Pingadinhas de segunda…feira!!!

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

. Notícia é fogo, principalmente quando equivocada. Alguém noticiou que o Flamengo terá nas próximas seis rodadas a possibilidade de encostar nos líderes, pois terá uma sucessão de jogos aqui no Rio de Janeiro. Curioso é que virou verdade, quando na realidade é mentira. Os próximos seis jogos do Flamengo serão os seguintes:

  • CHAPECOENSE – ILHA
  • BAHIA – FONTE NOVA
  • SÃO PAULO – ILHA
  • VASCO DA GAMA – SÃO JANUÁRIO
  • GRÊMIO – ILHA
  • CRUZEIRO – MINEIRÃO

Talvez a confusão tenha sido pelo fato do Flamengo jogar três seguidas no Rio de Janeiro, só que, a partida do meio será contra o Vasco e, em São Januário. No mais, como manda o figurino, um jogo como mandante e outro como visitante.


. Uma das polêmicas sobre o jogo de ontem ficou por conta da arbitragem. Não por qualquer lance e sim, pela substituição do árbitro, que sentiu um desconforto muscular. O curioso, é que ao invés de ser substituído pelo quarto árbitro, quem entrou foi o fiscal de linha, que estava atrás do gol à direita das cabines de rádio. Os mais antigos estranharam não ter sido o árbitro substituído pelo bandeirinha número um, que, antigamente, utilizava a bandeira vermelha. Nada importante. Apenas para registro.


. Apesar dos comentários em sua maioria negativos, o dia foi de discussão se o Flamengo pode ainda alcançar a ponta da tabela. Hoje, estamos distanciados do líder do campeonato por nove pontos. Claro que não é uma distancia confortável, mas pelo fato de termos concluído neste final de semana 21% do caminho a ser percorrido, convenhamos, é totalmente possível. Resta pedir a São Judas que Éverton Ribeiro, Rodholfo e o atacante do nome complicado, tenham sido tiros certeiros. Se assim for e, se possível, com um baita goleiro, com certeza, vamos brigar em cima.


. Muito boa a matéria de hoje, na página 19, do Diário Lance, sobre as mudanças que a FIFA pretende introduzir no futebol, a saber:

… Fazer com que o capitão do time seja o único jogador com permissão para dialogar com o árbitro.
… Parar o cronômetro em lances que tomem tempo, como por exemplo, a cobrança de pênaltis, atendimento a jogador lesionado e, até mesmo o gol e respectiva comemoração. Com isso o tempo real de jogo seria bem maior.
… Rigor total na aplicação dos seis segundos quando o goleiro estiver com a bola. Isto aí se marcado como deve, vai modificar muito resultado de jogo, pois estará criada uma clara chance de gol para o time adversário.
… Rigor total com jogadores que pressionam o árbitro ou, joguem o árbitro contra a torcida.
… Acabar com o diálogo entre árbitros e treinadores. Apenas mostrar o cartão que, dependendo da gravidade na ação do treinador, pode ser amarelo ou vermelho.
… Permitir que os defensores possam receber a bola na área, quando da cobrança de um tiro de meta.
… Caso um jogador que esteja no banco de reservas receba o cartão vermelho, o número máximo de substituições será reduzida em um. Caso as três substituições já tenham sido realizadas, no jogo seguinte o treinador só poderá fazer duas substituições.
… Relógio parando quando a bola estiver fora, nos 5 minutos finais do primeiro tempo e nos dez minutos finais do segundo tempo. Há ainda em estudo, a exemplo do que acontece em outros esportes, para fazer com que o futebol, em medida mais radical, tenha dois tempos de 30 minutos de bola rolando.

Sem analisar caso a caso, e com todo respeito à modernidade, até porque, a mim o novo atrai, e – consequentemente – dele não tenho receio, acho apenas que tantas introduções ao mesmo tempo podem pirar a cabeça do torcedor, dando a sensação de que está sendo ele apresentado a um novo esporte e, pior, tirando abruptamente dele o seu mais adorado brinquedo de estimação.
Pode até ser, desde que, com jeitinho…

O comentário sobre cada item, deixo com vocês. Até legal, pois vamos ter aqui uma média do que pensa o torcedor sobre o momento revolucionário da “Dona FIFA”.

1 Comentário

  1. Notícia de agora no UOL. Fla monitora goleiro Fernando Prass.

    Fernando Prass??? Mas logo ele com 39 anos e cheio de problemas de lesão ?

