Yago, Patrick e São Judas…

São Paulo 0 x 1 Flamengo – 25/01/2018 (Foto: Staff Images / Flamengo)

Esta conquista da Copinha teve a cara do Flamengo, onde não há como separar a vitória do sofrimento. No Flamengo sempre foi assim e, cá pra nós, vitória com sofrimento tem mais sabor…

Costumo dizer, e reafirmo, que no futebol, quando há um equilíbrio de forças, a sorte é fundamental. E, a dita cuja, graças a Deus – e a São Judas – entrou em campo com o time do Flamengo.

A nossa garotada teve garra, uma bela disciplina tática defensiva, com dois destaques absolutos: o goleiro Yago e o zagueiro Patrick.

A nossa história e, foi muito feliz o presidente Eduardo em entrevista após o jogo, está diretamente ligada às divisões de base e, este tipo de conquista emociona, porque é a afirmação da nossa verdadeira vocação. Que alegria!!!

Além da conquista, fica a certeza de que algumas carinhas que vimos nesta Copinha, muito em breve estarão brilhando no time de cima. Quem? Arrisco: Yago, Patrick, Bill e Vítor Gabriel.

Parabéns aos nossos garotos, ao pessoal da comissão técnica e à nossa diretoria.

Linda conquista!!! Com a cara do Flamengo…

MMMEEENNNGOOOOO!!!


Aquecimento da garotada campeã ao som do Hino Nacional Rubro-Negro!

 

 

1 Comentário

    • Meu amigo Nino!
      A garotada passou por diversas provações durante a competição.
      Você sacar 6 titulares de um time de 11 e, colocar 6 reservas e o nível não cair, foi o aspecto mais relevante dessa conquista.
      Nosso amigo Anderson tem certa razão quando diz que jogamos mal.
      Assim também aconteceu contra a Portuguesa. Brincamos de perder gols absurdos e tomamos sufoco para segurar os 3×2.
      O bate-volta da garotada, entre quarta no Rio e quinta em SP, também interferiu.
      Jogo no estádio do SP, com 90% de torcida do SP, no aniversário do clube e da cidade, ganhar de 1×0 com gol aos 2 minutos, com 8 minutos de prorrogação… não há dinheiro que pague…
      Ser campeão da Copa São Paulo jogando no estado deles, num canpeonato com 128 clubes, é melhor que pão com meleca.
      Superamos tudo nesse 25/01.
      Em outro comentário, disse que seria 1×0. Acreditei no MODO Botafogo de jogar. Ou uma bola parada ou, uma arrancada fulminante.
      A pior carniça do time, resolveu o problema e saiu.
      Quanto aos jogadores, fico tranquilamente com o zagueiro Patrick.
      Nosso goleirinho é meio atrapalhado quando tem que sair. Mas efetivo debaixo da baliza. Em alguns lances jurava que era o filho do Muralha…
      Por tudo que passamos, montando e desmontando o time, foi a maior goleada da Copinha…
      É NÓIS NA FITA, meu parceiro…
      Isso é Flamengo, porrrrrra!
      😘😘😘

      Reply
      • Corroborando seu brilhante comentário caro viking, fazendo 1×0 e tomando-lhe sufoco, cheguei apensar que nosso técnico era o ZR!

        Vixxi, tá fazendo escola!

        Mas fomos campeões, isso que importa!

        Reply
  1. Base x base. Essa conta é de muliplicar.

    O mais lindo é ver que agora a base briga com a PRóPRIA BASE do FLA pelas vagas no time titular. Sabem o que isso significa ? Esses meninos chegam forte para REIVINDICAR a vaga com OUTROS jogadores da base que já estão bem no time principal.
    A fonte está JORRANDO. Agora é cuidar dela e saber deixar o fluxo ser continuo.

    #deixemosgarotosbrincar

    Para o MENGãO COMEMORAR.

    Reply
  2. Kleber, de fato, temos muito pouco a comemorar em se tratando de ” futebol” nesse último jogo.

    Jogamos muito mal!

    Vergonhoso ver o Flamengo se encolhendo, sem agressividade, sem posse de bola, sem organização tática e técnica, sem sangue nos olhos ao menos do meio pra frente. Não me representou.

