria o time ter dado um significativo salto qualitativo, se consolidando do B+? Seja como for, para o bem de todos, parece que estes últimos 2 jogos o ZR começou a reencontrar o seu viés de alta do seu trabalho, depois de flertar seriamente com o viés de baixa, IRMÃOS….OREMOS! SRN.

        • Meu amigo Nino! Vou resumir com mais autenticidade.
          Em junho de 2016 Zé Ricardo assumiu após saída de Muricy. Até o final do Brasileiro em dezembro, comandou o time em 39 jogos, com 21 vitórias, 10 empates… e, apenas 8 derrotas. Ganhou 73 pontos e perdeu 24…
          Na minha opinião (e aí falo de TODAS as dificuldades que tivemos sem estádio), o viés está cada vez mais em alta.
          A campanha de 2017 (até o momento – 72,2%) está provando isso.
          São 22 jogos, 14 vitórias, 6 empates e, apenas 2 derrotas. Ganhou 48 pontos e perdeu 6…
          Sabemos que substituir um Muricy, recém promovido da base e, encarando um Flamengo, é coisa pra Batman e Robin.
          É o cara, meu amigo!

          Reply
  19. Estou mega feliz!!!
    Nunca imaginei viver para ver o Nosso PROFESSOR PARDAL,anular e Vencer o Guardiola e muito menos ver o Flamengo vencer o “BARCELONA”

    Reply
  20. Henrique, boa analise do jogo. Quanto aos zagueiros, espelha o fraco planejamento desta diretoria que renovou com o Juan e manteve o inexperiente Leo Duarte no elenco em vez de empresta-lo. O resultado e que ninguem confia neles. Lembro que no Real o Pepe e o Varanne estao machucados e a temporada esta no fim. Aqui esta no inicio e 3 zagueiros nossos estao sempre com problemas(Donatti, Juan e Leo Duarte).

    Reply
  21. Bom jogo,.Vitória justa e sem sustos , como o 1o jogo é entre as 2 partidas dá liberta ( nossa prioridade no ano ) eu pouparia os mais experientes e os que mais se desgastam ( rever , arão, Everton e Guerrero) , e iria de time misto ..

    Reply
  22. Tem torcedor com cérebro de ameba, alias que me desculpem as amebas. Será que o sujeito não observa as ótima atuações do M.Araújo, ontem mais uma, o Pará é um vencedor, após um início claudicante, desde meados do ano passado, suas atuações são boas, o Gabriel está longe do ideal, não é titular com o time completo, mas é indiscutível a seu crescimento no pós ZR, sendo uma boa opção de elenco, o Vaz jogando o “feijão com arroz’, sem maiores enfeites, é bom zagueiro sim. Nesti espaço Rubro-negro, aparecem figuras bizarras, para dar opiniões sem nenhum sentido. Desculpem o trocadilho infame …..

    Reply
  23. Venceu,mas não convenceu.Continuam as falhas ditas imperdoáveis..
    Passes errados a menos de 2 metros,Rever penalti bisonho,MA retoma a bola,preciso nos desarmes,mas de posse da pelota não sabe o que fazer,Rômulo e Gabriel precisam tomar doses cavalares de “Carabao”,tal a morosidade nas ações,o futebol de Arão sumiu!!!
    Temos que melhorar muito.Avante “MENGO” !!!!

    Reply
  24. Boa vitória do mengão, trocaria a volta do Diego por todos desfalques do bota, no mais time jogou bem, mas fica uma observação minha, acho que o trauco na lateral, perdemos sua capacidade de finalização, passe, assistência, esse rapaz é um meia, e muito bom meia, na lateral não produz tudo que pode, e ainda tem que se preocupar com a marcação, que não é seu forte. Testaria ele no lugar do Romulo, com o Rene indo pra lateral.

    Reply
    • Concordo plenamente!!!
      SEM DIEGO OU CONCA…
      Muralha, Pará, Réver, Vaz e Renê.
      Márcio Araújo, Arão, Trauco e Everton (sempre).
      Berrío (Gabriel) e Guerrero.

      Reply
  25. Roubinho e o “Velho Babão”, pensando que nunca iriam ganhar um turno, armaram ou melhor, inventaram, uma fórmula de campeonato colocando nas finais quem não ganhasse nenhum turno…O Vasquinho venceu a Taça Guanabara e ficou fora da final….Aí eu pergunto a vcs, tem coisa melhor?

