Dançando, e bem, de acordo com a música

Volta Redonda 0 x 2 Flamengo – 17/01/2018 (Fotos: Gilvan de Souza / Flamengo)

Conversando com alguns dirigentes do nosso futebol, tive a oportunidade de ratificar o que penso e, não é de hoje, que considero este nosso calendário perverso e muito pouco inteligente.

Esta loucura não é recente. Houve um momento em que tivemos que decidir entre realizar uma pré-temporada decente, e o risco de resultados ruins, em função de não utilizar a força máxima no início do Campeonato Estadual.

Nunca duvidei da nossa decisão – lá atrás – em garantir uma boa pré-temporada, mesmo colocando em risco o título estadual. Muito tempo depois, neste ano de 2018, os responsáveis pelo futebol do Flamengo tomaram a mesma decisão. Diria mesmo e, sem falsa modéstia, uma decisão responsável, tecnicamente defensável e corajosa.

O Flamengo só terá os seus principais jogadores a partir da quarta rodada. Até lá, a garotada vai se virando, e bem, como ocorreu neste início de campeonato contra o Volta Redonda.

Neste jogo, contra um time modesto, mas cascudo, a garotada teve personalidade, intensidade, determinação, garra e talento. A vitória de 2 a 0 foi magra, ante tanto domínio e tamanha superioridade.

Todos estiveram muito bem, e os dois gols foram lindos. Para citar um destaque, sendo coerente com o que já vi na Copinha, este zagueiro Patrick é acima da média.

O Campeonato Carioca, e a Copinha, podem ser representados por uma gangorra, onde esta boa garotada vai vivendo na ponte aérea. Um jogo no Rio, outro em São Paulo. Cansativo? Pode até ser, mas nesta idade, e com este tesão em fazer história, a ponte aérea é pinto…

Quando é que os nossos dirigentes vão entender que a qualidade é o que vale? De que adianta um monte de jogos inexpressivos? Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo deveriam entrar apenas numa fase final de Campeonato Estadual. Menos jogos, melhor qualidade, num calendário mais humano e responsável.

Quando começará está revolução? Enquanto ela não vem, o Flamengo, dançando de acordo com a música, sai disparado na frente.

Depois de ver o Botafogo empatando – Deus sabe como – e o Fluminense perdendo, além  do Vasco mergulhado em problemas, a maior zebra do ano seria o Flamengo não ganhar este Campeonato Carioca.

Em tempo, é bom registrar que um campeonato começa a ser ganho fora do campo. E, neste aspecto, o Flamengo começou muito bem.

1 Comentário

  1. Kleber, o desempenho do time hoje foi uma agradabilíssima surpresa. Poderia ter sido de mais.Nós temos um baú cheio de pedras preciosas e é missão da comissão técnica transforma -las em joias. Mesmo correndo o risco de ser considerado um chato repetitivo ,reafirmo que não temos necessidade de contratações , a não ser tratar-se de um craque. Isso ressaltado , se faltar no time de cima supra-se na base.

    Reply
  2. Boa noite amigos ,Caro Kleber ,pelo que estamos vendo em questão de contratações a vinda de Love e Walace parece que foi pro ralo,gostaria muito que os dois viesse pois acho esse Walace diferenciado,certamente no Brasil somente o Artur joga a bola que esse rapaz joga e o Love dispensa comentários como eu falo o rapaz catinga gol.Como esses dois estão praticamente fora de hipótese quem poderia vir ,Kleber tem alguma informação sobre contratação ?Para estas duas posições ,Lucas Barrios e Hudson poderia ser um plano B?O que acham amigos ?

    Reply
    • Prezado Dawison,
      O Hudson já tem 29 anos e fez a sua primeira temporada regular só no ano passado. É o típico “jogador de temporada”, acho uma contratação arriscada demais. Não veria lógica em trazer um cara velho e com carreira ruim para barrar e atrasar ainda mais os meninos Ronaldo e Jean Lucas, que tem MUITO mais qualidade do que ele. (Dois bons valores na base que são do Flamengo x um cara com 29 anos emprestado do SP)

      Lucas Barrios é um bom atacante, tirando a passagem no Palmeiras, sempre fez seus gols por onde passou. Seria uma boa.

