Prefiro não acreditar

(Foto: Christof Stache / AFP)

Todos que acompanham este blog sabem do respeito, carinho e admiração que tenho por todos – sem exceção – que compõem esta diretoria.

Quantas e quantas vezes, aqui já coloquei que, como rubro-negro, tenho orgulho de todo este pessoal que nos representa. Sempre é bom lembrar que, muitos que não estão mais no processo merecem igual deferência, pois embora – no momento – ausentes, ajudaram a construir este modelo de administração que, a todos encanta. Portanto, esta vitória é de todos. Do Eduardo e seu pessoal, ao Bap e sua turma.

Dito isto, vamos ao que interessa, ou seja, vamos ao futebol, onde, infelizmente, reside a exceção de competência do pessoal que dirige o clube.

Leio que o Flamengo está interessado em Paulo Autuori, hoje no Fluminense, para ser o diretor técnico, supervisor, gerente ou, sei lá o nome do cargo.

Caramba, isto é a vocação para o erro. Será que ninguém enxerga que o nosso problema não está em cima, e sim, embaixo?

Não precisamos de ninguém para dar suporte a um estagiário para virar treinador. O que precisamos é que no campo, lá embaixo, haja alguém que se faça respeitar, que tenha bagagem e, em quem os nossos jogadores acreditem, e que, os adversários temam.  Não é muito mais simples contratar um treinador?

Como não há na vida nada que seja tão bom que não tenha o seu lado negativo, e a recíproca é verdadeira, esta nossa gente que, como já frisei, é séria, têm bons propósitos, rubro-negros de verdade, mas, infelizmente, não têm a humildade suficiente para ouvir. E, provavelmente esteja havendo um crasso erro de autoavaliação.

Depois dessa, se for verdade, vou concluir que, a sensibilidade deles para o futebol é a mesma que tenho para botânica.

CADÊ O TREINADOR?

1 Comentário

  1. Nesse caso, Eu penso que uma coisa não elimina a outra. Gosto do Autuori como manager, e nesse momento em que estamos precisando de uma comissão gabaritada é imprescindível.

    O mercado está escasso de bons técnicos disponíveis. Acredito que a diretoria deve estar fazendo o dever de casa, mas contratar por contratar? Pergunto: quem poderia ser o técnico do Flamengo neste momento?

    Parece que a diretoria não se agrada do nome do Cuca; outros recusaram por conta do perfil da diretoria de contratar jogador ruim não indicado por ele (e NÃO contratar) e depois dispensar o treinador por conta dos resultados em campo; Renato cobrou uma cláusula milionária por possível dispensa; além do período eleitoral, onde a partir do ano que vem, ninguém é garantido.

    Técnico não faz mágica, o elenco precisa se qualificar com pelo menos mais quatro jogadores para disputar as grandes competições no topo da tabela.

    Pelo menos Autuori deve começar a cobrar certificado de treinador da Fifa para esses “técnicos”. Agora a coisa começa a ficar séria e profissional – antes tarde do que nunca -, e pode vir estrangeiro por aí.

    Reply
  2. O Abel foi convidado na saída do Carpeggiani e rejeitou o Flamengo. É muito mais fácil ficar no Fluminense sem pressão em que qualquer vitória é uma conquista e uma derrota se deve ao ambiente, elenco, crise, etc. Bem mais cômodo. Confesso que ele seria o meu treinador, mas ele não quer.

    Acho excelente a possível vinda do Autuori e questiono o Kleber sobre esse profissional, pois foi na sua gestão que ele foi contratado como treinador é isso?

    Se o Flamengo não acha um bom nome no mercado (Jair Ventura estará livre em breve), que bote alguém experiente para ajudar o treinador do momento. Foi assim no Grêmio com Espinosa, Botafogo com Antônio Lopes, além do próprio Autuori no Atlético paranaense e Fluminense agora.

    Pelo que eu li, o Zinho rejeitou a função e lá atrás (antes do Mozer), o Fábio Luciano também.