    Outra notícia. Donatti na mira do América do México.
    Não posso crer que o Flamengo vai vendê-lo sem saber antes, se Rodolfo dará certo ou não.

    Reply
  2. Amigo,
    Só pode ser brincadeira. Vejam os gols que o Prass anda tomando. E, com quarentinha…
    O Corinthians tem dois bons goleiros. Por que não tentar?
    Aliás, estranho que num regime profissional, quem dirige coma uma mosca deste tamanho, qual seja, encarar Libertadores, Copa do Brasil e Brasileiro,sem um baita goleiro. A hora de consertar o crasso erro de planejamento, é essa!!!

    Reply
      • Com toda sinceridade, se o Flamengo contratar um goleiro de 40 anos fico sem assistir jogos do Flamengo até essa estupefata e idiota decisão acabar. É pensamento de perdedor, de acomodado, de quem não quer correr atrás. Esse pau mandado desse Rodrigo Caetano deve estar por trás dessa indicação idiota, se for verdade. Esse vascaindo transfigurado de Flamenguista nunca enganou ninguém. Nosso amigo Egon diz que ele nada mais é que um intermediador, não decide nada. Mas não posso acreditar que um Diretor de Futebol, tão bem remunerado, seja apenas boneco de fantoche. Seria a amadorismo do amadorismo na condução de um departamento tão crítico e fundamental para um clube da proporção do Flamengo.

        Reply
  3. Kleber, também li sobre jogos em casa em sequência. O que tem de verdade é que nas primeiras oito rodadas do brasileiro, fizemos 5 jogos fora.

    Acredito que podemos brigar na parte de cima da tabela, mas para isso precisamos começar a ganhar. Já estouramos a cota de empates.

    Acho que seria uma medida positiva eliminar o fair play e parar o relógio nos últimos 15 minutos de cada tempo. Evitaria o cai-cai de jogadores e a cera, como foi no jogo de ontem.

    Reply
  4. Caro Kléber e amigos!
    Não vou comentar as regras novas do futebol. Está muito cedo ainda.
    Quero apenas fazer o registro das nossas chances do campeonato. Lógico que ainda é possível ser campeão, sem dúvidas. Em 2009 a nossa distância era de 14 pontos e nos superamos. A questão maior agora é tão somente de pura desconfiança. Por enquanto essa confiança está muito relaxada ou mesmo ausente ou ainda fora da área de serviço. Temos tempo, porém, se não mudar a previsibilidade do time jogar, pouco adiantará. Temos bons jogadores para entrar na equipe. Vamos ver o que vai acontecer e se vai acontecer.
    Obs: entre Prass e Tiago eu escolheria o Marcelo Lomba e em hipótese nenhuma o Muralha. O Muralha é muito duvidoso. Outro goleiro bom é Rafael do Cruzeiro.
    SRN

    Reply
    • sempre bato na tecla de jogadores decisivos, que um dia já foram iniciantes e desconhecidos tb,mas já que mencionou 2009 (inesquecível),
      o time tinha PET e Adriano. Dois craques, de verdade. Claro que havia todo um time por trás, como Leo Moura, Angelim, Capita Fabio Luciano, etc, mas é assim que ganhamos títulos de expressão na maioria das vezes.

      Reply
  5. Poxa Kleber, eu sinceramente discordo de você quando diz que precisamos de um goleiro.
    Acho muito cedo para isso.
    Deixa o Thiago trabalhar!
    Vida de goleiro não é fácil, ainda mais para quem espera tanto tempo por uma oportunidade.
    O Flamengo sempre carregou a fama de revelar bons goleiros e com o Thiago não será diferente. Confio muito nele.
    Nada melhor do que o campeonato brasileiro para ele ser testado.
    Se ele começar a falhar, ai sim que será a hora de procurar um goleiro.

    Reply
    • estamos nove pontos já atrás do líder, a questão nao é o Thiago em si, mas o tal centro de inteligencia e perfeição (nao curto essas expressões) que encarou Liberta, encara CB e Brasileiro e Sula nessa roubada em posição tao singular e importante. Torrando milhoes lá do meio pra frente onde só cabem quatro no maximo e a meta nessa situação.

      Reply
  6. Deveriam criar no futebol a função de “kicker”, a exemplo do que ocorre no futebol americano. O cara entra só pra bater falta, por exemplo, e sai em seguida. Poderíamos ter um Pet ainda no elenco fazendo a alegria da torcida.

