Perfil e estratégia

(Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA/Divulgação

As noticias começam a pipocar e dão conta de que o Flamengo teria procurado Roger Machado, oferecendo um contrato de um ano e meio, e que Roger Machado havia dito que vai pensar. Cá com os meus botões fico pensando que, se verdadeira a notícia, os pilares de qualquer planejamento – perfil e estratégia – devem estar sendo esquecidos.

Claro que, pelo fato de estarmos caminhando para o final de temporada, com a maioria esmagadora dos treinadores competentes empregados, a missão não é tão simples. Mesmo assim, não há como não seguir o manual do bom planejamento.

Primeiro, o perfil. Como ainda estamos disputando dois títulos – e em três competições – há chance de voltar à Libertadores e já haverá na quarta-feira da próxima semana um jogo decisivo pela Copa do Brasil, quem vier, tem que ter pleno conhecimento de causa, isto é, conhecer o elenco que vai comandar. Este item já elimina qualquer treinador estrangeiro, seja ele quem for.

Como o moral da tropa anda meio em baixa, se tiver competência motivacional, melhor. E, sempre lembrando que o nosso problema é até o final de novembro, pois na virada do ano o mercado de treinadores estará totalmente aberto, inclusive com relação aos estrangeiros.

O que quero dizer? Que seria uma temeridade contratar, agora, um treinador “meia boca”, que não fosse só até o final do ano em curso.

Em síntese, não há desculpa para o Flamengo não começar a próxima temporada com um treinador que tenha peso proporcional ao do clube. Se o treinador que venha ser a solução definitiva para a diretoria não estiver à disposição neste momento e, se estiver na virada do ano, problema resolvido. Escolher o melhor entre os desempregados e, paralelo ao trabalho deste final de temporada, começar a montar o elenco para 2018.

1 Comentário

  1. No futebol brasileiro não há criatividade, pesquisa, estudo, etc. Em todos (repito TODOS) os clubes há essa preguiça. Por isso, o Flamengo agora quer o Roger, assim como o Palmeiras quis o Cuca, o Santos o Levir, o SP o Junior e assim vai.

    Não vejo o Roger como um nome horrível (melhor que o Jorginho com certeza absoluta), mas se o Zé Ricardo era o “estagiário”, o Roger não fica muito distante disso. No entanto, esse negócio de técnico a altura do Flamengo é balela, pois o pensamento da nossa torcida é que o Flamengo é o maior do mundo. A realidade é outra.

    Enfim, como disse no outro post, o Flamengo precisa de poucos ajustes (defesa, proteção à zaga e calibrar os pés e cabeças dos atacantes) e está na zona da Libertadores, semifinal da Copa do BR e oitavas na Sulamericana.

    Talvez, nesse momento seja ideal um nome de experiência para dar tranquilidade aos jogadores sem muitas invenções táticas. Por isso, sugeri o Carpegiani até dezembro.

    Reply
  2. Estes caras não entendem nada de futebol KL, o melhor que eles podem fazer a partir de agora é NÃO FAZEREM NADA e deixarem o Jaime lá até o fim do ano.

    Era um tiro de uma bala só e mesmo assim disparada com muito jeito e persuasão para fisgar O HOMEM CERTO para esse MOMENTO CAÓTICO que vivemos.

    Mas não, pensaram com a cabeça do dedão dos pés, e agora me diga, qual treinador de gabarito vai aceitar qualquer convite?

    Tem que desenterrar essa cabeça de burro da macumba que fizeram para o Flamengo a qualquer custo. Esta enterrada ali mesmo na sala da presidência do clube.

    E não vamos nos iludir, esse grupo é isso mesmo, sucesso financeiro e administrativo e total fracasso no futebol, esse a no e ano que vem tbm.

    Reply
      • Pior que não entender de futebol é achar que entende de futebol.

        “Corrija um sábio e vc o fará mais sábio ainda, corrija um burro e vc o fará seu inimigo”

        Reply
        • Explicando melhor Henrique,

          Luxemburgo é talvez algo que vc não aprove por justificáveis motivos.

          Mas ele possui as qualidades necessárias para o momento. As mesmas qualidades que nos livraram do rebaixamento em 2014, experiência, competência e muita abordagem psicológica.

          Não que ele seja um psicólogo, longe disso, mas tem postura psicológica firme e identifica bem estes fatores no time.

