Rueda e Tio Conca…

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

E só dá o homem… Papo pra cá, papo pra lá e o assunto é o novo técnico do Flamengo, que em quatro jogos não viu seu time sofrer um único golzinho. Há quem defenda, há quem esteja, ainda, com as barbas de molho, mas indiscutivelmente o IBOPE do colombiano, tanto na mídia, como na galera, é de se tirar o chapéu.

Alguns comentaristas afirmam que já é visível o dedo do técnico e, quando apresentam este argumento, citam os quatro jogos sem tomar gol. Os menos entusiasmados acham que ainda é cedo para uma avaliação realista e, citam (particularmente não concordo) que os adversários foram fracos.

Hoje, no belo programa Redação SporTV, comandado por André Rizek, alguém comentou que Berrío só arriscou aquela genial jogada contra o Botafogo, e ontem, outra muito parecida, pelo fato de estar com confiança e, quem transmitiu a ele este elemento decisivo no futebol foi exatamente Reinaldo Rueda. Pode até ser, mas não é bom esquecer que no jogo contra o Botafogo, em meio à realização da linda jogada que redundou no gol do Flamengo, a plaquinha para a substituição de Berrío já havia sido levantada. E aí indago: Um jogador que sabe que vai ser substituído em segundos, está confiante?

O que ninguém pode negar é que este Rueda, independentemente de ser maravilhoso, ótimo, bom ou mais ou menos, chegou com os pezinhos devidamente aquecidos. E, isto é muito bom. Há quem discorde e, respeito, mas sorte é fundamental no futebol, principalmente nos jogos equilibrados.

A polêmica gerada ontem pela declaração de Rueda, de que provavelmente Éverton Ribeiro e Diego não deverão jogar juntos, ganhou corpo hoje e, entre rubro-negros foi o assunto mais comentado. Pude ver e ouvir a declaração de Rueda e a classifico como precipitada. Com isto, não dou, nem tiro a razão do treinador. Apenas tenho a sensação clara de que o tempo em que está comandando o time, seja insuficiente para conclusão tão importante.

E, bom não esquecer que Éverton Ribeiro foi o maior investimento feito até agora, juntando-se pagamento pela libração e o que o jogador ganha. Não bastasse isso, mexe muito com o sentimento do torcedor que ainda vê em Éverton Ribeiro o lampejo de talento capaz de definir uma partida. Pessoalmente, acho Diego mais organizador de jogo, mais cerebral. Éverton Ribeiro tem a centelha do talento. É mais rápido e mais agudo. Juro que não vejo nos dois características semelhantes, o que impossibilitaria escalação de ambos no mesmo time. Este tema promete…

E, com sensibilidade, Reinaldo Rueda vai mandar para Cariacica, para o tal jogo da “Primeira Liga” – que de primeira nada tem em ser pioneira, ou na qualidade dos participantes – um time de garotos e para compensar tanta juventude, Tio Conca que deve estar doido para começar um jogo. Aliás, a simples presença de Conca é o melhor motivo para ficarmos ligados na telinha…

1 Comentário

  1. Kleber,
    Desculpe-me se estiver errado, mas pelo seu comentário, o uso de alguns termos (este Rueda, por exemplo), deduzo que o colombiano não lhe desceu bem ainda.
    Outro ponto, a questão da sorte. Estou mais propenso a concordar com Tite que, em suas entrevistas quando no Corinthians, não cansava em repetir que a sorte não existe se não houver competência.
    Rueda não inventou nada no Flamengo. Apenas deu uma organizada no esquema tático, bagunçado que estava. Os laterais já não sobem como se fossem atacantes.
    Dias desses, Pará, ao dar uma entrevista, falou claramente sobre essa conversa do técnico. “Lá na frente há jogadores de nível para fazer os gols que a gente precisa”.
    Creio ser muito cedo para qualquer conclusão. Ele pode ir bem agora e daqui a pouco começar a perder. Ou pode se firmar e encostar no Corinthians, o que acredito ser mais realista, no momento.

