Cabeça de treinador

(Reprodução da TV) Kléber Leite Blog

O Palmeiras, graças à sua apaixonada patrocinadora, que sonha ser presidente, gastou uma fortuna para formar o atual elenco, onde o reforço de maior impacto para os torcedores veio do Santos.

Lucas Lima, realmente, um jogador bem acima da média, chegou e, em pouco espaço de tempo, apesar do quanto custou – e da esperança da galera palmeirense – começou a esquentar o banco.

Cheguei inclusive a sugerir ao nosso pessoal do futebol, “olho no lance”, pois estas aberrações fazem parte e, não é de hoje.

Aí, chegou Felipão enchendo a bola de Lucas Lima que, confiante e com confiança no novo treinador, voltou a jogar o que sabe e, o que sabemos nós ser ele capaz.

Como é que se marginaliza um dos raros talentos do atual futebol brasileiro? Tudo bem que cabeça de treinador possa levar a este estágio, mas o que fazem os outros no clube, incluindo o presidente e o vice de futebol? Não há conversa? Não há debate sobre o tema?

Em 2005, Helinho e eu encaramos a nossa mais difícil missão no Flamengo e, logo na chegada nos deparamos com duas barbaridades. André Santos, que chegou à Seleção Brasileira, era reserva de Andrezinho. E Diego Souza era, também, reserva.

Preciso explicar porque os matemáticos afirmavam que o Flamengo tinha 94% de possibilidade de ir para a segunda divisão?

No Palmeiras, Felipão restabeleceu a verdade e, lá atrás, com muita conversa e ações pontuais, deu para livrar o Flamengo do que seria o maior mico na sua gloriosa trajetória no futebol.

Em síntese, com todo respeito aos treinadores, se não houver uma linha direta entre os que compõem o departamento de futebol, a tirania burra de um “professor” pode ser mais devastadora do que um tsunami.

1 Comentário

  1. Caro Kleber
    Daqui a umas três rodadas ele vai mostrar quem ele é de verdade. Uma dica: é o segundo Arão. Jogador preguiçoso, sem compromisso. Só conseguiu fazer esses dois golzinhos porque o Botafogo tava com um jogador a menos.
    Srn

    Reply
    • Denis,
      Ia comentar isso agora. Jogador preguiçoso e sem compromisso, em breve já volta a ser vaiado pela torcida do Palmeiras e vai pra reserva…

      Interessante que este jogador está com 28 anos de idade e ao longo da carreira deve ter jogado bem por uns 6 meses ou 1 ano, no restante só se arrastou. Ainda bem que não veio pro Flamengo.

      Reply
  2. Caro Kléber,
    Tomara realmente que ele reencontre seu futebol usando de mais força. Precisa ser mais participativo. Salvo engano sua má fase vinha ainda lá do Santos. Concordo que é um jogador que arma bem o jogo e certamente é titular em qualquer equipe no Brasil. O lado psicológico pela perda de espaço na seleção devem ter mexido com ele.
    SRN

    Reply
  3. Mas presidente o problema maior não é nem a cabeça do treinador..mas a cabeça de quem contrata e de quem indica os jogadores que temos. Em 2005, além dos jogadores citados, havia um treinador competente ( Joel Santana) e pessoas competentes quem passaram a cuidar do futebol do flamengo. Dinheiro aquela época não havia. Mesmo assim cavacaram bons jogadores: Diego Souza que estava no Benfica, Renato que veio do Corinthians, até um jogador paraguaio de boa qualidade veio, Ramires el tigre. Havia conhecimento de causa, mesmo sem grana alguma.
    A falta de conhecimento é tanta, que nem um gramado descente do campo que joga, esse pessoal sabe arrumar. Jogo em casa, meu time é muito técnico e nem um gramado descente essa diretoria sabe arrumar. Sinal que não vai adiantar dar dicas pra esse treinador , pois quem dá essas dicas não sabe nada de futebol.

    Reply
  4. Essa criança só jogou no Santos e mesmo assim, mais problemas cerebrais que futebol. É um 22 com certificado do INMETRO…
    O grande problema do técnico brasileiro é justamente a panelinha…
    Foi assim com Joel quando saiu do Fluminense para o Flamengo. Levou Djair e Marcio Costa…
    Isso passa muito pelo CV do treineiro. Se é cascudo “banca” as atrocidades. Se é estagiário, confia no que acha, e vai em frente.
    Piris no banco foi uma prova inconteste contra o Atlético Paranaense lá…
    Como Cuéllar vai marcar sozinho, num campo daquele tamanho, tudo e todos?
    É sabido que Felipão monta times pra guerra no meio de campo, setor esse que normalmente dita o jogo. Sua escolha recai sempre sobre armários. Foi assim na seleção, no Grêmio e será no Palmeiras.
    Alguém lembra de Sandro Goiano e Dinho????
    Se Lucas Lima não aprender a morder, será banco com certeza…