    Reply
  7. Se não me engano, o saudoso Telê Santana defendia o jogo dividido em dois tempos de 30 minutos cronometrados, igual o Futsal.
    Sempre defendi essa mudança. Bola parou, cronómetro para. Pronto, acaba com a cera.
    Outro ponto importante é acabar com essa pressão dos jogadores e técnicos sobre os árbitros. Ano passado, a CBF determinou q os árbitros amarelassem quem fosse para cima do árbitro reclamar. Acho essa decisão importantíssima para uma tranquilidade para os árbitros trabalharem. Já não basta a competição (desleal) que eles são submetidos com o replay da televisão e, mesmo assim, precisam olhar 10 vezes para chegarem a uma conclusão e ainda, há opiniões diferentes.
    SRN…

    Reply
    • Verdade, Carloto Jr..
      E quanto aos árbitros, além da pressão dos jogadores + competição desleal da TV, ainda sofrem com as SIMULAÇÕES recorrentes que os jogadores do futebol brasileiro adoram fazer, são completamente desonestos. Acho que simulações de lesão deveriam ser punidas de forma mais severa (inclusive com vídeo após o jogo). Já cansamos de ver o cara que toma um esbarrão no ombro, ao coloca a mão no rosto. Quedas sem qualquer contato físico, gols descarados de mão…

      Reply
  8. Todas as modificações na minha opinião seria excelente pois no Brasil o fair play é usado somente para se ganhar mais tempo na cera ,aquele técnico que foi pro Cruzeiro ano passado percebeu isso nos jogadores brasileiros e não aceitava o seu time devolver a bola.Se fosse técnico também não aceitaria .Imagina uma Libertadores sem aquela catimba dos times argentinos ,seria bem melhor .

    Reply
  9. Tudo evolui, assim não é sábio sermos contra qualquer modificação que vise melhorar o espetáculo. Todos falam em Fair Play, mas todos burlam essa prática. Todos mentem fingindo agressões e pancadas que na verdade ou foram leves ou nem ocorreram. Gritam, se jogam, fazem um verdadeiro teatro tentando enganar o árbitro para ver se expulsa o adversário. Isso é deprimente. Isso não é esporte. Mas também não acredito que todas essas mudanças ocorram de uma só vez. Mas achei todas válidas. Acrescentaria o fim do impedimento. Não tem sentido ficar criando dificuldades para se chegar ao gol. Isso é polêmico, sei disso, mas acabaria com 90% das reclamações no futebol. E os senhores árbitros agradeceriam muito.

    Precisamos de um goleiro para ontem. Fato. Mas que deu para notar que o menino Thiago está no caminho certo, isso não tenho dúvidas. No pênalti que o Henrique foi bater, notaram como ele fica parado com olhar fixo no atacante esperando ele se decidir para então pular no canto certo? Tem caguete para pegar pênaltis, diferentemente do Furalha.

    Bem, se vamos subir ou não na tabela vai depender muito do modo como nosso treinador vai armar a equipe com a entrada do Everton Ribeiro. Ele pode ser a solução para aquele detalhe que anda faltando para a finalização a gol alcançar o objetivo prático. Nosso ultimo passe é falho e giramos muito a bola para apenas chuveirar buscando alguém na área. Esse repertório é muito pobre e já está mais do que manjado pelos adversários. Falta a genialidade que tanto esperamos em Diego. Mais rapidez e precisão no passe. Ele ainda prende a bola ao invés de rapidamente dar sequência a jogada. O passe rápido desnorteia a defesa e isso é algo que estamos tendo muita dificuldade para realizar nos jogos. Guerrero muito isolado não rende. Aliás, nenhum goleador isolado rende coisa alguma. Isso não é só com nosso atacante.

    Que jogaço foi Cruzeiro x Grêmio. Que saudades de ver nosso Mengão fazendo algo parecido.

    Reply
      • Daniel G, nós aqui apreciamos muito o estilo de condução e toque de bola do Diego, ao contrário dos turcos. Mas uma deficiência importante no Diego é sua pouca produtividade no quesito “toque de bola para infiltração”, aquele passe que deixa o companheiro na cara do gol (o que fez 2x o Scarpa dom. passado), ele em minha opinião tem essa deficiência.

        Reply
        • Diego conduzindo a bola no meio de campo, dada a sua beleza física e pessoal, elegância, refinamento, capacidade muscular, se assemelha a um “semi-deus” do futebol, remonta as imagens de lendas do futebol do passado. Se os turcos não gostaram disso é pq definitivamente eles não gostam de meias. SRN.

