Jogo bom. Resultado ruim

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Duvido que alguém que goste de futebol – e que tenha visto este Flamengo e Palmeiras – não tivesse achado que o jogo foi bom. Intenso é a palavra que pode, de forma objetiva, definir o que se viu na Ilha do Urubu.

Tenho a impressão de que há uma enorme semelhança entre Flamengo e Palmeiras, que foram os que mais investiram, e que até agora não tiveram o retorno esperado.

No que nos diz respeito, um time de muita luta, porém sem que os seus dois principais jogadores, Diego e Éverton Ribeiro, jogassem metade do que sabem. E isto, sem nenhuma duvida fez a diferença, pois quem poderia desequilibrar, apenas razoável foi. Diego, mesmo perdendo o pênalti, ainda assim, num plano superior a Éverton Ribeiro.

Na realidade, tudo dentro do contexto, pois estamos arrumando o time no transcurso do campeonato. Diego vem de contusão, e Éverton Ribeiro em período de adaptação, ao time e ao futebol brasileiro.

Edinho, que comentou o jogo, colocou com muita propriedade que Berrío é um jogador útil nas escapadas, isto é, quando tem espaço. Hoje, com o Palmeiras retraído e sem dar espaço, era muito mais para um jogador de habilidade do que um de velocidade.

No fundo, acho até que Zé Ricardo acabou dando sorte, pois na tentativa de ganhar o jogo, deixou, em função das substituições, o time muito vulnerável. Deu sorte. Quase perde o jogo no final.

A galera ficou uma fera com a entrada de Mancuello no lugar de Éverton, que era um dos destaques do time. Sei lá, mas acho que este argentino já deu…

E, ainda no achismo, Vinícius Júnior, que nem no banco estava, poderia ter ajudado.

O Corinthians tropeçou de novo. Renato Gaúcho pediu desculpas pela previsão de que haveria um declínio do time paulista, aliás, sem nenhuma necessidade, pois apenas transmitiu ao respeitável público o que pensava. E, pelos resultados, como pitonisa, Renato Gaúcho é dez…

Enfim, jogo emocionante em que só o resultado não foi bom. Ainda dá para acreditar. Se Diego e Éverton Ribeiro começarem a jogar, ainda é possível…

1 Comentário

  1. Prezados,
    Só peguei o segundo tempo… Se alguém achar que aquele amontoado de jogador de vermelho e preto é um TIME treinado, precisa imediatamente rever seus conceitos…
    Um ELENCO desse e nessa posição de mero participante, com o Botafogo podendo passar. Inacreditável.

    Reply
  2. Meu querido Kleber, fizemos um ótimo primeiro tempo e levamos dois gols iguais ao de domingo passado : bola nas costas dos laterais com a zaga exposta. Desculpe a insistência mas de novo no segundo gol deles reparem que estava marcando o cara que fez o lançamento. Sim ele de novo MA. Mas aqui já relaxei, o cara não sai.
    No segundo tempo, apesar do penalti perdido, o Cuca deu um nó no nosso bravo ZR e por pouco não perdemos o jogo.
    Finalmente colocar o Mancuello de novo na ponta esquerda é de lascar.
    Como diria Arnaldo Antunes , o pulso ainda pulsa. Enquanto a vida , há esperança.
    Saudações

    Reply
  3. Time sem padtao. Everton Ribeiro deveria parar e fazer uma pre-temporada. Parece sembforca, com medo.
    Acho que o ZR bateu no limite atual dele. Acredito que ele sera um bom tecnico, ele tem futuro, mas no momento ele esta abaixo do que o atual momento do clube exige.
    O mercado nao tem ninguem que preste. Eu iria de Fernando Diniz pelo jeito que fez o Audax jogar. Esse time precisa de um tecnico que goste de posse de bola, mas que prefira triangulações, ultrapassagens, tabelas em vez do usual chuveirinho. E que afaste o glorioso MA de uma vez por todas. Time com MA nao bate campeao!

    Reply
    • Prezado Alexandre, perfeito seu comentário. Fernando Diniz seria ótimo para o Flamengo, que é um time de uma nota só.
      Berrio é muito ruim, igual a Cirino, quando conseguimos nos livrar de um, compramos um pior ainda, e com o Zé, vamos aturar isso até o final do ano.
      Lamentável.
      SDS rubro-negra.

      Reply
    • Perfeito o comentário Alexandre.
      E num jogo que comemoramos 200 jogos com MA era o presságio.
      Vamos que vamos Hoje ver o Botafogo que é ruim mas tem objetividade ganhar e aguentar a zoação depois.
      Obrigado Ze Ricardo.

      Reply
  4. Concordo plenamente com você Kleber leite agora eu acho uma covardia o que parte da mídia da televisão faz com Zé Ricardo o que o cara tem hoje de culpa dois gols do Palmeira foi falta em guerreiro e no primeiro gol Thiago falhou na minha opinião Diego perdeu pernalti quando estava ganhando teve chances de mata o jogo é nao fez Everton ribeiro e Diego mal no jogo aí é culpa do treinador agora se o time estivesse jogando mal e todo desarmado em campo aí a história e outra mas não o time está bem arrumado em campo está jogando melhor que o adversário domina o adversário mas não consegui ganhar os jogos está faltando um pouco de sorte para o flamengo.

    Reply
  5. Caro Kléber e amigos!
    Confesso que a partir de hoje passo a acreditar no título sob o signo da desconfiança.
    Mais uma vez o nosso segundo tempo foi inútil. Também não sei se haverá clima entre ZR e torcida daqui por diante.
    Observando o jogo de forma atenta, percebe-se uma marcação frouxa no nosso meio e espaços entre MA e Cuellar.
    Se no nosso horizonte víamos um luz de arco íris e o clarão da esperança, passo a partir de hoje a enxergar a decepção pintada de vermelho e preto no nosso caminho.
    A questão não é o que produzimos no primeiro tempo, a questão é uma morte anunciada na etapa final.
    Tivemos erros do juiz, porém, os nossos foram mortais.
    O Flamengo parece está dando ré na tabela e tomara que assim não atropele os últimos colocados.
    Lamentável esse empate.
    SRN

    Reply
  6. Estive no estádio,pela primeira vez vi um uníssono FORA ZÉ RICARDO, fiquei até surpreso,PIS foram mulheres, crianças, TODOS se manifestaram,uns pediam Renato como treinador, outros aplaudiam Cuca,enfim,foi 90% do estádio.Sabia que uma hora isso ia acontecer, avisei desde 2016 que Zé precisava se aprimorar antes de assumir de vez o cargo…

    O presidente, que admiro muito, mais uma vez perdeu a compostura e gritava para todos que Zé fica até o fim do mandato, depois declarou que se estivessem insatisfeitos que a eleição chegaria e que poderiam eleger outro. Alguém precisa acalmar nosso presidente e aconselhar a nomeação de um VP de futebol que entenda do assunto.

    No fim,o que mais impressiona é a proteção que o presidente dá ao Zé,coisa que não dava aos antecessores que tinham elenco muito pior.Postura correta, porém incoerente. Realmente o Zé tem tudo que qualquer técnico sonha: proteção da diretoria, estrutura, elenco, estádio e o maior tempo para trabalhar que um treinador tem no Brasil.

    Reply
  7. Oooooo fora Zé Ricardoooooo.
    Mesmo estando montando o time e elenco durante o campeonato.
    A falta de atitude dentro e fora de campo. Atitude de quem disputa título, estamos restrito a uma vaga na Libertadores.
    Obs: Assistam a entrevista do Guerrero no pós jogo, disse q vai cobrar da diretoria uma posição, pois não entende o por que de apanhar o jogo todo e as faltas não serem marcadas.

    Reply
    • o Guerrero “adora” receber essas faltas..é uma ótima muleta pra ele, reclama de mais e joga de menos. Ta sempre buscando o contato com zagueiro, segura a bola sem necessidade pra tomar falta

      Reply
  8. Octavio, vc está certo. Renato Mauricio Prado tb abordou a falha do possante MA. E acrescentou que numa noite em que MA completa 200 jogos-algo preocupantr- e recebe homenagens, nada poderia dar certo. Mas relaxem! Tem muita gente que gosta dele e o defende. Daqui a pouco ele fara 400 jogos, tamanho o amor dessa gente por um jogador tao fraco.

