Jogo difícil de comentar

Flamengo 2 x 2 River Plate – 28/02/18 (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Placar justo? Não tenho nenhuma dúvida em afirmar que sim.

Bom não esquecer a enorme desvantagem do Flamengo, em jogar no Rio, sem a sua torcida. Realmente, muito estranho, um jogo com dois gigantes do continente e, sem molho, isto é, sem a torcida. Isto precisa ser revisto.

A punição ao Flamengo pelos fatos ocorridos na final da Copa Sul-Americana, era óbvia e necessária. O problema é que a pena acabou sendo para o espetáculo seguinte, no caso, o jogo de hoje. Futebol sem público, definitivamente, é um crime.

Vamos à partida. A novidade foi o fato de Pará ter começado, quando todos esperavam a escalação de Rodnei. Pará não esteve bem, e Rodnei acabou entrando. No mais, o que se esperava com respeito à escalação.

Estranhei a entrada de Arão, completamente fora de ritmo. Se não estou equivocado, foi o primeiro jogo oficial dele este ano. Naquele momento, deveria ter entrado Vinícius Júnior.

Tenho muito cuidado em comentar, pois o psicológico, neste estádio vazio, influiu. O time jogou bem? Claro que não. Mas muito cuidado em avaliar, pois estivemos diante de uma situação inusitada.

Para não dizer que não houve algo bom, a atuação de Lucas Paquetá, foi longe, a melhor entre todos de vermelho e preto.

Diego, em uma nova função, sendo um armador e não um ponta de lança, foi até razoável. No mais, nenhum destaque. Muito pelo contrário…

E, não há como não deixar de colocar que o nosso bom goleiro, Diego Alves, foi bem atrasado no segundo gol do River. Chute de muito longe, totalmente defensável.

Que os marginais que aprontaram aquela zorra no jogo contra o Independiente, se, efetivamente, são rubro-negros, que tenham a certeza de que jogaram contra o patrimônio. Foram os maiores culpados pelos dois pontos que deixamos de ganhar hoje. Marginais, irresponsáveis e estúpidos.

Este grupo vai ser complicado. Agora, um jogo fora e depois, em casa, e sem a torcida.

Este próximo jogo, pelo resultado de hoje, passa a ter um caráter decisivo. Grupinho difícil…

Continuo levando fé…

1 Comentário

  1. Parabéns pra quem gostou dessa bosta de treinador…. Na boa, sem dúvidas, o pior deles que essa diretoria já contratou. Cara derrotado, não ganha nada, me bota Arão, num jogo de libertadores, sem ter feito 1 jogo no ano…… Isso que da botar amador.
    Pra que recuou o time? Quantos jogos no ano ele recuou o time?
    O que esse cara está fazendo nos treinamentos?
    Não é possível! Não é possível!
    Qual a dificuldade em trazer um treinador de verdade? Cadê o Cuca?
    Amigos, mais 1 ano que seremos sacaneados pelos torcedores adversarios. Agora eu entendi, bandeira quer ser deputado com votos dos vascainos, tricolores e botafoguenses. O cara só faz a alegria dos adversarios.
    Saco cheio de ver aquela cara de babaca desse presidente, sem dúvidas, o pior da história do futebol do Flamengo. Fora Bandeira! Queremos treinador!

    Reply
    • Caro Fellipe Ferreira,
      Respeito a sua opinião, mas gostaria de expor a minha: o Cuca não é melhor que o Carpegiani. Aliás, os técnicos brasileiros estão todos no mesmo nível. A meu ver, o único real destaque é o Tite. Até o Renato Gaúcho ainda está em fase de transição, apesar de que eu ainda quero vê-lo no comando do Mengão. Duvido que com ele faltasse tesão, como falta pra esse elenco atual. Parece clube europeu!
      Tanto essa questão dos treinadores é real que eu deixo aqui uma pergunta: cadê o “genial” Jair Ventura, maior promessa de treinador que surgiu recentemente? E o Zé Ricardo, que era horroroso, e foi lá no Vasco mudar as coisas? Os treinadores do Brasil são despreparados, não sabem nada de tática, não conseguem variar formações, não treinam jogadas ensaiadas, enfim, não sabem nada! Pode ver que qualquer timeco ridículo da Bolívia sabe tocar a bola melhor que TODOS os times brasileiros. Os jogadores sabem seus lugares. Sabem como atacar e defender. Se tivessem a habilidade e o improviso dos peladeiros brasileiros, seriam grandes seleções! Mas fato é que nossos treinadores são limitadíssimos, muito, mas muito fracos mesmo. Tanto é que nem Felipão, nem Luxemburgo e nenhum outro, mesmo no auge, mereceu atenção do futebol europeu. Os europeus viram rapidinho que eram enganações que, sabe-se lá como, serviam para o futebol brasileiro.
      Quer um comparativo simples? Veja os treinadores portugueses. Portugal não é uma máquina de títulos e nenhum clube o é. Mas veja quantos treinadores portugueses já se espalharam pela Europa toda, justamente porque sabem MUITO mais que qualquer treinador brasileiro?
      Trocar treinador simplesmente por trocar, sou contra. Se trouxerem o Tite ou o Renato Gaúcho, eu até concordo. O resto é trocar Márcio Araújo por Jonas.
      SRNs!

      Reply
  2. Muralha II! O retorno! Nosso goleiro é horroroso. Falhou nos 02 gols e em todos os lances, em que a bola foi nele. E só pra constar: nossos laterais também são risíveis. Fora Rodrigo Caetano!

    Reply
  3. Lamentável esse jogo hoje , gente está faltando raça e brilho nesse time …treinador cobarde futebol sem comando …meu Deus com esse time não vamos ser nem campeão carioca quanto mais passar de fase na libertadores .
    Precisamos de um presidente que entre no vestiário e dê uns critos …pagamento em dia e o time medíocre

    Reply
    • Meu caro Maurão!
      A única verdade sobre o que vimos hoje e, acho que é unanimidade, é que… TEM QUE MELHORAR MUITO PRA MELHORAR UM POUCO…
      O nome do jogo de forma negativa, foi sem dúvida alguma Diego Alves.
      2 falhas imperdoáveis para um goleiro tão badalado.
      Em 2° lugar o Pardal Carpegiani. Rômulo e Arão em campo e VJr no banco… é dose pra mamute.

      Reply
  4. Kleber mais uma vez disse tudo ,jogamos sem torcida por nossos próprios erros E aí cadê a esperteza ? jogaram bomba infernizaram o indepediente ,saquearam ,roubaram ,destruíram o Maraca naquela final pra que ?
    Pra jogarmos esse primeiro e o segundo jogo sem torcida .Parabens a algumas centenas de vandalos que se dizem torcedores vcs são muito espertos. Sinceramente estou de saco cheio do Flamengo na Libertadores ,como dizem os rivais ,e como episódio do Chaves ,todo mundo sabe o final e se não ganharmos o próximo fora tenho a absoluta certeza disso .Proxima vez vamos evitar de classificar pra não passar tanta raiva .

    Reply
  5. Kleber, no segundo gole do nosso adversário a falha foi do Arão que deveria estar posicionado na entrada da área. Não podemos nos esquecer que arbitragem não marcou uma penalidade máxima a nosso favor e validou o primeiro glo deles marcado em impedimento. No mais concordo com você e também continuo confiante.

    Reply
  6. Kleber, admiro o seu otimismo e extremo cuidado na análise do jogo.
    Contudo, tenho algumas considerações.
    Carpegiani errou escalando Pará. Em toda essa temporada, jogou mal. Será que jogaria bem hoje? Tomada de decisão equivocada.
    Não temos lateral esquerdo. Qualquer um que entrasse ali, não conseguiria ser pior que Renê.
    A dose cavalar foi a entrada de Romulo e Arão. Na coletiva, Carpegiani disse que não pretendia colocá-los, mas foi obrigado, pelas saidas do agora “craque” Jonas e do Everton.
    O erro fundamental, foi levar os dois para o banco. Primeira partida de Arão no ano, que “perdeu”a barca do Flamengo. Totalmente fora de ritmo. Ronaldo e o Jean Lucas teriam sido opções mais inteligentes, genuínas e da casa.
    Pois, pelo que está jogando o Paquetá e lembrando o primeiro jogo de Pepê, Jean Lucas contra o Volta Redonda, só vão correr nesse time os pratas da casa.

    Reply
  7. Flamengo quebra sequência de SETE derrotas seguidas do River fora de casa, que vive crise, fato justificado pelo péssimo futebol apresentado pelos argentinos hoje,mas suficiente para não perder.