    Ganhamos hoje porque tivemos uma manhã ESPETACULAR do menino Yago. Tivesse Yago numa manhã com 99% de acertos, sairíamos com uma goleada. Não merecíamos.

    Mas o Yago foi 150%. E fez total diferença.

    Mas, a bem da verdade, e como muitos antigos dizem, não se ganha um campeonato no último jogo. Isso ficou claro hoje.

    Pode ser que o time tenha ficado nervoso, jogando no campo do adversário, torcida oposta gritando e apoiando o jogo inteiro, e com isso, a molecada possa de fato ter sentido e não oferecido o melhor futebol.

    São muito novos e merecem todo o apoio.

    Mas não jogamos bem.
    ———————————

    Num passado nem tão distante, teve gente aqui no blog que gritou em afirmar que jogar fora de casa bem e perder, não serve de nada. E ganhar jogando mal, serve?

    ——————————————

    Bandeira de Melo já é o maior presidente vitorioso da Base( Copinha). Na entrevista a que o Kleber se refere fica claro o quanto o presidente também pretende mudar o patamar de todo o Flamengo, usando como ferramenta a base.

    Trabalho na base é caro. Me lembro do saudoso Juvenal Juvêncio falado sobre no Bate Bola / ESPN. Temos é que torcer para que esse caminho não pare jamais. Pois eu acredito que é a base que vai nos levar ao mundo.

    Reply
    • Caro Anderson Santos, concordo com a maior parte da sua análise do jogo, só gostaria de fazer uma pequena mudança: o Flamengo não jogou mal. A nossa criação e ataque jogaram mal. O goleiro, como você falou, jogou 150% e a defesa também foi bem 99% das vezes. Digo isso porque algumas passaram e aí foi necessária a intervenção do nosso grande jovem goleiro.
      Concordo com a colocação do Kleber Leite no post quando ele diz que o Flamengo não tem conquistas sem sofrimento. E digo mais: o sofrimento geralmente vem porque estamos em desvantagem a maior parte do tempo e tiramos forças do além para reverter a situação. Hoje foi praticamente o oposto disso, com o placar inesperadamente inaugurado a nosso favor logo aos 2 minutos de jogo. Depois disso, a equipe recuou MUITO e tomou a pressão que tomou do São Paulo que, por sorte nossa, foi incompetente na maioria das finalizações. Quando foi competente, estava lá o Yago 150% para salvar a vida. E aquela bola triscando a trave já com a torcida gritando “É Campeão!” foi de arrepiar!
      Eu acho que a equipe não foi mal exatamente pelo recuo. Foi mal por alguns jogadores muito apagados (Bill, Lucas Silva e Pepê, majoritariamente, em minha opinião) e por algumas ausências que seriam fundamentais hoje (Vitor Gabriel e Jean Lucas), além do que jogamos sem laterais de ofício. Quis o destino que brilhasse a estrela do menino Wendell, longe de ser um destaque desse time campeão, mas essa é outra características de algumas conquistas, a imprevisibilidade. De onde menos se espera, às vezes, vem a salvação.
      Mas também temos que falar das virtudes: já falamos do Yago e da defesa e eu destaco ainda o gol certo deles salvo pelo Hugo Moura no primeiro tempo e, principalmente, a superação de uma equipe que em momento algum da competição foi uniforme. Com a promoção de vários jogadores ao profissional para jogarem o Carioca, houve reposição, se não à altura, ao menos em condições de enfrentar o restante da competição. E, sem dúvida, é motivo de MUITOS aplausos o trabalho do Mauricinho! O time mostrou extrema obediência e inteligência tática, pois não se desfigurou um minuto sequer. As linhas adiantadas para afastar o adversário e dificultar as jogadas, o rápido reposicionamento, a marcação inteligente, a meu ver, fariam inveja aos profissionais de muitos times, não só o próprio Flamengo. Também valorizo aquela situação exposta pelo Carpegiani onde ele disse que os jogadores não são mascarados, nem deslumbrados e ficaram concentrados integralmente no jogo, sem pegar seus celulares pra brincar nas redes sociais ou desconcentrar, como muitas vezes fazem até mesmo os profissionais. Eles estão sendo preparados de verdade para o futuro, com postura séria dentro e fora do campo. Basta vermos o Vinícius Jr e o Lincoln, que são muito jovens, mas são humildes e têm responsabilidade com a camisa do Mengão. Esse trabalho de base é tão essencial quanto treinamentos táticos e técnicos. O Flamengo começa a ensinar que o respeito deve vir desde cedo, principalmente de quem cresceu lá dentro. Não há mais espaço para Vampetas e outros anti-profissionais que fizeram gato e sapato do Mengão, seja por não receberem em dia ou por qualquer outro motivo. E, como bem sabemos, todo trabalho sério e bem feito, dá resultado. Aí está. Em breve, mais jogadores para o time profissional, outros para negociar, em breve a geração sub-15 vem para a Copa SP também forte e isso só faz com que a necessidade de contratarmos medalhões diminua com o tempo. E, claro, só vão jogar se forem melhores que os nossos meninos, só para complementá-los em campo. Se for para não acrescentarem nada, deixem os meninos, pois eles farão sempre o melhor pelo Mengão!
      SRNs!

