Eu bem que avisei…

(Foto: AP Photo/Dolores Ochoa)

Quando garoto, amava 99.9% de tudo que minha mãe dizia. Afinal, Dona Lizete era do tipo mãe perfeita, onde amor, carinho, cuidado e devoção ao filho, representavam a própria vida dela.

Sou eternamente grato, reconheço e reverencio todas estas qualidades, em que fui o grande beneficiado. A única coisa que me deixava desconfortável na relação com minha santa mãezinha era a forma como pontuava quando algo que eu fazia ou, atitude que tomava, dava errado. Era inevitável: Lá vinha o famoso…”eu bem que avisei…”

Aquilo me deixava louco, talvez até pelo fato de ser a materialização do meu equívoco, da minha escolha infeliz…do meu erro… E, com todo respeito aos meus companheiros e amigos que um dia pensaram diferente, não posso de aqui deixar de colocar e, como fazia minha doce mãezinha, saborear a vitória da minha “certeza absoluta”.

Desde o primeiro momento que vi Vinícius Júnior jogando, ficou muito claro que aquele menino não era um jogador comum. Habilidoso, veloz, agudo, abusado, artilheiro e carismático. Como é que alguém com todas estas “estrelas” pode não dar certo?

Jamais deixei de acreditar, mesmo sabendo que deveria ele ter um tratamento diferenciado e, ao invés disso, talvez tenham até criado na cabeça dele o fantasma da dúvida, pois depois de ser negociado aos 16 anos por 45 milhões de euros, no máximo o que conseguia jogar no Flamengo, eram míseros 20 minutos.

Não foi à toa que, Telê Santana, Claudio Coutinho, João Saldanha, Zagallo, Oswaldo Brandão e, poucos mais, foram treinadores “diferentes”. Eles simplesmente não inventavam, não se achavam…respeitavam o óbvio. O incrível é que, mesmo estando na cara, há quem não consiga enxergar o óbvio.

Aqui mesmo no blog já li comentários e, não foram poucos, de que a venda para o Real Madrid, por 45 milhões de euros, representava o maior estelionato na história do futebol.

Pois é… eu bem que avisei…


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

E agora?

Agora é problema do treinador e, ele está sendo pago para resolver – e já está atrasado – este tipo de coisa. Para facilitar a vida do Carpegiani e deixá-lo inteiramente à vontade, registro aqui apenas o óbvio. O time do Flamengo é: Vinicius Júnior + 10. Simples assim…


(Foto: Reuters)

E o Messi, hein?

Amigos, o time do Barcelona não é o mesmo. Quem conhece um pinguinho do tema sabe que este time que vimos ontem, longe está daquele que encantou o mundo. O que não mudou foi Messi. O tempo passou e continua o mesmo gênio, com a mesma criatividade, com a mesma velocidade, com o mesmo imã que tem nos pés… Messi me encanta.

O meu ídolo, todos sabem, foi Zico. Nunca torci tanto por alguém como torci pelo Galo. Como sou fascinado pelo talento, como reverencio o raro talento, o gênio, como não torcer por Messi? E, paralelo à genialidade, Messi passa suavidade, leveza, doçura e esperança. Sim, esperança. Poder acreditar que quem é bom de corpo e alma, possa ser o melhor do mundo. Sou Messi Futebol Clube. Jogue onde jogar, esteja onde estiver. Para quem gosta de futebol, Messi é o ídolo máximo da bola…

1 Comentário

  1. Eu nunca deixei e nem deixarei de acreditar no futuro do VINÍCIUS, e como comentou um jornalista hj, ontem ele deixou o Júnior de lado. Agora vc Kleber, eu sei disso , sempre foi o maior de todos q procuro informações esportivas o cara q mais acreditou no Vini!