    Vejo comentários de amigos com algum tipo de esperança no Fla,posso dar um choque de realidade? Nada mudou! Após tanto dinheiro gasto nos últimos anos o elenco não evolui em qualidade devido a contratações equivocadas, o ano virou e continuamos com péssimos laterais, continuamos com uma zaga lentíssima e sem alternativas para ausência de Cuellar.

    Muitos se deram por satisfeitos mas a tal barca não se estendeu a Pará, Renê, Arão e Rômulo, ainda ressuscitaram Jonas que ano passado foi rebaixado com o Coritiba e hoje joga no Flamengo pela maior competição da América,como pode isso? Que planejamento é esse? O que esse atleta demostrou para voltar?

    Ou seja,começamos mais um ano com carências claras,e pelo que conhecemos da gestão do futebol, esses problemas vão se arrastar ano a dentro até se tornarem insuportáveis novamente.

    Mas se engana quem pensa que esses são os maiores problemas, taticamente o time continua pobre,sem jogadas minimamente trabalhas, sem triangulações,tabelas rápidas, metidas de bola, enfim,o básico! Mas sobram chutões, toques sem objetividade, Dourado isoladíssimo, lentidão em contra golpes e INÚMEROS chuveirinhos, foi assim que o Fla se apresentou após se poupar,treinar e levar de 4 do Flu.

    A pergunta que fazia com Rueda, repito, o que se faz nos treinamentos? A verdade é que não se pode esperar muito de um técnico que treina para o time jogar assim, dá para contar nos dedos aqueles que conseguem fazer um trabalho minimamente coerente com os dias de hoje, Tite, Carille, Roger, Renato e acho que é só.

    Reply
  8. Prezados,
    Como havia dito na semana passada, um jogador lento igual a esse E.Ribeiro seria engolido pelo adversário em jogo de Libertadores. Foi de longe o pior do meio de campo, nem driblar consegue…

    Não entendi a entrada do Pará, só serviu para queimar uma substituição para entrada do Rodinei.

    O W.Arão já é lento por natureza, imagine em seu PRIMEIRO jogo da temporada, contra o River…

    Como também já havia dito, não se pode esperar grande coisa de um time treinado por um profissional que em 35 anos de carreira só ganhou 1 ou 2 títulos… Péssima substituição, chamou o time do River (era para colocar um velocista = Vinicius).

    Já era!

    Reply
    • Concordo com vc. Faltou um detalhe: a escalacao de um lutador de kung fu- o Jonas- no meio-campo e risivel e a ausencia do Ronaldo e do Jean Lucas sao muito estranhas.
      Em tempo: acho q perdenos uma grande chance de termos o Scarpa e mandarmos o Enganador Ribeiro embora recuperando toda a grana.

      Reply
  9. Sem viajar e jogar o Fla Flu, vários jogadores estavam mortos. O Jonas, que pra mim foi perfeito, saiu com câimbras na metade do 2 tempo e o Ceifador estava quase morto puxando o ar aos 35 minutos. Se tivéssemos jogado o Fla Flu com time titular não durava 45 minutos em pé.

    Triste esse resultado e os dois frangos do Diego Alves. Achei erradas as substituições e vejo que o Ronaldo pode procurar outro time, pois não jogará no Flamengo. Também achei que o Paquetá poderia ser segundo volante e não ponta esquerda com a saída do Everton, mas falar agora é fácil.

    Não vou fazer o fácil e botar a culpa no treinador, pois pra nossa torcida nenhum no mundo está a altura do Flamengo.

    Com mais ritmo e entrosamento, daqui a duas semanas dá pra ganhar fora de casa.

    Reply
    • Ha problemas serios evidentes. Voltamos para pre-temporada em 14/1 e 45 dias depois o time esta sem cara e com preparo fisico ridiculo. Alem disso, vc elegeu um lutador de kung fu rebaixado com o Coritiba o nosso melhor jogador.
      Nao tenho tanta certeza de q estaremos melhor em Guayaquil.
      Achei precipitada a volta do Diego Alves. Esta sem ritmo, treinando ha 3 semanas e vira titular quando o Cesar estava bem e seguro.
      Seria bom analisar o mercado de treinadores novamente. E seria bom apurar o que acontece com o Ronaldo no Flamengo, a causa de sua absoluta marginalização. E estranho um prata-da-casa ter tal tratamento quando vemos malas como Romulo e Arao tendo inumeras chances.

      Reply
  10. Prezados, deixamos de ser iludidos.
    Que aspiração pode ter um clube que disputa uma libertadores cujos laterais são Para e Renê??
    Todo clube, jogador não rende é dispensado. No flamengo se a Torcida não entra de dentro, jogador pereba eterniza.
    O resultado de hoje, inteiramente normal, para que.entra na libertadores apenas pra fazer 6 jogos.
    Dizer que estádio vazio contagiou o time… é usar de discurso pronto para incompetência que gere o futebol do Flamengo.
    Se tem um culpado, para mim sem dúvida Rodrigo Caetano.
    Não consegue acertar uma contratação.
    Seu mapeamento de mercado é mais perdido que GPS desatualizado.
    Enfim, já sabemos como esse filme acaba.
    Goleirinho aceitou feio hoje…
    Carpeggiani, demorou mexer e quando mexeu foi mal demais.
    Não confia no banco.
    Nem eu.

    Reply
  11. Kléber, vimos hoje um time sem sangue nos olhos como deveria ser, cansado nos 15 minutos finais como não deveria ser, embora poupados absurdamente no Fla X Flu. A marcação do River, em má fase no Campeonato Argentino e com muito menos jogos oficiais no ano, era muito mais pegada, eficiente. Engoliram a gente, não dá pra tapar o sol com a peneira, achamos dois gols sem fazer por merecer. Nosso goleiro falhou nos dois gols, estava sem ritmo. Pra não falar só coisa ruim, soberba atuação de Juan, na flor de seus quase 40 anos, Rever bem na defesa, salvando a pátria algumas vezes e o Jonas, embora limitado, fez o simples com correção e sem a violência que tanto temíamos. O Everton(não precisa dizer qual pois só vimos um em campo) foi o motorzinho de sempre e com gols importantes. Quanto ao Paquetá, vai ser bom jogador quando aprimorar chutes a gol(tentou uma rosca com o pé ruim que foi de doer) e for mais objetivo. Não adianta dar uma letra, uma caneta belíssima e em seguida entregar a bola ao adversário. Isso sem contar que está cansando muito no segundo tempo pra um garoto de 20 anos.
    Desculpe, acho que estou muito mau-humorado mas depois do que vimos hoje não era pra menos. Ver o Arão, que vinha de parado, não se atirar na frente do adversário no segundo gol, como faria um Argentino, me deixou bastante irritado.

    Reply
  12. Se tivesse torcida, certamente ela iria vaiar Carpeggiani com a entrada de Rômulo e Arão levando o time todo para trás. Para brindar ouve a falha de Arão,coroada com a falha de Diego Alves na sequência.

    Rômulo que ficou 4 anos na Rússia, desses 4, 3 sem jogar e ainda não se encontrou no Brasil,com atuações sofríveis. Arão que não jogou um jogo sequer em 2018, sem ritmo. Essas foram as belas alterações feitas, nenhuma visando manter a bola no ataque ou colocar algum atacante veloz,como Vinícius, para explorar os contra golpes. Foi um festival de rebatidas, chutões, um futebol pobre.Era para ter sofrido a derrota, ficaria mais bonito assim.

    Se a gestão Bandeira já era sofrível no trato do futebol,imagine agora que ele se encontra preocupado com suas ambições eleitorais para a Câmara…..

    Mas,como ele mesmo diz repetidamente após os vários vexames: _ O trabalho continua, vamos lamber as feridas e bola que segue.

    Reply
  13. Se não contratarmos 02 laterais, 01 zagueiro e 01 volante, não passaremos da fase de grupos. Simples assim! Pará, Renê, Trauco, Rômulo e Arão não são jogadores para o Flamengo. Se o Rodrigo Caetano e o Bandeira não vêem isso, também nao servem para o clube. E por fim, Diego Alves é o caralho! Voltou para o Brasil, porque ninguém quis ele na Europa. Maior enganador! Bracinho de jacaré!

    Reply
    • É um time praticamente inteiro sem tesão, isso sim. Parece que ninguém ali tem aspirações, parece que o clube não cobra, tá sempre todo mundo empatando, perdendo e passando a mão na cabeça dos “craques”. O time do Flamengo realmente tem muito mais capacidade e qualidade do que vimos nos últimos 20 anos, porém, falta a vontade que os times “piores” do Flamengo tinham. A ponto de ter saudades de Ibson, Kleberson, Renato Abreu, Souza Caveirão, Obina, Juan “marrentinho”, André Santos, Léo Moura, entre outros. Fora os que eram realmente bons, como o Tardelli, Renato Augusto, o Fábio Luciano, Angelim, Elias, Athirson etc…
      Não adianta contratar um escambau de gente sem culhão para jogar como é o que vemos hoje em dia. O time mudou completamente, mas olha aí…
      SRNs!

