Massacre

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O placar de 3 a 1 foi pra lá de mentiroso. A superioridade técnica do Flamengo sobre o Botafogo foi de assustar.

Quem participou do post de ontem concordou plenamente que, se o time do Flamengo jogasse com seriedade, determinação e inteligência, não havia como não ganhar. E foi assim que o Flamengo jogou, além de muito bem escalado, com apenas Cuellar atuando como volante.

O que não esperava é que fosse tão fácil. O Flamengo jogou além do que se supunha, e o Botafogo deve ter deixado sua torcida muito preocupada. O elenco é muito ruim, e o time, horroroso. Como é que se desmonta com tanta rapidez uma boa estrutura? Incrível…

O nosso meio, muitíssimo bom, principalmente os jogadores criativos. Paquetá, Diego, Éverton e Éverton Ribeiro jogaram muito. Como dizer que a estreia de um centroavante não foi boa, se o time vence e ele faz gol? Ceifador começou ceifando…

Laterais esforçados. Ponto! O nosso goleiro quase sai do campo com o uniforme limpinho…  Nossa zaga, jogou mais no ataque, nas tentativas de cabeçada, do que defendendo.


(Reprodução da TV)

Não posso deixar de chamar atenção para a estupidez que toma conta do nosso futebol. Vinícius Júnior, após fazer terceiro gol – um golaço – recebeu cartão amarelo por ter feito o gesto do chororô.

Na opinião do árbitro o gesto foi provocativo. Que árbitro Insensível, que orientação absurda. Se no futebol não se tiver o direito de gozar o torcedor adversário, qual é a graça?

Vinícius Júnior foi deselegante? Foi grosseiro? O gesto foi obsceno? Vou sugerir ao nosso brilhante advogado, Dr. Michel Assef Filho, que recorra até ao Papa, se necessário for, para corrigir esta enorme imbecilidade.

O futebol está ficando chato.

1 Comentário

  1. César – 7,5
    Pará – 6,5
    Juan – 8,5
    Réver – 7,0
    Renê – 6,5
    Cuéllar – 8,5
    Diego – 7
    Lucas Paquetá – 9,0
    Everton Ribeiro – 8
    Everton – 9
    Henrique Dourado – 9,5

    Rhodolfo – 8,0
    Jonas – 7
    Vinicius Jr. – 10

    Reply
  2. Apesar dos laterais o time foi muito bem. Que o Mengo vença no proximo domingo, pars que o Carpeguane tenha tranquilidade pra testar novos katerais durante o segundo turno. Só Jesus na causa. Abraço a todos.

    Reply
  3. Caro Kleber e amigos!
    Foi muito facil5, mas, jamais se poderia levar um gol de adversário tão entregue. Depois do gol, ainda quis reagir e foi rebelde.
    Em suma: não podemos perder gols. Devemos resolver as partidas no tempo certo. De toda sorte e sobra de futebol, realmente o placar foi mentiroso. Se fosse acima de cinco gols seria igualmente justo.
    O time no geral foi bem e destaco os dois Everton, Paquetá e Cuellar, esse último, cada vez melhor. O Dourado precisa de tempo, porém, já assinou as credenciais. Foi um carnaval em pleno carnaval, no entanto, estamos apenas no começo. Ainda faltam ajustes!
    Com humildade e determinação, ganhamos o turno.
    SRN

    Reply
    • Concordo Francisco, continuamos a padecer do mal do ano passado: não matar o jogo quando o adversário está entregue. Não temos gana de golear ou como disse um comentarista: “enfia a faca mas não torce”. Ontem era pra ser outro 6 X 0 mas eles tiraram o pé e ficaram tocando bolinha. De qualquer forma, pra início de temporada está ótimo mas temos que jogar mais.

      Reply
  4. Sim, caro Kleber, não cabe outro adjetivo senão esse por ti mencionado: um massacre. Hoje assistimos o famoso ataque contra defesa. Deu dó do Botafogo. Vai brigar novamente para não cair.

    Hoje nosso time foi objetivo, a busca ao gol foi sempre tocando para um companheiro melhor colocado, isso realmente deu gosto de ver. Nada de excessos de chuveirinhos, embora hoje levamos uma vantagem incomum sobre a defesa, pena que a pontaria não estava tão calibrada. Mas o placar poderia ser 6×1 sem exageros.

    Reply
  5. BUUUUUAAAAA!!!!!