    Reply
    • Com MA e o Mancuello como salvação, não sei por que Gabriel não entrou no lugar do Everton Ribeiro.
      Realmente somos crianças em loja de doces….muita coisa pra comer e não sabemos o que fazer.

      Reply
  9. Presidente Kléber, quanto otimismo, queria muito compartilhar desse otimismo, porém o que vi, foi um amontoado sem qualquer padrão tático, um sistema defensivo terrível, jogadores com um condicionamento físico muito baixo, perdendo todas divididas, com substituições atrasadas e patéticas. E jogadores fora de suas posições. Everton Ribeiro, não jogava nessa posição pelo Cruzeiro, jogava centralizado, Geuvanio nunca jogou pelo lado direito pelo Santos, Mancuello esse realmente não sei em que posição joga. E como essa defesa toma bolas nas costas, infiltrações por trás da lenta e mal posicionada defesa. Além de um goleiro inexperiente e inseguro ( pelo menos parece que resolveram isso). Enfrentamos três times no alto da tabela, nenhuma vitória. Como já citado em todos os momentos decisivos esse time fracassa. A culpa é de quem?? Comandados e comandante. A qualidade desses jogadores agora não dá pra discutir. Impressão minha, como vi pela tv e não estava no estádio, a torcida não foi tão participativa como o local pede que seja?? Mais um fato, nosso brilhante presidente Eduardo Bandeira, tem que parar de discutir com torcedores, pega mal, mancha sua imagem. Ele tem feito um trabalho brilhante, para ficar fazendo isso. Fiquei abismado com a bagunça e a fragilidade física desse time. E olha que todos os times tem enfrentado a mesma maratona. E triste, porque eu esperava muito do treinador que temos. Tô sentindo que ele está louco para colocar o Gabriel. Chateado mais uma vez. Pena que a gente não se acostuma né. Isso já é rotina. Enfrentou time grande, ou considerado grande ..não ganha mesmo. E não me fale do pênalti perdido, porque novamente no segundo tempo, era pra ter perdido. Deitar e dormir.

    Reply
  10. Caros amigos do blog,
    O time começou jogando bem, mas não soube matar o jogo. A zaga continua exposta e o ataque insiste nos chuveirinhos. Diego e Éverton Ribeiro não estão rendendo o esperado. Por enquanto, sacaria o Éverton Ribeiro e colocaria um atacante no lugar dele desde o início: Berrío, Geuvânio ou Vinícius Junior. No sistema defensivo iria de Rômulo no lugar do Márcio Araújo. Esquema 4-4-2. Não consigo entender também a quantidade de gols nas costas dos laterais, uma vez que eles não tem apoiado tanto. O título ainda é possível, mas é necessário mudar a postura e ter mais um atacante encostado no Guerrero. SRN!

    Reply
  11. Qual o sentido de levar Ederson e Gabriel e deixar Vinícius Jr fora? Acho que Zé já está doido para ressuscitar o Gabriel.

    Hoje as substituições foram as mesmas, é sempre as mesmas mexidas previsíveis,o Fla tentava a virada, mas Zé, novamente,empilha atacantes,deixando o time exposto, isso contra o Palmeiras é suicídio,por isso quase que eles fizeram o terceiro! O time deveria tocar a bola,ter calma,triangular,abrir espaços até sair o gol, partir para o Bumba meu boi com uma empilhadeira de atacantes,Geuvanio no meio,Vaz de atacante, aí vira aquela bagunça que deixa o time um bando,teve sorte que não levou o terceiro.

    Reply
  12. Boa noite, amigos.
    Visto minha melhor roupa, preparo umas coisinhas para comer,vou todo animado para ver o Fla jogar, e, acontece o de sempre ao jogar contra time grande: não consegue ganhar!!! Que coisa irritante ver um bando em campo. Ver jogadores fora de forma e rendendo muito abaixo do que supostamente podem jogar. Não sou fã de MA( gosto do talento), mas que bolinha Diego e Éverton Ribeiro estão jogando, e a culpa é sempre de MA. Temos que cobrar desses caras também, pois eles deveriam dar um retorno melhor.
    Nossa zaga jogando em linha novamente contra atacantes rápidos. Fatal. Muito espaço entre os setores e uma marcação que começa forte e vai afrouxando durante o jogo.
    Vou guardar minha melhor roupa para 2018.
    SRN.

    Reply
  13. Sábio Kléber. Sucinto e incisivo com suas palavras
    Um otimo jogo, mas o time peca nessa insistência rotineira nos chuveironhos na e abdica de triangulações e trabalhar a bola quando se tem ótimos meias. Os volantes como no domingo tem deixado a desejar no combate, os gols são sempre na mesma faixa do campo., pelo meio e sem combates MA já deu. O que é inaceitável e essa não inclusão do Vinicius quando os jogos pedem esse ataque direto com sua técnica e talento abdicar dele por ederson e Gabriel e mancu e aceitar essa falta de coragem em vencer as partidas. Só nos resta acreditar nesta melhora que esperemos aparecer

    Reply
  14. Caro Kleber.
    Totalmente de acordo.
    Nosso jovem estagiário fez uma leitura errada ao colocar Berrio. Sem dúvidas, era jogo para a habilidade e infiltração de um Vinicius Junior.
    Com relação à ira da torcida, falta mais uma leitura no nosso jovem estagiário: a bronca, de longa data, é com Marcio Araujo. Ele ainda não percebeu que no momento em que tirar o MA, todas as perseguições darão muma pausa. Que tal experimentar o jovem e talentoso Ronaldo, que além de craque faz ótima transição? Afinal, perder para o Gremio (jogando bem), empatar com o Cruzeiro e com o Palmeiras, 3 times na parte de cima da tabela, são resultados mais do que normais. Problema é perder pontos para os times de baixo.
    Enfim, continuamos vendo o ninho de cobras do Flamengo, comandadas pela lagartixa.

    Reply
  15. É incrível essa tal de ESPERANÇA. Cega, ilude e atrasa a vida de muita gente. Está aí o Flamengo que não me deixa mentir. Ou melhor, os torcedores que acreditam, ainda, no título deste ano! Esqueçam o pênalti: mesmo que o Flamengo tivesse vencido, não teria convencido olhos mais atentos. Sinceramente, acabei por me lembrar da espontaneidade do ex-presidente do Botafogo que, quando terminava o jogo, dava declarações do tipo : ” não aguento mais esse jogador”. No nosso caso, há muito ele já teria apontado o caminho da roça para esse treinador que, ontem, levou um rotundo “chega prá lá” da torcida.
    Na esteira dessa insensatez, então, vamos aguentando, por exemplo, esse tal Mancuello. Minha nossa, o que é isso? Parece-me que ele entrou para compensar a tal “ousadia”_ a que se viu obrigado, pela torcida_ da substituição do Márcio Araújo. E, inútil, quase perdemos o jogo, numericamente falando. Porque, substantivamente, estamos sendo derrotados faz tempo, ao jogarmos tão mal dispondo de elenco tão valioso. Rigorosamente, inacreditável.
    Enquanto isso, o ano de 2017 se escoa, implacável. Absolutamente indiferente às vãs esperanças. E, sem dar a mínima para a esperança ou para a sorte, tem um inexperiente treinador, lá em São Paulo, que pegou um time desmontado, desacreditado e tachado, por toda a ” imprensa especializada”, como ” quarta força do futebol paulista”; e eis que, simplesmente, venceu o paulistão e, agora, também muito simplesmente, caminha a passos largos para vencer o brasileirão.
    Saudações,
    Carlos Cazé.

