Caiu do céu

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Não foi um jogo animador, mas ante as circunstâncias, foi bom demais. Ouvi de vários amigos durante o jogo que, se Réver estivesse em campo, não teríamos tomado o gol, pois faltou velocidade no lance, tanto para Juan, como para Rafael Vaz. Acho que não é por aí. Se o treinador resolve poupar um jogador, certamente há um motivo forte para isso. Com certeza, o nosso Zé não teve nenhum prazer em não escalar Réver.

O primeiro tempo até que foi bem razoável, com Éverton Ribeiro muito bem na armação, Geuvânio desinibido e, Berrío, na velocidade, dando enorme mão de obra para a defesa do Coritiba. O gol, uma pintura. Linda a metida de bola de Éverton Ribeiro e, perfeita a complementação de Berrío.

Mesmo antes do gol de empate do Coritiba, o nosso time já estava meio capenga, vacilante na armação e sem inspiração. Dos três que se destacaram no primeiro tempo – Éverton Ribeiro, Geuvânio e Berrío – apenas o colombiano continuava na mesma batida e, curiosamente, foi ele sacado do time.

O que não entendo e aceito é incoerência. Outro dia, num jogo muito mais difícil, Zé Ricardo ousou, sacando os dois volantes, na tentativa de tornar o time mais agressivo. Hoje, contra um adversário mais fraco, quando poderia ousar, foi conservador, sempre trocando seis por meia dúzia.

Rômulo, definitivamente, está fora de sintonia. Além de apagado no jogo, foi o grande responsável pelo sofrimento até o fim do jogo, pois, fominha, deixou de servir Felipe Vizeu que estava sozinho, e com o goleiro batido.

Vinícius Júnior, esquecido nos três últimos jogos – quando sequer relacionado foi – acabou sendo decisivo. A ousadia foi premiada e, do pênalti sofrido por ele, veio o gol da vitória.

Enfim, apesar do sofrimento, veio a vitória e, a esta altura do campeonato, era só o que interessava.

Que os que descansaram joguem na plenitude contra o Santos. Aliás, semaninha danada. Santos na quarta, e Corinthians no domingo e, tudo em São Paulo. Continuo levando fé. O nosso elenco é bom. O que falta é achar e engrenar o time.

Detalhe final. Um horror ver o Flamengo jogar de amarelo. Nem sempre a modernidade caminha de acordo com coerência e tradição. E, este é um caso típico.

Durante o jogo, descobri a vocação desta camisa para o torcedor rubro negro. Indumentária perfeita para ir a qualquer jogo da Seleção Brasileira. Camisa que não pode faltar na mala para a Copa da Rússia…

1 Comentário

  1. Pessoal do blog, que tristeza esse time do Flamengo, nosso treineiro não consegue fazer o time jogar contra o potente Coritiba. O cara tira o melhor jogador em campo que era o Berrio, nos últimos jogos levamos 4 gols da mesma maneira, será que não vão arrumar isso. Perceberam também que a posição do E. Ribeiro é a mesma do Diego, e agora Zé.

    Reply
  2. Kleber,na realidade uma triste vitória.Time apático,sem vontade.Sem inspiração.As falhas de sempre.E as mesmas constatações:Rômulo-sem condição de jogo.Arão está morto.ER7 fêz o que pôde.Guerrero mal.Juan vaga certa no time de “master” do Fla.
    Vaz,as vêzes acerta.Também chegou atrasado no gol do “coxa”.
    Trauco,uma avenida.Pará erra e questiona o arbitro.Berrio bem.Vini
    decisivo,tinha sofrido penalty antes do gol.Vizeu fora de sintonia.Geuvânio,tentou jogadas de efeito,à toa.Fora de forma.
    A ordem dos jogadores no relato acima;expressa o que foi este time campo.A propria desordem !!! Como diria Ancelmo Góis,´”camisa amarela é o cacête”.
    SRN.

    Reply
  3. Jogo sofrível, caro Kleber. Jogamos um futebol bem abaixo do que deveríamos. O Flamengo tem a posse da bola mas não sabe o que fazer com ela. Parece um tormento, mas o setor de criação do Flamengo parece que não existe jogo após jogo. Entra um, sai outro, entra fulano, sai beltrano, e não engrena. Uma coisa é clara, Geuvânio não tem como ser banco. Guerrero é uma coisa séria, ora joga bem, ora não joga nada. Esses malditos chuveirinhos só caem na cabeça do adversário. Incrível. Qual o último gol de cabeça que fizemos? E como insistem nisso. E para completar a contradição, a quase totalidade dos gols que fazemos são bolas trabalhadas em contra ataques. Então, qual a razão dessa interminável insistência em bolas aéreas que não dão em nada? Zé me pareceu perdido no jogo de hoje. Inexplicável a saída de Berrio.