          Reply
          • O alemães por sua vez, mestres no design, etnia refinada na beleza física humana, apreciadores da mitologia dos deus germânicos, amantes incondicionais do futebol, reconheceram e o tiveram (Diego) por lá por vários anos.

    • Helder, “vai depende de como nosso treinador vai amar a equipe”? Vc não adivinha?
      Então ai vai (opção 1 até a opção 100)
      – Fechadinho, com alta marcação nos corredores e compactando as linhas de meio campo. Diego isolado no meio e Guerrero isolado no ataque. O time vai jogar para não perder mais uma vez, e jogar por 1 ou 2 bolas que apareçam como oportunidade. É isso, gostou? Eu tbm não! SRN.

      Reply
      • Nino, todo jogo é a mesma ladainha. O time começa bem, vai pra cima mas daqui a pouco as coisas vão voltando ao normal e o jogo se torna repetitivo e sem objetividade. É sempre a mesma coisa. Roda a bola pra lá, pra cá, e cruza na área ou alguém chuta de longe para ver no que vai dar. Bons chutadores mesmo até agora, só o Trauco mostrou capacidade. Guerrero precisa dar 100 chutes para acertar um. Como quase todos aqui dizem, é muito bem pago para pouco futebol. Nosso Brocador ganhava muito menos e fazia muito mais. Até Kayke, que não entendo por que foi vendido, anda fazendo mais lá no Santos que o Guerrero. Coisas estranhas e mal explicadas que nunca saberemos a razão.

        Bem, você citou uma opção das 100 possíveis, me alegro por saber que ainda existem outras 99. Resta saber quantos anos precisaremos esperar para ver todas testadas.

        Abraços ao amigo.

        Reply
        • Helder, só para esclarecer, as 99 outras opções são as mesmas, é o pragmatismo MONOCROMÁTICO de resultados do ZR.
          E olha que vc esta se referindo ao modo que o time jogava ANO PASSADO, com boas triangulações no ataque, isso não existe mais! Agora são incansáveis CHUVEIRINHOS para áera. Nenhuma variação tática, nenhuma jogada ensaiada, nenhum passa em penetração (Scarpa fez dois passes em infiltração nos gols do Fluminense, UM TIME EMINENTEMENTE SUB-20). O ZÉBOL perece a olhos vistos, mas sigamos com o rito regimental, mudanças só no fim do 1o. turno, se houverem.

          Reply
    • Caro Helder, não espere essa genialidade toda do Diego. É um bom jogador, nada mais do que isso, apesar da mídia e muitos torcedores acharem ele um cracasso . Espero que, com a entrada do E. Ribeiro, o rendimento dele melhore.

      Reply
  10. “O negativismo impregnado”
    Kleber Leite, reconheço que o momento político do clube não o inspire a criticas mais agudas, tanto a direção executiva quanto a direção técnica nesse momento.
    Por esse motivo seu “otimismo institucional” esta perdoado, deixa que a gente critica!
    É esse mesmo otimismo institucional que vai nos levar até o fim do 1o. turno (daqui a 8 rodadas) sem uma solução para os problemas desse time, pois não se engane, o SANTO DO ZR é forte, e ele sabe se equilibrar como ninguém na pressão da corda bamba, é um fenômeno.
    Sua posição institucional tbm corrobora com o fato que talvez vc mesmo não tenha a certeza da solução a ser implementada, eu tbm não o condeno por isso!
    Só para lembrar que hoje mesmo a nossa situação é INACEITÁVEL, somos 14o a 1 ponto da zona de rebaixamento, isso por sí só já seria determinante.
    Nós podemos ser cegos, mas a direção do clube não tem esse direito. SRN.

    Reply
  11. Não há como o time evoluir com o zé Ricardo, o sistema de jogo apresentado pelo flamengo é manjado e nao tem variação. Nosso técnico é imaturo e tem jogado para perder poucos jogos, pouco importando se vai ganhar ou empatar, por isso sua preferencia pelo Marcio Araujo. A melhor solução no momento seria a sua saída, mas o EBM ja ddmitiu tantos tecnicos qud agora resolveu morrer abraçado com esse por puro orgulho.
    É triste ver o flamengo jogar, triste e muito feio.
    SRN