    Reply
    • Mauro, pensamos a mesma coisa. Os velhinhos se reuniram na surdina, bolaram a coisa mais esquisita que já se inventou em matéria de fórmula de campeonato, pois não tinham dúvidas que Flamengo e Fluminense eram os favoritos ao título. Armaram para se dar bem. Se deram mal.

      Alguém, não me lembro quem, disse que essa fórmula na verdade foi um pedido da Rede Globo para não correr o risco dos quatro grandes ficarem fora das finais. Será???

      Seja como for, ver o Vasco e o birrento Botafogo de fora já foi uma grande vitória.

      Reply
  26. Graaaaaande Maurão!!!!
    O Vasquinho do Babão, só chegou onde chegou, por causa daquele penalti fajuto contra nós.
    O problema, é que o Flor não deu nenhuma chance para que fosse roubado.
    Se chega aos 40 do segundo tempo, 0x0, com certeza um penalti seria marcado contra o Flor…
    * Quem venceu a Taça Guanabara foi o Fluminense. O Vasco venceu a Copa Rio empatando contra nós.
    Coisa melhor? Tem!
    Levantar o Carioca e fazer uma carreata em frente ao Chiqueiro da Barreira do Vasco.

    Reply
  27. Exatamente Carlos, Berrio não pode ser banco do Gabriel, até acredito que ele colocou o coice de grilo pra testar o time que vai jogar na quarta, já que o berrio ta suspenso, porém no domingo deveria ir de berrio, Gabriel muito fraco, voluntarioso mais fraco.

    Reply
  28. Vamos com calma, o Botafogo estava “morto com farofa”.
    Pegaremos o Atlético PR com grama artificial, descansado e com um juiz caseiro.
    E mais, deu pena do Guerrero sozinho na frente. É que o cara está numa fase muito boa.
    Vamos ter que apresentar mais um pouquinho, para, pelo menos, saírmos com um empate do Paraná.
    Rômulo muito mal!
    Vamos colocar faixas na Gávea pedindo Ronaldo.
    Em tempo, Marcelo Cirino deverá fechar com o Inter.
    Façamos uma novena para São Judas Tadeu para colocarem o Vinícius Jr. nesse elenco.
    SRN!

    Reply
  29. Graaaaande Pablo!
    O Botafogo FICOU “morto com farofa, quando Zé povoou o meio e detonou o esquema deles. O contra-ataque…
    Você tem razão quanto a pedreira no Paraná. Se bem, que na última rodada do Brasileiro, empatamos no campinho de grama de mentirinha. Mas vai ser osso!!!
    Quanto ao Rômulo, o vídeo que receberam para avaliação, foi de quando ele jogava no Vasco… kkkkkkk
    O sumiço do Cirino, é um enorme motivo para comemoração. Fogos etc…
    O que me preocupa, é que só ficamos com Berrío para a posição.
    Sobram Thiago Santos e a formiguinha Cafu…
    Abs irmão

    Reply
  30. UTOPIA X REALIDADE: Você tem o direito de escolher.

    Não dá mais caros amigos. Não há como ficarmos todos, à deriva e sujeitos à boa vontade do atual Governo do Estado que, não tem e nem demonstra ter o mínimo de sensibilidade para resolver o atual imbróglio do Maracanã.

    Precisamos sim, mais do que nunca e em estado de pressa, corrermos contra o tempo e a favor das benesses que nos acompanham e que construímos com nosso suor para galgar patamares ainda maiores.

    Construir o nosso tão sonhado estádio, deixou de ser um sonho megalomaníaco para ser tornar hoje, algo mais do que necessário. Necessário porque precisamos dar talvez o último passo rumo a alforria junto a Fferj e ao Governo do Estado.

    Hoje pela manhã resolvi postar parte desse texto em outro blog, no entanto gostaria de dividir com os amigos e com Kleber Leite e colocar essa pauta em discussão aqui.

    Estádio para 85 mil pessoas: UTOPIA OU REALIDADE?

    A única vantagem do Flamengo e qualquer outro time carioca operar seus jogos no Maracanã, se deve à sua localização.
    Ter metro, ônibus, trens e estar localizado num bairro central e de fácil acesso faz do Maracanã uma boa opção…. Mas não a melhor.