    Valeram os treis pontos, e só. Time sonolento e sem inspiração.

    Reply
  4. Já comprei a minha. Um time de jogadores estáticos. Não é só cupa do treinador. O Arão parece que desaprendeu de jogar; o vaz, acha que é o Baresi; o Pará, meu Deus… “salve jorge”. Precisamos falar sobre o vovô Juan… 👎 não dá mais.. de jeito nenhum… Aproveita para se aposentar antes de acabar aposentadoria no Brasil. O trauco ainda tá dancando carnaval? porque a avenida do lado dele é de se espantar…. Viva o carnavalesco Trauco.

    Reply
  5. Jogo horroroso, para esquecer. Time apático, sem alma, sem nenhuma organização, alem de muitas escolhas incoerentes do nosso tecnico. E incrivel a incapacidade de ZR fazer esse time jogar e mais absurda a inercia desta diretoria que assiste a tudo sem fazer nada. Esta dificil torcer.

    Reply
  6. Caro Kleber e amigos!
    Não foi um jogo animador, muito pelo contrário. Foi bom vencer, mesmo, com uma sensação clara de muita decepção. O Flamengo como diz o nosso Kleber tem elenco e certamente todos concordam. Falta-nos o que? Será que falta sorte? Será que falta o ZR ser mais ousado? Eu particularmente hoje não acho que o ZR foi conservador, acho, que com o Coritiba querendo impor o jogo e a gente lá na frente pouco inspirado, trancar a porta era melhor do que terminar o jogo com uma decepção ainda maior.
    Hoje foi uma triste vitória. Ela causou alívio e nada mais. Não tenho o perfil de fazer duras criticas, entendo que o bom senso é o caminho do equilíbrio e das boas decisões e relações. Mesmo assim, vou manter hoje a minha simples opinião: O ZR perdeu o elenco ou usando do bom senso, entendo que as mensagens dele para o elenco tem menos vibrações do que há algum tempo atrás. Ele está de parabéns, pois, durante mais de um ano e jogado numa fogueira, consegue dá padrão a um time menos qualificado e ainda o deixa em terceiro lugar no campeonato brasileiro. Ele tem inúmeros méritos e certamente com o tempo, o seu brilho e a sua luz haverá de se somar a muitas e boas experiências no futebol.
    Precisamos entender que futebol é sempre assim. Vai um ano, um ano e pouco e logo começa a não se produzir mais resultados. O futebol também tem suas ingratidões, ou seja, se trabalha, se trabalha, se faz e se faz e agora que temos um time bem melhor nada dá certo.
    Daqui de longe, vou continuar torcendo pelo nosso Flamengo, porém, com menos confiança para esse campeonato, salvo, uma conduta diferente do elenco. Sei que não é fácil comandar um clube da grandeza do Flamengo, realmente deve ser uma loucura ficar exposto para mais de 40 milhões de torcedores e isso sabemos respeitar. A questão é a presidência entender que o eco de insatisfação talvez já ultrapasse mais da metade da nossa torcida. Vamos ver no que dá. Temos Copa do Brasil, temos Corinthians e tudo mais. Espero em Deus uma reviravolta, mas, até mesmo a fisionomia do ZR não é mais a mesma. Existe algo esquisito. Existe algo que não está bem. O time que o diga.
    Hoje foi por um fio. Hoje foi na reza. Hoje foi mais uma vez no sofrimento. De toda forma, o que vale são os três pontos. Quem sabe amanhã assistindo a reprise da partida eu perceba que fizemos um grande jogo. Hoje, especialmente hoje, minha alegria é triste. Esse Flamengo não me encanta, porém, tem elenco para tal.
    SRN

    Reply
  7. Ressaltando a ENORME fragilidade do Coritiba, o início de jogo foi promissor,com um Fla objetivo e,ao menos,tentando construir jogadas decentes contando com belas assistências em profundidade de E.Ribeiro,lucidez de Geuvanio e vigor físico de Berrio. Os 3 foram muito bem. Após abrir o placar, o habitual Fla retornou,sem jogadas trabalhadas e totalmente dependente de lances individuais isolados, muita ligação direta,bicuda,etc. Zé, desesperado, usou a velha tática do Bumba meu boi pra frente, enchendo de atacantes e meias,eis que surge um esporádico e despretensioso lance individual para resolver,que não vai aparecer todo jogo, pênalti bem batido, não apaga em nada a atuação pífia,com os mesmos problemas de sempre. Ao fim, tiveram torcedores criticando ZR, afinal, não são cegos. Quem se contenta com pouco procura jogadores culpados, erros de arbitragem e fecham os olhos para os próprios defeitos coletivos.Resultado? Não vai melhorar com tal postura. Pênalti caiu do céu,para salvar o Fla de mais um vexame.

