Meio estranho

Júlio César, Carpegiani e Adílio (Fotos: Gilvan de Souza / Flamengo)

A coletiva de Paulo César Carpegiani transcorreu dentro do que se esperava, afinal, o Flamengo não é um fato novo para ele e, a recíproca é verdadeira.

De positivo – e acho que no futuro pode render bons frutos – as presenças de ilustres figuras rubro-negras, como Adílio e Júlio César, ex-companheiros de Carpegiani na mais gloriosa jornada do futebol rubro-negro, afinal, a presença do ídolo sempre é positiva.

Quando digo que no futuro poderá render bons frutos, me refiro à possibilidade de, pela amizade, Zico poder contribuir de alguma forma, mesmo que seja apenas opinando. Prefiro mil vezes Zico dizendo o que pensa para o treinador do Flamengo, do que saber a opinião dele através de uma ou outra matéria de rádio ou jornal. Para o Flamengo será muitíssimo melhor, pois ignorar a capacidade de Zico analisando futebol e, muito mais ainda, o futebol do Flamengo, é como jogar dinheiro fora…

O que realmente me intrigou foi a fala de Carpegiani, dando conta de que, podendo ser até muito em breve, pode ele indicar – ou participar – da escolha do futuro treinador do Flamengo. Como o tema gerou entre os coleguinhas enorme curiosidade, o presidente Eduardo se apressou em dizer que isto era coisa para o futuro, que Carpegiani era o treinador e, ponto final.

Apesar da oportuna intervenção do presidente, tentando esvaziar o assunto que naquele momento não lhe interessava, a pulga ficou atrás da orelha de todos. Não quero aqui me precipitar fazendo uma análise do fato por ter quase a certeza de que já há um plano definido e, só não é colocado em prática neste momento pelo fato de uma das peças, no caso o treinador, por algum motivo importante, não poder desembarcar na Gávea.

Ora, se Carpegiani já havia decidido dar uma guinada em sua carreira abandonando as quatro linhas para ser coordenador, se o Flamengo já havia se convencido de que Carpegiani tinha todos os atributos para a função, inclusive o tendo convidado formalmente, a guinada – ou melhor, a marcha à ré – de coordenador para treinador, só tem uma explicação. Há um nome definido em que todos acreditam, só que não pode assumir agora. Para não abrir mão de algo que estão convencidos, os dirigentes convenceram Carpegiani a segurar o barco enquanto o comandante não vem.

E quem seria? Renato Gaúcho? Se for, com Rodrigo Caetano, Carpegiani e Renato, o Flamengo adota definitivamente a bombacha e o chimarrão…

Nada contra, apenas uma constatação curiosa.

1 Comentário

  1. Pra mim ficou claro que o Carpegiani é tampão e espero que venha um técnico top em breve. Indiscutível a história dele no Flamengo, entretanto indiscutível tambem é o histórico ruim como treinador nos últimos 20 anos. O último bom trabalho dele foi com a seleção paraguaia em 1998 e com a ressalva que o forte daquela seleção era a defesa com o Monstro Gamarra.

    Reply
    • Carpegiani é ótimo treinador. Segundo Luxemburgo, é um dos maiores conhecedores de futebol do mundo. Nos últimos 20 anos, com raríssimas exceções, nunca começou um trabalho desde o início do ano. Sempre com trabalhos tampões, de “apaga-incêndios”. Mesmo assim, fez ótimos trabalhos no São Paulo, Coritiba, Bahia. No Paraguai foi campeão com o Cerro Porteno, num dos poucos trabalhos em que iniciou do princípio, o que o levou à vitoriosa campanha da seleção do Paraguai. No Flamengo, em 2000, lançou Adriano e outros jovens. Tem um raro faro para avaliar jovens jogadores.
      É craque, conhece futebol, é da casa e inicia no principio do ano. Então, vamos dar um crédito e aguardar para avaliações futuras.

      Reply
  2. Mas se estão pensando em trazer outro treinador de língua estrangeira em futuro próximo, eu prometo fazer um curso de homem bomba em Beirute, Cisjordânia ou Faixa de Gaza.