    Na roda de SAMBA.
    Pediu pra sambar, sambou e nem faisca saiu muito menos fogo.
    Vinicius jr. deveria ter pedido perdão ajoelhado, por fazer um lindo gol. Menino malvado quem já viu isso. CHORA NãO BOTAFOGO pois deviam ter perdido de 30 x 1.
    Chegará o dia , no BRAIIL, que ao fazer gol o jogador MALVADO deverá pedir perdão ao adversário, ou será banido dos estádios. Driblar então será punido com PRISãO.

    Reply
  6. Tudo bom,muito bem.Mas,as correções precisam ser feitas.Os laterais têm muito pouco bola para jogar no FLA.Rodolfo e Rever são pesadões para disputar bolas fora da n/área.Diego perdeu bisonhamente uma bola,no meio de campo que redundou no gol do Bota.VN tem que ser mais decisivo EM TODOS OS LANCES,sem fírulas.
    No mais valeu a vitória !!!
    ABS.

    Reply
  7. fui ao jogo e gostei do que vi , apesar do timinho do Botafogo o fla fez a sua parte. se tivesse forçado um pouco mais seria de 6. gostei muito do Cuellar,Everton e Paqueta. o Everton Ribeiro jogou bem e ,que golaço do Vinicius Junior sou fã desse menino ,gol de quem sabe.

    Reply
  8. Paquetá que quase fez um gol de falta, ao estilo Zico, merecia a camisa 10, inclusive pelo espírito RN.

    Como bem lembrado pelo KLEBER na postagem anterior “recorda é viver” sobre a campanha dos laterais, eu digo sem medo, que se hoje tivéssemos laterais da campanha 2007, 2008, 2009, seríamos imbatíveis. Naquela época, a criação do time passava pelas laterais. Porém, hoje temos apenas jogadores esforçados na marcação, e que não sabem ir no fundo cruzar, com exceção de Trauco, mas que peca na marcação.
    Enquanto isso aguardando nosso centro de inteligência e, R. Caetano anunciar as contratações (zag, Vol, lat) para que a equipe possa suprir a demanda de jogos que estão por vir.

    Fechando, é 4-1-4-1 ou 4-3-3? Eu acredito nesse, por conta das características e DNA, mas a Globo, com Luiz Roberto, facilitou: “é o famoso 4-1-4-1, ou o 4-3-3, como você preferir!”
    Com a palavra o técnico.

    Reply
  9. Dizem que o 4 1 4 1 possibilita mais vaeiaçoes táticas.

    O que mais gostei de ver foi que agora temos um meio de campo muito mais ENVOLVENTE, ano passado tinhamos um meio de campo SEGURADOR de posse de bola, parece que EVOLUIMOS, hoje vi tabelinhas dentro da área adversária no estilo ALEMANGA 2017.
    A TRASIçãO DEFESA / ATAQUE também está mais veloz e EQUILIBRADA ocorrendo em bloco.

    O ENRREDO do FLA 2018 promete dar samba.

    Reply
  10. Se o Paquetá continuar dando aula de segundo volante, certamente vai mexer com a cabeça do Tite. Por ültimo, como joga esse Cuellar: passes verticais longos, lancamentos precisos, roubada de bola e antecipações precisas. Se tivessemos pelo menos um zagueiro bom, jovem e veloz, para colocar no lugar de um dos nossos velhinhos, que São lentos e velhos, seria excelente. Fora isso, só sois laterais tá bom, porque Parä e Renê, chega até ser brincadeira. Não dá mesmo.

    Reply
  11. Abstenho-me de comentar, pois não vi o jogo. Apenas um adendo ao comentário do Presidente:

    “Laterals esforçados. Ponto!”
    Muito pouco para Flamengo. Precisamos urgentemente de dois BONS laterais para vôos mais altos!

    Reply
  12. Eu achei que o Flamengo dominou e venceu quando desejou vencer. Acho que o Rene definitivamente não tem condições de ser o titular ou mesmo de ser o substituto do lateral esquerdo. Dourado fez o que podemos esperar: gol e presença na área. Começo a achar que o Diego não volta a ser o Diego que chegou ao clube até a cirurgia. Piorou muito e hoje só o vejo em bola parada alçada para a àrea. Creio que o Everton Ribeiro será nosso protagonista. Preocupa-me a situação do Rever, todo jogo algum problema.

    Reply
  13. Prezados,
    O que MUITOS – ou todos – repetiam aqui no blog, era preciso mudar aquele esquema falido dos “pontas/assistentes de lateral” que nos custou campanhas sofríveis.
    Embora o time do Botafogo seja fraco, deu para ver um Flamengo envolvente e se movimentando. E não pode ser diferente, quem tem um meio com Paquetá, E.Ribeiro e Diego, jogar naquele burocrático sistema era um crime!