    Reply
  2. Acho que o fator sorte realmente tem ajudado o Rueda, mas diria que contribui com um percentual muito pequeno para o sucesso que está sendo atingido. O treinador chegou e mudou uma equipe que vinha levando gols em todos os jogos, teve aquela primeira impressão assustadora no jogo contra o Galo e optou por um sistema mais pragmático nesse seu início.
    Os laterais hoje tem mais obrigações defensivas e ficam mais presos, em contrapartida, nossa dupla de volantes apresenta qualidade para ajudar lá na frente.
    Vendo o jogo lá na Ilha domingo, todos observamos que o time está equilibrado, os dois pontas não se chocam com o Diego nem com Guerrero e estes tem mais liberdade e possibilidade de brilhar. A defesa não leva sustos como quando o Zé era treinador. Outro fator que deve ser levado em conta para esse início de sucesso, é o estímulo inicial que a troca de treinadores traz ao atletas. Então, enumerei vários motivos para a melhora, entretanto o principal fator de sucesso chama-se RUEDA. A tardia demissão do Zé Ricardo praticamente nos tirou da disputa do brasileirão.
    O Everton Ribeiro, apesar de nunca comprometer, não vinha fazendo boas partidas, pode ser que ainda esteja em fase de adaptação, então, por enquanto, essa formação do último jogo é ideal. Não vejo problema em Diego e Everton Ribeiro jogarem juntos, é só questão de tempo para que aconteça.
    Quanto ao jogo da Primeira Liga, é uma ótima possibilidade para fazer observações, dar ritmo de jogo aos suplentes e colocar o Conca em campo. Tomara que ganhemos mais essa opção no final das competições.

    Reply
    • Rock,
      Acompanho seu comentário, tão bom quanto o bom e velhorock’ n’roll. Kkk

      Quanto ao E.Ribeiro, não entendo todo esse clamor causado com a declaração do Rueda, o caríssimo jogador não apresentou nada de interessante até agora. Pode até ser bom jogador, mas não deve ter todo esse status de intocável.

      Status de intocável e elevação à craque, diga-se, que vem sendo corriqueiro no Flamengo, basta ver a idolatria com o mediano Guerrero, com o comum Everton “motorzinho”…

      Reply
  3. Caro Kléber e amigos!
    Creio que o time está ajustado e isso passa pelo nível de confiança em ascensão e pela motivação natural de um novo técnico, este, um senhor educado, de bons modos e tratos e que certamente leva a um momento de espiritualidade diferente.
    A questão do Everton Ribeiro é compreensível. Como apostar agora no ER se ele está fora das duas decisões? Como não passar mais confiança ainda ao Berrio que pode ser o jogador de abrir defesas?
    Acredito que o Rueda está correto. A imprensa especula, opina, concorda, debate, coloca dúvidas. Do alto dos seus 60 anos o Rueda escalou o time para a final e está concentrando forças positivas nesses jogadores. Quando passar essa fase, o ER jogará, não tenho dúvidas.
    A nossa força agora é o time que ganhou do Botafogo. Depois do título e campeão, o Rueda estará certo até nos erros que cometer.
    Finalizando, estou torcendo pelo Conca. Na hora que se acertar como antes, dificilmente não será titular. Problema do técnico e sorte nossa.
    SRN

    Reply
  4. Uma das medidas certa q o Rueda tomou ,foi segurar os laterais, e liberar mais o Arão e o Diego, no domingo vimos isso, com os gools marcados, os dois jogadores chegam muito bem na área adversária, sendo q o Arão t fôlego para voltar e ajudar na marcação.

    Reply
  5. Boa noite, amigos.
    Acho que no momento o Rueda está certo com relação ao Éverton Ribeiro. Tem que trabalhar o time para os jogos decisivos contra o cruzeiro, e ER7 não poderá jogar. Para mim, ele ainda não jogou bem no Flamengo. Muito longe daquele jogador do cruzeiro. Temos que pensar primeiramente no melhor para a equipe. Se o time estiver mais equilibrado sem ele, que assim seja mantido. Caso contrário, Rueda que se vire para arrumar lugar para ele juntamente com Diego.
    No jogo da primeira liga, gostaria de ver Conca jogando, mesmo que pouco tempo. Também seria interessante ver jogadores dos juniores em campo.
    Vou sair da minha casa pra ir ao estádio ver o jogo. Poderia ver pela tv, mas a paixão pelo Fla vai me fazer ir. Espero ao menos ver um jogo “divertido” .
    SRN.

    Reply
  6. “Um ônibus chamado Rueda”

    A maioria das mídias televisivas estão fazendo festa para a chegada do Rueda, com alguma razão sim, mas tbm com algum exagero creio eu.

    4 jogos sem tomar gols com 3 vitórias é um número expressivo sim, porém temos que levar em consideração a fragilidade dos jogos no Brasileirão que o Rueda esta pegando.

    A mim, sinceramente o perfil do técnico não agradou desde o início. Me parece que seja uma perfil bem estudado pela diretoria, um técnico adepto desse futebol sem empolgação que se joga no Brasil atualmente.

