Empate com ponto de interrogação

Zuber marca para a Suíça (Foto: Getty images)

A bola rolou. Esperávamos que rolasse redondinha, na batida dos últimos jogos amistosos. Não rolou.

Aí começa o ponto de interrogação. Não rolou legal, por que? Bem, a primeira explicação fica sempre por conta da estreia e, isto venho ouvindo desde 1974, na minha primeira cobertura de Copa do Mundo.

Paralelo a isso, lá vem nova interrogação, o que faltou? Vou começar. A contusão de Dani Alves foi uma tragédia. Aliás, não sei se tragédia foi a contusão de Dani Alves ou, a convocação – e condução a titular – de Danilo. Ficamos capengas. A Seleção só ataca pela esquerda.

Aqui no blog, brinquei um dia, perguntado quem você levaria para o seu time, se Danilo ou Pikachu? Infelizmente, por hoje, acho que acertei.

Poucos jogadores que decidem mesmo atuaram soltos, sem peso nos ombros. Talvez três: Marcelo, Neymar e Coutinho. Os outros sentiram e, não criaram…

No lance do gol da Suíça houve empurrão claro, que árbitro e arbitragem de vídeo (VAR) comeram mosca. Claro que este recurso é saudável, mas como fato novo ainda há tropeços. Talvez, como no tênis, deveria haver duas oportunidades – por cada tempo – do capitão do time solicitar a arbitragem de vídeo.

Enfim, empate com sabor de frustração. Qualquer brasileiro esperava mais.

Ia esquecendo. Achei as trocas do nosso treinador meio que seis, meia dúzia…

Vida que segue. Precisamos melhorar.

1 Comentário

  1. Prezados,
    Não assistia a um jogo do Brasil desde os 7 a 1… Partindo do jogo de hoje como julgamento (precipitado, logicamente), essa que é a maravilhosa seleção brasileira do falastrão Tite??? O time depende do talento do Neymar, joga só por aquele espaço do campo e sem qualquer organização… Um gol achado no rebote e um monte de cruzamento na área.
    O que preocupa é a falta de opção ofensiva no banco de reservas. Só têm o Firmino (que inclusive é muito mais jogador que o G.Jesus), nada mais.
    No próximo jogo mantenho meu julgado…

    Reply
  2. Em.primeiro lugar deixemos de xoroxô.
    Em segundo lugar esse Tite é um autêntico bundão.
    Assim que os primeiros takes do Neymar apareceram eu vi que ia dar merda E deu

    Reply
      • Sinceramente e muito francamente Diego.

        Depois de tomar de 7×1 em casa, algo irrecuperável, e depois de crise aguda em que vive o nosso pais, falar em nacionalismo via Seleção Brasileira, via futebol, se tornou algo utópico, irrelevante para dizer o mínimo.

        A Seleção, aquele bando de jogadores milionários que vivem no exterior não exemplifica o Brasil, não traduz o Brasil. Aquele cabelo ridículo do Neymar significa o que para nós? Nada, absolutamente nada!

        Que ganhe ou que perca (historicamente, comportamental para o pais seria melhor que perdesse), isso não irá mudar absolutamente em nada o destino dessa pobre nação!

        O povo precisa é de pão e não de circo!

        Reply
  3. Outra questão..
    Que relação é essa que temos com a selecao?
    Um ente que aparece de vez em quando!
    Com p Flamengo sim tenho uma relação diária de pai para filho.
    Ao ver a seleção jogar me deu saudades de estar assistindo o meu clube jogar.
    Resumo da ópera
    A seleção nao5 e digna.

    Reply
      • Diego, perto da organização do Flamengo a Seleção parecia uma bando!

        Se o Tite pensou que poderia jogar como o Corinthians, em fazer 1×0 e voltar para a retranca, se enganou!

        Se o Tite pensou que os resultados anteriores a Copa serviam como parâmetros, se enganou mais uma vez.

        Agora, como diz aquele velho samba, Tite deve estar pensando:
        “Com que roupa?
        Com que roupa?
        Com que roupa eu vou ao samba que vc me convidou?”

        Reply
  4. Caro Kleber e amigos!
    Eu particularmente penso igual ao Nino. Sou mais torcedor do Flamengo e mesmo assim não deixo de ser patriota.
    Hoje na seleção o técnico é tratado como um MITO, como um Deus e como disse o Renato Maurício Prado, o Tite mais parece um professor cheio de filosofias e de respostas fora de padrão. Na copa passada quando vivemos a vergonha dos 7 x 1 contra a Alemanha, lembro que o Jornal Nacional era quase apresentado do quarto do jogadores. Nós vivemos uma verdadeira história de engrandecimento de jogadores, técnico, família de jogador e tudo mais. Acredito que o México deu uma lição ao mundo hoje de esforço por uma Vitória. Não sei se lá os jogadores andam com uma câmera para cada passo dado fora do campo. Como a nossa imprensa bajula jogador. Será que precisa tanto?
    Acredito que o Brasil caminha na copa, porém, não acredito no título. Nos faltará alma certamente na reta final.
    Vou discordar do Kleber no caso Daniel Alves. Faz falta sim, mas nunca algo que possa ser suficiente para fazer o time desandar por completo.
    É preciso jogar como o México. Raça, disposição e espírito de seleção. Que eles esqueçam a Rede Globo e de fato se concentrem.
    SRN