    Kleber,vc acha que é o único que não entende a incoerência de ZR? Ora,o que esperar de uma pessoa que estava dando aula de Ed.física na escola para criancinhas ano passado ou retrasado e que nem auxiliar na vida já foi? A defesa continua com o mesmo problema,o que Zé treina no Ninho? Os adversários continuam entrando como querem na defesa,parece uma peneira,uma defesa que marca em linha e espaçada, erro crasso no futebol de hoje, alguém aqui vê o Corinthians levar gol assim? Quem estava novamente participando do lance,ele,Vaz,pode errar bastante, é meritocracia de Zé. O time continua mal, mesmo contra os “mosca morta”,triste,uma pena o mercado de técnicos estar tão pobre de nomes,erro da diretoria que manteve no fim de 2016. O Fla merece coisa melhor.Fla agora 4°,segurando a tal “vaguinha” em libertadores….

    No lance polêmico,o gol de Guerrero foi ilegal,estava impedido.

    Reply
  8. Vou resumir: na próxima semana, voltaremos de São Paulo derrotados, desclassificados e, efetivamente, sem técnico.
    Saudações,
    Carlos Cazé.

    PS: Alô, alô, Berrío! Jogue mal que você ficará até o final da partida!!!

    Reply
  9. Boa noite, amigos.
    Mais um joguinho ruim de assstir. O Fla tem uma dificuldade enorme de criar jogadas, e acaba no famoso chuveirinho. Parece até que fazemos muitos gols de cabeça. Os cruzamentos geralmente são mal feitos e facilitam aos zagueiros adversários, pois não costumam vir da linha de fundo e pegam a zaga de frente, o que facilita o corte.
    Que jogador inútil esse tal de Rômulo !!! O cara é um espectador privilegiado. Nossa zaga continua marcando mal e dando muito espaço. Fica fácil para os armadores adversários meterem bolas nas costas dos nossos zagueiros que são lentos.
    Valeu pela vitória. Não pelo jogo. Podemos apresentar coisa melhor. Tudo bem que foi contra o Coritiba ( líder do campeonato. Kkkk).
    Uma pergunta: nosso time é ruim ou nosso técnico é ruim? Superestimamos o time ou o técnico? Foram duas perguntas. Kkkk. Realmente tenho dúvidas se esse time tem gana para ser campeão com esse técnico ou outro qualquer.
    SRN.

    Reply
    • Meu caro Paulo!
      Vou tentar detalhar em miúdos, nossos “atletas” na pelada de hoje… kkkkkkkk

      THIAGO – Mais uma vez levou 3 anos pra chegar na bola. Quando chegou, Inês tava morta. Além, de não fechar o único ângulo que a bola poderia entrar – 5
      PARÁ – Jogada bisonha na lateral, quando esperou o apito do juiz, o que não aconteceu. Quase que a vaca foi pro brejo com sininho e tudo – 5
      JUAN – Deu sorte porque Neto Berola correu pelo lado do Vaz, se corre pelo dele, iria parecer carro de rally. Só poeira! Culpado direto pelo gol dos Coxas. Aquela bola não pode passar na frente dele. Titular absoluto no Master pra 2018 – 3
      VAZ – Coadjuvante indireto no gol dos caras. Quando a bola passou por Juan, deveria ir contudo no lance. Foi de pé mole – 4
      TRAUCO – Dos 3.000 passes que o time errou, mais da metade pertence a ele. Irreconhecível!!! – 2
      RÔMULO – Além de perder um gol incrível, ainda não entendeu que foi escalado como 1º volante. Se manda sem menor cerimônia e, que exploda o mundo que eu não me chamo Raimundo. Fraquíssimo! Barca pra ontem – 3
      ARÃO – Com o avanço do Rômulo, praticamente ficou tomando conta dos contra-ataques. AINDA não barra Cuellar. Mas joga mais que isso – 6
      ÉVERTON RIBEIRO – Uma bola com açúcar pro Berrío e, um “golaço” de penalti. Foi o melhor Canarinho Belga do nosso criadouro – 8
      BERRÍO – Melhora a cada jogo! É o cara que puxa o ataque inteiro. Muita correria e algumas jogadas interessantes. Se der um tapa pra frente, difícil segurar o The Flach – 7
      GUERRERO – O dia que descobrir que zagueiro acuado não tem para onde ir, nunca mais fará faltas desnecessárias sobre eles. Só cercar! Claramente com os nervos a flor da pele. Sem tranquilidade – 6
      GEUVANIO – Começou muito bem e, foi sumindo sumindo sumindo… sumiu…
      Deveria ter sido substituído no intervalo. Mas tem muito futuro – 6
      VINICIUS JR – Das 6 bolas que recebeu, fez muitas gracinhas e só valeu pelo penalti. Entrou no lugar do Berrío e, evidentemente não tem as mesmas arrancadas. Mas valeu! – 6
      VIZEU – Só apareceu quando “furou” uma cabeçada na cara do gol. Absolutamente fora de ritmo e tempo de bola. Compreensível – 3
      ZÉ RICARDO – Sem 6 titulares (mais da metade), fez um prato-feito de qualidade questionável. Sabemos que o problema de entrosamento existe. Mas continua perdido nas substituições. Berrío não deveria ter saído para dar lugar a Joia. Geuvanio sim! Como é reincidente… – 3