    Reply
  2. Caro Kleber e amigos!
    Vibrei muito com os dois gols do Vinicius e logicamente quero e desejo que ele se torne um astro internacional. No seu blog, fui uns dos que combatiam a questão do mesmo na atual fase virar titular absoluto, haja vista, meu pensamento de que no momento ele era um jogador de bons lampejos, mas, de uma continuidade que ainda não convencia a ser dono de uma posição. A confirmação de ser craque, ele vai mostrando jogo a jogo.
    Creio que no jogo de ontem o mesmo tenha retirado de dentro de si todo peso de sua precoce responsabilidade. Lembro, que na base, era um jogador inquestionável. No profissional, acredito que os técnicos foram responsáveis em saber lançar, ou seja, indo aos poucos, assim, como foi com Lucas Paquetá, que na minha opinião, mesmo com uma dose de prender a bola, é titular inquestionável. Também creio, que a hora dele vai chegar e ele vai se firmar e todos seremos felizes.
    SRN

    Reply
    • “Também creio, que a hora dele vai chegar e ele vai se firmar e todos seremos felizes.”
      Tô contigo nessa amigo Chico.
      Só espero que seja um pouco antes de arrumar as malas…
      * A rebeldia do Paquetá com o Diego, em pleno jogo, deveria ser observada pela comissão técnica.
      Pouca idade pra tanta marra…
      Como dizia meu pai, “com 20 anos, devemos ouvir mais, do que falar”.

      Reply
    • Kkkkkkkkkkkkkkk
      Negueba não! Negueba News kkkkk
      Amigo José. Quando pequenos, somos apenas Zezinho. Cresceu um pouco, chamamos de Zé. Colocou um bigode e um terno, lá vem o Dr. José…
      O mesmo acontece com VJr.
      Ainda é o Júnior com muito futuro e lampejos. Afinal, agora a turma é outra.
      Ontem arrebemtou, em 25 minutos. Mas jogou 90 contra o Maricá e não viu a cor da bola. E quando via, levava pra casa…
      Claro que é diferenciado! Coisa que o nosso Neguebinha NUNCA foi.
      Não podemos negar que o caminhão de grana pago pelo Real, também pesa na avaliação.
      O que tem que aprender urgentemente (também Paquetá), é que futebol é um jogo coletivo.
      Não é proibido partir pra dentro.
      Mas existem inúmeras variáveis numa jogada.
      Abraço, amigo

      Reply
      • Kkkk,
        Boa Egon, a verdade que nos flamenguistas somos empolgados, o Vinicius arrebentou nesse jogo, é como você falou contra o Macaé não viu a bola, por isso é bom mesmo conter a empolgação,…mais ele é diferenciado é.

        Reply
        • Amigo José!
          Quando um jagunço criou o dicionário da língua portuguesa, esqueceu de acrescentar no sinônimo de passional, o nome rubro-negro…
          Perdeu quebra tudo e nada presta. Venceu, vai pra Tóquio com cheirinho e tudo…

          Reply
      • Amigo Egon,
        Não podemos avaliar a atuação do VJ contra o “Maricaé” com o time reserva com tanto rigor, mesmo jogando os 90 minutos! Seria tão justo quanto avaliar 10 minutos jogado junto aos titulares.
        Jogos assim despertam naturalmente nos diferenciados a ansiedade de resolver sozinhos e, invariavelmente, não rendem o esperado com o individualismo aflorado. Como bem disse, futebol é um jogo coletivo…
        Não acho que sejam lampejos do VJ, enxergo como objetividade (que falta ao Paquetá) e nem todas as jogadas terminam como queremos ou pensamos. Lembro-me de ter lido em algum comentário seu que já encantou os gráficos com seu talento nato de artilheiro, então bem sabe o que quero dizer. Não cheguei a tanto, mas também já tive bons dias na várzea e outros nem tanto.
        Forte abraço.

