Emoção de cabeça pra baixo

Fluminense 0 x 1 Grêmio (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)

Após os jogos deste final de semana, o que se conclui com extrema facilidade é que a emoção que reserva o final deste Campeonato Brasileiro está na parte de baixo da tabela, onde a diferença entre uma quantidade significativa de ”candidatos” ao rebaixamento é absolutamente insignificante e, neste bolo estão quatro grandes clubes.

No jogo das quatro da tarde optei por ver a partida do Fluminense. Queria ver como está o nosso adversário nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Aliás, além dessa decisão em dois jogos, teremos outro Fla-Flu, desta feita pelo Campeonato Brasileiro. O Fluminense, após o jogo de amanhã contra a Ponte Preta, será o nosso próximo adversário no Brasileirão.

Hoje, o Fluminense – que perdeu para o Grêmio por 1 a 0 – foi muito mal. O primeiro tempo, que terminou 0 a 0, foi uma grande mentira. Diego Cavalieri, reassumindo a condição de titular, operou pelo menos quatro milagres. No segundo tempo, o Fluminense voltou melhor, mas mesmo assim, ainda ruim. Pelo que vi, aconselho aos meus amigos tricolores que estoquem Rivotril… O fantasma do rebaixamento está namorando o tricolor carioca…

No sábado, vi o empate do Vasco com a Chapecoense e, ao final do jogo que terminou empatado em 1 a 1, algumas conclusões ficaram claras.

O futebol brasileiro está muito parelho e nivelado por baixo. Um time pequeno bem arrumado consegue encarar a maioria esmagadora dos times grandes. O motivo é simples: falta de talento. Quando um time se fecha todo, como a Chape fez contra o Vasco, este ferrolho só pode ir para o espaço se o time adversário tiver jogadores diferenciados. Como o Vasco só tem um…

Esta linha de raciocínio me remete ao Flamengo. Neste deserto de grandes talentos, como não se colocar para jogar Diego, Éverton Ribeiro e Vinícius Júnior?

E, antes que alguém venha dizer que Vinícius Júnior é muito garoto e, quando têm entrado não tem jogado o que dele se espera, contra-argumento, afirmando que não se abre mão de talento, quanto mais nos dias de hoje. Vinícius Júnior sentindo apoio e tendo crédito do treinador, vai ganhar confiança e, jogar o que já vimos na Seleção Brasileira.

Em síntese, hoje em dia, desperdiçar talento é pecado mortal.

Me explico, señor Rueda?

1 Comentário

  1. Caro Kléber e amigos!
    Bela postagem!
    Este ano o campeão será o time mais aplicado taticamente e sem nenhum lampejo de craque. Por enquanto, muito difícil alcançar o Corinthians, que sabemos, não tem lá essa maravilha de time.
    O futebol realmente esse ano ficou mais esquisito. Esperamos muito do Atlético de BH e nada. Esperamos muito do nosso Flamengo e mais uma água. Vide Palmeiras na mesma situação. Percebo hoje também um misto de desmotivação nas equipes, sendo que essa grande diferença do primeiro colocado ainda no turno anterior, coloca o restante do campeonato meio que em banho Maria. As emoções travam. As emoções ficam sem água nos olhos ou um grito maior na garganta. Pode ser até uma fórmula justa esse modelo atual, mas, o ano de 2017 vai acabar como começou, ou seja, um dispara e ninguém mais alcança. A gente faz de conta que tem emoção.
    Quanto aos talentos, cada vez mais raros. Cada vez mais raro se destacar laterais ou um camisa 9. O nosso futebol já foi mais solto e hoje, o tal da intensidade do Tite predomina em quase todos os times. Os craques por aqui vão surgindo de uma jogada ou outra. Nada mais que isso.
    Acredito que o grande craque do Brasil esse ano será a Polícia Federal. No futebol, os grandes times estão algemados, seja por falta de bom planejamento ou por histórias de ficção.
    SRN

    Reply
  2. Resultados de Botafogo, Cruzeiro e Palmeiras foram bons para o Flamengo. Espero que a gente aproveite e vença a Ponte Preta. Pena é esse horário e dia ridículos de segunda-feira, às 20h.

    O tão falado aqui Luxemburgo tem 1 ponto no returno. O Vitória, que quando venceu o Flamengo foi uma hecatombe, está na quinta vitória seguida fora de casa. Estava vendo Cruzeiro e Corinthians e desisti tamanha pelada.