    PS: Após o jogo, nosso bravo presidente deu uma entrevista e bancou a permanência do técnico, dizendo que não adianta pressionar, ele é o treinador. Devagar, Bandeira, devagar: financeiramente sua administração é notável, mas pondere, no travesseiro, se há inteligência e sensatez em debater-se contra a Nação. Pra início de conversa, ela pode passar a boicotar os jogos na Ilha, cujos preços dos ingressos, aliás, estão extremamente salgados…

    Reply
    • Caze, amigo! Não se trata de uma ilusão ainda acreditar no título. Ele é difícil, mas possível. O problema é que o time não vem jogando bem há um bom tempo mesmo estando repleto de estrelas. Assisti a uma parte do jogo do Corinthians ontem e verifiquei que o time é realmente bom, longe de ser a quarta força de São Paulo. Podem faltar ao Corinthians opções no caso de contusão ou venda de um de seus principais jogadores. Rodriguinho e Jadson pareceram melhor preparados fisicamente do que Diego e Everton Ribeiro. O Jo tem mais gols do que o Guerrero no campeonato. O Ze Ricardo ou outro treinador tem que cobrar de todos os jogadores do Flamengo e colocar para jogar os melhores independentemente de nome. Vamos para cima do Coritiba e do Santos. SRN

      Reply
      • Prezado André:

        Acompanho futebol não é de hoje. Pode anotar: esse treinador não tem perfil de campeão. Antes de cobrar dos jogadores_ o que, claro, concordo plenamente_ cumpre a ele apresentar variabilidade tática, conjunto estruturado e, principalmente, deixar a teimosia de lado. Não sei se você acompanhou o Telê, mas é bom lembrar que, mesmo sendo ótimo técnico, perdeu duas copas por, entre outros motivos,” siderúrgica ” teimosia. Ora, insistir com esse treinador é caminhar, inexoravelmente, para o mais amargo fim. Porque NÃO ganharemos rigorosamente nada, muito menos esse brasileirão. É possível, mesmo, que saiamos goleados da Vila Belmiro, vejo isso claramente. Além disso, prezado André, quando se iludem com o pênalti que não entrou, aproveito para lembrar que, pelo esquema do nosso bravo treinador, Diego, mesmo com sua idade já limitante, tem de voltar o tempo todo para marcar, o que é uma sandice total. Talvez, se o pênalti tivesse ocorrido aos 5 minutos do primeiro tempo, ele tivesse tido pernas e acuidade para tê-lo finalizado a contento, percebe? Por fim, responda a si próprio: tivéssemos o técnico do Corinthians, ou fosse o nosso treinador o do clube paulista, como estariam, ambos os times, na tabela?
        Saudações,
        Carlos Cazé.

        Reply
  16. VAI TER GENTE FALANDO: _AH! MAS CRIOU MUITO NOS PRIMEIROS 30 MINUTOS,TEVE POSSE,CHUTOU,MAS A BOLA NÃO ENTROU! LAMENTO,O PROBLEMA VAI MUITO ALÉM DISSO!

    LEVEI UM SUSTO! Vi 25 minutos iniciais de um Flamengo agudo tentando infiltrações e tabelas,com iniciativas principalmente de Guerrero,que enfiou um belo passe para a infiltração de Pará,gol construído com eficiência,coisa que 70 chuveirinhos não conseguem,quando a jogada é trabalhada qualquer um faz o gol,até o Pará!Só nesse tempo poderia ser 3×0,se não fosse Jaílson. Isso acaba com aquela história do time criar e não matar,pois se a criação for na base de chuveirinho vai continuar sem matar o jogo,disso já sabemos bem. Depois quase infartei,vi pela 1ª vez na “Era Zé” uma jogada decente de bola parada ensaiada,levou perigo! Juro,custei acreditar! Aquilo foi uma trama entre os jogadores ou é treinado por Zé? Depois percebi que foi apenas uma trama de Diego com Éverton mesmo,pois nas jogadas seguintes aquele time do chuveiro voltava,as tabelas sumiram,o time já estava na conhecida bagunça,defesa marcando em linha,e o desfalcado Palmeiras aproveitou a defesa sempre aberta, exposta a bolas enfiadas entre os zagueiros,time descompactado,o Fla cansou de levar gols assim,mas Zé não acerta,mesmo com 2 volantes marcadores! Depois,graças ao talento de Guerrero,que,com raça,dominou o torpedo do goleiro Thiago e empatou,caso contrário,poderia ser pior,pois na base do chuveiro não ia dar em nada. No fim,que é quando o Zé decide mexer no time,empilhou atacantes,partiu para o abafa,deixou o time exposto e quase levou o 3º do Palmeiras.

    Reply
  17. Vi um jogo movimentado realmente e um time de vermelho e preto sem padrão, um autentico “bumba meu boi”, digno das melhores peladas do Aterro.
    Não dá mais meus caros, vamos aceitar, temos um estagiário pilotando uma Mercedes. Se não dá pra trazer o Hamilton, vamos tentar um Botas, Rosberg, pelo amor de Deus! A torcida devia ser mais respeitada e ouvida, apenas vaga em libertadores não é o bastante com esse elenco. Podemos muito mais, esse conformismo da diretoria está contaminando muita gente!
    Aí vem uma vitoria contra o coxa no sábado e alguns dirão que esta tudo certo… não, não está! Quem vê organização nesse time? Triangulações, bom posicionamento defensivo para evitar milhares de contra ataques, bom posicionamento para que não precisemos ter na equipe jogadores que pouco contribuem na armação como o nosso bravo Márcio Araújo?
    Claro que com os reforços o time vai melhorar, até se eu fosse o técnico melhoraria, entretanto a diferença é que o nosso topo provavelmente será abaixo do limite. Se alguém acha que isso está bom, tudo certo, vamos de Zé até o fim de 2018, como o Bandeira (esquentadinho que não pode ser contrariado) insiste em dizer.

    Reply
  18. Não entendo a insistência no MA, é só pegar um time mais forte que que suas limitações afloram, para esconder suas deficiências, ele se omite, se esconde o jogo inteiro. Não dá,tem que tirá-lo fo time urgente.

    Reply
  19. Carissimo presidente,
    Passado o calor do jogo, penso que, se o nosso presidente EBM conseguir resistir a toda essa pressão e mantiver o ZR, estamos por detalhes e seremos em breve um time quase imbatível, não só nesse mas nos anos vindouros. Quem viver, verá!
    Aguentem firme EBM e ZR!!!
    SRN.

    Reply
  20. A tática do vamos la pessoal, mais uma vez nao deu certo. O técnico está ha um ano no cargo e os jogadores nao sabem o que fazer em campo, um amontoado que corre de um lado para o outro sem saber o que fazer. Nem vou falar do MA seria mais do mesmo.
    Dar mais tempo a esse técnico é uma falta de coerencia sem tamanho. Precisamos mudar ja pensando em 2018.

    Reply
  21. Só mais um detalhe, se me permitem. Quem jogou futebol um furo acima do nível peladeiro, há de concordar que o Guerrero é um monstro de jogador. Não lembro de um dianteiro com tamanha capacidade de reter, controlar e dar sequência à jogadas como ele faz! Cracaço!
    SRN

    Reply
    • Caro Orlando, Guerrero é um bom jogador. Não vejo esse “monstro de jogador”. Para um 9 que ganha R$ 950 mil por mês ele faz poucos gols. Além disso, o Guerrero não tem velocidade e não bate penalties. SRN

      Reply
  22. Bom dia.A culpa doe termos ganhado o jogo na minha opinião de maneira nenhuma foi do treinador,vejam a falha dos zagueiros,principalmente no segundo gol,haa VAZ.Cadê o nosso “craque”Diego,só sisca,não faz uma enfiada,não da sequencia a um contra ataque e ainda perde penalty e o problema é o ZÉ.

    Reply
  23. Meu caro KL, um primeiro de futebol vistoso, e um segundo tempo de futebol temeroso. Corremos mais riscos de perder do que de ganhar o jogo.

    Mas o fato é que em treis clássicos, dois em casa, não ganhamos nenhum e ainda perdemos um. Em nove pontos, dois conquistados. Era aqui que teríamos a possibilidade de encostar no líder que finalmente tropeçou e duas vezes seguidas. Mas não fomos competentes o suficiente para aproveitar esses tropeços.

    Rafael Vaz com aqueles lançamentos inúteis só devolvendo a bola para o Pameiras. Nunca bateu uma falta nem perto do gol e o deixam bater faltas. No pênalti e notório a tendência do goleiro Palmeirense que iria para o lado que Diego bateu o pênalti, bastava que Diego fosse de cabeça erguida e faria sem dificuldades aquele gol. Pênalti a meia altura é tudo que os goleiros querem e Diego fez exatamente isso. Uma pena. Era o gol da vitória.

    Sem o menor sentido tirar o nosso motorzinho do time para colocar o inútil Mancuello. Substituição absolutamente equivocada. Como bem colocaste, nao era jogo para Berrio entrar. Palmeiras notoriamente, como o Grêmio, por sinal, chamava o Flamengo para partir nos contra ataques. Nosso treinador vai e tira Márcio Araújo que por mais indesejado que seja era um dos poucos no combate ali no meio. Fostes muito feliz ao dizer que era jogo para o talento e não para a força fisica. Mas nosso técnico não pensou assim. Seus equívocos já nos custaram uma Libertadores e agora um Brasileirão, apesar de alguns aqui ainda acreditarem ser possivel, inclusive nosso querido Vicking de Angra dos Reis, como carinhosamente nosso amigo Nino se refere ao nosso querido amigo Egon.