    Reply
      • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
        Jair Ventania??? É sair de um estagiário pra Trainee.
        Melhor inventar igual ao Futebol Americano e colocar um técnico pra defesa e outro pro ataque.
        Se já tivessemos um treinador descente até gostaria do Autuori como coordenador ou diretor, mas pra fazer igual ao Carpegiani que não dá. O estagiário assim que perder 2…3 seguidas vai pra rua e assumirá o Autuori.
        Filme repetido e de terror barato!!!
        Estou com Kleber…. “CADÊ O TREINADOR?”!!!!!!!!

        Reply
    • Henrique, o seu comentário sobre o Jair Ventura me leva à seguinte pergunta: o que faz dele um técnico melhor do que o Barbieri? Não que o Barbieri seja uma sumidade, mas aquele suposto “excelente” trabalho do Jair no Botafogo foi parar aonde desde que ele chegou ao Santos? E olha que o Santos tem um elenco sensivelmente melhor que o do Botafogo…
      E acho a mesma coisa a respeito do Fernando Diniz. Que grande sucesso ele teve depois que veio para equipes maiores? Novato por novato, deixa o Barbieri. Agora, se for pra contratar técnico medalhão, aí já é outra conversa.
      SRNs!

      Reply
      • O Jair classificou um Botafogo horroroso e o levou às quartas de final da Libertadores (onde não chegamos a décadas). Já é muito mais que nosso estagiário.

        Não estou defendendo trazer ele pro Flamengo, mas que tem muito mais experiência internacional e currículo, não tenho dívidas.

        Quanto ao trabalho dele no Santos, acho que está indo mal muito mais por questões políticas do que pela capacidade dele.

        Reply
  3. Eles conseguem bater os seus próprios recordes em matéria de incompetência, a realidade é, que nada enxergam de futebol.Nosso elenco é sofrível, o time tb não é isso tudo, mas com um bom treinador, poderíamos ir mais longe, mas a visão turva desta moçada, não consegue enxergar o óbvio ululante, ou seja PRECISAMOS DE UM TREINADOR DE VERDADE. Além de reforços pontuais, sem as costumeiras novelas, a chance de salvar a temporada é a parada para COPA, senão o risco de fracasso será muito grande….

    Reply
  4. Sou favoravel à contratação de um gerente para o futebol, porque largar na mão do nosso vice de futebol, estamos quebrados. O sujeito mexeu em tudo, arrumou uma confusão e não tinha ninguem engatilhado e por isso, temos o Barbieri comandando nosso time. O que vejo errado em clube é o que vejo errado em nosso país: p o l i t i c a…o desgraça, em tudo que se faz tem a maldita e em tudo que dá errado a maldita é a culpada. Politica partidaria já não dá para aguentar e agora apareceu cada vez mais a politica de clube. Evidente que sempre existiu, mas agora os valores financeiros são altissimos e todos querem um pouco…tem gente, empresário de empresa bastante conhecida que anda mal das pernas e vai caindo aos poucos…de uns anos para cá chegou ao clube e está louco para ser algo importante embora não manifeste-se dessa forma, mas quer…

    Reply
  5. O EBM revela um certo gosto, preferência e predilecção por jovens rapazes treinadores bem apessoados!

    Nós, a torcida, estamos tentando entender, analisando e tentando compreender esse preferência, quase pessoal do nosso querido presidente, sem no entanto conseguirmos enquadrar ou justificar essa preferência em quaisquer justificativas esportivas ou administrativas.

    Talvez devêssemos recorrer entender em outras matizes do carácter humano! Sairmos da esfera administrativa e esportiva para mergulharmos puramente nas esferas dos universos de preferência e simpatia pessoais de cada um!

    Reply
    • Senão vejamos os amigos:

      Se a premissa é dar oportunidade a um jovem treinador da casa (como foi a linha do ZR), então por que não foi dada a oportunidade ao Maurício Souza lá? Sim, o cara foi campeão da Copinha 2018! Ai não pode né? O cara não é altão, é careca e usa cavanhaque, não é um bonitão!