    Reply
    • Luxemburgo não ganha nada grande desde 2004. Inegável que foi um grande treinador, mas passou a perder para o seu maior adversário (ele próprio, tamanha a sua vaidade).

      Reply
    • Isso não quer dizer nada, nadinha meus caros e ilustres Henrique e Diego.

      Futebol por vezes é uma receita de bolo improvável, improvável na maioria das vezes, provável na minoria das vezes…

      É só verem os recentes casos de Muricy Ramalho no Flamengo e Renato Gaúcho no Grêmio!

      O que importa mesmo é a identificação do profissional com o clube, isso é 90%.

      Reply
  3. Ótima postagem Kleber, contudo ouso discordar em apenas uma questão.

    O Corinthians está louco pra entregar a paçoca, acabou a gasolina e o Santos vem ganhando moral e sobretudo, como se viu ontem, o fator sorte está soprando na Baixada Santista.

    Sendo muito honesto e sincero prefiro mil vezes ver o time do Pelé campeão e por isso a minha esperança e discordância do brilhante texto, torço para que tenhamos emoção também na ponta da tabela e que o Flamengo ajude o Santos fazendo o seu dever de casa contra o Corinthians aqui no Rio.

    Infelizmente, temos todo ano um carioca namorando a zona de rebaixamento, desta vez os tricolores…. o que não deixa de ser bom para o Flamengo, pois eles não deverão poupar jogadores no brasileiro até o jogo da sul-americana.

    Agora é ficar na torcida para passar o botafogo na tabela amanhã.

    SRN

    Reply
    • O Time do Santos é ridículo. Se vc assistir os jogos eles tomam pressão 90 minutos. Se apoiam em um goleiro/craque e em uma retranca exagerada. Lá na frente tem o Bruno Henrique que joga muito bem e o R. Oliveira que não está na sua melhor fase mas tem faro 700x mais aguçado para o gol do que o nosso melhor atacante.
      O problema ou qualidade desse time é que quando surge a oportunidade de arriscar e fazer o gol eles tem imensa categoria e um índice de acerto muito bom. Oposto ao trabalho de Flamengo e Palmeiras. Times que tem uma enorme posse de bola mas que não traduzem isso em gol. Tudo isso aliado ao Diego em péssimo momento e a um Berrío que vê a bola como uma surpresa, como se a esfericidade da mesma fosse a maior novidade da vida dele, técnica e o nome dele (Berrío) NÃO deveriam habitar a mesma frase. Mas ainda vejo o Cafeteiro com mais sangue do que muitos nesse elenco, que estão na sua frente rumo a barca de dispensas.

      RESUMINDO- O SANTOS NÃO MERECE SER CAMPEÃO. Pois é um insulto ao Brasil ter um campeão com um futebol tão medíocre

      Reply
  4. Queridíssimo KL, muito comovente ver o seu esforço em publicar o post de hj.

    Um domingo de pouca inspiração, sem Flamengo, com o Grêmio na cabeça na Libertadores, e nos aqui assistindo um campeonato que fora decidido ainda no 1o. turno da competição, exibindo um virtual campeão que não esta jogando BULUFAS!

    E de se parar para pensar….Señor Rueda! Que buesta!

    Reply
    • Alias o Sr. Rueda resolvou sair daquela postura de “boneco de ar de posto de gasolina” que vinha apresentando até agora, abriu o verbo em entrevista recente…

      Saudamos o fato do Sr. Rueda demonstrar um pouco de quem ele é de fato, mas nesse caso seria melhor ter ficado de boca calada.

      Reclamou da imprensa! Da imprensa meus senhores! Ai não dá mesmo, o cara quando abre a boca é para reclamar da imprensa?

      E pior, questionou a mentalidade do nosso futebol, citando de que não acreditava que tivéssemos elegido o Sr. Muralha como bode expiatório para perda da Copa do Brasil.

      O Sr. Rueda de fato tem alguma razão, mais culpado que o Muralha foi quem o escalou para as cobranças de pênaltis. Mais culpado foi quem fez o planejamento de jogadores que fez o time jogar com 2 times simultâneamente, uma da Copa do Brasil e outro do Brasileirão. Mais culpado que o Muralha foi quem treinou e escalou esse time.

      Se liga señor Rueda!

