Dúvidas e polêmicas em vermelho e preto

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

. Começo pelo tema levantado pelo querido companheiro HENRIQUE. Como sempre, com belo e objetivo texto, o nosso Henrique detona o Campeonato Carioca, que considera ele ultrapassado e, consequentemente, de importância relativa. Viajando mais um pouco no raciocínio do Henrique, fica claro que, para ele, o importante é ganhar nesta quarta-feira e, domingo, o que vier de resultado não vai alterar muita coisa.

Neste caso, há a dúvida e, o tema é polêmico. Henrique, pela foto, é jovem, e talvez isto tenha um peso significativo na análise feita por ele, dando pouca importância ao Campeonato Carioca e supervalorizando a Copa Libertadores. Com certeza, para os mais velhos, que tantas emoções já viveram proporcionadas por espetaculares campeonatos estaduais, a distância em importância não é tão grande, embora, obviamente, não há como negar que a Libertadores seja o sonho máximo de consumo de qualquer torcedor, rubro-negro ou não.

Entendo que haja um ponto de equilíbrio para definir o tema da melhor forma possível. E, que melhor prova posso dar, do que convidando os amigos a darem uma olhadinha em um post anterior (ler aqui), quando afirmo que, se treinador fosse, colocaria contra o Fluminense, no primeiro jogo da decisão, todos os jogadores que estivessem 100%. Qualquer um, com um mínimo de problema, pouparia. Inclusive, afirmei que Éverton, pela importância que tem para o time, deveria ser poupado, pois voltava de contusão preocupante. Portanto, penso igual, só que de forma não tão radical, até porque, tenho no coração marcas profundas, mais felizes do que tristes, de campeonatos estaduais inesquecíveis, onde a rivalidade é inigualável. Ainda bem que temos este doce problema. Sinal de que estamos vivos nas duas competições. Como dizem os argentinos, “¿Me explico?”


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

. Como saboreio todos os comentários, viajo e aprendo com eles, achei algo muito interessante. Metade dos companheiros consegue ver qualidade em Mancuello, enquanto que a outra metade, abomina o argentino. Como hoje estou, mais do que nunca, com o espírito conciliador, vou ficar entre as duas metades e, explico. Quem abomina Mancuello, com afirmativas de que é um jogador frio, que não suporta um jogo inteiro, já que tem fragilidade física, talvez pense assim pelo fato de ter esperado mais do que o jogador pode oferecer. Quando contratado, o argentino chegou como solução para a nossa deficiência de criação e, realmente, se foi contratado com esta intenção, compramos gato por lebre…

Vencido o trauma de não ser ele um talento capaz de desequilibrar, ante as circunstâncias, como ocorreu no domingo passado, até que deu para o gasto e, se o raciocínio for o de começar a ver Mancuello como um jogador para compor o elenco, aí convenhamos, ele não é tão feio assim.  “¿Me explico?”


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

. E o Rafael Vaz, hein? Já imaginaram se no Fla-Flu de domingo a pixotada do tricolor Renato Chaves, que redundou no nosso gol da vitória, tivesse sido cometida pelo Rafael Vaz? Aí está o exemplo claro da importância e, de como é diferente jogar pelo Flamengo. Se o erro bisonho tivesse sido cometido pelo zagueiro rubro-negro, não poderia ele sair de casa, no mínimo, durante um ano…

A verdade é que o nosso nível de exigência é realmente muito maior, o que implica para o jogador em uma responsabilidade infinitamente superior. Não parece incrível que sequer seja comentado pelo torcedor tricolor a furada grosseira do zagueiro? Lá, não é como aqui, onde a banda toca de maneira completamente diferente.

Comento o fato desta forma, relembrando o episódio de domingo, para dizer que descobri uma nova qualidade em Rafael Vaz. Personalidade! Mesmo sabedor de que não é uma unanimidade entre os torcedores rubro-negros, num jogo dificílimo, jogou como um verdadeiro príncipe, sendo perfeito por baixo, no jogo aéreo e nas saídas de bola. Pode ser que eu esteja errado, até porque, como ser humano, sou falível, mas como gosto de arriscar e não sou de ficar em cima do muro, me passa a sensação de que neste Fla-Flu que passou ganhamos definitivamente um muito bom zagueiro.


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

. E o Muralha, hein? Repararam como é inteligente e sensível o treinador da Seleção Brasileira? Tite, ao final do jogo, ao elogiar Muralha, de certa forma livrou a sua própria pele, pois já houve quem o tivesse criticado pelo fato de ter convocado o nosso goleiro. Muralha, que também não é unanimidade no mundo vermelho e preto, tem um defeito grave, que é sair mal do gol – e carrega o estigma de que não pega pênalti. No mais, nada deve a quase todos os goleiros em atividade no Brasil.

