Deixando bem claro

Treino do Flamengo – 09/04/18 (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Antes que alguém possa imaginar que estou forçando barra para que Cuca seja contratado, quero deixar bem claro que, embora já tenha externado a minha opinião no post anterior e, até exagerei, imaginando a estratégia para ter Cuca de maneira imediata, faço questão de afirmar que, como não sou dono da verdade, respeito qualquer ponto de vista, até porque, o tema em questão pode ser encarado como subjetivo.

Se o presidente Eduardo e aqueles que compõem a cúpula do futebol entenderem que o nome ideal seja outro, tudo bem. Vanderlei, Dorival… enfim, o direito de escolha é sagrado.

O que não abro mão é da filosofia. Aí, deixa de ser subjetivo, em função da grandeza do Flamengo que, definitivamente, não foi feito para ninguém iniciar carreira.

Será que fui claro?

1 Comentário

  1. Sinceramente não entendo a resistência da diretoria e de alguns membros aqui em relação ao Cuca. Respeitando sempre a opinião de todos. Mas é o cara pronto. Currículo idêntico ao de Renato gaúcho que só deslanchou na carreira de 2016 pra cá. Cuca fez brilhante trabalho no Botafogo, brilhante trabalho no cruzeiro, só não foi campeão brasileiro em 2010 pq meteram a mão no cruzeiro, campeão da libertadores com o atletico/mg em 2013 , brasileiro de forma irretocável com o palmeiras em 2016, chegando a afirmar que ao ser eliminado do paulista quando pegou terra arrasada por Marcelo Oliveira que seria campeao brasileiro. E foi sincero em afirmar que o palmeiras de 2017 era inferior ao 2016, pois perdera seu diferencial: Gabriel Jesus. Ou deixem Luan e Artur sair do Grêmio e verão a queda gigante que esse time terá. Cuca é um cara inquieto, busca alternativas,não deixa o time acomodar, seu time joga um futebol intenso, diferente desse preguiçoso Flamengo.Em 2009 saiu do Flamengo porque o grupo era cheio de manias também. Adriano faltava de treino, Juan lateral e Leo Moura achavam que mandavam no time. Não gostavam de treinar forte.Tanto que quando o Cuca saiu, os jogadores através do bruno se juntaram e resolveram jogar para sair fora do rebaixamento. E deu um improvável título. Então, sinceramente não vejo melhor currículo que Cuca para dar uma sacudida nesse acomodado time.
    Agora absurdo é colocar um cara que nunca treinou ninguém, sem qualquer identificação com o Flamengo para ser treinador. Isso é o maior dos absurdos.

    Reply
    • O Cuca não serve para os jogadores. No Flamengo, os jogadores é quem provavelmente mandam nas coisas. Maior prova disso foi o Lomba tendo que pedir desculpas depois do esporro pós-eliminação, senão o grupo ia ficar todo de mal. Ontem no LANCE estava escrito com todas as letras que parte da diretoria e DO ELENCO não aprovava o nome do Cuca. Logo, a sugestão que eu deixo (ironicamente, claro), é que se pergunte ao grupo quem eles querem pra técnico deles ou se eles mesmos não querem tirar o time entre eles e joga quem os “líderes” do elenco quiserem?
      Enquanto não tiver respeito do vestiário para com o clube, podem escolher de Guardiola a Givanildo que vai ser a mesma coisa.
      SRNs!

      Reply
  2. Nada mais democrático, meu caro Guru!
    Meu nome seria Abel, mesmo tendo consciência que ele NÃO interrompe contratos.
    Cuca seria minha 2ª opção, mesmo com Renato desempregado.
    Com a base que está subindo, Abel seria sopa no mel.
    Talvez uma conversa franca com os Cardeias da Globo, seja o caminho mais adequado.

    Reply
  3. É isso aí kleber,sou favorável ao treinador rodado e com bagagem e o Cuca seria o ideal.mas se não tiver jeito na minha opinião pela ordem Luxa e depois Dorival.treinador novo e que não sabe o que é Flamengo pode ser fatal ,jogar tudo a perder !

    Reply
  4. Meu querido Guru, temo que você esteja pregando no deserto!

    1o. Vc acredita mesmo que algum treinador de ponta viria nesse estado de coisas?

    2o. EBM e Fred Luz farão o que lhe melhor aprouver

    Em síntese só sobrariam nomes de 2a linha, e para optar por nomes de 2a. linha eles preferem efetivar mais um estagiário.

    Essa história do RG queimou a imagem do clube esse ano no quesito treinador!

    É o que eu acho, abraços!

    Reply
  5. Meu nome seria o Abel, depois dele o Renato,depois do Renato qualquer um menos Dorival, Osvaldo, esses tecnicos mequetrefes que á todo instante estão empregados e desempregados. Quer saber? Prefiro o Joel do que esses que estão falando.

