O preço da teimosia

Flamengo 0 x 0 Vasco (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Minha avó Corina sempre repetiu pra mim o que ela ouviu da avó: “Errar, é humano. Persistir no erro, é burrice”.

Quem viu o Fla-Flu, e tem uma mínima noção de futebol, concluiu que o Flamengo jogou com 10 jogadores em função da esdrúxula atuação de Paquetá, escalado para ocupar o lugar de Guerrero.

O que o Fla-Flu sinalizou? Simples. Que houve um erro de avaliação, pois não havia a sintonia fina entre as características do jogador e a posição em que foi escalado.

Rueda ignorou a sinalização do Fla-Flu e, errou de novo escalando Paquetá como centroavante. Errar, entendemos. Continuar errando e, no Flamengo, é insuportável aturar.

E não vale o argumento de que Vizeu não é bom jogador ou, não atravessa boa fase. Da mesma forma que, Vinícius Júnior ali, também seria uma improvisação. Mas caramba, seria uma tentativa mais pertinente, pois Vinícius é um atacante. Até o Rafael Vaz de centroavante poderia se aturar a “invenção”. Agora, colocar em campo o que se sabe que não vai dar certo, é demais…

E, não esquecer que jogamos contra um time limitadíssimo tecnicamente, embora, agora com Zé Ricardo, muito bem arrumado.

Voltando ao tema anterior. Jogando vinte minutos, Vinícius Júnior deu um gol feito para Vizeu e, em jogada individual, foi derrubado na entrada da área. Infelizmente, Diego bateu mal.

Por falar em Diego, o nosso ponta de lança está jogando muito longe da área. Não joga como um ponta de lança, como deveria, e sim como um armador.

Nosso goleiro, além de muito bom, tem sorte. Laterais, nota 5. Zaga de área, perfeita. Arão, melhor do que Márcio Araújo. Diego e Éverton Ribeiro, discretos. Éverton, só a disposição de sempre. Paquetá – ou melhor, Rueda que o escalou – difícil de aturar. Vizeu perdeu gol feito, e Vinícius Júnior deixou claro que, pelo raro talento nos dias de hoje, tem que jogar.

No próximo final de semana o Flamengo vai a Porto Alegre jogar contra o Grêmio. O Vasco recebe o Vitória da Bahia, no Maracanã.

O perigo continua rondando a nossa área. E a teimosia continua. Até quando?

1 Comentário

  1. É o preço que pagamos, caro Kleber, por não ter ninguém no comando do futebol. Aquilo ali está jogado ao acaso.

    Com esse tipo de futebol apresentado, arrisco-me a dizer que o Flamengo não ganha a Sulamericana. Nosso único caneco esse ano será o Carioca, nada mais.

    Vejo Diego sobrecarregado. Ele não joga mais adiantado, ela volta para buscar jogo. Aí mata qualquer contra ataque que porventura poderia ocorrer, até porque a bola, religiosamente, tem que passar pelo seus pés.

    Vinicius Junior jogou pouco mais de 15 ou 20 minutos, mas jogou muito mais que Paquetá nos dois ultimos jogos.

    Nossos dois principais jogadores estão numa fase de dar desgosto. Como são acima da média, numa ou noutra jogada podem decidir. Essa é a diferença que o talento acrescenta.

    De grão em grão, como dizia a vovó, a galinha enche o papo. E assim vamos nós buscando os pontos que vão garantindo nossa vaga na próxima Libertadores. Como não subimos, mais gente vai chegando perto.

    Reply
  2. Presidente faço as minhas suas palavras..paquetá e um meia nao tem condicoes de jogar como centroavante..perdemos o jogo por nao termos um centroavante de oficio…na Quarta-feira que venha vizeu ou lincon..sudaçoes Rubro Negras