          É claro que ele é bocudo, dissimulado, faccioso, tem Ns interesses, mas a atual fase dele demonstra uma superação nesse sentido.

          Afinal, outra justiça o EBM lhe faria em relação a 2014, dar a ele de fato um bom time nas mãos.

          Uma coisa eu te garanto meu garoto, passaremos longe do rebaixamento.

          Reply
          • Nino, o Flamengo irá para a Libertadores independente do técnico. Se for o Luxemburgo, vou torcer pro pojeto do pofexô, mas o histórico dele nos últimos 10 anos mostra o contrário.

            Legal que ele arrancou com o Sport, mas eu jamais o traria de volta.

            Acima do técnico, o Flamengo precisa de um VP e de gente que blinde o treinador. A pressão é gigantesca.

  3. Caríssimo presidente,
    Seguindo a razão de muitos, torna-se irrelevante saber o nome do novo técnico, já que, com a saída do “aprendiz de estagiario” como era aqui rotulado por alguns, qualquer um que assumir será melhor do que o Zé. Logo, não há mais razões para preocupações. Agora é só esperar para celebrar as muitas vitórias e títulos que certamente virão.
    SRN

    Reply
  4. Nino onde que eu assino ?
    Parei !!! Será que esses caras no fundo não tem fobia de quem já serviu e fez parte do Flamengo ou gostam de teóricos recém formados?

    Reply
    • E história de 2009 ainda recente esta ai mesmo! Homens que erraram e souberam corrigir-se acertando segundo suas sabedorias, dirigindo um sem recursos na época. Foi um milagre da sabedoria, “dificilmente se repetirá”.

      Reply
  5. Querido Kleber Leite, não preciso ser um conhecedor profundo de táticas e dinamismos do futebol, para saber que sua postagem reflete a mais pura necessidade para o fechamento do ano, com rasoável possibilidade de êxito e sem se arriscar a levar uma mala sem tamanho para o ano que vem, e ter que demitir na primeira pipocada, ainda mais em véspera de eleições no clube…Hora, o nome ideal chama-se “Torcida rubro negra”, com um boneco a beira do campo que não faça m… a toda hora, saiba escutar e deixe o elenco jogar conforme a música de nossa Nação, toada forte e decidida e sem firulas! Quem seria esse boneca? Na minha humilde opnião seria o “Galinho de Quintino”, afinal quem com ouvidos melhores que ele para o momento? Sabedor que o ídolo não atura certas maluquices dos cartolas…Este sim seria o tiro curto e certeiro que imagino…Missão cumprida nosso heroico ídolo voltaria pra seu lugar idílico e aí sim no início do ano faríamos a contrataçao delongo prazo…Elementar meu caro! Saudações rubro negras!

    Reply
  6. Querido Kleber Leite, não preciso ser um conhecedor profundo de táticas e dinamismos do futebol, para saber que sua postagem reflete a mais pura necessidade para o fechamento do ano, com razoável possibilidade de êxito e sem se arriscar a levar uma mala sem tamanho para o ano que vem, e ter que demitir na primeira pipocada, ainda mais em véspera de eleições no clube…Ora, o nome ideal chama-se “Torcida rubro negra”, com um boneco a beira do campo que não faça m… a toda hora, saiba escutar e deixe o elenco jogar conforme a música de nossa Nação, toada forte e decidida e sem firulas! Quem seria esse boneco? Na minha humilde opnião seria o “Galinho de Quintino”, afinal quem com ouvidos melhores que ele para o momento? Sabedor que o ídolo não atura certas maluquices dos cartolas…Este sim seria o tiro curto e certeiro que imagino…Missão cumprida nosso heroico ídolo voltaria pra seu lugar idílico, e aí sim no início do ano faríamos a contrataçao de longo prazo…Elementar meu caro! Saudações rubro negras!
    (Favor considerar este, com as devidas correções em relação ao anterior…filho ajudando dá nisso)

    Reply
  7. Nosso querido Egon Prates esta de luto de 7 dias pela demissão do seu (assim como do EBM) querido técnico ZR…kkkk

    Se o Luxa viesse ele prometia grave de fome, 365 dias comendo mariscos que grudam no casco do seu barco em Angra dos Reis…kkkk

    Reply
  8. Jayme até dezembro, e chama o Andrade será ser o auxiliar dele.Ano que vem contratamos um treinadoraço; e o dois últimos campeões nacionais pelo Flamengo voltam a ser auxiliares permanentes.