    Já ouvi muitos dizerem que o jogo só acaba quando o juiz apita e o campeonato só termina no último jogo. Verdade, ainda tem chão, muito chão pela frente. Espero queimar minhas palavras, mas teríamos que fazer um segundo turno irrepreensível e a julgar pelo que estamos vendo, acho pouco provável. Acho que o Flamengo vai ficar no G4, mas brigar pelo título, acho improvável.

    Concordo contigo que o jogo foi bom de se ver, mas dói ver nosso Flamengo co mum baita time tropeçando seguidamente.

    Reply
  24. Caro Kleber e amigos!
    O nosso amigo Kleber Leite foi presidente do Flamengo, vice de futebol e sabemos que muitas outras coisas, mas acima de tudo é um rubro negro de alma, brilho e educação farta. Viveu momentos complicados, mas, viveu momentos de muito protagonismo pela ousadia e pela lucidez em fazer o melhor com menos recursos. Imagino que assim foram Márcio Braga e outros tantos abnegados que por lá passaram.
    Hoje, temos um presidente competente, capaz, realizador e ao mesmo tempo fora da sintonia e elegância que o cargo precisa ter. Não será novidade se antes de encerrar seu mandato ele saia no braço com algum torcedor.
    O EBM é dos mais capazes e isso é publico e merece aplausos. O Flamengo se transformou, porém, ainda tem na presidência o estilo de um comando baseado na verdade que tem dono. O EBM é DONOD DE TODAS AS VERDADES. Qual a intenção de discutir com quem paga ingresso e sustenta o clube? Quem disse que milhares de torcedores fazendo o mesmo eco de voz não pode ter sua razão? Qual a intenção de se envergonhar diante de tantas câmeras de TV? Qual a intenção de dizer que banca um técnico até o fim do mandato se um clube gigante precisa viver de resultados?
    Acredito que a cada dia ou a cada rodada o EBM perde um pouco de postura. Oxalá, a essa altura da vida já se sente um Deus. Acredito que seja isso.
    No nosso blog, cada vez mais democrático, percebo que existe um pouco de divisão entre os que são a favor ou contra ZR. Eu sempre digo que gosto do trabalho dele, mas, isso não quer dizer que tenha que defende-lo eternamente no cargo. Minha defesa vai em função do que ele recebeu e transformou, no caso, com jogadores de menos qualidade no elenco. Hoje temos quase uma ferrari. Se ele vai dá conta ou não, é mais um capítulo. Falando nisso, o presidente tem que ter a grandeza e humildade (ai acho que ele peca) de entender que o ser humano é imperfeito, que erra, que se engana e que no futebol, técnico tem prazo de validade. Quando qualquer um no Brasil fica dois anos no cargo, consideremos que seja um milagre.
    Também necessário se faz que o EBM passe ao ZR que não é o cargo dele não é vitalicio e que somente os resultados irá fazer o clube prosperar e assim poder continuar com ele. No andar dessa carruagem e lógico, por enquanto e pelos últimos resultados, vou me conformando um pouco mais e entendendo que 2017 será mais um ano para chamarmos de reestruturação.
    De toda sorte e dentro da atual reestruturação, algo no futebol definitivamente não vai bem. Que se achem os culpados ou que chamem quem sabe fazer os consertos. O cano por onde passa a água começa a enferrujar. O que temos para amanhã? Talvez ressuscitar o Coritiba.
    Basta ficar atrás e enfiar uma bola pelo meio. Lá, teremos um pelotão de displicentes e talvez um goleiro que saia do gol na hora errada. Aliás, de todos, é o menos culpado.
    Meus amigos, uma lástima de verdade. Percebo que depois de três partidas sem vencer e sendo duas em casas, o título vai chegar, porém, façamos contas para 2018.
    SRN!

    Reply
  25. Está ficando frustrante acompanhar o Flamengo, pois o time joga, cria, domina e não mata. Os primeiros 30 minutos foram um massacre, mas após pênalti não dado e aquela falta que até cego veria antes do gol deles o ímpeto diminuiu.

    2 tempo mais equilibrado, mas Diego foi muito infeliz no pênalti.

    Por fim, queria saber se o treinador bate pênalti ou apita, pois novamente o time jogou bem e ele sai execrado. Lamentável.

    Agora, o Flamengo precisa vencer as próximas 4 partidas no turno para ainda brigar pelo título.

    Reply
      • Se o Diego faz o pênalti ou o juizão dá aquela falta clara no Guerrero e o pênalti nele, hoje o Zé seria o novo Guardiola.

        Na real, não adianta a gente ficar batendo nessa tecla se a diretoria não pretende trocá-lo e não há nenhum nome decente no mercado.

        Como disse um amigo meu ontem, que nem flamenguista é, a nossa torcida demorou, mas também virou elitizada com seus mimimi. Reclamam de tudo.

        Reply
        • Concordo com você Henrique até que fim apareceu um para concorda com minha opinião é muito fácil colocar a culpa no treinador temos que cobra e os jogadores se o treinador do flamengo fosse mano , Abel Braga,cuca eu duvido que faria a mesma coisa como faz com Zé Ricardo.

          Reply
          • Ricardo, é uma mania burra de achar o “culpado”! Coisa chata no futebol. Aliás, tá cada vez mais chato acompanhar o futebol tamanha histeria das torcidas. A vitória não traz alegria e sim alívio.

        • Henrique, é isso aí. Além de perder um pênalti da forma como perdeu, ou seja, correu de cabeça baixa e mostrou claramente o canto que iria colocar a bola. Corre o tempo todo e nada cria. Parece o dono do time. Quer bater todos os escanteios e faltas como se fosse o melhor batedor. E o pior, perde o pênalti e ainda tem o seu nome gritado pela torcida. Uma vaia de vez em quando faz bem.
          Alias, além dele, o nosso Éverton Ribeiro é outro que ainda não disse ao que veio. Não por culpa dele e de ninguém. O rapaz estava nos Emirados Árabes, que convenhamos, não que o cara vá desaprender de jogar, mas, é um futebol totalmente diferente do nosso. Quanto tempo o Jadson e o Thiago Neves levaram para reencontrar o bom futebol deles?
          Futebol não é igual a 2 + 2 = 4.
          O único erro dessa Diretoria, foi a falta de planejamento nas contratações. Algumas totalmente equivocadas.
          Queriam porque queriam o Cuellar no time. E aí, o que mudou? Arão com todos os defeitos que tem é muito mais jogador do que ele.
          Queriam porque queriam o Mancuello no time. E aí? Como bem disse o Kleber, já deu!
          Criticam o Márcio Araújo. Colocariam quem no lugar dele? Rômulo? Menos!
          Aí, pegam um cara para pato. Esse cara chama-se Zé Ricardo. Na Libertadores sempre jogamos melhor e fomos desclassificados pela total incompetência daqueles que perderam um caminhão de gols.
          Esquecem que no ano passado, o “estagiário” pegou um time (se é que podemos chamar assim) totalmente fora do prumo, com quase todos os jogos fora do Maracanã e lutou pelo título até o fim.
          Fazer o quê? Torcida apaixonada é assim mesmo. Fala mais alto o coração do que a razão.
          Sinceramente, não acredito numa recuperação para esse ano. Mas, no futebol, tudo é possível. Vamos continuar torcendo, pois esse é o nosso dever.
          Um abraço.

          Reply
          • Cara, eu acho excelentes as contratações do Flamengo, mas carecem de tempo. Gosto também do Cuellar, mas não abandonaria o Arão como parece que tem acontecido. Aliás, tentaria poupar alguns jogadores para o sábado (Diego, Everton, Márcio Araújo, Vaz) e faria algo diferente contra o Coxa com Arão (responsável pelas antigas triangulações), Everton Ribeiro centralizado, Geovânio na esquerda, Berrío, etc. Às vezes muda para dar um choque e segura alguns jogadores que estão numa maratona como o próprio Diego. Ele é craque, mas voltou de 2 meses de lesão séria e tem jogado os 90 minutos a cada três dias.