    Até ai td bem, vamos lá, mas perceber que se trata de um técnico consideravelmente mais conservador do que o ZR era me deixa profundamente infeliz. O mínimo que eu esperava era que ele ambicionasse colocar os melhores nomes em campo, os melhores talentos, mas não, logo nos vêm esse história de barração do ER7!

    Vamos ver é como o Rueda vai fazer para esse ataque com uma artilheiro que não faz gols funcionar.

    Reply
  7. “Fio Maravilha, nós gostamos de vc”

    Reeditor do dible de Fio Maravilha na década de 70 que deu a vitória do Flamengo sobre o Vasco por 2×1, nosso querido POSSANTE Berrio parece estar surfando na sua melhor fase.

    Seja como for, “nós gostamos de vc”, isso até a página 2, ou seja, preferimos o ER7.

    “Ah mas o ER7 não vai ao fundo, ele é meia, centraliza, não volta para fechar a lateral!”

    Isso não importa, o cara é craque, mas agudo do que o Diego e dono de um toque de bola fenomenal, tanto em passe como em finalizações.

    É bom o Sr. Rueda lembrar que o ER7 é o jogador mais caro contratado por essa diretoria, algo em torno de 18mi de Euros, eu disse EEEEEUUUUROSSS! Não é pouca coisa não, além do fato do altíssimo salário que o jogador ganha, e mais do que isso, ele esta no COLO DA NAÇÃO.

    Reply
    • Quantos passaram pelo Flamengo com esse status todo enumerado por vc e não deram certo?
      Todas as qualidades que vc enumerou não é garantia que um jogador vai chegar e fazer sucesso meu camarada.

      Reply
  8. Cedo para aprovar ou reprovar o trabalho de Rueda. Talvez o time esteja ainda naquela empolgação pós troca técnico. Penso que sorte caminha ao lado da competência. O time continua perdendo muitos gols. Não gosto do Pará na esquerda, e Rueda tem demorado a substituir. Ainda não vejo folego no Flamengo para ganhar o brasileirão. A CB é prioridade.
    Essa Primeira Liga fracassou, mas é uma boa chance de dar ritmo aos “encostados” Mancuello, Rômulo, Gabriel, MSavio, M.Arujo, Muralha, Geuvanio e Conca. Precisamos ver se Ele, realmente, ainda pode ser jogador profissional. Importante que ele atue , pelo menos, no segundo tempo, para avaliarmos, já que o inútil departamento de futebol do Clube não esclarece a situação física do atleta.
    Fora R.Caetano !

    Reply
  9. “Novela sem final feliz chamada Paolo Guerrero”

    Novela é aquele enredo que não vai bem mas não encontra o seu fim.

    No caso de Paolo Guerrero, seus predicados secundários e naturalmente a grife de seu nome lhe concedem benevolência hetera dos meios mais intelectualizados de opiniões do Flamengo, É UM ENCANTO DA SEREIA que seduz pelo seu engodo sofisticado chamado Paolo Guerrero.

    Dono já de 2 anos de contrato com o Flamengo, ainda lhe restam mais 1 ano de contrato para Paolo Guerrero escrever algo em suas páginas em branco na Gávea.

    Sinceramente esperar o que do Paolo Guerrero?
    Que ele se torne um grande artilheiro de uma hora para outra?
    Que ele faça gols decisivos que não fez no BR17 e na Libertadores desse ano?

    Sinceramente eu não acredito que nada disso vá ocorrer. Minha opinião sobre o craque colombiano já esta definida, com 2/3 de seu contrato já cumpridos, já dá para definir que PAOLO GUERRERO é um fracasso no Flamengo…

    Enquanto não termina seu contrato, vamos nos deliciar com seu “peito de almofada” que domina até tiro de canhão, ou com seu sofisticado toque de bola, ou quem sabe com sua raça e força de vontade, mas gols? Bem gols como o próprio Paolo disse recentemente, “não é muito a dele”.

    Reply
    • Nino,
      O festejado peruano perdeu mercado na Europa com 28/29 anos. Esquecido por lá, pousou ainda desconhecido no Corinthians, ficando famoso por fazer o gol do mundial… No time paulista não fizeram qualquer esforço para mabtê-lo e a torcida não sente qualquer falta…

      Na Europa teve carreira de jogador de elenco, nunca chegando perto de ser decisivo, artilheiro ou craque do time…

      Eis que no Flamengo atingiu uma legião de idólatras, que o acham craque por saber “dominar e girar”, embora não dê assistências, não faça gols e SUMA em jogos grandes.

      Para mim não passa de um jogador bastante comum, para compor elenco. JAMAIS deveria ser considerado craque e custar 900 mil por mês.