    Reply
  6. O tempo passa, o tempo voa e o Flamengo ainda não tem um treinador, e ainda paira a ameaça do obscuro Maurício Barbieri assumir o comando do time. Muitas subjetividades, o futebol é assim mesmo, de concreto e sem discussão, só a incompetência da diretoria quando o assunto é o velho e violento esporte bretão….!

    Reply
    • Acho engraçado que todo mundo aplaudiu o Jair Ventura no Botafogo e agora o Carille no Corinthians virou nome de 1a linha e muitos defendem, ainda, as suas contratações. Agora, para dar chance a um novato no próprio Flamengo, aí é obscuro, despreparado, não tem bagagem, nunca ganhou nada etc. O Jair Ventura, que tantos pediam, por exemplo, ganhou o que mesmo?
      SRNs!

      Reply
      • Ganhou de 5 ex-campeões da Libertadores num só torneio. Sendo 4 no mata-mata, e levou o Botafogo às quartas de final da competição. E com o timinho que tinha, já fez muito. Comparar nosso elenco com o deles chega a dar raiva…

        Há quantos anos, e há quantos técnicos, não chegamos às quartas? Dou uma dica: décadas…

        Já o Barbieri não fez nada DE FATO até hoje e não acredito que faça, mas vou torcer, se ele ficar.

        Reply
  7. Boa tarde, sinceramente, não sou a favor do Cuca pois acho que o Flamengo precisa de um técnico copeiro, que goste deste tipo de disputa mata-mata. Ah, mais o Cuca ganhou a Libertadores ! eu sei, mas não acredito nele com este perfil pois foi uma conquista que teve vários fatores extras, meio que bom trabalho aliado a sorte. Outro fator que não me agrada ao Cuca é o fato de o mesmo sempre ter problemas com jogadores relacionado a comentários, algo que sempre valida a sua permanência. Penso o mesmo sobre o Luxemburgo. Gostaria de ver o Joel novamente a frente do Flamengo pois ele é um treinador que pode fazer com o Flamengo o que o Renato hoje faz com o Grêmio, um 4 2 3 1 fechado, com um contra ataque rápido. Joel também tem tudo para amenizar o problema já que conhece o Flamengo e tem jeito com os jogadores. Se não for o Joel, não vejo mais ninguém no Brasil para assumir o cargo e faço votos para que um Argentino ou Colombiano possa vir pois acho que o trabalho do Rueda no ano passado foi ótimo mesmo não sendo campeão em pouco tempo de trabalho e que alguém com o mesmo perfil também poderia ter sido contratado para manter o trabalho por ele, Rueda, iniciado.

    Reply
    • Eu concordo, mas deixo de assinar embaixo quando cita o Joel. Se o Joel fosse bom, estaria ao menos num clube de série B e, ainda assim, muitos veriam a contratação com desconfiança. Eu mesmo seria um. Acho que a hora é de evolução.
      O Rueda teria feito esse time andar agora em 2018. O trabalho era bom e ainda nos livramos de tantos jogadores que não nos serviam… sem falar que ele estava fazendo boa transição com a base. Mas, fato é, ele já não está mais aqui.
      SRNs!

      Reply
  8. E o presidente respondeu: “vamos levando” quando foi perguntado sobre novo treinador, meu Deus, estamos largados a própria sorte.

    Reply
  9. Pessoal.
    O ano está perdido.
    Torcer para passar logo até o fim do ciclo dessa administração.
    São incompetentes em assuntos de futebol.
    Mantiveram o Caetano por 3 anos fazendo lambanças. Contratam mal. Técnicos e jogadores. Não têm a arte e a maestria para negociar para, primeiro enxergar as prioridades e depois, supri-las com competencia.
    Tentar Renato Gaucho foi de uma primariedade infantil. Um técnico no seu melhor momento no Grêmio, idolatrado, prestigiado e prestes a ganhar uma estátua, não era o alvo indicado para quem pensa com um mínimo de massa cerebral. Insistir com Abel, é outra decisão estapafúrdia.Essa diretoria foca no ideal, esquecendo o possível.
    Perderam 2 semanas e agora, o melhor é torcer para o time não cair no Brasileiro e pensarmos em 2019.
    2018 acabou.

