Futebol pobre no Maracanã abandonado

(Foto: Agência O Globo)

Que tristeza ver o nosso Maraca totalmente abandonado. Inacreditável que, nem a marcação do campo está sendo feita. Impossível ver se a bola saiu, se foi fora ou dentro da área. Uma vergonha!!!

Não bastasse isso, metade dos refletores não foram acessos, em flagrante desrespeito aos profissionais que estavam em campo e, a quem pagou ingresso.

E, lembrar que houve época em que tudo no ”maior estádio do mundo” era tratado com o maior cuidado. Era uma questão de honra para quem administrava, que tudo fosse perfeito. Tempo em que havia amor pelo Rio e, consequentemente, pelos seus cartões postais.


Jogo fraco. O Flamengo começando a partida, achando que ganharia quando bem entendesse. O time do Vasco, ciente da sua inferioridade técnica, jogou com a cabeça e, sem dúvida, foi mais determinado. Tudo natural ante as circunstâncias, mas algumas coisas precisam ser corrigidas no Flamengo.

Para começar, Paquetá deve deixar o exibicionismo de lado. Foi egoísta, jogou para ele e não para o time. Sem dúvida é bom jogador, mas precisa levar uma chamada…

Definitivamente, Rodnei é melhor do que Pará e, a lateral esquerda também foi um desastre.

No meio, Rômulo, sem comentários. Cuellar, um tostãozinho melhor. Daí para a frente, só Vinícius Júnior aprontou alguma coisa. Todos os outros, abaixo da crítica.

Aliás, me preocupa a falta de um atacante decisivo. Entre Vizeu, Lincoln e “Ceifador” – que parece que querem tirar do Fluminense – fico com o Vítor Gabriel, o da Copinha. O melhor de todos.

Como resultado, olhando a tabela, tudo bem. Como mensagem para o torcedor que imagina um ano feliz, recado pessimamente dado…

Há dúvidas em todas as cabeças, inclusive na de Carpegiani.

1 Comentário

  1. Grande Guru! O recado dado ao Paquetá vale também para VJ.
    Com certeza os 2 piores jogadores em campo. Ambos correram nas barbas do Carpegiani e ele não percebeu isso.
    Além de perder um gol absurdo (mais uma vez), VJ sem nenhuma objetividade, ainda não percebeu que existem mais 10 jogadores com a mesma camisa.
    Como fundista faz tudo certo. Como finalizador, é um fracasso total.
    Responda-me! Quando ER7 vai voltar a ser o jogador que foi no Cruzeiro em 2013?
    Se tivessem contratado um camelo da Arábia, com certeza estaria jogando mais.
    Joguinho nota zero!!!

    Reply
    • Egonzito!

      Flamengo e Vasco é melhor arrumar outra coisa para assistir velho, é sempre a mesma história, jogo ruim!

      Não vamos falar de ninguém, esse jogo não conta!

      Viremos a página…

      Reply
      • Amigos do peito, Nino e Diego!
        Ambos cobertos de razão…
        Acontece que o gol que perdeu ao final do jogo, assim como o que chutou quase na bandeirinha, demonstra claramente que o bicho é ruim de doer nas finalizações.
        Quando eu ainda não tinha idade pra entender futebol, sendo curioso, sempre assistia jogos do Cafuringa jogando pelo Fluminense. Com certeza KL lembra dessa figurinha.
        O cara corria mais que notícia ruim, driblava como poucos e… quando chegava na cara do gol chutava fora do estádio. Na carreira, sem exagero, como ponta direita, deve ter feito uns 5 gols no máximo.
        Se nosso Neguebinha News não colocar uma botinha ortopédica urgentemente, com certeza estará fadado ao mesmo fim…
        Pagar R$162 milhões apenas pela correria, foi um tiro no pé dos espanhóis.
        Comparar com um futuro Neymar… é até sacanagem…
        E outra! Se prender a bola por lá como faz no Flamengo, vão afogar o cara no chafariz da Praça Paseo del Prado…

        Reply
        • “Mais uma loucura de Florentino Pérez”

          Esta foi a manchete nos jornais da cataláunia logo após a contratação do VJr por 50mi pelo Real Madrid.

          Depois de perderem as negociações de Neymar e Gabriel Jesus, os madrilenhos ficaram infinitamente suscetíveis ao jogo das negociações conduzidas brilhantemente pela direção rubro-negra.