    Reply
  3. Caro Kleber,
    Usando uma frase muito usual nesse blog querido, NÃO TEMOS TÉCNICO!
    E também, NÃO TEMOS TIME!
    Muitos se iludem em afirmar que temos o melhor elenco do Brasil. Piada!
    Vamos lá:
    Goleiro: Diego Alves: Baita goleiro (só temos ele)
    Lateral Direita: Pará/Kleber (base): Sinceramente, no futebol brasileiro acima do Pará, só vejo o Edilson, do Grêmio. O resto é tudo japonês. (vou ser massacrado)
    Zaga: Réver/Rodolpho/Juan/Léo Duarte: Estamos bem nesse setor.
    Lateral Esquerda: Não temos ninguém em condições de jogar nesse time. Temos uma bela opção que é o Everton Cardoso.
    Meio Campo: Cuellar/Arão/Ronaldo (esperança). Precisamos de alguém mais qualificado.
    Ponta de Lança Armador: Diego/Ewerton Ribeiro: Nenhum dos dois executa essa função. Diego, como já disse aqui várias vezes, na minha opinião é apenas um bom jogador, nada mais do que isso. Ewerton Ribeiro não está rendendo porque está sendo obrigado a marcar. Ele tem que “flutuar” sem obrigação de marcar.
    Atacantes: Só temos um, chama-se Vinícius Jr. Não temos mais ninguém. Por isso, esse time é chamado de Arame Liso.
    Ah! ia me esquecendo, também não temos um Diretor de Futebol.
    Essa é a nossa realidade.
    Um abraço.

    Reply
    • Acho que vc esqueceu do Fagner do Corinthians. Tem também o Daniel Guedes, garoto do Santos que já ganhou a vaga do Vitor Ferraz por lá. E com boa vontade eu citaria o Jhonatan do CAP que por conta de lesões não está no patamar que merece.

      Sobre o nosso time, por isso vejo a necessidade de trazer peças que faltam, tanto para recompor como pra serem fundamentais nesse elenco.

      Wilson ( goleiro experiente do coxa, cria da base do Flamengo, vem a pelo ao menos 3 anos fazendo campeonatos regulares, para reserva seria excelente)

      Marlon ( zagueiro da Ponte. Concordo com vc que estamos bem servidos nesse setor mas prevendo lesões seria importante ter um garoto bom de bola. Certamente ele é um dos destaques da Ponte e também é cria do Fla)

      Rafinha (chegaria para ser titular do Bayer)

      Zeca (bom lateral do santos, sabe defender melhor que o Renê e atacar melhor que o Trauco)

      F. Mello (falta um jogador assim nessa equipe, é experiente e em caso do Arão dormir em campo, colocaria ele junto com o Cuéllar)

      R. Augusto (também não o vejo como um dez clássico, mas tem mais capacidade de dar um último passe do que nossos atuais meias, além de gostar de finalizar de longe)

      Tardelli, Fred, Hernane(pq nosso time não sabe fazer gols)

      SRN

      Reply
      • Ivan, respeito sua opinião e concordo praticamente com tudo, porém, divirjo quanto ao Fágner. Acho ele um péssimo marcador desde a época do Vasco e também não vejo muita diferença no quesito ofensividade.
        Quanto ao ataque, não é que não sabemos fazer gol, é que não temos atacante que os faça e também um autêntico camisa 10 (quem seria?) que saiba municiá-lo. Basta ver no jogo de ontem os dois gols perdidos, um com o Paquetá e o outro com o Vizeu. E ainda temos o Guerrero, que é outro que poucos gols consegue fazer.
        Creio que uma experiência com o Everton Cardoso na lateral e a entrada do VJ na esquerda, seria uma boa opção para o momento.
        Um abraço.

        Reply
        • Concordo plenamente amigo. A verdade é que o nível técnico do futebol brasileiro é horroroso. E que na posição de lateral direito mesmo com as limitações o Fagner é o melhor do Brasil mas respeito sua opinião.

          Hoje o Wilson goleiro do coxa fez uns milagres, pegou dois pênaltis. Certamente seria um baita reserva para o D. Alves.

          Sobre os atacantes. Acho que o Flamengo devia investir pesado, monitorar os principais campeonatos do mundo é trazer um GOLEADOR nato! Inovando assim no mercado brasileiro que só contrata brasileiros em decadência ou destaques sulamericanos. É hora do Flamengo trazer um atacante respeitado mundialmente por fazer gols e não por fazer “parede” ou “pivô”. Sabemos que trazer alguém de “ponta” de um campeonato inglês, francês ou Espanhol é difícil.
          Mas existem mercados de segundo plano que o Flamengo nunca explorou e que certamente tem goleadores, a questão é mapear no Mexicano, italiano, Turco, chinês e porque não no Americano que conta com estrelas com uma certa idade mas que no futebol atual idade já não quer dizer muito (Vide Juan ou voltando um pouco mais no tempo, Romário que foi artilheiro no Flu com uma idade considerada avançada)

          SRN

          Reply
  4. NÃO TEMOS TÉCNICO!

