Liga dos Campeões

(Twitter Oficial do PSG)

Um jogo como o de hoje, em Paris, deixa claro que, muito mais importante do que jogar em casa, de ter o apoio da torcida e, qualquer outra coisa, é ter alguém que possa desequilibrar.

Há uma diferença monumental entre o craque e o iluminado. O PSG, por exemplo, tem alguns craques e um único geniozinho. Azar deles que, num jogo decisivo em que havia a extrema necessidade de alguém que desequilibrasse, Neymar, com o pé imobilizado estivesse em Angra dos Reis, onde Carlos Egon Prates é rei, vendo o jogo pela TV.

Neymar está para o PSG, assim como Messi está para o Barcelona, como Zico e Pelé estiveram para Flamengo e Santos.

Mais uma vez conto uma passagem que traduz com exatidão o que penso.

Semana de decisão para o Flamengo e, um jogador importante havia se contundido em um treino, passando a ser dúvida para o jogo que decidiria o campeonato. Demonstrei toda minha preocupação ao genial Domingo Bosco.

Carinhoso como sempre, passou a mão no meu ombro e disse o seguinte: “Kleber, querido, aqui, só há um jogador que seja desfalque. Fique tranquilo, o Zico vai jogar.” Zico jogou e fomos campeões.

Em síntese, um baita azar do PSG ter perdido Neymar. A vitória do Real foi justa, mas se Neymar estivesse em campo o jogo seria outro.

1 Comentário

  1. O PSG tirou o Neymar desse jogo. Dá pra acreditar ?

    Escala-lo naquele jogo foi um erro de quase UM BILHãO.

    Provavelmente ele já tinha uma fissura no osso anterior ao jogo que apenas se rompeu definitivamente naquele lance. Talvez tenham feito uma POUPANÇA técnica para a seleção brasileira sen querer. Neymar vai chegar na copa descansado e com a técnica refinada pelo processo que envolve uma recuperação lente.

    Reply
  2. Kléber, quando leio postagens suas sobre Cristiano Ronaldo sempre me vem à cabeça a esperança de ainda estar por aqui no dia que você novamente assumir a Presidência do nosso Flamengo e por em prática aquela idéia, maluca para alguns, mas factível na minha humilde opinião, de colocar aqueles 100 milhões na mesa e convencê-lo a passar uma temporada que seja por aqui, enchendo as redes de gols e os cofres dele e do clube de muito dinheiro. Pra quem trouxe o Romário, melhor do mundo em 94, com 28 anos, não me parece impossível sonhar com essa nova possibilidade. Precisamos de ídolos, não de bons moços com cabelo bem cortado, com discurso conformado após derrotas, empates insossos ou desclassificações vexatórias.

    Reply
    • E quem paga se o projeto der errado???

      HUmmmmmmmmmmmmmmm deixa eu advinhar

      Reza para aparecer outro Bandeira e pagar mais 750 milhões de dívida.

      Aí é mole amigo

      Reply
      • Anderson, amigo,
        A sua visão parcial sobre o histórico rubro-negro, realmente me impressiona. O inegável bom trabalho que vem sendo desenvolvido pela atual diretoria do Flamengo, usufrui, também de forma inegável,de ações desenvolvidas por outras diretorias que, levantaram o patamar de faturamento do clube e,viabilizaram contratos e parcerias, que rendem frutos até hoje.
        As dívidas são pagas, quando há recursos. E, tenha você a certeza de que outras diretorias também são responsáveis pelo bom momento que vive o nosso clube.
        Forte abraço.

        Reply
        • Não caro Kleber, me permita com todo o respeito a que merece, discordar do senhor.

          Dívida é uma obrigação pagar. Acontece que alguns presidentes, tiveram como metas outras prioridades.

          Vez ou outra essas prioridades até deram certo, e eu não posso ser hipócrita em negar. Mas valeu a pena?

          750 milhões de dívida nos trouxe a hegemonia em alguma ponta dessa estrala?

          E parafraseando o senhor……Não me venha falar de carioqueta, né………para todos os membros aqui e eu me incluo, não vale nada. Vale só a paixão o carisma o charme e nada mais.

          Eu tenho uma visão diferente de esporte e de Flamengo, e não posso obrigar as pessoas a terem o mesmo pensamento que eu.

          Posso sim, como venho fazendo aqui, dar minha opinião que tbm vez ou outra é contrária ao senhor e as vezes a maioria aqui.

          Mas o faço penso eu, sem ofender ninguém, ainda que alguns post meus, não sejam publicados.

          O que eu quero para o Flamengo é esse crescimento líquido e certo. Ainda que seja pequeno.

          Quero é todo ano estar entre os 5 primeiros. Disputar todo ano a Libertadores. Chegar a 2, 3, 4, finais no ano.

          Ganhar é a consequência desses trabalhos.

          Ganhar como em 2009, ou como em 2013 com o próprio Bandeira não me significa nada. A mim foi mero acaso.

          Mas para ter o modelo ganhador daquele time que é a nossa referencia( Flamengo de 77 até 84) é preciso pagar as contas hoje, contratar cada vez melhor, escolher bons técnicos, escolher bons presidentes, escolher melhor todos os que participam da gestão, para que sejamos constantemente frequentadores da parte de cima de todas as competições.

          Ganhar hoje e ganhar daqui a 10 anos, a mim é um retrocesso.
          Ganhar a qualquer custo, a mim é um retrocesso.

          Somos todos Flamengo. Mas temos Ideologia diferentes.

          Reply
  3. É hora de repensar a ideia e como as coisas são feitas em Paris. Talvez trocando a lógica do marketing pela lógica do futebol. A origem da contratação precisa obedecer um critério: o técnico, não o marketeiro.
    Real Madrid tem um time de futebol, PSG tem bons jogadores que querem se exibir individualmente para ganhar dinheiro…Os madrilenhos ficariam com a vaga mesmo com Neymar em campo

    Reply
  4. Kleber e amigos.
    Continuo achando que a escolha do Neymar foi PÉSSIMA! Para quem tem pretensões de ser o melhor do mundo, ir para o PSG deveria ser a última das opções. Um time com dinheiro e sem história, que joga um campeonato nacional fraquíssimo (acho que 80% dos times da série A francesa seriam rebaixados por aqui), e que em competições continentais sempre é atropelado pelos TRADICIONAIS, que embora com menos dinheiro que o rico francês, conseguem atrair jogadores excelentes pela HISTÓRIA (+ dinheiro, lógico).

    O Neymar deveria ter optado por algum time inglês… Acho que até ele já viu que errou!

    Reply
  5. É pessoal, parece que o Rodrigo Caetano tá dando expediente lá pelas bandas do PSG… Investimentos na ordem de 3 bilhões, dezenas de contratações e um time fraco…

    Reply

Comente.