    Reply
  12. Helder, amigo,
    Bela lembrança. Que belo jogo foi Cruzeiro e Grêmio. E, que jogador é este Luan. Criativo, abusado e, consequentemente, decisivo.
    Fiquei muito bem impressionado com a facilidade, principalmente do Grêmio, em criar tantas chances de gol. Tudo isto vai aumentando a confiança e, como em futebol, confiança é quase tudo…

    Reply
    • Meu prezado Kleber Leite, como esse cara fora de série que é o Renato Gaúcho, muito questionado durante o campeonato gaúcho a ponto de quererem sua cabeça, fez com que esse mesmo time mudasse completamente de atitude e hoje joga, na minha modesta opinião, o melhor futebol do país. Pena que, o próprio Renato já admite, será quase impossível segurar esse menino que está jogando um bolão, Luan, pois o mercado europeu já está de olho nele. Definitivamente, caro presidente, acho que nunca mais verei algo parecido com Zico no Flamengo. Os Europeus não deixarão.

      Reply
    • A minha dúvida é a mesma do Mauro, amigo Yvan.

      O problema é que o Mauro se acha mais Flamenguista que os outros 40 Milhões juntos. É sempre ácido, crítico por criticar e isso eu não gosto por isso não o assisto.

      Mas confesso que já algum tempo tenho tentado entender o Zé Ricardo e confesso que não consegui. A cada jogo eu nunca sei como o time irá se comportar.

      Zé Ricardo me parece amador nos quesitos básicos.

      Minha maior critica ao Zé não é o fato dele escolher jogar no maldito 4-1-4-1, mas não ter variação tática dentro da partida sem precisar substituir. Torna o time previsível demais. E se o time é previsível, a mim significa que Zé não consegue tirar mais do que o time vem dando.

      Reply
      • Vc esta sendo simpático nesse 4 1 4 1, o esquema de jogo é mesmo 4 5 1, nunca pensei em viver para ver o Flamengo jogar tão amarrado, nem nos meus piores pesadelos (Joel Santana).

        Reply
  13. Máquina Rubro Negra

    Escalação titular:

    Thiago
    Pará
    Réver
    Rodolpho
    Trauco
    Juan
    Diego
    Conca
    Everton Ribeiro
    Vinicius Jr.
    Guerrero

    Atacando pela esquerda: fica uma linha de 04 atrás com Juan (cobrindo o Trauco), Rodolpho, Réver e Pará – sobe o Trauco pra formar uma linha de 03 com Diego e Conca e outra linha de 03 à frente com Vinicius Jr., Guerrero e Éverton Ribeiro.

    Atacando pela direita: fica uma linha de 04 atrás com Juan (cobrindo o Pará), Rodolpho, Réver e Trauco – sobe o Pará pra formar uma linha de 03 com Diego e Conca e outra linha de 03 à frente com Vinicius Jr., Guerrero e Éverton Ribeiro

    Defendendo: fica uma primeira linha de 04 com Vinicius Jr., Guerrero, Conca e Éverton Ribeiro – uma segunda linha de 04 com Trauco, Diego, Juan e Pará – e a zaga com Rodolpho e Réver.

    Escalação reserva:

    Muralha ou César ou Gabriel (na função do titular Thiago)
    Rodinei (na função do titular Pará)
    Donati ou Leo Duarte (na função do titular Réver)
    Rafael Vaz (na função do titular Juan
    Éverton ou Renê (na função do titular Trauco)
    Rômulo ou Márcio Araújo ou Ronaldo (na função do titular Juan)
    Mancuello, Arão ou Cuellar (na função do titular Diego)
    Éderson, Paquetá ou Gabriel (na função do titular Conca)
    Geovânio, Berrio ou Thiago Santos (na função do titular Éverton Ribeiro)
    Matheus Sávio ou Adryan (na função do titular Vinicius Jr.)
    Vizeu ou Damião (na função do titular Guerrero)

    Reply
      • O Juan seria o titular, mas poderia ser substituído pelo Rômulo ou Ronaldo, caso não aguentasse.

        Mas lembrando que ele faria efetivamente uma cobertura em alguns casos, pois a postura defensiva seria de duas linhas de 04.

        Reply
    • Prezado, você acredita que o Conca vai jogar bola? Ou melhor, 50% do que jogava no Fluminense, vindo de mais de 1 ano de parado?
      Me desculpe mais a nossa torcida, ainda acredita que o nome joga. Ta valorizando quem não vai acrescentar nada ao time, pode apostar.
      Sds rubro-negra.