      Reply
  5. “O Caso Tabet”

    Famoso por participar do programa do Luciano Hulk (sic) por anos, Tabet se motorizou por ser dono do Porta Dos Fundos que é exibido no Youtube. Como se não bastasse, tbm é dono do KibeLoco.

    Se eu não me engano o rapaz tem vivido de “humor” nestes últimos anos.

    Pois bem, onde estava o humor dele quando investiu contra o Jornal Extra, que fez um “justificado e merecido humor” (ridicularização) com o pífio desempenho do nosso herói Muralha?

    Impedir o Jornal O Globo e Extra de fazerem perguntas na última coletiva de impressa do Rueda? Tem cabimento isso? De onde partiu isso? Estaríamos vivendo uma espécie de “São Jaunuarização da Gávea”?

    Pois bem, sai a notícia que nosso glorioso herói e bem humorado Tabet (desde que o humor seja nos olhos dos outros) fora demitido de sua coluna no Jornal O Globo! Nada mais justo não é meus Srs.

    O cara vai contra seu próprio ofício (que é comunicar), contra suas próprias convicções, que é fazer humor. Vai contra o veículo que o “emprega”, francamente Sr. Tabet!

    O Sr. é bom mesmo em fazer humor com os outros, como diretor é ridícula.

    No momento temos um Centro de Inteligência que orienta o Muralha a pular para um canto só em cobranças de pênaltis, e pasmem, com o adversário ciente disso (então é pq vazou né?). Temos um vice de futebol que acho como Eurico Miranda.

    Tá preta a coisa….

    Reply
  6. Prezados,
    Eis que o time do Levir Culpi apresenta uma ótima campanha (se não fosse o início irregular, o Santos certamente estaria mais perto na briga pelo título)… Tirando o trabalho ruim no zoneado Fluminense, o Levir vem fazendo ótimas campanhas nos últimos 4 anos. Em pensar que ele estava desempregado na época da vexatória eliminação do Flamengo da Libertadores/2017 e do período de declínio do limitado Zé Ricardo. Era o treinador que daria forma neste nosso elenco.

    Reply
    • Não amigo. Assista aos jogos do Santos. É um futebol medíocre. Eles tomam pressão os 90 min e uma bola decidem. Claro há capacidade neles daqual inexiste na Gávea. Mas seria ruim ver um time com um futebol tão fraquinho ser campeão

      Reply
  7. Caro Presidente, vai ser muita emoção no final da tabela, felizmente não vamos participar disso, por sinal lugar onde nunca deveríamos ter passado.
    Fiquei pensando e procurando, qual o jogador diferenciado do Vasco ? Honestamente não conseguiu descobrir, e olha que procurei.
    Sobre “o caso Tabet”, acho o direito de imprensa uma coisa sagrada, porém daí a vir desmoralizar um atleta, atingindo em cheio ao Flamengo foi demais! Alguém tinha e tem que tomar atitudes quando a mídia é facciosa, tendenciosa e principalmente mentirosa. Muralha passou a ser o culpado pela perda da Copa do Brasil, quando de fato foi o Thiago quem falhou!O Diego que perdeu pênalti! E no jogo seguinte Muralha não levou gol. Quanto ao Rueda, vejo alguns se vingando em função da saída do Zé Ricardo, que por sinal nada vem fazendo no Vasco. Quanto ao Vinícius Júnior, tem que entrar e mostrar que é diferenciado, não adianta ser craque só nas categorias de base, já vi muito disso… até acredito no potencial dele, mas tem que entrar e mostrar ao que veio…o que até agora não foi feito.
    SRN

    Reply
  8. “O fascismo da política do cala boca”

    A política do departamento de comunicações da Gávea é a atualmente a da intolerância contra críticas e visões antagônicas a direção do clube.

    Não é de se espantar! É só lembrar o que pensa o nosso ilustre EBM quando se referiu ao repórter Mauro Cezar com anti-rubro negro por ser entrevistado mais agudamente pelo repórter.

    Márcio Braga e Kleber Leite foram dois presidentes que se comportaram o tempo todo como genthlemans nesse sentido, até mesmo a Patrícia Amorim deixou o cargo sem manchas visíveis.

    EBM bate boca com torcedores, manda a imprensa calar a boca, recreia críticas com uma postura beligerante contra a imprensa!

    Contra a imprensa? Mexeu com o vespeiro meus caros.

    Se a oposição tinha “vozes” agora ela tem uma mega-phone com a ressonância que virá por parte dos órgãos de comunicação.