    Reply
  5. Soberba, que muitas vezes contaminou nosso Flamengo, hoje contaminou a seleção. Talvez tenha sido até bom isso agora.
    Essa geração, ainda que sejam campeões não são super craques,longe de ser uma 70, 82, 94, pelo contrario , temos uma seleção com inúmeras barangas: Danilo , Tiago Silva, Alisson, Filipe Luis, Casemiro, Firmino, Fred, Tayson…Até Rodinei tinha vaga nessa lateral direita.
    Reclamar de falta no gol? chororô? coisa de botafoguense! aquele empurra empurra de escanteio acontece sempre! Achei mais falha do Muralha Italiano, pois a bola veio na pequena área…O time do Brasil , assim como Portugal e Argentina depende e muito de seu principal talento…
    Tite, um dos tres melhores técnicos do Brasil , mostrou hoje a principal característica de todos nossos técnicos: Jogar para não perder…faltou ousadia…
    Sorte que teremos agora o Ceará, ops , Costa Rica…

    Reply
    • Fabio,
      Não acho o Firmino uma baranga, pelo contrário, fez uma temporada excelente e acho que é o jogador mais subestimado desta seleção. Por sua vez, o Gabriel Jesus é o atleta mais supervalorizado pela mídia brasileira, talvez por ter feito sucesso em um time paulista…
      Talvez, se for pensar no que ainda PODE EVOLUIR, o Gabriel Jesus (21 anos) PODE ser transformar em um jogador melhor do que hoje é o Firmino (26 anos), mas atualmente está atrás.

      Os números da temporada 2017/2018 mostram:
      Gabriel Jesus: 42 jogos e 17 gols;
      Roberto Firmino: 54 jogos e 27 gols.

      Reply
      • Em tempo.
        O Firmino fez 10 gols e 7 assistências na Liga dos Campeões; O Mohamed Salah, por exemplo, fez 10 gols e 4 assistências…

        Reply
  6. Kleber sobre o Tite e a seleção dele eu já falei claramente em um outro post. Eu gostaria de falar sobre o gol que tomamos do péssimo time Suiço.Não houve falta alguma . Aqui nos nossos campeonatos todo corner cobrado gera na grande área uma profusão de agarramentos, trombadas, golpes de MMA e que tais. O que sempre ouvi, inclusive desses sopradores de apito guindados a comentaristas, é que esses lances não eram faltosos, que aquela muvuca era só uma disputa por espaço. Na realidade, o que ouve no gol suiço foram falhas de marcaçao, do homem do primeiro pau, do goleiro que não saiu e do Miranda que esqueceu do adversário e ficou olhando a bola. No que me diz respeito, nenhuma surpresa.

    Reply
  7. Inegável, a seleção jogou muito mal.Mas que foi “garfada” foi..!
    Falta em Miranda e penalty em G.Jesus.Até um cego teria visto!!!
    A CBF tem cacife pra reclamar…??? Acho que não …!
    Abs.

    Reply
  8. Tanto pessimismo por tão pouco.Um time que faz um gol, sofre um de forma irregular e não tem um penalti marcado será que foi tão ruim assim. A melhor seleção que vi jogar foi a brasileira de 1970 e estreia foi mal. Vencemos mas não convencemos. Há falhas e não temos lateral direito, mas acredito que tem mal que vem para bem. Se terminarmos em primeiro e a Alemanha em segundo, cruzamento nos fará encontra-los antes do momento ideal.

    Reply
  9. Acabou o futebol PROFISSIONAL AMADOR.

    Até a Suiça aprendeu a atacar.

    Nessa Copa podemos ver que no mínimo a MAIORIA das sel. consegue correr os 90 minutos e na DIREÇÃO certa.
    O TAPETES VERDES nivelaram o futebol no mundo. Contraditoriamente os gramados RUINS do passado favoreciam os times técnicos. Os corredores mal conseguiam achar a bola.
    Os gramados atuais fazem qualquer equipe que corra muito ser forte edificil de vencer. É paradoxal.

    Reply
  10. Caro Kleber!!!

    Faltou ao Brasil um capitão! Um cara que mostrasse ao juíz que havia 2 jogadores se revezando pra bater no Neymar e que quando levaram amarelo foram substituídos para entrar mais dois que também bateram…. Um cara que batesse no peito e que mostrasse aos outros “estrelas de outro planeta” da seleção precisariam suar a camisa, ter raça e vontade para vencer… Enfim, um capitão de verdade.
    E quem vinha sendo convacado e poderia cumprir esse papel agora? Só vejo o Diego… Claro que vão dizer que sou rubro-negro, que há 3 meses ninguém aqui também convocaria ele, mas eu pergunto: e o Tyson ou o Renato Augusto ou até o tal Danilo, são melhores que o Diego??? Pois bem, o pior é que o Diego estava certo, o tempo mostraria que o Tite errou e dessa vez o tempo foi bem curto!!!