    Reply
    • Por que simplesmente não paramos de dar pitacos sobre quem achamos que é o melhor técnico e deixemos a diretoria decidir? Se for o Barbieri mesmo, achando certo ou errado, alguém vai deixar de torcer pro Flamengo por isso? Vai largar de mão porque o seu preferido não foi escolhido? Isso é coisa de geração mimimi. Tem que apoiar quem estiver lá, goste ou não. A torcida tem que fazer a sua parte e parece que a falta de títulos de expressão é algo recente para nós. Sejamos sensatos que nós ganhamos algo a nível nacional a cada década, praticamente. A nível internacional, não chegávamos nem na final desde 1999.
      Mas isso não quer dizer que eu ache o trabalho dessa gestão 100% bom não… eles fizeram e fazem ótimo trabalho financeiro e de estrutura interna, resgataram a credibilidade e o valor de mercado do Flamengo e a vontade dos jogadores de jogarem aqui. Agora, é fato que as decisões relativas ao futebol não têm sido as melhores e não estão resultando em títulos como esperávamos. Jamais estarei satisfeito com isso. Mas sou Flamenguista e nunca deixei de ser, nem nas piores e mais vexatórias derrotas. Esse papo de “o ano acabou” ou “não vou mais acompanhar” é muita garotice, com todo o respeito.
      SRNs!

      Reply
  10. MEU ETERNO PRESIDENTE. ESTAMOS PERDIDOS E LARGADOS. GRAÇAS A DEUS JÁ ESTA TERMINANDO O MANDATO DE EDUARDO BANANA DE MELLO. PÉ FRIO ARROGANTE E TEIMOSO. O FLAMENGO NÃO É DELE E NUNCA SERÁ.

    Reply
  11. Kleber, li agora trechos da entrevista do Cuellar e gostei do que ele falou sobre o Barbieri: “Professor Paulo (Carpegiani) tinha ideia dos meias virem mais atrás. Agora com Mauricio, está querendo que meias ataquem a área, os espaços. Gol feito pelo Diego foi treinado a semana toda”.

    Independente do nome, torcerei por ele e vejo como boas as chances de o Flamengo largar bem no Brasileiro. Nas primeiras três rodadas encara Vitória (fora), América-MG (Maracanã), Ceará (fora). Teoricamente dá para ganhar os três. Neste período, ainda tem Libertadores em casa.

    Com o grupo querendo, corrigindo uma ou duas coisas, acho que dá para ir bem longe independente do técnico. Até por que o campeonato vai parar 1 mês entre junho e julho, dando chance para vir outro treinador e mudar a cara do time, chegar reforços, enfim.

    Outro assunto que queria abordar, fugindo do tema, é o fato de que ontem no Maracanã havia 65 mil pessoas para Vasco x Botafogo. Vendidos 59 mil ingressos. Por que nos jogos do Flamengo vendem no máximo 54 mil ingressos? A justificativa é segurança mesmo em jogo de torcida única. Engraçado isso né!

    Reply
    • Isso aí, Henrique, no meio de tantas críticas ao estagiário, também observei, que o Diego no segundo tempo, jogou muito mais próximo da área para finalização. O Carpegiani estava “matando” ele com a obrigação de distribuir jogo. Futebol é muito simples, o que atrapalha são os professores consagrados e inventores de estratégias.

      Reply
    • Caro Henrique, assino embaixo e, aliás, escrevi algo semelhante nos comentários deste post alguns minutos atrás.
      Não vai ser a opção por efetivar o Barbieri que vai me fazer parar de vestir o Manto e sentar na frente da TV (Maraca, Engenhão etc. já fui muito, mas hoje moro fora) para acompanhar o Flamengo em qualquer ocasião. Meu maior desejo agora é poder ver o Flamengo campeão da Libertadores vindo jogar torneios fora do Brasil… a saudade de ver o Mengão num Maraca lotado é imensa, mas isso já não é mais algo possível, então, vou apoiar sempre com as ferramentas que eu tiver!
      SRNs!

      Reply
    • Esse bando de funcionários públicos que se tornaram os jogadores do elenco do Flamengo querem um testa de ferro para a panela deles.

      Qto ganha o Barbieri memso? 9mil, 15mil que ganhava o ZR?

      Qual o histórico da carreira de jogador ou técnico do Barbieri? Quanto tempo ele tem de Flamengo? 4 meses?

      Os jogadores querem alguém para eles manipularem, como era com o ZR.

      Reply
      • Meu caro Nino, não sejamos ingênuos: é isso mesmo que os jogadores querem. Treinador que chega botando banca e querendo ganhar no grito, perde o elenco e não tem jeito! Pode ser o melhor, que fez ótimos trabalhos em todos os clubes por onde passou, mas, se pegar um elenco mimadinho, vai se perder.
        E eu sinceramente acho que os jogadores do Flamengo já sacaram faz tempo que não tem um ali que meta moral neles, então, é melhor que eles “escolham” alguém de quem eles gostem, porque é só assim que eles vão correr pelo técnico. Pra torcida eles só jogam com firula e com entrevistas. Ganhar, empatar ou perder, parece dar na mesma para esses caras. Então, se for pelo bem das coisas, melhor deixar o Barbieri mesmo, sob pena de chegar um medalhão e o barco afundar definitivamente…
        Só pra esclarecer: não sou a favor desse tipo de prática, mas que ela existe, existe. Até porque, ninguém vai pegar meio elenco e mandar embora ou encostar pra tentar impor respeito…
        SRNs!