          Os madrilenhos foram menos racionais dos que os catalães e pagaram para ver! Mas pagaram quanto exatamente!

          Muito pouco eu lhes digo! Muito para nós, mas com um faturamento de mais de 2bi de dólares anuais, o que são 50mi? Ainda mais pagos em suaves prestações!

          Os madrilenhos pensaram, pouco a se perder com muito a se ganhar! Então vamos exatamente ao ponto do que é VJr hj!

          É craque, mas somente sob algumas circunstancias, a saber, é craque jogando nas categorias de base do Flamengo, ali ele é craque.

          Nos profissionais ele esta encontrando algumas resistências de técnicos, esquemas táticos e de sua própria imaturidade pessoal, absolutamente normal.

          Mas o que temos exatamente sobre VJr é isso! Se ele tiver personalidade, e continuar mantendo o seu nível de confiança em seu futebol, vai vencer! Se sucumbir as barreiras, vai perder a confiança.

          Na Europa fica uma incógnita, se o o buraco é mais embaixo ou mais em cima para o garoto. Oremos!

          Reply
    • Egon,
      O Vinicius Jr. continua na mesma, consegue fazer graça contra semi-amadores (Palestino, Atl.Go, minúsculos do carioca), e some contra defesa um pouquinho mais forte… Não que o menino seja ruim – tem qualidade, mas vale aquilo tudo??? Por enquanto, uma venda fantástica!

      Reply
  2. Caro Kléber e amigos!
    Considerado o que o VJ aprontou, não poderia ter sido mais justo esse placar. O Flamengo foi péssimo hoje e certamente devemos isso ao início de preparação, mas, alguns jogadores não servem para compor elenco e por lógica, o Rômulo é um deles.
    Quanto ao Paquetá, tem jeito, mas, precisa ser lúcido e tocar a bola no tempo certo. Fico ainda com muitas duvidas em relação ao Vinícius Júnior. Desejo que seja o melhor do mundo, mas, lembrando o começo do Neymar, Gabriel Jesus e outros, eu confesso um pouco de preocupação com essa euforia em torno dele. Uma coisa é ser craque, outra coisa é ter lampejos de bom jogador. Vamos caminhando. Nota 1 para o jogo de hoje e fazia um bom tempo que não via um time do Vasco tão abaixo da crítica.
    SRN

    Reply
  3. Muito bem lembrado Kléber, tecnicamente o Paquetá é show, mas segura demais a bola, dribla quando não tem q driblar, fazer o simples tambem é jogar com inteligência, espero que a comissão técnica do carpegiani de um toque nele.

    Reply
  4. Análise perfeita Kleber.
    Até o Klebinho é melhor que o Pará.
    Renê é péssimo. Rodolfo lento.
    Rômulo pode ir pra Chapecoense também.
    O problema foi o meio de campo. Falta dinamismo e criatividade. Exatamente igual ano passado.
    Concordo que o Thiago Gabriel é o melhor dos 4.
    Queremos os meninos de volta !!!

    Reply
  5. Disse ontem que a previsão do Roger Flores não era tão acertada assim. A comprovação veio no dia seguinte… Essa soberba não nos ajuda em nada.

    Reply
  6. Grande Kleber, ótima análise. Porém acredito que está na hora de tirar o Vinicius Jr do pedestal, a sua crítica para o Paquetá vale em número, gênero e grau também.

    Reply
  7. Jogo horrível, só serviu para termos a certeza que o Pará o René o Rômulo, são horríveis, esse caras não criam nada, o René nem na linha de fundo vai,o Pará idem…se o Flamengo almeja alguma coisa tem sair com essas cara urgentes…e também o Everton Ribeiro, será que esse cara ainda vai jogar?.

    Galera amigos do blog, me respondam qual o jogador que o Rodrigo Caetano contratou deu resultado? Eu não estou lembrando de nenhum.

    Reply
    • Amigo José!
      Por enquanto fico apenas com Réver.
      Não sei ao certo se a culpa é inteiramente dele. Como empregado, faz e procura o que o clero pode pagar sem doer.
      Diria eu, que a trinca Fred Luz, Bandeira de Mello e Claudio Pracownik são os maiores responsáveis por tantas mocréias no elenco…
      Nem Alexandre Mattos daria certo no Flamengo. A não ser que a Leila Cordeiro mudasse de time…

      Reply
  8. Boa Kléber quanto ao Paquetá. Rômulo podemos desfazer junto com Vaz
    Agora vamos falar das coisas boas, como é bom ver o Léo Duarte jogar bola e o tal do Marcos parece ser bom de bola, elas primeiras impressões acho q vai fazer sucesso no Mengao !!