      Reply
      • Caro Marcus,
        Seu comentário foi perfeito. e até mesmo brilhante.
        Ademais, faz a saudação correta ao final, com um pequeno “s” minúsculo após as três maiúsculas. Claro, porque as “saudações” são “rubro-negra’S'” e não “rubro-negr’A'”.
        Abraço e parabéns!
        SRNs

        Reply
    • Meu caro, fomos campeões PONTO. Os números da partida não entra em questão mais. o que conta agora é somente o TITULO. Portanto prefiro jogar mal e ganhar sempre.

      Reply
  3. KLeber, a primeira coisa a ser considerada é fato de que esta equipe vei sendo desmontada e remontada ao longo da competição. Talvez por isso mesmo são Paulo tenha sido mais forte tecnicamente e mais equipe do que nós. Ressaltando que hoje São Judas Tadeu bateu um bolão, no mais eu concordo com você. Ser campeão é realmente muito bom.

    Reply
  4. Em virtude do que a garotada vem apresentando, tenho certeza que os medalhões voltarão com outra postura. Foi uma lição, uma aula de espírito flamenguista.
    Parabéns !

    Reply
  5. Temos nas MãOS um belo FUTURO.

    Ou seria melhor dizer que temos nas LUVAS um belo futuro. O Fla literalmente SEGUROU o título com uma atuação digna de finalista do Yago. Me anima MUITO a nova safra de GOLEIRO do FLAMENGO, começando pelo Cesar, Thiago, Gabriel e Yago, …
    Se um grande time começa com UM goleiro, o que dizer então de uma NOVA geração deles.
    A base do FLA está forte ? MENTIRA !!! As BASEs do FLA estão FORTES, isso sim, começando lá no sub 13 até o sub 20.

    Tá tremendo ?
    O MENãO vem aí , bbbúúúúúúúú !!!!!

    Reply
  6. Título é título, então vamos comemorar..mas em se tratando de categoria de base, o grande “título” é aproveitar no time de cima e/ou vender o jogador – fazer caixa. O Vinicius JR é venda de exceção, e exceção é exemplo do burro. Temos que ter isso ano a ano, revelar e aproveitar esses talentos com consistência. Do time de 2011 tivemos forçando a barra o Luiz Antonio e o César que 6 anos depois ressurgiu, de 2016 um pouco melhor com Vizeu e Paquetá. Mas esses, junto do Ronaldo, Leo Duarte e esse turma de agora ainda temos a “obrigação” de deixar jogar. SRN

    Reply
    • Marcelo Rezende, análise perfeita, concordo e assino embaixo! Como já escrevi aqui outras vezes, receava as contratações que diziam que faríamos (Love, Zeca, Wallace e Pablo), pois são jogadores que não são incontestáveis e que chegariam mediante vultuosas quantias sem garantia de rendimento e ainda tirariam (mais) o espaço para a garotada. Acho que, com o tanto de jovens que subiram agora, o Carpegiani vai dar uma enquadrada na galera “experiente” no estilo “ou joga ou tem um garoto na sua posição com sangue nos olhos pra entrar em campo no teu lugar”. Isso só vai fazer o Flamengo mais forte como time. Sem falar que, em várias competições ao longo do ano, indubitavelmente, teremos lesionados, suspensos, convocados, quedas de rendimento etc. e precisaremos de peças de reposição adequadas. Os jovens nos darão essas opções.
      SRNs!