      Reply
    • Carlos meu amigo, acho difícil um treinador que barrasse o Guerrero. Principalmente pq não existem opções…Só mesmo se fosse um treinador muito conceitual, muito ousado…Acho que com esse perfil só teria talvez o Renato Gaúcho.

      Reply
  10. NÓS TEMOS TÉCNICO !!!
    NÓS TEMOS TÉCNICO !!!
    NÓS TEMOS TÉCNICO !!!
    NÓS TEMOS TÉCNICO !!!
    NÓS TEMOS TÉCNICO !!!

    Caro Kleber e companheiros do Blog,

    Ultimamente tenho iniciado minhas humildes postagens como acima, mesmo contrariando as muitas “viúvas” do “Zé do Vasco”, que por muito tempo, aqui nesse espaço democrático, chamei sempre de “grande Zé”, com o maior cinismos possível…

    Kleber, com toda certeza não temos como afirmar hoje se o RUEDA vai ou não dar certo no nosso querido Mengão, porém, com toda certeza, afirmo que hoje NÓS TEMOS TÉCNICO !!!

    São muito os exemplos de bons técnicos, com bons times não terem alcançado seus objetivos, sendo também verdadeiro o inverso, pois como não é novidade para ninguém, futebol não é uma ciência exata, não ganha sempre o melhor time com o melhor técnico, claro que a probabilidade de êxito é maior quando se une essas duas variáveis, mas é apenas maior e não definitiva…

    Vou citar apenas dois exemplos do nosso querido Mengão:
    > Vice da Copa do Brasil, perdendo no Maraca para o Santo André, tendo um time / elenco melhor e o Abel como técnico;
    > Campeão Brasileiro em 2009, não tendo o melhor time / elenco, nem o melhor técnico (Andrade).

    Temos muitos outros exemplos espalhados por aí, o que comprova que mesmo tendo a certeza de que o RUEDA É UM BOM TÉCNICO, não podemos ter a certeza de que dará certo…

    Agora, por que ele é um bom técnico???
    Pelos 4 jogos invictos? Por não ter tomado gols nesses jogos? Por ter classificado o time para final da Copa do Brasil?
    Também por isso, mas principalmente por NÃO FALAR PORTUGUÊS, POR NÃO CONHECER DE PERTO O FUTEBOL BRASILEIRO, OS TIMES BRASILEIROS E, PRINCIPLAMENTE, POR NEM CONHECER O PRÓPRIO FLAMENGO !!!

    Isso mesmo, por esses motivos acima grifados, fica ainda mais evidenciado, pelo menos a meu conceito, que o RUEDA É UM BOM TÉCNICO DE FUTEBOL.

    Kleber, boa parte da imprensa, dos “entendidos”, inclusive aqui nesse espaço, achavam que a mudança para um técnico estrangeiro no meio da temporada seria letal para o Flamengo, cheguei a ouvir uma entrevista do hoje chamado CONCEITUAL Renato Gaúcho, que o RUEDA DARIA ERRADO, isso mesmo, com todas as letras…

    A grande maioria não acreditava, principalmente por estarmos no meio das competições, com pouco tempo para treinos, sem o domínio do idioma, sem conhecimento mais profundo do nosso campeonato, mas o que estamos vendo???
    Estamos vendo, DAR CERTO, isso mesmo, está dando certo e agora, aqueles mesmos que eram contra, procuram minimizar o que ele fez nesse pequeno período, andam dizendo por aí: manteve os laterais mais presos na marcação, melhorou a saída de bola com dois volantes de melhor toque de bola, encurtou as linhas, aumentou a participação de todos na marcação, tornou o time mais objetivo / vertical e ainda, os times que pegamos eram fracos, enfim se tivesse dando errado, todos cairiam de pau, como não está, vamos desmerecer, depreciar, desvalorizar…

    Kleber, o que o RUEDA fez foi mais ou menos SÓ isso mesmo, pouca coisa, poucos ajustes, além de injetar muita confiança nos jogadores, agora eu pergunto:
    O QUE MAIS ELE PODERIA FAZER EM TÃO POUCO TEMPO ???

    Com certeza NADA ALÉM DISSO. E SÓ por isso, não tenho dúvida em reafirmar que hoje NÓS TEMOS TÉCNICO !!!

