O primeiro gol de um raro talento

(Foto: Pedro Martins / MoWa Press)

Jogo bom e, como era por demais previsível, fácil e com goleada. Lá, já havíamos feito cinco, só que tomamos dois. Aqui, repetimos o número de gols, sem levar nenhum.

Não dá para fazer qualquer tipo de avaliação sobre o nosso time, na medida em que jogamos contra um adversário que abriu mão de treinar, para que os jogadores pudessem conhecer a praia carioca.

De muito bom o fato de Vinícius Júnior ter feito o seu primeiro gol jogando no time principal. Não vou dizer que foi o primeiro gol como profissional, pois hoje em dia, o jogador sai da mamadeira e já tem um contrato. Já é profissional.

Este gol já poderia ter saído antes. Alguns goleiros e algumas traves não colaboraram. Hoje, finalmente, aconteceu. Que ninguém duvide. Teremos daqui para frente um outro Vinícius Júnior. Um raro talento, mais leve, mais solto, mais resolvido, mais decisivo.

De muito bom, foi isso. E, claro, a certeza de um soninho delicioso, como todos, após uma vitória.

Voltamos ao Campeonato Brasileiro, à expectativa do novo treinador e, aos sonhos renovados.

E o Palmeiras, hein? O futebol, definitivamente, está muito igual.


Em Tempo

Radamés Lattari envia mensagem que acabou de captar, através da Radio Caracol, da Colômbia, do nosso – quase certo – novo treinador.

 

1 Comentário

  1. Confesso que não vi o jogo, pois preferi assistir ao jogo do Atlético pela Libertadores.

    Achava que era hora de time reserva e oportunidades aos jovens desde o início como o Vinícius, mas entendi o objetivo do Jaime que era retomar a confiança dos jogadores contra um time fraquíssimo.

    Para fechar, vou dormir feliz porque o Flamengo ainda pode ser campeão em 2017. Palmeiras e Atlético não.

    Reply
  2. Boa noite, amigos.
    Fica difícil entender a entrada de Vinicius Júnior aos 27 do segundo tempo em um jogo de casados x solteiros depois de uma feijoada. Na pior das hipóteses, tinha que começar o segundo tempo.
    Valeu pela vitória.
    SRN.

    Reply
  3. Verdade, Kleber. Isoladamente, o jogo de hoje não diz praticamente nada, tamanha a fragilidade do adversário. No entanto, algumas observações foram reafirmadas. Dentre elas, destacam-se:

    1) A partida de hoje não melhora em nada a situação de Muralha, que mal foi testado. Diego Alves é o titular, embora ainda pareça estar sem o ritmo de jogo ideal.

    2) Réver é titular, é nosso defensor mais regular. Se o time fosse organizado, não deixando os zagueiros no mano a mano com os atacantes rivais, tanto Rhodolfo quanto Juan poderiam tranquilamente jogar ao seu lado. Como este ainda não é o caso, um zagueiro mais jovem e veloz soa mais apropriado. Léo Duarte merece uma chance.

    3) Nas laterais as vagas continuam em aberto. Se ninguém vai mal, também ninguém consegue se firmar.

    4) Com gana e concentração, Arão sobra no meio campo e a questão passa a ser quem deve jogar de primeiro volante. Cuéllar deveria ser testado.

    5) Everton Ribeiro tem se sentido mais à vontade na faixa central do campo do que pelos lados. Um importante desafio do novo técnico será encaixá-lo com Diego, pois não dá pra deixar nenhum dos dois no banco.

    6) Os reforços da última janela fizeram um bem danado a Éverton e Berrío, que subiram muito de produção no segundo semestre. Apesar disso, Geuvânio está demonstrando que vai brigar por seu lugar e Vinicius sempre mostra algo de diferente quando entra. Aliás, já passou da hora de o garoto ser mais aproveitado…

    7) Vizeu se posiciona bem dentro da área, pois todo jogo consegue sair na cara do goleiro ao menos uma vez. Falta aprimorar a finalização, pois o número de gols que faz é similar ao número de chances claríssimas que desperdiça, e também participar mais das partidas, uma vez que passa a maior parte delas sumido. Por ora, não ameaça a hegemonia de Guerrero.

    SRN

    Reply
  4. Nobre Presidente, dá para fazer alguma avaliação jogando contra um time tão fraco? Claro que não ! Reparei apenas uma coisa, o número de chuveirinho diminuiu muito. No resto, um coletivo!

    Reply
  5. Linha de frente diantado demais.