    Não acho o Vizeu brilhante, mas não tenho memória curta e tão pouco sou mal agradecido ao garoto pelos gols importantes em 2015 e até mesmo boas atuações naquele ano.
    Vizeu é vítima da ma administração! Simples assim.
    Ele vinha do título da copinha, com a confiança lá em cima e o que fez a diretoria, o “centro de inteligência”? Contratou o Damião e encostou o Vizeu por um ano, sem oportunidade, jogando muito pouco, não há ritmo, tão pouco confiança… eu entendo essa péssima fase do Vizeu, não que ele seja a salvação da pátria, não é isso! Apenas não pode ser culpado integralmente por estar funcionando como zagueiro do time adversário.

    Entre dar sequência ao profissional da posição e uma invenção comprovadamente errônea, nossa professor pardal segue inventando, demora para substituir… eu não aguento tanta apatia!

    Juan um monstro novamente!

    O resto do time, ninguém acima da nota 6, com a exceção do paquera coitado que não dou nota 2.

    Na próxima rodada o Vasco tem tudo para nós ultrapsssar, aí eu quero ver.

    SRN

    Reply
  5. Kléber, concordo com o que postou anteriormente é o que indagou neste post, o time do Flamengo carece de ter os jogadores certos na posição certa.

    “Se me coubesse escalar, começaria com Vizeu, deixando Vinícius Júnior preparado para entrar. De resto: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Juan e Trauco; Márcio Araújo (pois Cuellar está suspenso), Arão, Diego e Éverton; Éverton Ribeiro.”

    Agora concordamos 100%. Talvez se escrevessemos em espanhol, essa mensagem chegasse.

    Escalações a parte, não vejo problemas de organização tática no time, vide que estamos com uma maior segurança no sistema defensivo, mesmo com três a frente, ao contrário do que estava ocorrendo. Mas, assim com em 2016, sinto falta de um meia atacante – de verdade – nesse time, já que pra jogar sem um goleador, é imprescindível algum meia que façam gols. E talvez Ederson poderia ser essa peça que falta no ataque. Fica pra montagem do time de 2018, e que além dele, os bons ventos tragam um lateral dir, volante e um goleador para o elenco.

    Reply
  6. Kléber, concordo com o que postou anteriormente é o que indagou neste post, o time do Flamengo carece de ter os jogadores certos na posição certa.

    “Se me coubesse escalar, começaria com Vizeu, deixando Vinícius Júnior preparado para entrar. De resto: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Juan e Trauco; Márcio Araújo (pois Cuellar está suspenso), Arão, Diego e Éverton; Éverton Ribeiro.”

    Agora concordamos 100%. Talvez se escrevessemos em espanhol, essa mensagem chegasse.

    Escalações a parte, não vejo problemas de organização tática no time, vide que estamos com uma maior segurança no sistema defensivo, mesmo com três a frente, ao contrário do que estava ocorrendo. Mas, assim como em 2016, sinto falta de um meia atacante – de verdade – nesse time, já que pra jogar sem um goleador, é imprescindível algum meia que façam gols. E talvez Ederson poderia ser essa peça que falta no ataque. Fica pra montagem do time de 2018, e que além dele, os bons ventos tragam um lateral dir, volante e um goleador para o elenco.

    Reply
    • Hoje, com Rueda, o Rubro-Negro apresenta evoluções nítidas, como na defesa.

      https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/rueda-melhora-defesa-e-aproveitamento-do-fla-ze-tem-inicio-melhor-em-rival.ghtml

      O aproveitamento de Rueda em 10 jogos no Brasileiro é superior ao de Zé, que ficou no Flamengo durante as 19 partidas no primeiro turno. Rueda conquistou 56% dos pontos – 17 em 30 disputados. O que significaria, hoje, ser o quarto colocado no Brasileiro. O Grêmio, em quarto, tem aproveitamento um pouco inferior (55,6%).
      Nos 57 pontos disputados pelo Flamengo, Zé somou 29 em todo o primeiro turno – 50,8%.

      Reply
      • Não sei se passou o tempo de Vanderlei ser técnico de futebol, mas no Flamengo de 2019, seria bem vindo como Manager no lugar do Rodrigo Caetano e, saberia montar um time, pois conhece as minúcias na montagem de um time. Lembrar que era e é de responsabilidade da Diretoria contratar meia atacante e atacante, depois do afastamento prolongado de Ederson e da liberação de Damião na composição do elenco.