      Não coincidentemente o cara é o auxiliar técnico do Barbieri!

      Quer dizer, o cara que ganhou algo e que conhece o que é Flamengo é auxiliar de um outro cara sem currículo no clube e que caiu de para quedas na Gávea?

      Barbieri não ganhou nada no Flamengo para justificar tal honraria!

      Reply
      • Nino, meu caro! Você tocou num ponto que eu também defendo: se a questão de se efetivar um profissional for a meritocracia, assim como foi com o Zé Ricardo após a Copinha 2016, por que o Mauricinho não foi a bola da vez? Qual é o respaldo do Barbieri? Para mim, o Mauricinho é muito melhor em todos os sentidos e ainda teria mais gabarito e conhecimento de causa para fazer a transição dos sub20 que foram alçados aos profissionais, já que já os conhece.
        Agora, se for meramente uma discussão entre trocar o treinador, como alguns já se manifestaram aqui no blog favoráveis a Jair Ventura e Fernando Diniz, eu discordo de quaisquer justificativas que os coloquem em patamar superior ao Barbieri. Para mim, ou é inexperiente, novato, ou não é. O povo precisa decidir o que quer afinal.
        SRNs!

        Reply
        • Marcus,

          O Babieri provou domingo não ser um técnico profissional de profissionais de fato, muito menos de um clube com a expectativa do Flamengo.

          Ele é acima de tudo um estudioso, tem alguma prática nas categorias de base, se não me engano veio da Ponte Preta, mas entre os profissionais não passa de um teórico!

          Inexperiente que é não possui atitudes para lidar com situações do jogo fora das suas projeções iniciais.

          Se fosse merecedor do cargo que ocupa, deveria estar acima da média no que se refere ao “treinadores inexperientes”, mas ele segue exactamente a mesma cartilha dos inexperientes.

          É uma verdadeira barbaridade irresponsável de quem o colocou no comando do time dessa forma prolongada!

          Reply
  6. Henrique,com o passar do tempo as coisas mudam.Hoje,Abel já não está tão contente com a situação do Flu.Instabilidade administrativa,falta de perspectiva e dificuldade econômica,que prejudicam o seu trabalho.Êle lamenta a perda de 11 atletas,citou inclusive Dourado e a impossibilidade de reposição.Daí ……?
    Abs.

    Reply
  7. Kleber,
    Me desculpe , mas discordo frontalmente de VOCÊ.

    Ter o Autuori como Diretor Técnico seria um grande diferencial para o Flamengo, independente de quem seja o Técnico.
    Autuori é disparado muito melhor do que qualquer um dos que lá estão em relação a conhecimento de futebol, como Técnico, como Manager, seja lá o que for…

    Só para ressaltar, em 2016 quando se tinha muita dúvida em relação a efetivação / confirmação do Zé Ricardo como Técnico, aqui mesmo nesse Blog, lancei uma ideia de se contratar o Autuori para Técnico (nessa época ele estava no Atlético PR, meio desgastado, já não querendo mais ser Técnico e sim Manager), ficaria até o final de 2016 tendo o Zé Ricardo como auxiliar (para ganhar experiência) e iniciaríamos 2017 com o Zé de Técnico efetivo e o Autuori como Manager ou Diretor Técnico.
    Enfim, essa minha idéia nem ventilada foi, mas agora podemos resgatar, pelo menos em relação ao Autuori, esse movimento, que entendo, repito, seria um grande diferencial para o nosso Flamengo.