    Podemos perder para o Cruzeiro na final da Copa do Brasil, mas talvez sem ele poderíamos nem estar na final, pensem nisso…

    Por 14 meses tivemos um técnico (ou professor de educação física) dos chamados “modernos, estrategistas, estudiosos, etc, etc, etc…”, em 7 dias temos um TÉCNICO DE FUTEBOL que por pura observação, percebeu que o Rodinei não pode ser reserva do Pará, que o Cuéllar não pode ser reserva do Márcio Araújo, que o time não tinha transição defensiva, que o Juan (nosso melhor e mais técnico zagueiro) não pode ser reserva, porém , por sua idade, precisa ser mais protegido e por aí vai…

    Fui ao jogo no domingo, não vi cruzamentos da intermediária e vi várias jogadas de triangulações, principalmente pelo lado direito, com Arão, Rodinei e Berrío, vi o Cuéllar, por duas vezes, tentando lançamentos em profundidade para infiltrações do Arão, isso mesmo jogadas de ataque realizadas pelos volantes, interessante, muito parecido com um time Colombiano que nos últimos dois anos ganhou tudo…

    Kleber e amigos do Blog, precisamos APOIAR, INCENTIVAR, CRIAR UMA ATMOSFERA FAVORÁVEL, nesse grupo só tem formadores de opinião, se isso não ocorrer aqui, onde ocorrerá?

    Pode não ser nesse ano, mas se tivermos paciência e como bem diz o Kleber, um pouco de sorte também (não esquecer que isso é um jogo), NÃO TENHAM DÚVIDAS O FUTURO DE CONQUISTAS ESTÁ À NOSSA PORTA !!!

    Para finalizar, o auxiliar do RUEDA, o Bernardo “Kunta Kinte” Redin, é e será muito importante nesse projeto…

    SRN

    Reply
  11. Sinceramente, caro Kleber e amigos, ainda não digeri muito bem essa ideia do Rueda de que não há espaço para ER7 e Diego no time jogando juntos, até porque, o ER7 joga mais para a direita e o Diego mais para a Esquerda, portanto, não sei de onde o Rueda tirou essa de que não poderia ser possível os dois atuarem juntos. Berrío é só aquilo alí que estamos acostumados, correria e um lance que pode decidir. Já ER7 é um ótimo passador, driblador e chutador. Não dá nem para comparar com Berrío, o Bolt do futebol. E nem é o mais rápido do mundo, hein.

    Reply
  12. Kleber, não é o mérito do Rueda e sim do treinador do Flamengo. No Flamengo tudo é maior.

    É visível que o Flamengo teve um acréscimo no setor defensivo, especialmente pela entrada (e boa fase) do Cuellar e Arão. Além do fato de os laterais ficarem presos. Não vi nenhum grande jogo ainda sob comando do Rueda e nem aquele sufoco que o time do Zé Ricardo dava. Ainda assim vieram as vitórias contra adversários meia boca (Botafogo, Atlético-GO e Atlético-PR).

    Cabe destacar que o Rueda tem 10 dias no comando do Flamengo com jogos a cada 3 dias. Então não acho inteligente falar que ele mudou tudo, que fez isso ou aquilo. O time foi bem treinado pelo Zé Ricardo e agora está um pouco mais seguro com as boas fases do Cuellar (nunca jogou tanto) e Arão.

    Sobre a Primeira Liga, é a hora de botar a garotada e o Conca para trabalhar. Se passar amanhã, domingo já tem as semifinais da competição. Cabe salientar que o Flamengo foi o maior fomentador dela e há um bom prêmio financeiro ao campeão, além da chance de levar o time a outros centros como Brasília e Cariacica. Gostaria de ver o Conca, Mancuello e o pessoal da base jogando. Vai ser divertido!

    Reply
  13. Paulo Edson,nota dez para vc quando diz,” que a hora é para APOIAR,INCENTIVAR,CRIAR UMA ATMOSFERA FAVORÁVEL.Chega de “fogo amigo”,trombetas e cornetas.Já disse aqui no Blog,se não puderem aplaudir,caso não queiram,que permaneçam em silêncio respeitoso.
    O FLAMENGO é um só.!!!!!!!!!!!!
    SRN.

    Reply
  14. Helder,

    A meu conceito, o que o Rueda está fazendo nada mais é do que dar apoio, confiança e tranquilidade ao time titular que dispomos para o jogo contra o Cruzeiro, que nesse momento, é o mais importante do ano.
    Não podemos ter o ER contra o Cruzeiro, logo de que adianta colocá-lo para jogar no lugar do Berrío agora???
    Não concorda que o melhor nesse momento é dar entrosamento e confiança para o time da final???

    Depois da final, com mais tempo para treinamentos e podendo conhecer melhor o elenco e suas variações táticas e técnicas, não tenha dúvida que estarão em campo os melhores…

    SRN

    Reply

Comente.