            A cada dia vejo o título brasileiro mais difícil, mas não ficaria nada triste se o Flamengo fosse campeão da Copa do Brasil e/ou Sulamericana e 2º ou 3º lugar no Brasileiro.

            Eu acho que nossa torcida está muito chata, principalmente na internet. Agora há pouco aproveitei a folga aqui no trabalho e perdi um tempão descrevendo as jogadas ensaiadas do time para meia dúzia de tanso no Facebook que dizem que o Zé não tem jogada ensaiada, triangulação e essas baboseiras que um ou outro jornalista corneteiro fica repetindo por aí.

    • o Flamengo primeiro precisa começar a pensar em ter um time minimamente confiável..falar em título é ignorar a realidade! Não tem a menor lógica ficar fazendo projeções de vitórias,etc pois o time não tem bola para isso.
      Esse pseudo dominio do Flamengo é fruto muito mais de estratégia dos adversários, que já perceberam que somos arame liso e deixam a bola com o Flamengo…todo jogo a mesma coisa, posse de bola estéril e pouquissimas chances de gol. Convenhamos que o 2o gol ontem foi um achado total!! o time do Palmeiras na 1a meia hora de jogo tava morto vivo em campo e o Flamengo não conseguiu aproveitar.
      Por fim, o treinador mostra a cada semana que sente a pressão do cargo. Não precisa nem falar de esquema tático e padrão de jogo..é só olhar a administração do elenco!! Incoerências uma atrás da outra.
      SRN

      Reply
  26. E o Fla continua com vitórias apenas contra “mosca morta” como Ponte,Chape,SPFC,etc. Nessa sequência contra times mais relevantes teve o pífio aproveitamento de 2 pontos em 9. Não conseguiu vencer ninguém relevante! A verdade que isso é condizente com o futebol medíocre apresentado,com coletivo NULO,e na eterna dependência dos lampejos individuais de seus craques.

    Agora tem que ficar secando Sport e Botafogo,pois brigam pelo G6,que vergonha ein? Depois de tanto esforço e investimento ter que ficar secando esses times para assegurar uma vaguinha em Libertadores! Como pensar em Corinthians se o Fla não faz sua parte jogando um futebol decente para disputar o título? Infelizmente nossa preocupação na tabela é Sport e Botafogo,dura realidade. Foi o que disse,analisando o DESEMPENHO do Fla,está longe de apresentar um futebol merecedor de título Brasileiro.Para terem a noção,temos o mesmo número de vitórias que o Vasco! Vexame! Olhem o elenco deles e o tempo que Milton tem de trabalho,ainda assim tem campanha parelha com a do Fla! Com Zé no comando,sempre soube que não iríamos ganhar o brasileiro,mas brigar para ficar no G6? Eu era contra a demissão imediata de Zé,pois quem viria pegaria o bande andando,mas nessa situação vergonhosa e com o povo pedindo a saída dele,acho que a voz do povo é a voz de Deus, há males que vem para o bem! FORA ZÉ RICARDO!

    Reply
  27. O resultado não diz o que foi o jogo.O êrro ou êrros influiram no placar.
    A arbitragem prejudicou o FLA.
    Houve penalti no Guerrero;
    Nos 2 gols do “porco” houve fala do Mena no Guerrero,nestes momentos a marcação parou esperando pelo juiz,daí os buracos;
    Guerrero foi “caçado” pelo Mena o tempo todo.Anti-jogo.
    Perdemos um penalti.Diego “telegrafou” aonde ia chutar.O goleiro já foi até antes no canto do gol.
    As falhas continuam.Queda de rendimento no 2.o tempo.ER7 fora de ritmo para competição.Idem Diego.Sobrecarregado no meio campo.Trauco fraco.O novato goleiro,êrrou em demorar a sair do gol(1.o),mas fêz boas defesas depois.Acho-o relutante nas saídas da meta.Falta confiança.
    A defesa muito exposta.Inexiste barreira de contenção á frente.
    Mancuello inutil.Berrio idem.Everton bem.Precisa evitar os sucessivos impedimentos,(atenção).
    E agora…?
    Vamos em frente.!!!
    O momento da alegria vai chegar !!!!!!!!!
    ABS.
    SRN(sempre).

    Reply
  28. O titulo acabou ontem o maximo que esse time pode conseguir é Libertadoras e olhe la e torcer para ano que vem contratar um técnico de verdade, pois esse ano o presidente ja disse que ele fica.

    Reply
  29. Kleber, o que esperar de uma equipe cujos responsáveis pelo setor de criação, Éverton Ribeiro e Diego , jogam muito mal?É óbvio que muito pouco. Culpar o Márcio Araújo pelos últimos resultados me parece injusto. Ontem ,por exemplo, não ganhamos o jogo por um penalty desperdiçado e não foi ele quem bateu. Quanto ao treinador, é importante ressaltar que o nosso time está sendo formado dentro da competição e sem o tempo adequado para treinamentos.A arbitragem não pode deixar de ser citada.Ontem ,mais uma vez, o Sr. Jailton da Anunciação nos prejudicou. Os dois gols do adversário saíram de faltas cometidas pelo zagueiro Mina em cima do nosso melhor jogador o Guerreiro e houve também um penalty sobre o nosso atacante que o soprador de apito ignorou.Não posso deixar de fazer uma citação positiva ao nosso goleiro Thiago que pelo menos em três oportunidades nos salvou de tomarmos gols. No mais, continuo acreditando. Afinal, eu sou FLAMENGO.

    Reply
  30. No lance do gol palmeirense,quem “marcava” o Mina no lançamento? Possante MÁRCIO ARAÚJO! Quem falhou na marcação tbm depois? Possante VAZ! Defesa do Flamengo está sempre aberta, exposta a bolas enfiadas entre os zagueiros. O que faz mesmo no time o M.Araujo? São sempre os mesmos! Zé Ricardo ainda inventa de deixar Araújo de 2º volante,subindo mais ao ataque e Cuellar como 1º. Meu Deus! Onde ele viu qualidade em Araújo para fazer isso? Essa é a meritocracia do Zé! Vai morrer abraçado com eles e matar o Fla junto.

    A prova que o time não é só bagunçado dentro de campo,mas tbm na questão de comando do Zé Ricardo na definição de batedores,viram quem bateu a falta no lugar de Guerrero? O Vaz! Não é possível que ninguém possa chegar nele e avisar que essa não é sua função,uma falta desperdiçada em um lugar que o Guerrero gosta de bater! Falta comando!!!

    Reply
    • Daniel G.
      Ontem estava pensando nisso. O Marcio Araújo só sabe “acompanhar”, mas para marcar e desarmar é extremamente ineficaz. Basta observar o número de desarmes deste indivíduo no campeonato, sempre inexpressivo. Um dos piores jogadores que já vi no Flamengo, até o Amaral de 2014 era melhor do que M.A.. INACREDITÁVEL que tenha completado 200 jogos no Flamengo!!!

      Esse Rafael Vaz nem no Flamengo deveria estar, é o único zagueiro “técnico” sem técnica da história do futebol mundial. Suas faltas NUNCA sequer acertaram o gol, mas continua tendo chances. Agora, o Guerrero é muito mosca morta. Como 9 e maior salário do elenco, aquela falta deveria ser batida por ele, aquilo ali não pode ser democracia – ele bate e acabou, porra!

      Reply
    • Daniel, quem você colocaria no lugar do Márcio Araújo?
      Esse problema de bater falta, não é do treinador e sim de quem está dentro do campo. Quantas faltas o Vaz bateu que não deram em nada? Todas! Temos vários jogadores experientes que podem e devem assumir esse papel.
      Sempre a culpa é do treinador. E o grande Diego que não está jogando nada e ainda perde um pênalti. Não é o treinador que bate pênalti, como bem disse acima o Paulo Cesar. Poderíamos ter virado o 1º tempo com um placar bem favorável, pois, tivemos várias oportunidades e com certeza, se esse árbitro tivesse marcado a falta do Mina no Guerrero, que resultou no gol de empate, o jogo teria sido outro. Estávamos com o domínio (a defesa deles estava batendo cabeça. Esqueceu a cabeçada do Mina contra o próprio gol) absoluto do jogo. Em seguida tomamos outro gol com outra falta igual a primeira que resultou em outro gol do Palmeiras. E o pênalti no Guerrero?
      Vira o disco. Tudo é culpa do Zé!

