Você trocaria o elenco do Flamengo pelo do Grêmio?

(Foto: Matthew Childs / Reuters)

O tal do rotavírus me pegou de jeito e, talvez por isso tenha visto o jogo do Grêmio de forma sofrida e desconfortável. Quem já teve, sabe do que estou falando.

Torci pelo Grêmio, pois lá tive e tenho queridos amigos que marcaram a minha vida. Agora, com certeza, os amigos vivos devem ter acabado com as unhas, e os que não mais aqui, devem ter soprado a bola chutada pelo Éverton.

O goleiro do Pachuca está acima do peso, tem 44 anos e mede 1,72m. Caramba, quem diria que o jogo seria duro, com o Pachuca dominando a maior parte do tempo normal e, só entregando o ouro na prorrogação? No time deles tem um japonês de nome Honda que, lembrou muito, pela elegância e toques precisos, o talentoso Ademir da Guia, craque que nasceu no Bangu e se consagrou no Palmeiras.

O jogo estava comendo e, mesmo não jogando, coloquei o Flamengo em campo e, alguns questionamentos começaram a surgir na minha cabeça. Se o presidente Eduardo reunisse a imprensa e comunicasse que trocaria o time do Flamengo pelo do Grêmio, qual seria a reação da nossa torcida? A favor ou contra?

O Grêmio, a meu conceito, tem os seguintes jogadores indiscutíveis: Marcelo Grohe, Geromel, Arthur, Luan e, ponto! E, quais são os jogadores indiscutíveis do Flamengo? Vou tentar: Diego Alves, Réver, Diego, Éverton Ribeiro, Éverton e Vinícius Júnior. No meu placar, 6 a 4 para o Flamengo.

Para não aumentar a polêmica, vamos deixar o lance do treinador pra lá…

Quero dizer que apesar do rotavírus, estou superconfiante. A quarta, será nossa!!!

1 Comentário

  1. Falta ao Flamengo um melhor encaixe de jogo, o treinador Rueda até agora não conseguiu dar organização ao time, paralelamente nome não ganha jogo, Diego é ex jogador e o E.Ribeiro ainda não estreou, vive de alguns poucos lampejos, aí a comparação não é legítima.

    Reply
    • Lemos meu caro!

      No início de 2000 tivemos um jogador chamado Mozart, que era muito badalado no futebol brasileiro.

      Pois bem, tal jogador era detestado pela torcida rubro-negra, justamente por não ter cara de Flamengo, perfil, os tais códigos de identificação. Por fim o tal jogador foi vendido “anonimamente”, quase como indigente social, com o clube lucrando algo e alívio dos torcedores.

      O mesmo ocorre com o Rueda, não obstante eu não acha-lo essa mariola toda não, pode até que “notório” seja dentro da Colômbia, ou até mesmo na América do Sul, no Brasil não!

      Reply
  2. acho que o time do Grêmio é encaixado e, que o flamengo na verdade precisaria de quatro jogadores, Edilson ,Athur,Luan e Geromel porque o juan não pode jogar todos os jogos. kleber você esqueceu do Guerrero ! amanhã se Deus quiser vamos ter uma noite maravilhosa com o título do Mengão.

    Reply
  3. Elenco do Grêmio: Léo Moura (aposentado no Flamengo e rebaixado pelo Santa Cruz), Jael (massacrado qdo era do Flamengo) Barrios (encostado no Palmeiras), Edílson (dispensado pelo Botafogo), Bressan (dispensado pelo Flamengo), Cícero (encostado no São Paulo), Cristian (encostado no Corínthians), Paulo Victor (massacrado qdo era do Flamengo), Cortês (esquecido), Fernandinho (ninguém queria no Flamengo), parece um cata-cata…

    Reply
  4. Como vc sempre defende, caro Kleber, futebol é momento, e nesse momento, o momento do Grêmio é melhor.
    Mas não gosto da ideia de copiar ou simplesmente encontrar a saída mais fácil. Precisamos encontrar nosso caminho. Temos gente boa no elenco como temos também gente não tão boa assim. Isso acontece dos dois lados. Na sua ótica temos até mais jogadores considerados de primeira linha. Mas nos falta o encaixe. Algumas peças destoam. Se acertarem a mão e fizerem as trocas com precisão, será suficiente para sermos um time muito mais encaixado.