      Reply
  7. Prezados,
    Fico com a entrevista do EBM:
    “– Eu sempre disse que não existe nada mais importante do que cuidar da base. No Flamengo, a base está no DNA. Na minha administração, tive que aturar gente falando que base era perda de tempo, que deveria contratar jogador pronto. Era uma besteira. É um investimento para os próximos anos. A colheita está só começando. A base vai dar muito craque no Flamengo”

    De fato, nossa história é mais de vitórias com pratas da casa e fracassos com medalhões. Sonho um dia poder assistir o que o pessoal de 80 viu, um time vitorioso com jogadores formandos dentro do Flamengo, com identidade rubro-negra!

    Hoje, no time titular, poderíamos facilmente ter maiS da metade do time formado no Flamengo: Diego Alves, KLEBINHO, Réver, JUAN, Trauco; Cuellar, JEAN LUCAS, PAQUETÁ, E.Ribeiro. VINICIUS JR. e VIZEU.

    Reply
  8. Caro Kléber e amigos!
    Não assistir o jogo, mas, estou radicalmente feliz pelo título. Se não jogamos bem, faz parte. O complicado seria jogar bem e ser vice. Jogamos a maioria doa jogos com o time B do sub 20, tendo em vista, que estamos disputando o carioca com o time sub 20 A. É uma conquista que trás esperança no futuro e que desse futuro os bons frutos se confirmem. Se o Flamengo tomou sufoco, é porque fez um gol logo no início. Era de ae esperar. O importante é saber que entre sorte e futebol pouco jogado, venceu que mereceu pelo conjunto da obra. Parabéns para todos nós.
    SRN

    Reply
  9. Anderson, permita respeitosamente discordar de você. O time hoje jogou desfalcado de dois jogadores essenciais: lateral direito Wesley e o centroavante Vitor Gabriel. A grande maioria são 2000 e o time do sp a maioria 98.
    O time foi todo trocado jogando a cada 3 dias e vindo ao Rio para treinar e jogar. Jogando na casa do adversário, com 90% da torcida contra. E ganhou??? Hoje não tinha que jogar bem, tinha que ganhar e ganhou. Demonstrou bons valores defensivos. Mais um goleiro bom. E aumenta extremamente a confiança desses garotos. E vou mais longe: Vinícius Jr, Lincoln e Jean Lucas tem idade para jogar essa copa. Já pensou se estivessem jogando??
    Olha a dimensão dessa conquista. Que time no Brasil está jogando o estadual com sub 20 e foi campeão do maior campeonato sub 20 do país jogando praticamente com um time alternativo??
    O futebol profissional do Flamengo em 2017 foi vexatória, mas a base ja deu um show em 2018.
    Parabéns aos garotos.
    Estou acreditando muito no Jean Lucas, me lembrou Adílio no jeito de correr e Andrade na elegância pra jogar. E aposto muito nesse centroavante Vitor Gabriel que nem jogou hj.

    Reply
  10. Boa tarde galera.

    Temos uma bela safra, rezo para tenhamos boas mãos para a colheita…
    Mas algumas coisas não podem passar despercebidas, esse Aberlan foi pinçado das categorias de base do inferno!!!! É horroroso! E possivelmente, se for de algum empresário, teremos que aturar no time principal antes ou no lugar de algumas joias como Bill, Jean Lucas, Vitor Gabriel e etc…
    Pra cima deles MENGÃO!!!
    SRN!!

    Reply
  11. Agora é não deixar essa geração desaparecer do Flamengo como aconteceu com os times de 90 e 2011, ainda que esta última não tenha sido grandes coisas mesmo…
    SRNs!