    Reply
  3. Como no Brasil o estadual ao invés de preparação serve para derrubar treinador, o primeiro que cair vira opção no Flamengo. Isso claro se o Carpeggiani for mal. Na real, esse time do Flamengo vai andar sozinho. É só não inventar que os resultados virão. Agora tem 2 goleiros de verdade, jovens que ganharam experiência e um baita elenco formado desde o início. É só não atrapalhar.

    Reply
    • Henrique,
      Acho nossos laterais muito fracos, todos em nível série B. Achei que o Pará ou Rhodney fossem embora, para subida do Klebinho, mas…

      Na esquerda é um pesadelo, tomara que o Zeca consiga algum resultado efetiva na JT.

      Reply
      • Se o Flamengo está atrás do Zeca, acredito que já viram as deficiências na função. Zeca seria uma boa. Pelo que vi hoje, Gabriel, Vaz e Mancuello estão de saída. Nossa diretoria está se mexendo e o ano nem começou ainda.

        Reply
  4. Amigo! Meio estranho é apelido…
    Um técnico que assume, e na primeira entrevista já pensa num novo técnico, nem deveria ser contratado.
    Como jogador foi um absurdo.
    Como técnico, é simplesmente fraquíssimo.
    Essa direção precisa mais é de gandulas que de atacantes. Como chutam mal…
    Enfim, Caetano “prometeu” 4 reforços já encaminhados. Nem assinando acredito. Só quando entrar em campo.
    Isso se o jurídico não melar tudo…

    Reply
  5. Eu torço para que Carpegiani de certo, mas gosto muito do Abel e se fosse ele o escolhido, estaria muito bem entregue. Tenho no Zico meu maior idolo esportivo e como cidadão o admiro muito, mas não vejo necessidade de ouvi-lo. Acho sinceramente que não deveria ouvi-lo com insistencia, pois ele claramente era oposição ao atual presidente e lugar de opositor não é dando palpites, aliás, Zico para presidente não tem sido muito feliz, esteve ao lado da oposição ao Bandeira e ao lado do Aecio…

    Reply
  6. Não tinha pensando sobre esse prisma. E nesse caso, acho que o Kleber pode ter alguma razão.

    Será que dá para sonhar com o Tite após a copa do MUndo ???

    HUmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm……sera !?!?!?

    Reply
      • Eu tbm acho isso.

        Acho que o Tite esteja maturado para um grande time Europeu.

        Acontece que eu não vejo Tite na Europa se não for em um grande time e em condições de disputar grandes competições. Liga dos Campeões.

        Pode ser que em especial nesse ano de 2018 e pós copa do mundo, isso não se ajeite e aí sim, possamos sonhar com isso…..entende !?!?

        Mas no geral, concordo com vc.

        Reply
  7. Kleber e amigos , desculpe se eu for leviano. Mas pra que renovar com o Ederson por mais 6 meses se o cra ainda nem pode treinar ?
    Mensalão ?

    Reply
    • Isso cheira a esquema. Ou entao o Flamengo resolveu prestar caridade para um milionario. O clube fez tudo aquilo que tinha de fazer por ele. Honrou o contrato, pagou seu tratamento integral. Mas o ponto e que acabando o contrato, tchau, principalmente pelo baixo rendimento. Esse cara nao jogou 15 jogos inteiros em 3 anos. Mas ai o nosso EBM resolveu fazer caridade com a grana do clube!

      Reply
      • Como empregador, experimenta mandar uma grávida embora. É um caso semelhante, ele trabalha no regime CLT, se o Flamengo demite ele em tratamento de doença mesmo que esteja terminando o contrato, o Flamengo pode ter problemas com a Justiça do Trabalho. Logo, espera ele recuperar e aí sim manda embora.