    SRN

    Reply
  8. Kleber, amo você desde o dia em que eu, ainda adolescente, vi meus colegas de segundo grau no Colégio Visconde de Cairú, no Méier, morrerem de rir quando você saiu daqui pra buscar o Romário e, esses mesmos, tremerem igual vara verde quando chegou no Galeão com o Baixinho… vc foi demais!!! Mas quando o time passou 2 semanas ganhando tudo você parou de pedir treinador e agora com uma derrota normal contra a Chape e um empate também normal contra o Vasco volta a pedir??? Não me parece a coerência que estou acostumado a ver em suas opiniões… A verdade é que não tem técnico bom disponível, Renato não vem agora, Abel tambem não… Jair Ventura balança no Santos… esse talvez!!! Mas não tem outro cara… um cara alto nível como o Autuori pode dar suporte sim ao Barbieri, eu acho boa a idéia!!!

    Reply
  9. E mais, o Grêmio, queridinho da imprensa, acabou de empatar com o lanterna e ninguém fala nada… vive poupando jogadores e se lascando por isso e ninguém critica!!! Flamengo precisa de um pouco de paz amigos, senão não há Guardiola que dê jeito!!!

    Reply
    • Raphael Bomfin,

      O Grêmio é atual campeão das Américas cara!

      O Corinthians é campeão brasileiro

      O Atlético foi campeão fazem 4 anos da Libertadores e o Cruzeiro conquistou Brasileirões em sequência nos últimos anos, e mais o Santos foi campeão com o Neymar e o SPFC acumulou mais títulos recentes do que nós.

      Nestes últimos 20 anos só estamos melhor que Botafogo, Intenacional e Bahia, por ai cara!

      Nós não ganhamos nada, faz tempo!

      Outra, o que acontece com o Grêmio é problema deles, o nosso estamos vendo todo jogo, vc mesmo esta vendo!

      Reply
    • apoiado integralmente. precisamos de paz até o começo da copa, até lá muita gente vai sair ( Arão.Rômulo. pará. trauco … ) e outros vão chegar.
      mas até lá por favor um pouco de otimismo.

      Reply
  10. Não sintonizo mais nenhum jogo do Flamengo pela rádio globo, o Penido torce contra, foi absurdo ele falar no lance do gol anulado do Ceifador que o mesmo tava muito, mas muito impedido, com essas palavras mesmo. Depois dessa parei, é botafoguense na globo, tricolor na tupi, parei de assistir ambas as radios.

    Reply
  11. Amigos,
    1- Nada tenho contra Paulo Autuori, a quem considero um gentleman.
    2- A vida é feita de prioridades. A nossa, é ter um TREINADOR.
    3- Não vou tão longe quanto o nosso Pet, que afirmou no Sportv, que qualquer treinador que esteja disponível, é melhor do que o nosso estagiário, mas sou de opinião de que, querendo, neste momento é possível sim, se contratar um bom TREINADOR. Basta querer. Infelizmente, eles não querem.
    Poucas vezes vi tamanha barbaridade.
    Abraço a todos.

    Reply
  12. Eu sei Nino, é triste mas você tem razão… mas com a filosofia dessa diretoria, tá na cara que vamos de Barbieri até dezembro!!! E se tem uma chance é com paz e com o nosso apoio, se não será pior ainda…

    Reply
  13. Cara falei do Grêmio porque moro aqui em Porto Alegre… a imprensa gaúcha até respeita bastante o Flamengo, mas não perde a oportunidade de dizer que o Grêmio sem time e sem dinheiro faz mais que o riquíssimo Flamengo, depois que o Renato nos rejeitou aí piorou mais… tá louco isso pra mim é tortura!!!

    Reply
    • Meu colega rubro-negro, morar em certos lugares e torcer para o Fla é uma tortura… Imagine eu que moro em Recife…. Teste para paciência…

      Reply
      • Carlos amigo, eu moro em São Paulo, imagina só,como são os jornalistas aqui de São Paulo e a torcida dos times daqui com relação ao Flamengo, aquele boa vontade toda!…mais uma ressalva aqui tem muito Flamenguista, inclusive eu, aliás flamenguista tem no mundo todo.