      Reply
  31. Diego, divide a culpa com o Zé Ricardo. Além de não jogar nada, jogou a vitória no lixo.
    O Flamengo levou dois gols da mesma forma, falta treinamento correto, falta armar a defesa, falta armar o meio campo e o ataque tem que aprender a fazer gol. Conclusão: falta técnico!!
    Todo joga essa mesma rotina, domina uns 20 minutos, tem posse de bola, mas vencer que é bom nada !Temos um time, uma diretoria e principalmente um técnico, sem espírito de campeão!
    JOGA BOLA DIEGO !
    JOGA BOLA EVERTON RIBEIRO !
    FORA ZÉ RICARDO !
    FORA QUEM TE MANTEN NO CARGO !

    Reply
  32. Pé frio corinthiano mal intencionado: Não existe um jogo sequer que Tite vá ver o jogo do Flamengo em que nossa atuação não seja um desastre, qdo o vi nas tribunas pense: Vai dar mierda!
    Pênalti: Se eu pressenti, acho que todos pressentiram, inclusive o Diego, que ele perderia o pênalti! Deveria ter dado uma paulada no meio do gol.
    Arbitragem: Dois pênaltis não marcados, duas faltas no Guerrero que resultaram nos gols do adversário, pancada comeu solta, OS PAULISTAS EM OS ÁRBITROS NO BOLSO.
    ZR: Vai ser a mesma mesmice até o fim do campeonato, surpresa? Nenhuma. SRN.

    Reply
  33. Amigos do blog, algumas considerações:
    1 – Esqueçam campeonato brasileiro, já era, não vamos nos iludir pra nos frustrarmos.

    2 – Repararam que contratamos, contratamos, contratamos e nos jogos decisivos jogamos sempre com a Vaz e Araújo.

    3 – Terceiro jogo que o Everton R. não vem jogando nada, prendendo muito a bola, enfeitando lances simples, talvez merecesse um tempo pra uma fortalecida.

    4 – Nosso Banana de Mello não pode estar a frente do futebol, entende nada. Mostra um destempero quando é cobrado que não é normal. Seu egocentrismo está minando nosso futebol.

    5 – Pra fechar com chave de ouro nosso aprendiz me vem com Mancuello, é o fim mesmo

    Reply
  34. É impressionante como quando o Zé mexe no time,o desempenho piora,hoje,mais uma vez ele mexeu mal,TIROU O EVERTON COLOCOU BERRIO,TROCOU O GEUVANIO DE POSIÇÃO ACREDITANDO EM BERRIO E ANULOU O ATAQUE. Geuvânio estava muito bem no lado direito,pois ele desloca o sujeito para esquerda,matou o jogador,para colocar Berrio e depois Mancuello na ponta esquerda! Trazendo Geuvânio para o meio! Não havia a mínima organização,time exposto,um bando na correria,se o Palmeiras quisesse faria mais na velocidade de Keno e Dudu. Foi uma salada! O time só criou na base da individualidade no 2º tempo,como foi com Geuvânio que seria assassinado por Zé minutos depois de sofrer o pênalti.Detalhe: Gabriel foi relacionado e Vinícius Jr nem foi relacionado! Dá-lhe Zé!

    Reply
  35. Prezado Kleber;

    Pra me irritar completamente, acabo de ler, em O GLOBO, que o São Paulo está tentando tirar o CONCA do Flamengo. Antes de mais nada, deixo aqui, subentendido,o pior de todos os palavrões! Simplesmente inacreditável! Mancuello, Matheus Sávio e Gabriel podem, mas Conca, não! Zé Ricardo, agora é diretamente pra você: qual á a sua? A mim não me resta, em se confirmando essa barbaridade, outra saída a não ser torcer contra o Flamengo, até que o senhor saia! Saiba disso, senhor Zé Ricardo: estou extremamente enfurecido com suas opções!ESCALE O CONCA, DEIXE-O GANHAR RITMO DE JOGO, POMBAS!!!
    Saudações,
    Carlos Cazé.

    Reply
  36. O que não se explica é a falta de critério do técnico. Onde está o Vinicius Jr? Não arrebentou quando entrou? Não, é verdade. Mas daí a não figurar nem mais no banco? Pelo que vi ontem, até Gabriel era opção? Por que? O que ele fez ou faz de melhor do que o garoto? Lembram do Donatti? Pois é, como foram pouquíssimas as chances foi embora. O Berrio, que não começou bem, quando estava se firmando, passou a ser terceira opção. E olhe lá. Enquanto isto, E7 e Geovânio, visivelmente fora de forma, são os donos absolutos da posição. Ontem, por exemplo, o E7 foi figura nula enquanto esteve em campo, assim como contra o Grêmio. Mas, estes podem errar a vontade que continuam tendo chances, como era o caso do Gabriel. Que fazem Rômulo, Arão, Ronaldo e Conca no Flamengo? A atuação do MA e do Cuellar foi péssima nos dois últimos jogos. Culpados diretos no gol do Grêmio (outros também falharam) e no 1º gol do Palmeiras, ontem. Sei que houve falta no Guerrero, mas os dois ficaram assistindo o meio campo do Palmeiras ganhar a jogada espirrada e saiu o lançamento para o gol. Os dois titulares foram sacados nos dois jogos, mas quem entra? Todos, menos Rômulo, Arão, Ronaldo e Conca. E as substituições além de serem inúteis em termos ofensivos, tornam a defesa do Flamengo uma verdadeira avenida de passeio. Qual o mérito do Mancuello para ser uma das primeiras opções de substituição? Afinal, quem é o batedor oficial de pênaltis no Flamengo? Cada hora escalam um. O de ontem do Diego, que não jogou absolutamente nada, foi medíocre e infantil. Até quem não entende de bola, sabia que o chute seria naquele canto. Bizarro! Dizem que o técnico não tem culpa, pois o time está sendo montado durante a competição. Balela! Dos onze que entraram jogando, 9 faziam parte do time/elenco desde o ano passado. E que dizer da nossa posse de bola? Sim, temos cerca de 60% durante os jogos. Só que desses, mais de 50% entre os pés de Pará, Réver, Vaz, Trauco e o Goleiro. Ou seja, posse de bola inútil e sem objetividade. Não temos saída de bola. Nosso meio e os laterais não se apresentam, não se deslocam e não conseguem jogar na vertical, a bola queima. Só passe lateral e para trás. Enfim, continuamos dependendo de apenas um jogador, Guerrero, que, apesar das injustas críticas, é o único a incomodar o adversário. Ontem, deu o passe para o 1º gol e fez o segundo, na raça. Da forma como estavam se apresentando em campo, ontem, na hora do pênalti, ele deveria ter sido o escolhido. Estava bem e confiante, o que faz a diferença na hora “h”. Quem sabe se o novo goleiro, se derem chance para ele jogar, vai resolver todos os nossos problemas? Enquanto isso, o `Vice de futebol continua distribuindo bananas e impropérios para os torcedores mais exaltados. Vida que segue, com muita paciência. SRN

    Reply
  37. Prezados,
    O torcedor do Flamengo tem que por em mente que vivemos um NOVO momento, totalmente diferente do que do passamos nos últimos anos. Anos atrás era uma grande conquista a vaga na Libertadores, G4 era um sonho que por vezes sequer foi atingido.

    Mas hoje, meus amigos, não vencer o Brasileiro ou a Libertadores é sinônimo de um ano ruim. O pensamento tem que ser semelhante ao de um torcedor do Barcelona ou Real Madrid, em que ficar em segundo significa ter perdido o campeonato, e não ter conquistado a vaguinha na Champions…
    Foi-se o tempo em que tínhamos estrutura física precária (jogadores treinando no barro, equipamentos obsoletos na musculação, vaquinha para comprar isolante térmico do vestiários). Foi-se o tempo em que o mês tinha 90 dias, que salários atrasavam e jogadores “fingiam que jogavam”. Foi-se o tempo em que um grande título dependia mais da sorte do que da capacidade administrativa.

    Com o investimento que fez, com o elenco que tem, com estrutura de primeiro mundo e salários em dia, só o título GRANDE interessa!

    Libertadores já foi.
    Brasileiro só com milagre a lá Joel 2007.
    Copa do Brasil e Sulamericana, penduricalhos da temporada, podem ser ao menos um afago em um ano ruim.

    Pelo visto aguentaremos o Zé Ricardo até Dezembro/2018, quando o cada vez mais desequilibrado EBM sairá da presidência. (Gosto muito do EBM como administrador, mas está muito doidão ultimamente quando confrontado).