        Reply
  7. Diego e E. Ribeiro estão muito abaixo,o time com Paqueta perde a ofensividade, e o mesmo perdeu um gol no primeiro tempo, Vizeu- o que tá acontecendo com esse rapaz, sem tempo de bola, pesado demais.Guerreiro faz muita falta neste time.VJ não pode ser reserva de Paqueta dos dois Evertons, de jeito nenhum,o cara mais talentoso do time, jogador que pode em uma jogada decidir a partida.Nosso Rueda poderia nos dez minutos finais, com um jogador a mais ter tirado Marcio Araujo e colocado Mancuelo para ter uma melhor saida de bola,mas não o fez, é um técnico retranqueiro.Enfim o elenco não tão bom e completo como apontava alguns.
    SRN

    Reply
  8. A coisa boa desse time e o goleiro e o Juan. O resto esta um nivel muito baixo. Gostaria de entender o que se passa com o Diego. Virou um perna de pau no melhor estilo, uma verdadeira enceradeira.
    O Rueda e uma brincadeira de mau gosto. Inventar o Paqueta de centroavante e sacanagem, principalmente depois de tantas experiências infrutíferas. Parabenizar joagdores pela entrega apos um jogo bisonho e patetico contra um adversário mambembe tb so pode ser zoacao.
    Paqueta nao e centroavante. Essa experiencia maluca pode queimar o cara. O Vizeu e fraco, mas sua confianca esta muito baixa. Seu processo de fritura começou com o ZR e segue com o Rueda. Incrivel! Flamengo rejeitou uma oferta da Lazio de 5 milhoes de euros apos o Sul-americano sub20 para transforma-lo no mico do ano. Que administração de M!
    Acho que passamos pelo FluminenC mas nao da para cravar. Mas com esse nível de futebol nao da para passar do Junior e nem na final ganhar do Independiente, se a bola deles for mesmo a que apresentaram no meio da semana.
    Quero ver o que o Prof Pardal vai inventar na montagem do elenco ano que vem. Precisamos de grande reformulação.

    Reply
  9. Por favor, mudem o disco, afinal AGORA TEMOS TECNICO. Não adianta chorar o leite derramado. Uma parte significativa da torcida ia ao estadio criticar certos jogadores e nosso tecnico de então e com muito barulho conseguiram o que desejavam, mas parece que agora voltam-se contra o escolhido por eles, em redes sociais. Vi por muitas vezes aqui mesmo no espaço cedido pelo presidente, a insatisfação com Guerrero e afirmações que Damião não podia jogar no Flamengo, sendo Vizeu o melhor dos tres. Ledo engano. Vizeu pode vir a ser um grande atacante, agora é apenas um “atacante grande”. Tenho uma ideia: coloquem no lugar do Guerrero em sua ausencia, o Lincon para vermos ate onde vai.

    Reply
  10. Boa noite, amigos.
    Vamos comemorar!! Escapamos do rebaixamento!!
    Com um ataque, onde o titular faz apenas papel de pivô, o reserva imediato ( na cabeça de Rueda) é Paquetá, que além de não ser grande coisa, ainda joga fora da posição, e o outro é o horrível do Vizeu, estamos até bem posicionados na tabela(kkkk). Concordo com Kléber, quando diz que Diego está jogando muito longe da área. Até Márcio Araújo finalizou mais em gol do que Diego ( nunca imaginei isso nem nos meus piores pesadelos). Será que Éverton Ribeiro desaprendeu a jogar?? Não acerta nada. Erra passe de meio metro.
    Agora, como Juan joga bola!!! Desarma com enorme categoria.Pode sair do jogo com o Manto, e ir para uma festa sem tomar banho.
    Se o Flamengo vai continuar jogando essa bolinha, é melhor ser eliminado pelo flu, para não passar vergonha contra o Junior Barranquilla.
    SRN.

    Reply
  11. Até quando a teimosia? Até sermos eliminado da Sulamericana e não termos mais chance no Brasileiro. Caros amigos, infelizmente o time do Flamengo é medonho. Não tem uma única jogada ensaiada, uma triangulação, não tem nada que se aproveita. O Diego só sabe recuar a bola para os zagueiros. E os laterais? São horríveis. Para 2018 precisamos de uma completa reformulação, não dá para Flamengo ter em seu elenco jogadores como: Pará, Rodinei, Trauco, Vaz, Marcio Araújo, Muralha, Arão(como tem preguiça esse rapaz), Mancuello, Gabriel, Vizeu, Paquetá, Geuvânio, Berrio e Everton cardoso ( tá na hora de procurar novos aires. Já deu). O Guerrero parece os médicos de rede pública no Brasil, só vive de atestado médico. Joga um jogo e fica três sem jogar, em média.