    “Como dizer que a estreia de um centroavante não foi boa, se o time vence e ele faz gol?”. É sério que teve gente reclamando??? Devem ser os acostumados com o pivô de 900 mil, afinal, um 9 fazer GOL, en CLÁSSICO é pecado! Kkkk

    Reply
  14. Kleber,
    Gostei do jogo e do time e concordo que precisamos de oxigênio nas laterais, em especial na direita.
    O nosso quarteto (Everton Ribeiro, Diego, Paquetá e Everton) está jogando muito e com o tempo, a tendência e melhorar. O H. Dourado proporciona mais respeito na frente e deixou sua marca de CeiFlador. Cuellar, o mais consistente, mantendo o ritmo do início ao fim.
    Hoje sou obrigado a concordar com vc quanto ao ex-técnico Reinaldo Rueda. Realmente ele não conhecia nada de Flamengo. Observei que com ele Rhodolfo jogava pelo lado direito e Rever pelo esquerdo, quando o primeiro jogou uma vida pelo lado esquerdo. No sábado, Rhodolfo entrou e jogou do lado esquerdo, com Rever sendo mantido pelo lado direito. São pequenos detalhes que mostra o quanto o treinador conhece o plantel que tem em mãos.
    Parabéns ao nosso treinador (Carpergiani) que não está inventando e conseguindo extrair o melhor do elenco.
    SRN!

    Reply
  15. Para o Campeonato Carioca esse time é favorito absoluto e os outros pioraram.
    Para a Libertadores e Brasileiro não podemos pensar em ganhar com dois laterias fraquíssimos, ainda faltando um zagueiro e volante e nível.
    Embora tenha feita ótima partida, Éverton Cardoso não é jogador pra ser titular do Flamengo, nos jogos principais não decide e possui um passe ruim.

    Reply
  16. Kleber,
    Não vi o jogo, mas acho que nem precisa para o pitaco que vou dar:

    PRECISAMOS URGENTEMENTE DE DOIS LATERAIS !!!

    O Santos está de “pires na mão” financeiramente falando, e tem dois laterais que “cairiam como uma luva” no Flamengo: VITOR FERRAZ E ZECA.

    Porque não oferecemos dois laterais que temos hoje ( dois quaisquer que eles escolham… ) e mais uma importância em DINHEIRO???

    É uma questão de negociação, pode demorar um pouco, mas com certeza sai… Eles estão asfixiados financeiramente !!!

    Se bobear o Vitor Ferraz vai para o São Paulo e daqui a pouco o Zeca vai para o exterior…

    SRN

    Reply
  17. Futebol não tem logica, mas as vezes ela aparece. E deu a logica, e diria mais, Flamengo cumpriu sua obrigação. Venceu um adversário fraquissimo, que esta em crise técnica e financeira e vinha de viagem no meio da semana.
    Porem, não podemos negar que o rubro negro jogou bem , com autoridade e seriedade . E assim deve ser contra o Boavista , que é um time superior ao do Botafogo.
    Concordo que Cuellar foi perfeito ; Paqueta ,Diego e E.Ribeiro se movimentaram bem , mas penso que não podem desperdiçar tantos gols.
    Everton 22 , quando joga serio, é um jogador muito util e produtivo.
    Dourado cumpriu sua missão de fazer gol.
    Flamengo deveria preservar o Juan para jogos da Libertadores e Rever parece bem abaixo fisicamente…
    Já os laterais, continuam sendo filme de terror….num jogo mais difícil será um tormento !
    Quanto ao lance de V.Jr., infelizmente, digo que não só o futebol vive um momento “nutella” de extremo “mimis”, como toda sociedade. Estamos numa epoca de muitos direitos e pouco deveres. Estamos criando uma sociedade hipócrita e claro, isso afeta o futebol também…Não sabem distinguir brincadeira de incitação a violência. Como coisa que nosso atual momento de desgoverno e insegurança , precisemos de um jogo de futebol para incitar violência…enfim, espero que não tornem o futebol num BBB.
    Bom carnaval a todos…
    Fora R.Caetano !!

    Reply
  18. Com todo o respeito, mas Juan e Rever não podem mais formar a zaga titular do Flamengo. É preciso de um zagueiro veloz. A forma como o Kieza passou pelo Rever foi bisonha. O Flamengo ainda precisa de um lateral. Quem sabe o Zeca quando e se resolver esse rolo na justiça com o Santos.