    A melhor opção é sempre operar num equipamento em que se tenha 150% de autonomia. SIM……100% de autonomia em se tratando de Brasil, vez ou outra é pouco.

    Acontece que:

    Atualmente é impossível achar um terreno que contemple por exemplo, espaço físico para construir um estádio para 80.000 pessoas na cidade do Rio de Janeiro. Ainda que achemos, que contemple por exemplo metro, trens, e qualquer outro transporte de massa, e que tenha fácil acesso É QUASE UMA UTOPIA.

    Sendo assim, vamos imaginar UTOPICAMENTE que o terreno do Maracanã estivesse hoje vazio, ou simplesmente que o Governo do Estado colocasse hoje, o complexo do Maracanã a venda pela bagatela de 1,6 Bilhões de Reais.( tirei esse número aleatoriamente tomando como base a dívida exposta pela mídia do atual estádio do Corinthians)

    Vamos então exercitar a matemática nua e crua para esse fato UTÓPICO.

    1,6 BILHÃO DIVIDIDOS POR 240 MESES = 6,6 MILHÕES MENSAIS
    ( 240 meses seria o prazo de 20 anos para pagar o estádio )

    Agora apliquemos a mesma constante no ticket médio apurado no Alians Parque onde se tem hoje, uma média de ocupação de 68% das cadeiras e um ticket médio de 58 reais

    1 – Teríamos então algo perto de uma média 53040 torcedores por jogo ( 68% de 78.000 – capacidade do Maracanã.)

    2 – 53040 se aplicarmos um ticket médio de 58 reais, gera uma receita bruta de R$ 3.076.320,00 por jogo.

    3 – Se tivermos 40 mandos de campo no ano chegaremos a marca de R$ 123.052.800,00 de bilheteria no ano.

    4 – Nesse caso amigos, teríamos um DÉFICIT de R$ 10.280.533,33 por ano.

    Vejam bem amigos e atente para esses números.

    Estou afirmando que sozinha e com o devido plano de sócio torcedor e de fidelidade a torcida paga o equivalente a 92,28% da dívida anual do estádio.

    5 – Se colocarmos o serviço da dívida ( juros correntes durante os 20 anos de pagamento ) a uma ordem de 25% anuais, essa mesma torcida pagaria algo perto de 73,83% do estádio.

    Chegaríamos ao valor real de R$ 523.366.400,00 SÓ DE JUROS!

    Esse seria hoje o valor que o Flamengo teria que arrecadar com Name Rights, venda de cadeiras cativas, camarotes, placas estáticas, patrocínios, parceiros comerciais e todos os outros possíveis produtos vendáveis para essa operação.

    A) – Name Rights – A Allianz assinou um contrato de R$ 300 milhões pelo período de 20 anos, portanto R$ 15 milhões por ano, para rebatizar o estádio do Palmeiras. Deu opções, fez uma enquete com a torcida, e se decidiu por Allianz Parque.

    B) – Camarotes – O estádio palmeirense tem 188 camarotes. (…) Sobraram cerca de 120 para ser comercializados.(quando do início das vendas) (…)
    A venda foi feita pela WTorre em parceria com a Traffic. Hoje, com cerca de 85% dos camarotes à venda já reservados, a receita chega a R$ 80 milhões. Os contratos têm até cinco anos de duração.

    C) – Estacionamento e catering
    Há duas empresas terceirizadas pela WTorre para cuidar de estacionamento e alimentação, chamada no mercado de catering. São elas Estapar e Gourmet Sports, respectivamente. Os contratos têm um mínimo garantido, e este número está próximo de R$ 95 milhões em oito anos. O valor pode aumentar se a demanda for maior do que a prevista, mas não diminuir.

    D – Patrocínios –
    A WTorre criou 14 cotas de patrocínios ao estádio, nas quais as empresas que a comprarem terão marcas exibidas pelo local, pacotes de ingressos para levar clientes e outros benefícios. Dessas, dez já foram fechadas, e a receita delas gira em torno de R$ 135 milhões – sem considerar, neste número, o que paga a Allianz. Entre as patrocinadoras estão Diletto, Burger King, Dog Häus e, a mais recente, Citröen, cujas cotas têm durações e valores diferentes.