      Abraço!

      Reply
      • Concordo com relacao a Hudson. Barrios eu acho q passou. Tem muitos problemas de lesao. Joga bola mas e caro e parece meio frio. Nao apostaria nele.

        Reply
  3. Prezados,
    Como que o Ronaldo perdia espaço para Márcio Araújo e Rômulo??? O Jean Lucas tem muita classe, grande revelação.

    Por isso acho equivocada a possível contratação do Wallace, pois não é nenhum craque (com o devido respeito, mas não sei de onde tiraram que este jogador é fora de série) e vai tirar espaço dos meninos da base. Prefiro muito mais dar chances para jovens DO CLUBE do que tentar valorizar refugos emprestados da europa.

    Contratação deveria ser pontual (laterais e goleador), pois é o que falta.

    Reply
  4. FLA 2018

    D. Alves
    Klebinho
    Rever
    Juan
    Jajá
    Cuéllar
    Jean Lucas
    Paquetá
    Lucas Silva
    V.jr
    Lincoln

    Reservas:
    César
    Rodnei
    Rodolpho
    L. Duarte
    Trauco
    Jonas
    Ronaldo
    Diego
    E. Ribeiro
    Geuvanio
    Vizeu

    Suplentes

    Gol-Gabriel
    Zag-Patrick
    Lat-Jajá
    Vol-Arão
    Meia-Pepe
    Sat-Bill
    At-Adriano Imperador

    Reply
    • Ivan,

      Me perdoe mas você está comentando paixão clubística e não futebol. Imagine essa garotada em campo contra um de nossos adversários sul americanos na casa deles e com o caldeirão lotado, com os caras enxergando canela do pescoço pra baixo e precisando do resultado para se salvar? Tudo tem seu tempo, duvido que você encontre, em qualquer ramo ou carreira, alguém recém formado ou em período de estágio assumindo as grandes responsabilidades das empresas… Exceções existem, mas devemos tratar exceções e não regras… SRN

      Reply
      • Talvez Márcio, reconheço a ponta de paixão no comentário. Mas se você para pra pensar Ronaldo Fenômeno foi chamado pra uma copa com 17 anos “ah mas ele não entrou em campo” ok. Pelé foi trouxe uma Copa do mundo com 17 anos “ah mas isso foi a muito tempo atrás”. Mbappe um dos melhores jogadores do mundo da atualidade, titular absoluto do PSG tem só 19 anos. E o goleiro titular do Milan tem 18 anos!!!
        Aliás o garoto que fez gol contra o Flamengo na Sulamericana tinha 17 anos e saiu do Independente e hoje está no futebol Americano. Bem, o tempo mudou, as coisas mudaram. Claro que é importante ter jogadores experientes em um elenco, mas não vejo melhor momento de apostar nessa garotada que está pedindo passagem. Claro, queria muito o Zeca do Santos (que é jovem) no Fla, seria titular absoluto. (Aliás nosso último Lateral Esquerdo que foi bem foi o Jorge, jovem da base).
        Também queria um Atacante Experiente que goste de fazer gols, mas no Brasil não há ninguém nesse perfil.

        SRN

        Reply
  5. Bom dia. Depois de um bom tempo fiquei ansioso pra assistir um jogo do Flamengo no campeonato carioca, isso devido aos garotos da base. Bom jogo para um time desentrosado, visto que tinham jogadores de categorias diferentes da base. Gostei do Jean Lucas, Lucas Silva, do Gabriel, esse um gigante. Ronaldo, em quem criei muita expectativa foi bem, passes decisivos, verticais e dando cadência ao jogo, entretanto meio verde na marcação. Resumo de tudo: boa estreia e apresentações individuais. A esperança cresce e a expectativa só aumenta. Saudações rubro-negras.

    Reply
  6. O preocupante não é o time e sim a exaltação que começaremos a ver em redes sociais. Já estão colocando jogadores com apenas uma partida como se craques fossem e assim as jóias mudam de qualidade e quase sempre deterioram-se. Calma amigos. O comentario do presidente foi pertinente e corretissimo. Hora de um “levante” sobre o campeonato estadual e hora de olharmos sem paixão o que nossos jovens valores podem nos oferecer mais adiante.