        Reply
        • Meu amigo Márcio!
          Existe um diferença abissal entre Paquetá e Vinicius. Até mesmo em relação a idade. Um joga no meio e acha que é acrobata. Como tem habilidade, faz daquele metro quadrado seu circo. É caneta, chapéu, vai e volta… só que no lugar errado e sem nenhuma objetividade. Com um agravante! Perder a bola ali, desmonta tudo…
          Como tem 20 anos e joga com o Manto, já se acha e, tem certeza que a arrebentação ficou pra trás. Ledo engano!
          Tem muuuuito futuro… mais ainda não é.
          Vinícius joga numa posição em que é obrigado a partir pra cima.
          Faz parte da sua característica e do que aprendeu. Só reclamo do excesso, quando existem outras variáveis na jogada. A hora de aprender é agora.
          Driblar um e, receber na frente, também deixa adversários pra trás.
          Talvez falte o “professor”…
          Abs irmão

          Reply
  3. Caro Kleber, sempre compactuamos dessa ideia de que Vinicius Junior era algo diferente. Muitos amigos aqui ainda desconfiam do garoto. Mas vejo Vinicius Junior e Paquetá duas joias de grande valor que o clube soube produzir. Tenho convicção de que mais duas joias estão prestes a subir e também mostrar seu talento. É a recuperação do lema: craque o Flamengo faz em casa. Não temos como deixar de elogiar a atual gestão nessa forma como vem tratando a base. Ela é que vai levantar o clube. Ser Flamengo é algo diferente. Tem que vir de dentro, lá do infantil, para que quando chegue a hora da verdade pulse o verdadeiro sangue rubro negro. Nossa história sempre foi contada assim.
    Craque é sempre bem vindo ao Flamengo, mas quando vem de dentro de casa, é algo singular.

    Reply
  4. O caminho é aproveitar a base.
    Gostaria de ver o Bill e o Vitor Gabriel nesse time também.

    Tenho certeza que eles dois juntamente com o zagueiro Patrick vão dar um bom caldo.

    Temos bons jogadores na base presidente,basta o treinador ter peito para bancar esses meninos no time.

    Realmente é Vinicius Jr e mais 10.

    O Brasil merece ver mais um pouco desse talento que logo,logo vai encantar as arquibancadas do futebol Europeu.

    Reply
  5. Anderson, amigo,
    Que alegria!!!
    Como é bom ler um comentário de quem, com certeza, sabe tudo de Flamengo.
    Incrível!!! Você foi na mosca!!!
    Bill, Patrick e Vítor Gabriel, são as nossas joias VERDADEIRAS!!!
    E, ante a nosssa necessidade imediata, Vítor Gabriel, Já!!!!
    Forte abraço.

    Reply
  6. Caro Kleber,
    Sou testemunha da sua insistência e necessidade de colocar o Vinícius Jr. pra jogar, e ser titular da equeipe pelo seu talento nato.
    Acompanhei o Vinícius Jr. na copinha de 2017 e no sul-americano. Um garoto de 16 anos com toda aquela explosão, simpatia, concentração, velocidade, e o principal, “poder de finalização”.
    Tem tudo pra se tornar brevemente titular absoluto e trazer alegrias antes da sua partida pra Madri.
    O caro Egon citou a discussão entre Paquetá e Diego que deveria ser resolvida pela direção do Flamengo.
    Justo, até pra preservar o melhor hoje jogador do Flamengo e o melhor momento de Diego, pra mim, desde o final de 2015.
    Por fim, Deixo aqui para o Paquetá refletir o lance de Messi no segundo gol na quarta feira contra o Chelsea. Messi rouba a bola, passa por dois e no um contra um, serviu o colega para fazer o gol e “ajudar toda equipe”. Esse é um lance típico que separa um jogador normal dos maiores que busca o coletivo e não somente o individual.
    E Nem por isso deixou de ser um lance espetacular de Messi e não deixou de o melhor do mundo pq não fez o gol.
    Deixo meu recado para o Paquetá que é um jogador acima da média, quero ver ele em campo, tem garra, segura a bola como poucos, tem que melhorar finalização e também pisar mais no chão!
    SRN!

    Reply
  7. Kleber eu gostaria de fazer um questionamento e quem sabe ver essa situação por um outro angulo.

    Que o VJ é diferenciado disso ninguém duvida. Mas será que essa espera pela titularidade não fez bem ao próprio jogador e ao Flamengo?

    Chegou ou está chegando a hora de VJ estar numa condição de incontestável ao time. Eu vejo que essa espera deu ao jogador amadurecimento e muita personalidade. Não precisamos pular etapas e nem processos.