      Reply
      • Acho que vai jogar, no sentido de formar uma trinca no meio de ataque, com Diego e um lateral.
        Defendendo ele formaria a primeira linha de 04, o que acho possível.
        Mas tudo bem, pode ser que ele não tenha rendimento.
        Se não jogar, podemos optar por Ederson ou Paquetá, conforme lista de reservas.
        Ou até mesmo Mancuello ou Éverton.

        SRN

        Reply
  14. Meu Flamengo ideal……

    Thiago
    Pará, Réver,Rodolfo e Trauco.
    M.A
    Everton Ribeiro, Diego, Everton e Vinicius.
    Guerrero

    A minha opção por essa formação é para que no ataque tenhamos triangulações.

    Pela direita entre Pará, E.Ribeiro e Diego
    Pela esquerda entre Trauco, Everton e Vinícius

    Defendendo “acho” que os 2 Everton podem fazer bem o papel de recomposição.

    O problema fica com a saída de bola passando por Marcio Araujo que sabemos todos, não é o seu forte.

    Mas com Everton Ribeiro, Diego, Everton e Vinicius, jogando numa linha de 4 a frente de Marcio Araujo, não entra na minha cabeça não ter uma saída de bola boa e qualificada.
    ESSE JOGADORES TEM Q SE APRESENTAR !

    Reply
  15. Caro Kleber.
    Sobre a contratação do Geuvânio, o Presidente do Santos disse que recorrerá em todas as esferas, inclusive, FIFA.

    Fica a pergunta: caso o Geuvânio atue pelo Flamengo e o Santos vença a causa, corre algum risco do Flamengo ser penalizado com perda de pontos?

    SRN

    Reply
  16. Não comentando s regras da FIFA, eu quero falar do futebol do Mengao.Muitos e eu tb acham q Guerrero é mais um pivô do q um grande artilheiro, sendo assim e pelo q vi nos vídeos da facilidade q o E.Ribeiro e o Geuvanio TR em p chegar e finalizar, eu acho q se o Zé Ricardo tiver esta visão e treinar os artilheiros do Flamengo serão os homens de trás!

    Reply
  17. Tiago
    Rodinei, Rever, Rodolfo, Trauco
    Cuellar, William Arão (Romulo)
    Diego, Everton Ribeiro, Vinicius Jr
    Guerrero

    Se amanhã entrar assim, que é bem provável, termina o primeiro tempo ganhando de 2×0.

    Reply
  18. Vi CruzeiroxGrêmio.Um jogaço.Ficaram visíveis,tatica,tecnica,disposição,uma incrível qualiadde dos atletas.Não tinha ninguem ruim jogando.Já tinha olhado Coritiba e Corinthians.E,surge,a inevitável comparação com o n/time.Percebo,sem mêdo de errar que o FLA está muito aquem,distante,afastado,longínquo dos clubes que citei.Teria que melhorar muito,numa proporção que eu acho impossível,para se igualar àqueles outros adversários.Temo até na hora do confronto direto.Riscos de vexame.Está bem,o futebol é sempre surpreendente,cheios de mistérios,e o FLA pode até ganhar destes times.Mas… ??? !!!

    Reply
    • Carlos Alberto, a diferença clara e cristalina está no elenco. Apesar de ter um treinador que tem mais nome do que capacidade, a qualidade do elenco do Cruzeiro é inegável. Vimos em campo jogadores como Thiago Neves, Robinho, Rafael Sóbis, Alisson, Ariel Cabral e Fábio. Não esquecendo do Arrascaeta e do Henrique que não jogaram.
      Pelo lado do Grêmio, vimos uma defesa sólida (que zaga. Como joga o argentino), um meio de campo, apesar de ser jovem, combativo e de muita qualidade e um ataque leve e incisivo comandado por esse garoto genial chamado Luan.
      Essa é a diferença. Espero, sinceramente, que com essas contratações (E.Ribeiro e Geuvânio) tenhamos a qualidade que tanto nos falta.

      Reply
  19. Finalmente saiu o borderô Fla x Ponte ( Ilha do Urubu )

    Público Pagante – 13.981
    Renda – R$ 803.992,00
    Despesas – R$ 557.794,24
    SALDO – R$ 246.197,76 ( SEM PENHORA )

    Flu x Fla ( Maracanã)

    Público Pagante – 37.962
    Renda – R$ 1.496.460,00
    Despesas – R$ 943.303,80
    SALDO – R$ 266.897,87 ( SEM PENHORA )

    Vou tentar explicar aqui a diferença entre jogar no Maracanã e Jogar na Ilha do Urubu.