      CAMISA AMARELA – Juro que após 6 doses, não entendi mais nada…
      Quando o “encosto” me perguntou se eu não estava vendo o jogo do Flamengo, disse que estava vendo o jogo do time dos Correios…
      Tentei!!!

      Reply
      • Boa meu amigo.

        Seus textos são ótimos, impossível não rir, mesmo com você narrando o show de horrores.

        “Canarinho belga”
        “Time dos correios”
        Muito bom!
        Kkk

        Quanto ao Vizeu eu compartilho do voto de confiança, de forma inexplicável ele foi sendo preferido é agora pagaremos o preço pela longa inatividade do bom jogador que foi em 2016, no mínimo eu diria que estava acima do vassoura e muito útil ao elenco.

        Abraço
        SRN

        Reply
      • Caro Carlos, se for como disseste, estamos bem, pois somos tão ruins como dizes e estamos nesse instante em terceiro. Já imaginou se jogassemos alguma coisa? Seriamos ja os campeões. Perdão por discordar de ti, mas temos que opinar concordando ou não, mesmo que tenhamos o objetivo final identicos. Continuo afirmando que estamos no caminho certo e não temos no momento no mercado alguem com mais capacidade do que o Ze Ricardo em condições de fazer melhor.

        Reply
        • Meu caro Dalmir! Acho que jogamos no mesmo time e, o amigo ainda não percebeu!
          Sou completamente a favor da manutenção do Zé, assim como, vejo pouquíssimos erros do mesmo. Absolutamente normais para a posição que ocupa.
          Ontem, jogamos sem 6 titulares, portanto, não podemos cobrar entrosamento.
          Apenas me detive na ATUAÇÃO dos jogadores no jogo de ONTEM.
          E, convenhamos, tirando uns 3, o restante foi um amontoado.
          Ainda não foi dessa vez que divergimos, mas caso aconteça, nada mais democrático. O Blog precisa também do amarelinho. Só vermelhinho perde a graça.
          Grande abraço no amigo.

          Reply
      • Grande Egon, sem entrar no mérito de nossos zagueiros levarem bola nas costas 3 jogos seguidos, mas pensei que só eu teria percebido a falta de time do nosso goleirinho em sair do gol e sua incapacidade de fechar o ângulo, a sensação que tenho é que a qualquer momento do jogo ele vai entregar a paçoca. Trauco é outro que já deu, da um desânimo ver ele correndo, não ganha na corrida nem do Walter, junto a iasotnao acerta mais nada na frente..

        Reply
        • Meu amigo Élson!
          Ocorre um fenômeno muito interessante quando não gostamos de determinado jogador ou, até mesmo de técnico…
          Sassa passa por trás do Réver, que nem ao menos estica os pés, e Vaz é o culpado…
          O atacante passa por trás do Juan, que da mesma forma não estica os pés, e Vaz é culpado…
          Diego perde a bola do jogo (penalti) e a galera aplaude.
          No entanto, Everton está com 3 mts de língua de fora, é substituído, e caem de porrada no Zé.
          Evidente que o Thiago saiu atrasado nas duas!

          Reply
  10. Com toda sinceridade, não vejo necessidade de trocar de tecnico. Se fosse para fazer troca deveria ter sido feito antes quando o mercado dava condições de contratar quem pudesse fazer alguma diferença: mostrem-me um profissional em condições de assumir o time e dar retorno imediato? Dos atuais tecnicos no brasileiro, só Cuca e Abel poderiam fazer diferença, mas eles não deixariam seus clubes agora. Ocorre que temos um elenco muito bom, mas que agora que estão jogando juntos. Não ha tecnico que de jeito sem jogar porque treinar não tem como. Apoio o presidente Bandeira em bancar o Ze Ricardo e aqueles que criticam o tecnico, saibam que no mercado atual, com salario que ele ganha, nenhum grande tecnico aceitaria treinar o Flamengo e sofrer uma pressão enorme.