        Reply
        • Posso dizer que aqui em Recife são todos hostis com o Flamengo… Mesmo os torcedores do Náutico e do Santa Cruz, que provocam o rubro-negro genérico com o campeonato de 87, não gostam do Flamengo. Eu que sou do RJ eles até aceitam que eu torça para o Fla, mas o pessoal daqui mesmo que torce (na capital são pouquíssimos) é chamado de “paraibaca”… O bairrismo aqui é surreal. Eu diria que é pior que SP. Não fosse o trabalho me prendendo aqui e a necessidade de sustentar minha esposa e filho… C’est lá vie…

          Reply
      • Marcus, ai não cara!

        O Diniz é um baita treinador! Ele tem concepções de jogo altamente inovadoras. É criativo, moderno, ousado, inventivo, mas carece de um grande trabalho em um grande clube brasileiro como afirmação.

        Para mim, ele e o Renato Gaúcho são duas gratas realidades, um grande alívio na mestice tácita no Brasil.

        Contra o Diniz é a sua falta de afirmação, e o grande tempo que ele necessita implantar sua filosofia de jogo, e como sabemos, no Flamengo o que menos se tem é tempo e paciência.

        Reply
        • Exato, no Flamengo não há tempo para se implementar filosofias. A menos que o treinador para isso fosse contratado antes do início da pré-temporada do ano seguinte para, justamente, poder planejar essa implementação.
          A questão é que, quanto mais medalhões um time tem, mais difícil um treinador, ainda mais novato, conseguir se impor. Por mais que o Fernando Diniz tenha sido jogador, ele não impõe o mesmo respeito que o Renato Gaúcho impõe. O RG pode falar que foi campeão Brasileiro, da Libertadores, Mundial, jogou na Seleção e em um monte de times grandes e sempre se destacou. Que jogador no Flamengo tem currículo melhor? O que talvez mais se aproxime seja o Diego e, mesmo assim, guardadíssimas as devidas proporções…
          O Diniz tem, sim, filosofia, inovação e tal, mas ele continuará sendo um novato até que realize um trabalho que eleve o seu patamar. Talvez ele esteja tendo a melhor chance agora no Atlético PR, apesar das limitações do elenco deles. No Flamengo eu tenho milhões de dúvidas do que poderia fazer a coisa andar. Lá em 2016, quando o Diego e o Damião chegaram, eu pensei “é agora”. Ainda mais depois que chegaram o Éverton Ribeiro e o Conca. Mas a coisa desandou num tom que eu já não sei mais se o problema é diretoria, comissão técnica, jogadores ou todas as anteriores.
          O que eu espero é que, qualquer que seja a questão, que seja solucionada em breve para que possamos começar a multiplicar a ocupação da nossa sala de troféus…
          SRNs!

          Reply
          • Parceiro, penso que o Diniz esta no mesmo patamar em que o Cuca estava a 10 anos atrás, era muito semelhante! Considero as concepções do Diniz irresistivelmente encantadoras, não sei se seriam responsáveis em matéria de Flamengo, mas eu gostaria de ver!

            Qto ao elenco de estrelas (de um certo nível de educação e comportamento superior), penso que Abel estava excitado em pegar esse time em 2016, Cuca estava eufórico com a possibilidade e Renato Gaúcho considerava um sonho, ambos em 2018.

            Acontece é o seguinte, quem se garante não tem medo de estrelas, aliás, as prefere.

