A incerteza é a força do futebol

(Reprodução da internet)

Quando era garoto, o nosso ídolo era o Popeye, marinheiro franzino, cujo combustível para se tornar o homem mais forte do mundo era o espinafre. Pois bem, se o futebol fosse o Popeye, o espinafre seria a incerteza.

E por esta imprevisibilidade o futebol é o mais popular esporte do planeta. Disparado…

Quem viu o jogo entre Lanús e River Plate, na noite de ontem, vai entender perfeitamente o que quero dizer.

No primeiro jogo, no Monumental de Nuñez, River 1 a 0. Ontem, no campo do Lanús, o River chegou fácil aos 2 a 0, ainda no primeiro tempo.

Em síntese, para se classificar para a final, o Lanús precisava fazer quatro gols. E, por incrível que pareça, fez!

Um no finalzinho do primeiro tempo e três no segundo, sendo que o último, com o auxílio do árbitro de vídeo, que confirmou o pênalti.

Enfim, este negócio de dizer que “já vi tudo em futebol”, só mesmo para quem não sabe nada do nosso tema.

O futebol, definitivamente, é mágico!!!


(Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Com a vitória do Lanús, o Grêmio passando hoje, fará o segundo jogo na Argentina. Se o finalista fosse o River, a final seria em Porto Alegre.

Sei lá, mas acho que o torcedor gremista devia estar torcendo pelo River. Não deve ter acreditado no que viu…


Treino do Flamengo – 30/10/2017 (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

E, hoje à noite, no Maraca, seja o que Deus quiser. A vantagem é do Flamengo, mas a vitória do Lanús deve servir de alerta para que todos entendam que, ninguém deve ter a certeza da vitória, por melhor que seja.

Vamos torcer para o nosso Rueda não inventar. Isto acontecendo, tudo ficará mais fácil, mais simples.

Aliás, a simplicidade, até provem em contrário, é o caminho mais curto e rápido para o sucesso.

1 Comentário

  1. Seja como for, meu prezado Kleber Leite, o saldo do ano terá sido muito bom, pelo menos na opinião do Diego, Mozer e Fred Luz. Afinal, ganhamos o suntuoso título do Carioca, invicto, como declaram seus defensores. Um título de notoriedade esportiva mundial e relevância significativa.

    Sei que és um bom apreciador da culinária e já postou aqui alguns exemplos disso, e também tenho certeza de que jamais subjugaria essas delícias comparando-as igualmente a um ovo frito. Para mim o título do carioca nao passa disso, um ovo frito. Pode até matar a fome, mas é simplório demais.

    Pelo que se tornou o Flamengo, e aí cabem todos os elogios aos que administram o Flamengo, não podemos aceitar passivamente que pequenas migalhas sejam a compensação pelo tamanho que representa nosso Flamengo. Fomos bipolar nos ultimos 20 anos, ganhando uma coisa aqui e outra lá, apagando aos poucos aquela linda imagem construída na década de 80, que considero a melhor do Flamengo desde os anos 60.

    Que tenhamos hoje, nobre amigo, uma noite aprazível e que nosso Flamengo nos brinde com uma vitória sem o costumeiro sofrimento dos últimos jogos. Aguardarei com ansiedade seu post após o jogo.

    Reply
    • Grande parceiro Helder!
      Outro dia, num momento de preguiça abissal, ao invés de construir um prato nos moldes do Claude Troisgros, optei pelo rápido e gostoso…
      Arroz, feijão, alho picado e… o bendito ovo…
      Regado com azeite, ficou mais supimpa que qualquer prato elaborado pelo francês.
      Evidentemente, como bem disse o amigo, o ovo foi apenas para compor o que já era bom…
      Por mais simples que seja, já perdemos o feijão (Libertadores), o arroz (Copa do Brasil) e, o alho (Liga).
      Essa mistura não vai rolar mais!!!
      Como a culinária é matéria extensa e, de certa forma, não deixa de ser dependente da criatividade, já comemos o ovo e continuamos com fome…
      Vencer a Sul Americana ou chegar entre os 7 no Brasileiro, é o nosso desafio.
      Após dançar em TODAS as competições, diria eu, que mesmo que tenhamos êxito nas que faltam, as expectativas já foram frustadas.
      A Sul Americana é uma competição importante. Inclusive, não temos essa taça na nossa galeria. Mas, no quadro atual, não passa de uma sobremesa.
      Por mais relevante que seja, o sofrimento que passamos esse ano, não irá matar nossa fome com apenas essa conquista.
      Todo esse enredo está pautado no SE…
      SE derrapar na Sul Americana e, não alcançar o G7 no Brasileiro, nosso cardápio não passará de um nojento pão com meleca…
      Culinária também é cultura… kkkkkkkkkkkk
      Grande abraço, irmão.