    E) – Cadeiras cativas –
    Esta é uma receita ainda imprevisível, porque cadeiras cativas são motivo de discórdia, e até de processo na Justiça, entre WTorre e Palmeiras. O torcedor que quiser ter uma cadeira só para ele no estádio palmeirense vai ter de pagar duas vezes: uma anuidade, a título de ter a exclusividade sobre aquele assento, e o valor do ingresso jogo a jogo.

    Foi combinado que a WTorre ficaria com a anuidade, e o Palmeiras, com o ingresso. Mas chegou a gestão de Paulo Nobre, e o novo presidente decidiu que queria também parte das anuidades. O Palmeiras entende que 10 mil lugares pertencem à construtora e os demais, cerca de 33 mil, a ele. Não é o que diz o contrato, e a questão vai ser decidida na Justiça.

    Outro ponto ainda a ser definido é a empresa que fará a venda dessas cadeiras cativas. Há um acerto com a ESM, mas o contrato entre ela e a WTorre ainda não foi assinado.

    F) – Shows
    Outra fonte de dinheiro, ainda é difícil de prever, mas que já dá sinais de quanto pode gerar, são shows que o Allianz Parque receberá. Neste aspecto a AEG, contratada pela WTorre para ajudar na gestão do estádio, é fundamental. É esta a empresa que tem sob contrato vários artistas internacionais com potencial para encher estádio.

    Há espetáculos de grande porte prestes a serem confirmados. Paul McCartney deverá fazer duas apresentações em novembro, e os Rolling Stones mais duas em março do ano que vem. Cada um deverá gerar entre R$ 1 milhão e R$ 2 milhões por evento, mas a conta ainda é incerta, porque envolve venda de ingressos, alimentos e produtos no interior do estádio, todos eles ainda novidades para o Palmeiras e para a WTorre. Esses itens variam conforme o artista – bandas que atraem pessoas mais velhas costumam gerar mais venda de alimentos, por causa de bebidas alcoólicas, enquanto atrações mais jovens movimentam mais bonés, camisetas etc.

    Hoje já há especulações que teremos um Mini Rock in Rio em São Paulo com algumas bandas que vão se apresentar no Alians em 4 dias de shows uma semana após o evento no Rio, com lucro estimado em 6 milhões.

    G) – Orientação do público –
    A organização do público nos eventos e jogos dentro do Allianz Parque será feita pela EA, empresa contratada pela WTorre para orientar torcedores. Como a legislação brasileira engessa relações trabalhistas, pois serviços prestados geram vínculos empregatícios que tornam o custo mais alto, a construtora preferiu terceirizar esta área e delegá-la à parceira.

    O intuito é fazer, nos jogos do Palmeiras, o que foi feito por voluntários durante a Copa do Mundo: funcionários que orientarem torcedores vão fazer graça, estimular brincadeiras, recebê-los de uma maneira “amigável”. A WTorre acredita que, assim, será criada uma atmosfera de festa, e questões de segurança serão mais facilmente tratadas.

    No caso específico dos camarotes e das mídias estáticas, podem e devem ser vendidas para empresas que comprem o pacote anual, o que gera ainda mais renda para um aporte inicial do projeto.

    Acha muito o valor? Lembre-se que quando a atual diretoria assumiu, o Flamengo devia 750 milhões e não tinha e continua não tendo um estádio.

    ISSO SERIA 69,78% DA DÍVIDA DOS 750 MILHÕES !!!!

    Isso também prova matematicamente o tamanho do rombo que as diretorias passadas deixaram em nossas mãos. Mas isso é outro assunto.

    Ainda assim, some-se esse valor de R$ 523.366.400,00 a atual dívida que é de 390 Milhões e teremos algo na ordem de R$ 913.366.400,00, onde desse montante 42,70% ( OS MESMOS R$ 523.366.400,00 ) vão ser escalonado para 20 anos!!!!

    Hoje, arrecadamos 514 milhões no ano e me arrisco a dizer que:

    Tão logo o Flamengo assente o primeiro tijolo desse projeto, a arrecadação vai ser escalonada no mesmo ritmo do serviço da dívida. Ou seja, 25% ao ano !

    Seria dizer o mesmo que no ano de 2017 por exemplo,arrecadaríamos 642 milhões e não os atuais 514 milhões.

    SÓCIO TORCEDOR – UM CASO A PARTE.