    Reply
    • excelente comentário.. fiquei muito surpreso hoje ao ler nas redes sociais vários torcedores ensandecidos com a vitória de ontem. É bom que usem o Carioca para rodar os garotos, dar experiência,etc..mas esse campeonato não é parâmetro pra nada. ALiás, é uma vergonha o que os clubes, Federações,TVs e todos os envolvidos nisso fazem com o “produto” futebol. A cada ano que passa desvalorizam mais nossos clubes,uma estreia de temporada do FLamengo (e dos outros) deve ser um evento de gala, apresentação de elenco, estádio cheio, 1000 coisas pra se promover. Essa 1a rodada do Ferjão 2018 é de chorar de vergonha

      Reply
  7. Sempre defendi que devíamos aproveitar a base. Depois do jogo de ontem, me convenci mais ainda.
    Não precisamos contratar ninguém.
    E os chamados titulares, que ponham suas barbas de molho. E não foi um jogo fácil. O Volta Redonda é a 5a força do estadual.
    Os meninos tornaram o jogo fácil.
    Não precisa do Pablo. Patrick é craque.

    Reply
    • foi um jogo muito fácil, como é qualquer jogo de Campeonato Carioca. Não é parâmetro para nada. Se a 1a força do campeonato é meia boca, o que dizer da 5a?

      Reply
  8. O futuro CHEGOU .

    O outros estaduais estão CONSTRUINDO uma estrutura e com ela um futuro promissor. Enquanto isso o Rio se mantem com seus estádios ultrapassados que mantem o campeonato ESTRUTURALMENTE ainda na DéCADA de 80.
    É lindo ver que o FLAMENGO quebrou essa inercia quando iniciou esse processo em 2013. Hoje nào temos apenas um time forte, temos um Flamengo forte, com um time principal forte, uma estrutura forte para no BASE, finanças forte, o futuro CHEGOU, e começa a se mostrar em campo.
    Em muitos momentos tivemos TIMES fortes com o Flamengo fraco.
    Então o que nos falta ? Apenas um patrocinador forte e investidor para somar e fazer desse Flamengo MODERNO uma máquina de títulos e marketing.

    O terreno das conquistas foi meticulosamente tratado, recuperado, corrigido e adubado, e as sementes selecionadas foram plantadas só nos falta a chuva/PATROCINADOR INVESTIDOR. O gramado das conquistas já cresce verdinho sob os pés do FLAMENGO.

    Reply
  9. Kleber, concordo em gênero ,número e grau. Mas se é para ser ousado como você mesmo diz, porque não jogar todo o estadual com a molecada?

    Vamos dar bagagem a essa molecada e a partir disso, “pinçar” quem realmente pode contribuir na temporada.

    Será que Patrick e Klebinho, juntamente com VJ, Paquetá, Vizeu e Lincoln tbm não poeriam contribuir na temporada?

    Depois do jogo de ontem, talvez o amigo Carlos Max entenda e se convença que se a nossa base for forte, e capaz de revelar novos atletas como os citados, pode se transformar no nosso “tiro de canhão” contra as ” CREFISA’s ” da vida.

    Imagine amigo Carlos Max se por acaso, Paquetá for vendido esse ano por 30 milhões de euros, e no ano que vem, seja a vez do Lincoln, por exemplo? Talvez assim, e só assim, sejamos capaz de competir da maneira como você deseja.

    Em 2017 o Flamengo teve um faturamento de 630 MIlhões. O Palmeiras teve 520 milhões, mesmo com a Crefisa.

    Reply
  10. Um erro que é um acerto.

    Qual pode ser o erro ? Colocar muitos jogadores da bade em uma mesma partida simultaneamente.
    Qual pode ser o acerto ? Fazer exatamente a mesma coisa que foi citada acima.
    O jogo de ontem evidencia que ao colocar um time preponderantemente da BASE em campo os garotos se sentem soltos, pois sabem como jogam em CONJUNTO, porém ao colocar apenas um ou 2 em campo eles se sentem desencaixados e sentem mais a pressão que o DESENTROSAMENTO com os veteranos GERA.
    O CONJUNTO faz a força da base, ao subirem em BLOCO eles se FORTALECEM, em vez de se enfraquecerem.
    Em esportes coletivos o ENTROSAMENTO é o fator principal. Os talentos também estão condicionados a ele para sobressairem.
    JUNTOS são BASIcamente mais fortes.