    Para mim ficou clarissimo no jogo de ontem uma observação que eu já fazia do time do FLA. O time JOGAVA os 90 minutos no campo do adversário isso abre consequentemente abre os CORREDORES em nossa defesa e deixa nossa zaga VENDIDA, MAL AMADA e com fama de PéSSIMA.
    Na verdade estavamos usando o conceito de futebol moderno de forma EQUIVOCADA ou EXAGERADA. Adiantavamos a marcação pressão 90 min isso faz o time adversarios se FECHAR 90 min e diminui os espaços pro nosso meio de campo e ataque chegarem ao gol de forma mais IMPLACáVEL.
    A auto-confiança do elenco faz ele subir muito todo o tempo.

    Reply
  6. O Vinicius J tem uma carinha de me deixa quieto que eu não vou fazer nada, aquele jeito APARENTEMENTE DISPLICENTE que os craques possuem e quando o adversário vê ja levou o chapeu, a bola entre as pernas ou esta indo buscar ela nas redes.
    Que jeito CANARINHO de estar em campo eim. MUITO BOM Vinicius Junior.

    Reply
  7. Kleber, ressaltando que foi esse Palestino quem nos eliminou o ano passado e que eu nem sabia se aconteceria outros jogos ontem, devo dizer que foi muito bom assistir a nossa vitória que foi melhorada com o gol do Vinícius Jr. Quanto a treinador estrangeiro aqui no Brasil a regra tem sido de sucessivos fracassos :Balsa, Fossati ,Carega e o português Paulo Bento, entre outros, fracassaram. Vou torcer muito para que o Rueda seja a exceção que confirma essa regra.

    Reply
  8. Aos que acreditam que técnico bom tem que ser medalhão e experiente, assistimos o time de um dos ditos melhores técnicos brasileiro cair em casa para o fraco Barcelona do Equador, nossos técnicos estão sim ultrapassados e o 7 a 1 de nada adiantou para uma grande maioria deles, estou muito feliz com a provável chegada de Rueda que além de bom técnico é um estudioso da bola e está sempre atualizado, sua chegada vai ser para levar o Flamengo a grandes conquistas.
    Vale lembrar que no ano de 2017 aprendemos que só o dinheiro não da titulo para ninguém eim o futebol vai muito além de bons nomes no elenco fica a dica EBM.
    SRN

    Reply
  9. Sem querer julgar o amigo Henrique. Jamais deixei, deixo ou deixarei de ver o flamengo seja contra quem for, para assistir qualquer outro jogo.
    Pode jogar contra o time dos garçons no aterro que nao deixo de assistir.
    Flamengo e a seleçao brasileira no mesmo horario, eu sou flamengo.
    “…eu sou flamengo nao desfaço de ninguem…”

    Reply
  10. E o palmeiras hein, acho que deveriam trocar de técnico kkkk

    Quanto ao jogo eu na minha opinião se formamos um time aqui do pessoal do blog não faria tão feio quanto o palestino, sem condições de tirar conclusão alguma.

    Não entendo a razão do geovanio ficar preso do lado direito, essa insistência contraria seu início de carreira, bem como sua própria entrevista de apresentação onde afirma preferir o lado esquerdo.

    Vai entender.

    SRN

    Reply
      • Não amigo, me expressei mal.
        Tudo é uma questão de mérito, no momento não há como trocar, mas ontem poderia ser feito este teste, haja vista que o titular esta suspenso do proximo jogo do brasileiro, é um dos que mais se desgasta fisicamente e principalmente pq o jogo não valia nada, ja entramos classificados.
        Dito isto, faria o teste e poderíamos ver o jogador, contratado a peso de ouro, atuando na sua função de origem e só quem tem a ganhar é o Flamengo.

        abraço

        Reply
  11. Kleber,

    Realmente esse jogo de pouco valeu, o Palestino é muito, mas muito fraquinho…

    Mas ainda assim, entendo que podemos tirar duas conclusões do mesmo:

    1 – Arão, seja em que fase for, nunca pode ser reserva nesse elenco do Flamengo, o pior é lembrar que por uma má fase, o “grande Zé” o deixou 13 jogos no banco, um desperdício;

    2 – Everton Ribeiro, jogando pelo meio é muito mais jogador, arrisco a dizer inclusive, que é melhor armador, camisa 10, que o Diego, que é muito mais carregador de bola, o ER é mais criativo nessa função central.