    Por outro lado acho um erro as pessoas compararem Paquetá e VJ. São quase 3 anos de diferença. Nessa idade, 3 anos de diferença fazem enorme diferença. E só agora Paquetá me parece estar de fato maduro e incontestável.

    Isso só prova o quanto o VJ é mesmo diferenciado, mas toda essa cautela foi benéfica.

    Mais dias ou menos dias, esse vulcão será titular. ER7 não oferece a menor resistência para que isso aconteça e talvez, contra a Portuguesa, seja um bom começo para essa titularidade de VJ.

    Quem bom que a pressão popular vem aumentando justamente pelo futebol apresentado por VJ. Em outros tempos queimamos tantos talentos por não ter justamente esse tempo de maturação natural. Foram duas, três ou quem sabe quatro gerações desperdiçadas.

    Lincoln também terá esse tempo de maturação, que ao meu ver faltou ao Vizeu.

    #É_SÓ_ESPERAR_QUE_O_RESULTADO_VIRÁ.
    #NÃO_TEMOS_PRESSA

    Reply
    • Incontestável para quem esta de fora não é Anderson?

      Para quem esta botando na reta a história não é bem assim!

      VJr é um verdadeiro abridor de latas, mas isso desde o tempo do Rueda, que o usava para tal fim, ao que parece o mesmo que pensa o Carpegiani.

      O garoto é ofensivo, mas no 4 3 3 não funfa, já no 4 4 2 seria perfeito!

      Então meus caros, vai continuar tudo assim, como o moleque entrando no segundo tempo, devido as funções táticas, que ele não exerce.

      Reply
        • Ah sim, no segundo tempo é show sem dúvida Anderson, ou até mesmo desde o início, desde que estejamos precisando do resultado, ou quem sabe no Carioção?

          Com ele ali o buraco na recomposição fica enorme (já não é show com o ER7) com esse esquema, ao menos como esse time é extrudado! Agora se mudarem lá atrás, ele joga na frente sem problema.

          Reply
    • Amigo Anderson.
      Temos todo o tempo do mundo, mas não com o VJ. Os caras já compraram, pagaram e agora o querem lá… Hoje, diferente de antes, o processo de maturação foi acelerado, os garotos disputam competições com nível elevadíssimo, recebem uma carga de responsabilidade bem mais cedo do que “ontem”. Não há mais amaciadores de chuteiras (1º e 2º quadro); podemos perceber isso até nas entrevistas da meninada. Também não vejo o Paquetá tão maduro quanto você diz, ele está jogando MUITO mas continua deslumbrado…
      Talvez na próxima fornada, com as contas totalmente ajustadas, possamos ter a calma que pregou. No momento, bom amigo, prevalece o ditado de que “quem tem fome tem pressa”…

      Reply
      • Eu sinceramente não acredito que o VJ sairá no meio do ano. Para jogar num time de segunda linha na Europa, melhor que fique no Flamengo.

        O acordo é:

        Em julho, assim que completar 18 anos, o VJ vai assinar contrato com o Real em definitivo. Vai ficar por empréstimo no Flamengo até 2019.

        Para que saia antes, duas das três partes, tem que concordar com isso. Ou seja, VJ tem que querer jogar em um time de segunda linha por lá antes de 2019.

        Reply
        • Correntes de pensamentos como a do Kleber Leite pregam que o jogador seja titular absoluto do time, que arrebente ai nos próximo 2 ou 3 meses e seja convocado pelo Tite para Seleção na cota de novato promissor para Copa do Mundo, seria o melhor dos mundos! Seria até razoável e factível.

          Em qualquer caso ele sai no meio do ano, isso não tenho dúvidas!

          Reply
  8. Fico imaginando VJr. e Neymar jogando juntos no Real Madrid.
    Vizeu X FLA X Empresários X Dispensa de viajar,etc,etc.Aumento de salários…? Me parece que está havendo complicação.Será que o atleta está sendo bem orientado…?
    Acho que é hora de “empoderar” Bill,Vitor Gabriel e Lincoln.Acredito que valha a pena.Têm potencial !!!!
    SRN.