      Reply
      • Valeu grande irmão, seu adendo é sempre bem vindo e oportuno.
        Acho que pelo menos uma sobremesa decente caíria de bom tamanho no nosso cardápio de títulos, não concorda?
        Um sétimo, sexto, quinto ou quarto lugar no Brasileirão não passará de um bom bife mal passado, mas, já é algo mais consistente, pelo menos garantirá nossa presença na Libertadores.
        Aprendemos na vida que os erros aprimoram os acertos, certo. Então, o que podemos esperar para 2018 é que esses caras corrijam os inúmeros erros que cometeram até aqui. Eu sei que não falta seriedade, mas falta muita qualidade. Nós temos aí o excelente trabalho feito pelo Botafogo para citar apenas um caso. (Deixemos as picuinhas de lado)
        Então meu nobre amigo, espero que em 2018 tenhamos alguns pratos mais bem azeitados. Forte abraço.
        P.S.: Nosso queridíssimo amigo Nino já dá até 2018 por perdido.

        Reply
          • Depois vc me passa esse conchavo seu ai com o Robert!!!

            Tbm quero postar uma figurinha!!!!
            —————————
            Não me comprometa, o Egon é um guru da informática, sabe tudo. Não viu que até conseguiu colocar a foto dele ali do lado. E nem é o Jabba The Hutt, rs…
            Abração,
            Robert

        • Esta tudo lindo e maravilhoso segundo mestre Egon (ex-viúva do ZR) meu caro Helder!

          Ele bate no Rueda (RUIMEDA)mas final ele esta “corroborando” o que disse nosso Mozer:

          “Já temos um título na temporada, o de campeão Carioca”
          “Nossa meta é ganhar a Sul Americana”
          “E assim fecharmos positivamente a temporada”

          Ainda digo mais, ainda temos chances matemáticas de sermos campeões brasileiros cara!!!

          Quem quiser acreditar, que acredite!

          Reply
          • Ô Nino!
            Quem disse que está tudo maravilhoso?
            Tô dando porrada geral em todo mundo e tu diz isso!
            A contratação do Ruimeda (independente do Zé), foi a pior coisa que poderia nos acontecer.
            Melhor seria continuar com Zé ou contratar um OB brasileiro.
            O cara chega da Colômbia com um segurança como auxiliar, sem conhecer absolutamente nada de Flamengo no meio da correnteza, sem boia de braço, como dar certo!!!!

          • kkkkkkkkkkkkkkkkk
            CORROBORAR
            comprovar, confirmar, certificar, validar, ratificar, demonstrar, provar, atestar, testemunhar, constatar, testificar, reforçar, revalidar, roborar, respaldar, admitir, apoiar, favorecer, sancionar, aprovar, autorizar, informar, verificar.

            ESSE é o elenco pro ano que vem, já aprovado por Mozer, Rueda, Lomba, Bandeirola, Fred Luz, Claudio Pracownik, Rodrigo Caetano e… demais dragas…
            kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Da relação entre Flamengo e alimentos, a única certeza é que temos no elenco um monte de cabeças de bagre. Nem para fazer pirão serve…

  2. È jogão aqui e ali etc…mas enquanto isso no Maraca, com o Flamengo hein? A quanto tempo não assistimos uma apresentação digna de elogios?

    Hj é esperar mesmo que esse tal de Rueda não invente mesmo, já ai é 70% do caminho andado.

    E vamos assistir o que? Laterais recuados…cabeças de áreas recuados…Diego voltando para buscar a bola na intermediária…pontas com dupla função de atacantes e marcadores…ou seja, mais um futebol com gosto de chuchú!

    Sinceramente estou mais interessado em ver a movimentação do time do Fluminense, esse sim, a despeito das sua limitações de elenco joga um futebol mais alegre, mais vistoso (e valente por suas limitações), mas parecido com o que sempre nos acostumamos a ver o nosso Mengão…(Que não levanta em mim nenhuma simpatia do seu modo burocrático e sem imaginação de jogar).

    Em síntese, eu torço é pelo futebol hoje a noite, afinal que ganhe o melhor!

    Reply
    • Obviamente os irmãos irão perceber que a política esta mais latente em mim do que o torcedor do resultado em campo!

      O mal não é o mal em si, ele é simplesmente um ato anti-sistêmico, que prega o desmonte do atual sistema pelo caos, para que um novo sistema apareça.

      Em aparecendo, este novo sistema em si é que se mostra benéfico ou maléfico para a situação!

      No caso da administração EBM, um anti-sistema benéfico na organização econômica, estatutária e administrativa do clube.

      No campo esportivo um anti-sistema maléfico para o resultado do futebol em campo, são os paradoxos do sistema!