    Outro assunto de destaque na noite de ontem, foi que os supostos “bichos papões” Atlético MG e Palmeiras caíram na Libertadores, dentro de casa, contra times da Bolívia e do Equador, e o mico era nosso ?!?!?!?!?
    Agora, legal mesmo foi ver o Edmundo na FOX, quase chorando pela eliminação do Porco, e os outros comentaristas paulistas da mesma FOX e da ESPN que peninha, todos muito tristinhos…

    Para concluir, aguardando o Rueda na certeza de que podemos, mais uma vez, ratificar que somos diferenciados, enquanto todos os “entendidos” de Futebol estão comparando a contratação do Rueda com a de outros estrangeiros que não deram certo no Brasil, vamos provar que isso aqui é diferente, é diferenciado, ISSO AQUI É FLAMENGO !!!

    SRN

    Reply
    • Paulo Édson, é isso mesmo: vamos torcer muito para que o Reinaldo Rueda seja a exceção da regra dos treinadores recentemente contratados no Brasil. Vamos torcer para que esse treinador seja um estrondoso sucesso no nosso Flamengo. Vamos torcer para que ele contrarie a regra até aqui estabelecida.

      Reply
      • Nao é a regra tambem um treinador iniciante como o Carille fazer 40 e tantos pontos num turno… igual ao Ze Ricardo ano passado, não era a regra a campanha que ele fez para quem estava começando! Futebol não existem regras assim como as pessoas pensam…

        Reply
  12. Não tenho medo de técnico estrangeiro, só acho q estamos no 2 semestre e vai pegar o time sem conhecer, eu prefiro o Jaime continuar pois conhece o elenco e o Rueda fica por ali conhecendo e dando opiniões, mas isso não existe no futebol, por isso nos ajuda São Judas Tadeu!

    Reply
  13. Jr. somente no nome pois em campo o Viny é MASTER em leveza. Leve, ele caminha e com leveza ele trata as oportunidades que os ingenuos marcadores lhe proporcionam ao pensar que ele é apenas Jr.

    Reply
  14. Jaime não dá, é medroso. Ele teve medo de perder pro Palestino em casa colocando o máximo de titulares possível. Todos sabíamos que não tinha como ser eliminado. Ele tinha a obrigação de ter testado o Leo Duarte, Romulo, Vinicius JR (desde o início) e principalmente o Conca. Foi muita sacanagem o que fez com o Conca, mesmo com uma perna só, não ia comprometer no jogo de ontem e iria ganhar uma opção para o restante da Copa do Brasil, onde não teremos os recém contratados. E para piorar, ainda voltou com Marcio Araújo. Espero que o Rueda chegue logo para não termos que aguentar o Jaime contra o Botafogo. SRN

    Reply
  15. Ontem aconteceu o que eu mais temia com troca de técnico. Entrar um pior! Quanta falta de sensibilidade do Jaime em não colocar o Vinicius Jr antes. E correu o risco de perder o Everton por lesão, nosso melhor jogador hj….

    Reply
      • Técnico sábio e malandro, com anos de janela sabe que em início de trabalho que que dar moral aos “cascas”, Jaime, mesmo interino é conhecedor deste princípio de grupo.

        Reply
        • Quando se quer defender, arruma-se argumentos para tudo. rsrsrs Nino, respeito tua opinião mas mais uma vez discordo. Era simples tirar o Everton no intervalo e explicar que estava poupando ele para o jogo contra o galo, dizendo que ele era O CARA, O THE BEST, O PRIMORDIAL, O TUDO MAIS….. o cara sai do jogo se achando importante e deixa 45 milhões de brasileiros satisfeitos (imagino que TODOS queriam ver o menino jogar).
          E outra, ele sabe que é interino…

          Reply
  16. Kleber, não é tema do post, mas acho uma falta de sensibilidade da direção do Flamengo em cobrar preços abusivos/proibitivos para jogos desse tamanho. Segundo o Mauro Cezar, o mais barato para quem não é sócio estava na casa dos R$ 100. E como vimos nas imagens, o estádio ficou longe de estar cheio. R$ 20 estava de ótimo tamanho e proporcionava que os menos endinheirados (o povão) pudesse ir ao jogo.

    Li que o Flamengo deu alguns ingressos a jovens carentes de projetos sociais, mas poderia fazer ações para atrair novamente o povão para os jogos.

    Sou sócio e moro em Florianópolis, mas acho absurdo o torcedor ter que pagar R$ 100 ou R$ 200 para ver um jogo de futebol num estádio longe de ser moderno.