      Reply
  14. Boa noite, amigos,
    Será mais um ano passando vergonha na Libertadores? Parece que sim. O Flamengo não perde a mania de recuar após conseguir vantagem no placar. É uma coisa irritante, ver o time recuado e rifando a bola.
    Realmente fomos prejudicados pela arbitragem, mas isso não pode mascarar nossas fragilidades. Todos estão cansados de falar sobre a fragilidade dos nossos laterais, das péssimas partidas de Éverton Ribeiro, e tantas outras coisas que sempre reclamamos. Além disso tudo, parece que esse elenco não tem DNA vencedor. Não parece ser talhado para grandes conquistas. Como rubro-negro, é triste pensar assim, pois somos otimistas por natureza.
    Falando sobre as substituições, a saída de Pará demorou muito. No caso do Éverton, gostaria de ver a entrada d VJ( ou Neguebinha dependendo do dia) e recuando Paquetá um pouco para compor o meio. Com as entradas de Arão e Rômulo, torci muito para o jogo acabar o mais rápido possível, pois é exigir muito de São Judas Tadeu.
    Devemos agradar muito aos babacas que fizeram o Flamengo jogar sem torcida. Com ela presente já seria difícil, sem ela…
    Temos que fazer o que não fizemos ano passado. Conseguir ponto fora de casa.
    Coisa estranha: time cansado? Não foram poupados no jogo passado? Passamos vergonha à toa contra o Fluminense.
    SRN.

    Reply
  15. Kleber, desculpe-me mais uma vez por discordar de você.
    O que vi hoje foi um time apático, se deixando dominar, com uma marcação frouxa e sem se impor no jogo. Só poderia dar no que deu.
    Essa de atuar sem torcida prejudica? Não acho. Torcida ajuda, mas, não ganha jogo. É só voltar ao passado, quando tivemos 100.000 pessoas no Maracanã e não conseguimos a classificação contra o Independiente, em 1995, contra o América do México e contra o São Bento, na Copa do Brasil. Jogo sem torcida é chato para todo mundo, jogador, narrador, comentarista e principalmente para o torcedor.
    O problema é que ninguém jogou absolutamente nada. Eu não livro a cara do Paquetá, que você disse que foi o menos pior. O rapaz parece que está jogando uma pelada com amigos. Letrinha prá cá, driblinho prá lá e objetividade zero. Não vejo mais aquele Paquetá do ano passado. Acho que mascarou.
    No ano passado tivemos um problema no gol. Esse ano contratamos um goleiro de nome, que na minha opinião falhou nos dois gols. Para um goleiro jogar um jogo dessa importância, teria que estar na ponta dos cascos, o que não é o caso. Acho que deveria ter mantido o Cesar, que aliais, vinha muito bem e com ri timo de jogo.
    Carpegiani foi um caso a parte. Colocar o Rômulo, tudo bem, porque não tínhamos outra opção e não temos. Tirando Cuellar e o Jonas para essa opção, não vejo mais ninguém capacitado no momento.
    Agora, deixar o VJ no banco e colocar o Arão, que como você bem disse, completamente fora de ritmo, é de uma burrice siderúrgica. O cara que está parado desde o ano passado, sem jogar um jogo esse ano, poderia render o quê?
    Pior, estávamos sendo atacados e por essa razão, o melhor seria uma válvula de escape, com entrada do VJ para termos uma opção de contra-ataque e tentar matar o jogo.
    Caro Kleber, se continuar jogando com essa marcação frouxa e sem se impor nos próximos jogos, será, com certeza, mais um fracasso na Libertadores.
    Um abraço,

    Reply
    • Concordo no que toca à apatia do time. Realmente nem o Paquetá parece mais se importar com o que está acontecendo. Tem um amontoado ali que só está no Flamengo para receber em dia e para ter visibilidade. Ninguém corre, ninguém aguenta nada, ninguém tem tesão pra ganhar jogo, o clube parece não cobrar os seus funcionários em campo! Não sei o motivo de tanto protecionismo! Não se pode falar mal, não pode criticar, não pode nada que os caras ficam magoadinhos, é uma geração muito Nutella mesmo. Falta liderança dentro e fora de campo. Sem vontade, não se ganha mais do que Carioca mesmo, mesmo assim, porque os outros são muito piores.
      SRNs!

      Reply
  16. Falei anteriormente. Time de masters. O Cruzeiro, perdeu de 4 a 2 para o Racing e a torcida não reclamou, pelo contrário, exaltou o jogo e a raça do time.
    Somos um time mal montado, de velhos, ex jogadores, onde numa estréia na libertadores, os melhores foram Jonas e Everton. Porque? Simples. Porque tem raça. O resto- discordo de vc Kleber- Diego tbém não foi mal, mas o resto, uma baba. Rever e Juan, razoáveis, mas com media de 36 anos, não da pra formar a zaga. Renê, Pará, Arão, Rômulo, Dourado, Diego Alves, todos masters. Ex jogadores que não conseguem mais acompanhar o nível atual do futebol. Everto Ribeiro, esse sim, uma decepção e por fim Paquetá: bom domínio de bola, completamente sem objetividade. Uma enceradeira girando sobre o proprio si. Quem sabe, não venceria um concurso de embaixadinhas? Para com isso gente. Jogador do Flamengo tem que ter raça, não enfeite e driblinhos para o lado e para trás.
    Foi triste!
    Culpa total do DNA de perdedor de Bandeirola e sua trupe.
    O Flamengo precisa de verdadeiros rubro negros para comanda-los. E não me venham com essa história que Bandeirola consertou as finanças. Que seja contratado então como diretor de finanças do clube. Nada mais que isso.
    Fora Bandeirola!
    Srn

    Reply
  17. Só pude acompanhar o jogo pela internet, pois estou trabalhando. Mas, quando vi que Arão e Rômulo estavam no banco, logo imaginei o que estaria por vir. E lendo os comentários, fica claro que a coisa está feia.

    De resto, ao ler as notícias, vi esta abaixo. Mas, eu me pergunto para que investir na base se na hora H, é o que vimos hoje? Jogadores como Rômulo, Arão, Pará, etc…

    https://extra.globo.com/esporte/flamengo/flamengo-anuncia-dez-reforcos-para-as-divisoes-de-base-conheca-os-meninos-22441859.html

    SRN

    Reply
  18. Sejamos sinceros.
    1 – Carpegiani foi campeão em 1981 e só.
    2 – Flamengo não sabe jogar libertadores.
    3 – Temos um pouco de um time, não temos NADA perto de um elenco.
    4 – Temos jogadores que NÃO podem vestir a camisa do Flamengo.
    5 – Jogador caro e com nome PODEM ser substituídos.

    Temos que focar no que podemos ganhar, carioca e copa do brasil, LIBERTADORES NUNCA GANHAREMOS.

    Reply
  19. O mais preocupante não é ter jogado mal, mas a falta de garra e vontade. Nestes quesitos, o River deu uma goleada. Time mal escalado, tanto no campo, como no banco. Não temos laterais (meu Deus, Pará?), meio campo lento,sem criatividade e nenhum atacante agudo. Colocar Arão e Rômulo juntos acho que nem o Rueda faria. Time fraco com mentalidade de série B. Fica na frente, no placar, e esquece de jogar futebol. Acuados e na base do chutão. Será que não perceberam ainda que o E7 esqueceu o futebol que apresentou no Cruzeito, além de não ter o espírito que se exige no Flamengo? Está difícil de aturar tantos erros em sequência no futebol, carro chefe do Flamengo.
    E o descanso (talvez descaso) no Fla x Flu? Serviu para o que? Mais da metade do time estava sem pernas com 15’ do 2º tempo. Qual a explicação? Bateu o pessimismo para a temporada. Por enquanto, mais do mesmo. SRN

    Reply
    • Concordo não meu caro Yvan,

      O time não foi brilhante, mas jogou em bom nível ontem nos setores que vc mencionou, obviamente levando-se em conta as limitações técnicas (laterais).

      Qto a recuar depois do jogo, isso é a crônica do futebol brasileiro de hoje em dia, o que eu não concordo. Tite faz isso, Carille faz isso, ZR é mestre nisso e pasmem até Renato Gaúcho aderiu.

      Concordo que o goleiro não foi bem escalado, precisa de mais ritmo.