    No mais, o título do post diz tudo: massacre!

    Aliás, vou avaliar de verdade o Flamengo quando jogar contra times decentes, o que até agora não fez. Só times semi-amadores.

    Reply
    • Caro Henrique,

      Até acho que o Léo Duarte com mais espaço pode crescer.
      Terminamos o jogo com Jonas de zagueiro e confesso que fiquei muito apreensivo. Neste ponto, confio no Carpegiane em valorizar mais a nossa base.
      SRN

      Reply
  19. Prezados,
    E quando eu achava que não poderia piorar, os Dirigentes do Botafogo conseguem apequenar ainda mais o clube, vetando a final no Engenhão por terem ficado ofendidos pelo chororô do Vinicius Jr…
    Por causa de paixão clubista, preferem deixar de arrecadar para um clube à beira da falência… Vai entender!

    Reply
  20. O Botafogo de Futebol e Regatas informa que a final da Taça Guanabara, entre Boavista e Flamengo, não será realizada no Estádio Nilton Santos. Cabe esclarecer que:

    1 – A decisão de não haver o jogo não foi motivada pelo valor estabelecido no Arbitral. O valor havia sido decidido e aprovado por todos os Clubes presentes, inclusive o Botafogo;

    2 – A decisão foi tomada unicamente em função da comemoração de gol do atleta adversário, praticando – no entendimento dos botafoguenses – desrespeito à Instituição Botafogo, que é representada pelos seus atletas, sócios e torcedores;

    3 – Passaram-se os dias e até hoje não houve uma manifestação, quer do jogador, quer do clube, se retratando do episódio. Pelo contrário, repercute ainda mais o gesto;

    4 – Este jogador é empregado do clube adversário e, como tal, deve respeitar a ética profissional.

    5 – O fato deve ser analisado muito bem. Um ato deste tipo pode provocar a violência entre os jogadores e torcedores. Queremos a paz e o respeito dentro e fora de campo.

    #Ninguém_cala_esse_XORORÔÔÔÔÔÔ

    Reply
  21. Botafogo botafogueando de novo. Mas acho que o VJ poderia ter evitado essa comemoração.

    Não trouxe nada, além de problemas, num momento em que a relação melhorava e seria bom pra gente jogar no Engenhão, se não temos Maraca. Burrice,em minha opinião.

    Reply
    • Fernando,
      Com uma Diretoria tão amadora quanto a do Botafogo, o melhor é JAMAIS fazer qualquer tipo de negociação… Só aguardar quando chegarem com o pires na mão, pois nesse ano cairão!

      Reply
    • Fernando,
      Acho que não tem que evitar… lembra ano passado quando a diretoria do Botafogo ficou xingando e zoando o nosso sub-20 no Aeroporto Santos Dumont quando perdemos a semi da copinha.
      Aquilo passou até da brincadeira para a falta de respeito.
      O gesto do Xororo foi pura brincadeira… a torcida inteira estava cantando “Mamãe eu quero… da chupeta pro bebê não chorar…” logo depois ele meteu o gol e não pode brincar com a torcida. Palhaçada de quem não sabe perder… ou no caso ser humilhado!!!
      O gesto do Neymar quando estendeu a mão para o jogador adversário para levantar e tirou quando ele deu a mão…. aquilo foi brincadeira de péssimo gosto.
      Não podemos tirar a brincadeira do futebol!!!

      Reply
  22. Todos têm a sua opinião.Eu,de minha parte,acho que esse tipo de gozação fica bem para a torcida,chargistas,caricaturistas,etc.Os atletas,(VN,VItor Gabriel) erraram.Se querem tripudiar sôbre os adversários que façam gols,impondo goleadas,que certamente vão para a história de cada jôgo.O gesto do “choro” e mesmo a língua de fora,(copinha),se perdem no tempo.
    Mas,a nova diretoria do Bota,mostrou com a reação que teve,amadorismo,despeito,revanchismo e uma infantilidade indesculpável.Deram,inclusive ao fato,uma dimensão maior.Rivalidade à parte,sabemos que o Bota é uma grande instituição,com passagens históricas destacáveis no desporto nacional.Mas,neste episódio,ficou apequenado pela atitude de sua recente diretoria.
    Todos perderam.O futebol carioca contnua em queda livre.
    Aliás,Taça Guanabara,um símbolo para a Cidade Maravilhosa sendo disputada em Cariacica-ES,parece piada.
    SRN,

    Reply

Comente.