  14. Presidente entendo e respeito muito a sua extrema educação. Mas tanto nós, como o sr, sabemos perfeitamente da incompetência do Sr Bandeira em relação a futebol. Ele está disputando sua terceira libertadores e todas elas disputou com um principiante no comando. 2014 Jaime de Oliveira, 2016 Zé Ricardo e agora com esse tal de Barbieri. Sabemos onde isso vai dar.
    Essa história de coordenador até pode vir a ser uma boa idéia, desde que o tecnico seja gabaritado. Isso começou com Zagalo e parreira, mas o parreira já estava pronto. Acho o nome do Autuori um ótimo nome, que inclusive era nosso treinador no time de 97 conforme aqui foi citado e no início de 98. Ele tem experiência, tem conhecimento de causa, agora o Flamengo não pode ser escolinha de treinador. O maior de todos os absurdos no Flamengo se chama Barbieri. Olha o Flamengo jogando, que padrão mínimo taticamente falando esse time apresenta?? Nada..nada..nada.
    A atuação tatica contra o Emelec e contra o Sta fé na Colômbia foram duas mais tristes atuações rubro negra..parecia pelada.
    Agora não entendo porque não contratar um treinador de verdade.
    Medo de ter alguém que os peite? Por falar em peitar e o vice de futebol do Flamengo, cadê?? Cadê aquele que após a derrota contra o Botafogo teve coragem de colocar o dedo na ferida?? Sumiu.
    Presidente Kleber, tem muita coisa estranha ali naquele ninho.
    Não sei até que ponto essa gestão é tão perfeita.
    Como disse nosso inteligente amigo Nino aqui. Seria apenas o Banco Flamengo?? Até quando vamos viver amparados por essa muleta de boa administração??

    Reply
    • Agradeço as suas carinhosas palavras meu amigo Liliano Brandão, o que prova que além de ser um homem de opiniões polidas e sofisticadas, tbm é um homem de extremo bom gosto! Saudações!!!!

      Reply
  15. Pra trazer o Autuori, melhor seria efetivar o Carpegiane…O segredo do não fracasso do FlorminenC é o Abel Braga ! Com qualquer outro treinador e com elenco que tem , o tricolete estaria no fundo do poço. E lembrando que nada ganhou em dois anos.
    Autuori ´e da linha de Luxemburgo, ou seja , precisa se reciclar. No tocante a futebol , o problemas do Flamengo vai do Presidente ao treinador, falta muito pra ficar aceitável.
    melhor gastar dinheiro com zagueiro que não se contunda tanto e um atacante que saiba fazer gols…

    Reply
  16. Caro kleber
    Todos nós estamos errados e eles, certos. Eles investiram em 2017 em Ze ricardo e deu no que deu. Agora, investem em um recem nascido. Já sei o resultado. Mas eles amam o clube e nós, odiamos. Ou é isso ou esses caras odeiam o Flamengo. Caramba será que é dificil entender que o Barbieri não twm a mínima capacidade de ser nosso treinador? Será que é dificil enxergar que Dourado, Marlos, Geuvânio, Rener e cia não tem condições de vestir o manto? Será dificil imaginar que o Juan não dá mais? Será que ninguém ver que o vitor gabriel e patrick sobram na base? É complicado enxergar que o Diego está em decadência? Será difícil mesmo entender isso ou esses caras não tem compromisso com o clube? Caramba, até eu que sou leigo, um ignorante, consigo enxergar esses erros gravíssimos por parte dessa diretoria.
    SRN

    Reply
  17. Paulo Autuori é um bom nome , mas o Kleber tem razão precisamos de um técnico pra ontem. Já cansei dessa diretoria teimosa , no futebol é um fracasso não sabem nada . É só lembrar que contrataram o Ceifador e deixaram o Love de lado,qualquer pessoa que conhece um pouquinho de futebol jamais contrataria o Ceifador tendo o Love com vontade de voltar ao Brasil e principalmente ao seu clube de coração. Tudo é demorado pra essa diretoria, cadê o zagueiro,lateral esquerdo,meio campista ,centroavante e
    o técnico ?

    Reply
    • O Love preferiu ir pro Besiktas e a maioria da torcida do Flamengo apoiou e comemorou a contratação do “Ceifador”. Muita gente, inclusive aqui no blog mesmo, acha ele melhor que o Guerrero inclusive…
      SRNs!

      Reply
  18. Concordo q em termos de futebol a admistracao do Bandeira feixa a desejar, mas penso q a contratacao do Autuori e uma boa, assim como a contratacao de um grande treinador p lugar do Barbieri. Acho ate q , contratando o Autuori, foca mais facil de trazer o Abel.