    Reply
    • Henrique,
      Paguei R$110,00 no setor mais barato, o Norte. E o mais ridículo foi ver o setor Sul fechado. Não poderiam, ao menos naquele setor, fazer um ingresso popular para este jogo específico?
      Publico pagante de 6 mil e poucas pessoas…

      Reply
      • Eu sempre faço a comparação com o preço do cinema, sendo que no cinema o espetáculo dura as mesmas 2h, tem ar condicionado, poltrona confortável, o carro fica num estacionamento seguro, etc.

        Aí tu pagas R$ 30 para ir no cinema e vê o futebol custar R$ 100. Por isso que o torcedor fica em casa vendo na tv.

        Lógico que o cara fanático não troca o futebol pelo cinema, mas aí quando tem namorada, filho, esposa, como faz?

        Reply
        • Henrique, muito bem observado em todo seu comentário. Com 8 linhas vc resumiu o que os bate bola da vida, linha de passe, etc ficam horas debatendo e “decepcionados” pq os estádios no Brasil nao lotam.

          Reply
      • Existe uma certa lógica no pensamento da diretoria.

        A prioridade ali é a segurança! Aquele estádio não é o Maracanã que pertencia ao estado, aquele estádio se equilibra em um frágil equilíbrio de tolerância dos moradores locais e dos órgãos de segurança do município e estado.

        Assim o estádio é por princípio para um público seletivo, credenciado e identificado, ou se paga meia é identificado tbm, se paga inteira é porque teve educação para ter poder aquisitivo para pagar 200 em um jogo, esse é o princípio, “não é estádio para massa, e sim para um público qualificado”, o que se viu no passado acabou, aliás no mundo todo.

        (Acreditem, na Inglaterra jogos de futebol nos anos iniciais do século XX reuniam cerca de 150mil ou 170mil de público em estádios em barrancos, pesquisem, existem fotos na internet, ou no blog do Mauro César)

        Reply
  17. Com as eliminações de Palmeiras e Atlético Mineiro da Libertadores na noite de ontem, acredito eu que se encerra oficialmente o nosso trauma de termos sido eliminados na fase de grupos.

    Plameiras e Atlético tem times igualmente caros como o nosso, nossas mesmas expectativas e cometeram o mesmo vexame que o nosso a apenas uma rodada além da competição.

    O jogo de ontem pela Sul Americana foi uma verdadeira inutilidade, a não ser por ter apresentado um certo ar novo, e deu para ver como algumas coisas continuam a mesma e como outras coisas voltaram a normalidade.

    Reply
  18. Kleber, Espero que essa demissão, mal explicada, do Valdir Espinosa no Grêmio tenha criado uma aresta difícil de aparar entre o Renato Gaúcho
    e a administração e que isso , quem sabe, no futuro, favoreça uma negociação do Renato com o Flamengo. Como se sabe Valdir e Renato são parceiros há décadas.

    Reply
  19. Em jogos que o estádio fica muito vazio poderia cobrar MEIA pela entrada no SEGUNDO TEMPO. Assim como uma empresa faz quando a mercadoria está perto da validade. Melhoraria a renda e ajudaria a melhorar a pressão.
    MEIA para quen assistisse MEIA PARTIDA. Ou até criar um setor para os FINALISTAS.

    Agora acho que eu exagerei.
    kkk e kk e k e kkk

    Reply
  20. Preço bastante diferenciado para mulheres com crianças ou casais principalmente. Tem que REATRAIR as crianças para os estádios pois eles estão sendo SEDUZIDOS pela TVFUTEBOL INTERNATIONAL ORGANIZATION e passando a torcer por clubes EUROPEUS SOMENTE. Temos uma GERAçãO INTEIRA Barça, Real, Manchester … Dentro de 10 a 15 anos os estádios brasileiros estarão vazios até de portoes abertos. Tirando o meu exagero claro.
    Os clubes brasileiros não tem noção da devastaçâo que isso causará.

    Reply
    • Espinosa é tão fora de série que nem ir para os jogos do Gremio ele estava indo.
      Devemos parar com essa de ver sempre a grana mais verde no quintal do vizinho.
      Lembro que no início do ano falavam aqui em verso e prosa do Trabalho do Roger no Atlético e o que ele faz no Grêmio.
      O caminho não é esse!!
      Espinosa estava esquecido na Radio globo e foi ressuscitado pelo Gremio numa jogada para resgatar a História.
      Se ele foi mandado embora em um time cujo ele tem história,imagina que ótimo trabalho ele deve ter feito no Grêmio.

