Sábado elétrico

(Foto: AFP, Fernanda Tórtima)

E quem levou o maior choque foi a Alemanha, uma das favoritas desta Copa. A derrota de 2 a 1, para a Áustria, foi surpreendente e, pelo fato de ter ocorrido faltando tão pouco tempo para o início do mundial, preocupante para eles e, animador para nosotros

O empate em 3 a 3, entre Atlético e Chape, vai deixando claro que o Galo não é este bicho papão que se esperava antes do início do campeonato. Jogo com erros de arbitragem em penca. Menos mal que as lambanças da arbitragem foram equilibradas… vento que ventou lá, ventou cá… Vendo a entrevista coletiva do treinador do Atlético, fiquei com a sensação de que estes treinadores jovens fizeram o cursinho na mesma escola…

Quem olha a escalação do Corinthians, sinceramente, não pode levar fé que este time chegue ao bi-campeonato. Camisa não falta, mas o material humano atual não ajuda.

Com respeito ao Flamengo, exatamente o contrário. Há alguns jogadores que são figurinhas carimbadas. Aposto todas as minhas fichas que – a menos que haja fato novo marcante – o Flamengo termina o campeonato na frente do Corinthians.

Li e estou sem acreditar que o treinador da seleção colombiana abriu mão de Cuellar. Das duas uma. Há dois volantes geniais na Colômbia, que não conheço ou, o “professor” ficou maluco.

Neste domingo, viajo na hora do jogo. Carlos Egon vai fazer a bola rolar…

E, que o domingo seja rubro-negro.

Twitter do Kleber Leite