    Reply
  19. Além de um treinador, meu nome para a coordenação não seria o Paulo Autuori, pois eu não confio nesses profissionais que em um momento é técnico, depois vira diretor, depois volta a ser técnico e depois é comentarista. Vejo todos sem foco na carreira.

    Meu nome seria o Alessandro, que está no Corinthians, para coordenar o futebol rubro-negro. Não digo seu nome por ter começado a carreira de jogador na Gávea, mas pelo trabalho do Corinthians nos últimos dez anos.

    Por ele estar na direção do clube paulista desde 2014, quando encerrou a carreira, talvez possa ser útil em implementar uma nova mentalidade no Mais Querido.

    Abs e SRN

    Reply
    • Caro Kléber!
      Faço coro ao Paulo Henrique. O Alessandro será um grande nome a ser contratado. Considero ele uma grande revelação.
      SRN

      Reply
  20. Muito se diz, quero treinador, quero treinador.
    Qual técnico voces querem já que o mercado hoje está bem restrito?
    Quem está empregado nao quer largar o osso e vir treinar o Flamengo!
    E no rol dos desempregados quem empolga????
    O Flamengo melhoraria muito com uma atitude, colocar o Diego no banco. Para isso nao precisamos de técnico consagrado!
    SRN
    Magnus

    Reply
    • Caro Magnus, eu concordo integralmente com a sua opinião. A única “contratação” que precisa ser feita é a de um par de “cojones” para alguém que barre o Diego até que ele se recondicione fisicamente. Não é possível que ele ainda pense em Seleção, até porque, já está fora da lista mesmo…
      SRNs!

      Reply
  21. “River e Flamengo, é hoje!!!!”

    Proponho aos amigos e irmãos rubro-negros nos debruçarmos sobre a expectativa do jogo de logo mais!

    O time vai com Rodolfo e Léo Duarte na zaga.

    No meio Diego não joga e acredito que Paquetá fará as articulações de armação.

    Na cabeça de área uma quase certeza é a expectativa de 2o. volante jogando com Cuellar.

    Na frente ER7, Vini e o malfadado Ceifador!

    Uma verdadeira prova de fogo para o nosso tão querido e amado Barbi!

    Nota curiosa é a inclusão do Vizeu na delegação, com o histórico de corpo mole do jogador, a um mês de se apresentar na Itália, não me parece fazer o menor sentido a sua presença! Mas como me parece que o Lyncon não esta inscrito, isso se explicaria.

    Reply
    • Nino, numa boa mesmo? Eu sei que o jogo tem importância ideológica para o Flamengo, até porque, será um grande teste para as futuras fases da Libertadores, afinal, é o River Plate na casa deles. Apesar disso, eu acho que o Flamengo deveria aproveitar que o Diego não joga e poupar alguns nomes para entrarmos com força máxima para tentar uma difícil vitória fora de casa contra o atlético mg. Penso que uma vitória nesse jogo do Brasileiro será mais importante que o 1º ou 2º lugar no grupo da Libertadores. Até por uma questão histórica, ao menos recente (este século), sempre que o Flamengo se classificou em 1º do grupo, foi eliminado nas oitavas. Quando passou pelo Corínthians nas oitavas e foi às quartas, tínhamos sido 2º no grupo e decidimos fora com aquele gol do Love no Pacaembu. Porém, à parte a superstição, penso que o jogo do fim de semana é ideal para o Flamengo buscar uma vitória que compense a derrota para a Chape e o empate com o Vice, sem falar em desocupar o nosso concorrente direto atual pela liderança. O Flamengo precisa terminar a fase pré-Copa o mais na frente possível. Nas oitavas da Libertadores nós já estamos. Portanto, eu iria para o jogo de amanhã assim:

      Diego Alves; Pará, Rhodolpho, Léo Duarte e Trauco; Cuellar, Jean Lucas e Éverton Ribeiro; Marlos, V Jr e Lincoln