Esta é minha fotografia do nosso goleiro. Se vai se firmar ou não, vai depender diretamente do que vai acontecer nos próximos jogos. De qualquer forma, seja para ser o camisa 1, ou o camisa 12, o Flamengo precisa, com urgência, contratar um goleiro. Muito em breve, não tenho nenhuma dúvida, o número da camisa estará definido para a futura próxima contratação, pois nestes próximos jogos, Muralha irá sinalizar, através de suas atuações, que tipo de goleiro os dirigentes devem contratar.

1 Comentário

  1. Kleber, eu tenho 29 anos e cresci vendo o Flamengo campeão carioca e depois fracassando nas demais competições nacionais e continentais. Como disse anteriormente, um dos gols que mais comemorei na minha vida foi o do Pet em 2001, mas hoje quero mais e sonho com mais.

    Também acho que o Flamengo deveria entrar com quem estivesse 100% pro jogo do domingo passado e para o próximo, mas se for para priorizar que seja a Libertadores. Se der para ganhar tudo, ótimo.

    Quanto ao Vaz, já disse aqui que ele jogando sério é ótimo. O problema é quando pensa que é o Rivelino. Juan e Donatti machucados, então precisamos cada vez mais do Vaz bem.

    Muralha pegava muito mais no Figueirense do que no Flamengo. Falo de carteirinha porque moro em Florianópolis e também sou Figueirense. Mas nesse caso, concordo contigo e iria atrás do Fábio do Cruzeiro para a 2ª fase da Libertadores.

    Reply
    • Kleber, concordo com o Henrique que o Fábio, reserva no Cruzeiro, seria um ótimo reforço para nós. Ou o Alisson, titular da seleção mas reserva na Roma. O Muralha serve pra ser reserva.
      SRN

      Reply
  2. KL, como já disse nosso velho amigo Jack, o estripador! “Vamos por partes”!
    – Vaz, torço por ele, gosto dele, mas não seria tão assertivo quanto a ele. O Vaz antes da barração me agradava mais (tirando as pixotadas e óbvio), o atual Vaz perdeu a confiança. Se a recuperar, ou voltam os delírios ou se consolida.
    – Mancuello, teve um bom início com Murici, eu o vejo sem confiança, sem ritmo de jogo, sem moral, mas me agrada o jogador. Sua escalação na 4a é de alto risco! Se jogar vai ser para ser determinante, se se arrastar em campo vai levar o time ao sunuco no 2o. tempo! Ai tome Leandro Damião na cabeça! (puxem a descarga por favor!)
    – Muralha em minha opinião já vimos o que tínhamos que ver sobre ele, desde o ano passado, e a conclusão é que não serve para ser o camisa nr. 1 do time, simples assim!
    SRN.

    Reply
  3. “Ultima parte do esquartejamento” (segundo o método Jack, o imoral)
    CONVOCAÇÃO DO MURALHA E DECLARAÇÕES DO TITE
    Em vistas disso o que diremos? Business are business?
    SRN.

    Reply
  4. Ola Kleber
    Sobre a importância do carioca, acredito que a cada ano ele piora e se desvaloriza, não tem como negar, não sou tao jovem ja vibrei muito com o Tri do gol do Pet como chorei no gol de Barriga (ou de mão?). porem a cada ano que passa os times menores pioram e o nível fica sofrível. se não mudarem a formula a tendencia e ter menos valor.
    Sobre os jogadores citados, gostaria apenas de levantar uma questão que ja falamos muito aqui, sobre o tal centro de inteligencia de mercado do Fla. Contrataram o Muralha por um valor alto e hoje vemos varias deficiência (acredito ser um goleiro mediano) gastaram outra fortuna com o Donati sendo que tinha características parecidas com o rever e todos os zagueiros do grupo são lentos. se esta ja falada questão que compraram o Mancuello como um armador e na verdade o cara e volante. pelo amor de Deus sera que estes olheiros são cegos???

    Reply
  5. Falou tudo KL!! Carioca ou não precisamos de titulos!! São no minimo 50 jogos no ano, no minimo mais 10 na libertadores para ser campeao!! Nao podemos deixar de levantar uma taca por desfazer de 2 jogos seja ela qual for!!! Mancuello eh bom jogador!! Pra compor elenco ta excelente!! Quem sabe em uma temporada com mais confiança não nos entrega um ano de ouro!! Rafael Vaz eu falei desde antes de ser do Flamengo que na carencia que estavamos principalmente no jogo aereo ele ia ser de grande ajuda!! Como esta provado agora 11 meses depois!! Sem ele, e obvio o Rever, talvez nem libertadores estariamos jogando!! Vitoria amanhã e domingo!! E guardem o oba oba, e as cornetas!!