    Reply
  12. Caro Presidente, temos muito mais em comum além de nossas avós se chamarem Corina. Por isso estou sempre aqui lendo suas análises e concordando com elas. Esse Professor Girafales ainda não percebeu que se rodarmos na Sul Americana pro Flu e formos ultrapassados pelo Vasco no Brasileiro que abandonamos, ele vai rodar. E continua insistindo com o pobre do Paquetá, o Márcio Araújo dele. Concordo com os colegas que dizem que não temos elenco, muito mal temos um time razoável e nossos melhores jogadores vem atuando abaixo da crítica. Diego vem errando demais, naquela bola que chutou em cima do Wellington no final poderia ter cortado o vascaíno pra dentro ou servir o Vinícius JR que ia ficar livre, nunca chutar. E assim, de empate em empate, vamos ficando no meio da tabela. Com um pingo de disposição estaríamos a poucos pontos do despencado Corinthians. SRN

    Reply
  13. Pelo menos o time mostrou raça e vontade de vencer. Faltou competência.
    Vizeu abusa de perder gols , Paquetá tenta mas não sabe jogar de centroavante, Diego e E.Ribeiro discretos, pouco criara; Arão e M.Araujo não se pode esperar grande coisa…
    E os nossos laterias não acertam nada ! Apenas Juan nos enche de orgulho…impressionante seu talento e vigor.
    O tal do RUimEDA, o gênio colombiano, erra demais. E demora muito a mexer. E.Ribeiro se arrastou apos os 15 do segundo tempo , mas o treineiro preferiu “morrer” com a ultima substituição, mesmo o Vasco com um a menos… Nosso time continua sem variação tática e sem jogadas ensaiadas. Com isso, o G4 , que era obrigação, vai ficando cada vez mais distante…a sequencia no brasileirão é deveras complicada.
    E quarta feira já tem clássico de novo…. Que São Judas Tadeu nos ajude, porque se depender só do nosso departamento de futebol…..será um fiasco !
    Fora R.Caetano !!

    Reply
  14. Flamengo pode contratar Guardiola, Tite, Parreira e, até São Judas Tadeu. Mas quem resolve dentro do campo são os nossos aleijados…
    Saímos da Libertadores pela quantidade de gols que perdemos contra Atlético Paranaense e Católica. Em 2016, jogamos o campeonato no lixo, pelo mesmo motivo. É evidente que Rueda está completamente perdido. Mas assim como Zé, não é culpado por oportunidades claras que não são aproveitadas.
    Falo isso desde o 1° dia do Blog. E não muda picas!!!
    Prestando um pouco mais atenção a uma das nossas cerejas, dou inteira razão ao KL e Luiz.
    Diego é um funcionário público concursado. Deitou nos louros e virou nossa nova enceradeira…
    Zero de objetividade!!!
    O troféu Óleo de Peroba vai para a draga Paquetá.
    Após perder a bola do jogo, rasteirinha, saiu pedindo incentivo a torcida.
    Cara de pau do cacete…

    Reply
    • Meu grande amigo Egon.
      O caso Diego e realmente curioso, ele parece mesmo uma enceradeira, mas eu particularmente acho que ele está fora da posição que mais rende, naqueles 20m finais do campo, lembra do jogo contra o Bahia o gol que ele fez? Então, bastou Tuta sair e ele adiantar pro time ganhar velocidade e objetividade, sei lá e apenas um palpite….mas concordo que ele atualmente parece um funcionário público concursado kkkk

      Não sei o que foi pior o gol perdido pelo Paqueta ou o recuo de bola do Vizeu cara a cara com o Martin……
      Abs

      Reply
      • Meu grande parceiro Rafa!
        Palpite absolutamente correto.
        Não havia lembrado disso. Jogando mais perto do gol, pode funcionar com mais objetividade já que sabe chutar. Assinado, irmão…
        “Lembra do jogo contra o Bahia o gol que ele fez? Então, bastou Tuta sair e ele adiantar pro time ganhar velocidade e objetividade, sei lá e apenas um palpite….”

        Reply
    • Concordo Egon , desde 2016 faltam atacantes goleadores, jogadores que decidam, que coloquem a bola pra dentro. Não temos ninguém no elenco com estas características.