        Reply
    • Henrique, só um esclarecimento sobre o público de Vasco e Botafogo. As torcidas dos dois times não precisaram ficar separadas, como TODAS precisam ficar distantes da nossa, que, infelizmente, e mais do que provado está, não sabe se comportar (vide final da Sulamericana, que nos traz desgosto até hoje).

      Não houve nenhuma invasão do estádio registrada no último domingo, ninguém quebrou um só assento do Maraca, não houve qualquer briga e, pasmem, o setro do meio foi misto, com torcedores do Vasco e do Botafogo sentados lado a lado. E mesmo assim, mesmo com todo drama e zoação, não teve sequer uma confusão.

      O jogo entre esses os dois times é conhecido como “Clássico da Amizade”. Talvez isso te ajude a entender porque não teve necessidade de haver uma área gigante destinada a separar torcidas. Houve civilidade.

      Nossa torcida é composta por uma parcela de selvagens, por isso os torcedores contrários, em geral, mal comparecem. Tenho vários amigos que torcem para outros times que não vão em clássicos contra o Flamengo por medo. Não de perder, mas de apanhar, ou até de morrer. Talvez por não ser daqui, você não conheça essa realidade, mas quando ouço isso de meus amigos, juro que me envergonho.

      A final da Sulamericana me marcou definitivamente. Lá eu vi uma selvageria que jamais havia presenciado. Isso não é torcida, é bandidagem. Vai demorar muito para voltar a descer a rampa da UERJ rumo ao Maraca.

      Reply
  12. Amigos,
    Entendo a ansiedade de todos, até porque, a minha é igual. Agora, por favor, um pouco mais de calma e de otimismo. Como acabou o ano?
    Estamos em plena disputa da Libertadores. E, sequer iniciamos o Brasileiro, a Copa do Brasil e, se for preciso – tomara que não- a Copa Sul Americana.
    Querem outro bom motivo? Durante a Copa do Mundo, para tudo. Tempo para, quem sabe, acharmos um bom caminho.
    Desculpem, mas sou um otimista de carteirinha. Ainda levo fé.
    Acreditar é preciso. Isto faz parte da nossa história.
    Abração a todos.

    Reply
    • Caro Kleber, invejo o seu otimismo e tomara que você esteja certo. Para mim, só voltaremos a ter alegria quando essa turma do futebol sair. Então, aguardemos 2019.

      Reply
    • Caro guru, acabei de escrever duas respostas a opiniões postadas aqui neste mesmo tom. As pessoas são muito ansiosas e só enxergam um futuro ruim. Acho que isso é para, se algo der errado, poderem dizer “eu sabia” ou “eu avisei”, como se mestres fossem na arte do futebol.
      Concordando ou discordando de quem for contratado para técnico, jogador, comissão técnica, diretoria etc., o que importa é que a instituição é sempre maior, o Flamengo “perdeu” até o Zico para a aposentadoria, então, pode viver sem qualquer um, meramente com quem estiver lá fazendo o melhor pelo Flamengo e com o Flamengo no coração, assim como nós, torcedores, o temos.
      SRNs!

      Reply
    • Kleber meu queridão!

      Como toda restruturação, com todo saneamento, com toda estrutura física e administrativa, orçamentária, ainda estamos nas mãos do acaso, da sorte.

      Vc sabe pq o Carille esta dando certo no Corinthians? Pq o Corinthians tem diretores que entendem de futebol.

      Estamos puramente nas mãos do acaso, do imponderável!

      Repetindo a sua máxima, que virou marca registrada: “Tem tudo para dar errado, mas pode dar certo”.

      Ai vc quer que a galera fique como?

      Reply
  13. Fica difícil caro Kleber Leite, depois de mais cinco anos com bolas fora, manter algum tipo de otimismo com EBM e Fred Luz no comando do futebol. Em relação ao pretenso treinador, “vamos levando ” afirmou o inepto comandante do barco futebolístico do outrora pujante FLAMENGO….Sim VAMOS LEVANDO…!!!!

    Reply
  14. Prezado Kleber, só posso entender que em função da lentidão nas tomadas de decisões no Flamengo; esse pessoal está mal intencionado.
    SRN

    Reply
  15. Deixa a vida me levar …… frase tão motivacional que nos rendeu o penta em 2002 agora vira piada de mal gosto no discurso omisso e preguiçoso do nosso presidente , será que o Flamengo, o novo rico ta tão sem moral que ninguém quer comandar? Vamos deixando a vida levar que tudo se ajeita , o passado recente mostra isso !!!!! ALOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO, por favor parem de brincar com nossa paixão !!!!!