        Reply
  8. Concordo 100%, presidente. Tem alguem engatilhado que nao pode sair agora.
    Mas acho importante respeitar o Carpegiani. Diferente destes m… que passaram pelo clube ultimamente, este foi lider de uma geracao, idolo e ganhou tudo. E fato que passaram 35 anos. Mas sera que isso impede o cara de conquistar novamente? Na verdade, ele perambulou por times medios nestes ultimos 20 anos. Ele conhece o clube, nao e bobo, conhece futebol. Mas o fato e que esse elenco e limitadisssimo. Isso e o que me preocupa. Para, Rene, Trauco sao laterais sem nenhuma qualidade. Jonas e uma piada como volante, seria um grande reforco para a equipe de kung-fu. Isso sem falar no cheirador, ops, o bebedor de cha de 6 gols no ano.
    O mais relevante e que o planejamento foi feito pelo RC, EBM e FL, 3 caras que nao entendem pn de bola. Para eles, esse elenco safadinho e excelente!
    Acho que o momento e de apoiar o Carpegiani. Os nomes disponiveis nao me empolgam- Cuca, Felipao, Luxa. Sao caros e complicados.
    Eu acredito ma mistica dessa camisa, conjugada a forca da torcida.No Flamengo e tudo diferente. Quando se pensa que estamos ferrados, ai e que surpreendemos. Basta dizer que os ultimos titulos de expressao foram do Andrade e do Jaime, enquanto o idolatrado Murici foi eliminado da CB pelo Fortaleza, time da serie C.

    Reply
  9. Quais técnicos tem contratos perto do fim ?

    Algumas DEZENAS de nomes foram CHUTADOS recentemente pela mídia fazedora de ROMBOS quase jornalisticos e quase confiáveis. O Simeone foi um destes chutes, entre outros.
    Estranho é, mas o que não é estranho na INSTABILIDADE MODERNA, onde a única certeza que temos é a das INCERTEZAS.
    De tudo o que vejo de positivo é que felizmente não vamos começar mais um ano como FAVORITOS. Detesto começar o ano como campeão de TUDO ANTECIPADAMENTE e terminá-lo como PERDEDOR DE TUDO.
    Espero que a DIRETORIA PROIBA os jogadores em falar em TíTULOS.

    Reply
  10. Bem, se você enxergou essa hipótese, caro Kleber, de ser um comando temporário, não vamos desacreditar pois você tem olho de tandera.

    Mas não achei a decisão da diretoria desastrosa. Carpegiani tem nome, respeito, cacife, capacidade e entende de futebol. Se vai ganhar alguma coisa, o tempo dirá. Mas foi interessante a entrevista e de certa forma esclareceu algumas informações distorcidas que corriam pela mídia, especialmente com relação ao Rueda. Tomara que nunca mais esse senhor pise em solo brasileiro.

    Espero pela contratação de uns dois jogadores de alto nível que venham para ser titulares. Temos buracos que precisam ser tapados. Nossos laterais e centroavante são necessidades prioritárias. Espero que essas peças cheguem e fortaleçam ainda mais o elenco. Como foi bem dito na entrevista, o Flamengo, hoje, age em silêncio. Então, não fico intrigado e nem animado com os nomes que a mídia veícula. Na maioria das vezes não passa de fofocas.

    Esperamos que esse ano tenhamos alegrias maiores e que belisquemos alguns títulos importantes.

    Reply
  11. Certamente, a idade vai pesar nessa passagem do Carpegiani, somado as pressões que ocorrerão no Flamengo esse ano, levaram o novo treinador a admitir que sua vida de técnico seja curta. A sua ideia deve ser mesmo virar coordenador.
    Não podemos esquecer que o clube não tem ninguém no comando de futebol, ou seja, todas as “pancadas” são sobre o treinador…
    Não vejo R.Gaucho como bom nome , prefiro Abel ou Cuca.
    Pelo jeito, o dinheiro acabou! A “badalada” chapa azul jogou milhões fora em 2017, pois estamos muito atrás de Cruzeiro, Corinthians, Palmeiras, Grêmio e São Paulo nos quesitos planejamento e contratações…Claro que o Carioquinha não vale nada financeiramente, mas porque E.Banana de Mello não comparece ao arbitral da FERJ? Depois reclamam das regras impostas por EUvirus Miranda…
    Pelo menos passamos de fase na Copinha….
    R.Caetano no Chile também…

    Reply
  12. Abordagem muito interessante e possível de se realizar.
    Aliás, ameniza as decepções que estamos tendo neste início de temporada com a direção.
    Desde que venha Renato Gaúcho ou Cuca, qualquer outra opção acho loucura num ano, eleições no clube, extremamente difícil que iremos iremos encarar.