      Reply
  20. Acredito que o meu grande e saudoso Flamengo, da era Zico e cia, nunca mais verei. Não o mesmo time da década de 1980 ou coisa parecida. Mas pelo menos um time confiável, estruturado e raçudo em campo. Isso, ao que parece, acabou. As derrotas se repetem com uma monotonia espantosa e nada acontece. Como o Fla tem aproveitamento pífio fora de casa, ainda mais na Libertadores, é quase certo que não passaremos da fase de grupos, novamente.
    Bandeira de Mello é um excelente gestor, mas nada entende de futebol. Foi picado ´pela “mosca azul” e quer ser político. Sabe nada o “garoto”. Filiou-se ao partido da Marina Silva. Deveria, se fosse o caso, só pensar nisso quando terminasse seu mandato no Fla, no final deste ano.
    Misturar gestão de futebol com política partidária é meio caminho andado para o fracasso. Acho que 2018 já era para nós e o Fla. Uma lástima.

    Reply
    • Que excelente gestor e esse que transforma um clube vencedor em um perdedor habitual? Para mim ele surfou a onda de uma restruturação planejada pelo Bap e sua galera. EBM nao trouxe patrocinadores relevantes, nao aumentou as receitas recorrentes, nao definiu uma estrategia de internacionalizacao e seus meritos estao relacionados a seguir o cronograma de negociação da divida feito pelo Tostes. Muito pouco para ser considerado um excelente gestor.

      Reply
  21. Prezados,
    Nada mudou, parece que estamos em 2017. Lentos nas saidas de bola, goleiro falhando, e não vamos a lugar algum com esses laterais: Para, Rodnei, Frauco e Rene. E Everton Ribeiro, quando vai estrear? Porque a insistencia com Romulo e Araão? Continuo com a certeza que Ronaldo, Michael(lateral esquerdo), e Wesley(lateral direito), da nossa base dariam conta do recado, é só dar sequencia.
    Sds rubro-negra.

    Reply
    • mas definitivamente continuamos em 2017…nada mudou -mesmo PR, mesmo comando do futebol, mesmo elenco, a única troca foi o treinador, com o agravante que quem chegou (carpegiani) na 1a entrevista deixou claro que não tava afim de ser técnico . Mas o senhor soberba Bandeira de Mello continua achando que uma hora as coisas por si só vão se ajeitar.

      Reply
    • Prezados Amigos,
      Concordo em tudo que foi dito pelo Wanderley dos Santos Azevedo. Esses jogadores de hoje não tem vontade, não tem metas a serem alcançadas. Os altíssimos salários pagos pelos clubes não são devolvidos com dedicação em campo ou “um algo a mais” para a torcida.
      Há muito tempo venho querendo fazer parte desse grupo, enviando comentários e otimismo, mas está difícil.
      Estou muito desanimado pela atitude destes jogadores em campo, e, não vejo uma mudança de atitude, por parte deles, a curto prazo.
      Abraços a todos.

      Reply
  22. Carpegiane não dá. Simples.
    Rueda era infinitamente melhor, mesmmo com toda dificuldade da lingua e etc. Pode trazer um Iraquiano, que vai fazer maiss que esse profissional que está lá.
    Algum colega comentou o lado físico… Muito fraco também. Ainda da tempo, a diretoria precisa definir se quer ser a vergonha do Rio, pelo sexto ano seguido ou se vai fazer alguma coisa pra tentar mudar, sem medo de demitir quem quer que seja, até mesmo professor pardal, mesmo com 2 meses de trabalho(enganação).

    Reply
  23. Esse resultado não foi surpresa,infelizmente galera quando se trata de competição internacional o Flamengo é uma lagartixa, só vai cumprir tabela

    Reply
  24. 🔊 Hj começa uma minissérie em 6 capítulos, que vai envolver drama 🤷🏿‍♂, sofrimento 😥 mas no fim é pura comédia 😂.

    Assista a minissérie na Globo 📺.

    *”Flamengo na Libertadores”*

    🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

    Reply
  25. Sempre falei em resultado x performace,ou seja resultado é importante? Claro que sim!!
    Mais quando temos um resultado ruim mais percebemos que o time teve volume de jogo ou mesmo tem uma maneira de jogar,isso te traz esperança.
    Agora me digam uma coisa o que mudou do time do ano passado para esse time?muita coisa e para pior!!!
    Em todos os jogos ano passado na libertadores jogamos melhor que o adversário.
    No jogo dessa quarta poderíamos ter ganho,mais em nenhum momento tivemos volume ou jogamos melhor que o River.
    Pelo contrário o River jogou o tempo todo marcando no ataque e teve amplo domínio de jogo.
    Senhores,me incomoda muito o fato de termos a certeza de que até o último minuto mesmo com o placar favorável sabermos que podemos tomar um gol a qualquer momento,e sinceramente não vejo Dourado como solução para o ataque e não gosto do comandante.

    Reply
  26. Kleber, estava com meu filho e fui assaltado e agredido por marginais vestindo a nossa camisa, naquele jogo. Uma imensa vergonha, causada por incompetência em variáveis níveis, inclusive do clube. Minha pior experiência em 40 anos de Maracanã.

    O que mais me preocupa, no jogo de ontem, é a total apatia e falta de raça do elenco, somada à falta de postura. Entendo que o estádio vazio possa influir nisso, mas fui a muitos jogos ano passado, estádio cheio, em que tivemos o mesmo comportamento. Então eu não sei se está é realmente a causa, acho que não é. Talvez falte cobrança interna, talvez usar mais a base e/ou substituir alguns jogadores.

    Reply
  27. Jogo, simplesmente, horrível de ser ver, caro Kleber e amigos.
    Os velhos problemas de sempre.
    Como bem disse nosso amigo Egon, “tem que melhorar muito para melhorar um pouco”. As deficiências da equipe já são bem conhecidas e notórias e nesse sentido não temos como culpar o treinador, ele herdou essa herança. Acredito que nem ele gostaria de ter os laterais que temos e a falta de opção para um substituto a altura do Cuellar, que se tornou peça fundamental no time. É irônico dizer isso, mas ontem até Márcio Araújo fez falta. Arão e Rômulo, definitivamente, não convencem. E duvido que convencerão.
    Achei interessante o comentário de um amigo que disse algo mais ou menos assim: “Pra que investir na base, se na hora H, quem entra em campo são os formados fora”. Qualquer um dos nossos garotos que vinha jogando o carioca faria melhor do que Arão e Rômulo fizeram. Triste dizer, mas parece que não tivemos pré temporada novamente.
    Outra coisa, será que nosso goleiro está realmente 100% recuperado da lesão que sofreu? Naquele segundo gol do River, me desculpe a comparação, mas dava tempo até de tomar um cafézinho ante de ir na bola.
    Bem, o estrago já está feito e não tem volta, aliás, tem. Mas será bem mais difícil. Perder pontos jogando em casa, significa ter que ganhar jogos fora de casa. Aí é que vem o problema. Nosso histórico nesse quesito não é dos melhores em Libertadores. Mas que tem sangue rubro negro nunca desiste. É isso que vemos aqui nesse grupo de amigos. Persistência. Estamos sempre aqui, ganhando ou perdendo. Infelizmente, ganhando muito pouco pela grandeza do clube.
    Mas foi só o primeiro jogo. Tenhamos calma. Se nosso presidente pretende ir para a câmara dos deputados, ele terá que agir para não perder a confiança de seus torcedores fãs. Então, vai ter que abrir o cofre e correr atrás de nossas necessidades primárias, já bem identificadas pelos amigos aqui. O que dói é saber que o comprador que temos não tem sido muito feliz nas suas escolhas.
    É muito cedo ainda para julgar que não seguiremos em frente na libertadores. O grupo é difícil para todos.
    Mas concordo com o amigo que disse que passamos vergonha atoa contra o Fluminense.