    Reply
  5. Kleber meu querido!

    Trocar o elenco do Flamengo pelo o do Grêmio eu não trocaria não!

    No entanto a diretoria do time gaúcho possui a “expertise” no futebol que a nossa diretoria ainda não conseguiu encontrar, mesmo após 5 anos de gestão, como vc mesmo diria, o tal do “comment faire”.

    Afinal afinal a grande maioria dos jogadores do elenco do Grêmio são altamente improváveis!
    Fernandinho? Léo Moura? E outros, aliás, muitos outros! Até mesmo Renato Gaúcho, em sua 59a passagem pela direção técnica do Grêmio? Quem apostaria?

    Seja como for, quem apostou, apostou bem!

    Reply
    • Aliás sobre esse capítulo Renato Gaúcho tem algo curioso!

      O que interessante é que esse estrutura do Grêmio tem o dedo do Roger Machado.

      Mas sabemos que R. Machado x R. Machado é igual a Zero. Assim como R. Gaúcho x R. Gaúcho tbm é igual a zero. Porém R. Machado x R. Gaúcho já deu outro resultado!

      Os méritos de qualquer forma são todos do R. Gaúcho que teve a inteligência de mesclar o pragmatismo tático com o que ele tem de melhor, ou seja, a ousadia e o lado motivacional.

      Reply
      • Renato Gaúcho é o caso clássico do messias em terra arrasada, ou a salvação da lavoura da diretoria!

        O técnico ainda é sim, desde que tenha um elenco tecnicamente minimamente bom, fator preponderante no resultado e desempenho do time.

        É bom que se diga, tanto para o bem quanto para o mal, que Renato Gaúcho nunca foi um “burocrata” do futebol. Fato!

        Reply
  6. Torcedores do Flamengo estão aprontando. Tentaram de manhã no aeroporto, utilizaram drone no treino do Independiente e brigaram com torcedores na frente do Hotel onde a delegação está hospedada. Vamos ver mais o que vai acontecer…

    Reply
  7. Kleber,
    A diferença é que o Grêmio tem 2 craques que JOGAM bola: Marcelo Grhoe e Luan; E dois excelentes jogadores que também JOGAM bola: Geromel e Arthur.

    O Flamengo tem 2 considerados “craques” que NÃO JOGAM bola: Diego e E.Ribeiro; E dois considerados “excelentes”, sendo o Diego Alves retornando à forma (lesionado) e Juan já vovô, mas jogando demais!!!

    Reply
  8. Kleber, bacana a comparação. Penso somente que vc se esqueceu dos que não são ” cabeceira “.
    Pará, Trauco, ou Renê, Arão ( não tem jogado nada), Vizeu, o próprio Paquetá, que às vezes vai bem, as vezes some, são muito piores que os coadjuvantes do Grêmio. Ou não?

    Reply
  9. Sinceramente, trocaria de boa, desde que o treinador viesse também.
    Uma simples constatação: esse plantel supostamente menos gabaritado que o nosso é campeão da libertadores é finalista do mundial, muito superior ao flamengo no brasileiro e apresenta um futebol com qualidade anos luz a frente do nosso.
    Então não são os nomes, mas sim desempenho, todos muito melhor que nossos badalados e na grande maioria improdutivos craques.
    Trocaria sim, mas principalmente trocaria o treinador e trocaria também com o Grêmio a final que disputa. Os resultados comprovam que o elenco e desempenho gremista é melhor que os nomes do Flamengo.

    Reply
  10. Elenco eu não trocaria. O time sim, pois o Gremio está jogando o que foi treinado e o Flamengo parece não fazer treino algum. Não coloco culpa em treinador, pois creio que agora sim, terminando o ano, ele vai ter que mostrar serviços e convencer. Já morei e trabalhei no exterior e sei muito bem o quão dificil é a tal adaptação, ainda mais em profissionais de fUtebol que no Brasil mexe coma paixão e é um ‘DESCARREGO” PELAS MAZELAS QUE PASSAMOS DIA A DIA.