    Começo explicando pelo motivo que eu acho principal. O FINANCEIRO.

    O lado financeiro passa muito pelas Placas Estáticas, pelo consumo nos bares e pelas vendas de produtos licenciandos.

    As placas publicitárias, ainda que não de forma oficial, há rumores que indicam que a parte que cabe ao Flamengo é da ordem de R$ 8 milhões por no MÍNIMO 20 jogos nas dependências da Ilha do Urubu.

    Se fizermos uma matemática simples, veremos que a cada jogo, ganharemos R$ 400 mil reais.

    Nos bares também de forma não oficial os números chegam a pouco mais de R$ 110 mil reais de LUCRO, uma vez que o Flamengo fica com 40% dos lucros.

    Já no quesito produtos licenciados os lucros chegaram a pouco mais de R$ 26 mil reais.

    A conclusão obvia é que o EVENTO FLAMENGO X PONTE PRETA gerou ao clube R$ 246.197,76 de renda + R$ 400 mil placas publicitária + R$ 110 mil bares + R$ 26 mil produtos licenciados.

    TOTAL 802.897,97

    Qual é o abjetivo agora ?

    A diretoria estuda um melhor ponto de equilíbrio no preços dos ingressos para que se possa ter o máximo de capacidade possível liberado pelo corpo de bombeiros, e ainda assim, lucrar com as vendas secundárias ( bares e produtos licenciados ) dentro do estádio.

    O segundo ponto é chegar a R$ 1 Milhão de lucro por jogo, e claro, somados todas as rendas e lucros dentro do estádio e do evento. Se isso acontecer teríamos algo perto de 20 Milhões de reais e deixando para o Maracanã jogos que visivelmente tenham um lucro maior que na Ilha do Urubu.

    Traduzindo, Flamengo jogará para 15 mil pessoas dando lucro de R$ 1 milhão por jogo na Ilha do Urubu. Muito teoricamente, terá que jogar para um público acima de 53 mil pessoas para ter o mesmo lucro no Maracanã, uma vez que no Maracanã as despesas operacionais são em média 3 x mais que na Ilha.

    Uma vez que a Ilha do Urubu, se torná de fato o caldeirão que a diretoria imagina, deixa de existir o fator técnico que muitos associam ao Maracanã.

    A Ilha do Urubu, vai se tornar tão vital quanto é a Vila Belmiro para o Santos, e o Estádio da Independência para o Galo.

    O Maracanã passa a ser o fator financeiro assim como o Santos faz com o Pacaembu e o Galo faz com o Mineirão.

    ONDE ENTRA A NECESSIDADE DE UM ESTÁDIO PRÓPRIO.

    Um estádio com capacidade entre 45 mil e 50 mil, substitui com folga o atual Maracanã no quesito financeiro.

    No último jogo do Flamengo com a Ponte Preta na Ilha do Urubu, o ticket médio ficou em R$57,00. No entanto o ticket médio de lucro no jogo ficou em R$19,00

    Se aplicarmos o mesmo ticket médio do lucro num estádio de 50 mil pessoas, teremos algo perto de R$950 mil só com a bilheteria que terão que ser somados posteriormente as placas publicitárias, bares e produtos licenciados.

    Espero que todos tenham entendido qual é de fato o papel da Ilha do Urubu, o do Maracanã, e de um futuro estádio.

    ABÇ#SRN

    Reply
    • Anderson, parabéns amigo! Excelente explicação, precisamos de um estádio para ontem, com o time bem a torcida vem junto e o lucro por jogo seria em cifras bem razoáveis.
      Muito legal sua iniciativa.
      Abs
      SRN

      Reply
    • Caro Anderson, pelo seu raciocínio e matemática exposto, não resta dúvida do que acontecerá com o Maracanã se o Flamengo construir um estádio próprio. Virará cinzas.

      Reply
      • Helder, essa foi a matemática aplicado por diversos times.

        Santos e Galo por exemplo só usam estádios maiores quando a eles for conveniente.

        Corinthians, Palmeiras, Atl. Paranaense, Grêmio e outros, preferem ter seus estádios mais modernos e com menor capacidade.

        Há outros que preferem atuar em seus estádios com muita capacidade, como por exemplo o São Paulo e que a manutenção é cara demais.

        A regra atual(tendencia) diz que um estádio com até 55 mil pessoas seria ideal para o Flamengo, desde que a Ilha do Urubu trabalhasse em paralelo para jogos menores.