    Reply
  9. As nossas laterais são horríveis. Pará é esforçado, eu também sou e nem por isso tenho capacidade de estar a altura de jogar no maior clube do mundo. Renê consegue ser mais limitado ainda que o Pará, pois quanto a linha de fundo tem saudades do Pará, a linha de fundo nem sabe quem é Renê, nunca foram apresentados.
    Agora duas opções para solucionar esse problema:
    Ronaldo, o volante que retornou do Atleta Go, atuou nessa posição diversas vezes na copinha, seria um Lateral direito mais defensivo e que tem um bom passe, certamente é melhor que Pará, Rodnei e o Klebinho que ainda parece verde para assumir a camisa 2. (É isso é normal)
    E. Cardoso- ele é o nosso melhor Lateral esquerdo do elenco. Renê simplesmente não existe e Trauco tem “ZERO” noção sobre fundamentos como defesa, marcação, interceptação, roubada de bola , combate. Everton C., Não seria um primor na marcação mas ele tem raça e velocidade, não tem medo de partir pra cima e apesar de “não pensar muito o jogo” ele foi o nosso maior passador pra gol do elenco, e sabe cruzar também.
    A segunda solução é contratar. O Rafinha do Bayer fica livre no meio do ano, Insua ( lateral Argentino, que jogou muito tempo no Liverpool e Boca, hoje no Stuttgart) 32 anos, também está com o contrato no fim e seu salário está totalmente dentro dos padrões do Fla.
    No ataque parece que ainda há uma indefinição com o Love, pois o time dele não quer pagar os salários atrasados e libera-lo para o Besikitas, Ceifador é caro e o Flu não quer liberar ele para o Fla, vai ser difícil.
    Gignac (Francês do Tigres-Mex) que parte da torcida chegou a pedir, também poderia assinar um pré contrato pq seu vínculo com o time mexicano acaba no meio do ano.
    Dúvido que o centro de inteligência pense igual a maior parte da torcida, na cabeça inteligente desse centro, Pará e Trauco devem ser baita jogadores. SQN
    Ah! E. Ribeiro continua dormindo, ele é Rômulo ainda não sabem o que é FLAMENGO.
    SRN

    Reply
  10. Prezados,
    Só espero que não inventem de entrar com esse Rômulo na estreia da Libertadores, esse cara parece um amador jogando no meio dos profissionais. Fraco demais!!! E ainda veio com discurso derrotista: “Há muita impaciência. O torcedor vai na emoção. Temos que ter tranquilidade. Acho que fizemos um bom jogo”. Enquanto no jogo passado, vimos JOVENS dizendo que “vencemos, mas não convencemos”. Isso sim é postura. Jogou NADA, Sr. Rômulo!

    Os laterais nem comento mais…

    Continuo aguardando a estreia do E.Ribeiro, alguém sabe quando que ele volta da Arábia?

    Reply
  11. Quando num jogo voce sente falta do Trauco como solução para a lateral esquerda
    Ve que tá faltando algo tipo o Michel do sub 20 como foi o Jorge uma descoberta
    E quanto ao Para…..Para não dá. ….

    Reply
  12. “Flamengo e Vasco fizeram um péssimo jogo”

    Mas a quantos anos estamos repetindo a mesma coisa depois do clássico dos milhões?

    Entre Flamengo e Vasco não existe a possibilidade de se assistir um bom futebol, isso por diversas conjecturas associadas, é perda de tempo!

    Viremos a página!