    Em janeiro desse ano uma matéria do jornal EXTRA dizia que o Flamengo arrecadava 27,3 Milhões tendo 75 mil sócios. A matéria dizia ainda que com 100 mil sócios arrecadaríamos 38,5 Milhões de Reais.

    Hoje temos 91 mil sócios, e isso significa dizer que arrecadamos algo perto de 32,5 Milhões por ano. Palmeiras tem 126 mil sócios. No nosso caso se tivéssemos os mesmos 126 mil do Palmeiras teríamos algo perto de 45 milhões ano com o sócio torcedor.

    Somos 91 mil apaixonados que pagam suas mensalidades sem estádio digno, sem planos de fidelização dignos, e o principal, sem saber onde e como vamos jogar.

    CONCLUSÃO:

    Matematicamente falando, o benefício de ter um estádio para um público entre 75 mil e 85 mil pessoas, é viável, SOB TODOS OS QUESITOS E ARGUMENTOS, no entanto me parece ser geograficamente UTÓPICO. Não há disponível na cidade do Rio de Janeiro um terreno que nos atenda com essa magnitude tão complexa para o acesso ao estádio.

    Parte dessa solução vem com a nova licitação. Ganhando nos trará de 30 a 35 anos de tranquilidade aparente, uma vez que no futuro, continuaremos sem estádio, e numa situação ainda pior geográfica e imobiliária para se conseguir um terreno com essas dimensões e complexidade.

    Portanto, seja em Niterói, Barra da Tijuca ou outra opção a hora é agora. Temos que arregaçar as mangas e todos juntos, torcida, dirigentes e jogadores focarmos numa só direção.

    O que tende a ser Utópico hoje, pode ser realidade amanhã.
    O que é realidade hoje, também pode ser Utópico amanhã.

    Dentro do mundo do futebol, ha toda uma subjetividade comum, mas contra números não há argumentos. E ainda que tenhamos argumentos, eles nos favorecem hoje.

    Sendo assim:

    1 – Eu não sou o novo Einstein e tão pouco sou algum matemático.

    2 – A atual diretoria do Flamengo e inclusive Bandeira de Melo vem do BNDES, o maior banco de fomentos do Brasil, portanto, entendem mais e melhor do que eu de números e mercado.

    3 – Mas os números provam por A + B que se tivesse um terreno ou mesmo se o Maracanã estivesse a venda, daria sim para pagar, e eu me arriscaria a dizer que com os pés nas costas.

    Hoje o atual momento financeiro e econômico do Flamengo gera credibilidade ao mercado, e empresas como a Carabao, fariam fila para estar ligadas e associadas a uma instituição como o Flamengo, que corre contra a toda banda podre de corrupção e falta de ética, e isso nos hoje favorece a pensar grande.

    Grande como o Flamengo. Sem UTOPIAS E SEM MEGALOMANIAS.
    ABRAÇOS # SRN

    Reply
  31. Jogamos contra um Botafogo cansado, desinteressado, e focado em outros campeonatos. Não podemos ter o jogo de ontem como referência, a verdade é que era uma partida sem importância, impossível medir qq coisa.

    Li gente falando que nós também estamos na Libertadores, que nos dividimos como o Botafogo, mas eles passaram onze dias longe do Rio, tendo chegado na véspera da partida. Nosso jogo anterior havia sido em casa, e há mais de dez dias, e em nossa próxima partida vamos ali do lado, em Curitiba.

    A verdade será contada na quarta-feira e nos jogos restantes da Libertadores.

    Enquanto temos seis pontos ganhos em três jogos, sendo dois em casa e um fora, o Botafogo tem sete pontos ganhos em um jogo em casa e dois fora. Eles estão melhores do que a gente.

    Acorda galera, não adianta tapar o sol com a peneira. A partida de ontem não serve de parâmetro pra nada, não melhora a qualidade do nosso técnico, nem nada disso. Ou classificamos na Libertadores, ou a casa cai de uma vez. Estou pessimista.