    Reply
  16. Presidente, EBM nao rem competencia para ser presidente. Simples assim. Ele tem dificuldade para decidir e quem esta naquela cadeira nao pode ter esse tipo de dificuldade. Esta na cara q Barbieri e uma furada, como foi ZR, que ontem conseguiu perder um campeonato ganho da mesma forma q fez na Argentina: enchendo o time de zagueiros.
    Eu iria atras do Cuca, Jorginho e ate do Papai Joel. O importante e ter um cara experiente, rodado e com capacidade. O ano e eleitoral, nos sabemos quao turbulento pode ser.
    O Flamengo precisa de um treinador, nao de apostas e estagiarios. Essa diretoria nao tem a menor ideia da dimensão do clube, a julgar pela frase “vamos levando” dita pelo presidente quando perguntado sobre o tecnico.

    Reply
  17. O Flamengo precisa de um técnico vibrante como o Valentim. O jogador não tem como não entrar no ritmo dele. Abel também não é de ficar parado. Muricy também não ficava. Tite também vibra. Renato, idem.
    Faltam jogadores para algumas posições e mais energia ao time do Fla. Não quero dizer que não correm, mas parecem robôs. Falta algo que o técnico pode passar.
    Só não podemos nos conformar com a designação de um treinador mais inexperiente que Zé Ricardo. O resultado vai ser pior.

    Reply
  18. Concordo que só um técnico de peito pode mudar o panorama de pressão que estamos vivendo. Na minha opinião cuca ou Felipão são as opções do mercado. Preferência seria o Abel mas….
    Em tempo, quem fez aposta no ney franco em 2006?

    Reply
  19. E a quem diga que o EBM foi o melhor lresidente da historia do Flamengo. Fico pensando, o cara ganhou um carioca roubado em 2014 um em 2017 e uma copa do brasil na sorte em 2013 com hernane inspiradissimo. Imagina esse retrospecto nos anos 80, teriamos uma torcida do tamanho do Bangu talvez!

    Reply
  20. Renato, companheiro,
    Ney Franco, quando contratado por mim para dirigir o Flamengo em 2006, comandsnfo o modesto Ipatinga, em um ano foi vice-campeão mineiro e, no outro, campeão, além de ter chegado a uma semi/final de Copa do Brasil.
    Em termos de experiência e resultado, não há como comparar com o momento que vivemos.
    Forte abraço.

    Reply
    • Bom dia Kléber, acredito que o Joel seria o cara atual. Esse time precisa de junção, alguém que dê liga para o time. Falta isso a este time. Outro ponto que acho importante, é um treinador copeiro como o Joel que tem qualidades para assumir esse time. Muitos podem falar que o mesmo está desatualizado mas não acredito nisto. Se ele vier, seria o cara para colocar o Flamengo nos trilhos novamente. Outra ponto positivo que vejo no retorno do Joel ao Flamengo é o fato dos dois estarem desacreditados e por isso, uma forma de retorno dos dois. O Joel armando um time de contra ataque, voltando as características que o Flamengo perdeu, de ser um time de contra ataques.

      Reply
  21. Acho que o longo período sem jogos do Flamengo está deixando a galera meio de cabeça quente. As únicas notícias são da não contratação de um técnico e futuros jogos pelo Brasileiro e Libertadores, então, o povo está sentindo falta do Flamengo. Como não tem mais sobre o que falar, não tem jogo pra elogiar ou criticar, fica buscando assunto onde não pode interferir. Mas assim somos nós, flamenguistas: inquietos e um tanto megalomaníacos quando se trata da nossa paixão pelo Maior do Mundo!
    SRNs!

    Reply
  22. Está no Globo.com para quem quiser ver: o ELENCO simpatizou com o Barbieri e estão gostando bastante dele. Então, que seja assim. Se for para chegar alguém para desestabilizar um elenco que já tem dificuldade pra jogar bola, melhor deixar o interino. Talvez uma figura com mais “bagagem” como um auxiliar ou coisa assim e poderemos até ter bons frutos futuramente. O importante é apoiar!
    SRNs!

    Reply
    • Marcus,
      Achei interessante a entrevista do Cuellar, de que o Barbieri está exigindo mais ofensividade/agressividade ofensiva dos meias. Era um dos pontos que faltavam com o Carpegiani, no qual o H.Dourado ficava isolado.

      Reply
      • Exato, Diego! E acho que o Cuellar é um cara que é pouco valorizado no elenco, mas que entende muito da função! Acho que o time ficava muito espalhado em campo, aí não tinha chegada na frente, atrás não tinha cobertura, era um caos geral…
        SRNs!