    Reply
    • Amigo Carlos!
      Desnecessário esse desconforto!
      Como já está vendido, manda rapidinho por Sedex 10 pra não ter nem risco de retorno.
      Coloca o Lincoln no banco e segue o enterro.
      Pior que aquele poste, com certeza não é.

      Reply
  9. Perfeito Kleber! O VJ é hoje titular inconteste para qualquer rubro negro de verdade, devemos confirmar se o Carpegiani o é. Aliás é uma injustiça com ele compará-lo aos treinadores citados na postagem… O valor pago pelo Real Madri só corrobora com isso; os gigantes europeus tem muito dinheiro (Vejamos Marlos Moreno) mas não ao ponto de jogar ao vento, não acredito que enxerguem diferente da maioria de nós.
    Quanto ao Messi, não sei como descrever a facilidade com que transforma genialidade em trivialidade, até hoje pouquíssimos tiveram tal habilidade.
    E ainda acho que o Barça encanta, um pouco menos que antes, mais ainda encanta…

    Reply
  10. Prezados,
    Animador o trabalho feito na base do Flamengo, hoje temos excelentes jovens despontando, que em breve estarão no time principal: Cesar, Klebinho, Patrick, Michael, Ronaldo, Jean Lucas, Bill, Paquetá, Lincoln, Viniciu Jr., Vitor Gabriel… Penso até que esses meninos já poderiam estar jogando o Carioca, para ganhar experiência. No regional é melhor apostar em quem pode EVOLUIR, do que perder tempo com as dragas velhas do Pará, Renê/Trauco, Rômulo, W.Arão…

    Reply
  11. Prezados,
    Hoje saiu uma matéria no GE sobre o lucro dos times com estádio. O Palmeiras arrecada uma média de 2 milhões por jogo (isso jogando o paulista!!!). No final do ano os caras terão arrecadado mais de 50 milhões, ou seja, o estádio se paga em tempo mais do que razoável!

    Poderiam ver algo similar ao estádio do Emelec, achei muito legal a configuração do estádio deles.

    Sempre que leio essas coisas penso no que o Flamengo está deixando de ganhar, ainda abraçado no elefante branco do Maracanã… Neste ano o clube não aparece nem entre os 10 primeiros em arrecadação.
    https://globoesporte.globo.com/numerologos/noticia/bolso-cheio-palmeiras-tem-maior-media-em-arrecadacao-com-bilheteria-em-2018.ghtml

    Reply
    • Amigo Diego,
      Não leve acredite piamente em tudo o que ouve ou lê por aí…
      Concordo que passou da hora do Flamengo ter um estádio moderno e com capacidade razoável, mas na conta do Allianz Parque a WTorre não é citada e falam de faturamento e não de lucro.
      O negócio do Palmeiras, aparentemente, é ótimo… Mas precisamos ver as letrinhas miúdas no pé do contrato…
      Abraço

      Reply
      • Yvan,

        Isso é perfeitamente natural e esperado:

        A torcida não comprou a ideia do estadio da Ilha! Até por questões de segurança e de preços dos ingressos.

        Jogar no Maracanâ ficou raro e caro, tanto para a torcida, quanto para o clube.

        O mesmo tbm deve ocorrer com os jogos no Engenhão….

        Com o fim do “Bye bye Brasil” de 2016 no Brasileirão, onde o time jogou com sucesso de público em diversas capitais do pais, o problema deve perdurar.

        Reply
  12. Kleber leite em todos os meus comentários exalto o talento de Vinícius ,por mim já seria titular desde do ano passado. Agora já o Patrick joga mais que Léo Duarte , o Vitor Gabriel precisa ter uma oportunidade porque é o melhor centroavante que o Flamengo tem depois de Guerrero .o Bill lembra muito o Marcelinho Carioca , veloz e dribles curtos. Gente não aguento mais esse Renê e o Dourado.

    Reply
    • Boa tarde, Geraldo!
      Concordo com seu comentário em tudo. Quanto ao Renê e o Dourado,
      já disse em um comentário anterior: São 02 embustes. Renê é um
      dos piores jogadores que já vi com a camisa do Flamengo, em todos
      os tempos.E o pior é que o Trauco é tão ruim quanto ele.