    Reply
  6. Mancuello só para compor elenco; Vaz se jogar muito sério é titular absoluto e com futuro; Muralha é bom goleiro.Porém, tem uma saída de bola muito ruim e não pega penalti algum e, principalmente, não passa confiança.

    Reply
    • Sorry! Vaz não seria titular em nenhum clube da Serie A, incluindo o asCÚ, de onde ele veio! Ele não passa de um jogar mediano, muito mediano, mediocre até, no Flamengo não pode ter este tipo de jogador! Mas o ZR gosta de quebrar regras, vide o MA, a mediocridade em sua quinta essência!

      Reply
  7. Caro Kléber e amigos!
    Os textos do nosso amigo Henrique são realmente bem inteligentes, o que prova que a idade não descaracteriza o bom raciocínio. São apenas pontos de vistas dele a pouca valorização ao carioca. No meu caso, sou muito a favor do campeonato carioca, que entendo, em nada atrapalha a libertadores. Parte do carioca o Flamengo jogou com o time considerado reserva e se não venceu no Chile ou em Curitiba foi pela capacidade que tem de perder gols.
    Confio na vitória amanhã e isso nos deixará ainda mais fortes para a sequência da competição. Confio na vitória domingo e isso nos tornará ainda mais confiantes para o ano. Confiança é tudo e algo mais. E falando nela e dos jogadores aqui citados, vou manter minha desconfiança no Muralha. É bom goleiro, porém, para o tamanho do Flamengo ele jamais será algo que se aproxime de unanimidade. Que ele, melhorando, possa nos desmentir.
    SRN

    Reply
    • Francisco, tenho 42, vivi a maior parte da minha adolescencia e começo da vida adulta estudando e depois trabalhando fora do Brasil, mas nunca curti os chamados “regionais”, mesmo que em casa tivesse um Pai Portugues, mas torcedor roxo do florminenC! Atualmente essas Roubinho’s Cup não servem, rigorosamente, pra nada! SRN

      Reply
      • Caro Joaquim!
        Os estaduais são importantes, como vemos o campeonato paulista. Se não fossem eles, teríamos um campeonato brasileiro somente com a elite e esse nosso Brasil é imenso. De toda forma, sua opinião tem meu respeito, assim como a do Henrique. Talvez precisamos reorganizar federações e seus comandos. Os gestores corruptos é que por vezes tiram a magia dos estaduais!
        SRN

        Reply
  8. Mancuello fraquíssimo, não acredito que o Ronaldo consiga produzir menos que ele. Tem lampejos durante a partida, pegada fraca, marca mal, cometendo faltas desnecessárias, enfim temeroso a escalação desse jogador em um jogo tão importante, poderia ir até de cuellar jogador mais brigador, não chega a frente com tanta facilidade, mas fecha o meio muito bem, liberando mais o Arão.

    Reply
  9. Quanto ao Muralha cocordo que é fraco na saída do gol e também tem dificuldade em sair jogando com os pés, no mais é bom goleiro.
    Vaz é a melhor opção para jogar com Réver
    E o campeonato carioca é um torneio composto por times amadores de nível técnico sofrível e que gera prejuízos aos clubes grandes. Isto se aplica não só ao carioca mas aos estaduais onde nem o Paulista que possue times mais ricos e estruturados se salva. A muleta desses torneios é que os clubes pequenos dependem deles para sobreviver mas se for olhar em nenhuma liga forte no mundo existe isso e nem por isso os clubes de divisões anteriores morreram.

    Reply
  10. Kléber Leite, parabéns pelo bom texto!
    Mas vejamos:
    -Campeonato Carioca: Não sou da idade do Henrique, mas dou mais importância a Libertadores e Brasileiro, pois desejo ver novamente o Flamengo campeão da Libertadores
    – Mancuello- Desde que chegou ao Flamengo acho muito o futebol dele parecido com Danilo(ex-Goiás, São Paulo e atualmente no Corinthians), explico: bom jogador com a bola nos pés, perigoso e capaz de decidir numa jogada, mas você não acredita que ele possa ser titular do seu time;
    -Rafael Vaz: No jogo de domingo foi um dos três melhores, sem dúvida, porém sou crítico ao seu futebol há tempos, todos sabem! Muito irregular não pode ser titular de time grande, mas torço que dê certo, embora não acredito!
    -Muralha: Como comentei muito antes, apenas um bom goleiro, espero que possa surpreender também! Melhor para nós!
    E para finalizar gostei muito da jogada ensaiada entre Rafael Vaz e Arão no Fla-Flu, embora não tenha dado certo, gosto deste tipo de futebol, é bonito!Também gostei de Muralha jogando com os pés fazendo lançamentos precisos, isso mostra que Zé Ricardo está evoluindo.