    Reply
  12. Missão cumprida.

    Base com boas opçes para o time titular, sabendo vestir o Manto Sagrado, chegando as finais dos campeonatos, PATROCINADORES sendo bem divulgados/exibidos (tendo retorno), torcida CONFIANTE e de bem com o FLAMENGO e já podemos falar praticamente em uma base auto-sustentável e RENTAVEL.
    A diretoria teve a inteligencia de REINVESTIR parte do dinheiro do Vinicius jr. no CT e na base fortalecendo as engrenagens.

    Ronaldo Geovanele, o Babe, disse ” que o FLA quase não chega (na copinha), mas quando chega ganha”
    Quase não chegava, é bom se acostumarem a ver o FLA nas FINAIS.

    Cada vez mais o FLAMENGO se reencontra com suas tradiçoes, historia .

    A base tem dado as maiores alegrias ao MENGãO nos últimos anos, então;

    #deixemosgarotosbrincar

    Reply
  13. Importante é a conquista.
    Final não se joga. Final se ganha.
    O São Paulo jogou bem e perdeu.
    O Flamengo jogou mal e ganhou.
    Quem é o campeão?

    Reply
  14. Boa tarde, amigos,
    Primeiro, parabéns para a garotada!!!
    Concordo que é importante ser campeão, e é o que fica gravado na história. Concordo com o Anderson, quando diz que o time jogou mal. Acrescento que jogou mal do meio para frente, e que esse Pepê me lembra o PH Ganso ( o lado ruim dele). O cara deve ser achar um super craque. Não parece se importar com o jogo, e quase sempre é substituído ( vi todos os jogos da copinha).
    Yago muito bem!! Gostei da nossa defesa, apesar de alguns vacilos, o que é perfeitamente normal. O que me chateou, foi ver o Flamengo dando chutão e recuado, parecendo time pequeno.
    2018 começou bem. Espero que os profissionais se inspirem na molecada, e que sejam vencedores como a turma da copinha.
    SRN.

    Reply
  15. Kleber e companheiros do blog,
    O que eu vi nesse time, além de alguns bons jogadores, FOI A CARA E A ALMA DO FLAMENGO !!!
    Infelizmente, não vemos isso há algum tempo no time principal…

    Vale ressaltar, que esse time do São Paulo vem sendo o melhor time nos últimos dois anos nessa categoria, vem ganhando muitos títulos, inclusive tem um técnico bastante reconhecido no meio, enfim quero dizer com isso que jogamos contra um ótimo time Sub 20 e, o principal, VENCEMOS !!!

    Nosso time, como já disse anteriormente, tem alguns bons jogadores, mas não é um BOM TIME, principalmente pela falta de bons armadores, temos uma defesa sólida, com uma boa dupla de proteção à zaga e bons atacantes…
    Não podemos deixar de citar os jogadores:
    > Yago (que é reserva, o titular Hugo também é muito bom);
    > Patrick, que da geração 2000 (esse com certeza vai dar jogador);
    > Michael, que é uma das grandes promessas da base, tem muita técnica (nessa posição ainda temos o Pablo);
    > Hugo Moura, capitão e no bom sentido, um Cão de Guarda dos melhores;
    > Lucas Silva, esse já com 20 anos, tem que estourar logo;
    > Yuri e Bill, esses também da geração 2000, ambos com muito futuro;
    > Vítor Gabriel, juntamente com o Patrick as duas grandes revelações desse time, vale ressaltar que também era reserva no início da competição e que só tem 18 anos, também tem tudo para dar jogador.

    Enfim, volto a enfatizar o ótimo trabalho que a diretoria vem fazendo na Base, com a assessoria da empresa Double Pass, e continua com investimento pesado na formação de jogadores, não esqueçamos que a partir de 2019 a garotada vai passar a utilizar o atual CT dos profissionais, o que deverá consolidar todo esse belo trabalho.