    Reply
  32. Sério, acho que mesmo quando o Flamengo for campeão do mundo, no mesmo dia teremos corneta pro ZR e comentários de que o time venceu mas não convenceu, que o MA é um perna de pau, que o Vaz quase entrega o jogo bla bla bla….
    Curtam a vitória meus amigos!!!!! SRN

    Reply
    • Pois é, amigo Paulo!
      Imagina se o Jair, recém promovido da base, não gostaria de ser Campeão Carioca pelo profissional!!!!
      Comparar o grupo do Flamengo na Libertadores, com o do Botafogo, é até heresia.
      Alias, dito pela midia inteira, nosso grupo é o mais complicado de todos.
      Segue o enterro do Zé, por mais que os números provem o contrário… Kkkkkkkkkkkkk

      Reply
  33. Morrendo de rir aqui do que diz a torcida do Botafogo, me dei o trabalho de ler seus comentários:

    “esse treinador é muito fraco, temos que contratar um treinador mais experiente. time precisava atacar e estava na retranca.”
    “Um time com lindoso, Fernandes e Roger não pode nunca chegar a uma final.”
    “Jair Ventura tem que variar esse esquema, jogo que precisa vencer não adianta botar 3 volantes e depois fazer as substituições manjadas de sempre”
    “Engraçado jogou 6 clássicos perdeu 4 tá tudo certo cheio de desculpas a mulambada tá disputando a libertadores este Jair ventura e um burro com sorte.”
    “Esse cara não entende porra nenhuma de futebol. Auxiliar de 5 categoria.”
    “Meu caro,se não conseguimos ganhar nem o Carioca, (onde dos chamados grande só há 3) pretendemos ganhar o quê?”
    “A verdade é uma so: o Jair só sabe fazer de um jeito que já está manjado. Toda vez que precisou mudar, não soube. A sorte acabou. Precisamos de competência no comando. Não temos!”
    “Nosso técnico foi covarde entrou recuado, com três volantes precisando dá vitória.”
    “Foi mais uma derrota para o Flamengo. Mais uma que só aumenta nossa freguesia. Nossas derrotas têm um efeito cumulativo e grave. Não conseguimos dividir estádio com eles nem em decisões. Nossa torcida não vai por medo, não de violência, mas de perder mesmo.”
    “Os caras tem 1000 Vitória em cima da gente,a cada 10 partidas contra o Flamengo se a gente ganha 1 é muito. ”

    Torcedor é tudo igual mesmo. Torcida do Faísca insatisfeita com o Jair Ventura e parte de nossa torcida acha ele melhor que o Zé Ricardo. Vai entender…

    Reply
      • Nino, em seis clássicos cariocas perdeu quatro e em dois jogos contra o Zé Ricardo perdeu os dois! Eu acho o Jair um bom treinador, quem esta dizendo que não é e esta contestando o trabalho dele é a própria torcida do Faísca. Agora, se a critica esta dizendo que o Jair é melhor que o Zé Ricardo, como diz o Luxemburgo, “não entendem nada de futebol”.

        Reply
        • Eliel, não é possível dizer que Eraldo Leite, Dé o Aranha, Rafael Marques, Álvaro de Oliveira Filho, ou seja, todo elenco de analistas da Rádio Globo e tantos outros não entendem de futebol, convenhamos!
          Obviamente que tbm é uma questão de ótica e pesos e medidas. Então quais são estes parâmetros que a mídia esportiva esta se baseando? Certamente não é o Carioção.
          SRN.

          Reply
          • Eliel…
            O Botafogo tem,comprovadamente,um elenco limitado,recém rebaixado,está falido,tem uma folha de pagamento pífia,uma péssima estrutura,e um técnico que montou um time com esse elenco medíocre e fez um excelente brasileiro pelas suas limitações meteu 3 no campeão,esse ano fez certo em desprezar o Carioca,que nada vale,nada mesmo,e foi ao que interessa,a Libertadores,passou por cima de Atlético Nacional,Estudiantes,Olímpia,Colo Colo e logicamente, jogou contra o Fla com time reserva,e o Fla penou para vencer,nesse domingo jogou com um time destroçado e cansado e,mesmo assim, não deu desculpas.Se eu quero Jair no Fla?NÃO,mas não nego que faz um bom trabalho,na sua maneira,defensiva ou não,com contra golpes bem construídos ou não,dominando adversários fora de casa como contra o Barcelona,isso é oq o Bota tem,tem que se contentar.Nós ainda aguardamos um bom trabalho de Zé no que se refere a metodologia de jogo em campo,a exigência é outra,o elenco é outro,o rendimento tem de ser muito melhor e não parelho contra os rivais do RJ como vem sendo.