    Reply
  13. Hoje vou dar uma de meu amigo Egon. Notas a nossos jogadores…
    César: boas saídas do gol. Nenhuma exigência maior. Inacreditável não ter sido notado em 2017. Nota 7;
    Pará: o de sempre, esforçado, mediano. Nota 5;
    Leo Duarte: bom jogo, de esperanças de que possa se firmar com mais oportunidades, velocidade, bom no alto, no combate direto e coberturas. Nota 8;
    Rodholfo: mediano, lento, mas impôe algum respeito. Nota 6
    Renê: inacreditável esse rapaz vestir o manto. Zero na esquerda, rsrsrs. Nota 2;
    Rômulo: nesses tempos modernos, só pode mesmo ser alguma coisa mais do Rodrigo Caetano. Um vexame. Nota 1;
    Cuellar: bom jogador, mas acho que o supervalorizamos. Nota 6;
    Jean Lucas: tem tudo para virar craque. Merece cuidado especial, faz-nos lembrar Andrade e um pouquinho do Adílio. Promissor. Nota 7;
    Everton Ribeiro: não foi bem, mas ainda acredito nele. Nota 6;
    Marlos Moreno: deu esperança de ter sido boa contratação. Quem sabe não acertaram uma? Nota 7;
    Vizeu: poste, a Udinese o espera. Não consigo enxergar bola nesse rapaz. Pelo menos é esforçado, mas é pé murcho. Nota 4;
    Paquetá e Vinicius jr: estão sendo endeusados por nós e estamos acababando com eles. Não deveriam entrar em campo. Deveriam ficar fazendo embaixadinhas na beira do campo, sendo que o V. Jr, de vez em quando dá um pique. Nota 3.;
    Mais uma vez, mesmo tendo um elenco melhor, esbarramos no Vasco. Se Rodrigo ainda estivesse lá, era capaz de dar umas bordoadas em nossos craques..e ai…íríamos, mais uma vez para o ” saco”.
    É triste, mas a realidade tem que ser dita. Menos Roger Flores, menos…
    SRN

    Reply
  14. Kleber,
    Corroborando com seus comentários…

    RENÊ – Como já disse em outras oportunidades, é muito pior do que qualquer lateral esquerdo da base (Michael, Pablo ou qualquer outro). É melhor emprestá-lo DE GRAÇA E AINDA PAGANDO SEUS SALÁRIOS, pois já que tem contrato, damos como perdido o custo financeiro, mas pelo menos nos livramos de vê-lo jogar no Flamengo.

    PARÁ – Repetindo, também como já disse em outras oportunidades, consegue ser PIOR QUE O RODINEI, que não é lá grandes coisas, mas é melhor que o Pará.

    RÔMULO – Disseram que faltava a ele uma pré temporada, é muita ilusão… Muito mais que uma pré temporada, ele já ficou o ano de 2017 inteiro treinando e NÃO MELHOROU, ou seja não vai ser uma temporada de 20 ou 30 dias que vai fazê-lo jogar (esse é mais um caso de jogador “bichado” que o Sr. Rodrigo Caetano trouxe para o Flamengo, pelo qual vamos pagar por um contrato de 3 ou 4 anos, sem nenhum retorno…).

    LUCAS PAQUETÁ – Desde SEMPRE na Base já era o mais “mascarado” de todos, com esse brilhareco que ele fez no final de 2017, voltou em 2018 MUITO MAIS “MASCARADO” AINDA, só joga para si, a cada toque do adversário é uma encenação que parece que quebrou a perna e o pior de tudo, é que tem futebol, porém essa “máscara” pode por sua carreira em risco…

    VINICIUS JR. – Aqui discordo de você Kleber, não jogou nada hoje, pior foi egoísta, perdeu gol por preciosidade, enfim temos que agradecer a São Judas todos os dias, pois sua venda por 45 MM de euros, vai ser o maior mico da história do Real Madrid, é só dar tempo ao tempo.

    FELIPE VIZEU – Técnicamente é muito fraco, não é e nunca foi um artilheiro, no máximo pode ser um bom reserva. Agora, por favor, que não contratemos o Henrique Dourado, É UM BONDE !!! Basta ver sua carreira, o que aconteceu no ano passado, quando marcou trinta gols, me faz lembrar do possante Ernâni Brocador, iguaizinhos, um ano fora da curva em que tudo deu certo e no resto de suas carreiras inexpressivos, inoperantes, enfim DOIS BONDES!!!