    Reply
  11. Anderson. Sou do tempo de Zico e Cia. Naquela época, aqui em Brasília, que passava todos os jogos do nosso Mengão, a gente só queria saber de quanto iríamos ganhar. Era um timaço. Hoje, já perto dos 70 anos, fico frustrado com a falta de ousadia do “comando do Fla”. Agora, concordo com você, investir na base é fundamental. Precisamos de calma, habilidade e competência, qualidades que vejo no Carpeggiani. Com relação ao Palmeiras, o doping financeiro dos paulistas vai desequilibrar a balança do futebol brasileiro, pelos próximos três anos. No mínimo. Abs.

    Reply
      • Uma pergutinha básica: Se algum milionário rubro-negro resolvesse investir metade de sua fortuna em contratações para o Flamengo, vocês achariam que é um doping financeiro? Ficariam incomodados? Sendo o dinheiro lícito, com comprovação de origem, qual o problema disso? Essa ladainha muito comum, em que todas as torcidas maldizem a Crefisa e sua dona, me soa muito como uma certa invejinha. Eu queria uma Crefisa rubro-negra.

        Reply
  12. Pessoal,
    Muita calma, só um jogo, contra um time fraquíssimo, não vamos criar “falsos craques” e por a perder mais uma geração inteira, como tantas que já perdemos anteriormente…

    Enfim, para resumir, acho que, no mínimo, dos que jogaram ontem, pelo menos 2 tem tudo para dar JOGADOR DE FUTEBOL:
    PATRICK – 16 anos
    JEAN LUCAS – 19 anos

    Com calma e muito acompanhamento, em breve poderão estar nos dando muitas alegrias…

    SRN

    Reply
  13. Boa tarde,amigos,
    Fiquei bem satisfeito com a garotada, que acompanho nos jogos da categoria de base. O Jean Lucas tem tudo para dar caldo. Joga em direção ao gol, e tem muita classe. Trata a bola com estilo e categoria. Joga até com camisa por dentro do calção. Kkkk.
    Pepê (camisa 10), me parece aquele estilo vagalume. Notei isso em outros jogos também.
    Outro que jogou uma boa partida (para minha surpresa), foi Jonas.
    Acho que devemos ter cuidado para não achar que todos nossos problemas estão resolvidos, pois todo ano falamos que campeonato carioca não é parâmetro.
    Temos uma boa geração. Vamos aproveitar com sabedoria.
    Mudando um pouco de assunto, acabei de ver que o Palmeiras está tentando Goulart. Pô, aí fica difícil.
    SRN.

    Reply
  14. Caro Kleber e amigos!
    Gostei muito do time, da ousadia e do comando do Carpegiane. Ou seja, enfim alguém falando um bom português na beira do gramado.
    Este jogo serviu para mostrar que podemos ter esperança com a base e é disso que precisamos começar o nosso renascimento. Achei que poderia ter sido até um pouco mais o placar.
    SRN

    Reply
  15. Como é bom ver de novo um time profissional do Flamengo correndo, vibrando, lutando muito em campo, errando sim , mas perseguindo a vitória sempre…
    Bem diferente daqueles medalhões apáticos e omissos , padrão Banana de Mello e R.Caetano, jogadores como Trauco, Pará, Guerrero, Rodolfo, Diego,Gabriel e etc, que passaram 2017 “andando” em campo…
    O Carioquinha já morreu há anos, é ultrapassado, chato, deficitário e manipulado pelos bandidos da FFERJ. Como exemplo, só jogo do Corinthians deu mais publico que todos os grandes do Rj juntos na 1ª rodada…
    O bom , acredito, que ate a 4ª rodada poderemos ver um Flamengo com cara de Flamengo…depois retornará a mesmice apática de 2017…
    Quanto ao jogo em si, tecnicamente falando , só não gostei do Klebinho, lento e sempre acima do peso e do centroavante Wendel, meio atrapalhado com a bola…os demais foram excelentes. !
    Fora R.Caetano !!

    Reply

Comente.