    Reply
    • “Apoio o presidente Bandeira em bancar o Ze Ricardo e aqueles que criticam o tecnico, saibam que no mercado atual, com salario que ele ganha, nenhum grande tecnico aceitaria treinar o Flamengo e sofrer uma pressão enorme.”

      Zé Ricado ganha R$100 reais / mês…
      Como gosto do seu trabalho e, entendo que recebe salários de jogador de base, acredito em um pouco mais de maturidade. Apesar da colossal cobrança, deve ter mais calma no conceito substituições. Ainda derrapa feio…
      Muitas vezes não existe obrigação nem necessidade de mudar. Se perde ai.

      Reply
  11. AMIGOS, VITÓRIA MAGRA SEM GRAÇA MAS IMPORTANTE !!!!

    O QUE ME INCOMODA SÃO OS QUATRO GOLS SEGUIDOS EM QUATRO JOGOS DIFERENTES E ABSOLUTAMENTE IGUAIS. PRECISA DIZER MAIS ? SERÁ TÃO COMPLICADO CORRIGIR UM ERRO REINCIDENTE POR 4X ? EM 3 DOS QUATRO JOGOS SAÍMOS NA FRENTE E O MESMO ERRO NOS CASTIGOU.

    ACORDA ZÉ, AINDA DÁ TEMPO.
    SAUDAÇÕES

    Reply
  12. Sinceramente, gostei mais do 2º tempo do que do 1º. O 1º tempo me lembrou os jogos do Carioca contra os pequenos. Flamengo com time reserva e o outro time ruim pra burro. Broxante.

    No 2º tempo, o time criou bastante, mas mais no abafa do que na categoria. No final, os três pontos foram fundamentais para dar tranquilidade, confiança e um alívio. O descanso aos titulares também foi ótimo, pois a maratona é grande.

    Kleber, gostaria de salientar alguns pontos:

    1) É o 3º gol que o Flamengo toma com bolas enfiadas atrás da nossa zaga (Avaí, Cruzeiro e Coxa). Juan com 50 anos de futebol não pode cair nessa jogada que nem o sub-15 toma. Rafael Vaz é aquilo que já falamos 300 vezes aqui: quando se empolga, já era.

    2) Everton Ribeiro não pode ficar preso na ponta-direita. Hoje, ele provou que joga muito melhor como meia. Zé Ricardo terá que achar uma solução para ter Diego e Everton Ribeiro no meio. Um 4-2-2-2 terá que ser tentando, treinado, sei lá.

    3) Aqui mesmo salientamos que as mexidas dos últimos jogos quando o Zé tirou os volantes deixou o time aberto e vulnerável. Hoje, achei as substituições do Zé perfeitas. Em especial quando botou o Vizeu recuando o Guerrero para ajudar na armação. Aquele gol claro que o Rômulo perdeu foi passe fantástico do Guerrero. E mais, Vinícius Júnior sempre acrescenta.

    4) Thiago será o goleiro do Flamengo no futuro, mas para isso precisa aprender bastante com o Diego Alves, principalmente quando sair do gol, pois hoje se tivesse saído o Flamengo não teria sofrido o gol.

    5) Flamengo jogou muito bem contra Grêmio e Palmeiras e não venceu. Hoje, deu pro gasto (tudo bem que teve 2 bolas na trave, gol anulado, defesas do Wilson), mas somou 3 pontos. E era o que importava.

    Reply
  13. Quero me retratar con a diretoria do Flamengo, tinha me colocado radicalmente contrário à camisa amarelo. Agora entendo o motivo, ela é a cara do nosso time !um time que simplesmente amarelo, portanto nada mais justo que essa camisa, que ontem mais uma vez se justificou. Foi uma atuação ridícula, graças a besteira do jogador do Coritiba que fez um desnecessário pênalti. Uma atuação patética, sofrível, preocupante. Lamentavelmente o Flamengo amarelou novamente, agora dia te de um adversário muito fraco. Foi o dia que o Flamengo assumiu, que tem um time que amarela.
    #FORAZERICARDO

    Reply
  14. Amigo Egon e Kleber.

    Ainda bem que vocês não gostaram da camisa nova. Das 7860 camisas, venderam em 2 dias 7518.

    Vai que falta, né !?!?