    Reply
  28. Caro Kleber e amigos!
    Difícil de comentar mesmo. Jogo com pouca alma, mesmo considerando estádio vazio.
    Já havia comentado que achava prematuro o retorno de Diego Alves logo de uma vez. Não deu outra, pois, percebe-se ainda fora de forma.
    O que quero crer, não excluindo do meu coração qualquer sentimento de FÉ, até porque sou movido e encorajado por esse nobre sentimento, que o Flamengo não tem espirito de libertadores. O Flamengo é muito frio neste quesito.
    Considerando ainda essa falta de espirito, nós temos um time razoável para carioca e jogos no Brasil, mas, ainda muito tímido para competições que exijam força física, suor e sangue. A libertadores tem a cara dos argentinos e tem uma caricatura pessimamente desenhada de um Flamengo.
    O que pode acontecer? mesmo diante de nossa FÉ, não creio muito em uma evolução dentro da competição. Precisaremos ganhar duas partidas aqui e uma lá fora. Lógico que não é impossível, pois, são onze contra onze, mas, pelo que não se ver de espírito competitivo, nossos sonhos ficam pintados em cores desbotadas.
    Ontem, o Jonas sentiu dores de tanto correr sozinho. A marcação foi confusa e ao mesmo tempo desorientada.
    Acredito meus amigos, que chegou um momento na nossa relação torcida e clube de futebol, que não adianta apontar culpados. Vamos seguindo e torcendo, sofrendo e se for o caso, vez ou outra disputando uma libertadores. Existem sabores que muitas vezes não chegam ao nariz de um menos favorecido. Acho, que esse sabor de libertadores pouco chegará a fazer parte de nossa mesa e talvez, pouco teremos condições de nos transformamos num clube tradicionalmente capaz de disputar competições dessa envergadura. Reforçando: tomara Deus que a nossa Fé anule tudo isso. Por enquanto, com torcida ou sem ela em estádio, pouco adiantará de alguma coisa, contra um espirito pouco vocacionado para esses embates.
    Em síntese: o time realmente pouco produziu. O time não merecia ganhar e não será nenhuma surpresa a sua desclassificação nesta primeira fase. NENHUMA!
    SRN e com FÉ!. A minha FÉ está acima de uma bando de qualquer coisa em campo. É bom o treinador de goleiros preparar o Diego Alves para chutes do meio de campo.

    Reply
  29. Já vimos este filme outras vêzes,em passado recente.O time erra muito,jogador a jogador.Diego falhou,Rever rebateu mal,Arão correu para não chegar,e veio o empate.Tudo bem ,inicio de temporada há tempo para corrigir tudo.Mas,vamos continuar com Pará,Renê,Rômulo…?
    Jonas ou Cuellar não aguentam ficarem na contenção no meio de campo o tempo todo.Diego e Everton7 não sabem marcar e ainda tem que criar jogadas.Dourado jogando de costas é prêsa fácil para a defesa adversária.
    Apesar dos êrros de arbitragem,que serão comuns na Libertadores,contra times brasileiros, o Fla tinha que segurar o placar.2 vêzes em vantagem e deixou escapar pelos êeros apontados.
    Contra o Bota,o mais novo rival visceral,uma derrota vai complicar tudo.
    Atenção !!!
    SRN.

    Reply
  30. No resultado, nada de anormal. Duas grandes equipes duelando e qualquer placar seria possível!! Mas vamos aos fatos.
    Concordo que o Paquetá vem muito bem, mas alguém precisa orientá-lo para que a objetividade não se perca ante a firula. Não acho que nosso goleiro tenha culpa nos gols, o primeiro cabeçada, em impedimento, da pequena área e o segundo um chute forte encoberto por diversos jogadores, inclusive um Arão que tinha OBRIGAÇÃO de se jogar na frente da bola como fez o Réver, desviando com a cabeça, minutos antes, um petardo em direção ao gol!!!!
    Os demais jogadores, só mais do mesmo. Burocracia do meio de campo, laterais inexistentes ou incompetentes (vocês decidem), uma boa partida do H. Dourado, tentando, quando possível, dominar a bola nos chutões e rara habilidade na cobrança do pênalti.
    Agora, o mais grave e preocupante de tudo. Jogadores poupados para preservação das condições técnica e física e se arrastando aos 25, 30 minutos do segundo tempo?????? “Há algo de muito errado que não está correto!!!” Será que o Mais Querido acabou de inventar, após a intertemporada, a interférias?????
    E a torcida? Ah, a torcida… Estivesse ela no estádio; eu afirmo, sem qualquer sombra de dúvidas, que o pênalti do fim do primeiro tempo seria assinalado. Mas.. Não é de hoje e nem é novidade a má vontade da sra. Conmebol com os times brasileiros, a punição é justa mas não é correta!! Aplique-se ao clube jogar em um estádio a não menos de 300 Km de sua praça, puna-se os baderneiros, bandidos, marginais etc. e não os verdadeiros torcedores!
    Mas vamos lá pessoal, sabíamos que nem tudo seriam flores no nosso caminho; aqui tudo é sofrido e consequentemente mais gostoso!!!!! SRN

    Reply
  31. Lamentável, triste, desanimador! A torcida do Flamengo não merecia tanto descaso e tanta incompetência no nosso futebol. Em breve Carpegiane será mais um técnico vítima de um time sem vontade, sem fibra e sem vergonha. Com o Flamengo cumprindo suas obrigações, como salário em dia e ótimo centro de treinamento. Esses “profissionais”, são uns verdadeiros CAFETÕES do nosso clube. Vamos nos conformar com a taça Guanabara, quem sabe um carioquinha? O resto é ilusão!
    FORA RODRIGO CAETANO !

    Reply
  32. Pontos Positivos :
    Flamengo não sofreu infiltrações do River, não sofreu pressão (a não ser depois do 2 e do recuo descarado do time), e quando teve a bola no pé foi bem, Diego jogando muito bem junto com o Paquetá.

    Pontos Negativos:
    Eu achei que o E Ribeiro precisava de uma pré temporada. Errei. Falta intensidade ofensiva, pressão defensiva. Falta MUITA coisa.
    Porém, o esquema estava funcionando, até antes do Carpegiani mexer errado. Alguém aí já esqueceu o Fluminense cujo “jogo do carioca não valia nada?” Onde o técnico, inclusive poupou reservas, inventou um cata-cata com esquema de três volantes – que nunca jogou junto -, e que deu a desculpa de ter sofrido gol no início é, o mesmo que fez essas belas substituições contra o River.

    Colocou o Pará de titular é queimou uma substituição de graça.
    Rômulo após os múltiplos erros contra o Fluminense é inaceitável. Arão entrar totalmente sem ritmo também. Vinícius Júnior não ter entrado no jogo no lugar de Everton Ribeiro que ficou sem fazer nada. Diego Alves, eu não vou culpar. Apesar de ter evitado uma goleada maior contra o Fluminense, o cara retornou de uma cirurgia e não faz duas semanas que foi liberado para treinos de impacto. A culpa é de quem escala, goleiro sem ritmo.
    Tem mais?

    E como digo há tempos: faltam laterais, volante e por fim zagueiro, mas Caetano disse que virão para segunda fase da Libertadores, ou seja, o vidente já entende que estamos classificados e teremos que aguardar quatro meses para janela de transferências.

    Reply
    • Robson, desculpe-me, mas, o Diego jogando muito bem? Ninguém, mas, ninguém jogou absolutamente nada!
      Dirgo: mal. Falhou nos dois gols. Ah! Foi impedimento? Tudo bem, mas, não foi aquele impedimento clamoroso.
      Pará: muito aquém do do ano passado. Um cara que alia a vontade com a pouca técnica que tem. Está mal fisicamente.
      Rever: Querendo sair jogando e errando passes
      Juan: Fora de ritmo.
      Renê: Bem na marcação e péssimo (como de hábito) ofensivamente
      Jonas: Bem. Não comprometeu.
      Everton Ribeiro: Mal. Muito mal.
      Diego: A enceradeira de sempre. Lento ao distribuir o jogo.
      Paquetá: Só firula. Joga como se estivesse jogando uma pelada entre amigos. Aquele Paquetá que dava carrinho, que não tinha bola perdida e que dava bronca nos companheiros, desapareceu.
      Ewerton Cardoso: Correria e correria
      Dourado: Sozinho contra dois zagueiros. Saudades do Tuta Peruano.
      Carpegiani: Péssimo. Não pelo sistema, sim, pela escalação e substituições.
      Não foi falta de raça. Foi um time covarde, que não se impõe e que apresentou uma marcação frouxa. Libertadores é o contrário disso tudo.

      Reply
      • Até que enfim vejo alguém criticar o Diego, nosso capitão e camisa 10. Joga há 20 anos no meio campo e está se adaptando a nova função? Jogou bem em 2016 e só. Ano passado foi mal e sem nenhuma autocrítica, ao afirmar que não teve queda de nível… que jogar no Fla permite vários cheirinhos.. que o Fla fez partidas excelentes mesmo a torcida vaiando.. desaparecendo nas decisões… enfim, sem nenhum conhecimento do que é o Flamengo.

        Mas o pior é ver que ninguém critica o cara. Na imprensa, até mesmo a torcida o elegeu no site Globoesporte como o mais votado para o elenco de 2018. O CARA SIMPLESMENTE NÃO CRIA NADA! Ele dá 5 passes quando bastavam dois… o Verón anos passado, 40 anos de idade acelerava mais o jogo que ele. Todo mundo sabe que ele vai tocar no lateral, para que a demora… é só cruzamento na área, nenhuma vez parte pra cima do marcador e falta janta no ninho porque a bola que ele bate invariavelmente vai fraca.