      Reply
      • Meu irmão Leandro.
        O último atacante que tivemos que fazia 9 em 10 oportunidades, foi Hernane em 2013. O curioso, é que se trata de um perna de pau, mas que perdia poucos gols.
        O que não significa absolutamente nada. Dario foi campeão do mundo e Zico jamais…

        Reply
    • Caro Egon, olha a pérola dita pelo Diego após o jogo:
      – Após a partida, o meia Diego afirmou que o Rubro-Negro foi “dominante” e que, embora a vitória não tenha acontecido, acredita que a equipe da Gávea fez um “grande jogo”.

      Grande jogo? Parece hiena, come merda e ainda ri!

      Reply
      • Com certeza, passou na lanchonete antes e encheu a moringa de cachaça…
        Esta posição assumida por ele, é justamente a cara da nossa diretoria.
        SEMPRE está tudo bem e estão trabalhando…

        Reply
    • Amigo se não tivéssemos trocado de treinador ainda estaríamos com o Vaz no lugar do Juan, Márcio Araújo no lugar do Cuellar. Absurdos que aturamos por mais de ano.

      Reply
        • Concordo contigo Marcelo e, infelizmente discordo do meu amigo Octavio.
          Só olhar a campanha do Vasco antes dele. Com um elenco péssimo, tirou o time da Colina de um quase rebaixamento para o 8°lugar. Se ganham de nós,
          estariam no G7…
          Alguns esquecem que nos deixou na quarta colocação e hoje estamos em 7º. Além de nos encaminhar na Liga, Copa do Brasil e Sul Americana.
          A campanha do Rueda em 13 jogos é inferior aos 13 primeiros jogos do Zé.

          Reply
  15. Caro Kléber e amigos!
    Eu entendo que o Vasco quase não existiu. O nosso grande problema é a capacidade de não saber atacar próximo a área e perder chances de gol robustas.
    Não vou me queixar muito do jogo por se tratar de um clássico e contra um time que bem ou não bem cresceu na competição.
    Uma coisa preciso concordar com a maioria. O Diego no momento está longe de ser uma grande referência. Se ele tivesse força de ataque, até poderíamos fazer algo mais.
    Me permitam não condenar tanto o Paquetá, pois, jogar fora de posição não é fácil e entre zagueiros, pior ainda.
    Vizeu por Vizeu e naquela altura da partida, teria arriscado o Vaz lá na frente.
    No mais, precisamos aprender a chutar mais fora de área.
    SRN

    Reply
  16. Blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá com todo o respeito aos amigos mas estamos nessa o ano todo!!!
    Todo jogo os problemas são os mesmos o diagnóstico correto ,o paciente agonizando e a esperança a cada jogo (Não vem)que venha 2018

    Reply
  17. Com o gol que o Vizeu perdeu poderia ser o Guardiola ali. Assim como era com Zé Ricardo, o Flamengo cria 350 chances e não faz. O trabalho do técnico, ao meu ver, vai até esse ponto, pois ele não chuta, não cabeceia.

    Vi apenas o 2º tempo do jogo e pelo o que vi, de 20 minutos em diante foi uma blitz do Flamengo. Chute do Arão de fora (por que não arriscam mais ao invés de ficar cruzando?), 2 cabeçadas do Vizeu, cabeçada do Juan, falta do Diego e nada de gol.

    Reply
  18. Flamengo não tem meia atacante, Diego foi dispensado do Atlético Madrid pelo Simeone, que foi bem claro: Diego não tem condições de jogar com intensidade como pede os jogos de hoje. Everton Ribeiro com uma gravata vermelha no segundo tempo, na cara do técnico e continuou com menos um. Vizeu totalmente sem ritmo e tempo de jogo, ano passado quando entrava decidiu vários jogos e pelo andar da carruagem estou vendo o garoto de 20 anos indo para outro clube e ficarmos com caras de babacas como foi com Adriano, que a nossa torcida vaiava só quando pegava na bola. E outra, Guerrero não fez falta nenhuma, pois não precisamos de PIVÔ, mas sim de jogador que faça gols e essa não é a praia dele. Não temos lateral esquerdo, Trauco é fraco e Renê consegue ser pior ainda, melhor seria a improvisação do Everton ou o junior Michel de 18 anos que joga muita bola. E a barca já deveria estar pronta.
    SDS rubro-negra.