    Ainda bem…..

    Reply
  15. A Ilha do Urubu mudou de nome ontem.Passou a ser “Ilha do Urubario”ou “Ilha do Canaibu”.
    Que camisa feia,nada a ver com o verdadeiro manto sagrado. !!!!!!

    SRN(sempre)

    Reply
  16. Gosto é complicado… Rs
    Achei essa camisa bem bonita, tem referência histórica, enfim, discordo da maioria dos comentários.
    Quanto ao time, outra atuação muito abaixo do que podemos! A solução ?? Vai lá no sul e tenta tirar o Renato Gaúcho do Grêmio, se não der, pega o Rueda na Colômbia e vamos que vamos!

    Reply
    • Impressionante, né?

      Eu digo que ganhou na raça, mas ele diz que foi na marra.

      Não jogou bem, tem elenco, blá blá blá.

      Fala sério. Cambada de fraco. Isso aqui é Flamengo, não conhece não?

      Reply
        • Realmente prefiro minha perspectiva de futebol à perspectiva do Mauro.

          Ele só aponta problema, até porque não tem condições de apontar soluções.

          E os problemas do time acho que todo flamenguista conhece.

          Quem não sabe que o time ainda não encaixou e poderia jogar melhor?

          Quem não sabe que o investimento e a estrutura poderiam produzir melhor resultado?

          Quem não sabe que o técnico poderia escalar ou mexer diferente?

          Tem vários problemas e tem várias soluções possíveis. Mas ninguém consegue e ninguém pode apontar uma solução, que não seja quem está lá.

          Você acha que eu, ou você ou o Mauro podemos sentenciar: tira o ZR e coloca o técnico X.

          Existe algum dado numérico, realista ou racional que pode garantir algo melhor do que o que vemos atualmente?

          Podemos afirmar que o time joga melhor com Romulo no lugar de MA?

          Ou qualquer outra solução possível, é sincero sentenciarmos?

          Nossa posição é de confiar naqueles que estão lá e torcermos. Acreditarmos. Incentivarmos. Darmos confiança pra eles.

          Se, no final, não der certo, partimos pra próxima.

          Tem gente pedindo várias cabeças, em absurda irresponsabilidade e injustiça ao excelente trabalho dos últimos anos.

          E tem gente que não pede cabeças, mas não pára de apontar problemas, falar mal e vaiar, minando a confianca da equipe.

          O torcedor de verdade não deve fazer isso, a não ser que se enxergue má fé, o que não enxergo neles.

          É uma bobagem ficar apontando problema, até porque é algo que a maioria identifica por si só.

          Muitas vezes o problema apontado é aceitável ou justificável por outras questões que envolvem um time de futebol.

          Muitas vezes um time demora mais de um ano pra encaixar.

          O trabalho atual é muito recente. Essa é minha opinião.

          Poderia estar melhor, mas não está acontecendo nenhum absurdo e até os números mostram isso.

          Eu não quero o Flamengo jogando igual Botafogo e Corinthians. Inclusive, acho uma tristeza pro futebol brasileiro um time que joga como o Corinthians estar com tanta vantagem no principal campeonato do país.

          Voltando ao Mauro, ver um jogo, estudá-lo posteriormente, escutar outras análises e depois apontar o que está certo ou errado não é tão difícil, quanto menos pra jornalistas, que realmente desfrutam de ótima base de dados.

          Mas isso está distante de entender de futebol. De jogar bola. De saber como é uma partida dentro de campo. De montar um time. De resolver um jogo na hora do jogo e não depois do apito final.

          Talvez ele esteja no papel dele, pois não fala como torcedor.

          Mas seria ridículo torcedores do Flamengo pararem de torcer e começarem a rezar uma cartilha de afronta ao time, por seu treinador, jogadores ou diretoria.

          O foco dele é este: comprovar sua tese de que o flamengo está mal, como se isso fosse necessário.

          O meu foco é outro: torcer e acreditar que o Flamengo vai melhorar, vai ganhar e vai ser campeão.

          E continuo discordando dele: ojogo foi ganho na raça e não na marra. Pra mim, ganhar na raça também é bom. Não é problema. Quero que o time melhore, mas não vou reclamar da vitória.

          Quanto à outra parte da análise dele, não sei o que ele quer dizer com “algo tem que ser feito”. Ele fala do problema (jogou mal) e não fala da solução, limitando-se a dizer que “algo tem que ser feito”.

          Quem não sabe que algo tem que ser feito?

          E quem sabe o que tem que ser feito?

          Pelo visto ele não sabe o que tem que ser feito, ou não teve coragem de falar.