      Acho que o Paquetá precisa tomar um “susto” de ficar no banco pra ver se descansa a mente, fica menos irritadinho e joga mais bola. Como o Diego não vai jogar, mais uma chance pro ER na armação. Eu ainda acredito no Marlos, com um pouco de chances, vai mostrar que é BEM melhor que o Geuvânio. E o Lincoln, entrando cedo e em dupla com Marlos e V Jr, que são rápidos, pode dar caldo… Cuellar e Rhodolpho jogam porque estão suspensos no Brasileiro, Léo Duarte e Diego Alves para manter o ritmo de jogo, Jean Lucas para ter mais oportunidades e os laterais eu trocaria para que estejam também com ritmo e prontos quando for necessário. Afinal, uma hora os titulares se machucam ou são suspensos, aí já viu…
      SRNs!

      Reply
      • Parceiro, se isso aqui fosse outro clube estaria td bem! Mas é Flamengo!

        Voltar com uma cesta de gols nas costa de Buenos Aires iria dar merda sem sombra de dúvidas! As cobranças durante a semana seriam brutais até o jogo contra o Galo no Independência.

        Não tem jeito, aliás o jeito é o time ganhar esse jogo, pq desde do jogo contra a Chape, a despeito de poupar o elenco, é que a maionese anda desandando.

        É jogar fechado mas buscando a vitória em Buenos Aires, a torcida não vai admitir algo diferente disso!

        Reply
      • Quando li até olhei na agenda do computador “Porra, hoje já é quarta???” Kkkk
        A notícia boa é que o Geuvânio se machucou, a notícia ruim é que deve entrar o Marlos Moreno.

        Reply
  22. “Barbieri Bandeira de Melo, o BBM”

    Eu sinceramente não acredito que ninguém necessite ter um celular de R$ 5.000,00 , definitivamente não creio!

    Um iPhone último modelo por exemplo. Assim, quem o faz esta obviamente associando a sua personalidade a famosa marca americana Apple.

    Assim, quem o possui obviamente eleva a sua auto-estima ao associar-se, em ser a Apple parte de si própria! Essa imagem tanto serve para questões de consumo interno quanto para exposição externa!

    Acho que o mesmo deve ocorrer com o EBM no caso Barbieri.
    Barbieri é um sujeito alto, bem apessoado, com belos e abundantes cabelos, um perfil esguio e atlético, alto, jovem! Pois bem, exatamente a antítese do nosso querido presidente EBM.

    A grande questão em minha errática mente, seria o Barbieri o Auter ego do EBM?

    Reply
    • Cara, o Seedorf no Botafogo se metia em tudo: comida, rouparia, premiação, grama, concentração. Era craque, mas como técnico é uma aposta. Aposta por aposta, deixa do jeito que está.

      Reply
      • Como alvinegro, recomendo distância do Seedorf. Não deu certo em nenhum time como técnico até agora, e ainda rebaixou o La Coruña.

        Fora o fato de, como o Henrique disse, querer se meter em tudo e, ao invés de ajudar, atrapalhar. Esse só era bom – e muito – em campo.

        Reply
    • Acredito que o Clarence Seedorf seria um nome de peso.
      E o Flamengo precisa disso.

      Pior do que está não da pra ficar.
      Mas enfim, é uma aposta….

      Reply
  23. Os jornais estão publicando: “Além de zagueiro e atacante, Flamengo também busca no mercado um lateral esquerdo.”

    Jesus! Dezembro (18) podemos ter a final Flamengo e Liverpool… Cuelar por alguma razão poderá ser substituído e temos na reserva: Arão, Rômulo e Jonas.
    Não dá pra vender dois e trazer um que posa disputar a posição?

    Reply
  24. Cruzeiro e Racing jogaram mais futebol em 45 minutos, que o Flamengo no ano todo! Se os bananas não contratarem reforços (vários) e um treinador, passaremos vergonha na próxima fase. Podem anotar. A diferenca de rendimento para Grêmio, Palmeiras, Corinthians,Cruzeiro e Racing principalmente é uma coisa assustadora.

    Reply

Comente.