Deixando tudo bem claro

Ontem, o repórter Martin Fernandez, da Globo, me enviou a seguinte mensagem:

Kleber, tudo bem? Desculpa incomodar de novo com isso. Mas, para ser totalmente transparente com o Sr. (como tentamos ser sempre) a reportagem com os áudios do J. Hawilla deve ir ao ar até o final desta semana, no Globoesporte .com e no SporTV.

A minha resposta, na íntegra, foi a seguinte:

Martin, querido,

As gravações que já foram divulgadas há bastante tempo pela TV Record, não reconheço como idôneas. Há flagrante manipulação nos diálogos. Uma total desconexão entre o que se pergunta e o que se responde. Jamais, nos diálogos reais, verdadeiros, mantidos por mim, com o delator e réu confesso, José Hawilla, houve menção a nomes de pessoas, ao contrário do que ocorre nas gravações, quando os nomes são citados, exclusivamente, por ele.

Aliás, há um quadro no programa do Washington Rodrigues, na Rádio Tupi, que é exatamente o que aqui relato, quando o diálogo que vai ao ar sofre manipulação exatamente na fala de quem entrevista.

Diálogo original: “Ô fulano, você gosta de usar a camisa do Flamengo?” Resposta: “Adoro. Simplesmente me realizo. É o meu momento de glória.”

Diálogo que vai ao ar: “Ô fulano, você gosta de se vestir de baiana?” Resposta: “Adoro. Simplesmente me realizo. É o meu momento de glória.”

Nas gravações exibidas pela TV Record que, imagino serem as mesmas mencionadas por você, os meus advogados tentaram realizar perícia, porém, pela qualidade, os peritos contatados afirmaram ser impossível uma avaliação 100% precisa.

Enfim, respeito, mas lamento que este tema, já amplamente divulgado, retorne ao noticiário, como se já não tivesse causado enorme estrago na vida das pessoas.

Forte abraço.


Hoje, em um dos programas do SporTV, as mesmas gravações exibidas pela TV Record foram repetidas, e o apresentador André Rizek leu, apenas parcialmente, a minha resposta com relação ao que foi ao ar. Por isso, faço questão de aqui transcrever, na íntegra, os meus argumentos encaminhados ao repórter Martin Fernandez. Por que não leram na íntegra? É a pergunta que deixo no ar.

E, como informação para o repórter Martin Fernandez, que no programa afirmou que, pelo fato deste tema ser tornado público os clubes passaram a receber muito mais dinheiro pela Copa do Brasil, informo e afirmo que isto se deve, única e exclusivamente, ao fato de a Rede Globo ter passado a pagar pelos direitos de transmissão da Copa do Brasil um valor compatível com a realidade de mercado.

Enfim, deixo aqui, na íntegra, os meus argumentos de defesa, que na TV, estranhamente, ficaram faltando.

E para encerrar: Onde está a prova de que,  em qualquer momento, propina – de nossa parte – tenha sido paga a quem quer que seja?

1 Comentário

  1. Kleber, soube da decisão do Conselho do nosso Flamengo a minutos. Cheguei a postar uma mensagem no seu post anterior e repito-a agora:A decisão do Conselho foi acertada. Recuso usar o termo absolvição pois nunca o achei culpado. Meus sinceros parabéns. Quando for comemorar, beba uma por mim.É isso, meu caro, os cães ladram e a caravana passa.

    Reply
  2. “Onde está a prova de que, em qualquer momento, propina – de nossa parte – tenha sido paga a quem quer que seja?”
    Pois é meu Guru! Sou de um tempo em que só existia crime quando houvesse cadáver. Os tempos mudaram e, deu-se o “acho quê”…
    Esse Hawilla é muito pior que o “Feitiço de Aquilla”.
    Tentam e tentam e nada acontece. Volta e meia – apesar de esgotada a matéria – velhas acusações infundadas e, novamente a panela balança no fogão.
    A propósito! André Rizek sabe ler???
    Deleta, caro amigo!

    Reply
  3. Meu querido irmão Kleber Leite, quem conhece vc, sabe do seu caráter , não precisamos enfatizar o óbvio.
    Algumas pessoas não conheçam a pessoa carinhosa, amigo de todos em todas as horas, coração do bem que vc é e sempre foi.Eu e minha família tivemos esse privilégio. Barão lá no céu deve estar p… da vida com estes canalhas.
    Não perca tempo com calúnias de desclassificados, réu confesso que para se livrar da cadeia inventa mentiras.
    Estamos sempre juntos.
    Bj enorme e nos meninos.

    Reply
  4. Acabo de ler no Coluna: Kleber Leite é inocentado.
    Infelizmente nao tive ainda a honra de conhece-lo pessoalmente Sr. Kleber Leite, mas comemoro o fato como uma absolvição de um parente próximo. Seria uma das maiores injustiças já realizadas pela injusta “justiça” no Brasil. Uma pena que no Brasil, primeiro lança a ideia de um crime e o citado réu que se vire para provar sua inocência. Sem que a justiça mexa um dedo para provar realmente o crime.
    Parabéns presidente, mais uma grande vitória onde jamais existiu um crime.

    Reply
  5. Presidente, no Brasil estamos nos acostumando como normal e aceitando que réus confessos, na ânsia de conseguir a liberdade ou de safar-se de processos, denunciem sem provas concretas, pessoas que são colocadas irresponsávelmente ao crivo popular, sem ao menos ter condições de defesa, em razão de o espaço ser minimo para defender-se. Vemos constantemente que o MP ou os tribunais de justiça ou mesmo a PF são as mantenedoras da imprensa com informações que deveriam ser sigilosas e ninguém é punido por isso. Pergunto: a PF tão bem equipada atualmente não consegue saber quem da corporação ou do MP, ou mesmos da justiça cedeu informações sigilosas sobre acusados, como ela investiga bilhões desviados? Como crer que a instituição é séria se nao consegue captar algo tão simples para ela enquanto policia judiciária? Sinto muito que o Sr caro presidente não descuide porque, repito com tranquilidade, nao confie na isenção ou presteza da justiça de nosso país.

    Reply
  6. Kleber não lhe conheço pessoalmente mais vc foi um dos que entraram na minha casa através do rádio,voz firme metálica e clara, passando a ideia exata do que estava acontecendo na partida.Tempos depois vc começou aparecer na TV e a capacidade de expressar,agora ao telespectador me fez mesmo que intuitivamente ver ali um orador excepcional com credibilidade na forma como se expressava.
    Dito isto fico feliz em ter lido sobre a sua inocência e mais feliz por mim de estar participando do seu blog aonde vc jamais se omitiu ou se escondeu das acusações,mesmo daquelas em que vc não tinha que provar nada.

    Reply
  7. Parabéns por ter sido inocentado.Somente quem um dia foi acusado por algo que não Fez sabe que é. Primeiro por temor a Deus,e segundo poder ver o rosto do primeiro filho não nos levou a um fim antes da hora.Feliz por vc presidente.

    Reply

Comente.