    Reply
  19. Não entendo o porquê de tantos colegas elogiarem de tal modo o Juan.
    O cara dá show de classe, sim, mas simplesmente porque joga permanentemente na sobra, sempre tem alguém cobrindo-o.
    Sua velocidade é, hoje em dia, nula e perde sempre no mano a mano contra qualquer um.
    Entendo que, no futebol de hoje, com o relativo exagero do avanço excessivo dos laterais, sobretudo quando esses são fracos, como os nossos o sãos, é imprescindível que os dois beques centrais sejam velozes.
    O Leo Duarte aguarda um lugar há anos. E o Vaz, ainda que -é imperioso reconhecer- seja o que é, ao menos possui velocidade.
    SRNs

    Reply
  20. “van der Lei” quer dizer, em holandês, “o das coisas”
    “lux in burgo” quereria dizer, em latim capenga, “luz na cidade”
    Por conseguinte, Wanderley Luxemburgo significa “o que sabe das coisas” e “aporta a luz para a localidade”.
    As “coisas” são o espírito e a alma rubro-negros.
    A “localidade” é o time.
    Donde se conclui, ‘quod erat demonstrandum’, que necessidade há para que o brado ainda uma vez reiterado seja”: voltaaaa Professor!!!!!!!!
    E, sempre, RUA RUeda e rua rodrigo caetano!
    SRNs

    Reply
  21. FLA X VASCO.
    Fla inoperante.Apenas melhor em disposição.Trauco um fracasso.Paquetá zero à esquerda.Arão sem inspiração.Maraujo burocrático.Diego,ER7,discretos.Pará fraco.Everton só corre.Vizeu pesadão,tecnica discutível,tem que treinar muito,principalmente cabeçadas.
    Vasco.Na retranca,acovardado.Fez muitas faltas.Pela atuação,time de 2a.divisão mesmo.
    ABS.

    Reply
  22. Parece-me que o problema do nosso time está no DNA dos jogadores,que não é o mesmo do Flamengo. Vejo um time muito acomodado, satisfeito com tudo. Prova disso é a entrevista do Diego ao Globo.com afirmando que o time fez um grande jogo. É preciso dizer a ele que só isso não basta. O Flamengo é e sempre foi, mais que isso.
    Achei q houve erro na escalação nesse jogo e isso não é após o jogo, pois comentei com os colegas do Grupo de Whats sobre a escalação que escolheria. Nossos laterais (Pará e Trauco) estão desgastados e o Rueda poderia ter trocado por Rodinei e René que edtavama descansados. Ganharíamos força pelos lados.
    Também guardaria para a segunda etapa Diego e Éverton e só usaria se necessário, escalando Geuvanio e Vinícius Jr. E por último começaria com Viseu no lugar de Paquetá.
    O time seria Diego Alves; Rodinei,Rodholfo, Juan e Renê ; Márcio Araújo, Arão e Éverton Ribeiro; Geuvanio, Vizeu e Vinícius Jr.
    Esse time tinha condições de vencer o fraco time do Vasco.
    Agora já foi e vamos torcer para o time não ser eliminado da Sul Americana e que não usem como desculpa o desgaste dos 2 últimos jogos.
    SRN!

    Reply
    • Carloto meu amoreco, meu locutor de Imperatriz.
      Com esse ataque, é melhor ir pro cinema e assistir ou a Noviça Rebelde ou Roberto Carlos e os diamantes cor de roda…
      Tu já foi mais sério!!!! kkkkkk

      Reply
  23. A verdade é q se está ruim com Guerrero fica pior s ele.Ano q vem temos que contratar atacante q saiba fazer gol, já que agora temos goleiro, boa defesa, bom meio campo, e bons atacantes q jogam pelos lados, falta o matador, será q encontra este camisa 9 ?
    .

    Reply
  24. Boa tarde a todos,concordo que os nossos centroavantes(Guerrero e Vizeu) realmente tem dificuldades para fazerem gols. por isso precisamos de dois artilheiros para o ano quem .mas como ainda temos competições a disputar, que tal um time com Diego Alves,Pará,Rodolfo,Juan e Everton,Cuellar,Arão,Everton Ribeiro,Diego,Guerrero e Vinicius Junior.concordo plenamente com Kleber Leite esse técnico é teimoso. vamos mudar enquanto a tempo , olha o luxa ,com esse time ele arrebenta !