          Vamos lá em SP ganhar a próxima, mesmo que seja na raça. Se você e o Mauro não acreditam, só lamento por não conseguirem desfrutar da paixão rubro negra.

          #vamosflamengo
          #páradereclamar
          #críticaconstrutiva

          Reply
  17. Bom dia amigos !
    Meu DEUS ! que jogo horrível .. e logo pergunto, de quem foi a idéia de jogar com a camisa mostarda ? qual a dificuldade de entender que somos rubro-negros !!!
    O ZR nem parece que treinava a base, qual o problema de dar mais oportunidades para o LP, FV e VJ ???
    Já disse e repito, vamos fazer as pazes com o Botafogo devolvendo o WA !!
    Tenho certeza que o ZR é um excelente profissional e muito competente, agora ele precisa entender que não está dando certo … é simples isso ! com o time de ontem, era O B R I G A Ç Ã O vencer o Coritiba sem susto !!!
    SRN

    Reply
  18. Ficou claro que Everton Ribeiro deve jogar no meio. Não precisa sequer mudar as peças, basta mudar o esquema. Do 4-3-3 para o 4-4-2! Diego e Ribeiro armando. Éverton Cardoso ou Geuvânio ao lado de Guerrero no ataque, alternando os lados e abrindo espaço para Diego e Ribeiro concluírem também. As pontas deixamos apenas para os laterais, que são bons no ataque, assim permite que o time tenha mais enfiadas de bola e triangulações, deixando de ser previsível.

    Reply
  19. Eu nem discuto se a camisa é feia ou bonita.
    Eu simplesmente sou RUBRO NEGRO!!
    Existem coisas que não podem ser de forma alguma ter mudanças tão radicais. Finalizando, eu não consigo torcer de forma efetiva por um Flamengo de outra cor!
    EU TENHO ORGULHO DE SER RUBRO NEGRO!!!!!

    Reply
  20. Nação,
    Quando nossa torcida fica elogiando Berrio(Cirino), realmente estamos indo muito mal. Que mal gosto Berrio, sendo considerado o melhor em campo.
    LAMENTÁVEL.
    SDS rubro-negra.

    Reply
  21. Das coisas mais inúteis, sem dúvida, é o “otimismo vazio”. Se necessário fosse, tão-somente, torcer e acreditar pelo time que se torce, todos os campeonatos terminariam empatados ou o nosso os venceria sempre! “Vamos, meu time”, seria a frase mágica, e tudo estaria resolvido. No entanto, como futebol é coisá séria, e o FLAMENGO, para quem o ama, mais sério ainda, cumpre ser absolutamente frio, racional e competente. Até agora, essa diretoria assim tem se comportado, principalmente nas coisas mais difíceis, mas curiosamente peca num detalhe ínfimo, porém decisivo: o homem que dá as cartas, à beira do campo.
    E, mesmo aqui,há enorme mérito da diretoria: mantém seu técnico há mais de ano, propiciando-lhe tempo e estrutura formidáveis para que o time evolua e apresente resultados. E, no entanto…
    Saudações,
    Carlos Cazé.

    PS: Como eu já havia dito, num post anterior, o Flamengo faz um gol e some em campo. Ontem, idem. Fez um gol aos 7 e só deu um novo chute a gol aos 27 minutos. Não é coincidência, é opção tática mesmo: ao fazer um gol, o time abre mão de atacar para contra-atacar. Simples e patético assim. Ou seja, o time se encolhe. Depois, leva o empate e, desordenadamente, assistimos aqueles chuveirinhos desesperados, com as também patéticas idas à área dos dois zagueiros, ao mesmo tempo. Isso explica, então, o absurdo de um time como o Coritiba ter tido mais posse de bola do que o poderoso Rubro-negro, em pleno Rio de Janeiro.
    Mas para alguns torcedores, já que estamos jogando de amarelo, basta fazer como no famoso Sítio do Pica-Pau: ” Pirlimpimpim “! E tudo se resolve magicamente…

    Reply
  22. Senhores,

    Ser crítico não significa criticar gratuita ou negativamente. Como o nível dos escribas deste blog é muito alto, as “críticas” são incisivas, para elogiar ou não. Mas noto, a meu ver, que o pessoal anda pegando pesado, seja com nosso time ou com o Zé. No jogo contra o Coxa, gostei muito da escalação inicial, achei correto poupar alguns jogadores e incluir aqueles que não poderão jogar a decisão de quarta feira. Afinal, pra que serve o tal “melhor elenco do Brasil?”