    Reply
  13. E quem seria o técnico “top”? Cuca? Abel? Fora o Tite, no Brasil, não vejo grandes técnicos. Agora, é inegável que o Carpegiani é fraquíssimo, nunca foi bom técnico, esteve um tempo parado… Tomara que eu esteja errado, mas vai ser um ano de muita emoção com esse elenco. Ainda tem eleição no fim do ano…

    Reply
      • João,

        O pessoal viaja…

        Felipão já falou tanto mal do Flamengo e nego fala dele como desejável técnico para no nosso Flamengo.

        Tite é outro, só que bem mais polido e inteligente que Felipão, mas é igualmente anti-rubro-negro, fato!

        Afinal quem de nós quer viver de vitórias de 1×0 como fazia o ZR?

        Na Europa não se joga esse futebol de 1×0, e nós aqui importando o que é ruim, medíocre!

        Queremos um trenador que honre nossas tradições rubro-negras e não mais um ZR ou pior, outro Rueda.

        Reply
    • Marcio, concordo enfaticamente com o que você escreve em relação aos técnicos. Não tem mais técnico top no Brasil. Eu até tenho alguma simpatia pelo Abelão, mas acho que é mais pelo carisma e pela ética que ele tem do que por achar que ele pode fazer um grande trabalho. Para mim, só o Tite é top de linha e, talvez, o Renato Gaúcho seja um expoente da nova geração. Ainda não vejo nada de especial em novatos como Zé Ricardo, Fernando Diniz ou Jair Ventura, como o povo gosta sempre de mencionar. A verdade é que eles até podem, um dia, prosperarem, mas são tão promessas fora de campo quanto o Lincoln e o Vizeu dentro de campo.

      Em respeito aos jogadores, eu também acho que temos laterais fracos, sendo, no caso, o Rodinei e o Trauco, na minha opinião, os que devem ser titulares dentre os que estão lá. Não aguento essa balela da galera que acha que o Éverton tem condições de ser lateral esquerdo, como fez um dia, porque mostrou recentemente que não tem. Ele não é daquela posição e não, não vai ser um bom jogador ali, não adianta tentar encaixar. Minha solução pessoal seria contratar um lateral esquerdo e subir o Klebinho, mas para jogar.

      Na zaga, acho que, tirando o Vaz, estaremos bem supridos. Acho que o Léo Duarte é o jovem a ser trabalhado ao lado dos outros, mais experientes, pois ele tem qualidades para ser um grande zagueiro em breve.

      No meio, quero ver o empenho do Ronaldo em se tornar titular e realmente mostrar o futebol promissor que ele tem. Seria muito bom poder tê-lo como opção ao Cuellar ou para jogar ao lado deste. Além disso, indiscutivelmente, o Paquetá precisa ser mais testado e exigido como camisa 10. Certamente será um investimento para o time em 2018, é o ano em que ele despontará, sem dúvidas!

      No ataque, penso o mesmo que escrevi sobre o Paquetá do Vizeu. Dizem que ele não tem condições de ser titular, que é fraco, mas esquecem que ele era 3a opção, não jogava quase, mas, quando precisamos dele, marcou os gols (vide Sul-Americana) e nos ajudou bastante. E gosto da ideia de um centroavante jovem e canhoto. Sobre o Vinícius Jr, o óbvio: qualquer oportunidade deve ser dada e ele deve jogar o máximo possível. O ritmo de jogo, o entrosamento, o preparo físico e mental geram a confiança que ele precisa pra deslanchar, para fazer as jogadas de efeito com efetividade e se tornar o jogador diferenciado do nosso elenco. Já sobre o Lincoln, acredito muito no potencial dele para o futuro, pois mostra ter “cabeça”, mesmo sendo jovem, assim como o Vinícius Jr. Nenhum dos 2 é deslumbrado, ambos têm personalidade forte, boas criações familiares e sabem que ainda precisam mostrar muito para serem os craques que prometem ser. Um nome para ser esporadicamente testado no nosso Mengão.