    Vamos ver o ainda nos reserva este 2017…

    Reply
  38. “Demite Zé Ricardo e contrata quem?” Respondo: Um técnico!

    Doa a quem doer,mas o maior adversário do Flamengo nesse brasileiro é o Zé Ricardo.

    A demissão de Zé mataria,de cara, 3 problemas no Fla: Incompetência do técnico, paciência com Rafael Vaz e insistência em M.Araujo.

    Reply
  39. Kleber,você que já ocupou a presidência do Fla,sabe muito mais que um simples sócio torcedor como eu,me diga,como proceder diante de situações como essas?

    https://www.youtube.com/watch?v=H78rijw72I4

    https://www.youtube.com/watch?v=bMpcyV1-Wd4

    O ideal não seria dessa forma,certo?https://twitter.com/MauroCezarESPN/status/887885965364256769

    Qual o caminho ideal? A demissão de Zé como treinador sendo colocado como auxiliar fixo,e,com dinheiro em caixa,ir atrás de um treinador empregado? Ou manter Zé Ricardo,mesmo sabendo que com esse futebol será muito difícil o título?

    Mudei a minha opinião ontem mesmo,e,humildemente,acho que para evitar um desastre de proporção maior,eu seguiria com o clamor do povo,a voz do povo é a voz de Deus.

    Reply
  40. Em 15 jogos, vencemos 6 (galinhas mortas), o mesmo que o Vasco. Provavelmente venceremos a sétima no sábado, aí volta os iludidos. Lembrando sempre que o perigo da mediocridade é que ela contamina e tira a ambição.

    Reply
  41. Como disseram acima, a torcida está especializada em mimimi, reclamar de tudo, inclusive se afastar da realidade ou dos seus próprios argumentos outrora apresentado.

    Fato que não estamos felizes, mas o poderoso palmeiras, do Cuca… sonhado técnico, Ainda há pouco único técnico aceitável disponível no mercado, o Flamengo perdeu oportunidade de trazê-lo, pra que? Pra jogar feito um bando como o palmeiras? Pra jogar em contra ataques? Faça me o favor…

    Fernando Diniz…. procurem saber sobre o seu último emprego e vejam se é isso que querem realmente…

    Roger…. grande técnico… moderno…. etc etc deem uma olhada no noticiário do atlético….

    Não tem um time que venha enfrentar o Flamengo e não se tranque todo, dentro do futebol o time impõe respeito, agora agradar a todos e impossível realmente.

    Já disse e reafirmo, por mim esse ano tem que terminar com o ZR, pro ano que vem avalia-se possibilidades.

    Não pode e a torcida querer impor alguma coisa, passar um problema, sem enxergar soluções. Ninguém dará o perfeito plano tático desejado em pouco mais de três meses pro final da temporada, não há tempo sequer para treinar, sejamos razoáveis.

    Quando vencemos não temos manifestações de grande flamenguistas do grupo, basta uma partida que nem de perto chegou a ser desastrosa para entupirem e repetirem a mesma história de sempre, ou seja, só vale o que eu quero e o que eu penso.

    O time ontem jogou melhor, fez todo tipo de jogada, mas devido à fatores que tornam o futebol apaixonante não foi possível, infelizmente, não tem ninguém contente com a perda destes pontos e eu quero muito acreditar nisso.

    ER7 o cara jogava 4 vezes por mês, vem pra cá e pega uma Martona dessas, vai querer o que?

    Vaz infelizmente não há condição de mantê-lo no time, voltou com seus lançamentos e ontem desperdiçou uma cobrança de falta bisonhamente…

    MA já defendi muito, vejo muita qualidade em desarmes, mas realmente é inaceitável que em todos lances capitais ele falhe, não temos um substituto, mas ele precisa de um banco.

    Tiago, peço desculpa a mim mesmo por dizer o seguinte: “volta muralha”, não aguento mais nosso goleiro “chama gol”, até o segundo gol do palmeiras as duas que foram ele levou, inadmissível o primeiro gol.

    Que venha o Curitiba e que venha para levantar a moral do nosso time.

    SRN

    Reply
  42. Palavras do presidente do Galo , classificado na libertadores, campeão estadual, bem na copa do brasil; ao demitir o Roger Carvalho : eu fiz um esforço trouxe o Elias, contratei o Fred, renovei com o Robinho e o futebol não consegue decolar.
    E aí EBM, com esse time de luxo, verdadeira seleção para os padrões brasileiro ? o time quando enfrenta a turma de cima ganha 2 pontos, melhor perde sete em 3 jogos? e está tudo bem ?o trabalho é satisfatório ?

    Reply
  43. Kléber Leite, dos cinco jogos que você citou como finais, o Flamengo já jogou dois em casa e um fora de casa, sendo que dos 9 pontos conseguiu em casa 1 ponto e fora de casa 1 ponto; dos quatro gols que sofreu Márcio Araújo e/ou Rafael Vaz estiveram presentes negativamente no gol do Grêmio, do Cruzeiro e ontem o gol do Palmeiras de Róger Guedes. A insistência de Zé Ricardo com jogadores ruins, falta de experiência, aliada ao fato dele não saber lidar com tantas estrelas no elenco faz o Flamengo não deslanchar, embora possua o melhor elenco do Brasil, e o torcedor já percebeu isso.
    Márcio Araújo completando 200 jogos, repito, 200 jogos, é o retrato da incompetência do futebol do Flamengo e desde o ano passado vamos perdendo pontos com essa teimosia.
    O Flamengo não pode servir de cobaia pra treinador, repito isso desde o ano passado!

    Reply
  44. Hoje existem, pelo menos, dois treinadores loucos para dirigir o Flamengo: Abel Braga e Renato Gaúcho. Mas a nossa realidade se chama Zé Ricardo.

    Já colocamos aqui e você, caro KL, já se posicionou também a respeito, que não concordamos que o Flamengo sirva de trampolim para técnico em início de carreira. A malandragem e a experiência, em algum momento, faltarão nas competições que se disputam. Mas é fato que isso já ocorreu e conforme já vimos em entrevistas do presidente do Flamengo, isso não vai mudar.

    Assim, caros amigos rubro-negros, ficarmos aqui falando “fora Zé Ricardo”, “Flamengo não tem treinador” e coisas do tipo não vão mudar a cabeça do EBM. Ele é cascudo e não se rende fácil. Ontem deu até a entender que já está ficando de saco cheio de comandar o clube. Ele tem seus méritos por ter recolocado o Flamengo no patamar que hoje se encontra e sabe que a médio prazo o Flamengo voltará a ser vencedor. Ninguém duvida disso. É quase uma unanimidade na imprensa esportiva se falar que o Flamengo vem se agigantando ano a ano.

    O grande mal da humanidade é o imediatismo. Queremos tudo para ontem. Não devemos nos esquecer que apenas uns cinco anos atrás estávamos atolados numa dívida que muito julgavam impagável. Hoje temos uma boa sobra de caixa e o Flamengo vem contratando cada vez bem melhor.

    Ontem também fiquei mais uma vez triste de ver nosso time não ganhar mais um jogo em casa. Também sou um crítico ao trabalho do Zé Ricardo, embora ele seja muito melhor que todos os treinadores que passaram pelo clube, eu diria, nos últimos cinco anos. Seu retrospecto não deixa duvidas.

    A palavra que nos cabe nesse momento para reflexão é: PACIÊNCIA. Eu resolvi escreve esse texto porque também estou precisando desenvolver essa qualidade. Vejo aqui o Egon, Henrique e muitos outros serem ponderados e mediadores no tocante a não sairmos atirando para todos os lados a cada derrota ou vitória magra do nosso time. Sei que a maioria dos amigos aqui se cansaram de ver o Flamengo ficar estacionado e pouco evoluir. Mas é aí que entra a falta de experiência do treinador. Ele vai adquiri-la, não tenho duvidas, e ele teve a “sorte” ou “felicidade” de que isso ocorresse no maior clube do Brasil que vem lhe dando as melhores condições possíveis para isso. Mas ele também tem que o observa, disso não tenhamos duvidas. Se seu trabalho não render títulos expressivos, ele não ficará eternamente no cargo que ocupa.