    Reply
  11. Mancuello é bom jogador, mas é escalado muitas vezes na posição errada e quando é titular a maioria das vezes é substituído. No brasileiro em pelo menos três jogos a participação dele foi decisiva. Pra mim a posição dele é terceiro ou segundo homem de meio de campo disputando com Arão a vaga. Pra mim a questão muitas vezes é as escolhas do treinador que muitas vezes escolhe Damião, Gabriel dentre outros e Vizeu,Adrian, Paquetá, Cuellar dentre outros ficam pra depois.

    Reply
  12. Mancu, nunca jogou na sua posição original no Fla. Ele não é meia armador, muito menos ponta pela direita. A posição em que ele foi convocado pra seleção Argentina foi de volante pela esquerda, posição esta, que somente desempenhou no jogo passado e provavelmente desempenhará amanhã. A maioria mete o pau nele, mas mesmo jogando muito pouco tem 3 gols e 3 assistências no ano, fora que ano passado, mesmo sendo reserva a maioria do tempo no brasileiro fez vários gols decisivos que garantiram os 3 pontos pro Fla como contra o Cruzeiro e aquele de letra contra o Atletico-PR. Sem contar as assistências e a jogada de bola parada em que ele é muito bom. Acredito que amanhã vai ser um jogo fundamental pro futuro dele no Mengo. Tomara que jogue muito e tenha vida longa no Mengão.

    Reply
  13. Kleber,
    Ainda sobre goleiro Muralha, ele atuava melhor quando o Paulo Vitor estava na sombra dele. Coincidentemente depois que Paulo Vitor foi negociado ele caiu de produção.

    Reply
  14. É bom lembrar que, até algum tempo atrás, os tricolores nos enchiam a paciência por possuírem o maior número de títulos cariocas. Atualmente, eles não pensam em outra coisa: retomar a liderança.
    Sou completa e totalmente a favor da extinção de todos os estaduais_menos o carioca. Vejam se há coisa mais linda:
    https://www.youtube.com/watch?v=tv4SRynHIFk
    Saudações,
    Carlos Cazé.

    Reply
  15. SIMPLES,aos que ainda questionam: O que vcs preferem Macuello ou Rômulo? Detalhe: Mancuello desde que chegou nunca jogou em sua posição,teria agora uma boa oportunidade de colocar sua verdadeira característica de 2ºvolante,como o Arão.Não sei se Zé colocaria ele em sua verdadeira posição,pois até hj só sacrificou ele como ponta….

    Outra coisa,fui massacrado em críticas aqui quando questionei o tão idolatrado Zé por em nenhum momento colocar um companheiro ao lado de Guerrero,que ajeita os tijolos e luta muitas vezes em vão com o horripilante Gabriel na ponta,indiquei que,aparentemente,o mais indicado seria Vizeu,ao menos para entrar no decorrer do jogo e fazer companhia ao Guerrero,pois os amigos que me mandaram guardar a corneta disseram a mesma coisa que já disse faz tempo,essa não entendi…..

    Eu,não colocaria de cara o Vizeu,mas no decorrer do jogo.Daí um 4-4-2 seria bem vindo,o problema é a colossal dificuldade de Zé para armar um time diferente do sistema de pontas e um centro avante.Confirmado que Rômulo é desfalque,tem duas opções,ou fechar mais o time com Cuellar ou colocar Mancuello,e torcer para o argentino estar inspirado.

    Algumas dúvidas,terá Zé o escrúpulo de colocar Gabriel novamente? E continuar insistindo em Damião?Espero que não.Também não preciso dizer que é obrigação a escalação de Éverton.

    Qual postura adotar?Sair pra cima? NÃO,a postura ideal para o jogo é igual ao 1ºtempo contra o Flu,muita cautela com um adversário que certamente se fechará e usará de contra golpes e jogadas paradas para o Santiago Silva.Acima de tudo,cautela!

    Que papai do céu i

    Reply
  16. Acabei de saber que o Botafogo acaba de perder em casa,portanto,o alerta que postei acima faz mais sentido ainda.Jair Ventura,armou um time diferente do habitual,mais ofensivo,talvez por jogar em casa e querer logo sacramentar a classificação,resultado:Levou 2 gols antes do 30 minutos.Sempre o Bota começava cauteloso e no 2º tempo colocava Sassá e Guilherme para explorar contra golpes,mas não,iniciou de cara com eles.