        De fato ele luta, corre.. apesar de que algumas corridas são puro migué, sabemos que o marcador vai passar… mas tudo bem, ele se doa. Você torcedor do Fla não se doaria se pudesse jogar? Óbvio que sim. Correr apenas, é muito pouco para o camisa 10 de qualquer time… o 10 é o craque, o diferente.. que ganha R$ 600.000,00 por mês.. Torço para ele melhorar, o cara parece ser gente fina, é articulado e gosta do Fla, mas o que precisamos é de um craque e não um relações públicas. Verdade é que estamos carentes de ídolos no ataque e já tem um tempo, tanto que ficamos animado com retorno de Adriano que não joga bola desde 2010.

        A verdade é que só da pra chamar de Craque sem medo de errar nesse elenco do Fla o Juan, quem tem 40 anos e é zagueiro… Que saudade do Pet.. SRN

        Reply
  33. Bom dia queridos amigos e irmãos rubro-negros!!!!

    A crônica do jogo é a seguinte:
    – Um pênalti escandalosamente não marcado
    – Uma falha do nosso goleiro, aliás a segunda seguida em dois jogos consecutivos.

    Em minha opinião é que existiram muitos contras acidentais para um jogo de Libertadores, como nós bem sabemos, não perdoa.

    César esteve por 2 meses como titular sem nenhuma falha sequer. Diego Alves esta a uma semana e já falhou duas vezes (3o. gol do Botafogo).

    Ai azeda, concordam?

    Reply
  34. Parabens Rio de Janeiro pelo aniversário da cidade.Apesar dos pesares é a grande metrople que amamos.(Para a nossa classe política são 453 anos de “afundação”)
    Salve Rio de Janeiro,morada do nosso FLAMENGO !!!!!
    ABS.

    Reply
  35. Como é que podemos fazer uma avaliação justa, se o resultado da partida passa diretamente pela arbitragem?

    Tivemos um pênalti não marcado, e um gol sofrido em impedimento.

    Fora isso, Carpegiani tem sua parcela de culpa. Romulo e Arão, lembraram Matheus Sávio.

    Pra resumir bem, vale a lei de Gérson ( Canhota de Ouro_)

    Mão tenha jogador ruim no elenco. Um dia ele pode jogar.

    Reply
    • Concordo Anderson, o placar correto seria 3×1, se o César tivesse no gol seria 3×0 e estaríamos falando coisas totalmente diferentes agora, mas como o “se” não joga no futebol, deu ruim!

      Reply
    • Anderson, isso aqui é Flamengo! Chororô é pra Bostafoguense! Devíamos ter ganhado contra tudo e contra todos. Libertadores é assim mesmo. Tem que vencer mais do que os 11 em campo. Isso não é Cariocão nem Brasileirão.

      Reply
        • Arbitragem erra pra todo mundo, eu achei que o juiz poderia ter também dado pênalti do Réver e poderia ter dado impedimento do Everton. Não estou dizendo que foi pênalti, nem que estava impedido, mas se houvesse má fé mesmo, ele teria marcado esses lances contra a gente. O juiz era é ruim mesmo. O resto é chororô, nobre Anderson.

          Reply
          • Fernando, não ter dado aquele escandaso pênalti do zagueiro argentino só revela uma coisa: Que a Commebol definitivamente vai estar de má vontade com o Flamengo em 2018, não tem outra explicação! O gol impedido dos argentinos tbm foi escandaloso…

      • Não é chororô não Fernando,

        Um pênalti claríssimo não marcado…
        Um gol claríssimo irregular não anulado
        Falha bisonha do nosso goleiro…

        É adversidade demais para um time mediano, nem se fosse o Flamengo do Zico!

        Reply
  36. Não há o que estranhar. O time é praticamente o mesmo dos fracassos seguidos do ano passado.
    Laterais horríveis, zagueiro com 39 anos (não dá mais para Juan), é um goleiro fora de ritmo. Por que não o César, que vinha bem? Por que não o Vinicius no segundo tempo? Arão de novo?
    Pelo que vimos ontem, mais uma eliminação na fase de grupos vem por aí…

    Reply
  37. Realmente jogar sem torcida é lamentável e precisa ser revisto. O Engenhão parecia um cemitério. O jogo teve um final digno de velório, o time do Flamengo parecia um bando de Zumbis, seu presidente é morto vivo e temos dirigentes marajá fantasmas, pois só aparecem para receber seus altos salários….O que esperar desse show de horrores?
    Ilustre KL, discordo quando dizes que”… Foram os maiores culpados pelos dois pontos que deixamos de ganhar hoje. Marginais, irresponsáveis e estúpidos…”. Primeiro que marginais não tem time , não tem religião , não tem caráter e não merecem respeito, mas também não podemos esquecer que muitos desses marginais são membros de torcidas organizadas, por muito tempo financiadas pelos clubes…mas isso não é foco agora. Segundo presidente, que esse time do Flamengo pode jogar num estádio com 200mil pessoas que o comportamento será o mesmo, ou seja, passivo, omisso, sem vontade, sem comprometimento , sem comando….sem alma rubro negra. E não podemos esquecer que o Flamengo já sabia que seria sem torcida há tempos deveria ter se preparado para isso e sem torcida pelo menos não teve vaias…Portanto, os principais culpados são sim o R.Caetano ,E. Banana de Melo, Mozer, F.Luz, Lomba, todos esses fantasmas, que transformaram o clube num castelo mal assombrado….
    Quanto a partida em si, dizer o que? O empate foi ótimo, pois merecíamos perder…Com exceção dos razoáveis Rever, Jonas e Everton22 o resto foi um lixo ! Principalmente o Muralha espanhol, outro factoide de R.Caetano !
    Sendo realista, seremos ultimo colocado nesse grupo e como o Carioquinha deve ir para Laranjeiras, nos restará livrar a serie B e comemorar a TGB…
    Quero meu Flamengo de volta !

    Reply
  38. Treinador covarde, me vêm com Rômulo e arão, e o goleiro sem ritmo sendo escalado pelo nome, o César vem jogando bem e ta com ritmo, deveria ter jogado.

    Reply
  39. O que é, o que é futebol sem torcida ?

    Resposta: É PELADA TELEVISIONADA.

    O positivo de ver uma pelada televisionada como essas é que fica clarissimo que o que faz o brilho é o barulho da torcida.
    As jogadas boas ficam comuns sem a gritaria e as vaias, aplausos, .. Parece um rachão de fim de treino. As jogadas ruins ficam pessimas.
    Fica parecendo praia sem gostosa de biquini ou palhaço sem maquiagem.
    Gostaria de ver a tv brincar com os lances da partida INSERINDO os sons da torcida nos lances do jogo. Tipo; com torcida x sem torcida.

    Esse fato prova como BARATEAR ingressos para ter estadios cheios é FUNDAMENTAL PARA O SHOW.

    Reply
    • Se não fossem os bandidos travestidos de torcedores que perpetraram aquelas barbaridades ,inclusive aqueles que não organizaram mas só ajustaram o horário da baderna , teríamos tido um estádio repleto. A culpa não foi do preço dos ingressos e sim dos bandidos que barbarizaram a cidade naquela noite.

      Reply
  40. Caro Kleber
    Afirmo sem medo de errar, esses marginais São mensageiros do Diabo. Qual o filho que quer prejudicar o Pai? Mesmo qdo o pai tenta colocar na mesa sempre as melhores comidas? E aí vem o filho e derrama toda comida que está na mesa? Só pode ser coisa do demonio. Agora, Pará não né. O Flamengo tem que ser mais objetivo, letal. Com Diego e Everton ribeiro, o time fica muito previsivel. Tem que colocar um atacante de oficio. Se quer colocar o vinicius jr, então contrata um, caramba. So não pode fi ar essa mesmice. Por que toda bola na área do Fla é um Deus nos acuda?

    Reply
  41. Anderson, querido,
    Vamos corrigir. Gerson, o canhota de ouro, o mais genial meio campista do futebol nada tem a ver com o que foi lembrado por você.
    O “pai desta criança” foi o genial Domingo Bosco, que tinha horror a perna de pau.
    Forte abraço.

    Reply
  42. E outra coisa, poupar jogador de jogar sábado a tarde, sendo que precisam de ritmo, e o jogo seria na quarta a noite no rio. É muita folga pra esses caras, aí levamos de 4 no clássico, e os bonitos empatam na quarta, me vêm com Rômulo e arão que foram os menos que jogaram no ano, tiram o César que vinha agarrando bem, pra botar um goleiro que não é ruim, mas tbm não é essa coisa toda.