      Com o elenco e o técnico que temos no momento, eu pensaria no Flamengo jogando o início do Carioca como preparação para a Libertadores num 4-1-3-2:

      Diego Alves(César), Rodinei, Rever, Juan e Trauco; Cuellar, Paquetá, Diego e Éverton Ribeiro; Berrío (Vinícius Jr) e Vizeu

      Os 3 meias seriam “rotativos” e apareceriam para criar opção, mas jogariam mais recuados sem a bola para criar oportunidades de contra-ataque ou desenvolver o jogo quando tivermos a posse de bola. Um ponta de velocidade e um jogador de área.

      Para o 2o tempo, o Éverton entraria no lugar do Diego ou do Éverton Ribeiro para termos mais uma opção de velocidade numa defesa potencialmente desgastada e até com cartões, o Lincoln, eventualmente, seja no lugar do Vizeu ou do ponta de velocidade que jogou o 1o tempo e, por fim, o Ronaldo no lugar de outro meia para reforçar a parte defensiva mais para o fim do jogo. Se voltarem a jogar bola, o Romulo e o Geuvânio seriam opções também. Essa, para mim, é o time-base, até que tenhamos novidades.

      Para alguns jogos do Carioca de menor importância ou próximos de outros jogos da Libertadores, eu daria ritmo de jogo ao seguinte time:

      Thiago; Klebinho, Léo Duarte, Rhodolpho e Renê; Ronaldo, Romulo e Paquetá; Vinícius Jr, Geuvânio e Lincoln

      Eu não entendo a galera que quer se desfazer do Geuvânio, Romulo e Éverton Ribeiro porque eles não tiveram um bom 2017. São bons jogadores e têm chances de melhorar para 2018. Claro que precisam mostrar isso em campo, mas qual time no Brasil, hoje, não gostaria de tê-los no elenco? Nós temos, então, por que não darmos essa confiança para que possam desenvolver o seu futebol ao invés de retrair e depois pedirem pra sair o mais rápido possível? A torcida precisa entender isso e ser mais participativa no apoio ao time, não só nas críticas.

      SRNs!

      Reply
  14. Notícia boa. Cruzeiro pretende comprar Mancu.

    O Fla comprou o jogador por US$ 3 Milhões, mas ainda deve US$ 2 milhões.

    Senhor……Levai para longe do Ninho.

    Reply
    • Prefiro que eles troquem no Arrascaeta ou em algum outro jogador que preste por lá. Sim, eu falaria pra trocar pelo Thiago Neves, mas eles seriam completamente loucos se aceitassem isso…

      Eu gostaria que fosse algum lateral, mas fui pesquisar e vi que os laterais deles são nossos refugos (Galhardo e Egídio), logo, sem chance. Se for pra trazer um desses, prefiro investir no Klebinho e na compra de um lateral esquerdo melhor que os outros. Ou alguém trata de apresentar o Trauco pro Junior “Capacete” pra ele aprender como se joga ofensiva e, principalmente, defensivamente pela esquerda mesmo sendo destro…

      SRNs!

      Reply
  15. Vendo o caso do Mancuello, me pergunto sobre o Gabriel, como pode um jogador ficar seis anos no clube, tendo feito no máximo umas 8 boas partidas?? Ter seu contrato depois de 5 anos renovado. Mancuello outro erro de avaliação, pois o contrataram para ser um camisa 10 , armador e ele não jogava nessa posição.
    Coisas estranhas demais acontecem no Flamengo.
    E o dinheiro?? Viviam falando que em 5 anos o Flamengo seria imbatível financeiramente??
    Será que os altos salários e as péssimas contrataçoes já pensaram??
    Tá certo que carioca é um torneio desvalorizado, mas e aí? Começa em uma semanae só tem sete jogadores treinando? Que planejamento é esse??
    Quer brigar com a federação, mas arrecada muito com TV e quem comprou pacote pra ver o Flamengo??
    Tá muito estranho.

