Pontos de vista

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) Kléber Leite Artigos

O atual e delicioso momento rubro-negro nos remete a uma enorme euforia e, como se já não tivesse visto este filme uma infinidade de vezes, o tão necessário equilíbrio, importante para qualquer tipo de avaliação, passa batido…

Claro que, o volume de jogo apresentado ontem, principalmente no primeiro tempo, não deixa de ser um sintoma flagrante de que estejamos evoluindo. Porém, também é bom não esquecer que há uma disparidade técnica brutal, onde sem qualquer paixão envolvida, é simples e fácil concluir que o nosso elenco é infinitamente superior ao do Fluminense.

O meu doce, querido e eterno amigo, Otavinho Drummond, filho do imortal rubro-negro Ivan Drummond, o famoso Barão, responsável pela mais brilhante geração que já tivemos, no delírio da vitória sobre o tricolor, chegou a afirmar que o nosso estagiário engoliu o veterano Abel. Propus uma aposta imaginaria, em que, com os mesmos jogadores, Flamengo e Fluminense jogassem 10 partidas, sendo que, o Fluminense dirigido pelo mesmo Abel, e o Flamengo, ao invés de Barbieri, sendo comandado pelo atual treinador da categoria infantil. Em quem ele apostaria que ganharia mais nos 10 jogos?

Otavinho superestimou quem está apenas começando e foi injusto com Abel. Sem ele, a segunda divisão para o Fluminense fica logo ali…

Outro querido e brilhante amigo, um dos principais responsáveis pela transformação pela qual o clube vem passando, me enviou gentil mensagem, encantado com o segundo gol, em que atribui ele, méritos para o nosso jovem comandante, para ele “o novo Guardiola” e, a quem tenho me referido como “nosso estagiário”.

Respondi, afirmando não ter nada contra ninguém, no Flamengo e na vida. Que tenho apenas a opinião formada de que o Flamengo deve, sempre, ter profissionais compatíveis com o seu gigantismo. Que para mim, isto é um conceito definitivo – uma regra – do qual não abro mão.

E, finalizei dizendo que, como é de conhecimento público, para toda regra há uma exceção e, que estimo que este seja o caso. Porém, ainda muito cedo para se concluir.

Kleber Leite