            Não se compara eventuais derrotas ou fracassos do Bota com o Fla,para eles isso pode até ser normal,para nós não,não pode,pelo nosso tamanho,grandeza,investimento,elenco,estrutura,credibilidade financeira e um jejum de 4 anos de títulos.Repito,CARIOCA NÃO É PARÂMETRO PARA NADA,e não faço a mínima questão de ganhar,é preciso focar no que interessa,assim como o Bota,tem Libertadores e o Brasileiro vai começar. E os que apresentarem o melhor rendimento e repertório vão se dar bem.Não vejo em Zé capacidade de tirar o Fla desse jejum,a não ser que se faça mais badaladas contratações que individualmente carreguem o time nas costas,aí até eu treinaria.

          • Daniel, respeito sua opinião mas discordo. O Flamengo jogou a temporada do ano passado viajando o tempo todo, como mandante e visitante, não usou isso como desculpa, mas certamente este foi um fator que nos afetou na reta final do campeonato. O Botafogo teve esta situação por um jogo, não foi a temporada toda. Então entendo que a nossa comissão técnica, quem tem o Zé como comandante, foi competente sim e foi muito longe pras condições que se apresentaram.

            Eu também não dou valor para o Carioca, mas como deram demasiado valor a jogos treinos, sem nenhuma importância, no início da temporada, o campeonato carioca tem valor maior comparado a isso.

            O Zé Ricardo tem aproveitamento na faixa de 70%. Melhor que Jair Ventura, Milton Mendes, Carille, Dorival, Roger, Ceni ou qualquer outro. Desde outubro só perdemos um jogo e não foi para brasileiros. Isso em menos de um ano como profissional, em um clube grande e complicado como o Flamengo. Você acha que o AEROFLA é um indicador de que a torcida esta insatisfeita com o trabalho do treinador e o desempenho do time? Eu acho que não. O Zé Ricardo pode ser inexperiente mas não é incompetente. Logo terá a experiência necessária.

            Mas você diz “contra quem jogamos?” e eu pergunto “contra quem jogaram o Atletico MG e cruzeiro? E o Palmeiras, o São Paulo, Santos e Corinthians? O que dizer do Gremio e Internacional? E os grandes do Rio? Jogaram contra o Barcelona? Real Madrid? Bayern? Juventus? Manchester City ou United? Não, jogaram contra times até mesmo inferiores aos que o Flamengo enfrentou. Sinceramente, eu não queria nenhum destes treinadores citados acima no Flamengo. Para fazer o mesmo, ou um trabalho inferior, é melhor o Zé Ricardo mesmo.

            Futebol as vezes é ilógico. O Palmeiras gastou milhões com o futebol e a Ponte Preta tem um orçamento modestíssimo. No entanto a Ponte goleou, e só não foi mais porque o juiz (como sempre) ajudou. SRN!

  34. Alguns amigos do blog falam em estádio, e eu que agora estou assistindo o basquete no tijuca pela TV, me pergunto cade a arena mcfla…

    Reply
  35. Partida espetacular de Guerrero,que teve,além de dominar e ajeitar inúmeros torpedos lançados,ainda fez um gol resultante de mais um chuveirinho horroroso de Everton,que a zaga do Bota espirrou e caiu nos pés do peruano.

    Ainda sonho em ver Guerrero,num time bem coordenado com coletivo e repertório,ele iria crescer muito,assim como era peça importantíssima no Corinthians montado por Mano e Tite,em que fazia gols,e não era em estadual não,era em jogos importantes do brasileiro e dava inúmeras assistências em triangulações com Jadson e Elias.

    Mudando de assunto: ATENÇÃO! O Palmeiras está com elenco rachado e o inexperiente Eduardo Baptista,verde demais para o tamanho do clube,assim como Zé,pode estar com os dias contados,será que Cuca vai voltar? O que vale é que o Palmeiras assim abre espaço para outros times chegarem ao título Brasileiro? Quem? Quem tiver o melhor técnico e repertório.

    Reply
    • Graaande Daniel!
      Os “tijolos” que Guerrero recebe, é proporcional aos gols absurdos que perde.
      Como: culpar o gramado por ter perdido gol com bola dominada na entrada da pequena área e, matar no peito no mesmo local e “atrasar” para o goleiro.
      Acho que a “tabelinha” mencionada pelo amigo com Jadson e Elias não deu muito certo…
      em 2014 o Ituano foi campeão paulista e, em 2015 foi o Santos…
      Em 2013 Jadson não jogava no Corinthians.