        Reply
  20. Sobre as regras da FIFA.

    Achei interessante a de que o capitão do time seja o único jogador com permissão para dialogar com o árbitro. Regra similar existe no Rugby, esporte de alto contato físico, no qual sempre admirei o total respeito que os jogadores tratam os árbitros.

    Também gostei muito do “Parar o cronômetro em lances que tomem tempo, como por exemplo, a cobrança de pênaltis, atendimento a jogador lesionado e, até mesmo o gol e respectiva comemoração.”… Só acho que teriam que incluir, também, nos tiros de meta. Esse é o momento em que os goleiros mais atrasam o jogo!

    Reply
    • Carlos, a ilha tem capacidade para 20.500 pessoas.

      No entanto, o corpo de bombeiros é uma incógnita total.

      É sabido que a carga liberada para o jogo contra a ponte preta foi de 15.100. Vai entender o porque ?

      Agora, se tivemos na ilha 14.581 significa dizer que tivemos 71,12% de taxa de ocupação.

      O ideal é algo acima de 80% de taxa de ocupação em MÉDIA.

      Reply
  21. Concordo com Kléber Leite, com tantas competições vindo é preciso pra ontem um goleiro de alto nível.
    Vi muitos jogos do brasileiro e tenho a convicção de que nenhum time tem jogadores mais decisivos do que o nosso, o problema é que o treinador não consegue, já faz um ano e com tantos bons jogadores sendo contratados, construir um time campeão, do jeito que vai vamos ficar no quase… novamente!

    Reply
    • Diego, estás assistindo demais o canal Fox.
      Na cabeça daqueles caras daqui a pouco o Flamengo estará negociando com Messi e Cristiano Ronaldo.
      Calma. Menos.

      Reply
      • Hélder, não assisto Fox. Eu vi esta notícia no canal ” Isso aqui é Flamengo”. Onde o mesmo tem livre trânsito na gávea… Inclusive esta venda do imóvel do Guerrero pode ser algo além do que um simples negócio de compra e venda… Não duvide que o Guerrero saia nesta janela e chegue alguém de renome para o seu lugar…

        Reply
          • Benedicto, realmente nem toda negociação se confirma… Mas o cara acertou também…. Se for por essa linha, vc não vai ler nada mais… Se formos contar as notícias de contratação que grandes veículos já informaram….

            Até Batistuta já veio pro Flamengo…

            Justamente por isso eu perguntei ao kleber. Se com seu conhecimento interno ouviu algum comentário sobre…

            SRN

  22. Prezados Flamigos
    Acho que as mudanças que a fifa quer implementar são boas.
    Quanto ao nosso time, acho que esse ano o problema não será a chegada tardia de reforços, mas a saída tardia do técnico.
    Ontem, novamente vimos o time do grêmio (com seis jogadores da base) jogando pra vencer fora de casa ,enquanto nosso time joga para não perder e se der ganhar…
    SRN

    Reply
  23. Donatti saindo para o Tijuana do México

    Mancuello saindo para o São Paulo

    Gabriel saindo para o Vitória.

    Não podemos deixar de falar que essa negociação entre Guerrero e Sheik, onde trocaram de imóveis no Rio de Janeiro, também surgiram algumas especulações quanto a saída de Guerrero nessa janela de meio de ano.

    Acontece que:

    A Fla TT dá como certo que Rodrigo Caetano ainda está trabalhando em 2 nomes em segredo absoluto. Um deles poderia ser o lateral Jown Cardona, de 21 anos, Deportivo Cali. Será?

    Se por acaso se confirmar a saída de Guerrero, Calleri seria a opção.

    Vamos esperar para ver.

    Reply
  24. Nino, Thiago não tem condições de ser titular do flamengo!
    Você pode imaginar o Flamengo jogando contra o Corinthians na Arena deles, contra o Palmeiras e contra o Grêmio e Thiago como goleiro? não dá!
    Se você leu meus comentários aqui neste blog, desde o ano passado falo que o Flamengo não pode ter jogadores do nível de Márcio Araújo, Gabriel, Pará e Rafael Vaz no elenco e que o Flamengo não pode ser, em nenhuma hipótese, cobaia para treinador!
    Temos um excelente elenco, diria o melhor do Brasil, mas não temos treinador, qualquer bom treinador é capaz de levar esse elenco a títulos de expressão e estamos perto da zona de rebaixamento depois de um ano de trabalho dele.

    Reply

Comente.