    Reply
  9. Melhor treinador para o momento, como disse ontem e repito agora> Jaime de Almeida. Não sou adepto dos métodos dele, mas é quem conhece de perto o elenco e as peculiaridades rubro-negras.
    Vai ganhar fácil quarta-feira, depois no domingo, do Atlético em Minas e embala com vitória diante do Botafogo. Aí, ninguém o tira antes de dezembro…

    Reply
  10. Quando estava dirigindo o Figueirense, Jorginho, ao reclamar da arbitragem, saiu com essa pérola: ” eles só ganham com a ajuda dos juízes, conheço o esquema, pois já estive lá”. Por favor Flamengo, esse traíra não.
    Nino, vou aqui defender nosso amigo Egon, apesar de saber que ele logo estará aqui. Ele não queria a demissão do Zé justamente por saber que, nessa altura do campeonato, quem ocuparia seu lugar?
    Aqui no blog já declinaram de Abel (ultrapassado), Dorival(brigando conosco na justiça), Levir, Cuca, Luxa,os melhores, pra nossa turma aqui, nenhum servia. Todos estão empregados e nós, mendigando o Roger.
    Surpresas mesmo nesse ano foram Carille e Renato, os outros, nenhum servia para nosotros.
    Por isso o Antílope das estepes(como vc o caracteriza Nino), achava fora de hora a saída do Zé.
    Como Roger não aceitou, só nos resta ir de Carpegianni ou de papai Joel até o fim do ano. Ou então outro interino, Jaime ou Andrade.
    Ou em último caso , porque não convocarmos o Galinho ou Júnior.
    Façam suas escolhas companheiros!
    Srn

    Reply
  11. Pela ordem, aos quatro técnicos abaixo eu proporia contrato até o final do ano, com chances de efetivação, dependendo do resultado e da qualidade do trabalho desenvolvido, de acordo com determinados critérios de avaliação:

    Fernando Diniz
    Joel
    Muricy
    Jayme

    E, também pela ordem, aos técnicos abaixo eu proporia contrato até o final de 2018:

    Zico – sem clube atualmente
    Klinsmann – sem clube atualmente
    Seedorf – sem clube atualmente
    Simeone – empregado no Atlético de Madrid
    Felipão – empregado atualmente na China
    Marcelo Oliveira – empregado atualmente no Coritiba
    Renato Gaúcho – empregado atualmente no Grêmio

    Reply
  12. Fizeram de tudo para tirar o Zé Ricardo. Conseguiram e agora ficam conjecturando quem seria o melhor e não chegam a lugar nenhum. Deixar o Jaime até o final do ano é piada. Melhor seria continuar com o Zé Ricardo e colocar alguém junto a ele que fosse cascudo. Pelo que pude observar, o grupo gostava e confiava nele. Ir atrás do que pensam torcedor e imprensa, mostra o quanto esses dirigentes são amadores em se tratando de futebol. Torcida, como diz o nome, foi feita para torcer e mais nada. Não tem que influenciar dirigente.
    Esse papo de dizer que a voz do povo é a voz de Deus, deu no que deu nesse País.
    Se algum treinador, cascudo ou não, aceitar esse cargo por um contrato até o final do ano, mostrará o quanto ele é “bom”.
    Agora só nos resta rezar e pedir ajuda a São Judas Tadeu.

    Reply
  13. Na minha humilde opinião o melhor para o contexto presente seria WL, todavia EBM e seu staff não o contrataram. Ai é que tá o X da questão, quem será o treinador do Flamengo? Vou sugerir um nome que ninguém citou até agora,PC Gusmão, discipulo de WL…Em um contrato tampão.
    SRN

    Reply
  14. Diretoria perdida…Fiasco ! Até a Vila Mimosa é mais organizada que o Departamento de futebol do Flamengo ! Antes de contratar um técnico, precisa contratar alguém pra comandar o futebol !
    R.Machado é muito pior que Z.Ricardo.
    Acreditem, não podemos fugir de Carpegiani, René Simões ou Oswaldo de Oliveira…porque penso que o momento requer experiência, voz altiva para com os jogadores.

    Reply

Comente.