    O pior é constatarmos que continuamos sem bons laterais, sem um bom zagueiro para jogar com o Réver (até porque o Juan não vai aguentar uma tempoardada inteira), sem um jogador de saída de bola pelo meio (um volante de transição central) e sem um artilheiro, enfim podemos ter um 2018 Ainda pior que 2017, quando pelo menos, conseguimos chegar em 3 finais…

    SRN

    Reply
    • “vai ser o maior mico da história do Real Madrid” kkkkkkkkk
      Só espero que depois de um ano comendo uma tonelada de paeja, o Flamengo não pegue emprestado pagando uma fortuna de salários…
      Isso é a cara dos nossos “gestores”…

      Reply
  15. Caro Kleber
    Puts grilo, o seu comentário é exatamente igual ao meu. Me perdoe usá-lo. O Pará, o Renê, e o Ròmulo, não tem a minima condição de jogarem no Flamengo. O Vizeu não consegue dominar uma única bola. Estou preocupado com um detalhe, o carpegiani tem criticado o vinicius jr nas coletivas e isso é muito estranho. Será que já é uma tática para qdo voltarem os medalhões colocar o vini no banco? E temos que suportar o Geuvânio, Everton cardoso (só corre), etc. Um treinador que gosta do Renê não sei não mas….. Vamos aguardar!!!

    Reply
  16. Boa noite, amigos,
    Achei que tinha voltado para 2017. São as mesmas críticas de sempre(com razão) com relação ao time. Claro que são as mesmas, pois o time é o mesmo. Apenas a contratação de Marlos Moreno. Não temos ninguém na criação, e no ataque não metemos medo no adversário. A esperança é a volta do gira-gira (Diego), do cone peruano e do esforçado Éverton. A libertadores está no papo.
    Fico vendo Rômulo jogar, e tento descobrir futebol nesse cara. Tem alguma coisa aí.
    Éverton Ribeiro, não apresenta nada especial. Atualmente é um jogador bem mediano.
    Nossos laterais são um desespero. Vem 2019!!!
    SRN.

    Reply
  17. Os profissionais retornaram e com eles voltaram a passividade, omissão e a falta de vontade em vencer…Time lento, sem imaginação, jogadores andando em campo, outros se achando o Zico…
    Essa mediocridade demonstrada pelo time profissional evidencia que o problema do Flamengo não é só treinador, falta autoridade fora de campo para “cobrar” empenho e profissionalismo dos atletas. Se R.Caetano usasse o tempo e habilidade que disponibiliza para fazer churrascos com cachaceiros e prostitutas para cobrar desses jogadores sanguessugas empenho e seriedade , certamente não veríamos atuações tão bizarras….
    Não acredito que Pará será titular no Flamengo mais um ano, assim como as barangas do Rômulo, Rodolfo e René…
    Quanto a V.Jr, tomara que me engane, mas foi um dos maiores “golpes” já aplicados no mercado do futebol…pois o menino tem apenas lampejos de bom jogador…
    Parece que o tal de Marlos Moreno consegue pensar mais que o Berrio…
    Quanto ao abandono do Maracanã, ele é o retrato fiel do Estado do RJ, um lixo !
    Fora R.Caetano !!

    Reply
    • Quase me esqueço, pelo menos no Basquete vencemos…E a diferença salarial entre as equipes é a mesma do futebol. Então porque na quadra as coisa funcionam e no campo não??

      Reply
  18. Em outubro deste ano teremos condições de expurgar algumas peças da política nacional e estadual, e então quem sabe o respeito e zelo pelas coisas públicas tomem o devido rumo.
    Quanto ao jogo, dormi no primeiro tempo, e não tenho condições de avaliar. No segundo tempo, me arrependi de ter acordado. No mais, tenho sempre a impressão de que o reserva é menos pior que o titular da vez. Sem mais para poder não proferir impropérios num espalo tão distinto. SRN.

    Reply
  19. O Flamengo precisa desde 2016 de um zagueiro nível seleção brasileira, um lateral esquerdo e outro direito(Pará não pode ser jogador do Flamengo), volantes com força e velocidade para marcação.
    O maior problema do Flamengo é a defesa(zagueiros, laterais e volantes). É preciso alto investimento no setor e mandar embora jogadores do tipo de Pará, Renê, Rodiney, Rafael Vaz..
    Os times campeões nos últimos anos(títulos de expressão: Brasileiro e Libertadores) ´tinham boas defesas!

    Reply
  20. Kleber, foi um jogo horroroso. Com 15 minutos eu já estava sentindo saudades da velocidade, da entrega e do bom futebol com que os garotos estavam nos brindando. Cuellar ,Rómulo e E.Ribeiro formaram um meio de campo com nota zero em criatividade. Nossa torcida , por ter visto o desempenho dos garotos , não vai tolerar passivamente o que assistimos ontem. As vaias de ontem foram só um pequeno aviso , inclusive para os individualismos de V.Jr e do Paquetah.