    O adversário,sabiamente jogou fechado e explorou o grande espaço deixado pela avançada linha de defesa botafoguense,e explorou a velocidade para abrir 2×0.

    Logo,muita cautela com um adversário que certamente se fechará e usará de contra golpes e jogadas de bola parada para o Santiago Silva.Já sabemos que a UCA tem uma gama de repertórios de jogadas de bola parada para seu camisa 9,nada de faltas bobas perto da área e evitar escanteios!Espero que Zé tenha aprendido com o gol levado da jogadinha ensaiada que teve no Chile!Acima de tudo,cautela!

    Portanto a receita que a UCA irá utilizar é essa,ñ precisa ser um gênio para saber,cabe ao Fla saber a hora certa de atacar e fazer muito do que fez no 1ºtempo contra um Flu que tbm gosta de contra golpes.

    Assim como o 3×3 serviu de lição pro Fla aprender e acertar como fez no jogo de Domingo. O jogo do Bota tbm serve de alerta de como não se portar jogando em casa.

    Reply
    • O Jair tentou dar um salto qualitativo no time, sair dos três volantes e jogar em um 4 3 3 ofensivo, que era seu desejo desde que assumiu o time da cachorrada, não funcionou! Aliás, pelo investimento no elenco que tem (jogadores baratos com contratos oportunistas com o clube) o Botafogo esta fazendo uma campanha muito além das expectativas. Lá dentro tem uns três jogadores, que a exemplo do W. Arão irão sair do clube de graça, sem o clube levar nenhum, Sasá é um destes casos. SRN.

      Reply
  17. Quero vê o Mancu na sua posição de origem mais vezes para aí sim ter um conceito melhor,o Muralha não dá pra ser titular do Fla ,sinceramente queria vê o Julio Cesar de volta ,goleiro experiente e bem melhor que o Alex,o Fla tem dois jogos pra definir o futuro do ZR se não vencer quarta acho que a vaca vai pro brejo e perder no domingo acho que fica com a vida difícil na Gávea ,sou crítico dele mais não vejo ninguém disponível tão bom exceção do Cuca .Espero que o Fla vença na quarta para acabarmos com esse incômodo de ficar na primeira fase e domingo acho que o ZR tá levando Muito a sério este título não vai deixar escapar.

    Reply
  18. A análise equivocada do MANCUELLO.

    O argentino sofre por uma análise equivocada do primeiro treinador Muricy (e até mesmo dos Diretores) que o contrataram dizendo ser um meia-ofensivo. Ocorre que o Mancuello NUNCA foi meia-atacante e jogador para desequilibrar jogo, ele SEMPRE jogou como segundo/terceiro volante, por onde virou capitão e ídolo em um dos maiores clubes da Argentina.
    A posição dele é essa do Rômulo (formando a trinca de volantes com Márcio Araújo, Arão e Mancuello), pois tem qualidade para vim de trás com bom passe e finalização. Por sua vez, tem grandes dificuldades de jogar no “espaço curto” de marcação comum ao meia-ofensivo.
    E isso não deveria ser surpresa, pois foi dito pelo próprio treinador que o treinava no time argentino, em uma entrevista ao Globo Esporte… Contudo, Muricy o colocou como o camisa 10, Zé Ricardo como um ponta direita… Assim nunca dará certo! Por fim, o argentino é uma ótima opção ao elenco, muito melhor do que o Gabriel Peteleco!!!

    Reply
  19. Penso que o Flamengo deveria ter esvaziado o falido Estadual , jogado com misto de sub 20 e reservas. E parar de sustentar os mafiosos da FFERJ. Preservar os jogadores para a Libertadores.
    Mas , já que estamos na final e como não creio que iremos chegar a final da Libertadores, será interessante jogar pra valer domingo e quebrar o jejum de títulos da atual e passiva Diretoria.
    Penso ter faltado planejamento para aproveitar mais os garotos no estadual.
    Hoje , contra o LAU é o jogo do ano. Vencer ou vencer, seja na bola ou no grito, passar de fase é fundamental para saúde financeira do clube.
    Quanto aos jogadores, Mancuello, Muralha e Berrio foram super valorizados , porém são jogadores apenas nota 5.
    Já R.Vazco , não tem condições de jogar no Flamengo, talvez, como segundo reserva sim, pois um jogador que é reserva no Vasco não pode ser titular na Gávea…mas são coisas do marajá R.Caetano.

    Reply

Comente.