    Reply
  25. Kleber, mais uma decepção, mesmo considerando que a nossa defesa melhorou muito com a efetivação do Juan, que foi um divisor de águas na nossa defesa: era uma coisa sem ele e ficou muito melhor com ele e a essa melhora deveremos creditar também com o Diego Alves. Deveríamos ter entrado com Felipe Vizeu no lugar do Paquetá, espero que , ná ausência do Guerrero, seja escalado na decisão com o Fluminenc. O Everton Cardoso tem um defeito incorrigível: ele é muito fominha.quando perto da área ele não olha para saber se tem alguém melhor colocado e, invariavelmente, quando não desarmado, chuta para o gol. O Rueda bem que poderia repetir o Andrade e efetivá-lo na lateral esquerda. No mais, caro Kleber, esse permanente gosto amargo por coisas que há muito não saboreamos: Campeonato Brasileiro e Libertadores da América.

    Reply
  26. Ao contrário do nosso querido e ilustre companheiro Paulo Assis irmão dessa confraria e bog, preciso me lembra “de perder” o próximo jogo entre Flamengo e Vasco, não aguento mais anto anti-futebol!

    Às 17hr em ponto entreguei meu filho de 4a a sua mãe de minha visita semanal (ambos uniformizados de vermelho e preto é óbvio), em um prédio do Jardim Guanabara onde tenho duas ex-mulheres, duas-ex sogras, um sogo, todos vascaínos!

    Ao sobreviver desse aventura semanal, refugiei-me em uma padaria e bar em frente do imóvel. Lá reencontrei grandes amigos, todos vascaínos…

    Como a maioria deles já estava em avançado grau de alcoólico, tratei-me de me juntar a eles em número e grau !

    Só assim meus queridos amigos e irmãos, pudemos todos, como uma irmandade, flamenguistas e vascaínos suportar tanto mal trato a bola!

    O saldo do confronto foi de fato o futebol, que barbaridade! Que aliás já estava em 2o. plano a muito tempo no local.

    Reply
    • “Em um prédio do Jardim Guanabara onde tenho duas ex-mulheres, duas ex-sogras, um sogro, todos vascaínos!”
      Tá com tudo e não tá prosa… kkk
      Já deveria ter aprendido, parceiro…
      Arruma um cachorro que será o cara mais feliz do universo.
      Já desisti dessas “empreitadas”. kkkkkkkkkkkkkkk

      Reply
  27. Fominha? Vc foi delicado com o rapaz amigo.
    Ele é burro mesmo. Mas ainda vejo utilidade nele para a lateral esquerda. Pq aturar o Trauco dormindo alí naquele setor é pra inchar os culhões.
    Aliás, mais acima alguém comentou (quase desmerecendo) sobre os “louros” que a torcida estava colocando no Juan. No argumento o cara dizia que o Juan ficava só na sobra e que outros se encarregavam no trabalho “árduo”. (Não com essas palavras é claro)
    Discordo totalmente! O Juan é um monstro, não perdeu uma sequer pelo alto e quando exigido no mano-a-mano deixou o Nenê com uma chupeta na boca e o embalou no bolso.
    Que zagueiraço o Juan! Infelizmente tem de ser poupado de alguns jogos, mas nos jogos que entra, ele não se poupa!
    Diferente de metade desse elenco sem alma.

    Reply
  28. O juiz não avaliou direito.A falta do “botinudo” Wellington em VJ,era para cartão vermelho.De um modo geral,pela falta de rigor,os árbitros estão incentivando o futebol desleal,o que só premia àquêles que não têm tecnica para atuar.Aliás,o Vasco fêz muitas faltas,tipo”parar a jogada”,exemplo Jean.
    O futebol perde,o torcedor é enganado,e assim vai.
    ABS.

    Reply
  29. Bom dia, presidente e amigos do blog.

    Não entra na minha cabeça a sugestão de começar um jogo com Rafael Vaz improvisado de centrovante. Eu li isso mesmo ????
    Vaz apesar de canhoto, é muito limitado tecnicamente. Acredito que um time da grandeza do Flamengo começar uma partida com um zagueiro improvisado no ataque, seria decretar incompetência da diretoria de não ter um substituto natural da posição. Uma coisa é colocar um zagueiro improvisado durante o jogo numa situação de urgência ou desespero, já começar o jogo com um Rafael Vaz de titular no ataque??? Se Rueda apenas pensar em fazer isso ele estará cavando a própria cova dele no comando técnico do Fla. Absurda essa possibilidade, totalmente sem pé e sem cabeça.

    Abraços!!

    Reply

Comente.