      Estou pelo anti-sistema na administração EBM por entender que ela não tem mais o que colaborar no campo esportivo, que é a nossa carência. Este anti-sistema deseja o caos em 2017 para que as mudanças venham já em 2018, para que não possamos dar como perdido o próximo ano, conforme são as nossas pessimistas previsões.

      Copa Sul Americana não significa nada para nós em um ano em que perdemos tudo o que disputamos!

      E sinceramente irmãos, não chegar no G4 com esse elenco milionário, que seria a fase de grupos já é uma vergonha, pior anda seria não chegar ao menos no G7 (ou G8 se o Grêmio for campeão)!

      Sinceramente, se não chegamos na Libertadores pelo Brasileirão não temos o que fazer na Libertadores do ano que vêm!

      Aliás depois dos fiascos recentes na Libertadores, quem apostaria alguma coisa neste time, ainda mais jogando a fase pré-Libertadores, com jogos dificílimos já nesta fase pré-grupos?

      Reply
      • E então os amigos me perguntariam:

        O que pregaria o anti-sistema no campo esportivo da administração EBM?

        A saber:

        – Primeiramente um novo vice de futebol com experiencia comprovada no futebol na Gávea.

        – Em segundo a saída do RC, por eu entender que suas influências vão além do campo executivo no futebol do clube.

        – Em terceiro lugar a demissão desse tal de Rueda.

        – Em quarto lugar a contratação de um técnico com perfil mais compatível com nossa tradição e ambição triunfalista! Somos triunfalistas!!!! Fato!!!

        – Em quarto a dispensa de alguns jogadores, principalmente Paolo Guerrero e a contratação de um novo camisa 9, cujas características de goleador não sejam duvidosas!

        Essas são as premissas desejadas para 2018, que não serão viáveis com a continuidade do sistema atual.

        Reply
    • Começo a beber cedo hem!!! Não vai chegar na bandeirada…
      “Sinceramente estou mais interessado em ver a movimentação do time do Fluminense”
      kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Reply
      • Ver esse time do Rueda jogar só mesmo entrando em um bar!

        Ai vc põe o futebol em 2o. plano

        É dose par a mamute, e viva o futebol de quem se propõe e sabe jogar!

        Reply
    • Um bom indício sobre o assunto oh meu nobre e caro irmão desta irmandade, confraria e blog “formengo77”, foi a postura da diretoria de oferecer o mesmo salário atual para a renovação com o tal peruano! O que não agrada ao tal peruano!

      Em síntese o recado é esse: “Se tiver proposta melhor, paga a multa e sai no início de 2018, ou em meados de 2018 ao fim do contrato!”

      A diretoria inclusive já colocou a negociação em “banho maria”, sob a justificativa de que não quer pressionar o tal peruano em meio a jogos importantíssimos do Peru pela Libertadores!

      Por outro lado o nosso bravo tal Rueda declarou que o Flamengo precisa de urgentemente de uma opção para o o tal peruano em questão, dando a entender que não conta com o tal peruano em ano de Copa do Mundo (além de suas peculiaridades) e não confia no Vizeu tbm…

      Assim, como existe “CORROBORAÇÃO” de sintonia entre a diretoria, técnico, jogador e os fatos, o caminho aponta para a contratação de um centro avante de 1a linha para o clube, Tardelli seria o nome.

      Reply
    • Formengo!
      NENHUM jogador jogando no Brasil, pode ganhar R$1,3 milhões / mês.
      Muito menos essa poita!
      Depois que fez a opção de disputar o jogo da vida dele, o jogo do país dele e, colocar o Flamengo no fim da fila, recebendo R$900 mil, nem levo em consideração o tal custo / benefício.
      Sou de uma época que o amor pelo clube existia.
      Em 1966 o Flamengo disputou a final do Carioca contra o Bangu. Almir Pernambuquinho, vendo a vaca caminhando para o brejo, disse ao presidente que o Bangu iria ganhar mas não iria comemorar. O jogo não terminou! O pau comeu solto.
      No outro dia, refeito, deu uma entrevista para o falecido Jornal dos Sports.
      “No Flamengo eu jogo de graça”…
      Como entender atitude tão tresloucada desse peruano candango????

      https://youtu.be/JVSbLd4UgN8

      Reply
      • Caro Carlos Roberto Prates, voltei no tempo, primeira decisão na minha vida aos 09 anos com meu querido pai. Maracanã superlotado, fiquei sentado entre as pernas do meu pai, igual a várias outras pessoas, não cabia nem uma formiga. Para mim tinha umas 200.000 pessoas. Infelizmente o público “oficial” divulgado não era esse, mas com certeza chegamos lá.
        Meu abraço fraterno.