        Reply
  23. Fernando com todo respeito a você,como pode dizer uma coisa dessa (roubado) na hora nem os jogadores do Vasco reclamaram porque a jogada foi muito rápida e confusa . Só depois que voltaram a imagem que vimos o impedimento ,então pode se falar erro e não roubo , um abraço ! Cadê o técnico, zagueiro e lateral esquerdo ???????

    Reply
  24. Queridos companheiros!

    A culpa do momento é da SóFla! Não adianta mais ficar imputando responsabilidade ao EBM e ao Fred Luz na gerencia do futebol, eles simplesmente não tem jeito para coisa, talento, manha, expertise.

    A SóFla que é o grupo do EBM tem que entender que eles estão caminhando para um precipício, a vaca já esta com a três patas no brejo!

    Ou a SóFla dá um soco na mesa, toma a frente do futebol rubro negro afastando EBM e Fred Luz e deixando-os na parte que eles são de fato brilhantes, a saber, a administração financeira, ou não vai ter mais jeito. Julgo que só um milagre nos salva a temporada de 2018, igualmente falamos em 2007, 2016 e abaixo disso nem se fala!

    Reply
  25. “Gerenciamento de expectativas”

    Como eu já disse aqui no blog, espaço que o nosso querido Kleber Leite nos disponibiliza gentilmente para colocarmos a nossas opiniões “não avalizadas” de torcedor!

    Uma das principais incumbências de presidente de futebol, principalmente do Flamengo é o gerenciamento de expectativas.

    É aquela capacidade de se comunicar com a torcida mostrando não só em postura, como em palavras e atos para que direção esta apontando a administração do clube.

    Nos últimos anos Márcio Braga fazia bem isso, o nosso Kleber foi o melhor nesse quesito e até pasmem, Edmundo Santos Silva tbm tinha essa capacidade (se ilusória ou real eu não discuto, mas tinha).

    Definitivamente essa não é a praia do EBM, que sempre nos apontou com a reestruturação tão necessária ao clube. O problema é que a galera entendeu que essa era a parte 1, e que a parte 2 seriam os frutos, time e conquistas, engano pois o samba do EBM é samba de uma nota só, a ponto de seus simpatizantes dizerem que “preferem estrutura”.

    Estrutura, reorganização estatutária, financeira, física não é um fim, mas um meio, e a finalidade do Flamengo é a conquista de títulos.

    Reply
  26. Parte inicial do texto não foi aprovado pela moderação – (…) Deve estar satisfeito com o fracasso do futebol do rubro-negro. Em cinco anos e três meses, dois carioquinhas e uma CB, em mais três anos de Pat Amorim mais um carioquinha, resumo da opera : nove longos anos de fracassos no futebol. Não é querer ter razão depois de um fracasso, ninguém torce contra, mas é entender um pouquinho só de futebol….O Kleber Leite como titular do blog e ex dirigente, tem que manter o equilíbrio e demonstrar que nem tudo está perdido, é natural que aja assim, mas nós simples mortais torcedores não…
    ————–
    Lemos amigo,
    Vamos manter o respeito nos comentários, sem personalizar as críticas, por favor.
    Que a razão fale mais alto que o coração. Novas críticas pessoais não serão aprovadas pela moderação.
    Abraços,
    Robert Rodrigues – Moderador.

    Reply
  27. Entre Renato (que fracassou rotundamente no Vasco e no Fluminense) e Barbieri, fico com a juventude e ambição do jovem treinador. Sempre lembrando que Cláudio Coutinho (gênio!) era muito jovem quando assumiu o Flamengo e Carpegiani foi campeão da Libertadores e do Mundo também muito jovem e totalmente inexperiente na função de treinador.
    E nada de Cuca, o rei do “chororô”, de volta.

    Reply
    • Vilmar,
      Acho o Renato Gaúcho supervalorizado. O que era Renato Gaúcho antes de vencer a Libertadores/2017, em novembro do ano passado? Alguns o consideravam até mesmo um treinador folclórico. Depois da conquista virou um super fenômeno…
      Menos, bem menos com a supervalorização de Renight!

      Reply
    • Concordo em gênero, número e grau!
      Proponho até um levantamento dos técnicos que conquistaram nossos títulos (nacionais ou internacionais):
      1980 – Brasileiro: Cláudio Coutinho (externo)
      1981 – Libertadores/Mundial: Carpegiani (FLAMENGO)
      1982 – Brasileiro: Carpegiani (FLAMENGO)
      1983 – Brasileiro: Carlos Alberto Torres (externo)
      1987 – Brasileiro: Carlinhos (FLAMENGO)
      1990 – Copa do Brasil: Jair Pereira (externo)
      1992 – Brasileiro: Carlinhos (FLAMENGO)
      1999 – Mercosul: Carlinhos (FLAMENGO)
      2006 – Copa do Brasil: Ney Franco (externo)
      2009 – Brasileiro: Andrade (FLAMENGO)
      2013 – Copa do Brasil: Jayme de Almeida (FLAMENGO)

      Resultado: FLAMENGO 7×4 externo, sendo que os 2 títulos internacionais foram com técnicos do Flamengo.