    Reply
  21. Concordo sobre os laterais e vejo com muita clareza que o Cuellar é um primeiro volante nota 9. Na função do Arão não passa de nota 5.

    É bom destacar que o Flamengo voltou aos treinos há 2 semanas apenas. O ideal é um período bem maior só de preparação física para depois jogar. 14 dias para estrear num clássico é até um risco. Por isso vi o jogo como um mero amistoso para tirar o peso das férias das pernas.

    Sobre o Maracanã, apenas lamento e destaco que a privatização e estado mínimo não são essas maravilhas pregadas por muitos. Está na hora do estádio próprio.

    Pra fechar, experimentei ontem o Carabao. É gostoso!

    Reply
  22. Time que está ganhando não se mexe.

    Devia ter continuado jogando o time TITULAR do Carica, ou seja, o sub 20. O entrosamento é o maior craque de um time.
    Alguns treinos na Gávea ajudarão a encaminhar bem as coisas. Jogador gosta de pressão.
    Julio Cesar vem aí ?
    Adriano vem aí ?
    Quanto vale o Carioca ? Nada ? Acho que MUITO, MUITO mais que isso.

    Reply
  23. Desculpem, acima no meu comentário , coloquei o nome do colombiano como Marcos e não Marlos. Gostei do pouco q vi do jogador, me parece rápido, driblador e inteligente,vamos esperar as próximas partidas tirar conclusões!

    Reply
  24. Os jogadores são os mesmos do ano passado, os cabeças do futebol idem. o técnico mudou, mas quem chegou deu a entender que tá só quebrando um galho.
    Só virar o ano calendário por si só não vai fazer esse time jogar, essa foi sim a lição do jogo de sábado – independente do pouco tempo de pré temporada, nada justifica a passividade de um Romulo e um Everton Ribeiro. Se as lideranças do Flamengo tirarem isso como lição , ainda temos 1 mês para tentar salvar a Libertadores..se ficarem colocando desculpas e achando que o tempo por si só vai arrumar a casa, é créu turbo mix velocidade 5.

    Reply
  25. Está provado.Não dá mais para Romulo,Renê.Pará está com a validade vencida.ER7 não consegue jogar,parece que está com as “pregas prêsas”.
    Paquetá,Vizeu fraquíssimos.VINI afobado.
    Marlos temos que aguardar.
    Com a palavra a direção tecnica.
    SRN.

    Reply
  26. Quantos bilhoes gatou o Gremio para ser campeão da Libertadores ?

    Quantos milhoes eles gastaram para ganhar as 2 anteriores ? Quantos milhoes em cantrataçoes o S.P.F.C. gasotou na sua era vitoriosa ?
    Se contrataçoes milionarias fossem o caminho o FLAMENGO já teria umas 10 Libertadores e o Palmeiras umas 3.
    Esquema tático ADEQUADO ao ELENCO, comprometimento e ESTRATéGIA e sorte, esses são os fatores que levam as taças.
    Vejo muitas criticas por o FLA não estar gastando o dinheiro do almoço para depois não poder pagar o jantar ?

    Mingal quente se come pelas beiradas. Minha colher já está na mão.

    Reply
  27. Meu Deus, que coisinha horrenda foi esse joguinho Flamengo x Vasco, sábado. O Flamengo, versão 2017, foi o mesmo de 45 dias atrás. Como é ruim esse Vizeu, o cara não vai gente, não adianta, um lampejo na semi final da Sula e só. Romulo, outra imbecilidade do imbecil Rodrigo Caetano. Renê uma imbecilidade maior ainda do imbecil Rodrigo Caetano. Everton Ribeiro, precisa urgentemente dar seu jeito. O que mais me irrita é saber que se sair do Flamengo, arrebenta em outro time. Carpegiane, já deu pra ver que Ronaldo e Jean Lucas jogam mais que Romulo. Mas cuidado com a ilusão do estadual, em 2014, pensaram que o volante Muralha era a soluçao pra libertadores, deu no que deu. Caramba, entra ano e sai ano, será que esse imbecil do Rodrigo Caetano não aprende a contratar, a montar elenco e ver o que está faltando??
    Pará um lateralzinho meia bala que está no Flamengo enganando desde 2015. Três anos e não notaram que o cara é extremamente limitado?? Detesto comparar, mas ontem, como não tinha nada pra fazer fui ver o Palmeiras jogar ontem: Caramba sai o Borja, entra o Kenno. Sai Lucas Lima, entra Scarpa, contrataram o Lucas Lima de graça, foram na Croácia e acharam o Moises, foram no Santa Cruz e pegaram o Keno, foram no Cruzeiro e pegaram o Wiliam que era reserva. E esse imbecil do Rodrigo Caetano e o Centro de Burrice do Flamengo é incapaz de garimpar um jogador de qualidade???
    Ai ficam nessa de Wagner Love, Henrique Dourado, Julio Cesar, Adriano Imperador?? Caramba, não pode um negocio desse, um clube que teve suas finanças brilhantemente recuperadas, faz um centro de treinamento magnifico e o nosso carro chefe, no seu motivo de existência tão mal gerido.
    Aaa, lá ia me esquecendo: Será que não da pedir pra mudar a regra do futebol, em jogo do Flamengo; ter 3 bolas em campo; uma para 20 jogadores, uma pro Paqueta e outra pro Vinícius Jr. Como eles não vão soltar a bola mesmo e também não sabem concluir, não irão atrapalhar os outros 20.
    Irritado. Saí da pelada mais cedo sabado, pra ver o jogo..to muito irritado.