    “Desconstruindo EBM”.

    Reply
  9. “Boneco de Posto de Gasolina”

    Se já haviam contratado um “boneco de posto de gasolina” com técnico, com os mais recentes e condenáveis episódios do departamento de comunicação da Gávea, me arrisco a dizer que esta “ENCERRADA ERA EBM”.

    O ano de 2018 de seu último ano de mandado será um ano protocolar para o presidentes que viabilizou as mais profundas e necessárias reformas no clube, uma pena que termine assim, “como um boneco de ar”.

    Reply
  10. Caro Kleber,
    Tenho uma dúvida, se sabíamos que neste período tinha uma janela para as eliminatórias, porque não foi antecipado para sábado ou domingo este jogo contra a Ponte, é um jogo importante e vamos jogar desfalcados de titulares importantes.
    Só nos resta rezar mais uma vez hj à noite
    Saudações

    Reply
    • em relação ao jogo ser hoje, me parece ser imposição da TV… acho que a pergunta é : Tentaram a liberação de Guerrero, Trauco e Cuellar? visto que o Diego foi liberado. Ainda pensando, será que o Guerrero, nesse momento dificil, não poderia se empenhar em jogar esse jogo de hj?

      Reply
    • Querido Rada estava pensando em escrever um post com a mesma ideia do seu : Será que ninguém, digo RC, Mozer e outros não perceberam que haveria jogos decisivos das eliminatórias nesta semana ? Duvido que se fosse o Corinthians, o Palmeiras ou qualquer outro com um pingo de inteligência e observação , não pleiteasse a antecipação do jogo. Mais uma bola fora e ganham muito bem para isso.

      Reply
    • Prezados,
      Impressionante que este fato de “data FIFA” x “calendário brasileiro” já é reclamado pelos clubes e mídia há mais de 10 anos, mas a CBF nunca conseguiu realizar algo minimamente organizado.
      Na verdade só pioram, pois além do Campeonato Brasileiro, neste ano também lançaram uma data do primeiro jogo da final da Copa BR para dois dias depois de jogos das eliminatórias. É muita incompetência!!!
      De fato a Diretoria do Flamengo papou mosca, mas não podemos fechar os olho para a desorganização do calendário do nosso futebol!

      E para 2018, teremos jogos do Brasileiro dois antes do início da Copa do Mundo.

      Reply
  11. Ouvi dizer que o R.Rueda é leitor do blog, comentou nos bastidores após a última publicação: “El presidente Kleber Leche, Egon y el amigo Nino están muy nerviosos. Voy a escalar el Gabriel Peteleco y Lucas Paquetá para calmar a los animos. ¡Este Vinicius Jr. juega nada!”

    Calma, amigos!

    Reply
    • Diego,

      Em recente coletiva de impressa, Reynaldo Rueda reclamou veementemente da impressa esportiva no Brasil:

      “Este periodista hija de puta de Nino vive escribiendo cariños voladores sobre mi persona, y de esa manera no puedo desarrollar mi trabajo en el Nido del Urubú.”

      Interrompido pelo VP de Comunicações do Flamengo Antônio “Tabef” (Tabef nos órgãos de impressa): “Mas Rueda, esse tal de Nino é apenas um torcedor maluco anônimo que escreve no Blog do Kleber Leite, só isso!”

      Prosseguiu o Rueda:

      “Ah sí, sí …. no es periodista? ¿Es sólo un aficionado anónimos?

      Gracias a Dios, así ahora puedo desarrollar mi trabajo tranquilamente, venceremos todo de aquí en adelante, pero sólo de aquí en adelante!”

      Reply
      • Kkkk…
        Ainda bem que a confusão foi desfeita, agira R.Rueda pode iniciar seu trabalho no Flamengo…
        Nada é tão ruim que não possa piorar.

        Reply
        • Diego, nosso temores se tornaram realidade bem mais cedo do que imaginávamos….

          Mais do que temores era uma absoluta certeza que essa diretoria iria torna a situação pior do que estava com o ZR, e aconteceu isso mesmo!

          Mas quero te alertar que ainda não é o pior, o time me parece em um viés de baixa difícil de reverter, perdendo gols (como é de costume), criando pouco e sem vida, sem raça, sem vontade.

          Minha torcida é para não encostarmos no Z4 agora, sinceramente falando, a coisa tá feia meu caro!

          Reply

Comente.