    Meus amigos, tenhamos calma e paciência. Vamos chegar lá. Senão esse ano, quem sabe no próximo ano. O nosso time precisa de apoio e não de criticas. Isso não vai ajudar. Com todos os males que nos assola, olha onde nos encontramos na tabela, G4. Isso pelo segundo ano consecutivo. Pergunto: Há quantos anos isso não acontecia? Isso é evolução sim. Não tenho duvidas de que mais um pouco e começaremos a ter a posição 1-2 ou 2-1 como uma coisa mais constante em campeonatos de pontos corridos. Por isso, vamos com calma.

    Minhas sinceras Saudações Rubro Negras.

    Reply
    • Vc esta enganado, nenhum destes treinadores que vc mencionou irão aceitar dirigir o Flamengo esse ano, ano que vem talvez! Eu faria uma aposta no Diniz.

      Reply
      • Nino, o Diniz tem 10 anos de carreira e um bom trabalho no ano passado pelo Audax. No mesmo ano passado, ele quase caiu com o Oeste na Série B. Esse ano caiu com o Audax no Paulista e quando passou pelo Paraná não deixou saudades. Acho lindo o estilo de toque dos times dele, mas hoje o Flamengo troca cerca de 500 passes por jogo. Com ele seriam 800, mas seria um infarto a cada jogo. Além disso, aquele estilo dele foi implantando em 3 anos de trabalho com o mesmo grupo praticamente. Os jogadores saíam no nacional e voltavam para o Paulista.

        Se for para sair o Zé Ricardo, que venha o Abel Braga. As chances agora? Zero!

        Sampaoli, Guardiola, Mourinho, Rueda é utopia.

        Reply
        • Henrique, acho que as concepções de jogo do ZR e do Diniz são inteiramente diferentes. O que me irrita, me frustra e me revolta no ZR é que ele jogar predominantemente para nã peder quando esta 0x0, quando toma 1×0 abre tudo e sai de peito aberto. Mas o pior é que o time me parece sem soluções de ataque, poucas triangulações, dependendo muito da individualidade dos jogadores. Acho melhor pecar por agir do que por omissão, e deixar o ZR no comando do time em minha opinião é uma clara omissão. SRN.

          Reply
          • Nino, desculpe-me, mas, eu acho que você outro jogo. O Flamengo imprensou o Palmeiras no 1º tempo, a ponto da defesa do porca ficar tão desesperada que o Mina quase fez um golaço contra de cabeça. Aí, o juizinho matou o nosso time. Dizer que o Zé joga predominantemente para não perder é brincadeira.

  45. É impressionante, quando não coloca o Berrio, reclamam. Quando coloca, também reclamam.
    Quando não coloca o Mancuello reclamam. Quando coloca, reclamam.
    Diego e Éverton Ribeiro não estão jogando nada. A culpa é do Zé. Se barrar um dos dois será criticado.
    Queriam porque queriam o Vinícius Jr. Deu no que deu.
    Criticam o Márcio Araújo. Quem colocariam no seu lugar?
    Pobre Zé, virou saco de pancada.

    Reply
  46. O “grande” Roger, que muitos queriam como treinador no Flamengo, acabou de ser demitido. Nada fez no Grêmio e também no galo.

    Reply
    • Amigo fez o mesmo que o ZR até agora : ganhou um mísero estadual. Acrescido de que está com a classificação adiantada para as quartas da libertadores, enquanto isso lá na Gavea……só em 2018
      Na minha opinião, a diferença é que lá em Minas quando a doença começa a ficar grave se vai direto para cirurgia. Enquanto no nosso clube é homeopática, ou seja, demoram um tempão para contratar um goleiro, só falta agora a area técnica.
      abs

      Reply
    • No Grêmio foram 48v, 22e, 24d. 16 meses no cargo. Nao pode ser considerado “nada fez”. Não o estou defendendo como bom nome para o Flamengo, mas ele não fez um trabalho tão ruim assim no Grêmio como disseste.

      Reply
      • Helder, Não estou dizendo que é um péssimo treinador. Apenas não conseguiu nada de importante com o Grêmio e agora no Galo. Será que faria alguma coisa diferente no Flamengo?
        O Cuca é outro que está encontrando as mesmas dificuldades que o Zé. Montar um time em plena competição é muito difícil. Até a chegada do Éverton Ribeiro, do Geuvânio e do Rodolfo, não tinha um time bom nas mãos. Ou Berrio, Conca, Muralha, Thiago, Mancuello, Cuellar, Rômulo, Ederson, Leandro Damião, Gabriel, Felipe Vizeu, Paquetá e outros, formam um time bom?
        Além do que, Diego está muito mal.
        Quanto ao Éverton Ribeiro, chegou agora. Está se readaptando ao nosso futebol. O mesmo aconteceu com o Thiago Neves e com o Jadson. Foram até vaiados em vários jogos.
        Desculpe-me se estou sendo repetitivo neste Blog, mas………

        Reply
      • Concordo amigo, belos números, que tal compararmos com os números do ZR?
        Vale por curiosidade, o Roger Machado, assim como o ZR estão de fraldas ainda. Trocar 6 por meia duzia eu prefiro mante-lo até o final.
        SRN

        Reply
  47. Mais uma vez o Flamengo foi um time previsível , tantos nos acertos como nos erros e apático em muitos momentos do segundo. E, em quase no jogo todo, faltaram variações táticas e jogadas ensaiadas.
    Não sou fã do Z.Ricardo, mas também não podemos isenta ló de culpa. O time não evolui . Ele demora a mexer e, quando faz, mexe errado! Mas qual treinador poderia entrar ? Os melhores estão empregados.
    Quanto ao jogo de ontem, Diego e Everton Ribeiro erraram demais, e o Trauco foi um desastre. Já R.Vazco, Pará,M.Araujo, Cuellar e Guerrero apenas nota 5, aos demais nota 6. Óbvio, que com esses padrões de atuação,contra um time forte e bem treinado, dificilmente venceríamos.
    Talvez seria ideal dar um tempo só de treinos ao Everton Ribeiro, parece fora de forma. Diego também precisa de condicionamento. O campeonato é longo, mesmo sem eles por umas 04 rodadas , podemos , ainda, garantir o G4.
    Penso que uma derrota nas próximas duas rodadas, custará o emprego do Zé….
    Fora R.Caetano !!

    Reply
  48. Kleber,

    Infelizmente, NÃO TEMOS TÉCNICO !!!

    Já falo isso desde o ano passado, mais um campeonato jogado fora, pelo simples fato de que NÃO TEMOS TÉCNICO !!!

    Enquanto continuarmos com esse aprendiz de técnico e suas teimosias (Rafael Vaz; Márcio Araújo; Gabriel – que ontem estava no banco, inacreditável; Leandro Damião – que graças a Deus, foi embora; e agora por último, esse fraquíssimo goleiro Thiago; Entre outros menos votados), continuaremos SEM GANHAR NENHUM TÍTULO DE EXPRESSÃO, INFELIZMENTE…

    APENAS PARA REGISTRO:

    O Atlético MG acaba de demitir o Roger, isso é atitude de uma diretoria atenta e sem medo de tomar decisões, simples assim se o técnico não está bem, se não se adaptou, enfim se não conseguiu apresentar os resultados esperados, É NECESSÁRIO QUE SE MUDE, É NECESSÁRIO QUE SE TOME UMA DECISÃO, simples assim…

    SRN

    Reply
  49. Pessoal, reflitam, tirar o Zé Ricardo para colocar quem nesse momento? Ela vai errar e continuar errando. A atual diretoria aceitou correr esse risco por efetivar um técnico sem bagagem no futebol. Julgo muito mais equivocado quem o colocou lá do que ele próprio. Ele está fazendo o que ele sabe fazer. O Flamengo só ocupa a posição que está graças ao talento e individualidade dos bons jogadores que fazem parte do elenco. Mas bons jogadores também erram. Quantos gols já perdeu o Guerrero desde que chegou ao Flamengo? Que culpa tem o técnico se um jogador erra um penalti? Se um goleiro sai mal do gol como fez o Tiago no primeiro gol do Palmeiras? Sejamos justos também. Se Diego tivesse feito o gol de pênalti não existiria nem 1/3 das críticas aqui postadas. Vai ser assim até o final do ano. Ganhando, empatando e perdendo. Vamos ver que decisão tomará essa diretoria no final do ano. Se ele ganhar alguma coisa, ganha sobrevida, senão ganhar nada, provavelmente, deverá encerrar seu ciclo no Flamengo. Eu espero isso.

    Reply

Comente.