FIFA, atenta!!!

Muito boa a matéria da revista Veja, sobre a intenção da FIFA em modificar e, em boa hora, algo importante no futebol, qual seja a de tornar mais justa a disputa de pênaltis, tão comum hoje em dia, já que, no mata mata, cada vez mais forte, a disputa em pênaltis nunca foi tão decisiva.

Não é de hoje que argumento que o time que ganha o cara ou coroa, e começa batendo, tem uma enorme vantagem psicológica, pois como a maioria dos pênaltis é convertida, quem bate primeiro transfere a responsabilidade para quem bate depois que, no máximo, pode empatar.

Ainda bem que alguém na FIFA atinou para este fato tão importante e, na sequencia, também muito feliz, imaginando o TIE-BREAK como solução para o futebol. A bela matéria da veja, é didática e, por conseguinte, de fácil entendimento. Vale a pena curtir. VEJA ABAIXO.


 

1 Comentário

  1. Sinceramente acho uma puta invencao. Futebol e muito simples. Vai ganhar os penaltis quem tiver maior condicao tecnica e chegar na hora mais bem preparado fisica e psicologicamente. Se os jogadores forem ruins e mal preparados pode botar tie break ou qualquer outra regra que vao perder.
    Se querem evitar a injustiça dos penaltis, a solucao deveria ser outra, Particularmente, gosto dos penaltis. So acho que com Muralha nos penaltis nao da. O cara nao sai nem na foto.

    Reply
  2. Bela reportagem, mas gostaria de ver também a nossa Lei Geral do Esporte, que dorme no Semado, ser aprovada. É quem sabe um dia o Fla abre o capital e faz a alegria da nação com os dividendos.

    Reply
  3. Depois de tantas polêmicas nessa semana com a fornecedora de matérias esportivos e com a associação de moradores, gostaria de trazer a pauta e destacar alguns tópicos:

    – O Leblon que é vizinho do Flamengo, pois antes do nada o Fla já existia,

    – A Associação de Moradores do Leblon quer impedir obras no estádio da Gávea que pelo endereço, fica na Lagoa,

    – Boa idéia para Flamengo é dar utilização social (atividade terceira idade, restaurante popular, marcação exames, entre outros) para o Estádio da Gávea. Vejam o exemplo do Estádio da Cidadania em Volta Redonda. O clube cumpre sua vocação social, popular. Tudo a ver com o DNA rubro negro. Quero ver alguém ser contra,

    – O Rio Open movimenta mais de 10 mil pessoas diariamente durante 1 semana de evento, aumentando consideravelmente o fluxo de carro, sem questionamentos,

    – Em outra ponta o Fla poderia apoiar um novo presidente para a associação como exemplo o Barki.

    No mais, concentração no jogo de amanhã é que os reforços comecem a aparecer.
    SRN

    Reply
    • Como esquecer, acrescente ai:

      – A árvore de Natal da Lagoa, evento que durava por quase um mês, há 19 anos, e é o terceiro mais importante evento do calendário oficial da cidade do Rio de Janeiro, ficando apenas atrás do Carnaval e da Virada do Ano. Os organizadores prevêem a cada ano o aumento de visitantes e da última vez não foi diferente, aproximadamente 3 milhões de visitantes, com cálculos de mais 80 mil pessoas diariamente. E no dia da sua última inauguração reuniu mais de 30 mil no Parque do Cantagalo e cerca de 200 mil no entorno da Lagoa, ao longo da noite. É ano a ano, a vida segue sem maiores problemas e nem calçadas quebradas.

      A guerra de bastidores não funcionou muito de lá pra cá para o fla, pois a associação sempre buscou ecoar a sua “insatisfação” por meio dos canais de comunicação pra ganhar força e formar opinião. Então mais do que nunca é hora de mostrar o outro lado das coisas.

      Reply
  4. Robson, belas colocações! A transformação do modelo de gestao do futebol e fundamental. Com a estrutura atual ninguem e louco de botar $ de verdade. Quem pos, quebrou a cara, como o Nations Bank no Vasco.

    Reply
  5. Boa a iniciativa, a mudanca dos penais!! Não muda muita coisa, já que numeros no futebol costumam ser só numeros, mas qualquer coisa que aumente a idoneidade do evento, é válida!! E não seria nada drástico como alguns sugerem!!

    Reply

Comente.