        Reply
        • Grande amigo Wanderley!
          Um pouco antes, 1963, fui a final entre Flamengo x Fluminense. O empate era nosso e assim fizemos. 0x0…
          Não me lembro de outro jogo disputado no Maracanã, com pouco mais de 200 mil pessoas.
          Também estava na final contra o Bangu em 1966. Mas acho que não bateu o recorde do Fla x Flu.
          Enorme abraço no amigo.

          Reply
  3. Esse jogo me fez pensar o seguinte.
    “Nosso atual FLAMENGO não tem essa capacidade que o Lanús demonstrou em campo, uma pena”
    Mancuello inclusive comemorou a façanha dos hermanos dele, talvez ele veja o gramado do vizinho mais verde – e realmente está -.
    Hoje o jogo é fundamental, aliás, pensando bem… Todos os jogos daqui pra frente serão fundamentais.
    Talvez se o GUERRERO entrar en campo contra o Grêmio, seja o ultimo jogo dele no ano pelo Flamengo, pra mim, pode ser o último jogo dele na vida pelo Flamengo. Quem não tem compromisso com o maior clube do mundo não pode vestir esse manto!

    Foco na Vitória hoje e Sempre, pra dentro do Flor!

    SRN

    Reply
  4. Com rara exceções de equipes que são verdadeiras seleções mundiais, tipo Real Madrid, Barcelona, PSG,etc… o futebol esta nivelado, a diferença entre o melhor e o pior diminuiu muito…A diferença hoje se dá no condicionamento físico, quantidade técnica no elenco, aplicação tática dos jogadores e Liderança/Comando fora de campo. Ontem, o Lanus virou o jogo na raça e no melhor condicionamento físico, apatia contaminou os jogadores do RIver no segundo tempo.
    O nosso problema hoje é essa mesma apatia que já nos contaminou em vários jogos esse ano. Nosso time é melhor que o tricolor , temos a vantagem do empate, mas o Flamengo do E.Banana de Mello não inspira confiança.
    A sul-americana pode ser uma competição sem muito brilho , mas paga bem, diferente do tão “comemorado”, pelo nosso departamento de futebol, Campeonato Carioca.
    Se o time correr e o RUimEDA nada inventar , temos tudo para seguir vivo na competição…
    Fora R.Caetano !

    Reply
  5. Técnico vai, técnico fica, técnico volta. E o certo é que apenas 1 será campeão contando muito mais com a SORTE do que com a competencia.
    Veio CUCA, foi Cuca, veio Levir e foi Levir, veio …. e assim continua a dança das cadeiras e a farra das MULTAS RECISORIAS no Brasil e foram e vão.
    O guerrero vitualmente recebe 1,2 milhoes do FLA já que NÃO JOGA 1 em cada 3 jogos.

    Agora falando em REGRAS, dentro da área NãO deveria existir IMPEDIMENTO. Aumentaria a média de gols e a alegria da GERAL . O jogador ter que SE MARCAR junto a um ADVERSáEIO é uma estupidez da regra.

    Reply
    • Pelo que eu li no Uol, o Guerrero recebe R$ 900 mil, sendo R$ 600 mil de salários e o resto de luvas diluídas na época da contratação que custou nada aos cofres. Ainda segundo o Uol, o Flamengo quer renovar pelo valor atual.

      Reply
  6. O futebol é mágico porque é o único esporte em que o pior pode vencer. De uma hora para outra pode haver uma reviravolta.

    Hoje à noite? Diego Alves, Rodinei, Rodolpho, Juan e Renê, Cuellar, Arão e Diego; Everton, Everton Ribeiro e Vizeu.

    2 a 1 fora o baile!

    Reply
  7. Hoje o Flamengo vai vencer e convencer e no espaço cedido pelo presidente, muitos que aqui entram apenas para reclamar e falar mal da equipe, dirão que finalmente encontramos a equipe certa…

    Reply
  8. Colocaria o Guerrero no BANCO para o segundo tempo.
    Espero que nosso time chute mais de FRENTE da área adversário e PRINCIPALMENTE não cruze tantas bolas na PEQUENA ÁREA. Nossos cruzamentos são um deleite para os GOLEIROS ADVERSáRIOS, são tão fechados que os goleiros nem saem do gol. Uma das funçoes do cruzamento é FORçAR o goleiro a SAIR DO GOL.

    Reply
  9. Parabéns para quem pediu o Vizeu, além de ser um bosta no ataque, não sabe marcar nos escanteios…
    Montamos um time de maricas, sem garra e sem vontade.
    Ano que vem, que não estaremos na libertadores, ideal seria mandar todo mundo embora, ficando apenas com o Diego Alves, o resto não presta. Começa tudo de novo e chama o Cuca pra comandar o desafio.

    Reply

Comente.