    Reply
    • Grande Egon!
      Grande comentário esse seu. O Lucas Lima cerca sempre de muito longe. Com a bola no pé e com vontade é outro jogador. Com relação ao Piris, no segundo tempo contra o Vitória o FLAMENGO já estava morrendo e nós continuamos com um volante. Essa filosofia de um volante único com o Barbieri para ser um dos seus dez mandamentos. Estamos aos poucos acabando com a capacidade física do Cuellar. Aí é cabeça de treinador. Infelizmente.
      SRN e grande abraço

      Reply
  5. Gosto do estilo Felipão , mestre Egon. Vejo, sinceramente, o Flamengo anda precisando de um treinador com esse perfil. Que imponha, que de sangue ao time. Os times do Felipão, nunca foram um primor técnico, porém todos foram extremamente competitivos e ganhadores. Infelizmente depois da extrema tecnologia que entrou no flamengo, apegada a esse absurdo centro de tecnologia que veio com defeito da Alemanha, nunca mais vimos um flamengo aguerrido. Gostaria muito de um técnico desse perfil no flamengo e vc mestre??

    Reply
  6. Primeiro devemos esclarecer que , apesar de ultrapassado, Felipão ainda esta anos anos luz a frente de Roger Machado.
    Lucas Lima é sim muito talentoso, técnico e um ótimo passador de bola, mas longe de ser um fora de serie. Futebol moderno, o jogador precisa ser participativo , dinâmico e dedicado, coisas que L.Lima não mostrou. Exemplo PHGanso, um enorme talento, mas um jogador que dorme em campo, joga sempre como se treinando estivesse.
    No passado, quando se joga futebol de verdade, não essa correria louca de hoje, tivemos ótimos jogadores talentosos , que apesar de lentos, resolviam os jogos em 1 lance individual, porem hoje se não correr e muito não resolve…
    E ABEL BRAGA quando chegará?

    Reply
  7. Prezados,
    Neste ano o Flamengo ainda NÃO perdeu com seu meio titular em campo: Cuellar, Paquetá, E.Ribeiro e Diego.
    O problema sempre aparece quando algum deles não pode jogar, pois os reservas são péssimos. Acho que com o Piris resolveram o reserva do Cuellar, mas dos três meias é bastante difícil…

    Reply
  8. Diego “matou” o maior problema do Flamengo: elenco!
    A espinha dorsal do time é acima do nível brasileiro: Diego Alves, Léo Duarte(Rodolfo), Rever, Cuellar, Diego, Everton Ribeiro, Paquetá e Vitinho. Mas e o resto?
    O resto é resto mesmo, nosso célebre Centro de Inteligência se encarregou de trazer um bando de jogadores medíocres, em final de contrato ou voltando de contusões, em final de carreira para compor o elenco. O resultado é isso que nos aflige sempre. Jogamos um jogo bem, qdo sai um dos titulares ou dois, nos afundamos, pois não temos substitutos. Na verdade faltam laterais e um ou dois bons atacantes, ai sim, poderíamos ir até com treinadores estagiários que venceríamos tudo.
    Resta-nos torcer para que tenham acertado com o Piris, pelo menos mais um de bom nível para o elenco e para ajudar no meio.
    SRN a todos!

    Reply
  9. Seria bom que a comissão técnica do Flamengo tivesse um pouco de lucidez hoje. Se sonha em seguir na Libertadores, precisa dar um descanso hoje a Cuellar, Rever e E.Ribeiro. O América MG tem como meta apenas não ser rebaixado, esta a 5 pts do Z4, então precisam pontuar em casa…Sendo assim, jogar nos contra ataques é a nossa estratégia. Ate porque, assim como o Vitoria, o time mineiro é bem fraco tecnicamente.
    Também daria uma pausa em Rodinei, jogador que tem a correria como único ponto favorável , nem isso tem conseguido realizar nos últimos jogos…
    Então, pra hoje, seria inteligente ir com D.Alves, Pará,L.Duarte, Thuler, René, Piris, Arão, Diego, Paquetá, Vitinho e Lincon…
    Porém, exigir inteligência e lucidez desse caótico departamento de futebol do clube é sonhar alto demais…
    Ontem, Cruzeiro jogou e venceu com time misto…
    Inter x Palmeiras tem cara de empate hoje…

    Reply

Comente.