      Sim, eu sei que o Barbieri não é cria do Flamengo. Mas, se eventualmente der certo, será, pois será sua primeira real chance de fazer algo grande.

      Lembro que ele tem uma trajetória parecida com a do técnico português André Villas-Boas. Quem não o conhecer, pesquise.

      SRNs!

      Reply
  28. Renato fracassou no Vasco ? fracassou no Fluminense, perdeu nos pênaltis uma Libertadores com Luiz Alberto na zaga ? paralelamente ele evoluiu nos últimos anos. Tem cada uma !! Socorrooooooooo !!!!!

    Reply
    • Kleber,

      Sou torcedor do Flamengo desde os meus 7a pq não tive pai, tive padastro nessa idade que me levou 1a vez ao Maracanã em 1973 para ver meu primeiro Fla x Flu.

      Minha 1a vez sozinho no Maraca foi escondido da minha mãe naquele célebre Flamengo 9 x Portuguesa 1, na volta por azar dei de cara com a minha mãe que voltava do trabalho no mesmo ônibus que eu!

      Outro marco foi ter assistido a aquela final de 1981 com o gol de Nunes no final sobre o Atlético de MG.

      Até ali foi o ápice meu como torcedor, e as alegrias continuaram até a década de 90 onde passamos a viver uma crise, crise de inferioridade organizacional, é bom que se diga.

      Meu filho de 5a tem 100% de sua família por parte de mãe vascaína, mas eu proibi a família de vesti-lo com camisa do Vasco, pois penso que o filho deve honrar ao pai, e a questão de ser Flamengo é uma questão de educação de pai para filho.

      Mas não resta dúvida que sou rubro-negro, talvez um rubro negro mal humorado, mas um rubro negro legítimo, pedante e ufanista para falar do meu time em público.

      Mas acho que estou na mesma linha do Vilmar, a paciência acabou! São 5 anos e meio fazendo papel de bobo!

      O marco das incompetências do EBM é fazer o torcedor de bobo! Expor-lo ao ridículo, ao ridículo de lotarmos o Maracanã e tomarmos de 3×0 do Corinthians em 2015 pelo segundo turno por exemplo! Quantas vezes isso se repetiu na adminstração EBM? Chega!

      Tolerância zero com essa diretoria!

      Assim, toda crítica, ironia e sarcasmo com o EBM é bem merecido! Lugar de incompetentes não é na direção do Flamengo não!

      Reply
  29. Prezados, para mim o melhor tecnico seria o Jair Ventura. Também concordo com o Rodrigo Pereira, Fernando Diniz seria bem vindo, mas já estão bem em seus clubes. Temos que parar com essa de toda pedida de tecnicos e jogadores medianos com nome de grife no Flamengo é 1.000.000,00, em outros clubes grandes, não conseguem nem a metade.
    Sds rubro-negra.

    Reply
  30. Respondendo aos amigos Vilmar e Diego Oliveira,

    Coutinho foi a exceção que foge a regra. Não existe problema em treinador jovem, a questão é se ele está preparado para tal. Vejam Carille,por exemplo, é jovem e passou 8 anos se preparando, bebendo na fonte de treinadores como Mano e Tite.

    Barbieri vejo,ainda, muito “verde”, a grande bagagem que um jovem treinador ganha é sendo auxiliar de grandes técnicos, Barbieri veio de uma passagem pelo Guarani e não durou 2 meses.

    Carpegiani foi campeão num time que jogava sozinho, me arrisco a dizer que se fosse outro técnico o resultado não seria diferente.

    Renato, além de sua bagagem como jogador(campeão pelo Fla e Grêmio), na maioria das vezes fez um bom trabalho, tirou o jejum do Fluminense de 23 anos sem títulos nacionais conquistando a Copa do Brasil, depois levou o tricolor a uma final inédita de Libertadores,eliminando São Paulo e Boca,foi o primeiro time brasileiro a eliminar o Boca após décadas, chegou na final e diria que mereceu ganhar,jogou melhor que a LDU,mas, nos penais, os jogadores se saíram muito mal. Nas duas passagens anteriores dele pelo Grêmio fez bons trabalhos,em 2010 e 2013,sempre brigando entre os 4 primeiros na tabela.