    Reply
  43. Quanto ao resultado do rachão CONTINENTAL, o Diego Alvez parece que estava agarrando de COSTA. Como diz o Seu Boneco.
    Dois lances bizonhos, imaginem se fosse o Julio Cesar naquelas 2 falhas escabrosas. No primeiro lance faltou CONFIANçA para ele sair do gol.
    Comparem o CRUZAMENTOS do River e os nossos. Os deles eram mais abertos o que deixava aquela indefinição FATAL entre a zaga e nosso goleiro. Já os nossos todos muito FECHADO e facilmente interceptados pelo goleito deles.
    Curioso é ver a falta de JUSTIçA de alguns assopradoes.No lance do penalty se não fosse DIEGO xerifar e enquadrar o jogador do River que queria escavar petroleo na marca do penllty o lance teria passado despercebido e mesmo assim ELE foi punido com amarelo. É PÔDRE ISSO ARNALDO !!!

    Reply
  44. “A maldição da camisa 1”

    Fritura prematura? Eu concordo, mas é o que já estava se mostrando implicitamente, começa a ficar cada vez mais explícito, eu explico.

    Qdo Diego Alves chegou, chegou para ser o único goleiro de categoria do elenco. Entrou sem ritmo de jogo e falhou algumas vezes ano passado, mas mesmo assim era melhor dos que tínhamos antes.

    Só que ai aconteceu o inesperado, entrou o Cezar e agarrando muito no gol, fantástico! Tão fantástico que estou aqui com a pulga atrás da orelha!

    Fato concreto é que Cezar é o atualmente o melhor goleiro do elenco, disparado! Ou pelo menos o era, pois não sabemos mais como ele se comportará após 2 ou 3 jogos sem jogar.

    Diego Alves deu uma senhora carteirada no Cezar, bom para o Flamengo? Dificilmente.

    Não duvido que DA seja o titular, mas esta fora de ritmo de jogo em um momento crucial do time.

    Reply
  45. “A crônica da camisa nr. 1”

    A dois anos e meio que estamos no inferno da “Camisa nr. 1”.

    E pensar que tudo começou no maldito episódio da remoção do Paulo Victor no carrinho de obras no Ninho do Urubu, uma contusão tola e improvável, em treino!

    De lá para cá PV deixou de ser um goleiro de nível de seleção e vimos nossos dois goleiros promissores irem a lama. PV pelas cobranças e Cesar por ainda não estar preparado para o momento.

    Ai apareceu ao famigerado Alex Muralha, de lá para cá só inconstâncias e preocupações.

    Reply
  46. Pois é Nino, erros primários de um departamento de futebol fraco e perdido, cara, se seu goleiro vem atuando bem, pra que tirar e por outro. Se a substituição padrão do técnico é a saída do Everton e a entrada do Vinicius, porque não fez?. Se o arão não jogou nenhum jogo no ano, deveria entrar logo nesse?. São erros primários que vamos pagar caro, até essa turma sumir do flamengo.

    Reply
  47. Culpado da derrota pra mim Carpegiane.Simples assim!!!
    Explico,o técnico tá la para tomar decisões:
    1- Cesar não seria melhor que Diego Alves
    2- Diego e Evertom Ribeiro pode jogar JUNTOS?
    3- Romulo faz uma merda no sábado e como prémio entra no jogo
    4- Willliam Ruinzão não entrou em campo esse ano, e entra justamente neste jogo!!!!!
    5- Será que Jean Lucas não séria uma boa pelo menos no banco
    6- E a pergunata que não que calar; por que?????? VJ não entrou em campo
    Em tempo:nosso sistema defensivo ta mal,hien!!!

    Reply
  48. Ano passado, ganhamos os 3 jogos em casa, perdemos os 3 fora e não nos classificamos. Esse ano, com esse empate, já começamos na obrigação de ganhar os dois jogos que restam em casa e mais um fora. A continuar com essa falta de pegada exaltada pelo Pratto, acho que a vaca já foi pro brejo.
    E por falar em Pratto, que declaração idiota dele ao fim do jogo dizendo que não jogamos em casa, que a casa é do Bostafogo. Pra que isso, meu Deus? Desaprovo essa sacanagem do mesmo modo que desaprovo o gesto do Vinícius Jr contra o mesmo Bostafogo.

    Reply
  49. Prezado Kléber,
    Concordo com os seus comentários e em particular:
    “Que os marginais que aprontaram aquela zorra no jogo contra o Independiente……. Marginais, irresponsáveis e estúpidos.” Quanto mais evidenciarmos o prejuízo que sofremos por causa desses sujeitos maior será a pressão para que as “autoridades” trabalhem e punam os responsáveis. Você assistiu o filme “Três anúncios para um crime” ?
    Agora sobre o jogo, algo a acrescentar: Meu Deus quanta dificuldade desse Flamengo de sair de uma pressão ou marcação alta!! Treino neles! Valentim que gosta de fazer isso deve estar de olho…

    Reply
  50. Fora Pará, Trauco, Renê, Arão e Rômulo! Esses jogadores que não têm condições de vestir a camisa do Flamengo.
    Éverton Ribeiro é banco.
    Diego Alves é banco.
    Escalação para o próximo jogo: 1 – César, 2 – Rodnei, 3 – Rever, 4 – Juan, 5 – Jonas ou Ronaldo, 6 – Michael, 7 – Jean Lucas, 8 – Paquetá, 9 – Dourado, 10 – Diego, 11 – Everton Cardoso.
    Vinicius Junior é o 12 jogador!
    Saudades do antigo Maracanã lotado!!!!

    Reply
  51. Interessante, acho bem fácil fazer a análise deste jogo. A realidade é que esse time do Flamengo é super valorizado, paralelamente, o treinador é de uma fragilidade neyfranquiana, muito ruim, é só dar uma olhadela na sua trajetória. Ontem ele extrapolou, demonstrou toda a sua inépcia, vimos um time sem alma, sem organização tática e se enrolando num jogo fácil. A despeito da grandeza do River, o atual time argentino está bem abaixo da tradição alcançada. Escalações erradas, o Jonas como substituto do Cuellar, tinha que ter sido escalado mais vezes, o resultado foi logo uma câimbra no início do segundo tempo, e convenhamos o Rômulo em campo é um absurdo, o Arão sem nenhuma condição idem, o Diego Alves em seu terceiro jogo, por que não continuar o César. Destaques ? , nenhum tb, o Paquetá só a assistência para o gol do Everton, firula e driblinhos desnecessários para mim não vale, o decadente Diego, só a cavada do penal. Ta na hora do comando do futebol agir….

    Reply
  52. Devem estar cansados de PERDER ou de não ganhar títulos.

    Deve ser esse o cansaço que o carpegiane se refere.
    Também podem estar cansados de ir buscar a bola no fundo da rede após os GOLS adversários.
    Talvez estejam cansados de apenas JUSTIFICAR, JUSTIFICAR ……..

    Talvez o Carpegiane se refiria a um desses cansaços.

    Reply
  53. Meus caros,
    Pela minha visão, o Flamengo não conseguirá ser campeão da Libertadores enquanto essa competição nos for um tabu. As eliminações em 1a fase em anos anteriores formaram um tabu em cima desse assunto que é difícil de retirar de cima. Não digo que não é possível passarmos de fase, mas acho que dificilmente seremos campeões enquanto tratarmos a Libertadores como uma obsessão.
    Ontem houve uma série de problemas. Gosto do Carpegiani e do sistema que ele adotou. Porém, é nítido que as substituições, fora o Pará pelo Rodinei (que aliás nem deveria ter sido feita, pois o Rodinei deveria ser o titular) foram mal feitas, especialmente o Arão no lugar do Éverton Cardoso.
    O Diego Alves ter falhado como falhou ontem não é possível! Vai virar nosso novo Alex Muralha? Parecia ainda inseguro.
    Agora, o ponto que realmente me aflige é a falta de vontade desse time com aspecto de europeu. Parece que tanto faz ganhar, perder, empatar, a questão é só jogar, pois são pagos para isso, e dane-se o resultado! É um tal de “temos que melhorar”, “seguir treinando”, “estamos evoluíndo” e nada disso acontece de verdade em campo! Falta vontade em campo, falta um comandante, falta gente, desculpem o termo, com “cojones” em campo! A grande maioria ali parece estéril! Ninguém com vontade de vencer de verdade, com espírito competitivo! Chega a ser preocupante o que vou dizer, mas, amigos, que saudades que me deu de ver aquele Flamengo que eu vi “in loco” fazer 2×0 no Defensor no Maraca em 2007… e olha que estamos falando de saudades de Renato Abreu (que fez os 2 gols), de Souza, de Roni, de Juan “marrentinho”, de Clayton…
    Alguém precisa urgentemente dar uma aula de história do Flamengo para aquela galera que veste o Manto atualmente. Não é possível que nem os oriundos da nossa base se incomodem com o que está acontecendo! Será que o Juan não fala nada? O Júlio César não pode ajudar nisso também? E agora a molecada? Aliás, o próprio Carpegiani deveria saber melhor como deve ser jogar no Flamengo! Parece que o técnico ainda é o Zé Ricardo e o ano ainda é 2016 ou 2017…
    Também é incrível como um meio campo com Diego e Éverton Ribeiro possa não ajudar em nada! Será que esses 2 pensam MESMO em ir para a Seleção com aquele futebolzinho de 5a categoria?
    Agora é tratar de ganhar jogos em casa e fora para não entornar o caldo de novo…
    SRNs!