    Reply
  28. O volante Ronaldo jogou muito bem os três primeiros jogos, na hora de ganhar uma motivação extra pra enfrentar os vices, tiram o cara pra colocar o pereba do Rômulo, bem a cara desses FDP que comandam nosso futebol.

    Reply
    • Wanderson,
      Pensei a mesma coisa. Parece até empresa que contra por “QI – Quem Indique”. Por mais que o profissional seja competente e cumpra com as metas, na hora da promoção ele é renegado e entra o filho do Diretor (no caso, o amigão do Rodrigo Caetano, o anêmico Rômulo).

      Não consigo entender esse descrédito com as jovens promessas, como fica a cabeça de um menino que JOGA BEM, mas na hora do clássico aparece alguém e diz: “Agora é clássico, vou te tirar e por o cara mais velho e improdutivo – mas ele é experiente!”.

      Reply
  29. Sabem qual a contratação que me arrependo do FLA não ter feito ?

    DUDÚ e olha que ele foi oferecido na concentração do FLA na pre-temporada antes de ir para o coqueiro. Naquela ocasião escolhemos o jogador da ocasião, o papaleguas.
    Realmente futebol é MOMENTO e nos 1.000 últimos dias o Dudú tem se mantido no MOMENTO.
    Dizem as boas linguas que no peito do Dudú bate um coração flamenguista.
    Por falar nisso e o “Bernard ” eim !!!