    Reply
  11. Esse time do corinthians em 2016 era categorizado aquoli mesmo por muitos como péssimo, horroroso, adjetivos que permaneceram até o meio de 2017, mas o TíTULO CONSAGRA. Vale lembrar que o FLAMENGO jogou a Libertafores no GRUPO DA MORTE, mesmo assim morremos apenas por uma infortuna combinação de catastrofes como a contusão do Diego.
    Esse tal de Keusuke Honda é ex- Milan e se não me engano é considerado o melhor jogador da historia do Japão, salvo engano.
    Agora TALVEZ um nome a se analisar a contrttação fosse o de Ezequiel Barco do Independiente.
    É bom lembrar que a Sulamericana pode render ao FLA:

    24 milhoes em premiçoes + uns 6 milhoes com bilheteria.

    Selfs só no INTERVALO e fim do jogo. Celular no BOLSO e PRESSãO neles.

    ABRE o OLHOS e solta o GRITO NAÇãO !!!

    Reply
  12. “Burocracia ilimitada”

    Hoje meus amigos e queridos irmãos rubro negros o time joga pela vitória! Mas não uma vitória simples não, uma vitória com diferença de dois gols…

    Sem dúvida é um habitat estranho para o Rueda! Seja como for, o time tem que ganhar!

    Temos três situações, e todas elas passam pela ponta esquerda.

    A 1a delas é a provável escalação menos ofensiva do Éverton, que deve ser a preferência do treinador.

    A 2a delas é com o Paquetá, que em minha opinião é a 2a alternativa do treinador.

    A 3a. e menos provável é com VJ, seja começando o jogo, seja em substituição.

    Como vemos, para quem precisa ganhar o jogo entrar com VJ seria fundamental. E o pior é imaginar a entrada do garoto na ponta direita (e não na esquerda), onde ele perde seguramente 70% do seu bom futebol.

    Por tudo, é altamente provável que o Rueda entre com um time taticamente fechado, que suba ao ataque em blocos, o que não me anima muito não.

    Como futebol é futebol tudo é possível, no entanto vou pelas probabilidades de um jogo difícil.

    Neste campo a escalação inicial bem como as prováveis substituições serão fundamentais…

    Solta a roda Rueda!

    Reply
  13. Maracanã LOTADO com 60 mil ?

    Quem diria que esse dia chegaria em que o Marcanã lotaria com 60 mil. A COPA 2017 deu ao Rio seu SEGUNDO Maracanazinho. O Maracanã era aquele de 160 mil. Esse é um Maracanazinho versão light.
    Um gigante domesticado.

    Reply
      • Ali agora, caso o Flamengo saia vencedor a licitação, remover todos os camarotes opostos as tribunas de rádio, remover todas as cadeiras da parte traseira das arquibancadas, isso elevaria a capacidade do estádio em mais de 80mil lugares, talvez 100mil.

        Reply
  14. Acho que o torcedor é que não tem maturidade (para não dizer inteligência) para entender que um jogador que tenha um passagem ruim por um clube não é necessariamente um jogador ruim para sempre. É assim que os torcedores pensam. Mas, dependendo do restante do plantel, treinador, comissão técnica, condições de trabalho, ambiente, esquema de jogo e um monte de outros fatores, um mesmo jogador que é muito mal visto porque é reserva ou porque não é um grande destaque em um clube pode se tornar um bom (ou ótimo) jogador com uma simples mudança de ares. Exemplos? Só para ficar no Flamengo mesmo, o Renato Augusto não era unanimidade na torcida do Flamengo. Foi para fora e depois voltou ao Corínthians e foi logo para a Seleção. O Ibson, que jogava fácil no Mengão e era um ótimo jogador, foi para o Santos e desde então desapareceu. Há craques em alguns times que somem em outros e há perebas em alguns times que se destacam em outros. Assim acontece com os jogadores do Grêmio. Além de uma espinha dorsal já formada (Grohe, Geromel, Ramiro, Luan etc.), entraram ali vários desacreditados (Cortez, Edílson, Jael, Fernandinho etc.) e, sob a batuta do Renato Gaúcho, nas condições que o Grêmio lhes proporcionou, ganharam a Libertadores, chegaram à nossa frente no Brasileirão (mesmo jogando com times mistos ou reservas grande parte do campeonato) e estão lá disputando o Mundial de Clubes. Méritos para eles, que acreditaram no que estavam fazendo desde a contratação do Renato Gaúcho e do depois demitido Valdir Espinoza.