    Reply
  54. Entrevista do Lucas Pratto: “O time hoje deu resposta com atitude, vínhamos de jogos irregulares. Hoje foi quase perfeito na estratégia. Fomos superior ao Flamengo, que é um time de bom jogo, MAS QUE NÃO TEM TANTA PEGADA”.
    Acho que isso justifica o fato de nosso de time de lordes ingleses não ganhar qualquer campeonato importante, o reflexo da figura pacoba da Diretoria (EBM e Rodrigo Caetano, em especial).

    Reply
  55. Jogo fraco, sem emoções e algumas certezas: Flamengo não tem laterais, Flamengo precisa urgentemente de um sistema de jogo. Não dá para todo jogo vir com mudanças de jogadores ou de sistema. Não gostei de ninguem que esteve m campo, dos dois lados e muito menos do árbitro. O ponto pior do time foram os marginais que nos levaram o direito de ter jogos em casa.Vou ser bem franco; COMO TORCEDOR E SÓCIO HÁ MAIS DE 40 ANOS, admiro o presidente Bandeira, votei e voto em seu grupo politico, mas à partir de hoje, se souber que o clube cede dinheiro, camisas, uniformes ou ingressos para as organizadas, além de nunca mais votar, vou arguir judicialmente. C hega. Já não somos uma “brastemp”, e ainda nos damos ao luxo de bancar pilantras? Agora futebol de verdade: quando o Diego Ribas vai voltar jogar como quando chegou? Quando finalmente o Everton Ribeiro vai fazer seu primeiro jogo? Ser centro avante no Flamengo é coisa para louco. Guerrero era criticado, mas sempre jogou sozinho entre os zagueiros. Ceifador não tem a tecnica do Guerrero e vai sofrer muito.

    Reply
  56. Será que após outro um vexame do time do R.Caetano teremos mais um final de semana de folga para os titulares , curtirem um churrasco com cachaceiros e prostitutas?
    Ninguem no departamento de futebol virá a publico explicar porque Diego Alves á Cesar ?
    Porque escalar o Pará , que não vinha jogando?
    Porque por no banco, como opção, o Arão ao invés de Jean Lucas?
    Se em jogos grandes vai continuar a jogar só com um volante no meio ?
    Quantas pré temporadas E.Ribeiro, Rômulo e Geuvanio irão precisar para entrarem em forma?
    Se Carpegiane já decidiu se será treinador ou Coordenador?
    Quando iremos contratar um lateral esquerdo?
    Quando de verdade teremos no clube um V.P.Futebol ?
    Se existe a seriedade que pregam na diretoria , essas Perguntas precisam ser esclarecidas,ou vamos continuar dando vexames? esperando milagres de SJTadeu? Ou apenas comemorando TGB?
    Quero meu Flamengo de volta !

    Reply
    • Wanderson,
      Eu nasci em 1987, comecei a acompanhar futebol verdadeiramente no ano de 1996, com 9 anos de idade. Assim como todos da minha geração, em competições GRANDES (NACIONAIS OU CONTINENTAIS) vi mais vexames do que vitórias do Flamengo.

      Minha primeira lembrança de futebol é o time do Grêmio campeão brasileiro/96, e que no ano seguinte me causou o primeiro sofrimento no Maracanã – a final da Copa BR/1997; Minhas lembranças seguintes são os timaços do Vasco, Palmeiras e Corinthians, que ganharam títulos grandes no final dos anos 90. Ou seja, minhas lembranças futebolísticas de primeira infância são todas baseadas nos rivais, nenhuma no Flamengo!

      Na adolescência tive minha primeira grande emoção como torcedor do Flamengo, com o gol do Petkovic no estadual, mas que foram seguidas de campanhas vexatórias e quase quedas para a série B.

      Anos após, já jovem e calouro na faculdade – veja quanto tempo se passou! – vi o “meu” melhor Flamengo na geração que começou na Copa do Brasil/2006 e terminou no Brasileiro/2009. Depois, já adulto e formado, a conquista da Copa do Brasil/2013.

      Quem nasceu do final dos anos 80 pra cá, e por consequência não viu a era de ouro daquela década, só torce pelo Flamengo por uma inexplicável paixão, pois por “histórico de vencedor” que não é, só sofremos!

      Reply
  57. Carpegiane havia declarado antes que quem escalava o goleiro era o/s preparador/es, ou não ?

    Temos um time TECNICO e não PEGADOR.
    Juan e Rever – técnicos
    Cuellar, Romulo, Arão – Técnicos
    Diego, Everton R. – Técnicos
    Vinicius Jr. – tecnico.
    Laterais – nem tão técnicos e nem tão PEGADORES. KKKK.
    Talvez os mais pegadores desse elenco sejam JONAS e PAQUETA.

    Obs: Ter um time técnico NÃO é igual a ter um time tecnicamente bom/bem.

    Tem muito Labrador e poucos Pitbull.

    No futebol moderno quem não não morde tem que pelo menos ajudar a rosnar e latir.

    Esse manto não combina com justificativas, apenas com raça, VONTADE e VORACIDADE pelas vitorias e pelos títulos.

    Reply
  58. TREINOS ESPORADICOS NA GAVEA.

    Esse tem sido meu mantra nos ultimos 5 anos. Esse ISOLAMENTO TOTAL do elenco/s dos torcedores no dia-a-dia tem sido mortal para o FLAMENGO. Tem nos transformado em um time frio e sem alma de FLAMENGO.
    A ESTRUTURA da Gavea é infinitamente menor que no CT. Só que lá é onde o elenco INCORPORA o ESPIRITO de Flamengo.
    Essa distancia tem sido nossa criptonita. A Gávea é o SOL do FLAMENGO, ela nos fortalece.
    Enquanto não entenderem isso os fracassos persistirão.
    Não há preleção nem profissionalismo que substitua isso.
    Pelo menos 2 treinos na Gávea por MES, 1 a cada 15 dias, isso deve ser PADRONIZADO em nossa FILOSOFIA.
    Tragam esse elenco para o FLAMENGO = GáVEA.

    O bom time a Gávea RETORNA.

    Reply
    • FLAD+,até concordo em parte.Mas acho que Pará,Renê,Trauco,Rodinei,e o intocável Rômulo,mesmo treinando todos os dias na Gàvea não vão evoluir em nada.
      ABS.
      SRN;

      Reply
  59. Kleber, acho que precisamos mexer em dois setores importantes: a zaga não pode ser Juan e Rever. Os dois são lentos e acima dos 30 anos. Ainda mais que nossos laterais não inspiram 1% de confiança.

    Outra coisa, precisamos de saída de bola. Ontem o Diego até voltou para armar o jogo, mas grande parte das jogadas foram chutões do Rever ou do goleiro. Para ganhar do Flamengo basta apertar a saída de bola. Ficou nítido ontem.

    Reply
  60. alguns pitacos :

    1 – e os amigos que chamavam o Guerrero de Tuta peruano ? sabe quantos gols o Dourado vai fazer fora os penaltys ? poucos. O esquema, esquema ? do nosso time é amplamente nocivo a qualquer centro avante. Vide o Dourado ontem levando porrada de costas para o gol.
    2 – dizer que Juan e Rever foram razoáveis ? foi a pior partida do Juan, responsável maior pelo primeiro gol e quanto ao Rever atrasado sempre.
    3 – temos uma zaga lenta, laterais sofríveis então amigos, como disse um entendido hoje, quem sai com a bola? chutão ou o diego tem que vir aqui atrás. não dá.
    4 – Parem por favor de pedir Ronaldo e Jean Lucas, eles estavam e foram medíocres no 4 a 0
    5 – tem que botar esses medalhões na pressão, são eles que ganham 400, 500 mil.
    6 – como foi incompetente essa turma para montar um time. meu falecido pai já dizia, não adianta dar muito dinheiro para incompetente, vão fazer caca

    Reply

Comente.