    Para finalizar, não posso deixar de registrar o quanto está sendo difícil, pelo menos para mim, assistir jogos pela televisão, hoje assisti pelo Sportv e os caras são muito BAIRRISTAS, todos PAULISTAS CHATOS que só faltam “chorar” quando o time de São Paulo perde para algum time de outro estado.
    Hoje, aos 40 do 2o tempo, o J Junior que deveria estar enaltecendo a conquista do Flamengo, o que mais fazia era dizer que o São Paulo poderia a qualquer momento virar o jogo, citando inclusive que havia virado um jogo contra o Palmeiras aos 47 e 49 do 2o tempo, enfim TODOS ELES TORCEM SEM NENHUMA VERGONHA PELO TIMES DE SÃO PAULO, não só no sportv, em todos os canais fechados chega a ser muito chato…

    PARABÉNS A TODOS TETRA CAMPEÕES !!!

    SRN

    Reply
  16. Parabens pelo título.O time jogou mal.Acho que faltou pernas.Não ganhamos bola dividida,chegamos sempre atrasados no hora do combate.Os desfalques pesaram.O time do S Paulo é muito bom.Tem muita fôrça física.Otimo conjunto.Claro,o que valoriza mais a nossa vitória.Alem do mais futebol é bola na rêde!!!
    Valeu MENGÃO !!!!!!!!!!!!!!!!
    SRN.

    Reply
  17. Prezados,
    Enquanto comemoramos os jovens, surgiu a notícia de negociação com o goleiro Julio César, um ex-jogador em atividade, reserva do reserva no Benfica…

    É cada uma!!!

    Reply
    • Deve ser alguma piada Diego! Só pode!

      Temos o Diego voltando de contusão (vai levar tempo para pegar ritmo), o Thiago na mesma situação e o Cezar em grande forma.

      Ou seja, só temos 1 goleiro inteiro! Preocupa? Preocupa, mas não ao ponto de trazer Júlio Cezar, concorda?

      Reply
    • A intenção é um contrato de 6 meses. Deve ser algo como dar algumas oportunidades para o JC jogar e encerrar a carreira no mesmo lugar onde a iniciou. Não vai ficar para jogar Libertadores e Brasileiro, a menos que volte a ser uma máquina de defesas monumentais…
      SRNs!

      Reply
  18. Futebol é fascinante porque é imprevisível ! Eu queimei minha língua , após assistir aos dois últimos jogo do Fla na primeira fase da Copinha, Enxerguei um time desarrumado taticamente e limitado tecnicamente. Mas creio que aquela vitória contra os profissionais do Volta Redonda fez toda diferença. O time ganhou extrema confiança e evolui dentro de campo, superando desentrosamento e cansaço das viagens.
    Penso que o caminho é valorizar a base, não justifica pagar altos salários a “barangas” tipo Rômulo, Trauco, Pará, Berrio, René , Rodolfo, Muralha, etc…tendo valores como Ronaldo , Klebinho, Ramon, Hugo Moura, Jean Lucas, Patrick, Paquetá, etc… no time da base. Imaginem vender um V.Jr. por ano ?
    Acredito que com essa base vitoriosa, teremos mais cobrança nos profissionais e com isso resolvam se empenhar mais em campo…ficar “dormindo” em campo vai pro banco, alias deveríamos jogar a TGB com os garotos…
    Parabéns aos garotos e a comissão técnica pelo titulo, grande destaque para Yago, Patrick, Hugo Moura, Lucas Silva e V.Gabriel…fizeram a diferença hoje e ao longo do torneio.
    É TETRA !!!

    Reply
  19. O melhor, melhor mesmo é vencer um torneio totalmente direcionado a um clube paulista.
    Na semifinal, jogo com a Portuguesa no Caninde, estádio bastante neutro, né?
    A final, no dia do aniversário de São Paulo, o juiz só da 8 minutos a mais no segundo tempo, só 8 minutos?
    Passamos por cima, com muita garra!
    SRN

    Reply
  20. Alguém poderia, por gentileza, avisar na Gávea pros Srs. Rodrigo Caetano, Ricardo Lomba e demais envolvidos que o Henrique Dourado não é um grande craque pelo qual devemos pagar o que o Flu pede?