    Agora, falando especificamente sobre a pergunta-tema, eu não trocaria os elencos. Acho que o Flamengo pode se espelhar no que o Grêmio fez: deu autonomia e tempo de trabalho ao treinador e acreditou nas suas indicações “estapafúrdias” de jogadores encostados, sumidos, que nunca tinham tido grande destaque, entre outros. Pois a mescla dos que já estavam lá com os que chegaram, deu certo. Isso não acontece no Flamengo quando Éverton Ribeiro, Geuvânio, Diego Alves e Rhodolpho chegam no meio do campeonato brasileiro e sequer podem jogar a Copa do Brasil. Sem falar na troca de treinador, ainda mais por um que, independendo da análise de qualidade, não é brasileiro, portanto, não conhece os jogadores, o clube, as metodologias e malandragens do Brasil (ao contrário do Renato Gaúcho, que conhece tudo isso e muito mais sem sair da rede de futevôlei em Ipanema). O prejuízo técnico deveria ser nítido aos torcedores tanto para os próprios jogadores, que obviamente estão demoraram a ter continuidade (isso sem falar no Conca e Romulo, que sequer jogaram consideravelmente) e ao clube, que precisava mudar as escalações entre as partidas dos diferentes torneios. Por isso, no máximo, eu gostaria de ver alguns nomes do Grêmio no Flamengo (basicamente Geromel, Luan e o Everton deles, que sempre entra e resolve jogos, inclusive quando estávamos ganhando deles lá em POA, lembram?). E, como alguém mencionou acima, eu mandaria para lá, além dos refugos de todo flamenguista (Márcio Araújo, Muralha, Gabriel, Rafael Vaz…) o Arão. Acho que não precisamos dele, na minha visão de como a equipe deveria jogar, que seria um 4-1-3-2, considerando o elenco atual, com:

    Diego Alves(César); Rodinei, Rever(Rhodolpho ou Léo Duarte, Juan e Trauco(Éverton); Cuellar; Paquetá, Diego e Éverton Ribeiro, Vinícius Jr e Guerrero(Vizeu ou Lincoln).

    Nesse caso, o trio de meias seria ligeiramente mais recuado, já que Diego e ER não voltam, mas participando da criação e chegando na frente para municiar o ataque. Sem falar que os meias poderiam abrir pelos lados e até fazer ultrapassagens e inversões de lado com o Vinícius Jr, enquanto os outros meias chegam na área junto com o atacante. Os laterais também podem fazer essas jogadas de ultrapassagem e linha de fundo mantendo-se pelo menos um dos meias mais atrás, nesses casos. A meu ver, teria tudo para dar certo. Mas, como não sou o treinador…

    O que me resta é apoiar quem entrar em campo e, se Deus e nosso São Judas Tadeu quiserem, passar a noite comemorando mais uma conquista do Mengão!

    SRNs!

    Reply
  15. KL não trocaria os elencos, mesmo achando o nosso elenco superestimado, para o Grêmio ter alcançado êxito na Libertadores e ter feito um brasileiro muito superior ao nosso, foi fundamental ter três jogadores que fizeram a diferença em diversos jogos que são: Luan, Geromel e Arthur.
    Diferente dos nossos destaques que foram menos decisivos ao longo da temporada.

    Reply
  16. o problema do Flamengo não é a falta de bons jogadores, como não foi em vários outros anos da nossa história. Assim como o Grêmio em vários outros anos da sua história conseguiu títulos com elencos modestos…o grande problema é o clima que impera no FLamengo, alimentado por todos – torcida, dirigentes, imprensa e a própria vida no Rio de Janeiro. Esse oba oba constante é que atrapalha muito, não só o Flamengo , como todo o futebol carioca, que a cada ano que passa fica pra trás de MG e RS (SP eu nem vou colocar na conta).