    Hoje Renato está mais maduro ainda e vai encaçapando títulos em profusão, Copa do Brasil,novamente, Libertadores, Recopa, Gaúcho e o vice campeonato mundial perdido para o Real Madrid, tudo em menos de 2 anos, falta só o Brasileiro, que, se não jogasse com time “C” ano passado poderia ganhar, mesmo assim terminou em 4º! Portanto digo que hoje, Renato se encontra no TOP 5 de treinadores do Brasil:

    ————————TITE——————
    ———————–CARILLE—————–
    ———————–RENATO———————
    ———————–ROGER——————-
    ———————MANO MENEZES——————-

    Não a toa estão todos empregados e fazendo um bom trabalho,nesses times eu vejo a evolução de um trabalho, vejo o dedo do treinador, fora isso vejo tudo empírico e ultrapassado.

    Um adendo ao Renato,claro que não é um Deus, mas graças a estrutura profissional do Grêmio montada pelo Roger e a direção para análise de desempenho e Centro de Inteligência, reconhecidamente um dos melhores do Brasil junto ao CIFUT do Corinthians criado por Mano e Tite, tudo isso, ajudou no crescimento do Renato, e isso não existe no Fla, onde todos são protegidos e não se faz questão de ter os melhores profissionais e os que lá estão ainda são protegidos com sua incompetência.

    Depois disso tudo, dá para entender o motivo de Grêmio e Corinthians conquistar resultados com eficiência em campo e gastando bem menos que os rivais.

    Reply
      • Daniel G., tudo certo meu amigo? Espero que sim!
        De todo modo, concordo com a inexperiência do Barbieri. Como diz o Kleber, o Flamengo não deveria ser lugar para experiências… Acho que a Diretoria pode estar queimando um profissional bastante promissor, pois pelo que li o rapaz é bastante “estudioso”, fez estágio em Portugal com o Mourinho, depois teve boas passagens por times pequenos de São Paulo, tropeçou no Guarani.

        Fico preocupado com um “newEstagiário”, mas agora nos resta torcer. Ele será o treinador, isso já estava bem evidente nos últimos dias.

        Reply
    • Daniel G

      Isso tudo é ridículo, foram quase 140mi em contratações na era EBM.

      Todos os times que botaram dinheiro foram campeões: Palmeiras Parmalt campeão, Corinthians MSI campeão, Cruzeiro campeão, Atlético campeão, Fluminense Unimed campeão!

      Só o Flamengo gasta gasta e gasta e não é campeão!

      Incompetência Ltda.

      Reply
  31. boa tarde

    Se o Mauricio barbieri conseguir atingir os 71 pontos que o ze ricardo fez , como ficaríamos, pq não esperar?
    Ze ricardo deu o recorde de pontos corridos ao flamengo, acho que a torcida esquecei disso?

    Reply
  32. Trocando de assunto rapidamente a nova camisa ficou parecida demais com a do Sport. Confesso que não gostei. Só falta oficializaram amarela também. Gestão futebol ruim até de camisa….

    Reply
    • Isso é coisa da Adidas!

      Ela tem algumas matrizes de layout de camisas e vai revezando entre os clubes que ela patrocina pelo mundo!

      Gostei bastante da camisa nova, principalmente do novo escudo reestilizado, muito bonita!

      Aliás depois da camisa de 2017 a atual é um grande alívio e alegria para todos.

      Reply
    • Achei a mais bonita da Adidas no Flamengo, pena custar mais de 400 Temeres…
      Só não entendi muito aquela 3ª camisa com detalhe em verde. Sendo chato com as tradições, poderia ser um azul no lugar do verde.
      Só de não ver a amarela á fico feliz!

      Reply
  33. O salto qualitativo.

    O Renato a alguns meses era considerado quase como unanimidade um curtidor de praia e nada mais. Incluindo-se aí muitos comentaristas ditos CONHECEDORES de futebol. Alguns meses se passaram e os PRIMEIROS titulos vieram, e ele tornou-se o Renatiola.

    É bom lembrar que foi o FLA que jogou a Libertadores no GRUPO DA DEGOLA e não o Gremio. A sorte por vezes supera o talento.

    O grande salto qualitativo do R. Gaucho foi Spinosa o que faltava a ele o Spinosa SOMOU.

    Reply
    • FlaD+

      Para quem não tem receita de como se faz um bom bolo e nem tem menor ideia dos ingredientes, da feitura e como fermenta a massa, o bolo do vizinho é sempre a solução!

      Receita pronta, testada e aprovada é sempre o mais fácil!

      Incompetência Ltda.

      Reply
  34. Olha esta foto mostra o Flamengo hoje. Veja a fisionomia dos jogadores, olha a cara de alegria que estão fazendo no treinamento. Time sem vergonha.

    Reply

Comente.