      Reply
      • Ahhhh! Quanto aos Brasileiros, apenas em 2015 o Corinthians foi campeão. Mas Guerreiro fez as malas e foi pro Flamengo antes disso. Precisamente em maio.
        Em 2014 o campeão foi o Cruzeiro.
        Como sou leal ao que vejo, Guerrero melhorou muito este ano. Admito!
        Mas em 2016, foi um fiasco total nosso Tuta Peruano.
        Continuo tendo certeza, que trata-se de um ótimo pivô e um centroavante mediano.

        Reply
        • O amigo não está errado,errado esteve o departamento de futebol que achou que Guerrero era um homem gol,tipo o Fred,ele se aproxima mais de um organizador das tijoladas lançadas que um matador,portanto é até compreensível ele perder gols,até pq ñ é artilheiro.Porém,o rendimento não só dele,mas de todos iriam melhorar com um jogo mais coletivo.Com um centro avante grosso e duro,tipo Luis Fabiano,Fred etc.. essas tijoladas passariam direto.Não exijo dele artilharia,pois ñ é artilheiro,errado é quem acha que é,e quem deu a 9 para ele,funcionaria muito bem como um 2º atacante livre,assim como no Corinthians não ficava plantado,nunca ficou.

          E disse que no Corinthians seus gols eram em jogos importantes,e ele mesmo triangulava com seus companheiros,e não me referi aos títulos e sim ao rendimento,título ele já está cheio,só no Corinthians papou tudo,inclusive o brasileiro,por ter participado ganha medalha e faixa de campeão,oq sempre acontece nesses casos.

          Reply
          • Sem falar que joga num ataque que,em grande parte,só entrega bolas quadradas com dois pontas auxiliares de lateral que só sabem correr, e um único meio campista totalmente sobrecarregado e marcado,que agora machucou,Diego.No Corinthians montado por Mano e Tite eram 3 meio campistas,um atacante de lado e ele flutuando na frente,era criação de boas jogadas o tempo todo,num time que sem auxiliares de lateral tinha uma ótima defesa.

  36. Caros Amigos,

    Me perdoem por eu discordar da maioria, fiquei muito feliz ontem pelo resultado, e só
    O nosso time não é vibrante, não empolga e não entusiasma, saio do jogo feliz pela vitória, mas deixo o estádio sem a menor alegria com a nossa atuação, mesmo sendo infinitamente superior ao Botafogo, tivemos que sofrer no fim do jogo.
    Muralha bem no pouco que foi exigido 7
    Pará bem 6,5
    Rever cometeu penalty infantil 5
    Rafael Vaz 6
    Trauco 6,5
    Renê 5,5
    Marcio Araujo 6,5
    Arão 6,5
    Romulo 5
    Gabriel, o dia em que o adversário jogar sem lateral, ele vai pedir para sair, ele joga para marcar o lateral e é frouxo nas divididas 3
    Guerrero 8 se faz o gol mais fácil sua nota seria 9,5 com direito a música no Fantástico
    Everton 7
    Berrio com 3 volantes o Cirino de sotaque deveria ser titular 6,5

    Reply
  37. Grande amigo Egon!
    Muito atento a suas “críticas”, já que jogou a velha cornetinha fora, quero lhe propor um pacto: fico com seus “parças” Massaraújo e Zé Ricardo e vc pega leve com Guerreiro, que a rigor, joga sozinho em nosso ataque, kkkkkk
    SRN

    Reply
  38. Ganhamos do Botafogo! E aí? Tanta euforia por chegar a final de um campeonato que todos desprezavam? Eu sempre quis ganhar tudo ! Taça Guanabara, taça Rio, carioca, etc. Até pq quem não ganha um campeonato desses, não pode pensar em nada acima disso. Acho que o Flamengo X Fluminense, será o divisor de águas. Vamos Flamengo!

    Reply
    • Concordo, Sergio. Todos aqui desdenhavam o estadual, diziam que nada valia, e agora que vencemos um time do Botafogo destruído de cansaço, já tá todo mundo achando que temos uma seleção, que vencemos um timaço. A verdade não vem contra o Flu, vem antes, amanhã. E essa verdade não tem me deixado dormir.

      Reply

Comente.