    Reply
  11. Boa noite, amigos,
    A seleção estava sabendo que o jogo não era amistoso? Que a copa começou?
    Me lembrei do Flamengo quando todos reclamavam da apatia, da falta de vontade e que tanto fazia ganhar, empatar ou perder.
    Vamos parar de reclamar de empurrão na área. Isso acontece toda hora. Apareceu muito, pois havia apenas um jogador suíço no lance. Se houvesse mais jogador adversário naquele pedaço do campo, não chamaria tanto atenção.
    Em relação ao pênalti, Gabriel Jesus dá uma exagerada. Poderia ter sido marcado, como também poderia não ter sido. Sem chororô!!!
    SRN.

    Reply
  12. Kleber,o time parecia que estava fazendo um coletivo mais forte a melhor atuação foi do Coutinho quanto ao Marcelo errou passes demais e o Newmar precisa de duas bolas uma para ele e outra para o time,que precisa entender que o lado direito também joga.
    Na minha opinião o gol foi irregular mais nas entrevistas com os jogadores o que chamou a atenção foi a falta de não estarem indignados com o lance, o que me levou a imaginar que por estarem a tanto tempo na Europa adquiriram comportamentos e características europeías(europeizacão) a ausência de um líder em campo para motivar,chamar a atenção,e impor respeito é preocupante e esqueçam porquê não são mais “brasileiros”.
    Podemos ser Campeões do Mundo com um time Europeu.

    Reply
  13. “Xorôrô é na Globo”

    Depois de ganhar milhões narrando a F1, outros tantos como narrador de futebol, tendo acumulado até apartamento em Mont Carlo, Galvão Bueno não se cansa.

    Depois de tentar emular irreais e inexistentes emoções no espectador, ao ver frustrados seus planos, apregoou o “xororô nacional” em suas falácias: “O arbitro de vídeo esta desmoralizado”.

    O impressionante é que boa parte da mídia e da opinião pública aderiram por osmose a tal pensamento do narrador.

    Obviamente que Galvão Bueno tem lá os seus interesses comerciais, mas vender a verdade em função de “tais” é de uma cachorrice inenarrável.

    Os lances foram duvidosos a tal ponto que eu mesmo duvido de duvidar, assim, jogo que segue.

    Reply
    • Longe de querer criar polêmica,caro Nino,mas houve a falta sôbre Miranda;ele de fato foi empurrado;já com a bola vindo do escanteio.Vi a cena repetidas vêzes.O árbitro em campo e também o (ir)responsável pelo vídeo,erraram feio.
      Abs.

      Reply
    • Nino,
      A Seleção colocou o Tite, Edu Gaspar, que convocaram uns 6 ou 7 que são/eram do Corinthians. Porém, esqueceram de convocar o mais importante jogador do timão: O juizão amigo… Kkkk

      Falando do lance duvidoso do gol deles, tem uma câmera aérea que mostra que o Miranda sequer reclamou após o lance. Só começou a falar depois do lance no telão.

      Reply
  14. Na minha opinião foi vergonha por parte do juiz não ter dado falta no Miranda, agora a Seleção não esteve bem, Neymar não estava em suas melhores condições físicas e técnica. Acho q no segundo jogo já deveremos apresentar um futebol melhor, agora temos q concentrar mais nos jogos e.menos fora , penso q há muita vaidade dentro da seleção, o que quero dizer é q devemos preocupar mais no jogo e menos no penteado, se é q me entendem ? Outra questão é com Galvão, vcs deveriam fazer o mesmo q faço, isto é, assistem o jogo em outro canal, o Galvão já deu, é chato pra caramba !!!

    Reply
  15. Kleber e amigos,
    Eu achei que toda a seleção sentiu e muito a estreia, inclusive o Tite todos com fisionomia tensas.
    O time estava tão nervoso que parecia apático, não teve um líder em campo, achei inclusive que o Neymar e o Marcelo jogaram mal em função deste nervosismo.
    Eu não consigo torcer com a mesma emoção como se fosse um jogo do Flamengo, mas ontem os erros da arbitragem prejudicaram muito o nosso time.
    Até o momento nenhum timão apareceu, se o Neymar for menos vedete, egoísta e jogar para o coletivo temos muitas chances.
    Segue o líder

    Reply
    • Radamés ilustríssimo!

      Tite sentiu a pressão da estreia!

      Neymar foi mal, deveria ter sido substituído!

      Agora me diga sinceramente, vc acha que chegaremos a algum lugar com o Neymar com aquele penteado?

      Dificilmente, isso denota o fato que Neymar acha uma estrela, que esta no PSG, onde manda e desmanda. Ontem ele literalmente cagou para o coletivo.

      Reply

Comente.