      Reply
  21. “Sabedoria na administração financeira & loucura na administração esportiva”

    Sinceramente meus amigos, não dá para concordar com essa diretoria:

    Depois de apostarem, literalmente é isso, apostarem em um técnico inexperiente, mais que isso, em um grupo fragmentado pela péssima passagem de Muricy Ramalho, essa diretoria me faz outra aposta, desta vez em um técnico estrangeiro.

    Eu claro que sou a favor de quebras de paradigmas, de escritas ou outras coias do gênero, mas há que se ter sabedoria, principalmente quando não se há mais “margens para erro”. Então fazer apostas em margem para erro é sem dúvida temerário, mas do que isso, pouco aconselhável.

    Aliás aconselhável me parece a palavra, uma vez que essa diretoria não escuta “conselhos” de gente mais sábia e experiente no clube.

    Em via de regra a alternância de “apostas”, primeiramente evidencia falta de sabedoria, em segundo falta de conhecimento (que poderia ser remediado pela sabedoria), e em terceiro lugar falta de responsabilidade mesmo, o que acaba evidenciando “falta de rumo”, de direção, ou seja, estão perdidos!

    Hoje se contrata um técnico estrangeiro, que nunca trabalhou no futebol brasileiro, que nunca trabalhou fora da Colômbia, que não conhece o nosso elenco e nem o futebol brasileiro, em meio a um campeonato brasileiro!

    Torçamos realmente que dê certo, mas em minha opinião são infinitas variações temerárias, e isso tudo em função de que? De qual crença? De que Rueda vai chegar e arrebentar?

    Pode ser e torço para que isso aconteça, mas não seria um caminho recomendável para nosso direção seguir nesse momento.

    Reply
    • Aliás a tônica parece ser mesmo “apostar”, o episódio Roger mostra essa linha.

      Felizmente para nós, Roger Machado não pretendeu “apostar” sua rala e super-dimensionada reputação com o Flamengo, preferindo horizontes menos arriscados, como por exemplo treinar um time na Ásia.

      Reply
  22. https://oglobo.globo.com/esportes/conca-que-so-jogou-22-minutos-vai-custar-25-milhoes-ao-flamengo-21693978

    Sinceramente é de doer ler essa matéria do jornal O GLOBO, vamos gastar uma fortuna com um jogador que não irá dar nenhum retorno técnico e possui grande identificação com o rival, tudo isso para quê?

    Quanto ao Rueda, esse não chega no final do ano e com contrato até o fim de 18, enfim mais dinheiro fora e assim segue nosso departamento de futebol.
    Jamais vou torcer contra, jamais. Porém um técnico estrangeiro com passagem comprada para a seleção da Colômbia ou qualquer outra que aparecer, me parece aquele filme que o São Paulo viu 2 vezes, com Osório e Bauza, e olha aonde estão. Ele terá pressão de todos os lados, pois a diretoria no seu misto de amadorismo e prepotência, segue achando que pode bancar e blindar suas vontades.
    Sem falar nas viúvas do Zé Ricardo e na mídia que o criticarão de todas as formas possíveis, alguém lembra do Daniel Passarela no estrelado Corinthians da MSI, enfim que São Judas Tadeu nos ajudem e que o colombiano supere seus inúmeros obstáculos no comando do mais querido.

    Agora algo que o Marcelo Barreto(sportv) e outros comentaristas vêm falando e é impossível não perceber, essa diretoria é bastante influenciada por redes sociais e geralmente segue suas tendências, essa nova geração deveria respeitar e aprender com os experientes e não o contrário.

    Gastam, gastam e gastam e depois pedem para ser sócio torcedor, pagar 100 pratas em ingresso, fora o deslocamento para Ilha que é caro e no fim esse dinheiro é desperdiçado de forma banal.

    O time sulamericana é melhor que o da copa do Brasil, mas perder para o foguinho nem pensar, temos que colocar o coração na garganta e apoiar até o final, pois acho que mesmo eles sonhando o impossível na libertadores, essa copa é a maior chance de títulos deles.

    Reply
  23. Presidente, por gentileza, queira ter a bondade de explicar-me uma coisa: por qual motivo, por que razão, esse tal de rodrigo caetano usufrui de imunidades e de indulgência plena no Flamengo?
    O sujeito nunca será despedido? Ele goza de estabilidade empregatícia?
    Até mais do que o próprio José Ricardo, era ele quem mais merecia ter sido mandado para o olho da rua.
    Qual é o pistolão? Quem é o protetor? E por quê, Presidente?
    Ademais, o cargo ocupado é, em-si, necessário?
    Sinceramente, não atino em que o seja.
    SRNs

    Reply

Comente.