    Reply
    • Relaxa, acabei de ler que a galera lá de Pernambuco que se acha campeã brasileira de 87 tá querendo levar. Faltam o Vaz e o Muralha.

      Quanto ao Mancuello, eu acho que poderia ser melhor aproveitado, mas, se for pra recuperar o investimento e deixar o cara seguir, vende logo pro Cruzeiro. Ou, como falei acima, tenta uma troca, se tiver alguém que preste lá pra nós…

      SRNs!

      Reply
  16. “Carpegiani”

    Os primeiros atos da batuta do maestro foram confusos!

    Confundiu o nr. da camisa 01 (que numeração terrível) com 10, disse que era treinador interino, mau começo!

    Discurso obviamente mal ensaiado ou o treinador deu mancada mesmo? Fico com a segunda opção.

    Seja lá como for, foi um mal compeço. Isso denota que ele não mergulhou profundamente no que vai fazer, e isso faz muita diferença.

    Pode ser que ele refaça os seus pensamentos, e como o grupo estava de saco cheíssimo do gringo Rueda, se houver sintonia com o elenco, pode funcionar!

    Reply
  17. Caro Kléber e amigos!
    Está muito claro que o Carpegiane será coordenador de futebol, conforme, já havia sido divulgado antes.
    Vou concordar com seu ponto de vista. Deve ter um nome definido e mais adiante assume. Por enquanto, não me vi nada demais. O Carpegiane me parece ter muito bom caráter.
    Vai dá tudo certo!
    SRN

    Reply
    • Francisco, acho difícil já terem um nome definido que não possa assumir imediatamente. Se for assim, como o time vai ser preparado para os campeonatos desse ano? Vão esperar até quando exatamente para isso? E quem poderia ser o treinador que não pode assumir agora? Sinceramente, não vejo um nome sequer que me anime, já que os 2 únicos que eu cogitaria (Tite e Renato Gaúcho) não estarão disponíveis tão cedo…

      Aliás, independentemente da campanha do Brasil na Copa, acho quase impossível o Tite assumir o Flamengo, mesmo que, no Brasil, só o Flamengo mesmo para conseguir bancar um treinador desse porte.

      Eu, na minha humilde opinião, continuo esperando o Leonardo (ex-lateral) para gestor do futebol do Flamengo para trabalhar com o Carpegiani. Acho que daria liga, já que o Mozer, até hoje, não esclareceu a que veio.

      SRNs!

      Reply
  18. Agora vem a notícia de que o Flamengo tem acerto verbal com Vagner Love. É de lascar, só velhacaria. O São Paulo, sem gastar muito, já se reforçou em quase todas as posições. Assim fica dificil, amigos. Daqui há pouco, não duvido, vão dizer que o Adriano será reintegrado ao elenco. Os caras amam um custo zero, que aliás, quase todos se mostraram zero também no futebol que apresentaram. Nada animador até agora, exceto as saídas dos indesejados. Queria saber quanto custa o departamento de futebol do Flamengo. É muito dinheiro jogado fora para pouquíssimo retorno. Lá tambem deveriam analizar custo-benefício.

    Reply
    • Reclamando sobre o interesse do Fla no Vagner Love (o chamando de “velhacaria”) e elogiando o São Paulo que contratou Diego Souza e tem interesse no Robinho. Desculpe, mas não deu para entender.

      Reply
      • Caro Fabio, não me referi especificamente ao Vagner Love, mas sim às contratações num contexto geral. Vale lembrar que Diego, Guerrero, Juan, entre outros, são jogadores que já passaram dos 30 anos. Foi nesse sentido que me referi, ok.

        Quanto ao São Paulo, o tempo dirá se eles acertaram ou não. Mas que estão formando um bom time, disso não tenho dúvidas.

        Reply
  19. Kleber, está demonstração de falta de interesse que nosso departamento de futebol insiste em demonstrar com a nossa base né incomoda tremendamente. Sabemos todos nós que 2018 e 2019 de baixo investimento por falta do dinheiro da televisão que só voltará em 2020. Seria a hora de em que o aproveitamento da base viria a calhar.

    Reply

Comente.