    Reply
  30. Meus caros colegas de Rubro-Negrismo,
    Acho que a paixão está nos deixando um pouco cegos, para variar. As análises que são feitas do time em todos os veículos de comunicação e que se reproduzem neste agradável espaço pensam, muitas vezes, inversamente ao que se esperava antes de cada jogo.
    Por exemplo: após a primeira rodada, todos esperavam um campeonato carioca jogado pelos nossos juniores. Sim, eu também acho que seria o melhor a se fazer em muitos sentidos. Porém, qualquer um de nós poderia (e deveria!) saber que o Carpegiani e a comissão técnica usariam os pontos acumulados no campeonato para começar a experimentar os atletas profissionais. Aí temos 2 vertentes: experimentar os que foram mal no ano passado (Romulo e Geuvânio), os mais fraquinhos do elenco (Renê e Pará), os “jovens-idosos” (Paquetá, Vizeu e Vinícius Jr), o novo contratado (o até promissor Marlos Moreno) e, por fim, aquele que era pra ser um dos craques do time, mas tem sido nada mais que um vaga-lume (Éverton Ribeiro).
    Ora, também é de conhecimento que o time precisa estar pronto e tinindo pra jogar a fase de grupos da Libertadores. Isso não vai acontecer com os profissionais só treinando e jogando jogos-treino. Eles precisam vir a campo e ganhar ritmo de jogo. Ou alguém discorda de que isso seja realmente necessário? Ou, ainda, alguém acha, assim com dizem para o Carioca, que devemos jogar a Libertadores também com os juniores? Creio que nos falta algum senso crítico quando a paixão fala mais alto.
    Claro, eu entendo que não termos sequer vencido o clássico por um mero 1×0 que fosse e até jogando mal, tenha nos causado uma surpresa de mau gosto. Porém, é preciso lembrar que foi um jogo onde o Flamengo alternou peças, jogou com alguns que não tinham jogado ainda e, verdade seja dita, jogou com a soberba de quem já está praticamente definido para as semis do Carioca frente a um adversário que vem de muitos percalços e tem uma equipe notavelmente inferior à nossa. Mas precisamos lembrar, por mais que não gostemos disso, que nosso rival não é um Volta Redonda ou Cabofriense, mesmo tendo perdido para esta última. Bem ou mal, trata-se de um time grande em mau momento. Sejamos sensatos também nisso, ainda que seja inegável que o Flamengo tenha MUITO mais capacidade de ganhar qualquer clássico carioca em 2018 do que perder. Mas o empate não pode ser considerado o fim do mundo, nem mesmo o futebol ruim apresentado. Nem sempre se está num dia bom.
    Para além disso, algumas lições importantes sempre podem ser tiradas de jogos como esse:
    1-) Ver quem tem ou não condições de ser titular.
    2-) Ver onde os jovens precisam melhorar (afinal, não estão prontos).
    3-) Cobrar melhor desempenho de quem mais se espera (no caso, do Éverton Ribeiro, Romulo e Geuvânio).
    4-) Evitar o pensamento de que o próximo jogo está ganho porque estamos numa sequência positiva.
    5-) Lembrar que, logo ali na frente, tem um River Plate e mais 2 pela fase de grupos da Libertadores (neste ano temos obrigação moral de chegarmos mais longe).
    Já é sabido (acho eu) por todos aqui que o Carpegiani não é de muita brincadeira e já deu uma “chamada” no Diego e no Éverton Ribeiro para que estes assumam a responsabilidade e o desempenho que se espera de jogadores do calibre deles. E, agora, com a sombra do Paquetá, Marlos Moreno e da molecada que vem chegando, eles realmente vão precisar botar as barbas de molho. Se não ficarem espertos, é banco! Mas eu acho que isso não vai acontecer e eles renderão bem assim que estiverem em melhores condições.
    Também é importante aqui lembrarmos sempre que o desempenho de um jogador num ano não indica o seu desempenho no ano seguinte. Cito aqui especialmente o nosso “reforço” Alex Muralha. Chegou como titular incontestável, fechou o gol em 2016 e foi parar na Seleção Brasileira. Aí veio 2017 e… vocês sabem. Na contramão dele está o César, que estava lá no fim da fila, sem que ninguém soubesse dele. No entanto, terminou 2017 como nosso titular absoluto, claro, por causa da lesão do Diego Alves. O mesmo com o Juan. Quando foi contratado, era o “velho”. Agora, quem o quer no banco ou fora do time? Ou seja, há desempenhos esperados que não se concretizam do “bom” para o “mau”, mas também há no sentido inverso.
    Em resumo: não vamos cantar vitória antes da hora, nem tampouco vamos cantar derrotas antes da hora. O elenco é bom, está se renovando com a molecada e o Carpegiani vai dar um jeito de encaixar o melhor time no DNA Rubro-Negro que esperamos ver em campo em 2018. O nosso papel é torcer sempre, mas sem nunca perder a razão!
    SRNs!

    Reply
  31. Flamengo deixou de ganhar, já o vaiscú conseguiu resistir e não perder.

    Gostei do PRINCIPIO que norteou a volta do Júlio Cesar ao FLAMENGO. O amor ao clube foi o NORTE em todos os aspectos.

    No meu entender o Júlio pagou pela lingua, cometeu o erro de falar ANTES e teve que calar depois em alguns momentos. Em sua nova passagem eu espero que ele tenha a esperteza de CALAR antes e DESABAFAR DEPOIS.
    O desabafo do TíTULO lava muito mais a alma.
    Não se trata de uma contratação , mas de uma RECEPçãO.

    Bem vindo a sua, a nossa casa Júlio Cesar. Os FLAMENGUISTAS saem do FLA, mas o FLAMENGO jamais sairá deles pois o FLAMENGO somos NóS, em nós ele nasce, cresce e permanece.

    Reply
  32. Futebol pobre no
    Maracanã
    PARA RICOS.

    Talvez esse pudesse ser também o título.
    Antes tinhamos o Maracanã e o Maracananzinho, agora temos o MaracANÃO, o novo maracanã é menor que o antigo em muitos aspectos.

    Reply

Comente.