    Reply
  17. Eu mandaria esse elenco jogar no SUL, isso sim TChë !!!

    Todos sabe, começando pelo Gaucho-carioca que jogar no FLA e no Rio = ter vida de POP STAR. Vide nossa equipe que caiu de desempenho ano passado no fim do ano quando o time literalmemte PAROU no Rio, também parou na PONTUAÇÃO e a tabela.
    O grande erro esse ano está claramente na montagem do elenco. A grande sacada do Gremio foi trazer o Espinosa para PENSAR o time táticamente e o Renato para LIDERAR o time. Depois que o encaixe tático foi feito o Renato surfou essa onda de olhos fechados.
    O Gremio fez uma dupla de futvolei, o Espinosa levantava e o Renato atacava.
    Os JOGADORES olham para o banco e veem o Renato como JOGADOR. É diferente.

    Reply
  18. Prezados,
    Impressionante como o EBM é um verdadeiro BANANA e fã do futebol teatro!!! Hoje está criticando a ação da torcida do Flamengo de ter ido para na porta do hotel do time argentino para gritar e soltar rojões, mas se calou após os episódios de violência e racismo praticados pela torcida do Idenpendiente no jogo de ida (fogos no hotel do Flamengo, imitação e gritos de “macaco”, pedras no ônibus). O cara decide ficar do lado dos “hermanos” e da CONMEMBOL, que sempre fecharam os olhos para essas praticas que já são tradição nas taças Libertadores e Sulamericana, mas que ficam revoltados quando ocorre com seus “queridinhos”. Abre o olho EBM, que estes gringos só querem ferrar time brasileiro!

    Acompanho o jornalista Fabio Sormani da FOX:
    “Você espera que o torcedor faça o que? Quando o cara foi na Argentina e caiu tijolo na cabeça dele, quando ele estava hospedado no mesmo hotel do Flamengo, ele não conseguiu dormir. Quando o Flamengo foi para o estádio o ônibus foi apedrejado. Acontece nada lá, acontece nada. Aí os caras vêm para cá e esperam tratamento diferente? Além disso eles andam pelas ruas do Rio de Janeiro imitando macaco na cara dos negros. O que eles querem? Eu pergunto para vocês, o que é mais ultrajante? O cara perder uma noite de sono ou o cara ficar na sua frente imitando um macaco?”

    Reply
    • Enquanto isso, a Diretoria do time argentino já emitiu nota oficial dizendo que fará denuncia contra o Flamengo, pelo ato de seus torcedores… Os caras já querem nos ferrar, e o EBM com essa postura de pamonha! bandeira, faça igual a Diretoria do Grêmio que peitou a CONMEMBOL antes da final da Libertadores ao perceber movimentações de maracutaia sendo armadas!!!

      Reply
  19. Uma chuvinha de meteoros para dar boa sorte e trazer uma chuva de gols.

    Pensei em algo modesto para comemorar essa final do FLAMENGO.
    Por volta das 9 h da noite está programada uma passagenzinha de uns meteoros para abrilhantar o espetáculo.

    O show não ficaria completo sem uma chuvinha básica de meteóros.

    Tá bom vou admitir,não fui eu que marquei a chuva, eu só ajustei o horário pra bater certinho. kkkk

    Reply
  20. Não só pelo time do gremio, troco por 2 mariolas e uma paçoca.
    Time de bananas!
    Diego e Everton Ribeiro podem ir embora, não podem vestir essa camisa. Arão é uma vergonha de jogador. Vinicius JR é rezar pro Real levar logo, jogador pouco decisivo.
    Nosso craque é o Paqueta.
    Reformulação geral para o ano que vem. Espero que com o Cuca mo banco. É isso! Time é um lixo.

    Reply
    • Fellipe,
      Acompanho seu comentário, mais uma partida decisiva ridícula desse Diego pipoqueiro. Sumiu nas duas partidas da final, esse cara tem que sumir do Flamengo!!!
      O E.Ribeiro eu daria mais um ano para ver se entra em forma.
      TODOS os laterais + W.Arão também tem que sumir do Flamengo!!!

      Reply

Comente.