      Fora Rodrigo Caetano!

      SRN

      Reply
      • Sidney Ferreira obrigado pela força meu amigo rubro negro. Fiquei muito feliz com a raça do time do Flamengo, com essa determinação temos grandes possibilidades daqui pra frente . saudações !

        Reply
  13. Prezados,
    A notícia é que o Corinthians desistiu da contratação do Zeca. (Que furada que os empresários do rapaz o colocaram!) De todo modo, o Flamengo tem uma excelente moeda de troca para negociar diretamente como Santos, o W.Arão.
    O bom retorno do Jonas e a qualidade do Cuellar dão um pouco mais de tranquilidade no quesito volantes, e o insosso ex-botafoguense não fará qualquer falta. Ainda que o Zeca não seja um craque, certamente é bem melhor do que o Renê/Trauco.

    Reply
    • Diego,

      Me surpreende só termos um único 2o. volante no elenco, fora o Arão todos são 1o. volantes (Cuellar, Rômulo, Jonas, Ronaldo).

      Isso naturalmente se deve a minha ignorância ou incompreensão, só pode!

      Talvez o cerne do problema fosse o conceito de volante que o Arão é: Dito o volante moderno! Não me parece RC comungue desse conceito de jogador, visto que Arão esta na cota pessoal do EBM, talvez, quem sabe essa seja a explicação.

      Mas estou de acordo com vc em uma coisa, Arão tem sido um zero a muito tempo, a mais de um ano no time.

      Tbm estou de acordo com o Carpegiani, que prefere ter mais um meia (mesmo se sacrificando na marcação) a ter o Arão jogando mal.

      Reply
  14. Amigos, a idéia de despachar o Arão pelo Zeca é genial, só precisa combinar com o Santos, né? Lá pelo menos ele só vai jogar contra o Botafogo duas vezes por ano e o prejuízo deles vai ser menor que o nosso, já que ele(sempre) amarela contra os Alvi-Negros e não joga nada.
    Já o EBM precisa alertar o RC pra ficar mais esperto. Ele acaba de comer mosca(ou levar chapéu, como dizem os Paulistas) na negociação do Aguirre com o Botafogo. Afinal, um cara que está se recuperando de uma cirurgia no joelho desde outubro deveria ser o sonho de consumo do nosso “gênio” das contratações e cairia como uma luva no lugar do Conca, ou não?

    Reply
  15. Sidney Ferreira obrigado pela força meu amigo rubro negro. Fiquei muito feliz com a raça do time do Flamengo, com essa determinação temos grandes possibilidades daqui pra frente . saudações !

    Reply
  16. Perfeito KL.
    Nada substitui o talento.
    Nos últimos seis meses nossos destaques são Paquetá e VJ.
    Que a direção saiba dar equilíbrio para a evolução destes jovens.
    Abraços.

    Reply
  17. Que o VJr. é diferenciado disso ninguém duvida….A questão é: vale tudo que foi pago? É isso tudo que pensam que é ? É um jogador só de segundo tempo?
    Claro que no baixo nível do futebol atual, qualquer jogador nota 7 já se destaca…Torço que V.Jr. chegue ao nivel de Neymar e Messi, melhor ainda se chegasse a esse patamar com a nossa camisa… Todo time grande precisa de ídolo.
    VJr. já jogou 90minutos e não rendeu nada, porem é fato que contra o Emelec , decidiu o jogo. Tomara que continue nos salvando, porque se dependermos de H.Dourado , E.Ribeiro, Diego, René, Para…será só sofrimento.
    Na minha visão ,e tomara que esteja errado, VJr. é um garoto promissor, no qual pagaram 165 milhões , um valor que ainda não vale e não sei se valerá , portanto ainda considero um estelionato futebolístico…Mas como o mundo do futebol anda carente de talentos, talvez esse valor seja ínfimo…
    Quanto ao genial Messi, esta há anos luz a frente de CR7… só isso já o define !

    Reply

Comente.