    Ademais, se o Flu não aceita negociar com o Flamengo, quais motivos nos levam a sequer cogitar emprestar jogadores para eles, ainda que não nos interessem e sejam fracos? Eles terem um jogador nosso no elenco deles é um luxo atualmente…

    SRNs!

    Reply
    • Marcus,
      Inacreditável que a Diretoria esteja negociando com este cara que só faz gols de pênalti, que só virá para tirar espaço da molecada. É melhor deixar o Vizeu, Lincoln e Vitor Gabriel.

      Reply
    • Marcus, se tranquilize…

      A possibilidade de vir para o Flamengo é a última na mesa de negociações do jogador, e o Fluminense só o cederia para nós em caso de pagamento integram da multa de 18mi, dinheiro que não temos em caixa no momento!

      Reply
        • Eu sei que, hoje em dia, mostrar nos jornais um “interesse do Flamengo” é um grande negócio para qualquer jogador. Porém, me preocupa um pouco o fato dele estar ali, “fácil” para quem chegar e pagar. Até porque, duvido que o Flu se recuse a receber por um jogador que sequer joga nas atuais condições por lá.
          Ele até poderia dar certo, nunca se sabe, mas eu concordo com o Diego Oliveira que é muito melhor deixar lá o Vizeu e o Vinícius Jr, seguidos pelo Lincoln e pelo Vítor Gabriel do que investir nessa “bomba”.
          Leio, ainda, que o Carpegiani teria indicado o Edigar Junio, do Bahia. Até me agradaria mais do que o Dourado, mas também acho que é de qualidade duvidosa. Ou chega algum atacante incontestável ou vamos com a molecada mesmo, porque eles, sim, se tornarão incontestáveis em breve, eles são o futuro do Flamengo!
          SRNs!

          Reply
  21. A relação quantidade/qualidade,envolvendo um grande números de jovens da base,na faixa dos 17,18.19 e 20 anos,obriga a direção tecnica a laborar estes jovens.De simples promessas, muitos podem se tornar craques reais.CT tem e um bom numero de preparadores.
    È só trabalhar e muito.Os resultados vão aparecer e breve !!!!
    SRN.

    Reply
  22. Julio Cesar… Depende.Como êle está,física,tecnicamente e qual a sua disposição ??? Vem para ser titular.Vai disputar com os demais como se fôsse principiante ?
    Os goleiros mais novos se enquadram no comentário acima.Merecem tôdas as chances.Até porquê o goleiro só começa a ficar experiente e pronto para a função a partir dos 28 anos.
    Vamos ver.
    SRN.

    Reply
  23. Kleber e amigos, convido a todos a fazer algumas reflexões. De 2013 até hoje, o que mudou?

    Estamos no primeiro mês do último ano da dinastia Bandeira de Melo. Invariavelmente, no fim do ano seguiremos um único caminho de dois possíveis. Ou a Dinastia segue contando com outro comandante da situação apoiado por Bandeira ou o Flamengo rompe com tudo o que foi feito desde 2013.

    Para quem gosta de estar sempre informado, é um prato cheio.

    http://livroanacao.blogspot.com.br/2013/06/gestao-azul-diario-da-revolucao.html

    http://livroanacao.blogspot.com.br/2016/02/gestao-azul-diario-da-revolucao.html

    Fica aqui uma observação e uma dica.

    Ao abrir o site, é possível enxerga textos/links na cor azul. Clicando neles é possível entender o resumo do autor.

    SITE FANTÁSTICO AMIGOS.

    TIREM SUAS CONCLUSÕES.

    Reply
  24. O que falta ao FLAMENGO ?

    Apenas um patrocinador INVESTIDOR e estará feita a maquina de ganhar TíTULOS. Essa é a única peça que falta nessa engrenagem TODAS as outras estão aí. Temos patrocinadores fortes entretanto nenhum deles ainda se dispos a INVESTIR em JOGADORES para juntamente com o FLA montar times mais densos.
    Mas acreditem esse patrocinador irá chegar. O mercado sabe que o potencial de MARKETING do FLA se refez, e eles virão inevitavelmente pois o START dessa máquina é inevitável.

    Reply

Comente.