    No mais, o time começou muito bem com um belo gol, seja pela assistência do ER7, coisa de quem trata com carinho a pelota e a finalização do Berrio padrão, toque rasteiro no canto deslocando o goleiro, nada de chutão e “seja o que Deus quiser” ( Guerrero adora), tipico do jogador brasileiro mediano, como Fernandinho e Cirino…”Se der, blz, se não der, paciência”. kkk

    Enfim, apesar de estar tenso até a conclusão do pênalti, não acho que o Flamengo jogou tão mal como os colegas acham. Citando a manjada historia do copo meio cheio ou meio vazio, prefiro ver que o Zé anda mais flexível, escalando Romulo e VJ, por exemplo. Hora o pessoal chama o Juan de Deus, hora chama de ex-jogador. Achei que ele tirou uma bola essencial, além da categoria de sempre. ER7 impressionante a seriedade e vontade. E quanta categoria. Qqer passe dele é tentando algo diferenciado. Que penalti bem batido, que baita contratação ( nao é empréstimo, é nosso!!! ). Berrio: nao sei porque o bullying contra ele. è serio, ta se adaptando ao país, ao Fla, etc, mas eh dedicado, anda guardando gols e faz passes interessantes. Acho que zoa-lo ou nao acreditar nele é desperdício. Geuvanio tb querendo causar e já já vai desenrolar. Pará também, meteram o pau nele, mas ninguém se lembrou do belíssimo passe pro Juan onde a bola caprichosamente explodiu no travessão. Para um velhinho, ex-jogador,etc, Juan anda subindo bem para cabecear…

    Trauco: Todos nós aqui já demos largos sorrisos com seus belos gols feitos no momento certo. Ele nao é e jamais será o Roberto Carlos, talvez colocaria ele de segundo volante no elenco, dispensava o Mancu (muita chance, mas nao deu, infelizmente) e se tivesse proposta boa pro Arão vendia pra ontem tb. Não considero que arbitragem decidiu o jogo, como diz o Profexô, time tem que ganhar sobrando pra não ficar refém da arbitragem, tipo UFC…

    Para quem teve paciência de ler até aqui, agradeço muito. Reitero que este é o único ambiente RN onde não há antis e nos sentimos em casa.

    Forte abraço a todos vcs que vão ao supermercado usando vermelho e preto cheio de orgulho, mesmo após uma derrota.

    ps: aqui em floripa amanheceu uma friaca, fui no mercado usando um casaco do Maestro JR, de 92, homenagem ao título. Só faltei dar autografos. eheh. SRN

    Reply
  23. Alguém concorda que o Rafael Vaz poderia ser testado como volante?

    Ele me lembra o estilo do David Luiz e não estou gostando de nenhum volante.

    E alguém concorda que o Éverton 22 poderia jogar na lateral esquerda?

    Acho que ele seria melhor que Trauco e Renê na posição e abriria uma vaga pro Vinicius na esquerda do ataque.

    Ficaria assim, no 1-4-1-4-1:

    1 – Diego Alves

    4 – Pará, Réver, Rodolpho e Éverton 22.

    1 – Vaz de volante.

    4 – Diego e Éverton Ribeiro por dentro. Geovânio e Vinicius Junior pelas pontas.

    1 – Guerrero no ataque.

    Reply
    • Sem querer ser desrespeitoso , mas o técnico chuta a gol ? faz defesas milagrosas tipo Tafarellllllllll? Nao entendo e jamais entendereis esse endeusamento e pressão em cima do técnico. Se fosse assim, Zico nao seria nosso ídolo no Fla, nem Messi no Barça, nem Cr7,enfim, poderia citar uma dezena de jogadores. Vamos parar de endeusar quem nao entra em campo e ao mesmo tempo condená-los. o Zé ´e teimoso e me dá “raiva” as vezes ? Sim,varias vezes, mas a responsa maior é sempre dos jogadores.

      Reply
  24. Estava Viajando e não tive como assistir o jogo, mas perguntei ao meu irmão como foi o jogo do Flamengo contra o Coritiba e este me respondeu o seguinte:
    o Flamengo não vai ganhar nada com este treinador, pontos corridos defesa não pode tomar tantos gols como o Flamengo vem tomando. Zé Ricardo não enxerga que Rafael Vaz não pode ser titular. Zé Ricardo está perdido, mas a Diretoria, como sempre, só vai trocar quando o Flamengo tiver uns 20 pontos atrás do Corinthians.É de dar pena ver o melhor elenco do país não render o pode nas mãos de um treinador amador!
    Para o jogo contra o Corinthians temos elenco pra vencer, mas se Zé Ricardo insistir com Márcio Araújo e Rafael Vaz vai ser difícil a vitória lá.

    Reply

Comente.